Naruto RPG
Akatsuki
A doce melodia dos ventos atravessando o deserto não era mais querida por absolutamente ninguém. Ele sabia muito bem disso, por mais que odiasse o fato. Concordava que sua vila estava morta há muitos anos, entendia que seu povo sofrera, e, mesmo assim, não entendia como. Parecia um absurdo sem precedentes como uma vila tão renomada como Sunagakure no Sato, organizador do primeiro Chunin Shiken mundial desde a formação das novas nações, havia sido destruída, afundada nos seus próprios desertos, graças a uma única entidade chamada Okina. Mas isso aconteceu. Muitas pessoas inocentes morreram, muitas fugiram, e os vastos desertos dentro de Kaze no Kuni tornaram-se morada de aldeias e mercenários, todos tentando sobreviver na jornada. Muitos ficavam nos arredores com esperança do retorno da gloriosa Sunagakure no Sato, outros porque não eram aceitos em outros lugares e, alguns ainda não tentavam, pois tinham idosos e doentes consigo. Um verdadeiro caos. A economia despencou; começaram os gastos com população, poucos impostos recebidos e mais gastos com mercenários contra outros mercenários. Acreditava que a iniciativa destrutiva de Okina não visava aquelas consequências, mas eram reais e ele precisava enfrentá-las.
Ano: 66DG
Estação: Inverno
Episódio: OFF.
~~~
01 / 06 Neste mês de Junho estaremos no nosso Mês do UP! Tudo em dobro: ryous, status, atributos, missões. Aproveitem esse período para fortalecer seus personagens e chegar até aonde almejam. Mais informações de como funciona neste link.

11 / 04 Tem alguma dúvida pequena que deseja retirar rapidamente? Utilize nosso tópico de dúvidas rápidas clicando aqui.

01 / 04 Olá, é sua primeira vez aqui? Caso a resposta seja sim desejo-lhe boas-vindas. Sugiro que antes de iniciar sua jogatina confira nossas regras e tutoriais e quando se sentir pronto lance sua ficha em inscrições. Nesse mês estamos com uma promoção exclusiva para novos jogadores, um pequeno pacote que concedem algumas vantagens no inicio de sua jornada dentro do RPG, confira clicando aqui.
.
.
.


[Treino para melhorias] Trip

[Treino para melhorias] Trip em 29/8/2013, 15:51

Yo Convidado; aqui eu vou realizar meus treinos para tentar ganhar um custo adicional de 500 pontos no status a cada graduação que recebo. Aqui, somente eu, ADMs e MODs postamos; no entanto, fique à vontade para ler os meus textos que aqui serão publicados.

Tenha uma boa leitura!

Gennin: 500 / 500
Chunnin: 500 / 500
Lista de episódios publicados

Fraude no clã Senju?!


Última edição por Trip em 29/8/2013, 16:07, editado 2 vez(es)
[Treino para melhorias] Trip 100x100

Fama : 000 Mensagens : 385
Trip
http://narutorpgakatsuki.net http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino para melhorias] Trip em 29/8/2013, 15:57

[Treino para melhorias] Trip 200px-Hashirama_sente_Madara

Fraude no clã Senju?!

Era um simples dia. Tudo ocorria como o cotidiano normal das pessoas. Acordar cedo; partir para lugares remotos e bem movimentados para trabalhar ou dirigir-se ao seu comércio; alguns ninjas iam realizar missões; outros precisavam simplesmente de um treino. Com os exuberantes raios de Sol invadindo suas pálpebras, Trip acordou em meio a canto de pássaros que cantavam uma doce melodia enquanto grunhiam sem para, movimentando em sua janela. O jovem sentou-se em sua cama, observando aquele belo dia nascendo, porém com a visão ofuscada garças a um problema ocular. Ele foi à sua instante e pegou seus óculos, podendo ver o dia mais nitidamente.
Hoje está mesmo um belo dia; estou com alguns planos, mas não sei se conseguirei executá-los – pensou Trip consigo mesmo enquanto abria a janela, sentindo a pura brisa batendo em sua face e levantando seus cabelos negros; era uma sensação agradável.
O menino foi ao banheiro e praticou a higiene pessoal; depois, foi à cozinha e tomou um curto café da manhã voltando imediatamente ao seu quarto. O plano do garoto era fazer uma simples e rápida à sua vila natal, onde todos os de seu clã estavam concentrados. O garoto vestiu seus trajes de sempre, e então, visualizou-os no espelho, notando que estava com a sua aparência padrão. Antes que ele partisse, uma sensação horrífica começava a queimar dentro de si, quebrando o clima pacato de sua breve saída.
O que será isso...? – Trip lançou questões a si mesmo, colocando a mão em seu estômago; era como se ele tivesse um mau pressentimento que viria, contudo ele não era vidente. Engolindo seco e encarando aquele intrincado momento, o menino desceu as escadas, partindo de casa rumo a outro local.
Por enquanto, seu destino era somente o gabinete do Hokage, afinal, sair sem uma autorização podia tornar sua vida um monótono, não só por viver como um procurado, mas por ter algumas condições de vida bem mais precárias comparadas à sua vida urbana em Konoha. Enquanto andava, Trip cumprimentava alguns conhecidos com um sorriso no rosto típico; todos gostavam dele por esse adjetivo, sua alegria cativante e seu otimista contagiante.
Ao chegar, Trip se viu ante a uma grande construção, aquilo era como se um deus tivesse esculpido aquele patrimônio. Perante as escadarias, o jovem Senju subiu-as, olhando detalhadamente os nomes escritos nas portas, procurando por somente uma sala talvez mais para o topo: o gabinete do Hokage. O caminho era estreito, além de ímprobo para achar somente uma diante de tantas. Era como achar uma agulha no palheiro!
Ele teve de ir ao topo para que achasse somente uma sala, a qual estava cravado o nome que ele desejava. Trip deu algumas leves batidas na porta, anunciando a sua presença a todos presentes; ou somente a um. Uma voz podia ser notada pelos tímpanos do jovem, ele teve a autorização de entrar o escritório foi concebida pelo próprio líder da vila. Girando a maçaneta levemente, o Senju foi adentrando o local em morosos passos, chegando até a frente do gabinete do líder; em uma postura formal, ele pediu a permissão:
Com licença, Hokage-sama, mas será que eu poderia dar uma rápida saída da vila? Gostaria de fazer uma visita a meus parentes; os habitantes do vilarejo dos Senju, aqui bem próximo.
Então, presumo que você seja um deles, certo? – especulou o Hokage; Trip somente balançou a cabeça em sinal de positividade. – Sinto muito, mas quero me apresentar como novo Hokage. Sou Hattori F. Yago; e você, poderia apresentar-se?
Eu sou Senju H. Trip, um chunnin recém graduado. Prazer em conhecê-lo, Yago-sama – articulou o jovem, maravilhado por conhecer aquela figura que era denominada o Hokage, alguém com grande força e respeito.
Tudo bem, Trip. Eu autorizo-lhe que saia da vila; faça uma boa viagem, e que possamos nos ver mais vezes.
O garoto agradeceu pela permissão concedida e saiu daquela modesta sala, tendo um desânimo de descer todos aqueles obstáculos repetidamente. Trajando aquele percurso custoso, Trip estava de volta à vila, agora, tendo de sair desta para poder ir até o portão. O garoto morava ali por muitos anos, então ele conhecia aquilo como a palma de sua mão. Em algumas tardias passadas; contemplando bem a paisagem do vilarejo, o jovem ia partindo por pouco menos de um dia de sua vila, voltando para a sua natal.
Ele notou que El estava bem diferente e com um grande desenvolvimento não somente na habitação, mas no modo de viver dos habitantes. O garoto encheu-lhe o ar do peito e começou a caminhar por aquele vilarejo; todos o cumprimentavam com tamanho respeito, já que era uma ilustre figura que já liderou algumas batalhas pelos Senju. Enquanto ele conversava com alguns, um homem de cabelos médios preto chegou a ele, falando seu nome como se o conhecesse já.
Seja bem vindo, Trip. Estou muito feliz de vê-lo.
Mas, quem é você? – interrogou Trip, encarando a gentil aparência do rapaz.
Sou Yagami Senju, promovido pela população o mais novo líder do clã Senju – respondeu o homem, franzinamente colocando a sua mão sobre os negros cabelos de Trip. – Faça uma visita à sua família, eles estão loucos para vê-los.
Trip esboçou um largo sorriso em seu semblante, logo depois se despedindo de todos aqueles que foram recebê-lo. Ele continuava a apreciar aquela beleza florestal que não se apagaria de sua mente tão fácil; afinal, ele nasceu ali, e tinha orgulho de ser um dos Senju, o clã da floresta. Andando e cumprimentando ainda mais pessoas, o jovem avançava em passos tardios, procurando a singela casa de seus pais.
Não demorou muito para que o rapaz avistasse uma casa ao final do vilarejo, mas que se destacava das demais por ser a do antigo líder. Revestida de madeira nobre e decorada por apetrechos modestos, Trip reconheceu e partiu até lá; chegando, o garoto começou a passar a mão na porta lentamente, lembrando dos momentos de sua infância em que ele jogava kunais contra a porta, acertando o lugar desejado quase sempre. Hesitando, mas deixando essa bobagem de lado, o garoto deu alguns toques na porta, sendo recepcionado por sua mãe.
Filho! Quanto tempo não te vejo!
A mulher deu um forte abraço no seu filho, como se fosse a primeira vez que se encontravam. Ambos estavam jubilosos por encontrarem seus familiares; Trip retribuiu todo aquele carinho especial de sua mãe com um leve abraço e um sorriso. A moça largou o rapaz, e enxugando suas lágrimas, propôs:
Eu estou preparando o seu prato preferido hoje, lasanha, por que não almoça com a gente?
Claro! – respondeu o garoto sem hesitar; ele adentrou aquela casa, deixando os seus sapatos no lado de fora.
Olhando para os diversos retratos espalhados espalhafatosamente pela parede, Trip podia perceber que o tempo não dava tréguas e que se passaram muitos anos com um piscar de olhos. Aquelas fotos o traziam de volta ao tempo em que era ainda criança, treinando almejando ser um shinobi. O rapaz era dirigido à cozinha onde todos já estavam na mesa esperando por sua brusca presença; lá, todos o cumprimentavam e começavam a conversas de diversos papos.
Trip contava sua aventura em Konoha e como era a sensação de ser um shinobi desta; contava sobre suas aventuras e todos se divertiam com suas histórias. Eles riam, até mesmo a sua mãe que tirava o almoço do forno deixava escapar alguns risos; após todos se calarem, ela colocou toda a comida na mesa, sentando-se perto de seu amado filho, dizendo ao mesmo:
Não hesite. Coma tudo o que conseguir, entendeu? Eu sei que você não come uma comida deliciosa dessa há anos.
Trip fez conforme sua mãe mandou; encheu um prato fundo e colocou a maior quantidade de comida. Todos reclamavam de que ele iria acabar a comida em pouco tempo; porém, sua mãe ainda rira com o papo dos outros adolescentes presentes. O rapaz esvaziou a sua boca daquela deliciosa comida, limpando a mesma do molho presente na lasanha, indagando a sua mãe:
Mãe, você poderia me explicar um pouco mais sobre esse tal Yagami?
Depois de você sair, a nossa militância sentiu a ausência de um bom líder, e o pior que estávamos em guerra com um determinado clã. Antes que a guerra começasse, surgiu Yagami, um Senju que se perdeu da tribo do norte. Ele tinha experiência e comandou nossas tropas; assim, conquistamos a vitória. Após isso, decidimos colocá-lo como o mais novo governante, já que seu pai deixou o cargo.
Aquela história acabara de ser contada. Trip ainda tinha suas desconfianças em relação ao homem, pois ninguém La chega e já se torna líder. Ele deixou o garfo encostado em um canto remoto do prato, parando, ficando a pensar a respeito de Yagami Senju. O jovem menino encostou sua bochecha sobre a palma de sua mão, pensando diversas coisas em relação ao novo líder; estranhando o comportamento, sua mãe voltou a falar-lhe:
Não vai comer a comida, filho?
Oh, vou sim. Desculpe-me.
Trip voltou a comer a comida com a mesma intensidade de sempre. Sua boca estava sempre cheia pelo fato dele gostar muito da comida de sua mãe; o jovem terminou de comer, levou o prato a pia e foi de volta à porta, indo se despedir de sua mãe.
Mãe, tenho alguns assuntos a resolver. Vim mesmo para fazer uma rápida visita e matar saudades de seus deliciosos pratos. Estou partindo; até outro dia.
Pacatamente, todos se aproximavam de Trip e davam um rápido abraço, desejando-o sorte em sua vida para ele realizar seu tão cobiçado sonho. O garoto partiu dali com as mãos dentro do bolso de seu sobretudo. O jovem Senju passou por uma construção onde pode ouvir nitidamente a voz de Yagami falando com alguém que se escondia nas trevas da construção. Escondendo-se, o garoto pode escutar aquela conversa.
Pode ter certeza que tentarei executar o nosso plano o mais rápido possível, Aoi-sama.
Espero que seja rápido; não aguento mais esperar a exterminação desse clã nojento. Você tem a confiança deles, e você que irá matá-los com um plano vindo de sua brilhante cabeça.
Sim senhor, Aoi-sama.
Rápido! O plano deve ser rápido!
O clima pesado cessou-se no momento em que Yagami decidiu sair daquela construção; Trip se escondeu por detrás desta, tendo a sorte de que ninguém o avistara. O mais novo líder saía do local em direção a um recinto fora da vila. Acatando como dever proteger seu clã, o chunnin decidiu segui-lo em completo sigilo, afinal, somente um deslize e tudo ia para os ares.
Yagami chegou a um terreno onde três homens cm aparências distintas se aproximaram. Cada um deles tinha uma feição diferente; o provável mais forte do bando se distanciou deles, aproximando-se do novo líder do clã da floresta. Em um tom imperativo, o homem ordenou ao capitão dos outros homens:
Tragam amanhã mesmo o bando de bandido que vocês têm; invadirei a vila dos Senju amanhã cedo, em um horário onde ninguém estará acordado.
Era de se imaginar? Alguém que parecia franzino e tinha a confiança de todos da vila era um reles bandido e um traidor? Trip mal acreditou no que ouvia, mas passou a acreditar lembrando-se desde o momento em que ele adentrou a vila. Concentrando o seu chakra que condensava um lobo feito de luz, uma nova Kekkei Genkai que o garoto despertara o jovem Senju comandou-o para ir para frente. Este, por sua vez, liberou uma forte rajada de luz. Yagami desviou, porém os outros acabaram mortos sendo atingido portal técnica.
Jamais imaginei que um dos Senju nos trairia dessa maneira; não é, Yagami?
Seu maldito... Onde você escutou?! – gritou o suposto líder, realizando alguns selos e sem nem mesmo esperar alguma reação, atacou o garoto. – Você irá morrer antes do meu plano ser executado ou de contar para alguém.
Uma cortina de névoa branca cobriu o local por um curto instante; ele conseguiu trazer uma katana que estava em sua mão. Tentando cortar Trip com um movimento de Iaido, Yagami tentava o matar precocemente para que não houvesse inopinados no plano em que “ele” bolara. Entrelaçando as suas mãos e formando o selo da cobra, o antigo líder militar dos Senju formou uma barreira feita de madeira em sua frente que defendia o golpe. Ainda dentro de sua própria barreira, o garoto pensava em algum plano, até que algo vinha em sua mente. Realizando o selo da cobra novamente, Trip liberou dois clones feitos de madeira que saíam da barreira e um deles se dirigiu ao homem.
Acha que eu sou um simples habitante que não sabe se livrar disso?! – gritou Yagami, louco para matar.
Quando o clone achegou-se, ele cortou ao meio; em seguida, veio o segundo por cima, tentando acertá-lo com uma kunai. Olhando para cima, o adversário desviou e depois o chutou, desconjurando o mesmo. Era hora de Trip saiu; ele quebrou a barreira e estava com alguns traços grossos abaixo de seu olho. Aquilo significava que ele entrou em seu Sennin Mōdo.
Não é à toa que você era conhecido como um gênio; pena que hoje esse “gênio” morrerá.
Dando um largo sorriso, Yagami se aproximou do garoto e tentou cortá-lo ao meio com sua espada. Trip colocou seu braço na frente e parou a espada, derramando algumas gotas de sangue de sua mão pelo fato da lâmina ser afiada. O garoto agora apertou, quebrando aquela parte da katana. Agora, ele socou o rosto do homem com uma força descomunal, fazendo-o avançar muitos metros à frente. Depois de se aproximar dele, ele murmurou:
Este foi por fazer os Senju de idiotas – agora, ele novamente deu outro soco em Yagami que abriu uma cratera no chão – E esse foi por tentar destruir a vila! – novamente, ele socou o homem, aprofundando ainda mais aquele buraco. – E esse foi trabalhar para alguém inimigo!
O rosto de Yagami agora sangrara sem parar. Aqueles socos foram o suficiente para matá-lo; agora, a vila dos Senju estava salva novamente, e de novo pelo antigo líder que conquistara grandes glórias. Trip somente olhou para aquele homem, enojado por suas atitudes horríficas; agora, ele saía dali, voltando à pacata vila de seu clã.
Fez um bom trabalho capturando esse ninja fugitivo, Trip – disse um dos ANBU de Konoha, que analisava a ficha daquele ninja renegado. – Creio que agora seja bom voltar conosco, caso alguém tente atacá-lo, estaremos juntos já prontos para protegê-lo.
Era hora de voltar; hesitante, Trip despediu-se emocionantemente de seus parentes e voltou ao seu vilarejo atual. Já em sua casa, ele pensou nas possibilidades daquilo que o ANBU dissera, de alguém atacá-lo de repente; porém ele estava preparado. Enfrentaria qualquer circunstância sem receio, afinal, ele era um Senju!
Deitado em sua cama, ele adormeceu, sem nem antes de cessar seu raciocínio.

_______________________

[Treino para melhorias] Trip Trafalgar_law_by_wowauwero-d5ul274
[Treino para melhorias] Trip 100x100

Fama : 000 Mensagens : 385
Trip
http://narutorpgakatsuki.net http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino para melhorias] Trip em 29/8/2013, 16:06

Full Até Chunnin - Gostei bastante da história,não ficou sem nexo.

_______________________

Sunny õ/ MAXIMUS EXPLOSIVE AEGYO *--*
[Treino para melhorias] Trip Tumblr_le97efjLlc1qcl9m7o1_500

 [Treino para melhorias] Trip Hatt
"O gelo do Zero Absoluto congelará até sua alma... O frio é um prelúdio de morte..."

[Treino para melhorias] Trip UpVsX9m
"Quando vocês acham que as pessoas morrem? Quando elas levam um tiro de pistola bem no coração? Não. Quando são vencidas por uma doença incurável? Não! Elas morrem... Quando são esquecidas."
[Treino para melhorias] Trip 100x100

Fama : 000 Mensagens : 770
Sunny
http://narutorpgakatsuki.net http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Treino para melhorias] Trip

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo



Você não pode responder aos tópicos neste fórum