:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kumogakure no Sato :: Centro da vila
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 25/10/2021, 20:49


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador




O pequeno gennin, após o treinamento com sua nova equipe e tomada com sucesso dois Guizos, voltava a sua não tão pacata vida normal em Kumo, à espera de uma nova oportunidade de missão ou aventura com seus novos amigos. Em meio a esse hiato, uma situação inusitada é vista por ele.

No meio de seja lá qual for a atividade que esteja sendo conduzida pelo jovem Juugo no momento, ele verá uma cobra. Talvez sinta pânico a princípio, se tiver medo do animal, mas logo perceberá que não é uma cobra regular. Não é um animal que procura por comida, ou ataca para se defender. O réptil, imóvel, ficará observando a criança fixamente. Seus olhos, vermelhos da cor do sangue, parecem convidar o rapaz para alguma coisa.

Se tentar falar com a cobra, não obterá respostas, a não ser o atual olhar penetrante da criatura. Se tentar se aproximar da serpente, ela seguirá para trás, buscando se afastar, mas indo numa direção específica. Se ele notar que ela o está conduzindo a um lugar e seguí-la, percorrerão um caminho de vinte minutos até um bosque no nos arredores do vilarejo.

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 25/10/2021, 21:24


Após dois treinos seguidos e bastante intensos, a maioria das pessoas poderia dizer que a criança estava um bagaço, sua pilha tinha acabado ou qualquer coisa do gênero, estava realmente cansado, mas sabia que aquilo era só um sinal que o treino havia sido efetivo. E para recuperar suas forças, estava como sempre em um dos bosques da vila de kumogakure, esses que eram bem poucos e pequenos em relação aos que queria, talvez com uma exploração para outras vilas tivesse o que queria, mas aquilo ficaria para algum outro momento. Enquanto conversava com algumas toupeiras e insetos, todos os animais começavam a correr e voar de medo, um predador natural havia chegado naquele lugar e todos precisavam fugir por suas vidas, em mais uma luta pela sobrevivência e permanência naquela terra de diversos desafios e terrores a cada dia. Parecia ser uma cobra, com olhos vermelhos que realmente eram assustadores, mas já havia visto e feito amizade com animais muito maiores e mais perigosos, uma cobrinha daquele tamanho não era nada problemático para o amante dos animais. Como sempre, tentava conversar com aquele animal, mas o mesmo parecia não responder, apenas ficava parado, estático como uma estátua, era no mínimo intrigante aquela situação toda. Com uma curiosidade grande, o jūgo tentava se aproximar do animal e tocá-lo, achava que poderia estar machucado ou algo do tipo. Porém, antes que pudesse realizar qualquer contato, a serpente rastejou para longe, atraindo o Gennin que seguia logo atrás com passos largos e um pouco apressados, agora sim estava muito curioso para onde iria ser levado, mas também um pouco preocupado.
Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 26/10/2021, 20:38


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador




Ao chegar no local, um descampado rodeado de árvores densas, no meio de uma floresta escura, o inocente menino encontra um homem, mascarado. Seu ar era muito amedrontador, colocando o jovem Juugo nos efeitos de um Sakki mesmo sem querer. A cobra iria até o mascarado, que tinha cabelos negros como a noite, apesar de ralos e grandes entradas, indicando velhice. Sua máscara cobria do nariz para baixo, e o gennin podia notar que sua pupila não era comum, mas sim estreita.

O experiente homem conseguirá notar o medo da criança, mas isso não o impedirá de se aproximar dela. Caso Sutibun saia do seu estado nervoso, o mais velho dirá, enquanto guia sua cobra até poucos centímetros do nariz do menino:

— Você gosta de animais, rapazinho?

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 26/10/2021, 21:49


Ao chegar naquele lugar estranho, o garoto permanecia com a guarda fechada e o olhos atentos ao chão onde pisava, tentando perceber se iria ter alguma armadilha pelo caminho ou coisa do tipo. Ainda estava dentro da vila, mas a maioria dos ninjas havia saído para aquela guerra estúpida por algo que nem sabia o que era, mas o que sabia era que não podia confiar naquele momento que não teria perigos dentro de sua própria aldeia, estava por sua conta e risco ao seguir aquele animal. E dito e feito, após finalmente chegar no local em que a serpente vinha rastejando para chegar, o jūgo observava aquele homem estranho e ficava se perguntando de onde havia saído aquela "coisa", sua máscara era uma das coisas mais diferentes de sua aparência, será que era assim as máscaras Anbu? Achava que provavelmente não, senão o quesito esconder a identidade seria jogado fora por completo. Mas o que mais lhe chamava atenção eram seus olhos, e por mais que as pupilas fossem definitivamente estranhas e diferentes da de um humano normal, seu olhar era o que mais atraía sua atenção, seus olhos demonstravam uma intenção assassina tão grande e tão intensa que o garoto nunca havia visto, ou pelo menos, pensava que não, ficava daquele exato jeito quando perdia as estribeiras e atacava qualquer um à sua frente, famoso ataque de pelancas. Estava morrendo de medo que aquele velho pudesse fazer algo de muito ruim para com o Gennin, era como se o mais frio dos gelos estivesse passando bem no meio de sua espinha, um calafrio se espalhava por todo o corpo, e como uma reação natural de defesa e puro instinto pela manutenção da própria vida, o garoto permitia que a energia natural dali fizesses seus músculos e ossos mais fortes e resistentes, deixando seu braço direito, perna esquerda e tronco com a pele acinzentada e com chifres e espinhos saindo como apêndices, era sua transformação parcial que havia recentemente assumido total controle, uma conquista que o deixou mais feliz do que qualquer outra coisa. Mas felicidade não era o que estava sentido, mas sim bastante medo e apreensão do que acreditava ser um "senhor das cobras". O garoto nem mesmo havia sentido sua transformação ser ativada, era quase como se estivesse anestesiado de tanto medo, nem sabia direito como sua expressão facial estava, mas quem visse veria o olhar do Gennin tremia e seu corpo para congelado, sua única consciência era de cerrar os punhos. Mas aém da transformação de seu corpo, o garoto usava das habilidades de seu clã para pedir socorro para o maior animal comum e mais forte dali, algo como um felino bem feroz para poder se defender, como um tigre grandão, era por isso que pedia socorro, o que esperava que o velho não fizesse a menor idéia do que estava fazendo, não parecia saber falar a língua dos animais. Isso tudo entre muitas pausas e tremedeiras na voz para pedir ajuda.

-- O q-que você quer c-comigo?

Enquanto isso, o garoto percebia aquela serpente perto de seu rosto, e inclinava seu corpo e cabeça para trás, erguendo os braços na altura do rosto com o objetivo de se proteger contra aquele animal peçonhento e possivelmente perigoso.
Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 27/10/2021, 00:49


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador




— Você entendeu errado. Não há animais por aqui, pelo menos não os que você conhece. Somente as minhas adoráveis cobrinhas. — Fez então um barulho esquisito com a boca, que fez aparecer algumas dezenas de cobras ao redor do local. Todas pareciam ter o mesmo olhar, e tudo ali era muito assustador. Elas, porém, não partiam em direção ao menino para atacá-lo, mas sim ficavam ao redor dos dois, formando um círculo não-perfeito. Pareciam também seguir alguns comandos de mão do homem estranho.

— Essa em minha mão é Penny. Penny não é comum, é uma cobra de estimação pela qual tenho muito apreço. Estive por muito tempo no mundo estudando os animais, em específico esses répteis fantásticos. Hoje, porém, estou mais velho, e sei também que a vida de um ninja é muito volátil. Pensei então em passar meus conhecimentos adiante, e pedi a ela que buscasse alguém que ela sentisse profunda conexão. Você aparentemente foi o escolhido, meu jovem. Agora responda à minha pergunta: Você gosta de animais? O que você sabe sobre as invocações? Me conte sobre você. Caso se recuse, terá o “prazer” de virar comida das minhas amigas. — O velho homem parecia ignorar a transformação ou o pedido de ajuda de Sutibun, e parecia somente interessado numa resposta para as suas perguntas.

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 27/10/2021, 01:11


Okay, primeiro, analisar a situação, segundo, bolar uma estratégia, terceiro, executar a estratégia, quarto, sair vivo dali com todos os membros. Essas eram as etapas que o garoto estava planejando executar naquela situação tão atípica e esquisita, mas que de uma maneira que não sabia explicar com palavras, era reconfortante, sensação que esperava entender alguma hora. O primeiro passo era analisar. Aquele velho obviamente tinha um grande domínio sobre aquelas criaturas, obedeciam seus comandos e parecia ser capaz de convocar muitas mais quando fosse preciso. Outro ponto era de que não contaria com auxílio de outros animais, provavelmente todos estavam sendo digeridos pelas serpentes. E por fim, teria que responder aquelas perguntas de acordo com o que mais agradasse o homem para conseguir sair dali. A segunda parte do plano era bolar uma estratégia. Iria responder as perguntas feitas com o que achava que iria satisfazer o velho, sendo verdade ou não. Estava claramente em desvantagem e fora de condições para uma luta, mesmo com sua transformação parcial, não iria aguentar contra todas aquelas cobras, não tinha um ataque em área para aquilo ainda. Ou seja, tudo precisaria ser no diálogo, na conversa e na maciota para tudo funcionar. A terceira e quarta parte iriam depender de como iria responder, então tomava alguns segundos para formular suas respostas e então dizê-las.

-- E-eu gosto sim de animais. Consigo falar com eles c-como se falasse com outra pessoa, é algo natural pra mim, peço ajuda com coisas e eles geralmente atendem, ganhando comida ou um simples carinho em troca. Sobre invocações, acho que já vi meu sensei fazer algo do tipo, não sei o que era, mas ele fez surgir um c-corvo do nada. E eu não sei por que essa sua cobra me escolheu como seu sucessor, ou qualquer outra coisa que seja isso, mas o que isso significa exatamente?.
Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 625 | 625
ST: 00 | 05

Informações:


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 27/10/2021, 13:20


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador




— Hummmmm, então tá explicado o motivo dessa belezinha te ter escolhido — Disse, num tom mais ameno, enquanto acariciava a cabeça da cobra, que tinha reações esquisitamente humanas e parecia apreciar aqueles toques. — Corvos são uma porcaria, pássaros feios e burros, não servem para nada além de comer carniça. Boas são as cobras, belíssimas e leais. Às pessoas certas, é claro, mas sempre muito leais. Você já viu que não deve ter medo de mim, então a pergunta que vou te fazer é mais profunda. Você quer, como eu, dominá-las num nível superior? — O olhar dele voltava a se tornar um pouco mais sério. Nas suas palavras, era possível sentir sinceridade, como uma resposta à pergunta do que aquilo significava. Mediante a uma resposta positiva, ele estenderia sua mão direita, em direção a Sutibun, mão essa portando um pergaminho.

— Não abra até sair dessa floresta pelo mesmo caminho que entrou. Quando abrir, saberá o que fazer. Caso seja digno, volte até aqui, nesse mesmo lugar, e eu te mostrarei a mais incrível habilidade desse mundo.

Considerações:





[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 27/10/2021, 13:55


Então aquilo era algo como uma espécie de "passar o bastão", perpassar uma habilidade que alguns poucos conheciam. A ideia de conseguir controlar todas aquelas cobras era tentadora e incrível, e como a névoa de um dia tempestuoso, seus pensamentos eram entorpecidos pelas estratégias que já bolava mesmo sem saber exatamente como usar aquele poder, esse que iria deixar suas habilidades de luta ainda mais incríveis e com uma sagacidade e agilidade nos movimentos que parecia inacreditável, uma oferta única da vida pensava que a criança. Seu único receio era que aquilo podia ser algum tipo de maldição, ou que o pergaminho tivesse um selo com efeitos desastrosos, mas não parecia muito o caso, o velho parecia apenas querer uma espécie de discípulo, e tinha conseguido sem muito esforço, sutibun já estava se imaginando como um mestre de todas aquelas serpentes e matando qualquer ninja inimigo com venenos e ataques ocultos rápidos. Com um sinal de confirmação com a cabeça, o jūgo recebia aquele pergaminho com a mão direita e o segurava firmemente com os dedos, estava muito curioso para ver o que tinha lá dentro.

--Acho que devo dizer, obrigado, certo?

Pensando que agora já estava fora de perigo, o jūgo voltava para sua aparência normal infantil, desativando a transformação parcial e relaxando um pouco, sentindo que agora não estava mais tão travado de medo, havia se acostumado com aquela sensação por aquele momento. E então, com passos cuidadosos e esperando que as cobras abrissem o caminho, sutibun seguia as pegadas sobre o chão que havia deixado para o exato mesmo ponto em que havia encontrado aquela serpente, a tal Penny, e dali seguia até um pouco mais adiante, chegando em uma rocha monolítica grande, essa onde se sentava próximo e usava de apoio para as costas. Com isso, o Gennin respirava fundo e se certificava que ninguém estava perto para bisbilhotar, de onde só então abria aquele pergaminho com os olhos entreabertos e quase rezando para ser só algumas instruções do que fazer.
Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 28/10/2021, 00:28


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador




Ao abrir o pergaminho, nenhuma armadilha ou afim sai de dentro do manuscrito, e as instruções são bem claras.


No subúrbio, a dois quilômetros do portão, o leitor dessas palavras encontrará uma velha cabana, caindo aos pedaços, mas com um encantador cheiro de carvalho molhado espalhado por todo o redor. Residindo na construção há um homem, que é um grande desgraçado e velho inimigo de Honda, o Verdadeiro Mestre das Cobras. Esse homem já foi um grande shinobi um dia, mas hoje é apenas um velho caquético que vive em cima de uma cama. Roube o bastão que ele guarda, e sua recompensa será dada.


O gennin estava livre para seguir as instruções do pergaminho ou não. Por que o próprio mestre das serpentes não tomava para si o item que queria, uma vez que era tão poderoso? Seriam as palavras ali presentes reais? Eram só algumas das perguntas que podiam surgir na mente do pequeno Juugo.

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 28/10/2021, 01:12


Então teria que matar uma pessoa para conseguir o poder que desejava obter. Conscientemente nunca havia matado ninguém, então seria um sentimento novo e talvez estranho para a mente inocente da criança, mas graças ao treinamento da academia de kumogakure, suas emoções estavam sob controle e poderia matar aquele velho sem muitos problemas, ou pelo menos, assim esperava que fosse. O garoto então fechava aquele pergaminho e o guardava em seu bolso, logo em seguida estalando as juntas do corpo e se preparando para o assassinato daquela tarde.

Após alguns minutos de uma longa caminhada pela vila, o jūgo avistava logo a sua frente a tal casa caindo aos pedaços, onde deixava o olhar vagar pela estrutura daquilo e buscar alguma entrada fácil, seja por portas no fundo, ou uma janela. Com a mão direita, sutibun puxava uma kunai e pulava silenciosamente para o telhado da casa velha, concentrando chakra nas pernas para deixar o pouso mais suave e não muito barulhento. E então, Sutibun deixava seu rosto próximo a alguma janela que pudesse ter ali e tentava observar algo lá dentro, tendo como alvo a silhueta de uma pessoa velha e possivelmente corcunda.

Enquanto isso, a mente do garoto ia sendo alterada. O jūgo permitia que a insanidade tomasse conta de seus pensamentos e o fizesse pensar nas maneiras mais cruéis, dolorosas e sádicas para poder matar o velho decrépito. Estava formando um largo sorriso de felicidade apenas com aquela simples idéia.

(Se prepare, velho caquético, hoje vou te fazer voar com o corpo empalado por uma árvore.)
Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:



_______________________

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Picsar10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 28/10/2021, 21:51


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador



O cheiro descrito, além do local, eram identificados pelo jovem Juugo. No local, como procurava, encontrou a silhueta do velho homem, que segurava um bastão? Seria o bastão ao qual o pergaminho se referia? Muito provavelmente, uma vez que o dito bastão possuía uma cabeça de cobra na sua ponta, na cor dourada.

Sua distância até o homem não era grande, cerca de 25m. Ele também ainda não havia sido identificado, pelo menos aparentemente, uma vez que o idoso já parecia ter sua visão bem prejudicada.


Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 28/10/2021, 23:02


Aquele era o senhor que teria que matar, parecia ser o comandante supremo das cobras que aquele esquisito do mato havia dito, ou qualquer coisa assim, o que não importava muito, já que aquele título logo iria ser ocupado pelo jovem jūgo e sua mente cada vez mais perturbada. Sem muita demora para concluir logo de uma vez o que considerava ser uma missão de assassinato e extração de um objeto importante, o gennin tentava levar sua mão direita até a bolsinha que tinha na cintura, puxando três agulhas senbom e as segurando pelos dentes como palitinhos.

Buscando um ataque furtivo, ou ao menos, o que aquele poço de insanidade ambulante achava ser um ataque furtivo, sutibun tentava quebrar aquela janela com um movimento retilíneo de kunai e jogar seu corpo para dentro daquela cabana com rapidez e agilidade máxima. E com todo o cuidado possível, o garoto tentava canalizar o chakra na sola de seus pés e apoiar seu corpo na parede com os pés, assim evitando tocar no chão e em possíveis armadilhas, ou assim esperava. Com seu possível êxito naquela investida e uma diminuição da distância para 22m entre o velho e o garoto, o mesmo tentava disparar aquelas agulhas contra as costas do velho com a força de seus pulmões, o que graças a sua precisão cirúrgica mesmo a essa distância, um disparo a 20m/s e seus conhecimentos em anatomia humana, esperava acertar bem nas vértebras daquela coluna caquética e com certeza bastante frágil pela idade, isso tudo na tentativa de paralisar aquele velho logo de início e matá-lo sem maiores problemas. Aquele ataque se assertivo, iria deixá-lo sem qualquer movimentação do pescoço para baixo, mas ainda sendo capaz de sentir dor e tudo que estava planejando fazer.

Por fim, tendo acertado seu alvo ou não com as agulhas, o garoto tentava arremessar sua kunai contra a parte de trás do joelho inimigo, usando de um movimento comum de arremesso com a lâmina, esse que possivelmente atingiria seus tendões e inutilizaria aquela perna se já não estivesse totalmente paralisada.

-- Ei velhote, eu quero jogar um jogo.

Força Máxima
Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 01 | 05

Informações:



_______________________

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Picsar10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Salvatore
Salvatore
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho 5db45e10

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 30/10/2021, 00:36


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador



A investida era bem sucedida, e o velho sem esperar leva diversos golpes, que iam desde perfurações. Sutibun, sabiamente usando de suas qualidades para localizar pontos precisos do corpo humano, consegue com facilidade imobilizar completamente todos os movimentos do idoso. Caído ao solo, já sem o bastão cujo caira imediatamente após o primeiro golpe, ele ouve a provocação da criança e, em meio a gemidos de dor, dá uma breve risada.

— Tola criança, você já foi envenenada pelas mentiras daquele que se entitula o Príncipe das Cobras. Como pôde ver, ele não tem coragem de dar as caras aqui, o homem que foi meu aluno e deve tudo o que tem a mim, como pôde encomendar a morte do próprio mestre? E pôr o sangue nas mãos de uma inocente criança. Tenho poucos segundos de vida, mas se devo te alertar de algo, é para que saiba que ele só é amigo dele mesmo. — Disse antes de seu último suspiro. Ainda que não tivesse sido atingido em regiões literalmente fatais, os golpes foram o suficiente para ceifar a vida do pobre velho. O Juugo agora tinha o necessário para dar sua missão como cumprida e retornar até o seu "mestre".


Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 30/10/2021, 02:06


Após o garoto matar aquele velho, um sorriso de desgosto se formava em seu rosto junto a uma grande raiva. Estava puto da vida por não ter tido a diversão que queria. Havia pensado em tantas coisas para fazer, o poste daquela rua era perfeito para deixar alguém empalado, um verdadeiro desperdício. Mas, já que estava ali, não iria perder a oportunidade de brincar um pouco. Aquele velho iria partir cedo demais, sem deixar nenhuma diversão psicótica para a mente perturbada daquela criança, e aquilo não iria permitir de jeito nenhum.

Com um único salto perfeitamente calculado, sutibun saía daquela parede e deixava seu corpo recair sobre o daquele velho decrépito que agora se encontrava morto literalmente aos seus pés, contudo, também tomava bastante cuidado para não pisar nas próprias senbons que havia lançado, essas eram retiradas e guardadas de novo na bolsa com as mãos, junto a kunai.

A primeira coisa que fazia após o assassinato, era usar de sua grande força e peso para fazer pressão sobre as costelas da vítima, sapateando em cima de seu cadáver ainda quente e quebrando todos os ossos que pudesse achar enquanto dançava, como clavícula, costelas, coluna espinhal, até mesmo o cóccix era repartido em dois. Esses ossos agora quebrados, perfuravam os pulmões, intestinos e coração do velhote, que àquela altura já estava morto faz tempo, não iria sentir nada infelizmente.

Quanto ao jūgo maluco pisoteador de cadáveres, seu corpo já estava completamente manchado de sangue e pisando em uma poça de sangue. Aquilo era tão bom e divertido que chegava a ser excitante, pena que não tinha a parte sonora com gritos de dor e agonia.

Após alguns minutos nisso, o garoto começava a recobrar sua sanidade pouco a pouco, já que agora não tinha mais quem matar ou o que fazer com a poça de carne e sangue. Estava com um forte gosto de ferro na boca, e nem precisava desviar o olhar para saber o porquê. O que interessava agora era a completude da missão, essa que com as últimas palavras do velho, talvez tivesse uma ligeira mudança, precisava investigar um pouco mais para descobrir o que fazer agora. E com sua sanidade redobrada e a possibilidade de organizar um plano, iria pensar um pouco melhor em seus próximos passos.

Depois de cerca de 30min dentro daquela cabana (contando desde a morte do velho), Sutibun usava de suas mãos para realizar os selos (Carneiro, Cobra e Tigre) do jutsu de clonagem, formando uma cópia idêntica à sua que também segurava um bastão, estava sujo de sangue, com as mesmas roupas, cheiro, e tudo mais que pudessem usar de identificador. Em seguida, o jūgo formulava outra série de selos (Carneiro, Javali, Touro, Cachorro e Cobra) para preparar um jutsu de substituição, em que seria trocado por uma cadeira daquela cabana velha quando atingido. E então, o bunshin saía pela porta da frente em direção ao bosque onde o velho das cobras estava. Enquanto isso, o original saía pelas janelas de maneira bem discreta e seguia o caminho mais de longe, indo pela copa das árvores, bem longe de onde qualquer cobra pudesse chegar, e mantendo uma distância de 15m, uma kunai na mão direita e o bastão verdadeiro preso por fivelas em suas costas.

Ao chegar no local onde havia visto o velho das cobras pela última vez, o bunshin ficava parado com o bastão falso na mão e esperando sua recompensa, ou seja lá o que fosse ganhar com aquilo. Enquanto isso, o original se mantinha dentro da folhagem das árvores mais altas a 15m de distância daqueles dois, mantendo uma linha de visão reta e relativamente limpa o suficiente para saber tudo que estava acontecendo lá embaixo. Seus instintos lhe diziam que o velho estava mentindo sobre lhe ensinar a controlar as cobras, e se esse fosse o caso, não teria outra escolha a não ser roubar seus conhecimentos.

-- Eu fiz o que me pediu. Matei o velho e trouxe esse bastão estranho. Agora, por que tudo isso? Você deu a entender que precisava de um discípulo dos seus poderes, quero saber mais sobre, por favor.

Fala do clone para o velho das cobras.

Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 01 | 05

Informações:



_______________________

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Picsar10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 30/10/2021, 17:15


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador



Após a ultimo som sair da boca do shinobi ele iria escutar somente o barulho de um vento forte que passaria por aquele local, fazendo as folhas se mexerem. O som de folhagem em movimento seria escutado de novo, pouquissimo tempo depois, onde ele veria o homem velho sair de trás de um arbusto alto e denso. Ele ainda teria a pequena cobra junto consigo e um singelo sorriso no rosto.

- Você conseguiu, meu jovem. - Disse com a voz ressaltando sua idade. - Eu sou um homem de palavra e vou mostrar para você um pouco sobre o poder das cobras.

O Senhor morderia um dos dedos enrugados, que romperia o tecido e sairia o liquido carmesim, levando a mão até o chão. Uma cortina de fumaça que cobriria uma grande area iria surgir e quando ela fosse dissipada pelo vento o Shinobi poderia ver cinco cobras de tamanhos e colorações diferentes. Uma vermelha, uma azul, uma amarela, uma verde e uma roxa.

- As cobras além de terem tamanhos diferentes, também conseguem ter habilidades próprias. Essas conseguem cada uma ter uma propriedade elemental. Pode aproveitar um pouco e conhece-las, mas passe esse bastão para mim.

O Shinobi poderia interagir com as cobras caso quisesse, logo após de entregar o bastão para o velho. As cobras pareciam amenas, tranquilas e não agressivas. Viriam a se comunicar com o mesmo, caso fosse necessário.

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 30/10/2021, 19:05


Era no mínimo intrigante a forma como aquele velho fazia todas aquelas Serpentes aparecerem do nada ao seu lado. E com sua atenção focada em cada movimento do mestre das cobras, o Juugo original analisava e decorava a série de selos de mão necessários para aquele jutsu, série essa que não parecia muito complexa ou difícil de ser executada. Além de perceber que a invocação exigia um pouco de sangue para funcionar, como um verdadeiro pacto entre mestre e invocação, um preço bem barato por sinal, só algumas gotas de sangue já pareciam bastar.

-- Okay, toma aqui. Cada serpente é única e tem suas próprias particularidades. Para invocá-las eu sacrifico um pouco de sangue, realizo a série de selos e bato a palma no chão, correto?

Após a fala de seu clone, sutibun respirava fundo e jogava aquele bastão contra o chão logo à frente do velho das cobras, mas sem acertá-lo, como se fosse um grande arpão. Após isso, o Gennin apoiava as costas no tronco de uma árvore e descia por ela como um escorregador na direção do chão, canalizando um pouco de chakra nas costas para manter uma velocidade constante e relativamente baixa para não se machucar.

Após chegar no chão, mantinha a kunai escondida em sua manga direita e assumia o lugar de seu clone, esse que por sua vez já estava desfeito e reduzido a uma pequena cortina de fumaça. Sua expressão esboçava um sorriso de felicidade, estava verdadeiramente animado com aquela nova técnica que iria aprender.

Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:



_______________________

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Picsar10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 31/10/2021, 17:16


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador



O homem pegaria o bastão com sua mão direita, olhando com ambição e desejo para o artefato, voltando o olhar para o garoto logo em seguida.

- Isso é a parte pratica, mas para se ter acesso a invocação das cobras você terá primeiro que ter feito o contrato de sangue com as cobras. - Bateu duas vezes o cajado no chão fazendo alguns espinhos crescerem no artefato, que acabou por ferir a mão do mais velho e abaixo da ponta do cajado que tocava o chão aparecer um selo de invocação.

Uma fumaça forte e densa apareceria e ao dissipar o genin veria uma cobra grande, de cerca de vinte metos de comprimento, com as escamas de um branco quase transparentes que dava a ideia que ela fosse feita de diamante ou cristal. A cobra carregava abaixo de sua cabeça um pergaminho grosso e grande, que veio ao chão no momento que o velho levantou a mão.

O pergaminho foi aberto pelo homem a frente do genin, se o shinobi notasse iria ver vários nomes assinados e marcas de palmas de mãos com uma tintura avermelhada.

- Escreva o seu nome e encharque a sua mão com o seu sangue e a coloque embaixo do seu nome. Tem que ser o você de verdade, jovem garoto - Ditou o senhor.

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 31/10/2021, 17:45


-- Não se preocupe, esse é meu verdadeiro eu.

Quando o garoto viu aquela serpente gigante surgindo do nada e se aproximando de si, dizer que estava assustado era o mínimo, mas também estava empolgado. Não sabia que um animal poderia ser tão grande assim, principalmente as cobras e outros répteis, já que estava acostumado com as de tamanho padrão, e não essas gigantescas e aparentemente bastante fortes e poderosas. E quando viu aquele pergaminho enorme se abrir aos seus pés, e ouvir as instruções do velho, percebia que aquilo era literalmente um pacto, mais especificamente, um pacto de sangue. Bem interessante a forma como iria ter acesso aos poderes daquelas Serpentes. E então, com a mão direita, Sutibun pegava uma kunai de sua bolsinha ninja presa a cintura e deixava o fio de uma das lâminas cortar superficialmente todos os dedos de sua mão esquerda, nada que pudesse lhe machucar muito, apenas o suficiente para ter sangue o bastante. Por fim, usando a "tinta vermelha" para escrever seu nome naquele pergaminho e deixar a marcação de sua mão naquele papel branco, o Gennin selava aquele pacto com as serpentes e esperava que agora fosse um "mestre das cobras".

-- Então é isso? Agora eu posso invocar essas serpentes quando eu quiser e sempre que eu precisar?.

Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:



_______________________

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Picsar10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 31/10/2021, 18:10


[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Fb514a652c053a009bbff9d4690a1c64

Narrador



O senhor riria com as perguntas do mais jovem, concordando com a cabeça para o que foi perguntado.

- Sim meu jovem, agora você poderá realizar uma invocação. MAS, não é qualquer uma que poderá invocar. Tudo dependerá de suas habilidades, já que algumas cobras nunca se deixariam serem invocadas por quem não tem nem chakra para invocar-las. - O velho começaria a tossir. - Mas cuidado, nem todas elas são amenas e obedientes.

A cobra de cristal atrás do homem viria a desaparecer, junto com todas as outras, deixando um pouco de fumaça pelo local. O velho tinha ainda um sorriso singelo no rosto, segurando possessivamente seu bastão.

- Por que não tenta invocar alguma agora? - Sugeriria ao genin. - Como se fazer você já sabe, ne? Só manchar sua mão com um pouco de sangue e mentalizar uma cobra ou alguma em especifico. Caso consiga invocar nem que seja uma cobra, poderá partir de volta de onde veio.

Caberia ao genin tentar a invocação naquele momento. O Genin teria três tentativas e durante o processo deveria mostrar algum tipo de falha, já que não era todos shinobis que conseguiam uma invocação perfeita em sua primeira tentativa.

Considerações:

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

thalezs
Genin
thalezs
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Save_210

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 31/10/2021, 18:49


Após ouvir as palavras daquele velho, o garoto apoiava seu queixo com os dedos e começava a pensar. Seu olhar estava voltado para o chão, onde seus pensamentos não seriam nublados por uma possível poluição visual. O garoto estava relembrando todos os passos que seu "sensei, mestre" ou qualquer coisa que aquele senhor pudesse ser, havia feito para invocar aquelas cobras.

A primeira coisa era a sequência de selos, essa que esperava ter memorizado corretamente, mas agora não lembrava com certeza um dos sinais de mãos. Bom, teria algumas tentativas para acertar aquilo. E a primeira delas começava com uma rápida sequência de selos, o uso do sangue em sua mão e o bater do palmo contra o solo. Mas nada acontecia, havia errado um dos selos e o que havia conseguido era literalmente nada, nada havia surgido.

Com mais alguns segundos pensando, Sutibun tentava novamente, só que dessa vez prestando mais atenção aos selos que havia gravado e estava executando naquele momento. Quase tudo estava certo, exceto a quantidade de chakra, havia posto muito pouco para invocação, e isso havia lhe rendido uma miniatura de serpente que era menor do que seu mindinho, bem vergonhoso para alguém que pensava ser tão habilidoso com o controle do chakra.

Agora iria para sua terceira e última tentativa. Se não acertasse naquela, achava que iria morrer pelas mãos daquele velho, então iria colocar o máximo de chakra que conseguia naquela técnica. Naquele momento o semblante do garoto estava um pouco diferente, não estava mais tão sorridente, mas quase inexpressivo, se concentrando ao máximo para conseguir executar aquela técnica com perfeição e não ter nenhuma falha, não iria admitir aquilo. E então, com uma rápida e assertiva série de selos com suas duas mãos, o garoto aproveitava do sangue que já tinha em sua mão e batia a mesma contra o chão, usando de seu grande controle de chakra para expelir a quantidade necessária e fazer surgir uma grande serpente branca que subia por seu corpo e apoiava a cabeça em seus ombros.

-- Vou chamar você de Jurema, okay?

Kuchyose
Serpentes

HP: 375 | 375
CH: 325 | 325
ST: 00 | 05

Informações:



_______________________

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Picsar10

[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CAPÍTULO] O Soar do Chocalho Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado 31/10/2021, 18:58

Situação: Aprovado.
Considerações: -
Recompensas: Kuchiyose: Cobras
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [CAPÍTULO] O Soar do Chocalho - Publicado