:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Filler] — Back to Black D08b07ef0bf98b6b11ca607569f49e1d839f756b

Skywalker
Nukenin A
Skywalker
Vilarejo Atual
[Filler] — Back to Black D08b07ef0bf98b6b11ca607569f49e1d839f756b

[Filler] — Back to Black - Publicado 13/4/2021, 17:44

Back to Black
HP: 1700 | 1700
CH: 2525 | 2525
ST: 00 | 08

"Fade to nothing."



Era uma manhã, pouco depois do jovem Ubayashiki ter completado os seus oito anos de idade. O garoto estava muito feliz e havia comemorado tal data ao lado de seus pais, mas sentia falta da presença de seu irmão mais velho, que por algum motivo não pudera comparecer. O pai, Sasaki, consolou o menor ao explicar que seu irmão possuía algumas obrigações fora do vilarejo e que por conta disso ele não poderia vir até seu aniversário, mas que mesmo assim havia prometido trazer-lhe um presente. Ao invés de agora, naquela época Kagaya era uma pessoa bastante extrovertida e esperançosa, que sempre pensava em seu futuro e na felicidade das pessoas que amava. Um jovem tão cheio de esperança e sonhos, agora submerso em sua própria escuridão. Mesmo assim, não o julgaria, tomando base os acontecimentos que o levaram a desenvolver tal personalidade. Apesar disso, agora voltemos ao momento. Um - Não, dois dias passaram-se desde então e o irmão não retornara para casa, o que levou o garoto a ficar bastante preocupado. O pai dizia que estava tudo bem e que a demora já era esperada, bem como a mãe também concordara com o dito do mais velho. Mesmo assim, Kagaya não parecia sentir-se mais calmo por conta disso. Era a primeira vez que havia permanecido tanto tempo longe de seu irmão, que por mais que fosse uma pessoa pouco sociável, ainda sim era um espelho ao pequeno. A noite estava em seu auge, com a lua cheia emanando raios prateados sobre o vilarejo, e o pequeno sentado sobre a grama do quintal de sua casa, observando o céu repleto de estrelas. Os cabelos negros e longos com o par de brincos Hanafuda eram um reflexo quase perfeito de seu irmão.

— "Será que o mano vai voltar hoje?" — Perguntava-se, sonolento.

O tempo parecia passar muito mais rápido na perspectiva do garoto, que aguardava ansiosamente pelo retorno de seu irmão mais velho, Genya. O outro já buscava seguir os passos de seu pai e se tornar um espadachim que protegeria sua vila natal, e por conta disso, fazia viagens diversas em busca de aprimorar suas habilidades. Com treze anos, era um verdadeiro prodígio que nem mesmo precisara estudar as artes shinobi para conseguir desenvolver seus próprios métodos de combate, voltados para a espada. Era o contrário de Ubayashiki, que por sua vez era uma pessoa bastante pacífica e até mesmo covarde em muitas situações, detestando qualquer tipo de conflito e chegando a até mesmo sofrer de efeitos colaterais por se envolver ou presenciar um. Sua personalidade desagradava o irmão, mas os pais não pareciam se importar nem um pouco com isso, já que a vila era bastante calma e possuía pessoas poderosas. Kagaya parecia ter aptidão para Ninjutsus e possuía um intelecto bastante superior para a sua idade. O oposto entre os dois irmãos parecia ser o fator que os aproximava, talvez pela necessidade de sempre terem um ao outro. Quase dormindo, Ubayashiki relembrava os momentos reluzentes ao lado de seu irmão, as brincadeiras, as brigas e outros acontecimentos, lhe fazendo ter um constante sorriso no rosto. Apesar disso, antes que enfim viesse a adormecer, uma mão pousou sobre seu ombro esquerdo.

— "Você bateu a cabeça, por acaso? É melhor entrar antes que o pai venha aqui te dar uma bronca." — Genya resmungou.

— "Mano?" — Kagaya questionou, olhando para trás. — "Ah! Você voltou!" — Disse, se levantando, com um grande sorriso no rosto.

— "Por que a surpresa? Achou mesmo que eu fosse desaparecer, ô cabeça? Eu só fui resolver uns assuntos lá, mas não é da sua conta. Vamo entrar logo, vai ser melhor. Ah, e aqui teu presente de aniversário. Se reclamar eu pego pra mim, beleza? Esse negócio me custou o olho da cara, eu tive que fazer serviço adicional pra dar conta de pagar as parcelas. É um material raro que compõe esta flauta, e como eu sei que você gosta desse tipo de coisa, eu resolvi dar uma pra você. De nada." — Ele disse, com um tom de voz neutro.

Genya então tirou a flauta do bolso, enrolada em um pano com um pequeno Fuinjutsu que ali a protegia do externo, e entregou ao irmão mais novo, que pulava de alegria. Ele nunca havia recebido um presente do mais velho até então, mas nunca sentiu-se abatido pro isso. Talvez o rapaz tivesse seus motivos para não presentar o irmão, mas nesta ocasião, resolveu surpreendê-lo. Seria uma compensação por não estar presente na comemoração? Enfim, aquilo já não mais importava. Genya dera as costas e arrumara a posição das espadas embainhadas em sua cintura, então suspirando e andando em direção às portas de sua casa. Sem dificuldade alguma, Ubayashiki fora capaz de desfazer o selo do Funyu e libertar a flauta, segurando-a em mãos. Era deveras bem feita, um material verdadeiramente belo. Feita completamente a mão e detentora de inúmeros detalhes que enriqueciam sua aparência, aquele presente significava bastante coisa para o pequeno, que apesar de sentir-se agraciado, pensou em algo a mais. Por conta disso, forçou a flauta a ponto de partí-la ao meio, o que chamou a atenção do irmão mais velho, por conta do barulho. Vendo a flauta partida nas mãos do irmão, andou até sua direção.

— "Mas o qu-" — Antes que pudesse finalizar, fora interrompido quando Kagaya virou-se para ele, colocando metade da flauta sobre o pano e estendendo até o irmão.

— "Q-quero que você fique com metade dela...E eu com a outra. É pra representar que sempre estaremos juntos!" —
[Filler] — Back to Black 4a9484f811f1c4595c76b7053f1beb10233fd116r1-600-338_00

Genya arregalou seus olhos durante alguns instantes e hesitou em tomar a flauta do irmão, mas mesmo assim o fez. Ao segurar a metade partida, observou-a fixamente com os olhos durante alguns instantes e após deixar tal atenção de lado, voltou a observar Kagaya, que permanecia sorridente. Genya raramente demonstrava qualquer tipo de sentimento, e isso ele considerava sua maior fraqueza. Por mais que muitas vezes fosse rígido com seu irmão e não desse muita atenção ao mesmo, a verdade era que Genya tinha inveja do mesmo. O rapaz era uma pessoa tão feliz, otimista e que nunca via o lado obscuro das coisas, sempre pensando no bem de todos. O caminho que o mais velho escolheu levou-lhe a escuridão, como o pai havia o alertado há muitos anos atrás. Talvez eles pudessem estar brincando até hoje como crianças comuns, mas sua necessidade de tornar-se um guerreiro da justiça o fez pagar o preço de presenciar toda a desgraça deste mundo. Mesmo assim, ele não havia perdido a sua humanidade. Fechou o punho com a flauta e apertou-o com força, levantando a voz.

— "É claro que estaremos, Kagaya. Você pode ter certeza disso, maninho." — Ele dissera, colocando a flauta partida no bolso envolta no pano e dando as costas. — "Sabe...As vezes eu queria ser como você." — Finalizou, deixando o local.

— "Huh? ...Ser como eu?" — Ubayashiki pensou, não entendo muito bem o que o irmão queria dizer.

Alguns segundos se passaram, até que o infante decidira levantar-se e guardar a outra metade da flauta consigo. Haviam feito a promessa de sempre estarem com a flauta, não importasse os acontecimentos. Viveriam e morreriam junto a ela, para cumprir esta promessa tão antiga. O rapaz deu uma última jogada de olhares para o céu e percebeu que duas estrelas brilhavam mais forte esta noite. Deu um leve sorriso e considerou que aquilo representasse o laço entre os dois irmãos, então voltando olhares para sua casa e finalmente dando término àquela noite que permaneceria marcada para sempre na história de ambos. E mesmo que Kagaya já não mais fosse o mesmo de antes, a flauta...Ele nunca deixou de lado. Não a jogou fora, nem mesmo a ignorou. Todas as noites, rezava para seu irmão, mesmo ainda hoje. Talvez...Fosse culpa, pelo que aconteceu?

Informações:


Palavras: 1377






_______________________

[Filler] — Back to Black E61d9053d0ce1422ba25de28b0cd7fa2464294b3
"I Just live to Fall."

FP | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-x-

Bahko
Chūnin
Bahko
Vilarejo Atual
-x-

Re: [Filler] — Back to Black - Publicado 13/4/2021, 19:55

Ok

_______________________

[Filler] — Back to Black Dcaa73310219fb06ecbf84af7785edc2e56f56af49f5b80f1431685fc6c8a7d8_1