:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Konohagakure no Sato :: Centro da Vila
12 Anos Online
Eclipse
Arco 05
Ano 17 DG
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Mako
Mako é membro do Naruto RPG Akatsuki desde meados de 2012. Entre idas e vindas, contribuiu com a criação do sistema do RPG em atual vigor, participando ativamente durante os anos seguintes na manutenção dele. Após um breve período fora, está de volta trabalhando diretamente no sistema de regras, criando novas, reconstruindo velhas e readaptando-as a uma nova realidade. Fora daqui, é escritor com obras publicadas de forma independente e tradicionais.
gogunnn#6051
Wolf
Wolf é jogador do NRPGA desde fevereiro de 2020, tendo encontrado o fórum por meio de amigos, afastando-se em dezembro do mesmo ano, mas retornando em janeiro de 2022. É jogador de RPG desde 2012, embora seu primeiro fórum tenha sido o Akatsuki. Atua como moderador desde a passagem anterior, se dedicando as funções até se tornar administrador em outubro de 2022. Fora do RPG cursa a faculdade de Direito, quase em sua conclusão, bem como tem grande interesse por futebol, sendo um flamenguista doente.
Wolf#9564

roleplay: NATE, THE POSTMAN. (1x05) AbJ7Aji

Oblivion
Tokubetsu Jonin
Oblivion
Vilarejo Atual
roleplay: NATE, THE POSTMAN. (1x05) AbJ7Aji

roleplay: NATE, THE POSTMAN. (1x05) - Publicado Ter 4 Out - 23:53

NATHANIEL GREY, THE SHADOW MONARCH ── GREY ICHIZOKU;  1xO3 ─── SLEPT SO LONG
CH: 1O5O/1O5O ▵ HP: 12OO/12OO ▵ FOR: OO/O2 ▵ VEL: OO/O3 ▵ ST: OO/O5

"O QUE ELE FEZ? PUTA MERDA, ESTAMOS FODIDOS!"
"Calma aí, galera."
"Elfo enlouquecerr completamente, Ryuuzaki! Ele vai ferrarr com a gente."
"Precisamos nos livrar das evidências."
"E DEPOIS O QUE? MENTIR!? Merda! Tá acontecendo tudo de novo! Vamos nos ferrar completamente, igual nos ferramos por causa do Soichiro. Trazer esse cara para a nossa operação foi um erro!"
"Agora você está comunicativa, azulada!? Me dá essa merda de caderno encharcado aqui!"
"EI, NÃO TRATAAR ELA ASSIM!"

Nathaniel podia ouvir os gritos da gangue na chuva, mas nada dizia. Seu corpo doia demais para que pudesse se mexer, e a sua mente viajava para longe, como se estivesse drogado. De repente, os seus olhos fecharam, abrindo somente um dia depois, num colchão na sala de estar da casa de Ryuuzaki, que era do tamanho de uma pequena kitnet. ― Oi, oi, Sr. Vingador. Parece que teve uma noite em tanto. Tirou uma boa soneca? ― questionou Ryuuzaki, que tomava um pouco de chá quente, vendo o rapaz despertando e levantando-se lentamente da calma. Nate se sentia dolorido, mas a dor no pescoço e a irritação tinha passado totalmente. ― Quanto tempo eu dormi? ― Nathaniel quis saber.

24 horas. Parece que esse Selo Amaldiçoado te pegou de jeito, e ativá-lo do nada fodeu com toda a operação. ― sussurrou Ryuuzaki, enquanto Nathaniel ficava sentado na cama. Daquela vez, ele conseguia se lembrar de tudo o que tinha feito, o que o fez levar a mão ao rosto. ― Eu ferrei com tudo, não foi? ― perguntou Nate, acreditando fielmente nas suas palavras. O ruivo acabou sentando do seu lado, dando dois tapinhas em suas costas, sorrindo para ele. ― Você ferrou com tudo sim. Takafumi está morto, não temos nenhuma pista do V-49 e os garotos estão se borrando de medo de serem desqualificados como ninjas, tudo porque você fez a coisa errada... ― ele fez uma pausa, fazendo Nathaniel abaixar a cabeça. ― Mas que no fundo, foi a coisa certa. ― aquilo fez Nate olhar para o ruivo. ― Aquele filho da puta merecia morrer. Você foi a chama da vingança que o consumiu. ― bateu em seu ombro, levantando-se e indo para a cozinha, que ficava no mesmo cômodo.

Eu ouvi a conversa de vocês. B.A e o River estavam morrendo de medo, como se fossem para o matadouro a qualquer momento. Não dava para saber sobre a Kimiko, porque ela é muda. ― comentou Nate, ficando pensativo sobre o que sabia até ali, enquanto Ryuuzaki voltava para lhe entregar uma xícara de chá. ― Tecnicamente, ela não é muda. Kimiko tem um trauma emocional seríssimo que faz com que ela trave ao tentar se comunicar. Ao invés disso, ela se comunica por sinais e, recenemtente, com um caderno. Mas o River garante que, apesar dela não falar, ela canta... As vezes. Vocês dois podiam fazer uma dupla. ― ironizou, enquanto sentava na poltrona. ― Mas o que você precisa saber é que nós conseguimos lidar com a situação. Pra todos os efeitos, todos acham que eles cairam da ponte e morreram. Os rockeiros deram com a língua nos dentes e contaram que ele mataram a sua colega de tattoo. Os cavalos, bem... Nós jogamos também. ― comentou sem nenhum remorso, coisa que deixava Nate chateado.

E por que só estamos nós dois aqui? O que você não está me contando, Ryuuzaki? ― questionou Nate. Ryuuzaki respirou fundo, pensando na melhor forma de contar, enquanto Nathaniel bebia o chá. ― A maioria dos ninjas engoliram a história que inventamos, mas o seu irmãozão e a patota dele não. Eles interrogaram a gente durante horas, tentando encontrar incoerências nos nossos depoimentos, mas falamos o mínimo possível. O problema é... Eles não interrogaram você ainda. A questão é: eles podem vasculhar a sua mente e descobrir tudo, então eu sugiro que não deixe esses caras chegarem perto de você, ou então, como a Kimiko diria... ― ele fechou o punho direito e bateu com a palma da mão esquerda, batendo as mãos, indicando, numa linguagem não muito formal, que eles entrariam numa grande enrascada.

Eu não posso ficar aqui para sempre, nem posso ir para casa, pelo menos não agora, ou então eles vão me mandar a carta de intimação, ou se não fizerem coisa pior. ― chegou a uma conclusão, enquanto Ryuuzaki ia para a janela. ― Bom, se você não pode ficar em um lugar fixo... Você pode ocupar o seu tempo no seu ofício, não é? ― o ruivo virou-se para o rapaz, dando um sorriso. ― É, Elfo, parece que está na hora de você entregar algumas cartas por aí. ― sugeriu, voltando para a cozinha.

Informações Gerais: