NOVIDADES
Atividades Recentes
A LUZ DAS TREVAS
Arco 02
Ano 26 DG
Outono
Meses se passaram desde a missão de investigação ao Castelo da Lua, no País do Vento, que culminou na Batalha da Lua Minguante. Soramaru, o cientista responsável pelos experimentos, morreu em combate, assim como outros ninjas do lado da aliança. Após a missão ser bem-sucedida, mas carregando tantas mortes, Karma, o líder da missão, ficou responsável por relatar às nações o máximo de informações sobre a organização por trás dos crimes agora que estava com o selo enfraquecido e com isso ele revelou o verdadeiro nome dela: Bōryokudan. Ainda não tendo como fornecer mais detalhes, pois o selo se manteve, e precisando de mais pistas antes de investir novamente em uma missão, Karma saiu em missão em nome das Quatro Nações para encontrar o paradeiro dos demais membros da organização — e sua primeira desconfiança recaiu sobre Kumo.

O mundo, no entanto, mudou nestes últimos meses. Os Filhos das Nuvens concluíram a missão de extermínio aos antigos ninjas da vila e implementaram um novo sistema político em Kumo ao se proclamarem o Shōgun sobre as ordens não de um pai, mas do Tennō; e assim ela se manteve mais fechada do que nunca. Em Konoha a situação ficou complicada após a morte de Chokorabu ao que parece estar levando a vila ao estado de uma guerra civil envolvendo dois clãs como pivôs. Suna tem visto uma movimentação popular contra a atual liderança da vila após o fracasso em trazer a glória prometida ao país. Já em Kiri a troca de Mizukage e a morte de ninjas importantes desestabilizaram a política interna e externa da vila. E em Iwa cada dia mais a Resistência vai se tornando popular entre os civis que estão cansados demais da fraqueza do poderio militar ninja. Quem está se aproveitando destes pequenos caos parece ser as famílias do submundo, cada vez mais presentes e usando o exílio de inúmeros criminosos para Kayabuki como forma de recrutar um exército cada vez maior.

E distante dos olhares mundanos o líder da Bōryokudan, Gyangu-sama, se incomoda com os passos de Karma.
... clique aqui para saber mais informações
SHION
SHION#7417
Shion é o fundador do RPG Akatsuki, tendo ingressado no projeto em 2010. Em 2015, ele se afastou da administração para focar em marketing e finanças, mas retornou em 2019 para reassumir a liderança da equipe, com foco na gestão de staff, criação de eventos e marketing. Em 2023, Shion encerrou sua participação nos arcos, mas continua trabalhando no desenvolvimento de sistemas e no marketing do RPG. Sua frase inspiradora é "Meu objetivo não é agradar os outros, mas fazer o meu trabalho bem feito", refletindo sua abordagem profissional e comprometimento em manter a qualidade do projeto.
Angell
ANGELL#3815
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Indra
INDRA#6662
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Wolf
Wolf#9564
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Mako
gogunnn#6051
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Seu interesse por um ambiente de diversão e melhorias ao sistema o levou a ser membro da Staff pouco tempo depois. É o responsável pela criação do sistema em vigor desde 2016, tendo trabalhado na manutenção dele até 2021, quando precisou de uma breve pausa por questões pessoais. Dois anos depois, Mako volta ao Naruto RPG Akatsuki como Game Master, retornando a posição de Desenvolvedor de Sistema. E ainda mantém uma carreira como escritor de ficção e editor de livros fora do RPG, além de ser bacharel em psicologia. Seu maior objetivo como GM é criar um ambiente saudável e um jogo cada vez mais divertido para o público.
Akeido
Akeido#1291
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
Havilliard
Havilliard#3423
Aliquam lacinia ligula nec elit cursus, sit amet maximus libero ultricies. Cras ut ipsum finibus quam fringilla finibus. Etiam quis tellus dolor. Morbi efficitur pulvinar erat quis consectetur. Ut auctor, quam id rutrum lobortis, lorem augue iaculis turpis, nec consectetur enim nisl eu magna. Sed magna dui, sollicitudin quis consequat ac, faucibus sed mauris. Donec eleifend, nisl a eleifend dignissim, ipsum urna viverra leo, sed pulvinar justo ex vitae enim. Donec posuere sollicitudin velit eu vulputate.
HALL DA FAMA
TOP Premiums
Torne-se um Premium!
1º Lugar
Starfox
2º Lugar
Kurt Barlow
3º Lugar
Zireael
1º Lugar
Ranni
2º Lugar
Hemumu
3º Lugar
Raves
Os membros mais ativos do mês
Angell
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
685 Mensagens - 38%
Shion
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
201 Mensagens - 11%
Ranni
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
153 Mensagens - 9%
Nan
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
135 Mensagens - 8%
Mako
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
133 Mensagens - 7%
Kaguya
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
118 Mensagens - 7%
Hemumu
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
103 Mensagens - 6%
Zero
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
96 Mensagens - 5%
Summer
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
87 Mensagens - 5%
Chazer
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
73 Mensagens - 4%

Os membros mais ativos da semana
Angell
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
148 Mensagens - 30%
Shion
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
56 Mensagens - 11%
Ranni
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
50 Mensagens - 10%
Hemumu
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
45 Mensagens - 9%
Nan
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
44 Mensagens - 9%
Zero
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
41 Mensagens - 8%
Kaguya
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
37 Mensagens - 7%
Summer
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
28 Mensagens - 6%
Chazer
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
26 Mensagens - 5%
Majinboo
[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_lcap[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Voting_bar[Missão Rank C - Ainz] Proteção aos Indefesos Vote_rcap 
24 Mensagens - 5%


Convidado
Convidado



NARRADOR
| Estação: Inverno | Hora: 13h00 | Post: 1 |
Missão: – Você, garoto... Venha comigo. – Sequer colocou os pés para o lado de fora do estabelecimento foi interceptado por um Jounin de Sunagakure no Sato. Callum poderia estar sem reação, isso não inibia o homem que levava o Genin para os Portões da Vila Oculta da Areia. – Nossa missão é dar suporte para o País do Arroz que tem sofrido com ataques de bandidos. Lembre-se, eles são Shinobis e jamais deverá baixar sua guarda. Você está sob minha responsabilidade.

No portão da vila outros dois Genins, uma menina e um menino. – Achou o suplente, sensei? – Disse o garoto de olhos verdes. – Sim, ele caiu dos céus. – Respondeu ao risos o Jounin. – Nós somos, na ordem do maior para o menor, Hashi, Lipe e Luna. Formaremos um time para essa missão. – Informou Hashi. – Que seja, vamos logo. – Indagou a menina.  



Considerações: Bem, serei seu narrador. Eu não costumo ficar dizendo para os narrados o que fazerem, deixo para a liberdade interpretativa. Só não curto que o player controle o cenário e npcs. Mete bronca. Continuei daqui. Quando digo "Callum poderia estar" é você quem define, não afirmei nada.

Anonymous
Convidado
Convidado

PT. 1 A Partida

– ?! – arrastei um pé para trás e ergui um dos braços, surpreendido por um homem que me abordou logo após sair do gabinete onde peguei os ganhos de minha última missão. Não tinha escolha, ao que parecia, o homem foi me conduzia para algum lugar – não sabia qual – explicando em detalhes o que seria uma nova missão. – As coisas são rápidas por aqui ein... – murmurei, seguindo o homem. Avistei ao longe, ao pé dos portões de Sunagakure, outros dois jovens aparentemente de minha idade, foi aí que compreendi a situação em que me encontrava.

Se apresentaram; Hashi, Lipe e Luna, a menina parecia ser a mais mau humorada, mas isso não era surpresa, meninas daquela idade eram sempre assim. – Callum. Prazer. – respondi, direto. Ninguém pareceu mover-se, e como já havia aceitado aquela situação, decidi tomar a iniciativa, começando a caminhar. – Guie-nos, então, Hashi-san. – concluí, pondo a palma da mão sobre o cabo da espada de madeira em minha cintura.

HP: 200
CK: 200

Kunai: 05
Shuriken: 05
Kibaku Fuuda: 08 (2)
Kemuridama: 3
Hikaridama: 3
Ampola (venenos): 1
Ampola (antídotos): 1
Anonymous
Convidado
Convidado



NARRADOR
| Estação: Inverno | Hora: 14h00 | Post: 2 |
Missão: Após se apresentarem, o time iniciou sua caminhada para o País do Arroz. Caminharam por cerca de 1 hora em um roteiro sem preocupações. O time percebe o corpo cívico muito reduzido devido à situação que se alastrava. Transitavam e produziam na medida do possível. Poucos estabelecimentos e comércios estavam abertos a essa altura do dia e isso era um fator preocupante. Os membros do Pais do Arroz pensavam que a sua sobrevivência como comunidade autônoma só estaria assegurada se satisfizessem a si mesmos, em todos os aspectos, e por isso tinham um pé atrás com o time de Callum. 

Uma senhora carregando suas compras tinha dificuldades em atravessar a rua e Lipe, o garoto de olhos verdes, ajudava a idosa prontamente. Um comerciante abria sua lanchonete e outra sua loja de roupas. E assim a população ia levando a vida corriqueiramente. 

– Vamos lá. – Hashi deu a ordem para iniciarem a missão. 



Considerações: Bem, o pensamento que eu gostaria que você narrasse é o seguinte exemplo. Você foi chamado para uma entrevista de emprego, você se dirige até o local, toca a campainha ou bate no portão, se apresenta, procura conhecer mais sobre o ambiente e atribuições, certo? Já é um começo.

Anonymous
Convidado
Convidado

PT. 2 País do Arroz

Caminhamos em direção ao nosso destino por cerca de uma hora, sem interrupções. Não conversamos durante o percurso, talvez estavam receosos em abrir conversa com um estranho no time, mas não liguei pra isso, amigos não eram minha prioridade no momento, poderia me virar sozinho. Chegamos ao país do Arroz e os componentes do meu time se aprontavam, o garoto resolveu dar uma de bom samaritano e ajudar uma senhora a fazer sabe-se lá o que, não prestei atenção. Com a ordem do Jounin, parti, separado do restante do time.

Tinha certa facilidade com mentiras, afinal, era um mentiroso nato. Dois estabelecimentos estavam abrindo suas portas ali próximo, decidi ir na loja de roupas, acreditava ser mais fácil. – Olá... – comecei, fingindo estar procurando alguma roupa. – Vocês possuem algum kimomo ou coisa assim? Participarei de um evento demonstrativo e preciso urgentemente de um! Cheguei agora de viagem com minha equipe e não sei o que fazer – esforcei-me para parecer confuso e perdido, talvez quem me atendesse caísse mais facilmente na lábia assim. – A propósito... Onde estão o resto das pessoas dessa cidade? Está tudo muito quieto pra mim – indaguei, despreocupado com a situação. Queria obter alguma informação útil que me ajudasse a encontrar os responsáveis pelos ataques.

HP: 200
CK: 200

Kunai: 05
Shuriken: 05
Kibaku Fuuda: 08 (2)
Kemuridama: 3
Hikaridama: 3
Ampola (venenos): 1
Ampola (antídotos): 1
Anonymous
Convidado
Convidado



NARRADOR
| Estação: Inverno | Hora: 14h00 | Post: 3 |
Missão: A menina seguiu para a lanchonete, sentou-se em uma banqueta ali presente, objeto esse que as pessoas normalmente desfrutam para tomar bons drinques, comerem e jogar conversa fora. Ela conversava com o dono do bar que a atendia e outro fiel cliente. O sensei tomava um prédio como referência e sumia da vista dos Genins. 

– Essa é a nossa realidade, garoto, um grupo de mercenários vem pelo menos três vezes por semana e saqueiam os estabelecimentos. Pode ver que o número de crianças nas ruas é quase nulo, boa parte só sai de casa por pura necessidade. – Respondeu a mulher ante a pergunta do menino.

Um grupo de aproximadamente seis pessoas, entre eles duas mulheres, chegavam na cidade com um armamento pesado. Fukiya, Kusarigama, Kusari-Fundo, Tekko-Kagi, eram alguns dos brinquedinhos que eles carregavam. A mulher que antes recebeu Callum se mostrou receosa nesse momento. – Me desculpe, garoto, mas você precisa ir embora. – A mulher fechava a porta de aço caracol na cara do menino. 

O que Callum fará a respeito? 



Considerações: Manda bala.

Anonymous
Convidado
Convidado

PT. 2 País do Arroz

– Hum... É mesmo? – parecia satisfeito com a informação que recebera. Mercenários saqueando o lugar, ein? Dava uma história e tanto. Mas a mulher nem calou a boca quando o tal bando surgiu diante dos meus olhos. A mulher que antes mostrara-se receptiva agora expulsava a mim de seu estabelecimento, fechando as portas. Bem, não podia a culpar, o medo já a dominava.

Os outros membros da minha equipe estavam ali próximos, provavelmente logo chegariam. Mas por que deixar o lucro para eles? Vamos ver o que consigo fazer ainda só. Pense...O que posso fazer contra seis pessoas? procurei, primeiramente, alguma forma de ocultar minha presença, qualquer estrutura que me tirasse da visão deles até que passassem por mim era suficiente. Meus olhos treinados procuravam alguma katana entre o armamento dos mercenários, algo que eu pudesse usar. Se achasse, logo viria a ser minha arma.

Removi de minha bag duas kunais e uma hikaridama. Já tinha um plano formado, afinal. Mas tinha duas possibilidades de caminhos a seguir agora. O primeiro caminho era na ocasião do grupo possuir um espadachim, minhas ações seguiriam a linha principal de roubar sua espada matando-o primeiro, jogando a Hikaridama na frente do grupo e atirando ambas as kunais em direção ao espadachim, mirando seu crânio e coração (pelas costas), cobriria meus olhos antes que a bomba explodisse para não ser afetado. Se o homem caísse e o grupo fosse afetado pela luz, trataria de pilhar o corpo do homem e tomar-lhe sua espada, deixando cair uma KF no chão entre o grupo e me afastando em saltos sucessivos e contínuos. A Kibaku Fuuda seria acionada por um selo logo após, com o objetivo de ao menos ferir gravemente todos os mercenários.

O restante ficaria para depois, talvez a essa altura meus companheiros já houvessem chegado. Mas minha segunda opção consistia na ideia de que não houvesse um espadachim no grupo; as armas que usaria seriam a mesma hikaridama, porém apenas uma única Kunai adicionada de uma KF. A Hikaridama seria arremessada primeiro, com o mesmo objetivo de antes, logo depois viria a Kunai explosiva, que fincaria-se no centro do grupo logo após a bomba de luz eclodir e eu fechar meus olhos, confiando que esta atingiu seu objetivo e acionando-a pelo selo de mão.

Como prosseguiria esta aventura?

Dei duas alternativas para seguir, como você é o narrador você escolhe qual delas seguir e decidirá se as ações deram ou não certo (obviamente). Tudo feito em minha máxima velocidade. No post, procurei um espadachim, e se tudo der certo e eu roubar gostaria que você permitisse que eu ficasse com a espada, supondo que seja uma Token ou uma Tantou, para posteriormente adicionar na ficha.

HP: 200
CK: 200

Kunai: 05 (-1 ou -2) = 4 ou 3
Shuriken: 05
Kibaku Fuuda: 08 (2) (-1) = 7
Kemuridama: 3
Hikaridama: 3 (-1) = 2
Ampola (venenos): 1
Ampola (antídotos): 1
Anonymous
Convidado
Convidado



NARRADOR
| Estação: Inverno | Hora: 14h00 | Post: 4 |
Missão: O garoto correu para um muro lateral existente na redondeza e se escondeu na sombra da parede de uma casa, espantando um gato por entre duas caçambas de lixo ali presente. Os seis ninjas continuavam aos passos largos. Nesse momento, com uma visão privilegiada do bando, por assim dizer, Callum nota uma garota, não tão mais velha quanto ele e que portava uma katana. Ela era a última, a mais afastada do grupo e a mais próxima do alcance de Callum.
 
Nesse instante, Callum tomou para si duas kunais e uma hikaridama já com uma estratégia pronta de antemão. Ele lançava sua hikaridama na direção do grupo e atirava ambas as kunais na direção em que havia enxergado a garota por último, que iam na altura do cranio e coração. Um outro ninja, com seus 2,4 metros de altura inutilizava as kunais com sua Tekko-Kagi. – Ora, ora, fique atenta, irmãzinha. – Dizia o grandão. Um outro ninja usava do elemento futon, criando uma rajada de vento e dissipando a fumaça que a Hikaridama levantou. 

A ação de Callum desencadeava um iminente combate, o bando inteiro investia contra o garoto. O sensei que tinha tomado o alto de um prédio anteriormente, tomava conhecimento da situação e, sozinho, segurava três membros do grupo facilmente. A usuária da katana tinha como alvo fixo nosso protagonista. Seus colegas assumiam um adversário cada um. – Boa, bonitão. – Dizia a menina em um tom de deboche. – Não se preocupe, Callum, um cobre o outro. – Dizia o garoto.  



Considerações: Post de combate. O jutsu mencionado foi o Fūton: Daitoppa. A estação correta é primavera, ignorância minha, peço desculpas.

Anonymous
Convidado
Convidado

PT. 2 País do Arroz

– Hmpft. Grupinho chato. – resmunguei, percebendo a falha de minha estratégia. Um dos homens parecia dominar o elemento do vento, seria bem problemático. Todos os seis partiram contra mim, parecia uma situação perdida, mas não recuei sequer um instante. Mas a situação desenrolou-se como o destino ordenou e o Jounin responsável por nós, Genins, tomou partido da luta seguido por meus outro dois colegas de time, todos agora tinham seus respectivos oponentes.

– Espero que seu corpo seja tão flexível quanto é trabalhado, moça, vai ser um dança sensual! – parecia irônico, talvez até um deboche, mas tudo que fiz foi desembainhar uma espada de madeira. Era um duelo de espadachins, deveria ganhar com habilidade e não força. Tudo que estivesse em meu leque de opções deveria ser utilizado, sem dó, sem misericórdia! – Tomarei a iniciativa – estava já em uma posição de combate, usual do Kendou, brandi a espada de bambu com maestria em meu avanço de pouco mais de 3m - distância essa que separava-nos anteriormente - para com ela realizar dois golpes diagonais em "X", mirando os dois ombros da mulher. Porém, nem tudo são flores, e não havia regras no combate em questão, portanto um pontapé rápido na terra ergueria areia em direção aos olhos da espadachim, possivelmente abrindo uma brecha para um futuro ataque.

Movi-me para sua lateral, querendo evitar qualquer possível golpe que esta me oferecesse enquanto pudesse estar "cega". Os dois golpes seguintes miraram respectivamente suas pernas e pescoço, lê-se jugular, para incapacitá-la do combate e derrubá-la, se assim fosse possível. Um pé pressionaria sobre seu punho armado, querendo impossibilitar o uso de sua katana, outro viria sobre seu pescoço, buscando dificultar sua respiração/reação.


Dito anteriormente, velocidade máxima usada.

HP: 200
CK: 200

Kunai: 03
Shuriken: 05
Kibaku Fuuda: 07
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02
Ampola (venenos): 01
Ampola (antídotos): 01
Anonymous
Convidado
Convidado



NARRADOR
| Estação: Inverno | Hora: 14h00 | Post: 5 |
Missão: Com seu protótipo de espada, Callum investia contra a garota e realizava dois golpes em diagonais na altura do ombro da mesma, não obstante, ele realizava um gesto estranho com os pés, como se estivesse certo de possuir areia em todos os cantos do mundo. O que era um pensamento errôneo. Causava o desentendimento de todos ao seu redor, principalmente o da menina. – Estúpido! – A garota então avançava linearmente com sua katana visando golpear de baixo para cima, na altura do órgão reprodutor de Callum, mas o mesmo, esperto, esquivava para sua lateral e se safava. 

A brecha possibilitou ao Genin de Sunagakure no Sato atacar a perna de apoio da garota, a direita, que caia pela falta de equilíbrio. Não satisfeito, realizava um ataque na altura do pescoço da menina que bloqueava o golpe levando sua mão direita na altura do chute. 

Nesse instante, presenciando a dificuldade de sua companheira e a leve vantagem de Callum no combate, o oponente do garoto de olhos verdes avançava na direção do Genin mas era interceptado pelo próprio Lipe. – Concentre-se em mim, eu sou o seu oponente. 



Considerações: Segue o jogo. O nível dos NPCs é Genin, equivalente ao seu.

Anonymous
Conteúdo patrocinado
Design visual (Estrutura, Imagens e Vídeos) por Dorian Havilliard. Códigos por Akeido