>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Chemistry] Morpheusa - Qui 10 Jan - 16:44

Código:
[b]Nome[/b]
[b]Tipo:[/b] (líquido, sólido, pílulas, etc)
[b]Efeitos:[/b] (danos, bônus, etc)
[b]Espaço:[/b]
[b]Duração:[/b] (em turnos)
[b]Descrição:[/b]
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Qui 10 Jan - 17:50


[Chemistry] Morpheusa Olv0crf
The Green Fairy: Absinthe
Tipo: Líquido
Efeitos: Varia de acordo com a quantidade ingerida/injetada/ao contato. Seu efeito mais leve, para uma pequena dose ingerida ou ao contato (define-se pequena dose qualquer simples contato direto com o corpo do alvo), é uma alucinação somática incapacitante que se manifesta de forma visual e auditiva (quer dizer que a alucinação vai depender de vários fatores associados a pensamentos, sentimentos e comportamentos excessivos inerentes ao personagem afetado pela toxina, dando liberdade à pessoa afetada para descrever as próprias alucinações). Em caso de contato com doses maiores (define-se dose grande por ingerir, infundir por cortes, ter em contato com a pele por mais de um turno) o chakra contido em The Green Fairy: Absinthe consegue se infundir no corpo do alvo e seguir as mesmas regras que a técnica Exploding Human Technique: o referido chakra torna-se venenoso para o alvo, tornando seus corpos instáveis. Se o alvo então começar a sangrar, o chakra será desencadeado, fazendo com que o corpo da vítima se consume em uma substância negra, antes de inflar de forma grotesca e, finalmente, explodindo em uma escala grande e em uma escala muito destrutiva. Somente ao tornar o alvo inconsciente (como o genjutsu) irá anular a explosão. Com o auxílio médico adequado, o chakra venenoso pode ser extraído, salvando a vítima completamente.
Espaço: 1 por duas ampolas.
Duração: Para o efeito primário - leve, 1 turno. Para o segundo efeito, até que o alvo fique inconsciente ou tenha o chakra venenoso extraído.
Descrição: Como o nome sugere, é um veneno inspirado pela bebida destilada feita de Iosna, que era muito utilizada por artistas parisienses. Morpheusa, como admiradora de artes e de químicos, decidiu criar uma nova composição para o Absinthe. Como base, é utilizado a bebida destilada de Iosna, mas é adicionado à ela as toxinas com efeito alucinógeno da espécie de cogumelo Psilocybe semilanceata, além de infundir ao líquido partículas de seu próprio chakra, que possui efeitos exclusivos das linhagens do Clã Chinoike e uma dosagem pequena de sulfato ferroso, que permite a manipulação do líquido pelo Ketsuryūgan. Sua aparência é fiel ao Absinto original, sendo um líquido pouco denso e tendo uma coloração verde clara.
-
Database
Chūnin
Database
Vilarejo Atual
Ícone : [Chemistry] Morpheusa F84635dc3b652bb9e64de17cffcb8f48ba4a3ef3

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69813-f-hakai-kyoki#524597 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69841-gestao-de-ficha-eilish#524990

Re: [Chemistry] Morpheusa - Ter 15 Jan - 9:38

The Green Fairy: Absinthe: Ok.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Seg 21 Jan - 0:01


[Chemistry] Morpheusa RJlc2yz
The Angel of Dreams: Morphine
Tipo: Em pó. Pode variar para líquido se dissolvido em água ou álcool, e para gasoso se mantido em recipientes com pressão ou temperatura adequada.
Efeitos: É consistido em 3 partes, acompanhando 3 turnos de efeitos, havendo variação de acordo com a forma que em que houver intoxicação (só haverá a variação se a droga for inalada):
• Primeiro turno: há um grande surto de euforia, que consiste num sentimento de estar no paraíso. (Esse efeito é substituído pelo segundo quando a droga for inalada)
• Segundo turno: ao desvanecer o seu efeito, a euforia é gradualmente substituída pela disforia, um estado de ansiedade desagradável e mal-estar, havendo alucinações em formas de pesadelos. (Esse efeito é substituído pelo terceiro quando a droga for inalada, perdurando por dois turnos)
• Terceiro turno: só então os verdadeiros efeitos danosos passam a aparecer, iniciados por uma analgesia (há perda da dor física e emocional), junta de uma grande sonolência. Passados alguns segundos, há a anulação de reflexos seguidos de náuseas e vômitos e rigidez muscular.
Espaço: 1 por 2 ampolas
Duração: 3 turnos
Descrição: É um pó branco, basicamente composto por morfina e nano partículas de sulfato ferroso, podendo existir intoxicação por ingestão, injeções ou inalação. Morphine, assim como o nome de Morpheusa, advém do Deus dos Sonhos, Morpheus, e foi criada como uma auto homenagem. É uma substância natural obtida através do látex da flor papoula (Papaver somniferum), que age por influência no córtex cerebral. Sua absorção é efetiva e rápida pelo trato gastrointestinal, nos pulmões, mucosa nasal e por injeção intramuscular ou subcutânea e, por isso, quando inalada, os efeitos começam entre 3 à 8 segundos, enquanto quando ingerido ou injetado pode haver um atraso de alguns minutos. Como descrito anteriormente, é possível alterar seu estado físico de acordo com a dissolução em líquidos e condições impostas, o que permite que Morpheusa o manipule como bem entender quando no estado líquido.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Qua 23 Jan - 12:44

The Angel of Dreams: Morphine - Eu entendi os efeitos descritos, mas eles tem que ter alguma explicação de como são aplicados no forum, para que não fique a mercê do bom-senso.

Anulação de reflexos - Não conseguirá acompanhar movimentos 1 ponto acima de sua velocidade padrão, precisando, enquanto sob esse efeito, de um valor igual ou superior aos movimentos para poder acompanhar.

Náuseas e vômitos - Meramente narrativo, mas de narração obrigatória, obviamente.

Rigidez muscular - Rigidez muscular parcial, diminuindo em 1 ponto a força ou a velocidade do adversário (você escolhe qual e coloca aí na descrição)
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Qua 23 Jan - 13:04


[Chemistry] Morpheusa RJlc2yz
The Angel of Dreams: Morphine
Tipo: Em pó. Pode variar para líquido se dissolvido em água ou álcool, e para gasoso se mantido em recipientes com pressão ou temperatura adequada.
Efeitos: É consistido em 3 partes, acompanhando 3 turnos de efeitos, havendo variação de acordo com a forma que em que houver intoxicação (só haverá a variação se a droga for inalada):
• Primeiro turno: há um grande surto de euforia, que consiste num sentimento de estar no paraíso. (Esse efeito é substituído pelo segundo quando a droga for inalada)
• Segundo turno: ao desvanecer o seu efeito, a euforia é gradualmente substituída pela disforia, um estado de ansiedade desagradável e mal-estar, havendo alucinações em formas de pesadelos. (Esse efeito é substituído pelo terceiro quando a droga for inalada, perdurando por dois turnos)
• Terceiro turno: só então os verdadeiros efeitos danosos passam a aparecer, iniciados por uma analgesia (há perda da dor física e emocional), junta de uma grande sonolência. Passados alguns segundos, há a anulação de reflexos (não será possível acompanhar movimentos 1 ponto acima de sua velocidade padrão, precisando, enquanto sob esse efeito, de um valor igual ou superior aos movimentos para poder acompanhar) seguidos de náuseas e vômitos (efeito narrativo) e rigidez muscular (rigidez muscular parcial, diminuindo em 1 ponto a velocidade).
Espaço: 1 por 2 ampolas
Duração: 3 turnos
Descrição: É um pó branco, basicamente composto por morfina e nano partículas de sulfato ferroso, podendo existir intoxicação por ingestão, injeções ou inalação. Morphine, assim como o nome de Morpheusa, advém do Deus dos Sonhos, Morpheus, e foi criada como uma auto homenagem. É uma substância natural obtida através do látex da flor papoula (Papaver somniferum), que age por influência no córtex cerebral. Sua absorção é efetiva e rápida pelo trato gastrointestinal, nos pulmões, mucosa nasal e por injeção intramuscular ou subcutânea e, por isso, quando inalada, os efeitos começam entre 3 à 8 segundos, enquanto quando ingerido ou injetado pode haver um atraso de alguns minutos. Como descrito anteriormente, é possível alterar seu estado físico de acordo com a dissolução em líquidos e condições impostas, o que permite que Morpheusa o manipule como bem entender quando no estado líquido.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Qua 23 Jan - 13:13

The Angel of Dreams: Morphine - Ok.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Qua 6 Fev - 18:27


The Hidden Power Substance: Epinephrine
Tipo: Pílula
Efeitos: Aumento de dois turnos de cansaço.
Espaço: 1 slot a cada 4 pilulas.
Duração: Instantâneo.
Descrição: É um hormônio sintético criado por Morpheusa. Naturalmente encontrado no corpo em forma de adrenalina, é um hormônio simpaticomimético e neurotransmissor que prepara o organismo para grandes esforços físicos, estimula o coração, eleva a tensão arterial, visão melhorada devido à dilatação das pupilas, além de acelerar o ritmo cardíaco e o funcionamento dos pulmões. Normalmente poderia ser aplicado de forma injetável, mas adicionando algumas substâncias solúveis, criou uma versão em pílula que deixa o consumo mais prático, ideal para ser usado em situações urgentes e de risco. Esse hormônio, no entanto, possui efeitos colaterais caso consumido em excesso: na segunda vez que for ingerido, o usuário estará disposto a danos intravenosos causando taquicardia momentânea. Já o terceiro turno torna-se fatal, e devido a não eficiência do coração de bombear sangue com oxigênio o suficiente para o restante do corpo, há um infarto do miocárdio, levando o usuário a óbito.

**não é toxina, é pilula msmo
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Sab 9 Fev - 21:35


[Chemistry] Morpheusa OTt7gUI
The Anesthetics Sunlight: Phosgene
Tipo: Gás
Efeitos: O efeito varia de acordo com o turno de inalação, sendo eles:
• Primeiro turno de inalação: há os primeiros sinais de analgesia, prejudicando o tato de quem o inala, além de prejudicar levemente a visão (efeitos narrativos, apenas);
• Segundo turno de inalação: os sinais de analgesia se tornam ainda mais fortes, o sistema nervoso central começa a ser prejudicado, fazendo com que fique cada vez mais difícil acompanhar os próprios sentidos e controlar o próprio corpo, havendo a diminuição de um ponto de velocidade;
• Terceiro turno de inalação: o sistema nervoso central tem uma queda ainda maior, causando desmaios à quem teve contato com a toxina em três turnos;
• Quarto turno de inação (neste caso, é obrigatório que a inalação tenha sido contínua durante todos os quatro turnos): devido à alta toxicidade do fosgênio, o sistema nervoso central é permanentemente comprometido, também havendo uma parada respiratória, levando a vítima ao óbito.
Espaço: 1 slot por frasco.
Alcance: Até 25 metros de raio, tendo o local onde foi inicialmente dissipado como centro. No primeiro turno, o gás espalha-se em 10m de raio, e no segundo já alcança os 25m.
Duração: Quatro turnos.
Descrição: Inicialmente, Morpheusa produzira tal substância em estado líquido, acidentalmente, ao misturar cal clorada com etanol, pensando ter produzido 1,2-dicloroetano. Ao perceber o erro, decidiu testar a substância até então desconhecida. Descobriu que a substância é extremamente volátil, e quando exposta à luz, sofre oxidação, tornando-se cloreto de carbonila, um gás quase totalmente transparente, aparecendo apenas sob iluminação solar em uma coloração branca. Tal gás absorve o calor da pele, a qual tem a temperatura diminuída, fazendo com que os nervos sensitivos que mandam as informações ao cérebro fiquem inativos e a sensação de dor é diminuída. A substância tem um alto grau de toxicidade, podendo causar parada respiratória, comprometimento do sistema nervoso central e danos irreparáveis ao fígado e rins.



** toxina
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Sab 9 Fev - 22:51


[Chemistry] Morpheusa QbwaJed
The Divine Antidote: Charcoal
Tipo: Em pó (antídoto, medicamento). Pode ser misturado com água para uso externo ou ingerido para intoxicação interna.
Efeitos: O carvão ativado adsorve substâncias tóxicas, diminuindo a quantidade disponível para absorção pelo sistema digestivo. Os seus efeitos colaterais são mínimos. As substâncias tóxicas adsorvidas nos poros são eliminadas com o carvão através das fezes. É eficaz para a desintoxicação de algumas substâncias, podendo até mesmo evitar potenciais intoxicações letais.
Espaço: 1 por 2 doses.
Duração: Instantâneo.
Descrição: Inibe a absorção gastrintestinal por adsorver substâncias na ampla superfície ativada do carvão (a ativação é um processo que cria uma rede de poros no carvão, fazendo com que a substância tóxica se junte a ele, diminuindo a quantidade disponível para absorção pelo sistema digestivo). Carvão ativado é insolúvel em água e a quantidade de droga que o Carvão ativado pode adsorver é de 100 a 1000 mg por grama de carvão. As substâncias que este antídoto é eficaz contra são: cloreto de mercúrio, estricnina, morfina, aspirina, barbitúricos, e também absorve bactérias como estafilococos e salmonela.
Quando em pasta (misturado com água), pode ser usado em feridas e em picadas de animais como cobras, aranhas, escorpiões, abelhas e vespas, absorvendo suas toxinas e fazendo com que seus efeitos sejam reduzidos pela metade.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 10 Fev - 12:58


[Chemistry] Morpheusa MBivzyh
The Corrosive Sphere: Staphylococcus
Tipo: Líquido
Efeitos: Os efeitos variam de acordo com o tipo de infecção.
• Infecção via oral: quando a toxina da bactéria é ingerida, seus efeitos serão refletidos no sistema gastrointestinal, ocasionando sintomas secundários no restante do corpo. Por ser um super antígeno, ativa de forma não específica os linfócitos, gerando reações imunitárias despropositadas e danosas para o indivíduo, causando uma dor de cabeça e febre tão fortes que reduzem a inteligência em 2 pontos, além de dores musculares incapacitantes devido a produção de citocina, que reduzem a força em 1, durante dois turnos.
• Infecção via contato com feridas: devido as bactérias serem vivas e extremamente agressivas, ao contato com feridas abertas, elas entram em reações químicas onde atacam ativamente os glóbulos brancos e plaquetas responsáveis pela coagulação do sangue e cicatrização dos machucados, enquanto mantém sua reprodução via bipartição, aumentando a colônia já no infectado, impedindo que estes cumpram suas funções, ao mesmo tempo que a infecção aprofunda ainda mais o corte ou ferida, causando uma hemorragia externa que causa perda de 50hp por turno, durante quatro turnos, e ao término do quinto turno, se a infecção não for tratada, causa a perda do membro afetado.
• Infecção via contato com a pele saudável: a bactéria começa a destruir os desmossomas, responsáveis por unificar as células da pele, causando uma poderosa descamação da epiderme. A dor é extremamente forte e aguda, fazendo com que a vítima seja distraída por ela. Redução de 1 ponto de força por um turno.
Espaço: 1 slot por duas ampolas.
Descrição: Morpheusa obteve o conhecimento sobre um vasto gênero de bactérias, o Staphylococcus, no qual uma espécie específica se destacou pelos seus efeitos tóxicos ligeiros e eficazes, o Staphylococcus aureus. São bactérias em formato esférico, e um incrível patógeno, podendo causar danos à vários sistemas metabólicos. A bactéria é contagiosa ao contato, e é resistente à maioria dos antibióticos. O principal causador dos sintomas são as toxinas secretadas por essa bactéria, que são destrutivas e corrosivas para vários tipos de células humanas, e, aproveitando-se disso, Morpheusa criou colônias dessa bactéria em seu laboratório, aumentando sua imunidade à antibióticos, alimentando-as com estes, criando resistência. Após isso, criou um caldo nutritivo para manter as bactérias vivas por muito tempo dentro dos frascos, podendo assim serem usadas em campos de batalha, tornando-se num líquido totalmente infestado por estes seres e suas toxinas.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 10 Fev - 23:03


[Chemistry] Morpheusa V30amyF
The Last Resource: Vancomycine
Tipo: Líquido.
Efeitos: Por ser o mais forte antibiótico, incluindo em sua composição antígenos glicopéptidicos e penicilinas, é devidamente eficaz contra infecções bacterianas, e seu uso só é recomendado em infecções graves. Os glicopépticos são responsáveis por inibirem a síntese da parede celular da bactéria, bloqueando a incorporação no peptidoglicano das subunidades N-ácido acetilmuramico e N-acetilglucosamina, ligando-se reversivelmente a estas moléculas, destruindo as paredes celulares, resultando nas bactérias não resistindo às pressões osmóticas, morrendo. Já o mecanismo das penicilinas interfere na síntese de parede celular bacteriana, através de sua ligação com as enzimas PBP: a penicilina acopla num receptor presente na membrana interna bacteriana (PBP) e interfere com a transpeptidação que ancora o peptidoglicano estrutural de forma rígida em volta da bactéria; como o interior desta é hiperosmótico, sem uma parede rígida há afluxo de água do exterior e a bactéria explode.
Ambos os mecanismos resultam no fim da infecção.
Espaço: 1 por 3 ampolas.
Duração: Pelo medicamento agir em patógenos vivos, este dura um turno, sendo obrigatório ao menos um descanso parcial para que seu efeito seja completo.
Descrição: O antibiótico é o resultado da mistura do antibiótico mais forte, vancomicina, com outros antibióticos mais simples da classe das penicilinas. A vancomicina é produzida por enzimas específicas e, apesar de ser um medicamento potente, só é adequado para infecções graves, e não responde com eficácia à infecções de bactérias Gram-negativas, micobactérias e fungos. Afim de preencher esta lacuna, Morpheusa adicionara à vancomicina um mix de antibióticos mais simples da classe das penicilinas, os quais tem efeitos efetivos contra às fraquezas da vancomicina. Com isto, fora criado um antibiótico capaz de combater qualquer infecção bacteriana ou fúngica, mas há de ressaltar que estes acabam com as infecções matando as bactérias e controlando os danos, mas não cura os ferimentos causados imediatamente, sendo estes necessários de serem tratados à parte. Deve ser aplicado via intravenosa.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Sab 16 Fev - 2:24


The Maximizer: Erythropoietin
Tipo: Pílula
Efeitos: Por conta da maximização da troca de oxigênio proporcionada por essa pílula, o usuário tem sua resistência e performance significantemente aumentada, recebendo assim +1 ponto em força e +1 ponto em velocidade por dois turnos.
Espaço: 2 por 1 slot.
Duração: Dois turnos.
Descrição: A Eritropoetina é um hormônio que controla a produção de eritrócitos precursores da medula óssea, estimulando e aumentando a troca de oxigênio pela hemoglobina: tal fator faz com que o desempenho em atividades físicas como combates, corridas, natação e outros seja momentaneamente super estimulados quando a pílula é ingerida, visto que esta age diretamente no sistema circulatório.
-
Emiya
Chūnin
Emiya
Vilarejo Atual
Ícone : [Chemistry] Morpheusa OA6REfD

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65777-f-emiya-2-0#479953

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 17 Fev - 0:08


—— I: Avaliação


The Hidden Power Substance: Epinephrine - Epinefrina? Gostei. Aprovado.

The Anesthetics Sunlight: Phosgene - 2 turnos de duração.

The Divine Antidote: Charcoal - OK.

The Corrosive Sphere: Staphylococcus - OK.

The Last Resource: Vancomycine - Como efeito colateral apenas deixe claro que é obrigatório um turno de descanso impossibilitando a movimentação do beneficiado.

The Maximizer: Erythropoietin - Ao meu ver é a mesma coisa que sua primeira criação mas sem efeitos colaterais. Minha avaliação: coloque fadiga extrema após a utilização dos atributos e descanso mínimo de 1 post (onde as habilidades físicas são reduzidas pela metade) e descanso total de 2 posts (para que possa voltar em 100%). Acho que entende também se eu falar: sabemos que o corpo humano quando é estimulado ignora danos iniciais mas, depois que o 'estimulo' passa, isso gera danos no próprio usuário.

-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 17 Fev - 0:31


[Chemistry] Morpheusa OTt7gUI
The Anesthetics Sunlight: Phosgene
Tipo: Gás
Efeitos: O efeito varia de acordo com o turno de inalação, sendo eles:
• Primeiro turno de inalação: Inicia-se os sinais de analgesia, o sistema nervoso central começa a ser prejudicado, fazendo com que fique cada vez mais difícil acompanhar os próprios sentidos e controlar o próprio corpo, havendo a diminuição de um ponto de velocidade e por último, desmaio.
• Segundo turno de inalação (neste caso, é obrigatório que a inalação tenha sido contínua durante os dois turnos): devido à alta toxicidade do fosgênio, o sistema nervoso central é permanentemente comprometido, também havendo uma parada respiratória, levando a vítima ao óbito.
Espaço: 1 slot por frasco.
Alcance: Até 25 metros de raio, tendo o local onde foi inicialmente dissipado como centro. No primeiro turno, o gás espalha-se em 10m de raio, e no segundo já alcança os 25m.
Duração: Quatro turnos.
Descrição: Inicialmente, Morpheusa produzira tal substância em estado líquido, acidentalmente, ao misturar cal clorada com etanol, pensando ter produzido 1,2-dicloroetano. Ao perceber o erro, decidiu testar a substância até então desconhecida. Descobriu que a substância é extremamente volátil, e quando exposta à luz, sofre oxidação, tornando-se cloreto de carbonila, um gás quase totalmente transparente, aparecendo apenas sob iluminação solar em uma coloração branca. Tal gás absorve o calor da pele, a qual tem a temperatura diminuída, fazendo com que os nervos sensitivos que mandam as informações ao cérebro fiquem inativos e a sensação de dor é diminuída. A substância tem um alto grau de toxicidade, podendo causar parada respiratória, comprometimento do sistema nervoso central e danos irreparáveis ao fígado e rins.


[Chemistry] Morpheusa V30amyF
The Last Resource: Vancomycine
Tipo: Líquido.
Efeitos: Por ser o mais forte antibiótico, incluindo em sua composição antígenos glicopéptidicos e penicilinas, é devidamente eficaz contra infecções bacterianas, e seu uso só é recomendado em infecções graves. Os glicopépticos são responsáveis por inibirem a síntese da parede celular da bactéria, bloqueando a incorporação no peptidoglicano das subunidades N-ácido acetilmuramico e N-acetilglucosamina, ligando-se reversivelmente a estas moléculas, destruindo as paredes celulares, resultando nas bactérias não resistindo às pressões osmóticas, morrendo. Já o mecanismo das penicilinas interfere na síntese de parede celular bacteriana, através de sua ligação com as enzimas PBP: a penicilina acopla num receptor presente na membrana interna bacteriana (PBP) e interfere com a transpeptidação que ancora o peptidoglicano estrutural de forma rígida em volta da bactéria; como o interior desta é hiperosmótico, sem uma parede rígida há afluxo de água do exterior e a bactéria explode.
Ambos os mecanismos resultam no fim da infecção.
Espaço: 1 por 3 ampolas.
Duração: Pelo medicamento agir em patógenos vivos, este dura um turno, sendo obrigatório um turno de descanso, tendo como efeito colateral a impossibilidade da movimentação do medicado.
Descrição: O antibiótico é o resultado da mistura do antibiótico mais forte, vancomicina, com outros antibióticos mais simples da classe das penicilinas. A vancomicina é produzida por enzimas específicas e, apesar de ser um medicamento potente, só é adequado para infecções graves, e não responde com eficácia à infecções de bactérias Gram-negativas, micobactérias e fungos. Afim de preencher esta lacuna, Morpheusa adicionara à vancomicina um mix de antibióticos mais simples da classe das penicilinas, os quais tem efeitos efetivos contra às fraquezas da vancomicina. Com isto, fora criado um antibiótico capaz de combater qualquer infecção bacteriana ou fúngica, mas há de ressaltar que estes acabam com as infecções matando as bactérias e controlando os danos, mas não cura os ferimentos causados imediatamente, sendo estes necessários de serem tratados à parte. Deve ser aplicado via intravenosa.


The Maximizer: Erythropoietin
Tipo: Pílula
Efeitos: Por conta da maximização da troca de oxigênio proporcionada por essa pílula, o usuário tem sua resistência e performance significantemente aumentada, recebendo assim +1 ponto em força e +1 ponto em velocidade por dois turnos. Como efeito colateral pelo grande esforço muscular não usual, tal tecido é sobrecarregado, gerando fadiga extrema no turno após o término do efeito, sendo necessário ao menos um descanso por um turno, onde as habilidades físicas do usuário são recuperadas pela metade, e dois turnos para um descanso total, recuperando as habilidades físicas totalmente.
Espaço: 2 por 1 slot.
Duração: Dois turnos.
Descrição: A Eritropoetina é um hormônio que controla a produção de eritrócitos precursores da medula óssea, estimulando e aumentando a troca de oxigênio pela hemoglobina: tal fator faz com que o desempenho em atividades físicas como combates, corridas, natação e outros seja momentaneamente super estimulados quando a pílula é ingerida, visto que esta age diretamente no sistema circulatório.

editados, @Mael
-
Emiya
Chūnin
Emiya
Vilarejo Atual
Ícone : [Chemistry] Morpheusa OA6REfD

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65777-f-emiya-2-0#479953

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 17 Fev - 0:58

@, bom divertimento!!
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Seg 11 Mar - 20:11

The Reasoner: Caffeine
Tipo: Pílula.
Espaço: 3 por 1 slot.
Duração: 3 turnos.
Descrição: extraindo a substância cafeína de plantas e grãos naturais, é possível sintetizá-la em pó, e como é de conhecimento geral, a cafeína age como um grande estimulante. Mais detalhadamente, a cafeína tem uma grande semelhança estrutural com a adenosina, um potente neuromodulador endógeno que inibe alguns neurotransmissores: a cafeína acaba por fazer ligações com os receptores da adenosina, a bloqueando, e consequentemente não há a inibição dos neurotransmissores que seriam bloqueados por esta, sendo eles glutamato, ácido gama-aminobutírico, acetilcolina. e monoaminas. A liberação desenfreada desses neurotransmissores faz com que o sistema nervoso central receba ainda mais biossinalizações, havendo uma grande potencialização no raciocínio lógico, aumentando a inteligência em 1 ponto. Apesar da cafeína ter vários efeitos positivos, esta também pode agir como um grande vilão, já que quando consumida em excesso causa grande estresse e irritabilidade: se for consumida duas em menos de 3 turnos, o defeito Agressivo (1) é adquirido durante todo o tópico, e, se consumida mais de duas vezes no mesmo tópico, haverá consumido uma dose letal, afetando o sistema cardíaco e respiratório, e levando à uma parada cardiorrespiratória.
-
Emiya
Chūnin
Emiya
Vilarejo Atual
Ícone : [Chemistry] Morpheusa OA6REfD

https://www.narutorpgakatsuki.net/t65777-f-emiya-2-0#479953

Re: [Chemistry] Morpheusa - Ter 12 Mar - 9:45

The Reasoner: Caffeine - Aprovado.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Ter 2 Abr - 20:54

The potion of Silliness: Chlorovirus ATCV-1
Tipo: Toxina. Material genético sintetizado. Pode contaminar líquidos, objetos, comida e o ar, se em contato com estes.
Efeitos: através de um vírus muito presente em algas, mas infecciosos em animais e humanos, que altera as atividades do hipocampo, acabando por confundir o sistema imunológico, fazendo com que o próprio organismo ataque seus neurônios atrapalhando e diminuindo seu funcionamento, há a deterioração de sua inteligência, da atividade cerebral, da memória e da capacidade de aprendizagem. Com isso, através da inalação ou contato direto com a pele de seres vivos, o vírus consegue se infiltrar nas células até que alcance o sistema nervoso, havendo a perda de um ponto de inteligência durante dois turnos.
Espaço: 2 frascos por slot.
Descrição: através de estudos e observação do material genético do vírus ATCV-1, foi possível sintetizá-lo por suas cadeias de ácido. Aproveitando-se disso, não precisaria mais buscar o vírus no ambiente, mas apenas reproduzi-lo de forma artificial, deixando que sua produção fosse mais prática e veloz. Armazenando o vírus em frascos, é possível que este seja usado para contaminar os mais diversos objetos e também o ar, visto que sua massa é tão insignificante que permite que este flutue pela atmosfera, fazendo com que pessoas que passem pelo local contaminado inalem o vírus, e tenham este entrando em seu sistema respiratório e então se espalhando para o restante de seu corpo, causando os efeitos.

Anti-ATCV-1
Tipo: Pílula
Efeitos: imunidade ao químico The potion of Silliness: Chlorovirus ATCV-1
Espaço: 2 pílulas por slot
Duração: permanente.
Descrição: usando do vírus previamente criado, o ATCV-1, foi possível criar correntes genéticas menos nocivas mas que servissem como um "vírus enfraquecido", e utilizando das mesmas premissas que as vacinas, ao ingerir o patógeno em um potencial minimizado, o próprio organismo é capaz de gerar imunidade contra este, fazendo com que exposições posteriores ao vírus sejam inofensivas. Como efeito colateral, ao ingerir tal pílula, é causada uma diminuição da inteligência em um ponto durante um turno.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 14 Abr - 1:24

@Exile só vou te marcar pq vc nunca me nota e fico chateada
-
Database
Chūnin
Database
Vilarejo Atual
Ícone : [Chemistry] Morpheusa F84635dc3b652bb9e64de17cffcb8f48ba4a3ef3

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69813-f-hakai-kyoki#524597 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69841-gestao-de-ficha-eilish#524990

Re: [Chemistry] Morpheusa - Dom 14 Abr - 12:27

@@
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Sex 10 Maio - 12:04

Nome The Sleep Godess: Morphine
Tipo: líquido
Efeitos: Quando ingerida ou injetada, a toxina The Sleep Godess: Morphine imediatamente coloca o alvo num sono profundo e retarda seu sistema nervoso central, fazendo com que este não sinta nenhum tipo de dor.
Espaço: 4 por slot.
Duração: 3 turnos.
Descrição: Assim como The Angel of Dreams: Morphine, este químico tem como principal composto ativo a morfina, um poderoso opioide. No entanto, esta versão foi criada para uso exclusivo medicinal, sendo usada como um forte anestésico para ferimentos pós batalhas ou durante cirurgias.

Nome Anti-Fungi
Tipo: Pílula
Efeitos: Imunidade à propriedades alucinógenas pertencentes à cogumelos. Após ingerida, por se tratar de substâncias alucinógenas mesmo que com mudanças estruturais, o alvo tem fortes alucinações durante 3 turnos, as quais diminuem progressivamente durante este tempo.
Espaço: 1 por slot.
Duração: Permanente.
Descrição: Com o domínio acerca dos funcionamentos psicodislépticos, psicolépticos e psicotônicos derivados das toxinas presentes em cogumelos, foi possível desenvolver uma pílula que funciona como uma vacina à tais substâncias dispostas nos elementos do reino Fungi, à partir de uma sintetização com algumas mudanças na estrutura dessas substâncias que a deixam adeptas ao corpo humano.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa - Sex 10 Maio - 23:35

Modificação corporal~~~

[Chemistry] Morpheusa 7yLv4RE
The Photonucleic Effect: Carotenoid
Requerimentos: O receptor da modificação deve ter, ao menos, 4 pontos em força e em stamina para que seu corpo não seja sobrecarregado e entre em colapso.
Descrição: Tendo ciência de que a radiação solar é uma forma de energia e descobrindo como captá-la através de estudos acerca da obtenção de energia das plantas através da fotossíntese, fora possível transferir o mesmo mecanismo à nível celular para as células da epiderme humana. De forma artificial, Morpheusa reproduziu o pigmento fotossintetizante carotenoide, com uma menor saturação para que este não trouxesse modificação da cor da pele, e que fosse facilmente adepto aos queratinócitos e aos lipídios epidérmicos encontrados nas camadas mais externas da epiderme. Deste modo, há a captação do calor, energia térmica solar, por estas células, junto da absorção de dióxido de carbono, começando uma série de reações e transformações químicas. A principal transformação química é uma produção independente de oxigênio através da absorção da radiação solar, e este oxigênio poderá, assim como o oxigênio captado pela inspiração de ar, misturar-se ao plasma corporal e transpassar pelas células entre os tecidos, incluindo a própria hemoglobina: este fator faz com que toda a estrutura muscular seja muito mais estimulada que o normal por haver uma "super-respiração".
Efeitos: Por conta da recorrente absorção de energia extra proporcionada diretamente por todo os tecidos do corpo, a resistência do usuário é amplamente aumentada, dando um bônus de um ponto de estamina e o consumo da estamina se aplica apenas a técnicas de rank A ou superiores. No entanto, a modificação baseia-se na absorção da radiação solar, e por isso suas bonificações só são válidas enquanto existe a captação desta.
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Chemistry] Morpheusa -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.