NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Outono
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Kurt Barlow
3º Lugar
Zireael
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Raves
Os membros mais ativos do mês
Angell
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
607 Mensagens - 38%
Shion
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
191 Mensagens - 12%
Ranni
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
135 Mensagens - 8%
Mako
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
126 Mensagens - 8%
Nan
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
123 Mensagens - 8%
Kaguya
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
104 Mensagens - 6%
Hemumu
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
89 Mensagens - 6%
Zero
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
85 Mensagens - 5%
Summer
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
79 Mensagens - 5%
Sevenbelo
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
68 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
70 Mensagens - 22%
Shion
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
46 Mensagens - 14%
Nan
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
32 Mensagens - 10%
Ranni
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
32 Mensagens - 10%
Hemumu
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
31 Mensagens - 10%
Zero
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
30 Mensagens - 9%
Majinboo
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
23 Mensagens - 7%
Kaguya
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
23 Mensagens - 7%
Summer
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
20 Mensagens - 6%
Chazer
[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_lcap[RP - ATO] Resgatando a Paz Voting_bar[RP - ATO] Resgatando a Paz Vote_rcap 
17 Mensagens - 5%


Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Convidado
Convidado
A reunião entre os três poderes de Iwa havia se encerrado a pouco, Shoto se apropriou da carta branca que foi lhe dado para assim designar uma missão de suma importância para a vila e a pessoa encarregada de obter sucesso na mesma não era nada menos que o seu companheiro de gabinete, Kensei Nara.

Kensei tinha a grande tarefa de ir de encontro com as fontes termais iniciar um tratado de paz, algo que havia sido quebrado pela antiga Tsuchikage. O problema em questão era que Kensei não tinha muitas informações e teria que ir atrás daqueles que poderiam instrui-lo, Shoto Uzumaki e o Tsuchikage, ambos se encontravam no campo de treinamento exercitando suas habilidades.


01/??
@oito
Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Kensei continuava trabalhando fortemente em sua nova função como Assistente de Kage. Mais cedo havia mandado para o vilarejo de Kumogakure uma carta de suma importância e agora em sua mesa andares de pilhas de papéis eram formadas com frequência, porém, um pergaminho que estava em sua mão era o que mais se destacava. Um tratado de paz com o pais das fontes termais escrita por Shoto Uzumaki. 

O membro do clã Nara foi até o gabinete do seu colega para averiguar melhor do que se tratava o assunto e nem sinais dele ou do Hachidaime Tsuchikage. Lembrou-se então do treinamento que ambos haviam mencionados e se dirigiu até o campo de treinamento do vilarejo confiando que os encontraria por lá.

– Shoto, do que se trata esse tratado de paz? Como posso ajudar com isso? – Diria para seu colega quando o encontrasse, indicando o pergaminho para o mesmo. E faria uma vénia em sinal de respeito ao Tsuchikage caso ele ali se encontrasse.

Coisas:

Template feito por @MilkWho
Anonymous
Convidado
Convidado
Kensei sabia onde estavam aqueles dois que outrora gozavam de sua presença, assim seguiu até o local e lá encontrou os dois, prestes a iniciarem um treinamento, Shoto para proteger sua posição dentro da vila optou por não utilizar de sua máscara Anbu, visto que estava na presença de seu próprio Kage.

Kensei chegava ao campo como se fosse dono do mundo, interrompendo e praticamente interrogando um dos presentes, ele questionava sobre um pergaminho fazendo referência a um tratado de paz com as fontes termais. —Mesmo ocupando tal cargo, você não pode simplesmente atrapalhar o andamento de uma atividade— respondia Shoto lançando um olhar de desaprovação, em seguida pediu um tempo para o Kage ali presente e se aproximou do rapaz.

—Não tem segredo, vá até lá com isso em mãos e peça para falar com a liderança do local. Eles não serão loucos de atacar um shinobi de iwa vagando sozinho— falava dando dois tapinhas nos ombros de Kensei, — Se perguntarem, diga que a antiga Kage não tem mais poder sob a vila da pedra—

02/??




Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Kensei ouviu atentamente o que Shoto tinha para falar e assentiu positivamente com as diretrizes passadas por ele. – Ok, eu o farei. – Rebateria dando as mesmas duas tapinhas no ombro de Shoto, com excesso de vontade, queria que ele notasse. – Resolverei esse assunto o mais rápido possível. – Ele então se despediria de seu amigo e iria seguir até as fontes termais. Em seu caminho, tomaria o máximo de cuidado possível, visaria os transeuntes como referência para estudar se precisaria de uma abordagem ofensiva, no entanto, iria se manter como um anônimo. 

Quando chegasse aos limites das fontes termais, sua primeira abordagem seria ver como se mantinha o vilarejo, que tipos de atividades econômicas ali existiam e como seus moradores se comportavam. Características estas traçar possível a sua inteligência aguçada e com o olhar estudado que sua função como assistente de Tsuchikage havia proporcionado. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho
Anonymous
Convidado
Convidado
 O caminho até as fontes termais não era lá um grande problema, era até bem tranquilo, diga-se de passagem, Kensei seguiu friamente as palavras ditas por seu companheiro Shoto e assim tomou de todo o cuidado possível. Algumas longas horas foram travadas até que o garoto finalmente chegou a seu destino, o lugar era simplesmente lindo e perfeito, parecia um pedaço do paraíso.

Kensei passava assim pelo portão principal com seu olhar de analista, o garoto seguia olhando tudo e todos como se estivesse estudando as formas e os costumes do povo e das coisas por ali. Ele passaria despercebido se não fosse a presença de um homem no portão, este portava uma lamina samurai nas costas, —O que trás um lacaio de Iwagakure a minha nobre terra?— indagava a presença do garoto enquanto mostrava lentamente a lamina de sua espada.

Aparência do Homem


03/??




Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
– Lacaio? Esse lacaio que vos fala é o assistente pessoal do Tsuchikage interino do vilarejo de Iwagakure no Sato. Kensei Nara. – Falaria com seu dedo indicador de sua mão direita apontada para o céu. – Olhe para cima. – Bradaria sério. – Vocês não nos veem, mas nós vemos vocês, e se você não quiser problemas, me deixará passar. – A estratégia através de tal movimento era passar ao homem um ar de superioridade, era deixá-lo paranoico, como se estivessem sendo vigiados. Porém, não representava a verdade. 

Após isso, estenderia o pergaminho para o homem, sua mão ainda o prenderia com toda sua força, e como o homem não deveria esperar o intuito de Kensei, no movimento que ele fizesse para pegar o pergaminho era de se presumir que sua mão escorregasse, ao menos, Kensei, o prodígio do clã Nara, acreditava fortemente no sucesso de sua ação. – Você é o cara que fica no portão, eu respondo diretamente ao seu superior. – Encerraria a apresentação, colocando o pergaminho em seu bolso. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho
Anonymous
Convidado
Convidado
—Assistente, você realmente acha que isso é diferente de ser um lacaio?— respondia o tom de arrogância do garoto, —Eu me chamo Gintoki, comandante geral das tropas do país das fontes termais— se apresentava e completava o sacar de sua espada, a lamina era num vermelho escarlate, ela era acompanhada de um cheiro forte de sangue, como se a mesma havia sido forjada em cima de mil mortes.

Kensei estendeu um pergaminho que foi tomado de suas mãos antes mesmo que fosse completado o movimento de seus braços, —O que é isso?— questionou novamente enquanto apontava a ponta de sua espada em direção ao garoto, —Só uma dica, se eu fosse uma criança num país em guerra, certamente colocaria meu rabinho entre as pernas— respondia a ofensa lançada sobre ele levando a atenção de Kensei a agulhas de sangue que pairavam sobre ele, —Não seja um garoto burro, ou melhor... seja sim um garoto burro—

Considerações:

Aparência do Homem


04/??




Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Seu movimento tinha sido colocado a prova e falhado, tendo Kensei que procurar tomar outro rumo na conversa. – Esse é um tratado de paz que, se permitir a minha passagem, nós iremos propor ao país das fontes termais. Acreditamos que só temos a ganhar, ambos os lados, com o fortalecimento dos nossos laços. – Falava o Iwanin. – Agora como estamos devidamente apresentados, eu já tive o que falar, você já teve o que se mostrar, então podemos tratar de negócios? Quem é o responsável, com quem eu falo? – Kensei estenderia sua mão dominante em sinal de respeito ao homem, seu cargo não permitia brechas para demonstrar fraquezas e aquele gesto tinha muita hombridade, agora que havia tomado conhecimento de sua posição. 

Apesar da mudança para amistosa, Kensei ainda olharia para o alto, onde havia apontado anteriormente para o homem olhar, como quem queria reforçar suas palavras anteriores e colocar minhoca no membro do pais das fontes termais. Por fim, seguiria as orientações que fossem passadas pelo homem. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho
Anonymous
Convidado
Convidado
—Paz? Vocês iniciam uma guerra e agora estão querendo paz?— Falava e em seguida com sua velocidade máxima tocava o centro da testa do garoto, —Se você quer falar com meus superiores terá que se mostrar digno— assim que o toque foi concluído uma marca surtiu bem no centro da testa do pequeno assistente, o homem então guardou sua espada e se afastou, —Essa marca te impossibilidade que manipular o seu chakra, isso significa que você não poderá fazer nada a não ser que eu permita— não dava para entender o que aquele maluco estava tramando mas alguma coisa aconteceu... Assim que ficou posicionado o corpo do homem se dividiu em dois criando duas imagens semelhantes a ele mesmo, —Seu desafio é simples, basta adivinhar qual de nós é o verdadeiro— desafio lançado e uma pergunta para ser respondida, qual era o verdadeiro?

Considerações:

Aparência do Homem


05/??



Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
– Entendo... – Sussurraria em voz alta. – Irei acreditar em suas palavras e levar em consideração que você não irá fazer nada nocivo contra mim. – Falaria pausadamente levando sua mão até sua bolsa de armas onde tomaria uma Hikaridama. – A luz deve refletir no original, assim será fácil determinar quem é o verdadeiro. – Tomaria cinco metros de distância e então jogaria o item na direção do chão entre as pernas da dupla enquanto levaria sua mão esquerda até a visão onde só o seu olho direito estaria aberto para tomar como original aquele que refletisse a luz da bomba de luz. – É você! – Falaria se chegasse em uma resolução.     

Apesar da mudança para amistosa, Kensei ainda olharia para o alto, onde havia apontado anteriormente para o homem olhar, como quem queria reforçar suas palavras anteriores e colocar minhoca no membro do pais das fontes termais. Por fim, seguiria as orientações que fossem passadas pelo homem. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho
Anonymous
Convidado
Convidado
—Não me diga que você tem algum problema de cabeça...— Questionavam as três figuras em um tom de desdenho, elas caminhavam em direção do pequeno rapaz —Te darei mais uma chance, qual de nós é o verdadeiro?— a voz das figuras ficava mais grossa e com um tom ameaçador, —Se falhar passará a fazer companhia aos meus inimigos...—

Considerações:

Aparência do Homem


06/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Kensei retirou de sua bolsa de armas 20 cm de linha de fio e esticou na horizontal na altura da altura da dupla idêntica, em seu eixo, daquele que insistia em interromper sua passagem, fechando seu olho direito e o colocando em uma espécie de mira em seguida. Ali, naquela ação, esperava ter uma melhor visão de ambos os rostos, na procura de falta de informação como o balançar de cabelos motivos pela eventual passagem de vento em um e que não acontecesse no outro, por exemplo. – Os dois são os verdadeiros.  Responderia, confiante que estaria certo, conforme voltava os fios para a sua bolsa de armas. – Foi uma técnica que não necessitou de selos de mãos. Acredito que essa seja uma característica inata sua, e se for, realmente é um poder e tanto. Essa é a minha resposta final, os dois são os verdadeiros. 



Coisas:

Template feito por @MilkWho
Anonymous
Convidado
Convidado
—Imaginei que você teria mais dificuldades para chegar nessa conclusão, pelo visto o povo de Iwagakure não são tão burros assim— Falava em um tom de superioridade enquanto absorvia o segundo corpo, —Venha, vou te levar até o grande salão onde se encontram os conselheiros— assim que as palavras foram ditas o homem seguiu caminhado rumo a estrada principal daquela vila, eles passaram em meio a um mercado bem movimentado e deram de cara com uma grande construção, era algo parecido com uma mansão, porém ali não residia apenas uma pessoa.

Assim que os dois entrassem no local dariam de cara com um enorme salão com 3 mesas ao centro, nelas 3 figuras estavam sentadas com vários guardas protegendo-os, —Venha, irei te apresentar ao primeiro conselheiro, diga a ele suas intenções aqui e em momento algum deixe de olhar para seus olhos— Sakata caminhou até o primeiro homem e disse, —Este é Kensei, um enviado de Iwa para tratar de assuntos diplomáticos—


Considerações:

Aparência do Homem


07/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Kensei já havia superado seu tempo como escravo, mas aquela sensação de ser um estrangeiro em outro país, um visitante indesejado, não deixava de assolar sua mente. Apesar de não procurar enxergar, podia sentir os olhares das pessoas voltados para ele como se quisessem o expulsar de volta para o seu vilarejo. "Como construir um mundo de paz, se falta paz no coração?" Era o que pensava o membro do clã Nara conforme caminhava para seu destino final, parecia uma eternidade, os passos pareciam cada vez mais pesados. 

– Olá, obrigado por me receberem no vilarejo de vocês. – Apresentaria-se com uma completa mesura em sinal de respeito. Com licença. – Diria, procurando uma poltrona para se sentar antes de começar a falar. – Nossa nova gestão quer chegar a um entendimento dos conflitos, de suas naturezas e com isso uma análise criteriosa sobre como olhar a situação de conflito entre Iwagakure no Sato e Yu no Kuni. Acreditamos que a construção da paz deva ser um processo onde os conflitos entre nossos vilarejos, as pessoas envolvidas, possam ser tratadas de uma maneira construtiva e não violenta e assim promover um entendimento melhor entre as duas frentes. Nós queremos através desta atitude criar um novo paradigma ao facilitar o diálogo para todas as partes. – Faria uma pausa, aproveitaria para analisar a feição de todos os envolvidos através de sua primeira abordagem. – Diga-me, por favor, os tópicos que vocês acham mal resolvidos entre nossas partes e eu irei procurar passar a nossa visão a respeito para chegarmos em uma solução. – Fitaria o ancião nos olhos como orientado durante toda a conversação.

Kensei recordava que no pouco tempo que estaria ali, já havia utilizado das três palavras-chaves para viver em paz: com licença, por favor e obrigado. E ansiava que fosse retribuído de modo igual ou melhor.



Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
A pobre criança parecia não cansar de falar, falava e falava até que fora interrompido após citar questão não resolvidas —Tudo que fazemos nós mesmo resolvemos— O homem se levantou de seu acento e então caminhou para próximo do segundo homem, eles cochicharam ali e logo retornou, —Não podemos lhe ajudar, mas posso te colocar em uma reunião com o nosso líder— Falou o homem enquanto se dirigia a uma porta verde localizada bem atrás dos conselheiros, —Venha—.

Assim como antes, Gintoki o acompanhou até a porta e lançou algumas palavras para cima do garoto, —Se tem amor a vida sugiro que passe a caminhar olhando para o chão, você não está em sua terra, aqui você deve abaixar a cabeça para todos que estão acima de você— Concluía, —E só ressaltando... Como você não é um irmão, todos até mesmo um morador de rua é alguém superior a você—


Aparência do Homem


08/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Seu nome era Gintoki, o denominado comandante geral das tropas do país das fontes termais e sua postura até aqui confirmava uma pessoa egocêntrica. "Será que esse homem está escutando o que ele esta me dizendo?" Kensei assimilava os comentários do homem com frieza e iria utilizar delas como principal argumento daqui em diante. Daria de ombros ante o pedido do seu guia e iria se manter com a cabeça erguida e cumprimentando os transeuntes quando necessário com um acenar positivo de cabeça. Estava ali por um nobre motivo, tratado de paz, e iria se portar como tal.

Kensei ainda não estava acreditando no que acontecera minutos antes. Os anciões, homens que pelo cargo que ocupavam deviam ser ricos de sabedoria e inteligência, receberam o assistente do Tsuchikage e simplesmente alegaram que não tinham como ajudar, o que foi um grande soco no estômago do membro do clã Nara. "Tudo que fazemos nós mesmo resolvemos." Parafraseava o comentário anterior em seu consciente. "Eu queria ver mandar essa marra pra cima de Shoto, tenho certeza que a conversa seria mais embaixo." Lembrava-se de seu colega. "Imagino que eles devam ter terminado o treinamento uma hora dessas e estejam aproveitando aquelas águas maravilhosas das fontes termais... E eu aqui resolvendo assuntos diplomáticos com esse povo que se faz de surdo."


Após muito ponderar, Kensei aguardaria até que chegassem em seus destinos para poder passar para o líder aquilo que deveria representar a vontade do vilarejo de Iwagakure no Sato.



Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Duas firmes batidas foram dadas na grande porta e uma voz transpassou pela pequena passagem, —ENTREM!!—, era uma voz grossa e muito firme, mas que dava a permissão para que pudesse entrar. Assim que o jovem entrasse teria uma visão inédita, ali quatro guardas montavam a segurança, suas aparências eram um tanto quanto estranhas, todos eles tinha a pele verde como se não fossem humanos e nem mesmo dava para notar se respiravam, cada um deles portava uma grande lança e no centro uma grande mesa com um homem mascarado.

—QUE DIABOS ESTE GAROTO ESTÁ FAZENDO AQUI?— Questionou o líder, —Ele é um enviado de Iwa meu senhor— respondia Gintoki enquanto reverenciava o seu comandante.


Aparência do Homem


09/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
O clima de apreensão tomou conta do jovem assistente do Tsuchikage que agradeceu fortemente em silêncio pela intervenção daquele que estava sendo seu carrasco até o momento. – Com licença, senhor, meu nome é Kensei Nara e estou em nome de Iwagakure no Sato. – Iria se apresentar em reverência para com o líder do vilarejo vizinho. 

Kensei não podia negar o cenário apresentado diante de seus olhos. A autoridade tinha uma forte marcação de segurança em cima dele em seu próprio território, lembrava mais uma vez a primeira conversa que teve com seus colegas, Shoto e Tsuchikage, fora uma conversa séria, porém amigável e segura sem a necessidade de uma marcação como essa agora apresentada. 

– Eu venho com o objetivo colaborativo de encontrarmos uma solução para um tratado de paz entre Iwagakure no Sato e Yu no Kuni. Se o senhor me permitir, iremos encontrar uma solução viável e boa para ambos os lados. – Começaria. – Não é possível que, em sua própria casa, no seu vilarejo e em seu próprio gabinete, encontremos um sistema de segurança como esse. – Faria uma pausa. – Estive na prisão de Iwa levando um fugitivo em custódia e nem ali, naquele espaço propício, onde esta impregnada a escória da humanidade, tinha um esquema capaz de tirar a privacidade ou a dignidade de alguém, como esse cerco montado ao seu lado. – Complementaria. – O que me diz? Podemos sentar e procurarmos uma solução para um tratado de paz?



Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
-Sempre existe uma maneira de encontrarmos a paz, a questão toda é... Vocês estão preparados para sacrificar algo para obter essa utopia? - Perguntava o líder das fontes, ele se levantava se sua cadeira e ia de encontra a sua grande janela que estava logo atrás, -Eu quero uma coisa e se você estiver realmente buscando a paz, com toda certeza irá fazer isso que eu quero- Finalizou.


Aparência do Homem


10/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
Kensei já estava cansado de tamanha soberba por parte dos membros de Yu no Kuni. As palavras do homem diziam, em suma, que uma mão lavaria a outra, e provavelmente ele teria que fazer um favor para que o tratado fosse iniciado. A visão de Kensei até o momento era de um povo frágil e acomodado que em seu território era fácil se fazerem como fortes, no entanto, o Iwanin tinha esses indícios como sinais de fraquezas. – Tudo bem. – Indagou em um primeiro momento. – O que vocês sugerem? – Procuraria tomar conhecimento do que se tratava. – Se for uma missão, tenho a condição de ser acompanhado por um de seus homens, recomendo Gintoki, ele tem me acompanhado até aqui e deve conhecer bem o território. Se ele não se importar ou tiver compromissos mais importantes, é claro. – Manteria sua posição irredutível. 



Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
—Existe uma aldeia ao norte daqui, a mesma costuma enviar alguns mercenários para tentar saquear nossas fazendas e preciso que você resolva isso para nós— Explicava o grande líder, —Gintoki é uma peça fundamental para a defesa de nossa terra, assim como todos os demais guerreiros... Sinto muito, mas você estará sozinho— completava dirigindo um olhar penetrante para cima do pequeno garoto.


Aparência do Homem


11/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
– Tudo bem, eu irei checar isso. – Responderia Kensei, inclinado a aceitar a missão. Tinha saído de suas terras visando chegar à um tratado de paz e só encontrava resistência. – Com licença, quero chegar a uma solução o mais rápido possível e por isso já vou saindo. – Sairia do gabinete do homem em direção ao norte do vilarejo. A descrição da missão não necessariamente dizia que as fazendas eram saqueadas, o homem falava em tentativa e isso cobria o assistente de dúvidas. Em seu mais profundo interior, o membro do clã Nara acreditava que aquilo podia ser um tipo de teste, como ele ser testemunha da força do pais das fontes termais visando tentá-lo afastar da conquista da paz. No entanto, manteria-se firme em sua postura até a aldeia mencionada. 

Sua bandana, marca do vilarejo de Iwagakure no Sato, seria guardada junto ao seu kit de armas básicas para ficar fora do alcance da vista de desconhecidos que poderiam representar algum perigo. Quando alcançasse os limites da aldeia, tomaria uma longa distância de 50 metros aproximadamente e iria se apoiar em uma árvore que ali fornecesse. O objetivo era determinar uma movimentação de comerciantes que saiam e chegavam da aldeia, e, ao primeiro sinal de um comerciante com suas mercadorias chegando ao vilarejo através de uma carroça, Kensei iria abordá-lo e iniciar uma conversação. – Olá, como vai o senhor(a)? Meu nome é Kensei, e o seu? – Apresentaria-se. – O tempo é sempre assim por aqui? – Indicaria o clima que faria naquele exato momento. – É a sua primeira visita? Ou o senhor(a) está sempre por aqui? O que é que carrega em sua carroça? – Daria continuidade. 

A intenção era chegar ao portão de acesso da aldeia acompanhando o(a) comerciante, onde tomaria sua frente e passaria para o responsável pela inspeção todas as características que fossem passadas pelo(a) comerciante, como nomes, tipos de carregamentos e assim, tentar se introduzir no meio da aldeia.



Coisas:

Template feito por @MilkWho


@Miley
Anonymous
Convidado
Convidado
Kensei saiu do grande salão e rapidamente tratou de iniciar aquilo que lhe foi pedido. "Repousando" em cima de uma árvore avistou um carroceiro e fez algumas perguntas para o mesmo, —Trato e levo mercadorias do campo... eu moro e vivo na estrada tirando meu sustendo dessas viagens— Explicava.

Pensando que o garoto fosse um viajante o homem o convidou para subir e assim seguiram viagem até um vilarejo e por sorte era aquela cujo Kensei deveria chegar, sortudo o desgramado. Chegando ali podia se notar um grande sistema de segurança, amador, porém bastante numérico... no centro do lugar uma grande construção com enorme cercas de aço...


Aparência do Homem


12/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
O cenário apresentado era o mesmo visto por Kensei em sua chegada ao país das fontes termais, um povo armado e protegido até os dentes. Kensei, inserido no meio daquele povo, iria procurar um bar pela região que pudesse se enturmar entre as valiosas conversações e as mais ricas informações que o tipo do estabelecimento proporciona aos viajantes. – Olá, eu estou de passagem fazendo uma entrega de hortifruti com um colega, você sabe me recomendar alguns lugares turísticos e outros que não devo chegar próximo? – Perguntaria para o atendente, querendo passar a imagem de um ser despretensioso. – E aquela construção cercada por aço, o que é aquilo? – Complementaria. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
—Não temos áreas turísticas, basicamente tudo aqui é voltado para o militarismo— Falava o atendente a pergunta do jovem garoto, o povo dali realmente não aparentavam serem um dos mais amigáveis, a cada metro andado mais olhares o garoto atraía para si. — Aquela lá? Lá é onde o nosso líder reside, todas as melhores comidas e bebidas tem lá como seu ponto final. Não é recomendável ir até lá...— Finalizou


Aparência do Homem


13/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
– É claro que é... – Sussurraria em voz alta, acenando com sua mão direita em sinal de despedida para o homem que passara a informação. Em seu próximo passo voltaria até a aparente fortaleza, tomando vinte metros de distância e tomaria seus guardas como alvos. Queria pegar todos os seus perímetros possíveis e definir o guarda que se encontrasse mais distante possível da porta de acesso da fortaleza ou mais desligado para que o membro do clã Nara utilizasse de sua aparência para uma transformação munido do Henge no Jutsu. Após tomado seu alvo e aparência, procuraria entrar no local, sem muito alarde, evitaria contato visuais com os outros responsáveis pela segurança e só se daria por satisfeito quando pisasse em seu interior. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Convidado
Convidado
Kensei ignorava as palavras ditas pelo homem e seguia em direção a "fortaleza", ali em frente ao portão existiam 4 guardas, onde dois deles ficavam fixos ali e os ouros dois caminhavam juntos em volta daquela enorme construção. Mercadores entravam e saíam a todo momento, mais necessariamente entrava 1 a cada 10 minutos e isso logo a saída do ultimo, o tempo era sempre o mesmo, 10 em 10 minutos alguém saía e outro entrava. Kensei precisaria bolar alguma coisa para conseguir entrar ali caso fosse aquilo o seu desejo.


Aparência do Homem


14/??


Anonymous
Convidado
Convidado


HP: 1800/1800 | CH: 1800/1800 | ST: 10/10
"Preciso dar um jeito de entrar ai dentro..." Pensava o Iwanin, chegando ao consenso de uma logística que ali ocorria bem debaixo dos seus olhos voltada para o acesso à fortaleza. Os guardas pareciam não ter que trabalharem a todo o instante com pessoas, e isso era um fator que pesava contra o assistente do Tsuchikage, pois se eles lidavam com um comerciante por vez em um longo período de tempo, tornava tudo mais claro e fácil de fazer um rígido controle em cima. 

Kensei não era nenhum estudioso na arte de determinar um horário pelo sol ou qualquer outra maneira de fazê-lo sem o auxilio de um relógio, decidira então abordar o próximo comerciante em sua saída quando este estivesse a uns dez metros de distancia da fortaleza. – Com licença, meu nome é Kensei, estou fazendo uma pesquisa de campo sobre a estrutura do vilarejo, buscando trazer melhoria ao mesmo: Você é um morador daqui? Está de passagem? Que tipo de lugares você costuma frequentar? Trabalha com o que? Produtos? Se sim, quais produtos costuma carregar? Você acha que nossa vila fornece um bom saneamento básico? – Aguardaria pela resposta do mesmo, para que pudesse seguir com seus próximos passos. 

Coisas:

Template feito por @MilkWho


Anonymous
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido