:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Ter 29 Jun - 22:53

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡1000  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

Jyu arfava, sentindo o seu coração disparar e o suor pingar sob seu corpo. Suas mãos seguravam firma sua Hakkō Chakura Tō, a única lembrança de seu pai, a quem nunca havia conseguido conhecer. A sua frente, Himura Tenshi-kyo, um shinobi de alto escalão de Kirigakure.

[Himura]-Esse é o seu máximo? Não está pegando leve comigo, não é, herói? – dizia, com um certo sarcasmo em sua voz, enquanto segurava com despreocupação a katana de lâmina azul celeste.

Jyu deixou o leve desconforto por ser chamado daquela forma. Não estava acostumado com tanta atenção a si, nem mesmo com a sensação de inferioridade a que fora submetido por aquele homem à sua frente. Havia escolhido Himura para ser seu professor, para aprender a empunhar a espada de seu pai com orgulho, mas nunca esperava demorar tanto para pegar o jeito.

Olhou para Himura mais uma vez, com uma certa ferocidade no olhar. Observou seu sorriso sarcástico, a forma leve que segurava a katana, o modo com que seu quimono negro se mexia levemente conforme o seu “oponente” andava em sua direção.

[Himura]-Sua postura ainda está muito forçada, Jyu... – dizia, calmamente, enquanto analisava o seu aluno. – Está apertando forte demais o cabo de sua espada, desperdiçando força de forma desnecessária, o que ajuda o seu inimigo a ler completamente seus próximos movimentos...

Mal terminou de falar, fez um movimento na diagonal com a katana, que emitiu um brilho azulado, mal dando tempo do jonin erguer sua Hakkō Chakura Tō e segurar o impacto, perdendo levemente o equilíbrio, dando dois passos para trás. Esse pequeno desequilíbrio abriu margem para seu sensei mover seu braço mais uma vez, batendo propositalmente na altura da lâmina do Grace, que caiu no chão, arrancando risadas de Himura.

[Himura]-Pelo menos aprendeu a cair de bunda sem se machucar... – e riu novamente do garoto, estendendo a mão para ele e ajudando-o a levantar. – O equilíbrio é a base de um bom espadachim, assim como a percepção de tudo o que está a sua volta. Tomar cuidado com ataques bestas como esse é essencial para sobreviver a uma batalha de verdade!

Guardando a sua Hakkō Chakura Tō, Jyu se dirigiu até o bebedouro do salão de treinamento de Himura. Esse salão era bem pequeno, contando com um tatame de cerca de dois metros de diâmetro, um bebedouro e um pequeno banheiro um pouco mais afastado.

Bebendo um copo generoso de água, o jonin tentava absorver todas as lições que o shinobi lhe passava. Fazia alguns meses que estava tentando seguir o caminho da espada, mas as lições eram difíceis, assim como não era a pessoa mais talentosa para este tipo de combate. Mas o embate na última guerra, na qual milagrosamente conseguiu sair vivo, o fez perceber que ele tinha muito a evoluir, muito a se cobrar e, principalmente, muito a se desafiar...

[Himura]-A aula por hoje acabou, garoto... Volte amanhã, vou te ensinar como não cair em uma luta... – dizia enquanto ria e bagunçava o cabelo do garoto, que derrubava a água por toda a roupa, surpreendido pela ação de seu sensei - ... E melhor trazer um babador também...

E saiu, rindo do jonin, que revirava os olhos e pegava mais um copo plástico para beber água...
Três meses se seguiram sem que Jyu perdesse uma única aula de Himura. Seus movimentos, aos poucos, começavam a ser refinados, assim como sua atenção aos detalhes e as lições do homem mais velho. Naquele dia em específico, a notícia que o deixou extremamente nervoso:

[Himura]-Hoje é seu último dia de treinamento. Se me provar que conseguiu aprender tudo o que te ensinei, eu considerarei que atingiu o nível de um mestre no manuseio da espada, mas, caso o contrário... – disse, empunhando no meio do tatame a katana de lâmina azulada, enquanto olhava seriamente para seu pupilo. - ...Irei considerar você como uma falha e exterminar a sua vida, aqui e agora...

Jyu calmamente caminhou na direção de Himura com um sorriso, enquanto sacava sua Hakkō Chakura Tō, que emitia o seu característico brilho branco-perolado. Subiu no tatame, sem tirar os olhos de seu sensei, enquanto respondia com uma grande tranquilidade:

[Jyu]-Não se preocupe, sensei... Por quem irá acabar com a sua vida, serei EU... – e investiu com toda a sua velocidade, em uma tentativa de perfurar diretamente a barriga de seu mestre.

Himura viu o ataque simplório de Jyu e, irritado, apenas desviou o mesmo ao bater levemente a sua lâmina na do jonin. Com um sorriso, Viole girou a sua mão, fazendo a lâmina de sua espada percorrer a da katana com um som estridente, em uma tentativa de acertar diretamente a mão de seu portador.

Um movimento repentino para trás salvou a mão de Himura, enquanto Jyu girava o seu corpo, dando um chute na altura de seu quadril. Ao sentir o impacto, Himura arqueou seu corpo pela surpresa do movimento do menino, que aproveitou o movimento de seu mentor e movimentou a sua espada em direção ao seu pescoço, que, para não ser decepado, se jogou para o lado, rolando no chão e se erguendo rapidamente.
No instante em que se levantou, apenas sentiu a Hakkō Chakura Tō passar rente em direção ao seu pescoço em um movimento amplo. Aproveitando o movimento de seu aluno, que demorou para se recuperar do longo balanço da espada, o empurrou com o cabo de sua katana por bons três ou quatro metros de distância.

[Himura]-Basta! – disse, olhando para o jonin com um brilho de orgulho em seus olhos. – É o suficiente para eu saber que está preparado, mesmo que ainda haja muito a evoluir!

[Jyu]-Isso quer dizer que...

[Himura]-Sim, garoto, você passou no meu teste! – dizia, enquanto um sorriso largo se abria na face do jonin em um dos poucos momentos de relaxamento do garoto. – A partir de agora, tem que procurar criar e evoluir o seu próprio estilo... Eu já te ensinei o suficiente, menino...

Se curvando, o garoto agradeceu com uma reverência, sem conseguir conter o seu contentamento...

Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qua 30 Jun - 1:31

Situação: Aprovado
Considerações: Como sempre, acho seus RPs legais.
Recompensas: Qualidade: Perito Armamentista (Espada) [2]
Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 6:28

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡1002  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

Aquele poderia ser um dia como qualquer outro em Kirigakure, mas para aquele jovem jonin, era um dia especial. Seria a primeira vez que iria, de fato, se apresentar para a polícia da vila em sua profissão recém adquirida de investigador. Sua mente voava longe nas lembranças de quando foi convidado por Kirigaya para ingressar na força de inteligência da vila após a missão que havia recebido em conjunto com o jonin.

Para aquele dia, havia despertado extremamente cedo, para evitar se atrasar em seu primeiro dia de trabalho. Colocou as vestimentas negras que tanto estava acostumado a usar, assim como suas botas negras e pesadas, sentindo seu estômago embrulhar levemente devido o nervosismo que batia forte.

Saiu de sua casa tão logo os raios solares começaram a invadir seu interior. Caminhou a passos largos, mal conseguindo segurar a sensação de felicidade em seu rosto. Se algum dos transeuntes observassem cuidadosamente o garoto, poderia perceber o quase imperceptível sorriso que não saia de seus lábios, assim como o brilho de seus olhos adouradados, vívidos e repleto de um orgulho indescritível.

Não demorou muito para ele alcançar a entrada da delegacia, sem nenhum movimento naquele horário. Respirou fundo antes de entrar, tentando disfarçar o nervosismo que estava sentindo. Caminhou até o balcão, dando um sorriso envergonhado, tentando encontrar palavras para explicar o que ele queria.

[Kirigaya]-Jyu!! – chamou ao longe, enquanto se aproximava do jonin com um aparente receio.

Viole se virou na direção da voz, com um sorriso. Fazia algum tempo que não conseguia ver seu companheiro de missão, graças à guerra contra Iwa e seu líder um tanto quanto lunático. O cumprimentou com um aceno de cabeça, enquanto o mesmo se aproximava afoito do garoto.

[Jyu]-Oi, Kirigaya! Eu vim aqui para o meu...

[Kirigaya]-Então... – cortou rispidamente o jonin, com um olhar preocupado, que parecia lhe pedir desculpas pelo que estava prestes a revelar. – Nosso chefe disse que você está sendo requisitado em outro departamento, considerando os últimos acontecimentos... Você não vai mais trabalhar para os investigadores, Jyu...

[Jyu]-O QUE?? – perguntou, um pouco mais alto do que pretendia. Ele estava tão empolgado para começar aquela nova empreitada em sua carreira shinobi que nunca esperava uma notícia daquela, ainda mais em seu primeiro dia de trabalho.

[Kirigaya]-Sim, ele indicou que assim que você chegasse, eu te desse essa informação. – entregou um pequeno papel para o garoto, enquanto se virava para a saída da delegacia. – Segue esse endereço, você vai ter o seu teste de entrada. – e, em seguida, disparou para fora, deixando o menino sozinho, sem saber o que fazer.

Hesitou por alguns segundos, antes de finalmente abrir o papel e ler seu conteúdo. O endereço não era longe dali, era uma rua até que bem conhecida na vila, o que facilitou a sua decisão de prosseguir diretamente para lá.  

Ao chegar no endereço, viu que estava diante de uma casa bem pequena, talvez contendo apenas dois ou três cômodos. Bateu palmas mas não ninguém o atendeu. Não se passava uma vivalma na região, o que o fez agir por impulso e abrir a porta do casebre.

A porta se abriu com um rangido, revelando uma pequena sala com apenas uma mesa em seu centro e, em cima dela, um pequeno bilhete, que prontamente foi aberto por Jyu. Leu o seu conteúdo, fazendo uma careta, enquanto ouvia as risadas de Isobu.

[Isobu]-Eles de verdade te pegaram, não? – perguntou, enquanto o menino engolia em seco. Só podia ser uma piada de mal gosto.

[Jyu]-Eles querem que eu interrogue alguém que eu nunca vi? – se perguntou, indeciso. Por que acharam que ele se daria melhor naquele lugar do que no setor de investigação? Será pelos relatos que ouvia aqui e ali sobre o seu comportamento na guerra?

[Isobu]-Só vai saber se tem real talento ou não quando você tentar fazer o que eles pediram, garoto... – dizia, fazendo com que Jyu olhasse a outra única porta do cômodo com uma certa apreensão. Quem diabos estava ali? E por que ele, sozinho, tinha que interrogá-lo?

Sem escolha, se aproximou da porta, abrindo-a com cuidado. Nela, uma pequena mesa de centro, sendo iluminada pela única lâmpada do cômodo. Sentado na mesma, um rapaz de pouco mais de dezoito anos, que, de acordo com o bilhete, havia sido acusado por roubo antes de ser capturado.

[Jyu]-Bom, vamos começar então... – disse, fechando a porta atrás de si.

----
Hirikai observava o pequeno casebre, tomando notas de tudo o que observava do lado de fora da residência. Ao que parecia, o novo recruta, apesar da fama que o circundava, não o havia percebido a pouco menos de vinte metros da porta de entrada. Ergueu a sua prancheta, em um misto de tédio e de falta de interesse.

Olhou para a prancheta, revisando suas notas. Aquele garoto havia chego depois do que era razoável esperar, mas entrou no lugar sem nenhuma hesitação, como se estivesse apenas passeando por um parque. Talvez, a última grande guerra foi o suficiente para que ele não se demorasse tanto do lado de fora.

Caminhou com uma certa tranquilidade até a entrada da residência. Olhou para o seu relógio, e mal havia levantado a caneta em sua mão quanto o grito de desespero do prisioneiro pode ser ouvido por ele. Rapidamente, abriu a porta, correndo desesperado até a outra porta, onde Hazzey estava esperando para continuar com a atuação e o teste do novo recruta.

Ao abrir a última porta do casebre, viu Jyu se levantando, com um sorriso no rosto. Hazzey estava encostado em um canto, tremendo de medo e chorando, o que fez com que Hirikai olhasse pasmo para Jyu.

[Jyu]-Ele acabou de confessar que o dinheiro que ele roubou está escondido em seu quintal, neste endereço... – disse, entregando um pequeno pedaço de papel para Hirikai. – Agora, se me dá licença, quero voltar para a minha casa...

Hirikai o olhou com surpresa, olhando o pedaço de papel e conferindo a resposta. Sem saber o que fazer, ergueu sua caneta e escreveu na prancheta:

Aprovado com sucesso.
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 15:04

Situação: Aprovado
Considerações: O ideal seria seu reset ter sido aprovado, mas você está totalmente regularizado em GF então nenhum mal foi feito. Como as profissões são similares até certo ponto, gostei muito de como você simplesmente mudou de departamento haha. Enfim, bom RP como de costume.
Recompensas: Profissão Interrogador, adquirida.
Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 21:28

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡500  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

O dia seguinte ao exame de admissão ao setor dos interrogadores chegou mais cedo do que o garoto esperava. Nervoso, esperava na sala daquele que seria o seu supervisor enquanto estivesse naquele estágio probatório. Ou, ao menos, era o que haviam lhe informado quando entrou na delegacia naquele dia.

A porta da sala se abriu e um shinobi gordo e baixo entrou, olhando o menino dos pés às cabeças, como se estivesse medindo suas capacidades. Sentou-se na mesa a sua frente e falou, sem nenhuma cerimônia.

[???]-Sou Akimichi Shingen, e não me importa se você é a porra de um salvador do mundo, aqui temos hierarquia e obedecemos aos superiores, entendido? – olhou diretamente nos olhos de Jyu, fazendo o menino engolir em seco, nervoso. De alguma forma, apesar de ter enfrentado os horrores da guerra contra Yamanaka Suishu, aquele homem ainda lhe causava arrepios. - Sua primeira missão é bem simples, pirralho. Sala 312, tem um ladrãozinho de uma pequena gangue. Descubra a localização dela para que possamos prender o resto da gangue. – parou finalmente, olhando o garoto de forma penetrante. – Alguma dúvida?

Jyu negou com um leve aceno de sua cabeça. Por algum motivo, o menino não conseguia falar nada na presença de Shingen.

[Shingen]-Então o que está esperando? Vai logo! – disse, irritado, voltando-se para alguns papéis em sua mesa, enquanto o menino mais que rapidamente obedecia o seu comando e saía dali antes que fosse demitido em seu primeiro dia de trabalho.

Perguntando, logo chegou na sala 312, encontrando nela apenas uma mesa e duas cadeiras em posições opostas uma a outra. Em uma delas, um garoto com aspecto marrento, sentado com um sorriso malandro, observava a chegada de Jyu. Sendo mais velho e pouco mais encorpado que o shinobi, o garoto parecia rir do jonin com os olhos.

[Isobu]-Vê se vai com mais calma dessa vez, garoto... Não queremos nenhum problema em seu primeiro dia... – aconselhava, por saber que o garoto andava um pouco de pavio curto nos últimos dias.

[Jyu]-Não se preocupe, vou acabar com isso o mais rápido possível... – dizia, se sentando na frente do garoto, enquanto deixava uma sensação estranha no bijuu. O que ele estava planejando?

[Jyu]-Vou ser direto... Preciso que me diga onde é a base da gangue, o quanto antes... – dizia, com seriedade, sem desviar os olhos daquele olhar sarcástico.

[???]-Mandaram um pirralho pedir isso para mim? – e gargalhou da própria pergunta, fazendo Jyu se irritar. Pegando sua Hakkō Chakura Tō de suas costas, a fincou na mesa, a poucos centímetros da mão do garoto, o fazendo sobressaltar.

[Jyu]-A questão é... Ou me informa onde fica, ou não precisa se preocupar em falar mais, pirralho, afinal... – dizia, abrindo um meio sorriso, enquanto deixava seu olhar penetrante. - ...mortos não falam, não é mesmo?

Poucos segundos depois, se levantou, empunhando em sua mão direita um pequeno pedaço de papel, com o endereço pretendido. Deixou-o na mesa de seu supervisor, que apenas o dispensou com um balanço de mão, sem nem sequer olhá-lo...
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 21:53

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡500  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

Uma semana depois de sua primeira missão como interrogador, foi chamado no setor de inteligência para uma nova missão. Novamente, se encontrou na mesma sala, aguardando Akimichi Shengen para lhe dar as novas instruções. Dessa vez, porém, demorou muito mais do que alguns minutos para que seu supervisor aparecesse.

[Shengen]-Sua missão de hoje é tão simples como a outra, já que é do pessoal da gangue do garoto que você interrogou pouco tempo atrás... – dizia, sentando-se sem nenhuma cerimônia. – Você tem que descobrir a localização do líder, pois ele não se encontrava na base quando os prendemos. – disse, voltando sua atenção para os papéis a sua frente. Antes de Jyu sair, porém, ele ainda complementou – e por favor, não estraga a mesa novamente... Não temos orçamento para ficar comprando uma nova sempre que um novato quiser mostrar quem manda na sala...

Acenando afirmativamente, o garoto perguntou novamente na recepção onde era a localização que tinha que ir. Coincidentemente, era a mesma sala que estivera na outra semana. Já sabendo o que o esperava, adentrou na sala com convicção, parando momentaneamente ao perceber que a pessoa a sua frente era uma garota, pouco mais velha que ele mesmo.

Tentando manter a seriedade, olhou-a diretamente no olho, enquanto a menina o olhava com descrença e indiferença. Suspirando, tentou fazer a mesma técnica que da última vez, afinal, ninguém ainda o havia orientado como deveria interrogar as pessoas.

[Jyu]-Onde está o seu líder? – disse, sem perder qualquer movimento da garota.

[???]-E o que isso importa? – perguntou, enquanto mascava de boca aberta um chiclete, de forma extremamente ruidosa. – Ele a essa hora já deve estar bem longe daqui... – disse, arrancando um suspiro do jonin.

[Jyu]-Sabe o que eu acho? – perguntou, andando atrás da garota, com tranquilidade, mas deixando suas pesadas botas fazer um barulho bem alto conforme batiam no chão. – Que ele ainda está aqui, bem perto e que você o está protegendo... – disse, sacando novamente a espada que havia pertencido ao seu pai, de uma forma lenta, fazendo com que o barulho de sua bainha preenchesse toda a sala.

[Jyu]-Ele vale tudo isso? – perguntou, se aproximando da garota, deixando a lâmina fria tocar o seu pescoço, passando a parte sem corte de forma delicada na carne da garota, de forma a não deixar nenhuma marca. – Ele vale o suficiente para que você perca a vida em seu lugar? Para o sangue que pode escorrer nesta sala e que ninguém nunca vai falar nada contra? – perguntou, pressionando com um pouco mais de força na altura de seu pescoço, enquanto sentia a garota ficar cada vez mais nervosa com o modo de atuação do garoto.

Segundos depois, saía da sala com a informação anotada novamente em um pequeno pedaço de papel. Deixou na mesa de seu chefe e nem esperou que desse a ordem de sair, saindo da delegacia o mais rápido possível. Estranhamente, estava gostando daquela profissão. A adrenalina que corria forte em seu corpo parecia ser uma boa bateria para seus treinamentos diários...
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 22:40

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡500  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

 Dois dias depois, se encontrava novamente aguardando a chegada de seu chefe. Por algum motivo, estava começando a se irritar com aquilo. Por que diabos ele sempre o chamava e nunca estava em sua sala? Andando de um lado para o outro, só reparou que seu chefe havia chego quando o mesmo pigarreou, chamando sua atenção. Já sentado, o Akimichi virou para o jonin e repassou as informações daquele novo dia:

[Shengen]-O líder daquela gangue foi capturado. A sala que você vai é a mesma, mas por favor... – disse, enquanto o observava de forma tão penetrante que parecia que estava olhando diretamente em sua alma. - ... Não encoste nos interrogados, isso pode causar uma má impressão, principalmente se eles ficarem marcados... – dizia, enquanto Jyu acenava afirmativamente e se dirigia para a saída, mais uma vez.

[Shengen]-Da última vez, deu o que fazer para que a menina conseguisse dormir, coitada... – resmungava, enquanto Jyu fechava a porta atrás de si.

O jonin, desta vez, nem ao menos pediu nenhuma informação, estava ficando craque em andar nas instalações do setor de inteligência, havia conseguido decorar boa parte de sua estrutura nesse pouco tempo.

Chegou novamente na sala 312, abrindo a porta com força, fazendo-a bater com força, enquanto se tocava que ele não sabia o que tinha que descobrir! Depois de entrar dessa forma, se ele saísse dali, toda a sua encenação iria por água abaixo!

Tentando agir normalmente, o menino caminhou até a frente do líder da gangue, olhando seriamente. Batucou os dedos algumas vezes, estudando o comportamento do garoto a sua frente. Sabendo que se não dissesse nada não conseguiria avançar, tentou traçar um plano, antes que tudo fosse por água abaixo:

[Jyu]-Então! – e parou por alguns segundos, observando os movimentos do rapaz.

[???]-Então...? – perguntou, tentando entender aonde aquele menino queria chegar com aquilo. Aquela abordagem era, no mínimo, estranha...

[Jyu]-Você sabe o que queremos. – disse, deixando transparecer um meio sorriso como uma forma de disfarçar o nervosismo que começava a sentir. – Não pretendo perder mais tempo aqui que o necessário. Apenas escreva a informação neste papel e vamos acabar logo com isso.

Em seguida, o riu da cara de Jyu, dando a entender que achava graça de toda aquela situação. Quem aquele pirralho achava que era? Achava que era só pedir com um sorrisinho que ele iria entregar qualquer informação de bandeja? Ele estava muito enganado!

[Jyu]-PARA DE RIR, CARAMBA!! – gritou, fazendo o rapaz sobressaltar, enquanto internamente, ouvia as palavras de Isobu.

[Isobu]-Calma, Jyu!

[Jyu]-Apenas escreva, antes que eu esqueça que você tem algum direita nesse lugar... – disse, deixando seu instinto assassino aflorar, fazendo com que o rapaz mais que rapidamente pegasse o papel e escrevesse a informação enquanto começava a suar frio e a tremer devido o medo.

Mais que rapidamente, o garoto entregou o papel para seu chefe, que novamente apenas o dispensou, sem nem olhar para o garoto. Saindo da delegacia, o garoto voltou para casa, tentando imaginar qual seria a informação que queriam daquele rapaz...  
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 23:08

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡500  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

Pela quarta vez, o garoto foi chamado para a delegacia. Desta vez, para sua surpresa, encontrou o seu chefe à sua espera, do lado de fora. Ao lado dele, uma senhora chorosa, com as mãos escondendo o seu rosto. Se aproximou, indeciso sobre o que fazer, mas tão logo ficou ao lado de seu chefe, já foi orientado sobre sua missão naquele dia.

[Shengen]-Sala 219. Um homem matou a filha dessa mulher e desapareceu com o corpo. Sua missão é encontrar o local em que o homem desapareceu com o corpo. Deixe a resposta na secretaria, eu pego lá mais tarde... – disse, caminhando com a senhora ao seu lado enquanto a consolava.

Ciente do que devia fazer, o menino entrou e procurou se orientar para qual lado ficava aquela sala. Ao entrar, percebeu que era idêntica àquela sala que havia ido as outras três vezes. Dessa vez, porém, não estava lidando com um caso de uma gangue juvenil, e sim com um caso verdadeiramente sério!

Sentado e com o cotovelo apoiado na mesa enquanto suas mãos escondiam seu rosto, o rapaz tinha sua roupa branca tingida em alguns pontos com um vermelho amarronzado, parecendo, para olhos bem treinados, sangue envelhecido e seco.

[Jyu]-Sabe por que está aqui, não? – perguntou, enquanto se sentava com cuidado e analisava o comportamento do homem, que apenas acenava confirmando, sem mostrar o seu rosto.

[Jyu]-Ótimo, isso ajuda bastante! – disse, se inclinando levemente, de forma a se aproximar um pouco mais do desconhecido. Entretanto, a falta de reação do homem o deixou sem saber como agir, afinal, parecia que não ia poder agir como agira das outras vezes...

[Jyu]-Precisamos achar o corpo, para que aquela mulher possa, ao menos, ter um enterro digno. – dizia, com tranquilidade, enquanto deixava suas palavras pairarem no ar, para que o interrogado absorvesse as informações daquilo que estava falando. Quando achou que deu tempo o suficiente, voltou a falar.

[Jyu]-Entendo que deve ser difícil, mas posso ver que ela era importante para você... – tentava tocar o seu coração, mudando sua perspectiva e forma de abordagem. - ...Acha realmente que ela gostaria de ter ver assim, imerso em culpa pela sua morte? Ou que encontrasse a redenção, lhe permitisse se despedir de sua família, de seus amigos, e poder descansar em paz?

Nenhuma palavra. Nem um único sinal de que ele mudaria sua postura ou até mesmo se moveria um centímetro sequer. Suspirando, o garoto resolveu continuar tentando...

[Jyu]-Quero que pense na angústia que o espírito dela deve estar tendo. Quero que pense na dor que seus familiares devem estar sentindo... Na vergonha que a SUA família deve ter de seus atos... – dizia, sem saber se estava surtindo efeito ou não. - ...Mostre que você ainda é digno, rapaz...

Como que por um milagre, o homem mudou sua postura e escreveu algumas palavras no bloco de notas a sua frente, fazendo Jyu sorrir por ter cumprido mais uma missão. Pegou o papel e o deixou na secretaria, voltando enfim para sua casa.
 
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Qui 1 Jul - 23:32

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡500  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

 No dia seguinte, Jyu foi chamado mais uma vez na delegacia. Dessa vez, instruíram o jonin logo que chegou a ir diretamente na sala de interrogatório número 122, onde seu supervisor estaria esperando. Quase correndo por conta da expectativa, o menino chegou rapidamente na sala e a abriu lentamente, tentando segurar a ansiedade que insistia que ele a abrisse de forma rápida.

Na sala de interrogatório, estava seu chefe e uma mulher de seus vinte e poucos anos totalmente trêmula e com alguns curativos em seu corpo. Olhando a cena, Jyu arqueou a sobrancelha para seu chefe, tentando entender o que estava acontecendo ali.

[Shengen]-Essa é a garota que achávamos que estava morta. – disse, seriamente. – Ela se recusa a nos dar qualquer informação sobre como tudo aconteceu, assim como os motivos que levaram o homem de ontem a quase matá-la e a enterrar ainda viva... – respondeu a pergunta silenciosa do jonin, enquanto acenava com a cabeça na direção da cadeira, indicando que deveria começar o quanto antes.

[Jyu]-Sabe... – disse, se dirigindo até o lado da mulher, agachando-se e tentando olhar diretamente para os seus olhos, que estavam completamente inchados, de tanto chorar. - ...Eu conversei com aquele homem ontem, e consegui o convencer a nos dar o local de onde você estava... – pegou nas mãos da mulher, para confortá-la, mas a mesma recusou o seu toque, o que deu alguma pista para o jonin.

[Jyu]-...Eu o fiz ver um lado que aposto que ele nunca havia pensado. Eu o fiz ver o quanto realmente se importa com você, acima inclusive de seu próprio bem-estar. – continuava, enquanto se levantava e ia em direção a cadeira.

[???]-E-eu... – balbuciou, ficando em silêncio logo em seguida, como se algo a impedisse de falar qualquer coisa.

[Jyu]-Ás vezes as palavras podem ser difíceis de sair de nossa boca, não? Ainda mais quando nos preocupamos de verdade com a pessoa... – disse, enquanto arrastava lentamente o papel para a mulher, colocando uma caneta em cima com leveza e tranquilidade. – Apenas escreva... Tire essas coisas do seu peito e mostre que também se importa com ele, com seus parentes e amigos... Seja corajosa que logo logo, tudo vai acabar e você vai poder descansar... – finalizava, com a voz macia e terna, preocupado com a segurança da mulher.

Acenando afirmativamente, a mulher pegou o papel e, chorando, começou a escrever todas as informações que ela tinha para escrever. Saindo da sala, foi acompanhado por Shingen, que colocou uma mão em seu ombro, antes de dizer:

[Shingen]-Parabéns, garoto! – disse, com um caloroso sorriso em sua face. -... Graças aos seus últimos trabalhos, vou considerar a sua promoção para  Subtenente... – disse, virando as costas e entrando novamente para a sala de interrogatório, enquanto Jyu nem mesmo acreditava em sua sorte!

Em tão pouco tempo, uma promoção? Talvez, mudar de setor tenha sido uma verdadeira dádiva! Animado com a informação dita pelo Akimichi, o menino voltou para casa extremamente feliz, enquanto repassava, mentalmente, tudo o que havia feito desde que entrara no setor... 
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Revouv
Tokubetsu Jonin
Revouv
Vilarejo Atual
[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace Ba3293b0d1e3d0e8dff4a8030bec76a2

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Sex 2 Jul - 8:17

Player: @Hikaro
Situação: Aprovado.
Considerações: Coloca um aviso da próxima vez impedindo que um mestre acordado a madrugada toda tenha que ler tantas palavras. Teus post tem que vir com placa de perigo pode não parecer, mas deu 2500 palavras. Wake me up~
Recompensas: Missões de Rank D.

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
Hey There!

Hikaro
Espadachim da Névoa | Herói
Hikaro
Vilarejo Atual
Hey There!

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Sab 3 Jul - 23:11

Jyu Viole Grace
⌠CH⌡ 3675/3675⌠HP⌡ 3725/3725⌠Stamina⌡ 000/011⌠Sanbi⌡ 2500/2500 ⌠Palavras⌡512  ⌠Kirika HP⌡1000/1000  ⌠Kirika CH⌡1000/1000  

 Ele já estava no setor de inteligência há alguns meses. Suas maiores realizações haviam sido as missões anteriores, mas eram simples e suaves perto do que ele imaginava que seriam as verdadeiras e mais profundas camadas daquela profissão que lhe impuseram. Sua ânsia de poder e sua ambição falava cada vez mais alto.

Naquele dia, em especial, ele estava sem nenhuma paciência. Foi chamado como de costume para a sala de seu supervisor Akimichi Shengen pela primeira vez desde que haviam desmantelado a pequena gangue encrenqueira de Kirigakure com seus pequenos crimes. Caminhou até lá a contragosto, mas em seus pensamentos mais íntimos, ele esperava que lhe dessem uma nova missão. Uma missão que lhe desse algum desafio, ao invés de somente lhe colocar civis comuns para serem alvos de meras artimanhas.

Para sua surpresa, seu supervisor já se encontrava ali, diferente de todas as vezes que ele havia sido chamado em sua sala. Ao seu lado uma kunoichi de longos cabelos negros e olhos amendoados, que o olhava seriamente.

[Shengen]-Essa é Hinata, vocês trabalharão juntos dessa vez. – começara os apresentando, enquanto Jyu avaliava a garota de cima a baixo. – Vocês terão algumas missões juntos, cada uma delas englobando alvos diferentes, para que possamos chegar neste nukenin... – e mostrou uma foto para ambos.

Nesta foto, era um homem de pouco mais de 30 anos, rosto bem definido e marcado por várias cicatrizes. Possuía um cabelo curto, cortado ao estilo militar.  Seu olhar parecia bem feroz a primeiro momento, lhe dando uma aura um tanto quanti irritadiça e poderosa.

[Shengen]-O primeiro alvo de vocês nós já temos em custódia. Sala 218. – informava, se virando para o jonin – e Jyu... Por favor, o deixe inteiro o suficiente para que ele pelo menos durma durante a noite.

Acenando positivamente, o menino foi junto com a garota para a sala, encontrando um garoto pouco mais velho que ele próprio.  Parecia nervoso por estar naquele lugar sozinho e ficou ainda mais aparente quando a porta se fechou.

[Hinata]-Ningui, correto? – perguntou, se aproximando do garoto, enquanto pousava levemente a mão em seus ombros. – Acredito que tenha informações que precisamos, não?

[Ningui]-Eu não sei do que estão falando...

[Hinata]-Não pense que não sabemos de seu contato com aquele homem, rapaz.. – continuava, enquanto dava a volta na mesa, parando em frente dele, olhando diretamente para os seus olhos.

[Jyu]-Ele não vai soltar nenhuma palavra dessa forma... – dizia, se aproximando de Hinata e pegando duas kunais de sua bolsa de armas, localizada na perna direita. - ...mas acho que ele vai se lembrar do que ele tem para falar, só precisamos do incentivo correto...

Abrindo um sorriso malicioso, o jonin arremessou a primeira kunai a poucos centímetros da mao esquerda de Ningui, que estava repousando na mesa. Vendo o mesmo arregalar os olhos, arremessou a segunda kunai a centímetros de seu rosto, fincando-a na parede...

[Jyu]-Próxima vez eu posso não ser hábil o suficiente para errar... – disse, pegando a espada em suas costas.

Minutos depois, saíram da sala, portando um único nome, que agora se tornou o próximo alvo dos dois... 
Considerações Finais:
Emme's Codes

_______________________

[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace Icon_111

Bako
Bako
Vilarejo Atual
[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace Icon_111

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado Seg 5 Jul - 4:02

Situação: Aprovado
Considerações: -x-
Recompensas: 1x missão rank C para a profissão.

_______________________

[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace Scre1755
[Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace Assina10Olá, eu sou o Bahko.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Filler - Timeskip 10 Anos] Jyu Viole Grace - Publicado