>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Revouv
Chūnin
Revouv
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler Time Skip] A Raposa que sonha em virar musicista. Fukuwa.full.923643

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74385-fp-yukikitsune-kaonashi https://www.narutorpgakatsuki.net/t72868-gf-kaonashi-yukikitsune

[Filler Time Skip] A Raposa que sonha em virar musicista. - 11/3/2021, 07:32



 

 
あいまいなアート.Você não está vivendo. Você está sobrevivendo em um mundo sem cor.
 

Vislumbrava-me, ao mesmo tempo estranhamente incomodado, ao contemplar a multidão de pessoas assistindo minha graduação. De fato, eu estava vendo uma cena que jamais esperaria testemunhar. Mesmo com meu desempenho digno de desprezo na parte prática do exame, minha classificação na prova teórica fez-me alguém capaz de se graduar. Sinceramente, estava impressionado. Eu nunca fui alguém de superestimar minhas próprias habilidades, em contraste com aqueles que desafiei durante todo o exame, entretanto, pude mostrar a mim mesmo, que estava insatisfeito e um tanto melancólico com meus fracassos, que sou sim alguém talentoso. Eu questionava-me se algum dia seria realmente respeitado. Eu odeio as pessoas pois não sei o que posso esperar delas, e essa incerteza uma ansiedade incontrolável. Eu finalmente lembrei-me do meu próprio passado, sei exatamente melhor do que ninguém o que é sofrer por enxergar-se apenas como um simples lixo humano. Mesmo nas piores condições, eu suportei graças a música. Eu me apaixonei por ela a primeira vista, e sua ambiguidade é melhor do que qualquer lábio carnudo. Mal consigo imaginar que se não fosse por ela, eu estaria morto numa viela qualquer, desnutrido e pálido como a própria neve que deu-me meu sobrenome. Graças a música, hoje, eu sou alguém a poucos passos de se tornar um verdadeiro musicista, e não somente um qualquer, mais sim o maior músico que esse mundo já viu. Eu estarei em todos os livros, todas as artes, serei parafraseado e referenciado, a inspiração dos mais jovens e o orgulho dos mais velhos. Eu sabia meu lugar e estava determinado a trilhar meu caminho ninja. Se há algo que ame com sua própria vida, faça disso seu próprio túmulo. Após a condecoração e as premiações, eu imediatamente voltei para minha casa e passei o resto do dia e várias horas da noite compondo. O festival perdurou por uma semana inteira. Após eu definitivamente ser registrado como chūnin, comecei a folhear alguns livros sobre psicologia e o sistema da mente humana. Eu estava interessado em compreender como a mente das pessoas funcionava, o sistema neurológico mais complexo. Dominar a mente das pessoas forneceria-me um arsenal, a arma que eu precisava para conseguir aperfeiçoar minhas ilusões. Na prática, eu buscava entender as emoções humanas ao extremo, conseguindo domina-las. Lembro-me de meus anos ainda como uma criança suja que cruzava as diversas vilas nos arredores do país para continuar sobrevivendo. Eu costumava observar aquilo que os adultos faziam e atentar-me aos detalhes de suas conversas, como interagiam uns com os outros. Eu nunca interessei-me pela literatura, mas ela com certeza concedia-me o preparativo ideial, o terreno que eu devia estruturar antes de adentrar nessa área de estudo. A psicologia costuma tratar também de deficiências, especificamente quando dizemos das anomalias psíquicas, ou simplesmente os transtornos mentais. Eu passei semanas inteiras preso dentro do meu próprio quarto com uma pilha de livros do tamanho de um pequeno armário ao meu lado, dispostos justamente para auxiliar-me a entender a mente humana. De fato, era algo interessante, e eu percebia o quanto aquilo poderia render-me frutos a medida que dedicava-me a entender. Todavia, não bastava apenas interesse, eu precisava superar minhas próprias limitações caso eu realmente quisesse aperfeiçoar minhas técnicas ilusórias. Digo isso pois desde que me entendo por gente, antes de lembrar do meu passado, eu sempre tive dificuldade de me entender com as pessoas. Talvez meu ódio por elas acorrentasse minha razão e me fizesse agir de forma ilógica e desrespeitosa. Eu precisava quebrar essa barreira, precisava entender os códigos linguísticos que as pessoas transmitiam em uma conversa e entender seus sentimentos. Como não havia como testar aquilo na prática, simplesmente pratiquei em um espelho quebrado que tenho em meu banheiro. Acredito eu que foram horas despendidas na prática do oratório. Não consigo dizer ao certo como foi que consegui tal proeza, e provavelmente imaginar-me conversando com meu próprio reflexo além de ser uma visão estupidamente hilária é vergonhosa. De qualquer modo, foi isso que fiz, e tive resultados. Com os poucos estudos que absorvi e com dedicação, pude superar dia após dia minha dificuldade de entender-me com as pessoas, apesar de ainda não conseguir me aproximar delas ou minimamente suporta-las. Um passo de cada vez. Meus dias não foram muito longe disso. Ou eram dias em frente ao espelho ou dias onde eu estava ocupado demais com missões encarregadas a mim, aliás, de relevância acima do que eu esperava, resultado de minha graduação. Não foram dias tão monótonos quanto estava acostumado, o que fez de minha mente um verdadeiro escritório, algo bom, pois exercitava o raciocínio e não atrofiava minha mente genial. Foi um mês repleto de tarefas e estudos, mas ainda não havia chegado ao fim. Eu precisava de mais, e estava cada vez mais perto do ápice. Eu estava caminhando para meu destino. Eu mal pude ver o tempo passar. Quando dei-me conta, já havia passado-se um mês inteiro. Ainda assim, eu podia ver que estava longe do fim. Com o final deste mês, fiz uma avaliação de meu próprio progresso. Ao todo, não parecia que eu havia mudado muito. Mal cortei meu próprio cabelo, mas ele nunca cresceu muito rápido. Quando meu bloqueio, isto é, minha dificuldade em me relacionar, foi superado, comecei a praticar com algo mais real, indo a restaurantes ou estabelecimentos comerciais mais povoados apenas para ouvir as histórias das pessoas, a forma como falavam com seus familiares, amigos ou amantes, e também, com muito esforço, tentar comunicar-me. As primeiras tentativas me fizeram repensar meu abandono do velho espelho, mas articular um assunto ficou mais fácil a partir da descoberta dos interesses dos meus objetos de estudo. Reparando em como eles se vestiam, a forma como falavam e as expressões faciais, tornava-se óbvio quais tipos de comida gostavam de ver em seus pratos, as pessoas que se relacionavam ou seus péssimos gostos musicais. Eu não lembro de ter passado mais de uma hora conversando com os estranhos que encontrava, porém, o curto tempo era bem ideal. As pessoas ficavam desconfortáveis com conversas longas demais e se sentiam constrangidas quando o assunto era desinteressante, o que provavelmente indicava que eram tímidas demais para me mandar calar a boca.

HP: (250 • 250) | CH: (1.000 • 1.000) | ST: (00 • 02)

Considerações:

> Número de palavras: 1050.

Considerações narrativas:
Filler Time-Skip seguindo as regras do Exame Chūnin. A passagem de tempo é de 1 mês.
1 Defeito superado, Falta de Habilidade Social (1).
1 Missão de Rank B feita.

Aparência:
Kaonashi veste-se com um cardigan de cor bordô, um casco grande e por dentro um suéter preto de cola alta e de manga comprida. Um par de luvas pretas em ambas as mãos. Em seu pescoço, o contorno está enfaixado e com duas pontas da faixa soltas, além de uma corrente prateada pendurada. No rosto, especificamente no contorno dos olhos, um delineador preto. Logo abaixo, uma máscara comum em seu vestiário, um respirador químico, que utiliza como cosmético. Com seu cabelo, cobre boa parte de seu rosto com uma franja lateral e por cima, uma touca. Por fim, na parte inferior, usa apenas de uma calça preta e uma bota de couro, também preta.

Atributos:

Atributos primários:

Ninjutsu: 4
Genjutsu: 6
Taijutsu: 0
Inteligência: 5
Força: 0
Velocidade: 0
Stamina: 0
Selos: 2

Atributos secundários:

Regeneração: 0
Recuperação: 0
Shurikenjutsu: 0
Cura: 0
Absorção: 0
Ninshu: 0
Combate: 0
Ilusão: 10

Técnicas usadas:

Técnicas ilusórias:

Genjutsus são técnicas que são empregadas do mesmo modo que o ninjutsu, requerendo chakra e selos de mão. Porém, a diferença primária entre ambos é que os efeitos do genjutsu são ilusórios; ao invés de atacar o corpo da vítima, como taijutsu ou ninjutsu, técnicas de genjutsu criam falsas sensações no sistema nervoso da vítima, alterando fluxo do chakra dela e, consequentemente, causando uma perturbação nos sentidos.
Técnicas ofensivas:
Técnicas defensivas:
Jutsus armadilhas:
Invocações:

A Técnica de Invocação é um ninjutsu de espaço-tempo que permite que o invocador transporte animais ou pessoas através de longas distâncias instantaneamente através do sangue do usuário.
Jutsus em preparo:
Jutsus passivos:

Bolsa de armas:

_______________________


Yukikitsune Kaonashi


FICHA  |  GF  |  BANCO
-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler Time Skip] A Raposa que sonha em virar musicista. PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Filler Time Skip] A Raposa que sonha em virar musicista. - 11/3/2021, 14:51


_______________________

[Filler Time Skip] A Raposa que sonha em virar musicista. 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.