:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kumogakure no Sato :: Centro da vila
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

[CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qui 30 Set - 4:56


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

Era verão, a brisa quente conseguia aquecer até os picos altos onde Kumogakure era firmada. A vila, que possuía como colonia o país do som, era um dos pilares sobre o desenrolar do tear do destino do mundo shinobi. A colonização trouxe consigo a obtenção de conhecimentos que muitos desejam, desde então tornando a nuvem um alvo tanto politico como bélico. Mas não somente os grandes peixes estavam atrás dos conhecimentos coletados em Otogakure, pequenos países e organizações estavam em busca do que foi achado.

Era uma manhã de verão amena, mas que premeditava um aumento da temperatura durante o dia, quando um ninja de trajes militar surgiu próximo a casa do Yukikitsune. Não dava para ver totalmente seu rosto, já que estava quase totalmente coberto por uma bandana. Ele entregaria para o Tokubetsu um pergaminho que conteria informações destinadas ao mesmo.

Uma gangue de nukenins está assaltando várias cidades, e a próxima pode ser a nossa. As pessoas estão falando que antes de assaltar, o líder, Kiroshi Yamaguchi se disfarça e fica rondando a vila. O seu dever é achar o líder desses grupo de mercenários e acabar com ele, pondo fim ao plano dos nukenins.

O musicista estava sendo convocado para um missão secreta, teria que encontrar o líder que rondava a vila, descobrir o que queriam e enfrentar a gangue antes que eles conseguissem realizar o furto do que vieram roubar.

Considerações:
Post 1/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qui 30 Set - 19:58



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

No resplandecer de um dia ensolarado de verão, normalmente me fecho em minha residência e pratico dedilhado até que a noite caia e que a temperatura abaixe, todavia, minhas obrigações diárias muitas vezes me consomem o tempo que despendo em meu hábito, e hoje não seria diferente. Ninjas fardados com vestes das forças regulares comparecem em minha casa e me entregam a correspondência, uma cena inabitual, quem dera fosse uma carta de um fã. Abrindo-a, folheio rapidamente seu conteúdo e já consigo entender do que tratava-se, uma missão oficial. Pelo que a carta indicava, eu deveria comparecer no centro da vila para neutralizar um nukenin que atua infiltrando-se nos vilarejos e roubando-os com seu grupo. Tática inteligente, mas se ele foi percebido, então o que lhe falta é habilidade: ー Um roubo necessita de muitas coisas para ser minimamente efetivo. Se for para procurá-los as cegas, devo focar em atividades suspeitas, e provavelmente o lugar que ele aparecerá será próximo do banco da vila ou de locais que possam lhe render objetos valiosos. Pelo visto será um dia longo, pelo menos a noite chegará mais rápido, não suporto calor com essas roupas. ー Digo, divagando sobre uma estratégia e dirigindo-me para o centro do vilarejo, na tentativa de colocá-la em prática. A priori, levando comigo meu instrumento musical, decido que precisava agir com naturalidade, ou seja, tento me camuflar em algum estabelecimento comercial caso chegue.


HP: (725 • 725) | CH: (2.275 • 2.275) | ST: (00 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sex 1 Out - 12:44


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

O Tokubetsu chegou ao seu destino sem dificuldades. O Centro da vila de Kumogakure estava movimentado naquela manhã. Por ser calor, muitas pessoas saíram de casa com suas famílias para realizar compras, o que facilitou com que o shinobi se camuflasse entre os outros moradores da aldeia da nuvem.

Próximo ao homem passaria algumas pessoas pessoas, pareciam eufóricas com algum tipo de noticia que rondava pela população civil.

- Eu estou muito ansiosa, falam que o show deles é fantástico! Finalmente chegaram em Kumo! - Uma mulher, com cerca de um metro e sessenta e cinco, acompanhada de outra mais jovem, riam e continham um brilho no olhar ao comentar.

- Eu esperei muito tempo para ver todas as atrações deles! - Dizia a outra, eufórica.

Se o shinobi percebesse, mais pessoas comentariam sobre algo que estava chegando na vila de nuvem, algum tipo de atração que atiçava o imaginário de todos. Uma pequena explosão aconteceria próximo ao ponto central daquele bairro, chamando a atenção de quem estivesse próximo do local, subindo uma pequena camada de fumaça gélida com efeito visual cristalino.

- Kumo!! Yoh! - A voz masculina, intensificada de alguma forma, foi escutada. Junto a ela, mais fumaça gélida brotou do local e um homem de um metro e oitenta, cabelos longos e roxos, com trajes tradicionais e uma beleza jovial.

- Kumui! - Gritou uma mulher, em algum lugar da multidão que começava a se formar a alguma distancia da nevoa gélida.

Considerações:
Post 2/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sex 1 Out - 14:18



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

O vilarejo estava em serenidade, com apenas o desagrado da temperatura sufocante. Nessa estação, é comum que aproveite-se dos dias ensolarados para transitar pelos arredores e centro de Kumogakure. Mesmo pela manhã, haviam muitas pessoas nas ruas, o que facilitava minha camuflagem. A princípio, a calmaria me levantava questionamentos a respeito da furtividade do nukenin, entretanto, algo me rouba a atenção, murmúrios eufóricos que diziam a respeito de uma aparente apresentação. A notícia chegara a diversas pessoas, com exceção de minha pessoa. Minha vontade seria simplesmente subir em uma mesa qualquer e começar a demonstrar meus talentos artísticos com o shamisém, eu não gosto de concorrência, principalmente em minha própria aldeia, mas uma cortina de fumaça gélida imerge a distância, e infelizmente aquilo exige minha atenção também. Uma figura masculina abruptamente surge da explosão. Kumui aparentava ser seu nome: ー Tá de brincadeira, ele é muito extravagante... ー Digo. Aquilo tratava-se praticamente de uma afronta da mais ofensiva, mas devo manter a compostura e focar em minha missão: ー Eu nunca ouvi falar dele na minha vida inteira, e também, nunca vi uma única apresentação dele. Não há dúvidas que isso é minimamente suspeito, considerando a descrição de minha missão. Acho que vou aproveitar e assistir esse homem. De camarote. ー Digo. Utilizando da técnica Shunshin no Jutsu, tento movimentar-me rapidamente para o topo de alguma edificação próxima, como uma residência, e em seguida, ativando meu dōjutsu Akagan, fito o homem que surgira. Meu poder ocular me permitia ver longas distâncias e, mantendo a concentração, eu poderia estudar os movimentos do mesmo com maior acurácia. Caso obtivesse êxito em minhas ações, o observarei cautelosamente: ー Estatura média, vestes tradicionalistas e sua voz parece ecoar com facilidade. Ele sabe como fazer uma chegada inusitada. ー Finalizo. Aquele homem estava prestes a ser julgado pelo maior musicista de Kumogakure: ー Foca na missão, Kaonashi...


HP: (725 • 725) | CH: (2.245 • 2.275) | ST: (01 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sex 1 Out - 15:34


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

Com seus olhos rubros, do alto, o musicista observava as pessoas aglomerarem perto do homem. Pouco a pouco o lugar foi ganhando mais densidade de mulheres, que frenéticas pediam autógrafos ou musicas para o mesmo. O homem sorria contente, feliz pelo engajamento que estava tendo.

- Pelo visto, todas já sabem que estamos aqui! É com muito prazer que convido a todos para estarem presentes no show da Ressonância Shinobi hoje a noite! - Com isso, ele veio a começar a cantar com sua voz rouca, atraindo a atenção de todos.

Se o shinobi de Kumo percebesse, teria um campo de visão que lhe daria vantagem de captar mais de três pessoas que não se encaixavam nos padrões de moradores da vila da nuvem, já que utilizavam algum tipo de capuz e pareciam analisar o movimento do bairro.

Ao fundo uma linda melodia de um instrumento de corda, agudo, como violino, tocava e atraia mais e mais pessoas para a multidão que se formava em torno do dito Kamui. Infelizmente, não teria como o shinobi saber qual dos encapuzados estava tocando a melodia e nem de onde ela vinha.

Após alguns poucos minutos de fanmeeting o homem de cabelos roxeados desapareceu dentre a nevoa que tinha surgido, mas se observasse bem o Tokubetsu conseguiria ver que os encapuzados tinham se dispersados e o homem de cabelos roxos estava correndo em uma das ruas próximas.

Considerações:
Post 3/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sab 2 Out - 22:38



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Posicionado, consegui ter acesso a uma vista privilegiada, podendo fitar estrategicamente o homem de cabelos purpúreos. Sua apresentação gerou uma comoção, fazendo com que a população presente dirigisse sua atenção a um ponto específico, como um ilusionista lhe engana ludibriando sua atenção. Minha analogia não poderia ter maior acurácia. Seus dizeres a respeito da Ressonância Shinobi, nome do espetáculo, suponho, agiam em simultânea com a movimentação de um grupo de três indivíduos trajados de forma inusuais, contrastante ao restante, cobrindo seus rostos com um capuz. A forma como dividiam-se me causava a impressão de que analisavam a região que observavam: ー Bom, capuz num dia de verão é no mínimo falta de bom senso. ー Comento comicamente. Não somente as palavras do púrpuro ecoavam nos arredores, como também a melodia de um instrumento de corda de aguda afinação. Eu não conseguia determinar de onde a música surgia, mas considerarei não relevá-la. Não demorou para que aquela apresentação se encerrasse, com o homem partindo pela mesma cortina que lhe havia feito chegar, desaparecendo temporariamente. Aquele encerramento foi sucedido pela dissipação do grupo encapuzado e o surgimento do púrpuro logo adiante em uma das ruas próximas: ー Temos muitas coisas para pensar, então vamos organizar em tópicos. O primeiro tópico, a aparição de Kamui. Seria inteligente imaginar que seu objetivo com o Show Ressonância seja justamente roubar a atenção do público, como um mágico. O segundo tópico são aquelas pessoas encapuzadas. A forma como agiam me faz crer que eram observadores, talvez analisando os pontos da vila. Não é para menos que, quando Kamui terminou, eles rapidamente seguiram adiante. O terceiro tópico ainda é um mistério, mas posso especular minha teoria. Aquela música poderia estar agindo como um comunicador. Enquanto a pessoa estivesse tocando, os encapuzados continuariam suas observações e Kamui continuaria a entreter o público. Do contrário, o tempo deles acabou. Tudo isso me soa como um plano milimetricamente arquitetado, e suspeito demais. Se me permitir a ousadia, minha missão já começou. ー Digo, raciocinando a respeito das informações que adquiri e organizando as evidências.


Preciso despender meu tempo de forma controlada e tática, pois talvez ele seja escasso. A melhor forma de acompanhar o movimento de todos é seguir justamente o púrpuro, Kamui. Mantenho o passo pelos telhados, usando o Akagan para observá-lo com precisão mesmo a longa distância. Caso obtivesse êxito, poderia segui-lo e entender melhor a estratégia do grupo nukenin, caso ele realmente, como suspeito, seja um dos integrantes do grupo. Caso fosse também possível, tentaria observar os outros encapuzados pelos arredores, mas meu foco é em Kamui. Me manterei furtivo, fazendo uso de minha inteligência, e se em algum determinado momento, Kamui voltasse seus olhos para minha direção, faria uso da técnica Meisaigakure no Jutsu para camuflar minha aparência, assumindo uma forma invisível e impossibilitando-o, caso fosse bem sucedido, de me perceber. Me concentrando especialmente em meu poder ocular, eu posso fluir meu chakra através dos olhos e intensificar minhas capacidades perceptivas, onde eu poderia ouvir no local que eu estivesse vendo, caso meu dōjutsu esteja direcionado, como uma amplificação extrema dos meus sentidos, visão e audição. Faria isso para ouvir o púrpuro e qualquer possível som que ele emitisse: ー Se eu realmente estiver certo, talvez ele faça mais um dessas suas apresentações para avaliar a área para a preparação do roubo. De qualquer forma, quero ser prudente. Vamos ver até onde ele vai. ー Diria, sendo bem sucedido em minha estratégia furtiva.


HP: (725 • 725) | CH: (2.265 • 2.275) | ST: (01 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Dom 3 Out - 3:26


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

Furtivamente, o Tokubetsu perseguiu o homem de cabelos púrpuros por mais alguns metros entre vielas e lugares não tão movimentados do centro da cidade. Em um determinado momento da manhã, o cantor iria parar em um restaurante que parecia fechado, era um edificio de dois andares que estava com janelas fechadas e algumas luzes ligadas mesmo sendo dia, se podia ver mais de quatro sombras e alguma coisa interferia até na percepção do shinobi de cabelos pretos. O shinobi de Kumo não teria muito tempo de agir, quando percebesse a demora do mesmo já que outra pessoa suspeita sairia do local. Agora uma mulher, trajando roupas curtas vermelhas e pretas e cabelos curtos e castanhos estava em seu campo de visão.

Ela olharia para os lados, como se quisesse ter a certeza que não estavam a vendo sair do local e tomaria caminho em direção a um ponto diferente do centro de Kumogakure. Era incerto falar quantas pessoas ou o que poderia haver dentro daquele recinto. O Musicista teria que tomar uma decisão entre se infiltrar no local e possivelmente entrar em combate, ou ir tornar agora a mulher que saiu como seu novo alvo já que ainda não teve mais nenhum movimento do outro.

Considerações:
Post 4/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Dom 3 Out - 4:34



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Seguindo o púrpuro, o mesmo adentra um recinto, o que aparenta ser um restaurante de dois andares, e em seguida, desaparece de meu campo de visão. Uma mulher retira-se da propriedade, comportando-se de forma cautelosa, e segue adiante pelas estradas do vilarejo. Mesmo meu dōjutsu era incapaz de perceber o interior daquele recinto, e considerando a situação, me deparo com duas escolhas viáveis. A primeira seria ignorar a movimentação da mulher de cabelos castanhos e infiltrar-me no restaurante. A segunda seria segui-la e investigar mais aprofundadamente os integrantes do grupo: ー Aquela mulher não está desatenta. Pelo contrário, checar os arredores com tamanha prudência é praticamente um traço de paranoia. Ou ela tem informações demais - O que poderia ser objetos físicos também - E não pode correr o risco de ser pega, ou está indo para um lugar perigoso e está ciente dos riscos de suas ações. Em ambos os casos, essa mulher é suspeita e me ajuda com minha missão. ー Sugiro: ー Aquele restaurante ainda esconde muitos segredos. Se Kamui e o restante do grupo de nukenins estiver lá, então entrar poderia praticamente acabar com meus problemas em uma cajadada só. Que posição lastimável vocês me colocaram... ー Continuo. Em meio aos questionamentos, decido que tentarei seguir ambos os caminhos possíveis.


Realizando uma sequência de selos manuais, convoco um Kage Bunshin no Jutsu, na tentativa de fazê-lo infiltrar-se, enquanto eu mantenho minha seguridade e continuo na vigilância furtiva. O clone, mesmo que fosse destruído, me permitira reconhecer qualquer hostilidade naquele ambiente e assim, me dar a evidência que preciso para responder com força ofensiva ao grupo. Não posso correr o risco de atacá-los sem uma prova concreta que justifique minha ofensiva. O clone tentaria aproximar-se pela entrada principal e adentrar a propriedade, fazendo uso do Meisaigakure no Jutsu para torná-lo invisível a percepção nua. Obtendo êxito, ele observaria os arredores e buscaria encontrar qualquer indivíduo que pudesse ser reconhecido como um dos encapuzados ou uma figura contrastante ao padrão habitual de Kumogakure. Ele aguardaria pacientemente e mantendo a discrição o quanto necessário. Em caso de nenhuma ação suspeita, o clone se desfará, retornando as informações que adquiriu a mim. Do contrário, ficaria e observaria o desenrolar da cena.


Enquanto isso, eu voltaria minha atenção a castanha. Manterei minha movimentação pelos telhados das edificações, na tentativa de evitar que ela perceba-me. Sabendo de seu cuidado especial, tentarei ao máximo ocultar minha presença, fazendo uso de minha inteligência aguçada para planejar um método de perseguição silenciosa. Meu objetivo é atacá-la, logo, caso eu consiga me aproximar suficientemente sem ser notado, farei uso da técnica Nehan Shōja no Jutsu afim de tentar imobilizá-la. Codificando uma variedade incontável de penas brancas, elas flutuariam pelos arredores e, caso a castanha visse-as, será aplicado um estado de sonolência profunda, colocando-a para dormir. Caso seja bem sucedido em minha tentativa de imobilizá-la, carregarei seu corpo, se necessário, a um ponto de menor visibilidade, afastado das ruas principais de Kumogakure, e amarrarei seu corpo com quatro metros de arame de aço, o que acredito ser suficiente para impossibilitar que a mesma mova-se. Aguardarei então pela resposta de meu clone das sombras. Caso o clone dissipe-se mediante a um ataque, saberei que aquele restaurante é uma ameaça. Do contrário, absorverei seus conhecimentos e voltarei minha atenção a mulher, observando sua reação ao ser abatida e, com ela acordada, iniciarei um interrogatório breve. Caso a mesma tente reagir de forma hostil, o Akagan me permite observar seus movimentos e reagir a eles com maior velocidade, aprimorando meus reflexos, o que acredito ser suficiente para me esquivar de um possível ataque.

HP: (725 • 725) | CH: (1038 • 2.275) | ST: (02 • 06)

Clone: CH: (1038 • 1113).

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Seg 4 Out - 4:10


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

O Tokubetsu foi eficiente em produzir seu clone das sombras e o fazer se infiltrar no local. Quando a sua cópia invadisse, disfarçado, percebiria uma pequena recepção desativada e mais a frente um salão onde teria dois adolescentes sentados a mesa.

Os dois se assemelhavam muito, tinham cabelos loiros, pele alva e olhos azuis claros. O casal de gemeos pareciam estar numa discussão sobre algo.

- Eu seeeempre quis conhecer Kumo, não sei porque não viemos aqui antes... Mas ter que ficar aqui, nessa pocilga? que ultrajante! Eu quero conhecer a vila toda! - Falou a garota, batendo o pé enquanto tinha os braços cruzados e um bico nos lábios. Em sua frente, o irmão parecia estar irritado já que tinha os olhos quase revirados a cada palavra dita pela outra.

- Claro que você sempre quis vir, mamãe e papai eram daqui né? eu também queria conhecer a vila, mas temos um objetivo se lembra? - A garota bufou, com desdém.

- A gente nunca falha, não sei porque eu não poderia andar um pouco por aí até antes do show... todo mundo vai aparecer em algum ponto da vila por quê a gente tem que ficar enfunado aqui?

- Rin, não custa nada cooperar né? Eles nos dão tudo, sempre.

- Mas Len, que saco! - Antes que o irmão pudesse responder a garota, o clone do musicista sentiria uma frieza em seu corpo como se a temperatura do lugar tivesse abaixado. Pouco a pouco o corpo dele congelaria e o clone se desapareceria escutando por ultimo uma voz diferente dos três suspeitos que teve conhecimento.

- Estamos sendo vigiados.

♦

Já o musicista teve mérito em suas ações de interceptação. Mesmo atenta, a mulher não soube o determinado momento que se viu adormecer. Quando foi amarrada, caso o shinobi tivesse prestado atenção, deixou cair um anel que foi deixado para trás no local do abate da presa.

Não se demorou muito tempo para a mulher acordar do genjutsu que foi lançado em si. Confusa, olhou para os lados quando viu como estava, encontrando o shinobi de Kumogakure. Tentou focar sua visão no homem, arregalando os olhos quando a ficha caiu.

- O que você está fazendo? - Falou preocupada, transpassando uma ideia de vitima para quem quer que olhassem a cena. Olho novamente para os fios de aço e deixou um leve sorriso brotar em seu rosto, voltando rapidamente para a sua expressão de confusa e inocente.

Considerações:
Post 5/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Seg 4 Out - 16:00



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

O clone havia sido dissipado, e suas memórias retornadas a mim. Ao que aparentava, duas figuras masculinas discutiam a respeito de sua estadia em Kumogakure.  De notório, apenas a semelhança em suas aparências, ambos de cabelos loiros. Ao que aparentava, pude reunir algumas informações pelo diálogo entre ambos os loiros. Ao que indicava, a Ressonância ocorreria simultaneamente ao posicionamento do restante do grupo, enfatizado por sua afirmação de que todos apareceriam em algum ponto da vila, provavelmente referenciando as figuras encapuzadas. O que me levou a dúvidas e incertezas fora a dissipação de meu clone, atingido por uma frieza capaz de congelá-lo. Na continuidade, as últimas palavras ouvidas pelo meu clone me fazia crer que eu fui percebido:  ー Bom, se tem algo que meu oponente é, é perspicaz. Não me gabo de minha furtividade, mas com certeza me gabo da minha habilidade em ninjutsu, e mesmo assim, ele parecia saber de minha investida. Ou ele é um usuário de Kanchi, ou então, talvez meu oponente seja um usuário de dōjutsu. ー Divago, pensando a respeito do ocorrido: ー De qualquer forma, parte dois... ー Digo, aguardando a mulher retomar sua consciência. Para alguém que nitidamente ansiava por ser perseguida, ela parece calma demais em uma situação de clara desvantagem: ー Eu sei quem você é, e se você for rápida, saberá quem eu sou. Vamos nos poupar de introduções, quero que me responsa algumas poucas perguntas e você sairá daqui rapidinho, e não pense em mentir para mim. Por gentileza. ー Continuo, esboçando um sorriso cínico. Para garantir minha abordagem, decido tentar usar da técnica Interrogation Genjutsu, que codifica uma ilusão que veda a vontade da vítima e coloca-a forçadamente a dizer a verdade com o máximo de informações: ー Me diga tudo que sabe sobre o grupo de nukenins, sobre a Ressonância e também me diga seus planos. Nomes, horários, locais, equipamentos, absolutamente tudo. Sua colaboração é essencial. Caso recuse-se a compartilhar de bom grado, terei de agir com maior brutalidade. ー Pergunto-a. Caso seja bem sucedido em aplicar o genjutsu, com meu domínio psicológico, tento pressioná-la ao máximo. Sabendo que eu já fui descoberto pelo grupo, me atento aos meus arredores para evitar ser pego em um momento tão importuno. Não quero forçá-la a passar por uma experiência traumática, mas tudo dependerá da forma como ela reagirá. Não muito distante, onde eu havia a capturado, um anel parecia ter caído, mas é arriscado demais sair agora e deixá-la sozinha, com a chance dela se desvencilhar das amarras, principalmente pois tive a impressão de vê-la sorrir momentaneamente ao perceber os fios de aço.



HP: (725 • 725) | CH: (2.190 • 2.275) | ST: (03 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qua 6 Out - 14:32


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

A mulher de cabelos castanhos olhou fixo para o homem, em sua mente tinha armado uma forma de sair daquelas amarras mas não contava cair em mais um genjutsu do musicista. Sentiu sua vontade de reagir sumir, mudando rapidamente sua expressão do rosto.

- Nó-nós somos... Você não nos conhece, pode pensar que sim... Ma-mas, não conhece. - Sua respiração estava lenta e pausava as palavras, as embaralhando em sua fala. - Ki-kiroshi nos acolheu...

Se o Tokubetsu percebesse, mesmo dentro do genjutsu, a mente da mulher parecia estar confusa sobre as informações, como se sua memoria estivesse embaralhada. O som do violino seria escutado, muito baixo, como se quisessem que fosse deixado dessa forma. A expressão no rosto da oponente mantinha um cenho franzido, expressando nítida confusão.

- Vi-viemos pegar... Kiroshi quer, muito. Nós fazemos o que ele quer... - A de cabelos castanhos respirou fundo, fechando os olhos.


- E tudo que quer, nós damos. - Ao abrir os olhos, direcionou o olhar para o musicista. Esse olhar agora estava sério, com um sorriso irônico no rosto. -E não vai ser você que vai impedir!

Um pouco de fumaça começaria a se mostrar presente e a corda de aço ao redor da mulher ficaria avermelhada e começaria a derreter. Solta, rapidamente ela ganharia distancia do shinobi de Kumo, ficando a cerca de trinta (30) metros. Ela giraria os braços, olhando fixamente para o musicista, formando duas bolas luminosas próximo a si, mas não atacaria o outro. Se o Tokubetsu notasse, a temperatura parecia ter aumentado.

- Agora me diga, quem é você e como sabe quem eu sou?

Considerações:
Post 6/40
[/b]
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qua 6 Out - 18:28



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

A mulher havia dito muito, mas pouco disse realmente. Ao que aparentava, havia um grupo consideravelmente grande, e os mistérios que os cercam me fazem crer que demorarei um tempo até conseguir as respostas que procuro. Mesmo que eles tenham a vantagem estratégica e numérica, não parecem fazer muita questão de esconderem suas cartas, e com um pouco de esforço, o que já consegui descobrir merece um digníssimo aplauso. A castanha decidiu reagir a minha imobilização, derretendo o arame de aço que a cercava e rapidamente posicionando-se a uma grande distância. Ela parecia determinada, mas durante todo o monólogo, a confusão não deixou seu rosto. Com seu cenho franzido e frases inacabadas, ela parecia saber muito pouco sobre os responsáveis desse grupo Nukenin e seus planos: ー Vocês me deram a impressão de que estavam a muitos passos na minha frente, mas eu já comecei a mover minhas peças, e ao que tudo indica, vocês ainda não saíram do lugar. Cedo ou tarde eu os encurralarei, a menos que ainda estejam escondendo um truque de mestre. ー Digo, entoando a mulher após a mesma questionar-me quanto a minha identidade. Eu realizo uma sequência de selos na tentativa de fazer parecer desfazer a ilusão que havia aplicado na mesma, quando na realidade, preparo uma substituição para me deslocar no exato ponto que havia a abatido, onde o anal encontrava-se, deixando uma folha de papel preparada para a técnica: ー Isso parte meu coração, mas eu não posso dizer quem sou eu. Você não é de Kumo, se fosse, talvez me conheceria, mas posso deixar clara nossa relação, para facilitar. Sou um shinobi, um Tokubetsu Jōnin. Você é uma ninja foragida que planeja algo maléfico. Não há muito o que entender no nosso relacionamento. ー Prossigo, elevando ambas as mãos até a cabeça, demonstrando rendição: ー Esse tal de "Kiroshi" parece alguém importante para você. Se me permitir a ousadia, eu acho que você nunca teve tanto na sua vida, não antes dele aparecer, não é? ー Pergunto-a: ー Bom, como havia prometido, você colaborou bastante. Não sou nenhum mentiroso, então você pode ir. Acho que ainda tenho tempo de sobra e provavelmente deixei uma pulga atrás da orelha de um dos seus amigos. Eu posso te dar a chance de desistir de tudo e fugir da vila, ou ser morta junto do restante. Essa será a única chance que lhe darei, e como prova, cá estou eu, rendido, a sua mercê. ー Prossigo, ainda em aparente rendição: ー Apenas um pedido, não confunda minha misericórdia com fraqueza. A piedade é um luxo que lhe dou por saber a diferença entre nós dois. ー Termino, na tentativa de usar meu domínio psicológico para emanar um Sakki que afirme minha presença e superioridade, mas não na intenção de paralisá-la. Caso a mesma decidisse atacar-me, faria uso da substituição para me mover rapidamente para o ponto onde iniciamos e seguir adiante. Não havia necessidade de enfrentá-la, e se fosse necessário, faria isso eventualmente. Além do mais, quero poupar esforços para o real combate. Se a substituição fosse executada, faria questão de pegar e analisar aquele anel deixado.



HP: (725 • 725) | CH: (2.265 • 2.275) | ST: (02 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qui 7 Out - 15:53


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

A mulher, lentamente, tentaria assimilar tudo que foi dito pelo outro. Rápido, se surpreenderia com a velocidade das mãos do homem. Mas sua atenção foi tomada pelas palavras desaforadas do outro.

- Ei! você é bem convencido, Tokubetsu! - Falou indignada com as palavras do outro. - Lindinho, mas muito desaforado!

A mulher, inflou rapidamente as bochechas, expressando sua irritação fazendo um bico.

- Kiroshi é tudo na minha vida. - O som de violino era escutado pelo ambiente, fazendo a mulher ficar sã. - Eu sei que você me quer, shinobi de Kumo... Mas eu não vim aqui para ficar e, como eu já disse não vai ser você que vai me impedir de qualquer coisa. - Mandando uma das orbes ir em direção ao homem, se surpreendendo com seu efeito não dando certo quando o viu aparecer a cerca de 45 metros de distancia dela.

- Hã? Que saco. - Falou irritada. Se o shinobi percebesse, parecia que o local estava ficando mais quente. Seria o Clima ou algo externo?. - Eu. Não. Sou. Fraca.

A mulher mandou as outras duas orbes de energia em direção ao musicista, respirou fundo, inflando as bochechas e lançando uma rajada de fogo enquanto corria em direção do homem, se aproximando do mesmo.

Considerações:
Post 7/40
[/b]
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qui 7 Out - 23:35



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Minha substituição havia sido efetiva. Imaginei que ela não recuaria apenas com minhas palavras, mas não estava blefando quando disse que desejava evitar um combate. Ainda estou em desvantagem em relação ao grupo de Nukenins, mas deixá-la viver poderia resultar em maiores dificuldades. Após substituir meu corpo, me agacho rapidamente para pegar o anel caído e colocá-lo dentro de minha bolsa, o analisaria mais tarde: ー Eu não sou convencido garotinha, eu sou. Simples assim. ー Digo, sacando meu samisém e deixando-o engatilhado: ー Sinceramente, você não faz muita questão de se esconder, Kiroshi... Uma batalha de musicistas em minha própria casa? Que honra. ー Continuo, ao ouvir novamente uma melodia repercutindo a distância. A sonoridade daquele instrumento de corda pairava ininterruptamente, e surgia em momentos oportunos. Eu imagina que estaria sendo observado após meu clone ter sido desfeito naquele restaurante, mas me impressiona sua sagacidade e prudência. A mulher, que parecia dominar a liberação de fogo com maestria, projetava suas técnicas contra mim em sequência, e se eu não me defendesse, poderia ser que aquela teria sido minha última afronta em vida. Usando da técnica Shunshin no Jutsu, tento me esquivar de suas esferas flamejantes, usando de meu dōjutsu na tentativa de prever suas trajetórias e evitar o contato. Caso obtivesse êxito, usaria da técnica Nan no Kaizō para esticar meu braço, na tentativa de alcançar o telhado de alguma propriedade, assim, esquivando da rajada de fogo retilínea. Caso obtivesse êxito em todas as minhas tentativas, faria a retaliação. Com o instrumento em mãos, começaria a dedilhar uma sequência de notas como selos manuais, codificando o genjutsu mais poderoso de meu arsenal, minha assinatura: ー Myūjishan no kyūden, o palácio do musicista. ー Digo, na tentativa de aplicá-la na castanho. A técnica a deixaria aprisionada em uma ilusão com a passagem de tempo distorcida, com a mesma sendo torturada durante um dia inteiro, enquanto na realidade, apenas um único segundo havia se passado. Enfim, ainda utilizando do Nan no Kaizō, tentaria extender meu braço e, concentrando no meu palmar destro a liberação de relâmpago, tentaria atravessar o pescoço da mesma usando do Raikiri, neutralizando-a em caso de sucesso: ー De uma forma ou de outra, você não me parece alguém merecedora da morte, mas sou eu quem deve julgá-la, e no fim das contas, essa é minha missão. ー Finalizo.



HP: (725 • 725) | CH: (1.832 • 2.275) | ST: (03 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sab 9 Out - 13:26


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

Bem sucedido em suas ações, o Tokubetsu veria o momento em que o seu Raikiri iria de encontro com o corpo da mulher, que surpresa não teria muito tempo para vir a reagir, vindo a ser eletrocutada. Soltaria um grito enquanto sentiria a carga do jutsu passando por todos os seus sistemas e a incapacitando, mas não a levando a morte. A mulher iria rodar os olhos e cair no chão, desmaiada, sem poder fornecer mais informações para o Tokubetsu.

Ali, distante, escutaria gritos de pessoas sem saber especificamente o motivo deles. Caso o shinobi fosse em direção ao local dos gritos, cerca de três quadras de onde estava, veria uma aglomeração de pessoas e alguns feixes de luzes vindo do centro do circulo de pessoas. As pessoas pareciam alegres e agora se acumulava mais pessoas adolescentes, diferente da outra aglomeração. Elas estariam eufóricas pelas duas pessoas de baixa estatura que estariam captando a atenção delas.

O som do violino estaria tocando baixo, novamente. O Tokubetsu, mesmo com seus dons, não conseguiria escutar o que estava sendo dito pelos dois personagens no centro das pessoas. Só dava para observar, a distancia, então precisaria se aproximar. Se prestasse atenção, saberia que era o casal de irmãos que seu clone tinha visto dentro do local abandonado.

Considerações:
Post 8/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sab 9 Out - 23:51



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Com o combate finalizado, tenho tempo retomar o fôlego: ー Bom, um problema a menos para me preocupar... Talvez deixá-la viver pode me dar muitos problemas no futuro, mas eu gosto de um desafio. De nada. ー Digo, ajeitando a mecha solta de meu cabelo e descendo do telhado da casa que me encontrava. Decido tomar alguns poucos segundos para analisar o anel que havia encontrado, e após alguns poucos momentos de observação, uma grande comoção parece bradar euforicamente a distância. Para garantir que a castanha mantivesse-se inconsciente e que não revelasse minha identidade ao restante do grupo, desenho com uma kunai no chão - abaixo da mesma - um selo de vedação com a técnica Fūinjutsu: Shishi Heikō. O selo do Fūinjutsu fecharia seus tenkestus e a impediria de usar seu chakra. Caso obtivesse êxito em prendê-la, um kanji (閉) surgiria dentro da fórmula de selagem, impedindo-a de usar sua liberação de fogo. Para garantir que ela continuasse dentro do selo, prenderia novamente seu corpo, com seis metros de arame de aço agora, enrolando-a com o que restou do fio: ー Você me deu um trabalho garota... Aproveite o sono. ー Sussurro, amarrando-a em caso de ser bem sucedido.


Os gritos continuavam, e eu sabia o que isso indicava. Estava na hora de voltar a me concentrar na missão. Por mais que eu acredite já ter conseguido muitas informações, o combate com a castanha me custou tempo que poderia ter despendido em atividades mais frutíferas. Kiroshi aparentemente usa dessas pessoas para realizar seus roubos. Ele é inteligente o suficiente para poupá-los de informações adicionais que poderiam comprometê-lo. Essa prudência austera me incomoda, pois agora não sei se posso interrogar seus subordinados para enfrentá-lo. Provavelmente terei de usar novas táticas, uma abordagem mais direta, se quiser realmente combatê-lo: ー E esse violino também tá me dando nos nervos... Se for realmente ele tocando, porque diabos ele faz isso? Se fosse um tipo de Genjutsu já teria desfeito-o. Que inferno... ー Correndo na direção do tumulto, vejo uma aglomeração formar-se em torno de uma atração. Na parte cêntrica, aparentemente duas pessoas roubavam a atenção do povo. Decido novamente escalar algum das casas próximas, na tentativa de conseguir vê-los com maior precisão. Caso fosse bem sucedido, perceberia que são aqueles dois homens, loiros e de incrível semelhança: ー Quem não tá morto sempre aparece, pelo visto. ー Comento comicamente. Decido tentar me aproximar, penetrando a comoção que os cercavam, me camuflando entre as várias pessoas. Me movo vagarosamente, até conseguir me aproximar o suficiente para vê-los de perto. Desativo também meu Akagan para evitar suspeitas. Caso conseguisse me aproximar, fingiria que sou um cidadão como qualquer outro, e os fitaria atentamente.


HP: (725 • 725) | CH: (1.984 • 2.275) | ST: (04 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qua 13 Out - 3:59


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

O Shinobi conseguiu prender a oponente com precisão, conseguindo partir em direção ao aglomeração.

O casal de irmãos, aqueles que tinham escutado conversar dentro do QG dos possíveis nukenins, estavam cumprimentando as pessoas que pediam autógrafos deles ou os elogiavam. Enquanto se aproximava, o Tokubetsu notaria que mesmo parecidos, o casal consistia em uma garota e um garoto, de pele alva, cabelos loiros e roupas que variavam em preto, branco e amarelo, como seu clone tinha visto. As luzes que antes tinha visto, vinha também dos dois, que uma hora ou outra realizavam liberações de feixes de luzes alegoricamente para agradar o publico.

- Lembrando a todos que hoje a noite teremos Ressonância aqui em Kumo, peço a todos que estejam presentes! - Falou o garoto, contente por estar ali.

- Eu, o Len e os outros da Ressonância estarão todos presentes!!! Estou tããão feliz de finalmente estar em Kumo e poder mostrar para vocês nossa musica! - A multidão foi a loucura com a fofura da menina, que tinha os olhos brilhando a cada palavra que dizia. - Iniciando o nosso Fanmeeting, quem gostaria de perguntar? - Algumas das pessoas no local gritavam o nome dos dois. Len e Rin era repetido várias e várias vezes, quase que em uníssono e lá no fundo, se o shinobi de Kumo notasse, soavam quase que idênticas ao som de violino que era soado a algum tempo atrás.

Perceberia que um dos dois gêmeos, a garota, captaria sua imagem em sua visão e o notaria em meio a multidão, fazendo com que a expressão do seu rosto mudasse automaticamente. O local estava lotado de moradores de Kumo, a sua frente tinha dois possíveis inimigos e caberia ao tokubetsu tomar a decisão precisa em seguir para mais um combate ou aproveitar o momento do fanmeet para extrair algum tipo de informação através de perguntas inteligentes.

Considerações:
Post 9/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qua 13 Out - 17:01



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

UM MOMENTO! ー Vocifero, posando de forma extravagante e dramática, como um advogado de defesa ao perceber uma evidência derradeira que encerraria um caso investigativo, ao vê-los - especificamente a loira - reagirem a minha presença. A priori, as informações que havia adquirido me fizeram formular uma teoria plausível. A Ressonância, como chamam o espetáculo, distrairia a população por tempo suficiente para que efetuassem o roubo. Considerando esse plano, seria necessário ao menos duas equipes agindo individualmente, com o primeiro grupo representando o mágico, enganando a plateia e roubando sua atenção do real truque, e o segundo grupo representando o truque ardiloso, aqueles que organizariam e executariam o roubo. Ainda me faltava reconhecer todos os Nukenins do grupo e suas devidas funções, além de resolver os mistérios que cercam suas estratégias. De uma forma ou de outra, não considero inteligente atacar com uma clara desvantagem, e com a população me circundando, eu tinha a proteção que precisava. Caso me atacassem, eu poderia retaliar despreocupado, ciente de que eles não foram capazes de manterem as aparências frente ao público: ー É um prazer conhecê-los, a todos inclusive. Me chamo Kaonashi, o primeiro e único Yukikitsune Kaonashi. Não somente estive ao lado dos Kyūseishus durante a guerra, como também sou um Tokubetsu Jōnin desse amável vilarejo, e claro, eu não pude deixar de comparecer a esse encontro em primeira mão com os musicistas da Ressonância. ー Digo, entoando a todos os presentes, e então, dirigindo a palavra aos irmãos: ー Como músico, eu tenho um apreço imprescindível pela arte, e claro, mesmo que eu odeio concorrência, é sempre bom enriquecer a cultura de Kumogakure. Eu apenas queria poder perguntar uma única coisinha, e se vocês forem realmente da Ressonância, não será difícil responder... ー Pauso, na tentativa de gerar suspense, novamente exacerbando na dramatização:  ー Eu não vejo todos os membros da banda aqui. Eles estão se preparando para o grande espetáculo? Todos eles? Poderiam dizer se estarão todos lá? Até aquela de cabelos castanhos que eu esqueci o nome? ー Pergunto.


HP: (725 • 725) | CH: (2.211 • 2.275) | ST: (03 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qua 13 Out - 18:07


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

No momento que o musicista começou a roubar a atenção das pessoas com seus questionamentos, a garota de cabelos loiros arregalou os olhos logo após assumindo uma expressão furiosa que volta e meia se intercalava com um sorriso sem graça e falso destinado para a confundir a plateia do real sentimento que tomava posse de si. Mesmo sendo uma infanto-juvenil, se o Tokubetsu observasse bem, dava para se notar que ela aparentava ter algum tipo de experiência em sua bagagem e o mesmo valia para o outro irmão que a todo momento estava sereno, mostrando ser mais a razão naquela dupla.

- Claro que sim, quando afirmamos que todos estariam presentes... É porque todos estarão, cedo ou tarde. - Sorriu para o Tokubetsu. - Só é nosso publico não ficar pedindo tanto bis. - Soltou, fazendo a maioria das pessoas presentes rirem e outras lamentarem falando quererem mais musicas. - E bem, é a primeira vez de muitos de nós aqui em Kumo. Muita coisa precisa ser preparada para o show, o que ocupa alguns e outros devem estar somente se divertindo pela vila. - O garoto falou com firmeza, conseguindo passar uma tranquilidade e serenidade nítida. Algumas garotas da plateia soltavam frases de desejos sobre passear com algum dos membros masculinos e os homens sobre querer levar algumas das meninas para um encontro ao por do sol de um lugar turístico da vila da nuvem.

- A Meiko-san vai estar presente siiim! Você é um dos fãs dela? Ela gosta de dar uma sumida as vezes para ver homens como você - A garota sorriria irônica, sendo seguida por uma parte da plateia. - Mas você a verá hoje a noite no show, nem que algum de nós tenhamos que a resgatar - Falou, agora com a expressão passando uma falsa tranquilidade.

- Será um prazer ter um dos Kyūseishus no nosso show, vocês concordam? - O garoto pergunta para o público, sempre incluindo eles no dialogo. O Tokubetsu perceberia que tanto eles quanto ele estavam em uma situação delicada para qualquer tipo de ação a não ser ao dialogo naquele momento. - Então, Kaonashi, certo? Você aceitaria partilhar uma musica com a Ressonância quando a lua estiver alta no céu? Vocês não adorariam nos ver dividindo o palco? - O publico foi a loucura com a ideia da possível cooperação da banda com o musicista, que conseguiria ver o sorriso vitorioso e irônico no rosto do garoto.

Considerações:
Post 10/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qua 13 Out - 20:27



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Pelo que aparentava, a garota era mais suscetível a provocações por minha parte do que seu irmão, que demonstrou não somente indiferença como também, manteve-se em silêncio, evitando dizer qualquer coisa que pudesse comprometê-lo. Após questioná-los, suas respostas afirmam aquilo que eu queria ouvir, todos os integrantes do grupo, ao que aparentava, estariam em um único ponto. Saber que boa parte do grupo estaria em um único lugar me confortava, afinal, eu poderia me preocupar somente com os Nukenins que efetivamente roubassem o vilarejo. Em algum momento, eu poderia interrogá-los e conseguir confissões que os aprisionassem, mas uma jogada me corta o raciocínio. Primeiramente, um comentário feito pela loira a respeito da castanha, Meiko ao que aparentava ser seu nome, revelou saber da situação atual da mulher, e temo que minha imobilização não surtirá efeito por muito tempo se eu apenas a mantiver solta a céu aberto: ー É claro, Meiko-Chan~, como eu pude esquecer? Que cabeça a minha... ー Respondo a seu comentário, percebendo seu jogo. Em seguida, um movimento imprevisível e que me pegou completamente desprevenido. O garoto tomou a palavra e me convidou para participar do show. A partir daquele momento, ele estava praticamente me colocando em uma posição de vulnerabilidade. Recusar apenas afirmarias as óbvias suspeitas que tem, e considerando a reação do público, isso poderia surtir efeitos negativos que vão além do que posso imaginar. Engolindo a seco, respiro e então, continuo: ー Você está realmente me convidando? É uma honra poder fazer parte disso! Mas eu tenho apenas um pedido, que não imagino ser inconveniente, considerando sua proposta. ー Prossigo: ー Eu queria poder ter a chance de me preparar para tal evento, e claro, imagino que sua equipe esteja preparando-se com muito afinco. Poderia me levar até os bastidores da Ressonância para que eu pudesse fazer, claramente, um espetáculo inesquecível? A menos, obviamente, que tenha algum problema. Imagino que vocês tenham muitos assuntos pendentes. ー Sugiro, pedindo para que eu pudesse me unir a eles em suas preparações.


HP: (725 • 725) | CH: (2.275 • 2.275) | ST: (02 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qui 14 Out - 13:57


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

Ovacionado, a aceitação do Tokubetsu deixou o publico mais eufórico que já estavam, atraindo mais pessoas para o lugar. Já os gemeos, pareciam ponderar suas expressões, não expondo totalmente se tinham gostado ou não da afirmação do outro. A garota tremeria um pouco o canto esquerdo da boca, tentando manter o sorriso falso em seu rosto e o garoto, que antes era inexpressivo e confiante, agora tinha uma expressão um pouco dura, juntando suas sobrancelhas encarando o mais velho.

- Claro que sim, como eu disse... Quando a lua estiver lá em cima - Apontou para o céu. - Começaremos o show, então nos vemos perto do local do show, no centro do centro da vila, ao crepúsculo. Até lá, quem sabe você consiga encontrar algum de nós que estejam agora ocupados? - Voltou a sorrir com confiança. - Espero que consiga se dar com todos nós, ou cada um de nós.

Se o shinobi de Kumo percebesse, enquanto o garoto falava, a irmã estaria com os punhos cerrado e a expressão de raiva, em seu dedo indicador direito ela estaria usando um anel com pedra amarelada, já seu irmão estaria usando um do indicador esquerdo.

- Vo-você... - A menina respirou fundo. - Vê-vemos você mais tarde, então. - Voltou-se para o publico. - Ficamos por aqui, pessoal! Nós vemos mais tarde, estejam presentes no show da Ressonância! - Diria antes dos dois fazerem selos de dedos e lançarem raios de luz para cima e fazer uma explosão alegórica como fogos de artificio, desaparecendo com uma fumaça logo após.

O Tokubetsu não saberia informar para onde os mesmos foram, o que poderia resolver em alguns instantes, mas ainda era pouco mais de meio-dia. Teria mais algum tempo até o crespusculo chegar e se encontrar com a banda completa. Teria algumas opções para continuar, buscar os dois irmãos ou não.

Considerações:
Post 11/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Qui 14 Out - 15:00



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Esse será um crepúsculo inesquecível, garanto. E talvez, mas só talvez, seja o último que verão em vida. ー Digo, elevando o tom vocal e esboçando seriedade em meu rosto, finalizando com ambos os irmãos dissipando-se em um feixe de luz e uma liberação de fogos de artifício. O público eufórico agitava meu coração. Era meu dever como musicista encantá-los, e tinha o palco perfeito para desmascarar os integrantes da Ressonância, prendê-los como Nukenins e pelos seus tramites contra o povo de Kumogakure e também, claro, promover minhas habilidades artísticas. Eu tinha algumas horas para resolver esse embate, antes do anoitecer chegar. Procurá-los por Kumogakure me faria perder tempo e também, poderia me levar diretamente para uma armadilha, então eu precisava de uma abordagem mais rápida. Se não posso ir até eles, farei eles virem até mim. Decido retornar para onde Meiko estava, na esperança de que o Fūinjutsu: Shishi Heikō tenha bastado para mantê-la imobilizada. Caso conseguisse chegar a tempo, usaria de meus conhecimentos anatômicos para tentar golpeá-la em um ponto vulnerável de seu pescoço para fazê-la perder a consciência, mesmo que ela permanecesse desacordada. Se eu for bem sucedido, terei a certeza de que ela não usará nenhum artifício para livrar-se das amarras ou gritará por ajuda, afinal, mesmo um cidadão comum poderia libertá-la, sabendo de sua identidade e relação com o espetáculo. Em seguida, usando da técnica Henge no Jutsu, roubaria sua aparência e me dirigiria ao estabelecimento que havia visto os irmãos pela primeira vez, o restaurante. Meu objetivo seria assegurar de que ninguém estivesse no local, e em caso do lugar estar vazio, adentraria e permaneceria imóvel próximo de alguma fonte de iluminação, fingindo estar desacordado tal como a deixei anteriormente. Minha estratégia seria retornar ao lugar que havia os encontrado anteriormente e disfarçar-me para pegá-los desprevenidos caso me encontrassem. Se houvesse alguém no restaurante, tentaria observá-lo furtivamente, para reconhecê-lo se possível ou identificá-lo.


HP: (725 • 725) | CH: (2.275 • 2.275) | ST: (01 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sex 15 Out - 4:05


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

O Tokubetsu não se demorou muito em seu caminho, voltando ao ponto onde tinha selado e deixado sua antiga oponente. Ao chegar ao local se depararia com Meiko ainda visualmente desacordada, com os membros rígidos ainda sobre o efeito paralisante de seu jutsu de raiton que a tinha acertado. Mesmo com o estado da garota, o musicista ainda a atingiu com um golpe em seu cangote e, para que voltasse a perder a consciência mesmo a mulher já estando inconsciente visualmente, só lhe dando mais dores ao acordar.

Em real, Meiko estava somente paralisada pelo selo e pelo efeito do jutsu que recebeu, fingindo que não tinha consciência. A mulher tinha acordado a pouco tempo, não dando tempo de realizar uma fuga antes que o shinobi tivesse chegado, o que a levou a fingir uma perca de consciência que foi efetivada quando recebeu o golpe certeiro do musicista.

Ele notaria que o anel da mulher, que havia pego antes, emitiria uma coloração avermelhada que se intensificaria, sendo lançada em direção ao céu que poderia ser vista por qualquer pessoa. Não saberia por qual motivo que foi ativado aquele sinal, talvez pela real perca de consciência da de cabelos castanhos? Não teria muito tempo para raciocinar, já que com pouco tempo da luz avermelhada no céu duas silhuetas pousariam a cerca de trinta metros do shinobi e sua refém.

Um deles o Tokubetsu já conhecia, era Kumui o primeiro membro da gangue de nukenins que tinha tido contato e o outro um homem alto, com cabelos azuis, pele alva e olhos embranquecidos. Se o Musicista notasse, veria que veias surgiam latentes ao redor dos olhos do homem que nunca tinha visto.

- Devolva Meiko, lixo de Kumo. - Ditaria o membro recém descoberto da gangue, mas sua voz chamaria a atenção do homem de Kumo. Já havia a escutado antes, no restaurante. A principio os dois não o atacariam, mas estariam atentos aos movimentos do Tokubetsu.

Considerações:
Post 12/40


Última edição por Lan ShuiXian em Sex 15 Out - 17:44, editado 1 vez(es)
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sex 15 Out - 16:54



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Eu deveria ter jogado esse anel fora... ー Digo, ao perceber a situação que me encontrava. Ao que aparentava, os anéis que possuíam era usado como um sinalizador. Após retornar para o corpo de Meiko e garantir que a mesma mantivesse inconsciente, mesmo que ela já estivesse, um lampejo avermelhado resplandecia da superfície daquele anel, que portava comigo. De imediato, como uma resposta a sinalização, duas figuras surgiram a uma distância de aproximadamente trinta metros. As silhuetas agiram antes que eu pudesse prosseguir com meu plano, mas independentemente, minha estratégia servia justamente para encontrá-los com maior velocidade, e tive justamente o que desejava, com a exceção clara de que eu não tinha a vantagem estratégica ou numérica. A primeira das figuras era Kamui, de cabelos azulados e olhos completamente esbranquiçados, com veias latentes pulsando no contorno dos olhos. Ambos demonstravam inquietude, mas mantiveram-se passivos, não me atacando a princípio, talvez receosos de minhas habilidades: ー Bom, eu devo ser o homem mais azarado do mundo, mas vocês foram bem rápidos. Talvez já estivessem procurando-a? Ou talvez sabiam que a encontrariam, e estavam no aguardo? Bom, isso não importa muito, eu creio. ー Continuo, entonando a ambos. A segunda figura manifesta-se, vociferando que desejava a libertação da refém: ー Lamento decepcioná-lo. Mesmo que ela ainda tivesse alguma informação, o que creio eu que não tenha, ela ainda pode ser um problema no futuro. Suas técnicas da liberação de fogo são impressionantes. ー Comento, atribuindo sua exímia manipulação elemental, característica que creio eu, seja compartilhada pela segunda figura, pela sensação gélida que meu clone sentira instantes antes de sua dissipação:  ー Antes de vocês começarem a tentar me matar, o que não acho que demorará, eu gostaria de fazer uma pergunta. Vocês me parecem submissos a Kiroshi, e já sei que ele é o responsável por esse violino que escuto repetidamente. Quero apenas saber onde encontrá-lo, gentilmente perguntando. Se vocês me disserem, não haverá necessidade de um combate. Vocês poderão sair livres do vilarejo e eu posso até fazer a ousadia de acidentalmente, deixá-los irem. Não me obriguem a fazer isso acabar tão violentamente. ー Proponho, honestamente recomendando que isso acabe de forma pacífica. De todo modo, me viraria de costas, em direção a Meiko, e faria uma sequência rápida de selos de mão, preparando uma substituição com o próprio anel sinalizador. Em caso de ser bem sucedido, me moveria rapidamente para trás de Meiko e colocaria uma kunai em seu pescoço, na tentativa de usá-la como ameaça, pressionando o suficiente para fazê-la sangrar, mas apenas tentaria em caso de eu ser atacado pelos dois.


HP: (725 • 725) | CH: (2.275 • 2.275) | ST: (00 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sex 15 Out - 17:43


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

- Kaito, olha só o papo dele. - Disse o cabelos roxos, Kumui, direcionado ao homem de cabelos azuis e olhos embranquecidos. - Eu nem sei como ele só viu o Katon da Meiko... Ela é mais espetacular usando seu Shakuton. - Comentou, deixando escapar a informação da real habilidade da nukenin desacordada, a irritação subindo em suas veias e deixando o clima mais frio. Se o Tokubetso notasse, mesmo sendo verão, a densidade de agua estava aumentando em demasiado, junto com o frio.

- Calado, Kumui. - Ditou Kaito, o homem de cabelos azuis e olhos brancos. - Você tem uma boca muito aberta. - Falou enquanto via o de cabelos roxos colocar as mãos na boca.  

O novo integrante da gangue que o shinobi de Kumo ganhou conhecimento estava com a expressão pesada, sério. Não parecia gostar do que estava vendo e muito menos do que tinha escutado do shinobi. Ele franziu o cenho, fazendo veias dilatarem próximo aos seus olhos, percebendo toda a movimentação do chakra dentro do Tokubetsu, o analisando para ações futuras.  

- Mas Kaito, esse aí derrotou a Meiko, olha o que ele fez com ela... - Disse, enquanto já saia de sua boca a fumaça do vapor do calor do corpo estar maior que o do local. O Clima de um raio de cerca de 100m² estava ficando cada vez mais frio. - Eu não posso deixar isso assim! - Irritado, o de cabelos roxos atacou o de Kumo fazendo três lanças de gelo aparecer no céu, após o mesmo ter condensado a humidade e a solidificado, lançando-as no Tokubetsu, que consegue escapar com seu jutsu de substituição, deixando o roxeado chocado.

Já o de cabelos azuis estava ainda sério, fechou sua expressão quando o homem pegou o corpo desfalecido de sua companheira de time para a ter como refém. Se o musicista analisasse bem a situação, o nukenin com olhos embranquecidos demonstrava ter uma inteligência muito grande. Agindo em momentos certos.

- Pare, Kumui. - Ordenou ao nukenin agitado. - Eu serei simplista, acredito que de todos dessa vila... a pessoa que mais sabe algo sobre nós é você. - Falou calmo. - E mesmo assim, não sabe quase nada sobre o qual chamam de Kiroshi. - Disse, continuando o dialogo. O Clima ainda estava muito frio, o Tokubetsu sentia em seu corpo o clima.

Considerações:
Post 13/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sab 16 Out - 16:06



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Usando da minha substituição, consegui me esquivar de três lanças de gelo, disparadas contra mim: ー Sério, vocês tem alguma coisa por atacar pessoas em momentos de vulnerabilidade, não? Sério gente... Eu sou um ninja, sabiam? É óbvio que eu tenho um método de escape. ー Digo. Imediatamente após, movendo-me rapidamente em sequência, na tentativa de ameaça-los com Meiko. A dupla tinha uma dinâmica interessante, com Kumui tendo dificuldade de manter-se em silêncio, ou minimamente esconder informações valiosas de seus oponentes. A outra figura denotava um comportamento mais prudente, esboçando seriedade, além de criticar o comportamento de seu aliado. Além do mais, as habilidades nítidas de Kumui, o que acreditava ser variante da liberação de água, fazia com que a temperatura ambiente se tornasse cada vez mais frígida. Minha respiração tornava-se nítida ao ponto que o local refrigerava-se. Para minha sorte, o nukenin que não conhecia o nome apresentou-se mais inteligente e paciente, pois ordenou o cessar fogo de Kumui e manteve o diálogo. Se possível, eu tentarei acordar Meiko pressionando a kunai contra sua traqueia, vedando temporariamente sua respiração para fazê-la acordar. Acredito que o Fūinjutsu e os seis metros de arame de aço sejam suficiente para mantê-la imobilizada, e com a lâmina em seu pescoço, ela não tentará debater-se. Independentemente de ter conseguido acordá-la, e ainda com a kunai em seu pescoço, tomarei a palavra:  ー Eu agradeço o que imagino ser esse elogio. Serei mais direto, já que não faz mais sentido manter isso em segredo, eu imagino. Minha missão é neutralizar um nukenin conhecido como Kiroshi, que responsabilizou-se por diversos roubos e agora, pretende roubar Kumogakure. Imagino que a Ressonância seja um truque para distrair a população por tempo suficiente enquanto o roubo é efetivado. Se eu estiver certo, só preciso encontrá-lo, e seguir esse violino me parece um bom começo. ー Continuo. Percebo que os olhos esbranquiçados do Nukenin contrastam bastante, e tendo conhecimento do uso de dōjutsus, tendo inclusive conhecido o Raikage, que também apresenta esses mesmos olhos, decido ativar meu Akagan: ー Vou ser bem sincero, pois tenho algumas horas para terminar tudo isso. Eu sei que vocês são serviçais de Kiroshi e que esse provavelmente divide o dinheiro dos roubos, justamente por isso os servem, mas pelo que Meiko me disse, eu tenho minhas dúvidas se alguma vez vocês se quer viram o rosto dele. Isso é muito mais submissão do que lealdade, e acreditem se preferirem, eu poderia tê-los ferido assim que apareceram, e no caso de Meiko, ela ainda respira por preferência minha. Eu sabia dos riscos desde que a deixei inconsciente, e apenas digo isso para que vocês entendam que não tenho nenhum compromisso com vocês. Minha missão é Kiroshi, e se vocês acham que devem colocar suas vidas em risco pela vida dele, então me digam e lutaremos de forma justa. ー Prossigo: ー E aliás, antes que digam que eu sou a ameaça, lembrem-se. Eu só realmente os ataquei quando vocês fizeram isso. Se não fosse por você, Kumui, ela não estaria com a kunai no pescoço. Prezo pela segurança de vocês mais do que vocês mesmos. ー Finalizo.


HP: (725 • 725) | CH: (2.250 • 2.275) | ST: (00 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Lan ShuiXian
Jōnin
Lan ShuiXian
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Tumblr_ofvns8lDpy1um42ooo4_500

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Sab 16 Out - 18:42


Narrador: Lan ShuiXian

@Revouv

Kumui, apertava seus punho a cada palavra que era dita pelo o outro. Ele olhava fixamente para a lâmina que era pressionada em direção a pele da mulher. Em sua mente, nunca esperava que ver a outra naquela situação, mas aliviou um pouco a sua tensão quando viu os olhos da mesma abrirem lentamente, sinalizando que a mesma estava recobrando a sua consciência pouco a pouco.

Já Kaito mantinha sua expressão serena, analisando cuidadosamente toda a situação. O descendente de Hyuuga mantinha o seu dojutsu ativo, a espera de qualquer reação do Tokubetsu, sabia que não poderia deixar qualquer falha acontecer tendo um companheiro instável emocionantemente como o outro nukenin era.

- Nós não somos fantoches, cabeludo! - Falou o de cabelos roxos uma fumaça gélida surgindo em sua mão.

- Kumui... - O outro ditou, firme, ainda focando sua atenção para o oponente. - Como eu disse, vocês não possuem tantas informações sobre nós. Nem o que queremos, pelo visto.

- Dinheiro nunca foi nosso real objetivo - Kumui riu, depois de escutar as palavras do outro. - Vocês são tão burros, por isso nunca nos pegaram. Kiroshi aqui, Kiroshi ali. Nem sabem se é um homem ou uma mulher, se apostar. Ou até se esse é o verdadeiro nome do alvo. - Irritado, deixou escapar as informações fazendo com que o Nukenin com Dojutsu vacilasse e o olhasse com o rosto irritado. - Caramba... Eu e minha bocona.

Considerações:
Post 14/40
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[CRÔNICA] RESSONÂNCIA  Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado Dom 17 Out - 0:34



 

 
あいまいなアート.Vivam enquanto vocês amarem viver.
 

Vocês estão facilitando demais. ー Digo, ouvindo as palavras de Kumui. Ao que aparentava, ou as informações da minha missão sofriam de uma desatualização considerável ou as reais intenções do grupo nukenin são desconhecidas a todo o serviço intel. Acreditava que lhes mostrando as informações que havia adquirido durante o desenrolar da operação, eu conseguiria minimamente uma confirmação, mas eu sabia tão pouco quanto uma pessoa qualquer, mas ao menos, descartar teorias também é uma estratégia efetiva: ー Bom, se o objetivo não era dinheiro, porque foi isso que fizeram? O que trás vocês para Kumo? ー Questiono-lhes, incluindo Meiko, acreditando que a mesma está consciente, somente paralisada. Sabendo que Kumui parece ter dificuldade em conter-se, decido tentar extrair informações dele. Se ambos dominam as liberações de Katon e Suiton, usarei a liberação de Yin. Decido tentar codificar um genjutsu para interrogá-lo, o Interrogation Genjutsu. Caso eu seja bem sucedido em colocá-lo na ilusão, continuarei: ー Me diga então o que sabe sobre Kiroshi e me diga se ele é responsável por esse violino. Se souber, me diga onde ele está e quem o protege? ー Questiono-lhe, fazendo uso do genjutsu para quebrar sua vontade de omitir tais informações. Caso o nukenin do dōjutsu decida reagir de forma ofensiva, usarei do meu Akagan para enganar seus olhos, o Chakra Ghost Technique. Com ele faria três silhuetas semelhantes a mim, com seus próprios sistemas circulatórios, e os colocariam a frente de mim, ao mesmo tempo que lanço através deles uma kunai com uma Kibaku Fuda anexada. A lâmina atravessariam os clones, dificultando para o nukenin prever a trajetória da kunai, e mesmo que ele consiga apará-la, será engolfado pela explosão. O Akagan me permite ter uma velocidade de reação sobre-humana, e usaria isso para retaliar. Em caso de Kumui responder minhas perguntas, e o outro nukenin não me atacar, então dirigirei a fala para Meiko, mas sem tirar meus olhos dos outros dois: ー Da última vez você não me disse nada, e se estiver acordada, pode me dizer algo agora. Você sabe quem é Kiroshi? Já o viu alguma vez? Sabe ao menos o objetivo dele? ー Pergunto, finalizando.


HP: (725 • 725) | CH: (2.190 • 2.275) | ST: (01 • 06)

Considerações:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [CRÔNICA] RESSONÂNCIA - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte