:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Centro da Vila
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes Templa52

Revescream
Genin
Revescream
Vilarejo Atual
[Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes Templa52

[Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes - Publicado 19/12/2021, 21:30

921Palavras

O Natal na Fazenda de Marionetes

Falas | Pensamentos
Dia vinte e cinco de Dezembro, época de festas simbólicas e amorosas, o Natal finalmente chegava a todas as partes do continente ninja; inclusive em Sunagakure no Sato. Por mais que o ambiente desértico e o clima quente – durante o dia, fossem totalmente opostos a imaginação de um cenário natalino isso não impedia o povo da Vila Oculta da Areia de enfeitar suas casas e ruas com as mais belas decorações e festejasse com suas famílias e amigos esse próspero evento. Da manhã a tarde, as vestimentas eram na grande maioria as roupas casuais com algumas decorações natalinas, mas que ainda eram suportáveis para o clima seco natural dali; a noite, os trajes mudavam drasticamente, com agasalhos e roupões mais confortáveis e sofisticados, além da beleza e friagem noturna que recaía sobre o deserto em todo seu esplendor.

Como a maioria dos habitantes, Ravena Romanoff também estava ansiosa para começarem as festividades. Ainda que sua falta de habilidade social, combinado a sua timidez excessiva, prejudicasse muito sua comunicação com outras pessoas a felicidade contagiante dessas atingia mesmo alguém tão desajeitada como ela mesma. Em seu rosto a fina linha tênue de um sorriso enfeitava seus lábios, expressando o suficiente para quem a conhecesse entender o que ela sentia em relação a tudo aquilo. Devido a suas complicações, Ravena não era exatamente alguém de muitas amizades; na verdade, a garota não lembrava de nenhum amigo que lhe viesse a memória num primeiro instante, sendo seus pais os únicos com os quais mantinha um contato direto e um relacionamento de amizade e companheirismo familiar.

Ao chegar da noite, horário em que a vila oficialmente começava sua celebração, Ravena podia visualizar diversos eventos acontecendo durante o que parecia ser um festival natalino; famílias passeando unidas pelas ruas observando os enfeites espalhados pelo cenário, jovens visitando as barracas de entretenimento e lanches caseiros, idosos tirando a sorte nos biscoitos tradicionais da véspera de ano-novo, crianças rodeavam a árvore de natal e criavam uma fileira para encontrar um bom senhor vestido de Noel, e os casais de tradição japonesa celebravam a noite com um jantar à dois nos restaurantes tematizados antes de se caminharem para os hotéis reservados. A jovem antissocial sequer percebia as intenções desse último destino, nem precisaria por aquela noite, tendo sua atenção mais focada no espetáculo que aconteceria em breve no Centro da Vila.

Para a surpresa da jovem, seus pais tinham se oferecido na realização de um "Show de Fantoches" para um orfanato carente e a incluíram na participação do mesmo. Um suspiro meio-audível libertava um pouco de seu descontentamento, ela admirava o gesto de seus pais e faria aquele trabalho de bom grado, mas "Custava ao menos eles avisarem antes de fazerem as coisas no impulso?" assim Ravena pensava, antes de se permitir sorrir com as intenções bondosas que aquelas ações tinham. Talvez fosse mais uma maneira deles tentarem fazê-la se soltar mais naquela festa, ou pelo menos sentir-se mais confortável na presença da multidão, ou até mesmo uma atividade na qual poderiam fazer todos juntos como uma família; em todos os casos, a jovem Romanoff apreciava verdadeiramente esse sentimento que tanto a aquecia em seu peito.

Dentro do local do espetáculo, os preparativos para o Show estavam finalizados; os bonecos já estavam postos em seus respectivos lugares, o cenário de ambientação também já estava colocado atrás das cortinas avermelhadas, e a decoração composta por enfeites típicos do feriado – bolas natalinas, luzes pisca-pisca, estrelas e árvores natalinas – também estava concluída. Restava somente que os voluntários controladores dos bonecos assumissem suas posições, escondidos atrás do palco construído no centro da praça. A família de marionetistas se olhavam entre si, acenando com a cabeça em concordância quando utilizavam sua técnica especial sobre os fantoches (Kugutsu no Jutsu), fazendo-os ganharem vida poucos instantes das primeiras cortinas se abrirem e o teatro de marionetes finalmente começasse.




"O Natal na Fazenda de Marionetes" durava cerca de seis minutos, tempo esse em que Ravena podia ouvir diversas risadas e gritos infantis reagindo com entusiasmo ao Show. A titereira sentia uma emoção estranha cutucando seu peito, semelhante a quando percebia as intenções boas de seus pais, mas desta vez eles estavam direcionando essas intenções para outras pessoas além dela. Ao fim do espetáculo uma grande salva de palmas era acompanhada pela aclamação do público satisfeito, com as cortinas se fechando e os manipuladores dos fantoches podendo sair de seus lugares. A mais jovem não sabia como reagir, entretanto, sendo pega de surpresa quando sua mãe e seu pai juntavam-se em cima dela para um abraço coletivo.

O calor de seus corpos confortava a pequena Romanoff, junto as palavras de orgulho que se seguiam daquele momento em família. Estavam felizes, não apenas por terem passado o natal fazendo o que mais gostavam juntos, e sim, por terem realizado uma boa ação com isso, trazendo felicidade para aqueles que mais precisavam de acolhimento e razões para sentir gratidão pela vida, o amor ao próximo e união de quem consideravam família. Mesmo a falta de habilidade social de Ravena, que a impedia de entender completamente essas boas causas e emoções positivas que transbordavam do peito, não a impedia de sentir que também precisava sorrir para tudo isso, que também precisava agradecer por encontrar pessoas maravilhosas para estarem ao seu lado e que ajudar o próximo também era uma forma de sentir e transmitir amor para mais de uma vida.

Ravena Romanoff estava realmente feliz por tudo isso.

Feliz Natal a todos... E que tenham ótimas festas!

[Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes Hp210 HP: 200/200 [Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes XQKY0 CH: 200/200 [Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes 6b80b9965b1ec4d47c31d7eccf8ce4b0---cone-amarelo-rel--mpago-by-vexels ST: 00/02  》

Considerações:
Informações:
Equipamentos:
Técnicas/Habilidades:
Descrições:


emme

_______________________

[Evento OFF – Natal Akatsuki] O Natal na Fazenda de Marionetes Templa56
"Relâmpagos Gêmeos!"

Criação de Habilidades | Evoluções | Criação de Itens | Recompensas Diárias