:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Amegakure no Sato :: Arredores
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Original

Indra
Administrador
Indra
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Original

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Dom 3 Jul - 22:29:09

Império JashinistaFase Final  


A batalha final começou. Nações se ergueram em uma união improvável para enfrentar uma das maiores ameaças que o mundo shinobi já viu: um exército de imortais que era comandado por um homem louco conhecido como o Pastor. A Aliança Shinobi, logo após de entrarem em Amegakure no Sato, se preparavam para uma última batalha, aquela que poderia selar os seus destinos. O Pastor, no entanto, se preparava para lutar até a morte para defender os seus objetivos, e para isso, contava com o seu glorioso exército de imortais. Quem vencerá? A hora da verdade chegou.



Fase Final
Quando a batalha no Portão Norte comerçou, a população sentiu-se segura para sair de suas casas. Um a um, eles se agruparam e foram buscar pelos reféns que estavam presos em Ame, prontos para serem sacrificados pelo Pastor. Entre eles, haviam ex-shinobis e até mesmo alguns renegados, que tinham condições de guiar o povo para fora da vila. Eles então seguiriam o caminho pelas ruas vazias de Ame, esperando chegar em um local onde pudessem sair de todo aquele conflito.

Muitos homens carregavam pedaços de cano e até de madeira para protegerem a si mesmo e suas familias, formando um corredor humanitário que se estendia por vários metros, talvez quilômetros. Havia um clima de medo e pesar por parte de muitas pessoas ali: muitos temiam perder tudo aquilo que tinham construído, mas também o perigo da guerra que acontecia em suas vilas o obrigavam a deixar tudo para trás. Crianças de colo choravam o tempo todo, e discussões aconteciam entre pessoas que tinham visões diferentes dos fatos.



Considerações Narrativas
- Todos devem fazer um post aqui indicando a sua chegada no cenário, por isso vocês não devem ativar nenhuma técnica, jutsu ou qualquer habilidade especial de nenhum tipo, ou fazer qualquer movimento considerado ofensivo (tipo, sacar armas). Quem ativar qualquer habilidade ou usar qualquer técnica estará automaticamente eliminado do evento.

- Postem se apresentando aos moradores da vila, indicando que estão ali para ajudarem.

- Este tópico será aberto as 00H do dia 04/07/22 e ficará aberto até a 23:59h do dia 05/07/22 (terça-feira). Quem não postar aqui  ou postar antes do horário permitido estará automaticamente  eliminado do evento (LEMBRANDO QUE DEVE SER FEITO UM POST DE SAÍDA DO CHECKPOINT).

- Mínimo de 200 palavras, máximo de 700.

- PVP está bloqueado neste tópico.



Recomendados
Spoiler:


TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Scre1755
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) D6OFLEcOlá, Convidado, eu sou o Oblivion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) AnitaPereira681.128.790535

SraCandyCandy
Chūnin
SraCandyCandy
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) AnitaPereira681.128.790535

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Seg 4 Jul - 16:29:13

17
Allannia Grey

HP:925/925
CH:1375/1375
ST:00/05
Lugar:Iwagakure no Sato
Palavras:508
Os passos apressados de Allannia Grey tentariam  seguir rumo à saída dos fundos da Essex Corp, objetivando seguir por uma distância de 2km no ponto cardeal Oeste. Seus olhos nervosos constantemente vigiavam os flancos, temendo uma investida repentina ou uma armadilha, ciente dos perigos da empreitada. Havia sido pega desprevenida e quase morreu afogada por tal deslize, o aprendizado seria o suficiente para evitar repetir o mesmo vacilo, embora não fosse uma garantia. Caso conseguisse efetivamente se deslocar pelo percurso supracitado, perceberia as ruas do vilarejo da chuva completamente vazias, momentaneamente.  Aguardando a movimentação pertinente dos aliados, tentaria em passos cautelosos averiguar as condições demográficas do terreno. Se capaz de atingir seu objetivo, seria capaz de perceber um fluxo intermitente de civis formando uma fileira de refugiados da guerra.

O barulho ocasionado pela quantidade de indivíduos reunidos era desagradável. Um calafrio percorreu sua espinha e o desconforto veio em seguida, tipicamente da mesma forma que ocorre quando se sente insegura referente alguma questão. Estava lidando com indivíduos armados com equipamentos rudimentares, mas para a Genin tão ameaçadores quanto espadas. Desejo profundamente tentar uma comunicação prévia para com os indivíduos, mas o esforço era tortuoso. Tímida, receosa, insegura e inexperiente, dizer o próprio nome era um esforço descomunal para lidar com estranhos. Tentaria olhar para os aliados, caso chegassem e estivessem próximos, com o intuito de esperar as ações determinadas por tais. Algumas lágrimas formaram-se em sua face, prestes a chorar pelo sentimento de impotência. Eram muitas pessoas, sentindo tanto medo quanto ela mesma. “O que eu deveria dizer? Que vai ficar tudo bem? Que o inferno estava acabando? Que sou boa? Será que vai mesmo? Será que eu sou realmente boa?”. Respirou fundo, na tentativa de reunir o máximo de força de vontade o suficiente no seu próximo movimento. Apenas após isso, caso fosse capaz, diria:

Allannia Grey. Meu nome. Eu quero ajudar — diria, pacifista, erguendo as mãos vazias para demonstrar estar desarmada — Sou de longe. Vim da pedra. Mas sou do bem. Juro — a face da Grey estava corada e os olhos úmidos, mas contendo as lágrimas para que pudesse passar confiança.

Tentaria permanecer próxima dos aliados, temendo uma revolta generalizada ou ataques preventivos contra a sua persona. Não censuraria nenhum deles se assim fosse feito, no lugar deles a própria Allannia também sentiria desconfiança. Poderiam ser espiões. Inimigos, ladrões, assassinos, vigaristas. Tantas possibilidades que sequer era capaz de mentalizar todas. Aproveitou-se da toalha de Atumsushi-kun para que pudesse balançar constantemente, como se fosse uma bandeira de paz. O sorriso tímido da Grey permaneceria estampado em sua face, e seu tom de voz carinhoso e gentil seria utilizado para reafirmar a veracidade de suas palavras. Era uma Grey e não entendia nada de pessoas, missões ou resgate, mas se existia uma coisa que ela sabia muito bem era qual era a sensação de sentir medo e não querer morrer. A insegurança, os temores, se agarrar em esperanças tão frágeis quanto um dos pedaços de madeira que esbravejavam.

Dias melhores virão — olhou para todos e sorriu.



Emme



”Aparência”:
”Clã e Kekkei Genkai”:
”Equipamentos”:
”Qualidades e Defeitos”:
”Jutsus Utilizados/Ativos”:
”Databook”:
”considerações”:
”Links Comprobatórios”:
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 5dec40b5fc969ba492910c74d91c04bf

Dazai
Chūnin
Dazai
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 5dec40b5fc969ba492910c74d91c04bf

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Seg 4 Jul - 22:55:22





[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) ZOoK99D

O cerco começou.
O Hattori iria com quase sua velocidade máxima com a pressa em que estava, seus olhos cansados com leves olheiras se expandiam e olhavam todos os seus arredores em busca de sinais inimigos. A chuva caía sobre a cabeça de todos e premeditava o fim dos tempos com o reluzir da Lua de Sangue, os trovões eram cada vez mais estrondosos e cada vez mais avermelhados como se buscassem desintegrar tudo o que tocasse. Com todo esses problemas ocorrendo, as vielas do vilarejo estavam mais vazias do que nunca, poupando esforços de uma evacuação local, mas mesmo assim, muitos civis ainda permaneciam em meio daquele palco de guerra.

Com uma rápida busca feita pela Aliança, logo perceberiam um grande corredor que se extendia por incontáveis metros, porém, essa fileira se tratava de um grande aglomerado de inocentes, prontos para sentarem na varanda do inferno. As vozes dos civis ecoavam em meio a choros incessantes, vozes que discutiam em intensidades diferentes mas ajudaram no rastreamento local.

Yuta e mais uma shinobi da Pedra estavam mais a frente, quando o mesmo de relance olhou para ela, conseguiu ver um ser emergido no abismo do medo, o mesmo o qual já adentrou inúmeras vezes. — Ei, menina de Iwa. Vai ficar tudo bem, nós não estamos sozinhos, há variso ninjas experientes nos acompanhando para essa briga, se você sobreviveu até aqui você com certeza consegue ajudá-los, confio em você tá legal? No final de sua frase, esboçou um grande sorriso para a mesma, o mesmo gentil que ele sempre tinha em suas interações.
Ao ver a mesma tomar a iniciativa, parou ao lado da mesma, em devagar e com muita calma ergueu suas mãos para o alto em claro sinal de indefesa, deixando a mesma se introduzir. — Não se preocupem, nós chegamos. Nós dois e mais alguns que já estão chegando fazemos parte da Aliança Shinobi. Faria uma breve pausa enquanto olhava as expressões dos cidadãos. — Meu nome é Yuta Hattori, sou de Kumo, viemos aqui para tirá-los desse lugar. Afirmaria o Chunnin, tentando tranquilizá-los.

Esperaria o resto de seus aliados chegarem enquanto analisava a reação dos civis, torcendo para confiarem em suas palavras. O medo é algo que ronda em todas as pessoas, e com ele, vem a desconfiança, restava agora saber se a coragem e heroísmo da Aliança chegaria nos corações enegrecidos dos indefesos.

---------•---------

HP: 1.150/1.150 | CH: 1.400/1.400 | CJ: 400/400 | ST 00/07

Informações:

SUGAR

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Image10
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Templ126

Raves
Chūnin
Raves
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Templ126

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Seg 4 Jul - 23:37:14

Atsushi Hikari

Fase Final
Falas | Pensamentos | Técnicas

Mantendo-se em sua velocidade média e constante, Atsushi percorria o trajeto de quilômetros tentando não se desgastar mais do que o seu corpo aparentava estar. As dores de cabeça permaneciam atacando-lhe, assim como as sequelas causadas pela paranoia, fazendo-o levar sua mão esquerda a testa frequentemente e massagear a região na tentativa de aliviar sua angústia. — Que Taiyōshin-sama conceda-nos misericórdia de nossos pecados... — O rapaz praguejava com seu próprio Deus consigo mesmo, buscando conforto em suas próprias palavras e sussurros. Seus olhos cansados perambulavam o cenário inteiro atenciosos, querendo evitar que o mesmo ocorrido no combate contra Arashi acontecesse novamente, prestando atenção por onde corria e no cenário caótico pelo qual passava.

Seguindo as instruções que tinha recebido de Sarutobi Kaden, não demoraria muito para que Atsushi e o restante dos aliados encontrassem o grande fluxo de pessoas tentando fugir do vilarejo. "Quanto barulho desnecessário... Não é difícil presumir que alguém vai tentar alavancar um motim." A mente distorcida do Hikari já trabalhava nas possibilidades, desconfiando dos inúmeros males que poderiam estar escondidos dentro daquele corredor humanitário, enquanto ouvia a dupla de "companheiros" mais próxima realizar suas introduções entre si e as pessoas ali tumultuadas.

... Atsushi Hikari. Sunagakure no Sato. — Apresentava-se, com rispidez em suas palavras, dando sequência a orientação que tinham de fazer. — Reprisando, todos nós somos da Aliança Shinobi. Viemos para ajuda-los a prosseguirem em sua rota de saída para as zonas mais seguras. A colaboração de todos é de extrema importância, por isso: não empurrem, não discutem, e não desviem de seu caminho. — A entonação severa de suas últimas frases escorria de irritação, o Hikari assumia uma postura mais autoritária e firme diante ao pandemônio evidente, mesmo que sua única intenção fosse destacar-se o suficiente para que até as vozes mais exaltadas na multidão tivessem seus ânimos abafados pela voz de ordem provinda de um Shinobi.

De resto, igualmente ao seus "aliados", restaria para Atsushi esperar pelas atitudes consequentes dos civis e aqueles da Aliança que não se apresentaram o fazerem o quanto antes. Novamente, recostava sua mão canhota à testa e tentava em outro esforço em vão aliviar suas dores mentais. Sua capacidade de raciocínio também estava prejudicada junto a sua condição psicológica, logo agir de forma mais abrasiva com a população talvez não fosse o mais adequado; entretanto, situações extremas requerem atitudes e medidas ainda mais extremas, desejava que alguém de bom senso pudesse compreender que o cenário atual não seria resolvido apenas com um dialogo pacífico, coisa que nesse momento era impossível.

| N° de Palavras: 425 |

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Hp210 HP: 252/375 [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) XQKY0 CH: 768/1025 [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 00/06  》
Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Template_de_Imagem
"A ciência é o antídoto para o veneno da superstição."

Criação de Habilidades | Evoluções |  Recompensas Diárias
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) SsPcwT6

Sekiro
Jōnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) SsPcwT6

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 5 Jul - 2:15:46


XIII.

A chuva caía com veemência dos céus, lavando o sangue seco que banhava as laterais dos orbes, até a altura de seu pescoço. Não havia sequer visto a coloração da água durante o descanso, considerando que o tempo fora dedicado ao treinamento de seu autocontrole pessoal em conjunto à suposta aliada. Portanto, durante todo o percurso até a área objetivada, aproveitou-se para esfregar o rosto cansado, atentando-se também às condições de seu colega de equipe.

Chozen estava intacto. Não sabia se aquilo se derivava da sua habilidade de regeneração particular, ou ele somente não fora atingido durante todo o confronto. Yohma estaria em situação similar, se não fossem os olhos amaldiçoados que causavam máculas a si próprio. Porém, independente dos fatos, era excêntrico notar o quanto ambos evoluíram com o tempo. No princípio, o Senju sequer era capaz de dominar suas habilidades completamente, e Yohma era um jovem inútil que apenas cuspia bolas de fogo. Agora, estavam muito diferentes, ainda que o potencial dos dois não houvesse sido alcançado.

Ei, Cacique Chozzy. — chamou o rapaz. Costumava utilizar aquele termo como um apelido para enaltecer as habilidades do colega, quando não queria irritá-lo, opondo-se ao tradicional “colorado”. — Vou estar no comando do Time Stronda, se não for um problema para você. Algo me motivou a fazer isso. Logo, vou pedir para que não nos arrume problemas, e fique tranquilo. Em paz. Coração firme. — solicitou, suspirando. — Foi aqui que passei parte dos meus dias, nesse vilarejo. Portanto, preciso cumprir uma promessa que fiz. Não seja idiota, como de praxe. —  finalizou, voltando sua atenção para o que se seguia.

O aglomerado de civis reunidos, com armamentos marciais ou apenas simples, se estendia pelo seu campo de visão no formato de um corredor. Yohma observou o agrupamento, suspirando para os debates internos realizados pelos mesmos, em condição das posições que ocupavam. Era visível que existiam shinobis, pessoas sem treinamento militar, e até mesmo criminosos reunidos em prol de um único objetivo, porém, compreendia que não era o momento ideal para aquilo. Independente do posicionamento que tinham, todos ambicionavam a mesma coisa: sobreviver.

E, pensar naquilo, reacendeu uma lembrança na mente do rapaz. A missão realizada pela névoa, durante o mandato de Jyu Viole Grace, no intuito de capturar um assassino no mesmo vilarejo. Por sua própria fraqueza, havia falhado tolamente, resultando na morte de uma criança. Embora os aclamares como um herói por ter salvado a maioria dos civis se fizessem presentes, o peso de sua consciência impedia que pudesse dormir. Dessa forma, havia prometido que ajudaria aquelas pessoas em um momento de necessidade, e a ocasião era alcançada agora. Não podia falhar novamente.

O Uchiha aproximou-se do grupo que já estava ali. Um rapaz que conversava com Mei, ao qual ouviu ser tratado como aluno, um garoto que não havia reconhecido, e uma menina bastante estranha, apresentavam-se aos civis. Não pôde evitar a formação peculiar de seu semblante, quase que como uma careta, e os motivos eram distintos. A enormidade deles até mesmo o incomodava.

Fique tranquila, orelhuda. — murmurou o rapaz da névoa, atentando-se àquela peculiaridade da menina. Nunca havia visto nada como aquilo antes, sentindo até mesmo vontade de puxar o membro para averiguar se era verdadeiro ou falso. — Não discutam. — corrigiu o palavrear errôneo do menino desconhecido, supostamente Hikari, se a apresentação fosse verdadeira. Em seguida, suspirou, jogando os fios encharcados para trás. — Yohma, do clã Uchiha. Sou um ninja da névoa, o vilarejo responsável por vocês. Enquanto os superiores estão lidando com o problema maior, nosso esquadrão irá auxiliá-los na fuga. — e prosseguiu em seu tom sereno, tentando tranquilizá-los. — Só peço que não discutam sobre percepções ou ideologias nesse momento, pois o nosso principal objetivo é sobreviver. Depois que estivermos todos a salvo, podemos voltar a esse debate. No momento, ele é irrelevante. — encerrou suas palavras com o pedido, torcendo para que ao menos um pequeno percentual dos presentes desse ouvidos a um ninja insignificante, qual fosse, ele mesmo.   
 

Leia as considerações:
HP: 2000/2000 — CH: 3900/3900 — ST: 00/14 — Hachibi: 5000/5000
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) WH8n2pf

Jokerzinha
Chūnin
Jokerzinha
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) WH8n2pf

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 5 Jul - 2:18:24

FASE FINAL

HP: 1450/1450 | CH: 1900/1900| ST: 00/06
Nezuko corria em quase velocidade máxima em meio a chuva que agora havia diminuído, possibilitando que todos conseguissem sair do prédio para chegar aos seus destinos. A lua carmesim ainda brilhava no céu, fazendo com que o cenário sombrio permanecesse presente naquela batalha. Mesmo que no fundo sentisse medo, a vontade de salvar vidas que a Chunin sentia era maior que tudo e a impulsionava a continuar;

Logo a Hyuga, assim como os outros shinobis da aliança ali presentes, poderiam ver um grande corredor formado por pessoas que seguravam objetos que, acreditavam eles, poderiam ter chance de se defender de algumas ameaças. A chunin chegou poucos segundos após Yuta e logo levantou as mãos na tentativa de mostrar a população que não apresentava ameaça.

-Me chamo Nezuko Hyuga, estamos juntos aqui para ajudá-los - falou se apresentando - assim como nosso amigo de Suna aqui falou, precisamos que vocês mantenham a calma, sabemos que é difícil nessa situação, mas podem ter certeza que vamos dar o nosso máximo para defendê-los, se for necessário daremos até nossas vidas. Então por favor, cooperem com a gente - a menina falava alto, mas o tom de sua voz passava tranquilidade. Enquanto falava, prestava atenção também a sua volta, atenta a qualquer sinal de que o inimigo se aproximava.

informações:

Tag: Campo de treinamento+ Words: 462 + Outfit: here
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Hawk
Tokubetsu Jonin
Hawk
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 5 Jul - 14:28:23

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 2250/2250 • ST: 00/07 • CN: 000/400

"Equilíbrio."




Podia notar que a chuva caia dos céus, e era algo que lhe agradava; como fora um usuário do elemento especial da madeira, uma junção entre a terra e a água, o que molda o Planeta Terra, consequentemente toda a vida, sempre tivera uma ligação incrível para com tal. Assim como o Ser Celestial que outrora fora seu oponente, onde tivera uma espécie de universo particular e de domínio, a Terra era para com Chozen, um domínio pessoal, visto que tudo (ou grande parte) se derivava de sua principal característica.
 
Conforme percorria junto de Yohma, ainda que um pouco atrás do rapaz, pois havia saído após ele, pôde ouvir a citação do rapaz em referência a Chozen ser um cacique. Desta vez, aquilo o animou, diferentemente de quando fora chamado de colorado, que o enfureceu, e logo atentava-se as demais palavras proferidas por ele. Ele queria liderar o Time Stronda ali, e o tom das palavras dele demonstravam que, por algum motivo desconhecido pelo Senju, aquele local era de importância para ele. Mesmo que rivais, nunca deixaram de ser amigos, e o dever principal de um amigo é o apoio. Ainda em movimento, disse. ──── Tudo de acordo, Cebolinha. Vamos realizar essa tarefa. Estarei aqui para te auxiliar no que for preciso. ──── O tom era sério, entrando em harmonia com o Uchiha. Referia-se a ele por Cebolinha justamente pelo amor que ele tinha por cebolas.
 
Estava completamente focado a realizar aquela tarefa e, é claro, proteger a si próprio e o amigo, visto que ambos precisariam encontrar com Noboru ao fim de tudo aquilo. Naquele momento, a rivalidade que crescia dia após dia, estaria lado a lado, unidos por um mesmo propósito: arrebentar com quem quisesse fazer mal à civilização de Amegakure. O que antes não passavam de dois ninjas que contrastavam estilos e personalidades, agora eram dois ninjas que contrastavam estilos, personalidades, mas que haviam sobrevivido a uma entidade celestial, um feito que ele, nem mesmo nas histórias que lera, nunca havia visto. Tinha total ciência de que ambos estavam extremamente mais poderosos, e que poderiam não somente auxiliar eles próprios, mas os demais que foram para o mesmo lado que eles, já que não havia os visto na batalha contra Phantom.
 
Quando chegara no local designado, o Senju, deixando com que suas madeixas molhadas caíssem pela sua testa, se aproximava dos civis que estavam lá. Eram muitos, e o que mais tocava em seu interior fora o fato de que muitas crianças de colo choramingavam. Uma, especificamente. Quando bateu o olho, pôde ver uma mãe, magra, baixa e com uma criança em seu colo, que chorava e escondia o rosto nas vestes da mãe. Não demorou para que o Senju se aproximasse. A criança chamou sua atenção justamente por ter a mesma coloração de cabelo de sua irmã, e que enquanto criança, como não tivera a presença materna, sempre que estivera assustada, corria para o colo dele e fazia o mesmo gesto com o rosto, e isso fez com que ele se sensibilizasse com a situação.
 
──── Meu nome é Chozen, do clã Senju. Eu sou um ninja de Kirigakure, e irei auxiliar e proteger todos vocês. Se precisarem de alguma coisa, solicitem a minha ajuda. Não hesitem. Estarei aqui para tirá-los daqui com segurança, assim como todos os demais que estão aqui comigo. ──── O tom de voz era firme, expressando confiança, visando tranquilizar uma parte das pessoas, já que eram muitas. ──── Se possível, deixem discussões ideológicas de lado neste momento. Estamos todos juntos, e vamos sair daqui juntos. Com calma, tudo se resolverá. Não se preocupem, enquanto estivermos aqui, não deixaremos com que nada de mal ocorra com vocês. ──── Quando afirmou, expôs um mini sorriso aos lábios, quase que invisível, mas que pudera ser visto pela garotinha de colo. O fazia justamente por isso, para que ela, principalmente, parasse de chorar e se sentisse mais segura.
 
Ainda que proferisse palavras para tranquilizá-los, estava completamente atento aos arredores, observando tudo e todos de soslaio. Em caso de eventuais ataques, ele estaria preparado. 
Considerações:
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 5 Jul - 19:09:23



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 
A vastidão da fileira alcançava uma fronteira mais longínqua que aonde meus olhos podiam ver. O povo de Amegakure partiu para as ruas mediante o cessar das investidas, e fez o que pode para fugir do vilarejo em segurança. Eles temiam pelas suas próprias vidas por aqueles que prometiam salvá-los, guiá-los ao caminho da verdade, palavras tão fúteis quando embusteiras, vociferadas por homens e mulheres cegos pelo poder de um único, cuja presença era tamanha que todas as Sombras das Grandes Nações tiveram de responder a seu chamado. Enfrentá-lo é algo que não está em meu poder, e apesar de ter a autoridade para ajudar os shinobis em um outro confronto, eu acreditei que eu me faria mais necessário aqui, ajudando a população. Confesso que no prelúdio daquele noturno, as palavras desapareceram ao vê-los. Memórias daquele dia apareciam, e apesar de apenas fruto de minha imaginação, com a respiração branda, eu poderia ouví-los dissiminando as farsas a meu respeito, me provocando por minhas atitudes, mas a postura de meus aliados me faz recobrar os sentidos. Todos se faziam presentes para ajudá-los, e sem pestanejarem, anunciaram a chegada da Aliança Shinobi, o resgate ao povo de Amegakure. Naquele momento, eu suspirei profundamente: — Ouviram o Hikari. O nome é Yukikitsune Kaonashi, e vim de Kumogakure no Sato. — Brado, acercando-me do shinobi de Sunagakure: — Ei, pivetada da Mei, que tal me deixarem orgulhoso e dizerem se não querem ir até ali e escoltá-los? — Questiono Yuta e Nezuko, na tentativa de instruí-los: — Imagino que vá servir por hora. Usuários de Dōjutsu, Kanchi no Jutsu ou de sentidos aguçados, façam a varredura do perímetro. Cerquem os arredores e evitem qualquer aproximação. Preciso também de um intermediário para relatar qualquer imprevisto a todos de imediato. — Termino, ajudando a organizá-los se assim puder.

Agora, era ajudá-los e aguardar. Não é necessário uma aguçada intuição para saber que cedo ou tarde, seriamos alvo dos ataques dos jashinistas. Qualquer um consegue sentir a fumaça quado perto de um incêndio, e aqui não cheira a fragrância de um perfume.


HP: (1025 • 1025) | CH: (2925 • 2925) | ST: (00 • 12)

Rokubi: (4000 • 4000)


Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) FwEdX3H

Shizui
Tokubetsu Jonin
Shizui
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) FwEdX3H

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 5 Jul - 20:07:38

ONE
DAY AT
A TIME
Os passos foram ágeis em conjunto com total atenção aos arredores. Havia bastante gente percorrendo as de Ame, fugindo da batalha que estava ocorrendo no lado oposto. Aqueles que se uniram para auxiliá-los a escapar se juntaram naquele local, já se apresentando para aqueles que passavam. —‌ Bom, será necessário. ‌—‌ Suspirei. Interagir não era meu forte, nunca tinha sido, mas naquele momento deixei aquilo de lado e então me coloquei ao lado de uma senhora, que aparentava estar cansada. —‌ Hey, deixe-me lhe ajudar. Me chamo Shizui, sou um ninja de Konoha, estou aqui para ajudá-los a sair deste caos. ‌—‌ A mais velha abriu um pequeno sorriso e segurou minha mão, dando alguns passos enquanto agradecia.

A acompanhei por alguns poucos metros, até a voz de um homem a chamar de vó. —‌ Ah, é sua avó? Aqui está, se precisarem da minha ajuda podem me chamar. Shizui, esse é meu nome. ‌—‌ Me apresentei para o jovem e então acenei positivamente com a cabeça, ouvindo seus agradecimentos e os vendo seguir o fluxo de pessoas pelas ruas.

Retornei para perto dos demais ninjas da aliança shinobi, prestando bastante atenção caso algo de estranho acontecesse. Além disso, também observava as pessoas que passavam por mim, esperando por algum chamado que podia vir a qualquer momento. —‌ Até agora está tudo indo bem. ‌—‌ Sim, mas ainda sentia certo nervoso, sabendo que a qualquer hora algo poderia acontecer de ruim.

HP: 1800/1800 | CH: 3275/3275 | ST 0/7

Considerações:

_______________________

Ficha | G.F | Banco | R.D | C.J | C.H | Mod.Ag | Org |  Template

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) HLPGI48
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) OxxAo3l

Narrador
Game Master
Narrador
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) OxxAo3l

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Qua 6 Jul - 16:50:04

Império JashinistaFase Final  

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 60bca27c1324e04358f92be574cc0416

De cima de um púlpito, um sacerdote de Jashin santificava setenta homens, com orações e palavras de ordem, preparando seus corações e mentes para a tarefa divina que seriam incumbidos. Setenta almas ouviam silenciosas as orientações da autoridade religiosa, e setenta corpos permaneciam imóveis até o fim do sermão. Quando o homem terminou a unção, uma porta de aço foi aberta, revelando a luz avermelhada da lua de sangue e uma chuva típica... Estavam em Amegakure.

Fase Final
ㅤㅤㅤㅤㅤㅤ⠀⠀⠀O combate entre os jashinistas e a aliança shinobi tivera consequências catastróficas para o vilarejo da Chuva, a ponto de tornar insustentável a permanência de seus habitantes em suas dependências.

⠀⠀⠀Nesse cenário, o mar de Amegakure era tomado por pequenas embarcações, botes, canoas e até algumas velas, que se aglutinavam no cais, enchendo boa parte de sua costa. Uma marcha amalgamada e atônita vinha frente a ele, ansiando por uma rota de fuga.

⠀⠀⠀Kenshin havia falhado com eles, com todos. Mas não se importava.

⠀⠀⠀Imberbes desgarrados de suas mães e órfãos errantes gritavam em desespero, escalando os botes e canoas que estivessem ao alcance, arriscando tudo o que tinham. Os que hesitavam, em sua maioria vetustos, envelhecidos e quebrados pelo tempo, sem chance alguma de salvação, se amontoavam ao redor dos mais jovens, esses sim lutando para sobreviverem.

⠀⠀⠀A chegada da aliança ali se daria sobre um inferno, com almas desesperançadas e perdidas. Uma criança berrava por ajuda em meio ao caos, a mãe havia sido pisoteada durante a fuga ensandecida, o pai sumira.

⠀⠀⠀– A-ALGUÉM... – não conseguia sequer terminar a frase, que era abafada pelos amotinadores. – A-A-ALGUEM... – a destra tentava enxugar as lágrimas, enquanto a canhota sinalizava por ajuda. Não houve socorro, sequer um olhar de atenção.

⠀⠀⠀A chuva caía diluvial, ensopando as embarcações e transformando o já árduo em insuportável. Os prédios de Amegakure afunilavam os caminhos possíveis, e as pessoas eram obrigadas a se ajuntarem, se espremerem umas contras às outras.

⠀⠀⠀Da multidão uma voz ecoou há plenos pulmões, alguém se atentou aos lamentos daquela criança. Seu pai.

⠀⠀⠀Correu em sua direção afoito, com a respiração descompassada e o coração a ponto de explodir. Se explodisse desmaiaria, e foi o que aconteceu, há apenas seis metros de sua filha, o homem caiu, morto.

⠀⠀⠀– AAAAAAAAAAAA – o grito da garotinha partiria o coração de qualquer um que ouvisse, mas ninguém a ouvia. Um sofrimento abafado por outros mil.

Facas encravaram-se nas costas do homem caído, seis, e a sétima veio logo em seguida, atingindo-lhe a jugular para atestar sua morte em definitivo

⠀⠀⠀Detrás da horda em retirada de Amegakure, um pelotão de santos marchou, com armas e julgamentos em riste. O Pastor havia emitido sua sentença; purificação.

⠀⠀⠀Três dragões de água emergiram por entre os imaculados de jashin, na direção das embarcações. A intenção era impedir que fugissem, mas se os matassem que mal teria? Jashin os receberia em seu abraço divino, em seu vazio eterno.

⠀⠀⠀Após o ataque, a armada de Jashin partiu para ceifar as oferendas de seu deus, abatendo indiscriminadamente os civis a frente.

⠀⠀⠀– AVANTE! – bradou aquele que parecia ser a liderança do exército. – Jashin precisa de grandes sacrifícios para suas grandes realizações!



Considerações Narrativas

- Os dragões tem quinze metros de altura e dois metros de largura, e estão na velocidade de 22m/s. Ao todo causarão 800 de dano.
- Os soldados tem 3 de força e 3 de velocidade, e eles irão atacar os civis inicialmente, mas se tentarem impedi-los, mudarão o foco do ataque para vocês. São 70 ao todo.
- Atentem-se a todos os detalhes da narrativa e reajam a eles.
- Mínimo de 200 palavras, máximo de 800.
- O prazo para postagens é de 48h a partir do meu post.
- Contatem o narrador em caso de qualquer dúvidas, em dm ou por discord: staz#0774.
- PVP está bloqueado neste tópico.



Recomendados
Spoiler:


TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Scre1755
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) GTG2M5mOlá, Convidado, eu sou o Narrador.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão a sua narração no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia os nossos Conceitos de Narração e entenda como funcionam as narrações aqui no fórum.
Admineiros Aprenda sobre Metagaming!
Admineiros Fique atento aos Danos Gerais do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) FwEdX3H

Shizui
Tokubetsu Jonin
Shizui
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) FwEdX3H

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Qui 7 Jul - 19:55:25

ONE
DAY AT
A TIME
O caos se instaurava mediante ao desespero e a vontade de sobreviver a tudo o que fora gerado pela guerra. Parecia que as vidas dos inocentes não eram tão importante assim para o grupo de Jashinistas, e isso eu já havia percebido desde a universidade. No entanto, agora as pessoas tinham a certeza do que eu já tinha sentido. —‌ Temos que organizar isso, alguém pode se ferir. ‌—‌ Olhei de um lado para o outro a procura dos aliados da aliança, quando me deparei com um problema enorme chegando até nós. —‌ Mas que droga! ‌—‌ Parecia um exército de homens encapuzados, fazendo-me engolir a seco. —‌ Não consigo usar tudo o que tenho aqui. ‌—‌ Foi então que vi três colunas de água se erguendo em meio aos inimigos.

—‌ Eles vão nos atacar. ‌—‌ Não esperei para saber, assim que vi a água tomando forma busquei usar a umidade à minha volta para criar diversos pássaros de gelo para me ajudar. Sem mais, os lançaria na direção do que agora se assemelhava a dragões de água. Considerando que os pássaros eram afiados, e também feitos de gelo, visaria destruir os três ataques com o poder que tinha em mãos.

—‌ Corram para as embarcações. ‌—‌ Gritaria para os demais civis, buscando ficar fora de seus caminhos para não ser pisoteado. Certamente os inimigos avançariam em nossa direção, e por isso sabia que precisávamos segurá-los. —‌ Ok, isso deve servir. ‌—‌ Executei os selos necessários para criar dois clones, os quais seriam usados para me ajudar.

—‌ Não avancem! ‌—‌ Gritei para todos, principalmente para meus aliados, enquanto utilizava da minha energia gélida para impedir o avanço da maior quantidade possível de inimigos, criando um paredão de gelo entre nós e eles. Os clones, ao mesmo tempo que eu, usariam de suas manipulações em conjunta para fortalecer o paredão.

HP: 1800/1800 | CH: 1026/3275 | ST 1/7

Considerações:

_______________________

Ficha | G.F | Banco | R.D | C.J | C.H | Mod.Ag | Org |  Template

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) HLPGI48
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) SsPcwT6

Sekiro
Jōnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) SsPcwT6

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Qui 7 Jul - 21:47:28


XIV.

Não demorou para que os orbes rubro-negros fossem ativos, em conjunção com a postura alterada para que analisasse o ambiente que se colocava aos arredores. No fim das contas, nenhuma das palavras fez qualquer efeito nos civis, o que já era esperado. Todos estavam no limite de suas respectivas mentes, tomadas por estresse inevitável e Yohma não tinha nada que pudesse agregar. Ele não era um general e tampouco continha experiência o suficiente para ajudá-los da forma devida, mas esperava que em conjunto a Chozen pudessem fazer o que estivesse ao alcance dos mesmos.

Dotado das habilidades oculares, aproveitou para concentrar-se nos acontecimentos, notando que soldados de seus adversários banhavam a desesperança dos presentes com sangue. O ataque era iniciado, e não podiam pestanejar mais do que já era feito, com Yohma virando-se ao colega de equipe. — Acho que é hora de interrompermos nossa rivalidade e trabalharmos por um objetivo em comum. — inclinou as palavras, suspirando vagarosamente. Era complexo determinar aquilo, mas sempre que trabalhavam como equipe, suas habilidades e capacidades físicas se amplificavam, quase como se fosse modulada por sua força de vontade. — Acabou o amor, isso aqui vai virar um inferno. — concluiu sua fala.

Gesticulando para que o colega fizesse seus movimentos particulares do elemento madeira, tanto na criação de mecanismos que acelerassem o tráfego dos civis, quanto no ataque, enquanto o mesmo lidaria de forma mais simplória, o Uchiha ativou o seu amaldiçoado Mangekyō Sharingan, movendo-se em máxima velocidade (26m/s) enquanto os dragões aquáticos eram combatidos por um rapaz com habilidades criogênicas, que também levantava uma muralha de gelo. — Alguém consegue imobilizar uma boa parte deles? Tentarei o mesmo, então por favor, evitem me alvejar. — questionou, não acrescentando nenhuma nova informação e sequer se virando aos aliados, visto que os olhos ardiam.

O sangue escorria feito uma cachoeira de sua face, mas ao mesmo tempo era lavado pela chuva, não prejudicando seu campo de visão. De tal modo, manteve-se há dez metros do paredão, ativando seu Kanashibari no Jutsu, sem quaisquer selos, para que tentasse imobilizar uma boa parte dos alvos, tanto do seu lado do muro, quanto no oposto. Concentrar-se-ia apenas nos oponentes que clamavam por Jashin, evitando afetar aliados ou os civis que estivessem ao seu alcance. Frutífera ou não, o mancebo recuaria em mesma velocidade, mantendo seu Kamui como um movimento que somente seria utilizado no caso de ser alvejado por algum oponente ou aliado, instantaneamente tornando seu corpo intangível.

Após os atos, colaboraria exclusivamente com os civis, gritando e indicando para o local que deveriam correr, na medida do possível e em conformidade com os acontecimentos, tentando acelerar o processo como um todo.    
 

Leia as considerações:
HP: 1880/2000 — CH: 3650/3900 — ST: 01/14 — Hachibi: 5000/5000
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Hawk
Tokubetsu Jonin
Hawk
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Qui 7 Jul - 22:44:04

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 2175/2250 • ST: 01/07 • CN: 50/400

"Equilíbrio."




Ainda que estivesse acompanhando o pessoal, estava completamente atento para quaisquer que fossem as ações inimigas – isso se elas de fato fossem existir. Acompanharia aquela multidão até que chegassem ao cais de Amegakure, onde pudera ver algumas embarcações, botes, canoas e outros métodos de locomoção aquática. Durante todo o percurso que havia andado, tomava todo o cuidado para que nada os incomodasse. Como estivera totalmente atento e observando sempre aos arredores, mesmo que de soslaio, com a chegada ao cais, pouco instante após, notou a presença de uma alta quantidade de pessoas, mas que não eram civis, pelo contrário, até pelo grande grupo que estavam, e chegou à conclusão também por eles não estarem ali junto aos demais.
 
O cenário era caótico, evidentemente, seja pela forte tempestade, ou por aqueles que haviam acabado de aparecer. Mas ele tinha plena convicção de que conseguiriam protegê-los. Havia percebido, inclusive, as ondas, ocasionadas pela tempestade, que atrapalhavam na movimentação daqueles que estavam se dirigindo para as embarcações. Sabendo da presença daqueles que eventualmente iriam querer atrapalhá-los, o Senju fechou seus olhos por um momento, trazendo a energia natural para si e a tornando intrínseca ao chakra, ocasionando em alterações em seu rosto; aos arredores dos seus olhos, bochechas e testas, em coloração avermelhada escura, com dois círculos na testa.
 
Abrindo os olhos, ouviu das palavras de seu colega de equipe, onde citava que havia chegado a hora de abandonar a rivalidade, pelo menos por hora, para um bem em comum. Era evidente que as habilidades de ambos se intensificavam, e Chozen não tardou a concordar, expondo um sorriso confiante ao fato de que aquilo se tornaria um Inferno. ──── Concordo, mas cuidado. Lembra que eles estavam presentes no jornal? Eles podem querer soltar uma nota nos difamando... ──── Ironizou os inimigos, observando a criação de uma barreira protetora, mas pudera sentir que atrás daquela barreira, através do kanchi, ainda havia muitos inimigos. Nisso, resolveria atacar os que estavam por trás da barreira.
 
Selos foram feitos, e uma utilização do Jukai Kotan ocorreria, com o chakra natural infundido. Sabendo da posição deles, pensou em utilizar de uma forma semelhante a que utilizou contra os robôs no início de sua participação em Amegakure. Diversas raízes tentariam prender a maior quantidade possível de inimigos, começando a prendê-los desde os pés. As raízes tentariam subir apertando as pernas alheias até a altura de suas panturrilhas, e dali farpas pontudas tentariam penetrar o músculo, visando rasgá-lo por completo, visando atingir os ossos e os partir, para que eventualmente pudesse tentar retirar as pernas alheias. Mas não fora o bastante. As raízes voltariam a rodear o corpo alheio, tentando ir em direção aos seus braços e tentaria levantá-los há vinte metros acima dos demais. As raízes que envolviam os braços alheios tratariam de tentar quebrar os ossos do antebraço de cada um dos levantados, consequentemente entortá-los o suficiente para que os ossos ficassem expostos, os puxando para desmembrá-los na parte dos braços. De forma voraz, elas tentariam partir ao encontro da cabeça, os rodeando no pescoço e apertando, mas de forma com que levantassem os rostos alheios até que fossem decapitados. Embora que utilizasse o jutsu de forma agressiva, tomava total cuidado para não atingir qualquer que fosse o aliado que se aproximasse deles, visto que conseguia controlar o jutsu com seu chakra. Graças ao kanchi de seu Modo Sábio, poderia ter uma melhor percepção. Visaria realizar a afirmação do amigo e rival, transformando o cenário por trás do paredão em um verdadeiro Inferno.
 
Desta forma, quando encerrara sua movimentação, caso tivesse tido sucesso, iniciaria uma corrida em direção ao mais próximo do mar, virando-se para os civis. ──── Venham! Criarei uma passagem para que cheguem às embarcações.  ──── Vociferou, o tom era alto o suficiente para se fazer audível aos mais próximos. Ao realizar novos selos e, novamente, se utilizando da capacitação do Jukai Kotan, do local de onde estavam, rente à beirada, pôde criar oito grossas raízes que se entrelaçavam e formavam uma robusta e resistente ponte, ainda mais espaçosa e segura, visto que elas formavam até uma borda aos arredores, e ficara um pouco acima do nível do mar. A ponte se estenderia até as diversas embarcações, tomando rumos distintos para levá-los com maior segurança até os locais designado para que eventualmente conseguissem evacuar dali. Em caso de sucesso em suas ações, as raízes seriam criadas acima do mar, visando não atingir ninguém.
 
Embora que tentasse fazer aquela segura ponte de sua capacitação, ele não os acompanhava ainda. Ficara ali, visando chamar as pessoas para que elas fossem por ali. Ficaria observando e preparado para defendê-los, se necessário. Ações feitas em velocidade máxima (34 m/s).
Considerações:
Jutsus Usados:
Habilidades Ativas:

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Qui 7 Jul - 23:16:30



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 
Acalmá-los era fútil, o desespero pairava perseverantemente, um povo que sentia-se abandonado pelo próprio divino. Seja quem for aquele que proclama-se Jashin, o guia a todas as almas mortais, ele deve ser o pior divino de todo o panteão. De imediato, concentrando chakra na região ocular, ativo o Dōjutsu Akagan, e em seguida, ponho-me a observar os arredores. Não tardou para que pudessemos ver a presença dos exércitos dos jashinistas, que marchavam, executando-os em  represália a heresia. Talvez acreditassem que através da morte, um julgamento perante a clemência de seu Deus. Seja qual fossem suas intenções, se eu permitir um genocídio renego minhas responsabilidades como Tokubetsu Jōnin.

Os ataques dos Jashinistas visam devastar os civís que ali refugiavam-se. Dois dos meus aliados se mobilizavam para defendê-los, tendo um deles questionado quanto a alguém que pudesse ajudá-lo a impedí-los. Incapacitar o exército êmulo era prioridade, então ao ouvir seu pedido, me pus a seu lado em minha velocidade máxima: — 'Cê faz uma pergunta como essa olhando até pra mim, né não? — Entoo: — Acho que posso segurar um ou dois... No caso um exército inteirou ou dois. — Prossigo. Reverberando através do meu shamisem, eu concentro meu chakra em um genjutsu, na tentativa de codificar uma ilusão contra e somente contra meus adversários: — Myūjishan no kyūden. — Efetivo, aludindo ao nome da técnica. Caso obtivesse êxito, a ilusão auditiva faria com que eles, os jashinistas, fossem aprisionados em meu palácio, e um único instante tornaria-se um dia de tortura. Aprisionados na ilusão e sujeitados a um som de tamanha agudez, seus corpos desencadeariam um estado epilético em decorrência da crise audiogênica, efetivamente incapacitando-os. Caso a especificidade quanto aos alvos do genjutsu não pudesse ser garantido, a técnica não seria realizada.

Após tal, fazendo uso também de meu shamisem, faria uso de duas manipulações sonoras afim de minar a resistência dos dragões de água se assim possível. Caso fosse bem sucedido, tornaria-se mais fácil defender os civis, tão vulneráveis quanto desorganizados:  — As coisas não funcionarão se vocês não coordenarem os passos! — Vocifero em alarde: — Se alguém puder, existem muitas crianças ali. Tentem colocá-las em maior segurança! — Termino.

HP: (1025 • 1025) | CH: (2525 • 2925) | ST: (01 • 12)

Rokubi: (4000 • 4000)


Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) WH8n2pf

Jokerzinha
Chūnin
Jokerzinha
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) WH8n2pf

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Sex 8 Jul - 0:05:40

FASE FINAL

HP: 1450/1450 | CH: 1840/1900| ST: 01/06
Os civis pareciam ignorar todas as palavras dos shinobis da aliança, mantendo o caos que estava ali. Repentinamente os jashinistas começaram a atacar e nesse momento a Hyuga ativou seu doujutsu, fazendo com que seus olhos fossem tomados pela cor branca e as veias ao redor deles se expandissem, parecendo que iriam saltar por sua pele. Começou então a prestar atenção à sua volta e não pôde deixar de notar o amontoado de pessoas que vinham em direção aos inocentes, começando a lançar ataques contra eles.

Ela olharia em volta e se conseguisse, enxergaria uma pequena rede de chakra em frente a uma outra que caía no chão como se tivesse sido atingida por ataques. “Uma criança?” Em volta dela outras pessoas corriam, ignorando-a, como se ela nem estivesse ali. E caso realmente Nezuko conseguisse perceber aquela criança, rapidamente pegaria a Chakura Tō, segurando-a com a mão direita, concentrando chakra futon na mesma para torná-la mais forte.

-Yuta, tem uma criança perdida, me acompanhe aqui - falava para seu amigo de time e logo começava a correr com sua velocidade máxima em direção a criança.

Nesse momento, três dragões de água surgiram entre os jashinistas e o shinobi da folha começava a criar pássaros de gelo e a lançá-los contra os dragões na tentativa de destruí-los. Enquanto corria a Chunin se atentava em não ser empurrada e pisoteada pelos cidadãos que corriam desesperados, se atentava também a possíveis ataques que poderiam vir contra ela e caso viessem usaria sua Chakura Tō para se defender, esperando que Yuta a seguisse e a ajudasse com qualquer coisa que viesse acontecer.

Caso conseguisse chegar até a criança a pegaria no colo, segurando-a com o braço esquerdo, na frente de seu corpo e voltaria a correr em direção aos barcos enquanto subia o próprio macacão para que o mesmo ficasse em volta da criança e assim fecharia o zíper da roupa para que ela ficasse presa ali.

-Calma, estou aqui com você agora. Segure firme em mim e não solte por nada - falaria tentando tranquilizá-la. Nesse meio tempo estaria atenta a qualquer ataque que pudesse vir em sua direção, utilizando novamente da sua Chakura Tō ainda com chakra futon concentrado para se defender e sempre se atentando a não ser derrubada pelos cidadãos.

Caso conseguisse chegar próximo aos barcos, pelo menos uns 10 metros, sairia da multidão, e colocaria a criança no chão, em um lugar que não tivesse risco dela ser pisoteada pelas pessoas que corriam desesperadas. Um shinobi da aliança havia criado

-Preciso que confie na gente, vamos fazer de tudo para defender você, mas preciso que faça o que eu e meu amigo aqui pedirmos, ok? Não se preocupe, consigo te enxergar de longe com meus olhos - falava em um tom calmo, tentando tranquilizar a criança, se referindo a Yuta caso o mesmo estivesse junto a ela - Yuta preciso que você a leve para o barco, você é mais rápido que eu. Coloque ela em algum lugar seguro lá dentro - caso o mesmo desse uma resposta positiva, concentraria chakra no pés e subiria em um prédio onde conseguisse enxergar os inimigos, caso esse existisse.

Enquanto corria até o topo do prédio suas mãos começariam a tecer selos e ao chegar no topo, ativaria seu jutsu que criaria um grande arco com uma grande flecha de vento comprimido e logo lançaria a flecha em direção ao grupo de jashinistas, se atentando em não acertar os aliados e cidadãos e tentando acertar em um ponto onde o raio de seu jutsu conseguisse atingir o maior número de inimigos possíveis. Quando a flecha tocasse qualquer superfície, criaria um vórtice de três metros com agulhas dentro que se movimentavam em grande velocidade, visando danificar qualquer coisa dentro da área. A Hyuga utilizaria o mesmo jutsu mais uma vez, agora visando acertar outros jashinistas que ainda não tivessem sido acertados e sempre se atentando em não acertar nenhum aliado ou cidadão. No meio disso tudo estaria sempre atenta a possíveis ataques que podiam vir em direção a ela e usaria de sua velocidade máxima para desviar dos mesmos.

Caso, apenas caso, conseguisse ver que algum dos jashinistas foi capaz de passar pelos shinobis da alianças, rapidamente correria em direção ao mesmo e quando o mesmo estivesse no alcance de seu ataque daria um golpe rápido e preciso com a palma de sua mão em direção ao abdômen do mesmo, enviando uma quantidade de chakra em direção ao inimigo para paralisa-lo momentaneamente.

informações:

Tag: Campo de treinamento+ Words: 462 + Outfit: here
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 5dec40b5fc969ba492910c74d91c04bf

Dazai
Chūnin
Dazai
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 5dec40b5fc969ba492910c74d91c04bf

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Sex 8 Jul - 7:37:55





[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) ZOoK99D

O cerco começou.
Com a chegada das forças inimigas, tentar acalmar aqueles cidadãos parecia ser completamente ineficaz, quaisquer palavras ou atos só geram um tumulto ainda maior. O ataque dos Jashinistas começou a se instaurar com cada vez mais intensidade, um exército com centenas de homens liderados por uma só mente e uma só devoção, soldados desconexos de sua própria realidade e pensamentos.

"Espera... Uma-Uma criança? No meio dessa multidão?" Com o aviso de sua amiga pensando em milhares de possibilidades aterrorizantes que poderiam já ter acontecido, Yuta desesperadamente começou a seguir Nezuko com certa pressa, tentou enrijecer seus músculos e expor mais a sua força física contra a correnteza de civis para não acabar sendo empurrado ou pior, seu intuito não era machucá-los, apenas não ser derrubado e pisoteado como muitos já provavelmente foram.

Ao mesmo tempo, diversos shinobis começaram o contra-ataque contra o império jashinista que se estabelecia por aquelas monótonas vielas, a criação de grandes dragões caso ocorresse tudo certo já seria impedida pela Aliança, então o Hattori se focou no resgate acompanhado de sua parceira tentando não perdê-la de vista em meio a maré de desesperados.

Nezuko rapidamente tentou fazer um encosto improvisado para a criança. Enquanto a mesma mexia em suas vestes, o Chunnin se atentou para quaisquer movimentações inimigas usando sua boa audição como vantagem, preparado para em caso de ataques. No pior dos cenários, iria tentar protegê-las saltando na frente do ataque e contra-atacando com toda a sua força (Força 4).

— Eu realmente sinto muito por você ter que passar por tudo isso pequena, nós vamos usar de todos os nossos recursos para ajudar o seu pai, mas por enquanto, por favor, confie em mim e na tia aqui, consegue fazer isso? Usaria um tom mais calmo numa tentativa de tranquilizar a garota.
— Eu cuido dela, pode deixar. Ah é, Nezuko, use o seu Byakugan e procure outros que ainda precisem de resgate em situações iguais ou piores que a dela, qualquer um que você ver me manda algum sinal como um jutsu pra cima ou qualquer coisa que eu vou voando para tirá-los desse palco de guerra. Os outros shinobis por enquanto parecem estar lidando com os inimigos, vamos nos concentrar em salvar o máximo de vidas que pudermos, ok? Ditou para sua amiga, numa esperança de formar um plano de resgate.

— Pequena, peço que feche bem os olhos agora, ok? Disse para a garota em seus colos. Independente da resposta da Hyuuga, iria levar a garota. Em um instante, iria tentar liberar suas asas provinientes de sua maldição (Juinjutsu V2), fazendo duas grandes garras em formato de asa crescerem em suas costas e então, caso sucedido, partiria voo com toda a sua velocidade (26 m/s) em direção aos barcos e iria procurar um local com espaço seguro para a criança ficar e tentaria colocá-la de preferência em um barco que já estivesse pronto para partir.

Após todas essas tentativas, iria voar o mais alto que conseguisse (20m) para fazer o reconhecimento de todo o local. Passaria seus olhares por todas as vielas e becos dos arredores da vila buscando civis que pudessem ainda estar em estados resgatáveis, também se atentando na movimentação inimiga, esperando possivelmente reforços ou uma confirmação de que aqueles eram os únicos que cuidariam daquela área. Além da confirmação visual, se concentraria e tentaria estender sua audição por um raio de 150m, um alcance muito menor do que o mesmo conseguia mas assim evitava o enorme esforço mental e já cobriria boa parte da área.

Esperaria por algum tempo os sinais de Nezuko no céu, mas caso não mandasse nenhum dentro de alguns minutos, se aproximaria quinze metros de seus inimigos cruzaria a potencial barreira de gelo do Shinobi, assim tentando lançar um grande dragão de ventos (Konoha Ryūjin) na maior quantidade de Jashinistas que conseguisse, buscando não atrapalhar nenhum aliado. Caso visse um potencial de fogo-amigo, pararia com a técnica imediatamente.

---------•---------

HP: 1.035/1.150 | CH: 1.110/1.400 | CJ: 400/400 | ST 01/07

Informações:

SUGAR

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Image10
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Templ126

Raves
Chūnin
Raves
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Templ126

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Sex 8 Jul - 16:03:03

Atsushi Hikari

Fase Final
Falas | Pensamentos | Técnicas

O paranoico Hikari não confiava totalmente em seus aliados, porém, sabendo que não podia ser negligente e tampouco imprudente, ele tomava a "difícil" escolha de permitir a cooperação dos outros ninjas. Suas dores de cabeça continuavam persistentes, atormentando-o, e criar mais problemas por causa disso seria muito mais do que um sentimento egoísta. Ainda que todos falassem o contrário, enquanto ele puder responder por si mesmo, Atsushi permanecerá devoto as virtudes da Luz e fiel as condutas de seu Clã, mantendo sua honra e seu trejeito altruístas.

Não era surpreendente que as palavras de conforto dadas pelos ninjas da Aliança não tivessem muito efeito, mas, ainda seria necessário lembra-los de que poderiam confiar em seus esforços. Enquanto Atsushi ponderava a respeito disso, no entanto, o surgimento dos seguidores do Pastor fazia com que quaisquer resquícios de organização e raciocínio se perdessem no caos generalizado; homens, mulheres, crianças e idosos, todos aqueles que tinha condições de chegarem as embarcações por conta própria tinha em maioria prioridade a própria sobrevivência, deixando para trás os mais fracos, enfermos e desacreditados na esperança de um novo amanhã.

... Alguém precisa salvar os mais necessitados. — Entoava seriamente, fortalecendo sua determinação em suas próprias palavras. Os demais ninjas da Aliança pareciam resolver em grande maioria o problema do exército inimigo e seus ataques, restava somente alguém para garantir de que a maioria dos civis conseguissem alcançar os novos caminhos gerados pelos aliados e as embarcações no cais do vilarejo. Massageando sua cabeça de antemão, tentando amenizar suas dores constantes, o Hikari faria um tremendo esforço para se concentrar na sequência de suas próximas ações.

Kage Bunshin no Jutsu! — Realizando um único selo de mão, Atsushi usaria sua técnica de clonagem e faria o máximo de cópias que conseguia no momento – cinco ao todo além do original, e cada uma dispararia rumo a pontos diferentes daquele imenso corredor humanitário, também usufruindo do máximo de seus atributos físicos e altruísta, buscando cobrir o máximo de área possível e ampliar seu alcance em suporte dos civis apavorados. — Atenham-se! Não esqueçam de também prestar auxílio aos mais vulneráveis! A negligência não permitirá salvação de ninguém! — Todos os Hikaris exclamavam, simultaneamente, visando que todos ouvissem aos seus apelos, e continuaria a repetir esses protestos na insistente tentativa de influenciar os civis a serem mais organizados e solidários uns com os outros.

Recapitulando; diferente de seus clones, o Hikari autêntico não seguiria em suporte a multidão ensandecida, pelo contrário, o verdadeiro paranoico se manteria próximo de seu companheiro mais confiável: Shizui, aquele mesmo que o salvou das águas de Arashi. O sunense ficaria em cobertura do Tokubetsu Jōnin de Konoha, cuidando de sua retaguarda e laterais, aja vista que esse parecia focado demais na linha de frente contra o éxercito jashinista. Caso algum dos dois fosse alvejado por técnicas inimigas, ou fogo amigo dos companheiros, o Hikari realizaria quantas manipulações elementais fossem necessárias para criar rajadas de luzes que buscariam os defender provocando um impasse contra essas ofensivas prejudiciais. Além disso, iniciaria a preparação de sua Hiding in Surface Technique, na idealização de futuros movimentos.

Por outro lado, como dito anteriormente, os clones do Hikari se espalhariam entorno do corredor humanitário na intenção de cativar a solidariedade e ajudar aqueles que não conseguiam se salvar por conta própria: crianças, idosos, enfermos, grávidas, deficientes e quaisquer pessoas pisoteadas pela multidão. As cópias se atentariam em não ser empurradas e pisoteadas pelos cidadãos que corriam desesperados, se atentariam também a possíveis ataques que poderiam vir contra eles e aos desfavorecidos e caso viessem os clones usariam de seus respectivos Martelo da Luz e armadura para defender. Em sucesso de suas ações, os Hikaris resgatariam tais pessoas, as levariam até a embarcação e depois voltariam a repetir por inteiro esse mesmo processo.

| N° de Palavras: 634 |

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Hp210 HP: 252/375 [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) XQKY0 CH: 121/1025 [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 01/06  》
Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Template_de_Imagem
"A ciência é o antídoto para o veneno da superstição."

Criação de Habilidades | Evoluções |  Recompensas Diárias
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) AnitaPereira681.128.790535

SraCandyCandy
Chūnin
SraCandyCandy
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) AnitaPereira681.128.790535

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Sex 8 Jul - 16:47:28

18
Allannia Grey

HP:925/925
CH:1075/1375
ST:01/05
Lugar:Iwagakure no Sato
Palavras:731
Os olhos de Allannia estavam imersos na multidão de Amegakure quando uma voz distante veio ao seu encontro. A Grey, receosa, timidamente virou-se para fitar o seu receptor. Um shinobi de Kumogakure, que se apresentou aos civis como Yuta Hattori, tencionou motivar a jovem Genin com a sua experiência, acalentando momentaneamente as sensações negativas que tomavam conta de si.

Obrigada — disse-lhe com as bochechas coradas — Muito gentil. Você é muito gentil.

Antes que a mesma pudesse dizer mais alguma coisa para o rapaz de aura simpática e agradável, uma terceira pessoal cortou sua voz ao chegar no ambiente. Sem nenhum motivo aparente, um arrepio percorreu sua espinha. Medo, desconfiança, receio ou apenas intuição, apenas sabia que o indivíduo deveria ser tratado com cautela. Levemente mais baixo que o Hattori, as feições deste aparentava ser de um homem mais velho e maduro, mesmo que fosse possível o contrário. Aparências eram capazes de enganar, e embora consideravelmente tola em determinadas situações, sabia discernir certos preceitos.

Orelhuda? Oh... — sentiu ambas orelhas coçarem ao ouvir o adjetivo, instintivamente escondendo ambas com as mãos, envergonhada. Suas inseguranças suprimidas levemente com o apoio do Hattori novamente ressurgiram, ao recordar que seu aspecto destoante física e psicologicamente não era a realidade comum de um shinobi — Tranquila. Sim. E as orelhas. Também. Huh? — Allannia apenas não sabia o que dizer, então afastou-se.

O tom de voz do moreno, que se apresentou-se publicamente como Yohma, do Clã Uchiha, pareceu-lhe ponderado. Seu comentário gerou um misto de repulsa ou constrangimento, desconhecendo se o objetivo era uma chacota particular ou um apelido inofensivo. Não obstante ao que havia presenciado, os comentários de “Atumsushi-kun” foram consideravelmente grosseiros para seus padrões. O tom de voz firme, a atitude mal-humorada e o temperamento azedo distorceram a visão inicial acerca do mesmo. ”Onde está o rapaz educado e gentil que conheci?”, pensou, desapontada.

Não fale assim, Atumsushi-kun — o tom de voz firme de Allannia era tão raro quanto um eclipse, mas fez questão de fazer soar o mais dura possível — Eles estão passando dificuldades. Você tem a sua fé, mas eles perderam a deles, você sabe o que é isso? — Allannia estava em fúria. O azul de seus olhos refletia o teor da situação, mais parecendo dois mares tempestuoso quando devolveu o olhar para o Hikari.

Desrespeitou momentaneamente as recomendações do Uchiha de apenas focar na sobrevivência, trazendo uma breve discussão à tona. Mas seja qual fosse os rumos que as suas palavras tomarem, seu foco seria transferido imediatamente para a situação de calamidade ocorrida em sequência. Após o vislumbre de um homem morto e ao captar o som desconcertante de uma garotinha, o prelúdio de mais um confronto estava decretado.  

Três dragões de águas foram disparados contra as embarcações, enquanto que uma tropa de jashinistas marchava com o intuito de abater as hordas de civil, como se fossem animais merecedores de sacrifício. Allannia, mais enfurecida que outrora, tentou ativar “Meteor” e, caso conseguisse, permaneceria  flutuando na altura máxima de cinco metros antes de realizar os selos manuais necessários. Concluindo tais etapas, seus braços fariam o excêntrico movimentos necessários para a conjectura de sua técnica mais agressiva, sem pestanejar.

Estilo Plasma: Grand Chariot – proferiu quase vociferando — Não sacrifiquem inocentes como se fossem apenas pedaços de carne. Quero todos mortos, todos vocês — seus braços ao serem estendidos, seriam sobrepostos, mantendo aberta a palma da sua mão de baixo, com a palma voltada para cima. Sete selos surgiriam acima quantidade máxima de jashinistas que pudesse atingir.

Independente do sucesso ou não de sua tentativa, iria tencionar manipular a energia caótica dentro de si, denominada de Plasma, com o intuito de criar dois disparos luminosos (Rank-A) na direção dos dragões de água, cuja pretensão seria somente cessar as investidas. Insegura quanto os rumos do combate, apesar de estar no ar, tentou produzir ao seu redor a camada uma camada de Plasma protetora. Recebendo ou não ataques naquele momento, a tentativa seria efetivamente posta em prática, caso possível.

Estilo Plasma: Bloqueio — diria caso concluísse a técnica, mantendo os olhos atentos às próximas investidas.

Allannia permaneceria flutuando próxima de Kaonashi, indivíduo que conhecia por rosto e voz, sendo tal o responsável por auxiliar a mesma na saída de um sakki poderoso de Arashi numa oportunidade anterior. Caso necessário, tentaria compartilhar sua camada defensiva com o mesmo, na tentativa de auxiliar a prevenir danos.


Emme



”Aparência”:
”Clã e Kekkei Genkai”:
”Equipamentos”:
”Qualidades e Defeitos”:
”Jutsus Utilizados/Ativos”:
”Databook”:
”considerações”:
”Links Comprobatórios”:
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Original

Indra
Administrador
Indra
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Original

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Sab 9 Jul - 18:08:22

Império JashinistaFase Final  


A batalha final começou. Nações se ergueram em uma união improvável para enfrentar uma das maiores ameaças que o mundo shinobi já viu: um exército de imortais que era comandado por um homem louco conhecido como o Pastor. A Aliança Shinobi, logo após de entrarem em Amegakure no Sato, se preparavam para uma última batalha, aquela que poderia selar os seus destinos. O Pastor, no entanto, se preparava para lutar até a morte para defender os seus objetivos, e para isso, contava com o seu glorioso exército de imortais. Quem vencerá? A hora da verdade chegou.



Fase Final
O clima de confiança que o povo de Amegakure, somado aos reféns do Pastor, tinha nos ninjas da Aliança Shinobi começou a sumir aos poucos. Mas não era exatamente culpa deles, apesar de alguns agirem, na opinião dos moradores, de forma ríspida ou indiferentes: a verdade é que aquelas pessoas não conseguiam enxergar coisas boas vindas de outros ninjas. Durante décadas, talvez séculos, eles foram as maiores vítimas das dezenas de guerras que aconteceram no mundo shinobi, fora as guerras civis que ocorreram no País da Chuva. Era por isso que eles tinham medo, era por isso que eles não conseguiam confiar em quem usava bandanas e artes ninjas.

Mas quando os membros da Aliança simplesmente usaram das suas maiores forças para evitarem que eles fossem mortos pelos jashinistas, uma pequena chama acendeu em seus corações. Esperança? Talvez aqueles jovens fossem a exceção. A barreira de gelo erguida por Shizui servia para proteger uma parte dos cidadãos, mas havia uma verdadeira multidão em fuga ao redor, e por isso não dava para proteger a todos. Os dragões de água eram facilmente destruídos por suas habilidades Hyouton, com o auxílio da jovem Gennin Allania e pelo Tokubetsu Kaonashi. Chozen Senju, usando Mokuton, conseguia conter pelo menos 10 adversários, prendendo-os em troncos poderosos, quebrando seus braços e cabeça.

Enquanto o jovem Senju buscava auxiliar os fugitivos após o ataque, os membros da aliança davam conta, junto com Shizui, dos ninjas jashinistas que eram pegos em uma grande ilusão e imediatamente atingidos por um conjunto de técnicas que acabavam derrubando-os, mas não necessariamente matandos, afinal eram imortais, e tais técnicas unicamente os nocauteavam por alguns breves minutos, o suficiente para ajudar na fuga. A sorte é que muitos moradores de Ame sabiam manusear barcos e navios, por conta da área coberta por rios e lagos, por isso a fuga de Ame se iniciava, com muitos moradores partindo dali, enquanto outros ficavam esperando por algo.

Os Jashinistas que não foram atingidos diretamente pelo Genjutsu de Kaonashi se levantavam lentamente, no total de 30, se reagrupando de imediato, sentindo as suas feridas se recuperarem lentamente. 5 deles, especialistas em artes ilusórias, rapidamente buscariam por maneiras de retirar os outros do genjutsu, enquanto os 25 ficavam agrupados. Quando eles se preparavam para partir contra os inimigos de Jashin, uma grande ventania no local, derrubando algumas pessoas mais frágeis no chão. Eles sentiam uma energia sombria ao redor, que contaminavam os seus corações com medo e melancolia.

Uma grande bola de energia roxa de 10 metros se formou no local onde eles estavam, a 30 metros de distância, como um mini-Sol negro. A partir daquela bola de energia roxa, a maioria das pessoas ali começaram a se sentir mal: o medo fazia com que suas pernas tremessem, os braços ficassem moles, a determinação que tinham antes começava a falhar. O desejo de simplesmente sair dali de qualquer forma superava o sentimento de coletividade anteriormente existente, ainda que de forma ínfima. A maioria das pessoas caiam de joelhos no chão.

Algumas pessoas, com uma força de vontade maior, somada ao desespero, simplesmente se levantavam e saiam correndo, pisoteando quem tivesse na frente, fosse adulto, jovem ou criança. Esses acabavam sendo abatidos pelas kunais e shurikens dos Jashinistas, que os derrubavam só por diversão, querendo ver o quanto eles aguentavam.

Aqueles que seguiam Jashin apenas riam ao verem algumas pessoas fragilizadas acabarem caindo no chão, tossindo forte e sentindo uma dor absurda em seus peitos. De repente, do chão se formava pequenos gárgulas de 50 centímetros feitas de energia roxa, que  se amontoavam em cima das pessoas e começavam a mordê-las, sugando sua energia vital, matando algumas mais fracas. Dois deles pulariam em cima de cada um dos ninjas da Aliança Shinobi, mordendo as suas pernas, buscando sugar sua energia vital.

Os ninjas sentiriam uma força dominá-los, algo que os fazia querer morrer naquele instante. Até mesmo a chuva parecia mais pesada quando batia em seus corpos. De repente, eles olhavam para um dos jovens rapazes ali, que se levantou do chão rapidamente, ainda que com dois gárgulas em cima dele, um em seu pescoço e outro na sua perna, tecendo selos manuais e criando um dragão de água que atingia aquele "Sol Negro", causando um pequeno dano nele, algo que poderia ser notado por doujutsus e habilidades sensoriais.

- Devemos matá-los, senhor? - perguntou um dos Jashinistas a um superior.
- Agora não! Isso é coisa do Pastor. Ele está fazendo algo, então não vamos atrapalhá-los. Porém, mantenham-se alertas. - disse o mais velho do grupo, vendo os jashinistas se recuperando lentamente.



Considerações Narrativas
• Todos tem 48 horas a partir desse post para responderem.
• Uma grande energia sombria vinda do Pastor diminuiu drasticamente as vibrações de Ame, causando uma sensação horrível em seus corpos. Os efeitos colaterais são: calafrios, pernas e braços trêmulos, dores de cabeça e ansiedade. Você pode superar a ansiedade com Inteligência 03 e Qualidades que aumentem seu poder mental. Os outros sintomas podem ser superados com Força 03. Para ambos os casos, uma boa narração se faz necessária.
• Os gárgulas possuem 50 centímetros, o corpo feito de barro, mas são revestidos pela energia roxa do pastor. Cada um deles suga 5% de chakra, mas podem ser derrotados com Força 03 ou técnicas com 300 de dano (lembrando que isso vale para cada um deles). Para detê-los, vocês não podem se proteger, e sim ATACAR os gárgulas. Os gárgulas só sugarão suas energias se falharem em derrotá-los, e na próxima rodada.
• Os Jashinistas estão a 40 metros de distância de vocês.
• O mini-Sol negro tem 4000 de força. Para derrotá-los, vocês devem lançar ataques, em conjunto, que chegará ao total de 4000 de força (ou mais).
• Mínimo de 200 palavras, máximo de 800.
• PVP Bloqueado.

Imagem dos Gárgulas
Imagem do Sol Roxo



Recomendados
Spoiler:


TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Scre1755
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) D6OFLEcOlá, Convidado, eu sou o Oblivion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) SsPcwT6

Sekiro
Jōnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) SsPcwT6

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Dom 10 Jul - 15:30:32


XV.

As características naturais de um país tomado pela desesperança se instauravam entre os ninjas da aliança. Era perceptível que nenhum daqueles sobreviventes confiava plenamente naquele grupo, e com sinceridade, tampouco Yohma acreditava em si mesmo. Os olhos, sua única fonte de poder momentânea, cada vez mais escureciam, indicando que mais alguns usos seriam derradeiros, consequentemente levantando o questionamento particular: a luta em prol do cumprimento de uma promessa compensava a perda de suas habilidades oculares? Era irônico, mas não deixava de pensar naquilo. Em meio a um cenário caótico, de perdas e desespero, seu pensamento não saía do âmbito egoísta, principalmente ao denotar que Chozen continuava a subjugar mais e mais inimigos, enquanto Yohma... Permanecia inerte. Fraco.

O temor, a ansiedade e a melancolia corrompiam seu coração. Tanto internamente quanto de forma externa, representado por sensações desagradáveis. Uma fraqueza indubitável tocava seu corpo, similar a uma doença física, em conformidade ao surgimento de um sol negro no ambiente. Nunca havia visto nada como aquilo, mas os céus manchados de carmesim agora continham uma nova existência enegrecida. E a vontade do mancebo, ao fitar aquele novo ente, era de simplesmente morrer. A chuva era pesada, como no dia em que permitiu que uma criança daquele mesmo país falecesse. Entretanto, o contato com a sua pele assimilava-se a ácido, como se queimasse, enquanto sua vontade se perdia.

Viver parecia duro demais. Ao menos, era como a presença do sol negro refletia em seu âmago. A sensação de ansiedade pelo o que iria acontecer dificultava seus pensamentos, mas não parava nesse assombro. Os sentimentos pútridos cresciam como parasitas por sua corrente sanguínea, intensificando as particularidades negativas já existentes ali. Yohma era um rapaz hipócrita, dotado de inveja e que não continha qualquer empatia pelo desconhecido. A sua presença no local derivava-se unicamente da tentativa de dominar os pensamentos decorrentes de uma promessa, mas no fim das contas, não se importava com aquelas pessoas ou aquele lugar. Portanto, seu senso era único e lógico: fugir.

Contudo, a opção se mostrava inexistente. De repente, desligado por um simplório segundo, viu-se em seu subconsciente, cercado pelas grades da terrível criatura. O demônio de oito-caudas bufava, percebendo que a maldita sensação era uma mácula não somente para o Uchiha, como a si mesmo. “Você vai fugir?”, e a voz ressoou, em um tom muito próximo do cinismo, embora pudesse ser notada a seriedade da criatura. “Não foi você que disse que seu poder se deriva do ódio? Das sensações negativas? Do medo? Da inveja?”, e ele continuou a dizer. Porém, suas palavras foram interrompidas pelo mancebo. Ele já detinha a resposta.

Yohma pressionou os olhos que eram retidos por sangue, notando que gárgulas surgiam e duas delas se agarravam em suas pernas. “Eu não vou morrer, eu não vou morrer. Eu não sou fraco, eu não irei morrer. Esse sentimento é... combustível para mim. Essa é a minha maldição”, murmurava o rapaz a si mesmo. Imediatamente, uma forte e pesada aura arroxeada surgia ao redor de seu corpo, assimilando-se ao avatar de uma caveira. O Susano’o incompleto imediatamente tentaria capturar ambas as gárgulas, movendo-se em máxima velocidade (42m/s) para tentar esmagá-las com a força de seus punhos.

O Uchiha continuava a murmurar frases desconexas, tentando despertar do transe ansioso, enquanto o corpo permanecia com as fraquezas singulares. Contudo, nenhuma daquelas sensações podiam subjugar seu Susano’o, haja vista não precisar de nada mais do que os próprios olhos para controlá-lo. E, com o Mangekyō Sharingan em pleno funcionamento, notaria a utilização do dragão aquático para atingir o sol negro, causando danos que eram perceptíveis ao seu dōjutsu.

O sol negro. Ataques estão causando danos ao sol negro. — tentaria dizer com certa dificuldade, esperando que alguém pudesse ouvi-lo. Mesmo que não conseguissem, seus orbes carmesins seriam direcionados ao sol escurecido, e de seu Susano’o uma besta seria gerada, disparando uma flecha e, mediante a tentativa de acertar o mesmo com seu projétil, mostraria aos companheiros que estes deviam direcionar seus esforços contra aquilo. Caso não conseguissem concretizar o dano contra o sol negro, faria um segundo disparo.

Por fim, funcional ou não, o mancebo continuaria tentando lutar contra as inúmeras sensações, principalmente as físicas que dificultavam a continuidade e permanência do mesmo no campo de batalha.       
 

Leia as considerações:
HP: 1880/2000 — CH: 3560/3900 — ST: 02/14 — Hachibi: 5000/5000
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Hawk
Tokubetsu Jonin
Hawk
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Dom 10 Jul - 17:44:27

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 1375/2250 • ST: 02/07 • CN: 50/400

"Equilíbrio."




Visara auxiliar os moradores de Amegakure, tudo para que tivessem a melhor forma de sair dali. No entanto, pôde sentir algo diferente. Estando com o Senjutsu ativo, ainda adquirindo energia natural para infundir com o seu chakra, possuindo o Kanchi, sentia uma energia tomando conta do local; ela era obscura, vazia. Enquanto captava essa energia com seu Kanchi, sentia um calafrio tomando seu corpo, além de seus membros estarem trêmulos, e uma dor na região da cabeça. Isso fazia com que ficasse sem entender o que estava acontecendo, pois queria voltar a se mover, e ocasionava em uma ansiedade. Novos pensamentos tomaram conta da cabeça do Senju.
 
E se eu for? Eu sou muito mais rápido do que a maioria aqui. Eu não preciso ser mais rápido que o oponente, apenas mais rápido do que meus aliados e toda essa gente de Amegakure... Certo?
 
Os pensamentos destoavam de sua personalidade. Sempre fora determinado, dado como inspirador, pelo menos por sua irmã. Nunca havia tido aquele tipo de pensamento. Mas talvez algo o estivesse influenciando. Os membros permaneciam trêmulos, e as dores continuavam na região da cabeça.
 
Talvez se eu desistir dessa batalha, eu possa voltar a ficar com minha irmã. Não poderemos sair vencedores... Aquele ser era muito poderoso, eu sequer consegui atingi-lo. Acho que a desistência possa...
 
Em meio aos seus pensamentos, uma espécie de gatilho atiçava sua mente. Desistir. Ainda que um tanto anestesiado, pudera ver diversos cidadãos de Amegakure desesperados, além de perceber a criação de dois seres completamente absurdos em sua frente. Nesse momento, o Senju lembrou-se do motivo da palavra “desistir” ter tanto impacto em sua vida: em seu primeiro treinamento como ninja, feito por sua avó, ela havia citado uma frase específica: “Você é um Senju, não um Bunda-Mole! Não quer ser um grande ninja? Pois esqueça a palavra “desistência” de seu vocabulário”.
 
Com seu alto grau de inteligência, percebeu que estava sendo influenciado por aquela energia, que ao ser manifestada, fizera com que tivesse pensamentos completamente opostos aos padrões que tivera, indo contra algo que prometeu a sua avó logo ao início de sua vida ninja. Isso era imperdoável. Assim que percebera, utilizava de toda sua força para tentar suprimir as tremedeiras, e usava como motivação o fato de que havia prometido que retornaria ao encontro de seu sensei.
 
Com muita força de vontade e determinação, utilizando-se de memórias, principalmente as de sua avó antes de falecer, conseguia cerrar os punhos, indicando que havia superado toda a influência. Se tivesse sucesso em sua libertação, veria aqueles seres repugnantes tão próximos, e utilizaria de duas manipulações de alto ranqueamento, criando, através de seus dois braços, ramos que visariam penetrar os corpos dos dois inimigos, e eram cerca de quatro ramos por braço, que avançariam e tentariam destruir por completo aqueles seres.
 
Se de fato tivesse êxito em suas ações, o Senju, além de perceber uma espécie de Sol-Negro um tanto distante, podia sentir com sua capacitação do Kanchi que um ninja o atacara, e apesar de minimamente, tinha tido um certo efeito nele. Isso o fez pensar. Se um jutsu daquela magnitude pôde atingi-lo, era hora de atacar.
 
──── Pessoal! ──── Vociferou, o tom era muito mais alto do que costumeira se manifestar, visando deixar audível a todos. ──── Ataquem aquele... Sol? Ataquem aquele Sol-Escuro! Precisamos destruí-lo! ──── Finalizou. Se iriam acatar com o que fora dito por ele ou não, ele não fazia ideia. Mas imaginava que precisavam destruir aquele Sol, e iria providenciar de um dos seus maiores ataques em área; mas direcionado unicamente para o Sol.
 
Aproveitando-se que estava com o Modo Sábio ativo e havia absorvido ainda mais energia natural há poucos instantes, sabendo exatamente da localização por conta do Kanchi, e mesmo que conseguisse ver com seus olhos dali de onde estavam, o Senju iniciou selos manuais. Ao término dos selos, três metros a frente de onde estava o Sol-Negro, quinze raízes se direcionaram para ele. Grossas, como troncos de árvores. Elas tentariam atacá-lo com tudo, visariam dar pancadas potentes e vorazes, pois estavam com o chakra natural infundido. Fora a primeira utilização do Kajukai Kōrin. Enquanto elas atacavam, Chozen havia iniciado novos selos, e deles, uma nova utilização do Kajukai Kōrin fora feita, mas sem a infusão do chakra natural, diferente da anterior. Elas surgiriam dois metros ao lado da primeira utilização, e viriam em doze raízes dessa vez, tentando atingir o mesmo alvo. Ações feitas na velocidade máxima (34 m/s).
 
Iniciaria uma preparação ofensiva. Canalizando uma grande quantidade de seu chakra para, em breve, trazer um ser descomunalmente grande para o embate, visando expor a grandiosidade do Mokuton. Isso impediria de usar outras técnicas, por estar focado concentrando o chakra, mas permaneceria totalmente atento a tudo para esquivar se necessário.
Considerações:
Jutsus Usados:
Habilidades Ativas:

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) FwEdX3H

Shizui
Tokubetsu Jonin
Shizui
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) FwEdX3H

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Dom 10 Jul - 20:35:47

ONE
DAY AT
A TIME
A parede de gelo se ergueu entre nós e alguns dos inimigos, tornando assim o combate mais vantajoso para nós. Me preparava para mais uma investida junto aos clones, após observar a correria dos demais civis. Foi em meio a esse caos que senti uma forte ventania tomar todo o local, fazendo-me cair para trás. —‌ O que é isso? ‌—‌ Junto a toda ventania veio uma sensação sufocante de medo, ansiedade e morte. Minhas pernas tremiam intensamente, enquanto minha respiração descompensada buscava se estabilizar. Não tinha noção do que estava acontecendo comigo, mas sabia bem que era necessário me tranquilizar.

Não seria fácil, de fato, já que uma esfera de energia roxa se formava sobre nós. Era difícil controlar todas aquelas sensações, as quais diziam em berros que eu deveria sair correndo. Sim, era o melhor a se fazer mesmo, e por um instante meu corpo se moveu para o lado na intenção de sair daquele lugar, mas por breves instantes a cena de todo o meu time sendo morto diante dos meus olhos, por inimigos de Konoha os quais eu poderia subjugar antes do desastre acontecer, criou em mim uma sensação oposta ao de fuga. Eu precisava lutar, mesmo que morresse para isso. Pessoas estavam dependendo de minhas ações.

Meus olhos se voltaram para o lado do combate, ainda que com um pouco de medo misturado com coragem. Já estava prestes a agir contra os inimigos, quando duas criaturas pequenas revestidas pela energia roxa, pularam contra as minhas pernas. —‌ Nem pensar! ‌—‌ Usei toda a força de vontade que tinha para, mais uma vez, criar quatro pássaros de gelo. Os quatro seguiriam contra aquelas criaturas nanicas, sendo que cada duas atacariam uma diferente para destruí-las de uma só vez.

Os clones já seriam desfeitos logo quando caí, tendo em vista que minha concentração tinha sido totalmente desestabilizada sem poder mantê-los. Dada a tal situação meu chakra havia retornado por inteiro para mim.

Após atacar as pequenas gárgulas, observaria a ação de um jovem guerreiro, que mesmo com seu corpo sob a pressão diabólica, se esforçou para atacar a esfera roxa. Graças a toda a sua garra e determinação, percebi que aquela bola de energia podia ser destruída. —‌ Muito bom. ‌—‌ Vê-lo fazer aquilo me encheu mais ainda de ânimo, e foi então que procurei lançar dois espinhos grandes de gelo contra a esfera, utilizando da minha manipulação elemental para tal feito, seguido de diversos pássaros de gelo.  

HP: 1800/1800 | CH: 3150/3275 | ST 2/7

Considerações:

_______________________

Ficha | G.F | Banco | R.D | C.J | C.H | Mod.Ag | Org |  Template

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) HLPGI48
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) AnitaPereira681.128.790535

SraCandyCandy
Chūnin
SraCandyCandy
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) AnitaPereira681.128.790535

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Dom 10 Jul - 21:54:39

19
Allannia Grey

HP:925/925
CH:975/1375
ST:02/05
Lugar:Iwagakure no Sato
Palavras:769
As investidas da Aliança Shinobi surtiram efeito, embora não tão efetivo quanto poderia esperar. As habilidades formidáveis dos companheiros foram capazes de lidar com uma parcela dos inimigos, entretanto haviam remanescentes. Antes que pudesse se preparar para repetir a dose, uma ventania potente empurrou seu corpo para trás. Devido ao funcionamento de Meteor, com certo esforço tentou evitar cair do chão, permanecendo no ar após deslizar de maneira grosseira pelos ares, buscando o equilíbrio adequado.

O surgimento da estranha esfera obscura precedeu uma repentina mudança de humor em sua psiquê. Conhecia o sentimento e a sensação. Arashi outrora havia proporcionado uma sensação similar, transformando todas as sensações sombrias trancafiadas em si em agulhas que atravessavam-lhe profundamente. Não era nenhuma lâmina, flecha ou golpe. Ignorava carne e ossos, deixava órgãos intactos e o esqueleto tão firme quanto o comum. Mas doía. Sentia a dor perturbar cada centímetro de seu corpo, paralisar o seu corpo e gerar calafrios longos e extensos.

O medo fere mais profundamente que as espadas — constatou de imediato, num murmúrio.

As palavras ditas foram repetidas continuamente, como um mantra. Sua cabeça estava a ponto de explodir, e os pensamentos atormentadores apenas acentuaram o status quo. Desejou morrer com todas as suas forças, e quase ela mesma pôs fim ao seu sofrimento, mas as lágrimas que afogavam seu rosto e os braços trêmulos a impediram. As pernas em frenesi mesmo estando em estado de flutuação incomodavam, prejudicando no seu equilíbrio, embora tentasse manter os pés fora do chão. Mas era em vão. Aos poucos a chuva, em sua percepção mais pesada, faziam seu corpo lentamente perder altitude.

Ainda conseguiu permanecer numa distância de trinta centímetros acima do solo, mesmo quando as duas criaturas morderam ambas as pernas. Quis gritar, mas de sua garganta nenhum som era capaz de se projetar. A respiração ofegante e o coração palpitante tornava tudo aquilo uma tortura insuportável. Era incapaz de controlar o próprio corpo e a própria mente. O primeiro pensamento que surgiu para lidar com a situação fora a rendição. Pensou em fugir junto com os cidadãos de Amegakure, passar para o lado dos inimigos ou simplesmente se esconder até a batalha terminar. Não se importou se os aliados morreriam, se as outras pessoas escapariam, apenas desejou retornar para Rauros e ver a face da mãe mais uma vez.

Allannia Grey era uma covarde. Não por opção própria ou mera falta de capacidade. Sequer conhecia os próprios potenciais e o dos demais. Era estranha para si mesma e estava auxiliando estrangeiros de inúmeras outras vilas que talvez nunca tivessem visto Iwagakure no Sato. “O que eles sabiam das montanhas? Da Vontade da Pedra e da determinação de nosso povo? Não conhecem a nossa luta, nossos sonhos e nem se importam! Por qual motivo eu deveria continuar ajudando todos eles? Eu poderia deixar eles morrer, se eu quisesse. Sim, todos eles podem morrer. Eu só quero sair daqui. Eu quero minha mãe”, ela disse mentalmente, soando como uma criança mimada do começo ao fim.

Quando fez a menção de volver o corpo e tentar uma fuga, recordou de rompante das palavras ditas por Yuta Hattori. Ele disse que confiava nela. E foi naquele instante, que ela caiu em si. Não deveria fugir e deixar seus aliados a mercê dos inimigos. Mesmo que ela fosse fraca, inexperiente e jovem, era uma kunoichi. Independente de conhecer ou não a realidade em que vivia, todos possuíam o mesmo propósito: a justiça.

”O que seria da luz, se não houvesse trevas? É a mesma moeda, virada em lados diferentes. É o nosso destino. Jogue a moeda pra cima e escolha o seu”, recordou das palavras ditas por sua mãe quando aprendeu sobre o elemento que ambas compartilhavam desde o momento de seu nascimento.

Eu escolho a luz. Eu escolho a justiça. Eu escolho lutar com todas as forças, não vou parar — ela diria caso fosse capaz de reunir as forças necessárias para tal.

Seus braços estavam trêmulos e a dor de cabeça era um sofrimento infindável, mas tentou com muita dificuldade manter ambos na direção de ambas bestas que estavam presas em suas pernas. Tentaria criar dois feixes de plasma reluzentes, um para cada ser, utilizando manipulações do elemento (Rank-A) com o intuito de destruir ambos impiedosamente. Caso fosse capaz, prosseguiria tencionando uma reação. Mas sem sucesso. Os braços trêmulos tornariam o uso de selos de mão um desafio difícil de ultrapassar com tantas sensações afetando-a. Permaneceu inerte, aguardando por seus aliados, mantendo seu estilo de luta ativo. “Fique tranquila, orelhuda”, recordou do Uchiha e seguiu sua recomendação, embora o momento tenha sido diferente.





Emme



”Aparência”:
”Clã e Kekkei Genkai”:
”Equipamentos”:
”Qualidades e Defeitos”:
”Jutsus Utilizados/Ativos”:
”Databook”:
”considerações”:
”Links Comprobatórios”:
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 5dec40b5fc969ba492910c74d91c04bf

Dazai
Chūnin
Dazai
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 5dec40b5fc969ba492910c74d91c04bf

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Seg 11 Jul - 9:46:08





[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) ZOoK99D

O cerco começou.
O auxílio da Aliança lentamente começou a fazer efeito não somente na fuga de vários moradores que partiam em botes e barcos pelo grande mar, mas como nos corações escurecidos de todos que encararam de frente o puro desespero da morte, todos os shinobis ali estavam dispostos a sacrificarem suas vidas pelo bem estar do próximo. Ou pelo menos, era isso que eles acreditavam até agora.

Como o Hattori estava voando a vinte metros do solo, provavelmente foi o primeiro a sentir aquela sensação, aquela maldita sensação que assombrava a sua vida denovo e denovo, uma tormenta que nunca passa, apenas ameniza. O sentimento de que algo terrível estava prestes a acontecer, algo que nem seu corpo tinha compreendido a magnitude ainda ao certo, um grande calafrio inexplicável que percorria toda a sua espinha a fazia seus músculos tremerem em desespero. Quando finalmente seu corpo reuniu coragem o suficiente para tentar entender de onde vinha esse sentimento, Yuta presenciou o que parecia ser a calamidade, uma esfera completamente obscura e vazia. O pavor. O puro pavor.

A visão que ele teve foi de uma grande esfera obscura que representava o puro vazio, um medo ilimitado. Só de olhar para aquela energia seu cérebro latejava numa dor que o mesmo nunca sentiu antes, seu sentimentos estavam tão corrompidos que lentamente começou a perder a estabilidade de seu voo chegando numa instabilidade em que começou a planar sem rumo e com total descontrole.

"Eu preciso fugir, não posso ficar aqui, eu to com medo, eu não quero morrer... Me desculpa Mei... Eu sou muito fraco, eu sou só um nada, eu nunca consigo salvar ninguém e meu maior inimigo sempre sou eu mesmo... Por que eu não acabei com isso quando tive chance? Por que eu tinha que lutar e fingir que estava tudo bem? Eu só queria que essa dor passasse de vez Himeno... Eu não aguento mais..." Os olhos do garoto rapidamente ficavam marejados. Esse desespero era como uma maldição inacabada.

Mas, tinha algo que mudou desde aquela época, tinha um sentimento, uma coisa que ainda tinha ficado daquele juramento, no dia em que finalmente se entendeu com o seu passado. Ser um novo alguém, ser o novo Sol que Himeno era, ser o símbolo da paz que inocentes como os que estavam a sua frente precisavam. Tantas vidas clamando por sua ajuda e a única coisa que o impedia era si mesmo, ouvir os lamentos e o som do sangue se impregnando pelo solo com o pisar de inúmeras almas desesperadas foi como um gatilho, era o mesmo e último som que o Hattori ouviu naquele trem que tirou sua esperança. E era isso que ele precisava agora. Esperança.

Com todas as memórias que o mesmo ainda resguardava de sua irmã, lentamente foi retomando sua determinação e motivação no formato da grande força que a Maldição do Céu lhe proporcionava, transformando aquele chakra amaldiçoado em sua fonte de energia para retomar seus sentidos e estabilizar seu voo novamente.

Antes que o mesmo pudesse respirar, rapidamente dois golens alados de pedra se aproximavam de seus membros inferiores e buscavam atingí-lo perto da região de sua panturrilha, eles pareciam ter um manto roxo de energia similar ao do grande Sol Negro, indicando claramente que o Hattori não queria ser acertado. Usando de toda a sua velocidade (26 m/s), Yuta tentou planar na direção contrária dos ataques das gárgulas para tentar evitar as mordidas que as mesmas iriam efetuar.

Em seguida, utilizou dos conhecimentos do Muon no Ken para amplificar ainda mais o seu estrago, e usando de toda a sua força (Força 7), tentou desferir um golpe discente com seu punho destro na cabeça de um dos golens e caso acertasse o ataque anterior, iria tentar realizar um chute cruzado com sua perna canhota no peito da outra gárgula, visando rasgá-la ao meio.

Com o combate possivelmente encerrado e vendo que seus aliados já estavam lidando com a grande energia obscura, Yuta rapidamente usou de suas asas para voar até próximo dos Jashinistas, ficando por volta de cinco metros acima de suas cabeças, então, o mesmo tentou desferir dois chutes giratórios para formar grandes massas de ar que logo se tornavam dois grandes tornados em um formato de dois dragões brancos (Konoha Ryūjin x2). O Hattori iria tentar direcionar ambos os dragões para acertar a maior quantia de Jashinistas que conseguia, com extrema cautela para não acertar nenhum ataque em fogo-amigo.

---------•---------

HP: 920/1.150 | CH: 970/1.400 | CJ: 100/400 | ST 02/07

Informações:

SUGAR

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Image10
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) WH8n2pf

Jokerzinha
Chūnin
Jokerzinha
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) WH8n2pf

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Seg 11 Jul - 17:35:12

FASE FINAL

HP: 1450/1450 | CH: 1600/1900| ST: 02/06
Tudo estava indo bem, os shinobis da aliança conseguiam atrasar os jashinistas enquanto os cidadãos continuavam fugindo em direção aos barcos, alguns barcos já partiam sendo pilotados pelos próprios cidadãos. Nezuko olhava a sua volta com seu doujutsu a procura de mais inocentes que talvez precisassem de ajuda quando uma enorme ventania começou no local, derrubando algumas pessoas e logo fez com que a menina sentisse a energia sombria pairando por ela.

Um calafrio percorreu todo seu corpo e logo sentia seus braços e pernas tremerem, sua respiração ficava mais rápida e sua cabeça começava a doer. Ela estava com muito medo “Desista, Nezuko… Isso não vale a pena, salve a sua vida” algo conversava com ela lá no fundo. Ela estava quase se convencendo e ouvindo aquela voz que continuava a falar sem parar, insistindo para que ela desistisse.

Logo as lembranças começaram a surgir em sua mente. Ela estava em uma sala de aula da academia, era o dia da formação de seu time, quando Mei virou sua sensei. A mais velha pergunta quais são os sonhos e objetivos para o futuro da Hyuga e a mesma responde que queria ter poder suficiente para não deixar que as pessoas morram.

Sua memória mudou várias vezes, mostrando todas as vezes em que falou que salvaria muitas vidas, que queria ser forte para não deixar pessoas morrerem. Todos aqueles flashs iam passando em sua mente e ela começava a responder aquela voz que a tentava fazer desistir “Se eu fugir, não estarei cumprindo minha palavra, e um ninja sempre cumpre com a sua palavra” começava a debater enquanto olhava ao seu redor, vendo as pessoas desesperadas com aquele sol escuro que tinha acabado de aparecer. Algumas que conseguiam correr eram acertadas por kunais e shurikens lançadas pelos jashinistas que começavam a se recompor do ataque sofrido pela aliança.

“O que você está fazendo parada enquanto todas essas pessoas morrem? Se mexe! Faz alguma coisa! Vai continuar sendo essa fraca que não consegue cumprir com a própria palavra?” Ela brigava com ela mesmo internamente e caso percebesse, com seu alto grau de inteligência, muita força de vontade, determinação e a junção de suas memórias, que todos aqueles pensamentos negativos não vinham dela, balançaria a cabeça na tentativa de sair daquele transe.

Nesse momento sentiria algo mordendo suas pernas e ao perceber teriam gárgulas feitas de energia roxa se formando do chão. Dois estavam presos às pernas da chunin que logo, utilizando toda sua força, os lançaria para trás com as pernas, na tentativa de fazê-los desgrudarem dela e caso conseguisse, no momento seguinte levantaria a perna direita e desferiria um chute em direção a cabeça das mesmas, em um arco, na tentativa de fazer com que suas cabeças fossem destruídas.

Enquanto reagia ao ataque que fora lançado contra ela, observava a sua volta com seu doujutsu, notando o rapaz que lançava um jutsu em direção ao sol negro e causaria um pequeno dano a ele, e caso seus companheiros notassem seria capaz de ouvir um deles gritando que era para atacar aquela bola.

Rapidamente a menina iria tecer o selo necessário para criar uma pequena agulha de chakra na ponta de seu dedo para em seguida disparar em direção a bola de energia roxa, apenas com o intuito de causar dano. Após realizar o primeiro ataque, realizaria o segundo da mesma forma, utilizando o mesmo jutsu, ainda contra aquela bola de energia roxa.

Logo a menina manipularia o vento a sua volta criando duas grandes espadas de vento comprimido e as lançaria em direção ao sol escuro, visando acertá-lo e causar dano no mesmo para destruí-lo. E caso os ataques feitos até ali, por todos da aliança, não fossem suficientes para destruir aquela bola, farias os selos necessário para novamente criar a agulha de chakra na ponta dos dedos e lança-la em direção ao sol negro para poder dar mais dano.

Após seus ataques em direção aquela esfera voltaria sua atenção aos shinobis da aliança e cidadãos que por ventura não conseguissem se livrar das gárgulas. Ela correria, em sua velocidade máxima,  até cada um deles, desferindo socos e chutes nas gárgulas, com sua força máxima na tentativa de destruí-las e fazê-las soltar as pessoas em que estavam presas, sempre se atentando em não acertar os golpes nas pessoas, apenas nos inimigos. Ela se atentava também à sua volta, a qualquer ataque que pudesse vir em direção a ela para que pudesse se proteger.

informações:

Tag: Campo de treinamento+ Words: 462 + Outfit: here
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Templ126

Raves
Chūnin
Raves
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Templ126

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Seg 11 Jul - 18:08:29

Atsushi Hikari

Fase Final
Falas | Pensamentos | Técnicas

O resgate dos civis se demonstrava prosseguindo com êxito em sua realização, Atsuhi e seus continuavam dando suporte aos mais necessitados sem maiores destaques, entretanto, quando a ventania oriunda do malfeitor predominou no ambiente, o ninja da luz rapidamente sentiu os efeitos negativos alcançando seu espírito. Sua paranoia junto as dores de cabeças pré-existentes tornavam-se ainda piores com os sintomas daquela sensação obscura, além dos calafrios que causava em sua espinha. Por um instante, o rapaz vacilava em seu equilíbrio, sentindo tanto seus braços quantos suas pernas tremendo em fraqueza. A perda da concentração foi tanta que dos cincos clones presentes naquele momento apenas um permaneceu resistindo as consequências que todos ali sofriam.

"... Eu já falhei tantas vezes durante essa cruzada." Indo muito além das sensações físicas, sua ansiedade também retornava com o seu velho dilema. "Não consegui fazer nada para impedir Arashi, não fiz nada em respeito a senhorita Allannia, e continuo a fraquejar quando chega o momento que todos mais precisam de ajuda... Mas..." Em reflexo, o Hikari apertava o cabo de seu Martelo da Luz. Existiam tantas pessoas das quais Atsushi queria mostrar serviço: Altria, Allannia, sua irmã Hinata, e o seu pai... Rengoku. No princípio, tinha prometido que seria o herói dos mais fracos, que agiria a todo custo para evitar o máximo de mortes possíveis, e até então não pôde mostrar muito ser capaz disso...

"Eu não faço por mim... Eu faço por eles! Então, salvo não a mim, e sim, salvo eles!" Com um ímpeto de seu pensamento, ambos os Hikari, original e clone, levantaram erguendo seus martelos, elevando seus espíritos para afastarem aquelas tentações malignas em pró de uma causa maior, a tempo de visualizar a chegada da dupla de gárgulas que vinha atacando cada um em sua direção, destruindo-os com dois golpes cada com seu martelo imbuído em chakra.

- Entendido! - Escutava as orientações de seus colegas sobre o sol negro, então, tanto o original quanto o clone direcionaram seus maiores ataques, junto das manipulações de luz, em direção ao astro negro buscando sua destruição.

| N° de Palavras: 000 |

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Hp210 HP: 252/375 [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) XQKY0 CH: 506/1025 [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 02/06  》
Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Template_de_Imagem
"A ciência é o antídoto para o veneno da superstição."

Criação de Habilidades | Evoluções |  Recompensas Diárias
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Original

Indra
Administrador
Indra
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Original

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 12 Jul - 0:23:18

Império JashinistaFase Final  


A batalha final começou. Nações se ergueram em uma união improvável para enfrentar uma das maiores ameaças que o mundo shinobi já viu: um exército de imortais que era comandado por um homem louco conhecido como o Pastor. A Aliança Shinobi, logo após de entrarem em Amegakure no Sato, se preparavam para uma última batalha, aquela que poderia selar os seus destinos. O Pastor, no entanto, se preparava para lutar até a morte para defender os seus objetivos, e para isso, contava com o seu glorioso exército de imortais. Quem vencerá? A hora da verdade chegou.



Fase Final
A determinação dos jovens que estavam ali era extremamente contagiante e determinante para a queda do mini-Sol roxo e também do exército de Jashinistas, que recuava diante do poder daqueles ninjas que, mesmo não sendo de alta patente, tinham a determinação que era requisito para um grande shinobi. Eles eram capazes de superarem os seus demônios internos e elevarem suas consciências para um outro nível, lutando por suas vidas e por aqueles que estavam ao redor.

Naquele instante, tudo parecia que tinha terminado, exceto por um único ninja: Kaonashi, ao não mover-se para desviar dos gárgulas, acabou por sentir vários enjoos e caiu no chão totalmente trêmulo, sentindo dores de cabeça, calafrios, e sendo tomado por diversos pensamentos negativos que brotariam em sua cabeça. Eles sugavam a sua energia e plantavam seus venenos em seus corpos.

Ele ainda seria constantemente atacado pelos gárgulas, se eles não sumissem de repente, assim como todas as pequenas criaturinhas que estavam presentes naquele local. Os gárgulas se transformavam em pó na frente de todos, levando muitos ao delírio, comemorando tal ato. De repente, eles olharam para os lados e perceberam diversas pessoas mortas, todas vítimas daquelas criaturas diabólicas. A euforia de estar vivo deu lugar a uma histeria coletiva, e o povo elegia aqueles que iriam pagar com a vida pelo sangue derramado.

Os Jashinistas que não estavam totalmente inconscientes acabavam se vendo cercados pelos moradores, que pegavam paus e pedras para atacarem eles, pois se sentiam amparados pelos jovens da Aliança Shinobi que estavam ali presentes. Naquele momento, aqueles imortais tão corajosos sentiam um medo profundo. Uma grande parte dos moradores e reféns tinham conseguido sair de Ame, mas uma parte permanecia ali, o que eram jovens e adultos o bastante para espancarem todos os jashinistas e ainda estirparem os seus corpos.

- VAMOS CORTAR A CABEÇA DESSES FILHOS DA PUTA! - gritou uma moradora, já pegando uma peixeira.

Foi quando um tremor tomou conta de todo o vilarejo, assustando as pessoas que estavam ao redor. Haviam trocas de olhares, gritos assustados, até que uma nuvem vermelha mais carregada apareceu no céu. Eles poderiam ouvir o barulho de raios e trovões que caiam por todo o lugar, assustando os mais medrosos.

- O QUE É ISSO!? - gritou uma mulher, quando a nuvem foi descendo lentamente e em alta velocidade, cobrindo toda a cidade. Não dava para enxergar dentro dela através de técnicas oculares, muito menos sensoriais. Tudo se tornou uma grande escuridão para todos ali, podendo ouvirem apenas os gritos que ecoavam das multidões.



Considerações Narrativas
• Todos tem 48 horas a partir desse post para responderem.
• Revouv não postou, tomando W.O, o que o levou a perder 10% de HP, sendo necessário 400CH de chakra de algum ninja curador para curar suas dores. Fora isso, ganhou o defeito Enjôo (01).
• Vocês derrotaram o mini-Sol, mas agora a parada ficará séria de verdade.
• Mínimo de 200 palavras, máximo de 800.
• PVP Bloqueado.

Imagem dos Gárgulas
Imagem do Sol Roxo



Recomendados
Spoiler:


TEMPLATE POR AKEIDO

_______________________

[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) Scre1755
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) D6OFLEcOlá, Convidado, eu sou o Oblivion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Hawk
Tokubetsu Jonin
Hawk
Vilarejo Atual
[Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) 2

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado Ter 12 Jul - 15:51:27

Chozen Senju



HP: 1100/1100 • CH: 1375/2250 • ST: 03/07 • CN: 200/400

"Equilíbrio."




Havia começado a manifestar seu chakra, pois iria se utilizar de uma das capacitações mais poderosas que o Mokuton lhe permitia trazer: o Mokujin. Contudo, mesmo que ainda estivesse absorvendo energia natural, pôde ver que haviam obtido êxito ao derrotar o Sol-Negro, e a manifestação de chakra fora interrompida e, consequentemente, o preparo de seu jutsu também. Nisso, pôde observar aos seus arredores, observando que havia muitas baixas, principalmente causadas pelos malditos seres que outrora estavam o atacando. De soslaio, observou que um dos membros da Aliança Shinobi caíra, e em meio a queda do rapaz ao solo, o Senju tratou de utilizar-se de sua velocidade máxima (34 m/s) para ir até ele. Ao chegar no rapaz, mesmo com tamanha euforia dos demais moradores por conta do sumiço das gárgulas e, talvez, possivelmente, membros da Aliança, visou prestar socorro.
 
Abaixando-se, aproveitou que ainda estivera em seu Modo Sábio, tendo uma força muito maior do que costumeira, e levou ambas as mãos ao encontro do corpo alheio, visando levantá-lo e fazer com que a canhota do rapaz fosse passada em seu pescoço, onde o deixaria apoiado para que conseguisse carregá-lo, enquanto a sua destra o segurava firmemente. ──── Você ficará bem. Vou te levar para receber ajuda. Eu conheço um ninja médico que lhe deixará bem. ──── Proferiu, o tom de voz era ameno, embora que permanecesse olhando ao horizonte, visando, é claro, evitar eventuais ataques que pudessem acontecer, para proteger a si e o aliado. Não deixaria com que ninguém ficasse para trás. Por sorte, Chozen possuía um sensei que tinha capacitações curandeiras de primeira. Iria querer levá-lo para ele, pois, apesar de não saber onde estivesse, tinha convicção de que Noboru também estaria vivo. Se ele estava, como o mais velho não estaria?
 
Em meio aos gritos dos moradores, que se armavam para arrebentar com os jashinistas, algo curioso começou a acontecer. Um tremor, vindo em conjunto de uma nuvem carmesim, além de raios e trovões, se fazia presente no local. Conforme a nuvem começou a descer, sua feição se fechou, e não sairia dali, ficaria completamente atento, pois, diferente de outrora, não sentira absolutamente nada dentro daquela nuvem, mesmo com o seu Modo Sábio ativo. Independente do que ocorresse, trataria de proteger o que estava apoiado ao seu ombro também.
 
Fora completamente coberto pela nuvem, e o desconhecido o aguardava.
Considerações:
Habilidades Ativas:
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Império Jashinista] - Fase FINAL (Gennin/Chuunin) - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte