>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera
Últimos assuntos

Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

[Cena] - O Número do Desaparecimento - Seg 23 Nov - 22:55


Narrador: Skywalker

O Número do Desaparecimento

@Aru

O Rapaz parecia não ter tempo nem mesmo para respirar. Quando pensava que os afazeres ninjas finalmente jaziam em paz, criando uma harmonia para o garoto, batidas fortes à porta eram ouvidas. Quando Aru aproximar-se, veria que um papel passava pelo vão da porta, possivelmente tocado pelo cidadão que ali se prestava. Apesar disto, a sombra do mesmo rapidamente desfez-se da entrada, o que deu a entender que ele apenas deixou um recado e simplesmente sumiu. Enfim, quando abrisse o envelope em questão, o aspirante a médico poderia notar que a letra estava com diversos garranchos e erros gramaticais...Mas parecia ser algo proposital, como uma forma de desviar a atenção. Aquele bilhete, em suma, era uma convocação do próprio Quartel-General que encarregou Aru do cargo de "Eirle Sterlings", um barman de 20 anos que misteriosamente desapareceu há dois dias, sem deixar qualquer tipo de rastro. Nem mesmo os amigos avistaram Eirle desde então, o que está gerando confusão e medo na vila. O dever principal de Aru era encontrar o paradeiro de Eirle, que possivelmente jazia em algum lugar dentre a nebulosa Vila da Névoa. O rapaz também notara que junto do envelope havia uma chave ~ Esta a qual pertence à casa do desaparecido em questão. O Genin teria permissão de adentrar na residência a fim de encontrar pistas sobre o barman. Nesta situação, via-se duas opções viáveis: Aru poderia começar pelo bar o qual Eirle trabalhava ou poderia ir diretamente à casa do mesmo. Estava praticamente agindo como substituto de detetive, mas ninjas deveriam estar preparados para qualquer situação, afinal. O pequeno também teria de prestar atenção aos detalhes na casa caso optasse pelo caminho da mesma, porém se fosse ao bar em busca de informações, deveria falar diretamente com o dono do local - Vadim, que era o melhor amigo de Eirle, também dividindo o mesmo quarto com o barman. Ambas as opções eram bastante válidas para o início do caso, cabia ao rapaz decidir por onde começar esta investigação cujo final ainda permanece incerto. Afinal, o que aconteceu com Eirle? Descobriria ao final de tudo...Ou seria apenas mais um caso em branco? Bom..Não havia como saber sem tentar, não é mesmo? O jogo, no entanto, estava apenas começando. O caminho a ser trilhado seria longo...E quem sabe, desagradável.

Considerações:

- Narre o que fez.

- Mínimo de 200 palavras p/post.

- OBJETIVOS:
- x2 Missões Rank C ( 1 / 6 )

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 1/6

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Aru
Chūnin
Aru
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento VEV2y1p

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73238-fp-hoki-aru https://www.narutorpgakatsuki.net/t73263-gf-aru-hoki

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Ter 24 Nov - 22:08

DesaparecerO sol, a lua e as estrelas teriam desaparecido há muito tempo se estivessem ao alcance dos predadores humanos.


O despertará fora rápido e mecânico; houve um bater suave de cílios em busca da consciência, os olhos aderiam gradativamente a luz mortiça provinda das janelas de seu aposento. Ergueu a estrutura ligeiramente sonolenta em direção ao cômodo de banhos; a água quente transportava-se através do corpo diminuto e infantil lavando-o de modo apropriado e aprazível.

Vestia roupas simplórias em razão da possível escassez de atividades que envolveria aquela data em questão. Suspirou fundo em repouso enquanto organizava os fios embranquecidos e medianos com auxílio de uma escova. Quando circundado pela harmonia do relaxamento batidas hostis e apressadas perduraram em sua porta. Instigado e curioso questionou em alto tom quem se apresentava, muito embora, não tivera qualquer resposta. Ao se aproximar do dito acesso um bilhete transportava-se através da pequenina brecha.

Não demorou para iniciar a leitura entremeio os garranchos e erros gramáticos que mentalmente corrigia, findara tratando-se de uma convocação quanto ao caso de um coqueteleiro de vinte anos que estava aparentemente desaparecido, em posse ao envelope a chave metálica da residência alheia.

Pôs sobre a compleição física as partes robustas da vestimenta. Estava decidido a iniciar aquela que aparentava ser uma difícil missão. A principio iria para a casa de Eirle tinha uma teoria que ambientes íntimos vividos intrinsecamente pelo garçom diriam mais sobre ele do que seus colegas de trabalho receosos ou culpados. Calmamente designou-se ao local onde o dito vivia quando neste analisá-lo-ia enquanto explorava-o. 



Bolsa de armas [15/20]:

☼ 18 Kibaku funda [05]
☼ 07 kunais [08]
☼ 03 Shurikens [05]

Jutsus utilizados:



Considerações:

☼ O post possui 239 palavras.
☼ Narrador @Skywalker
Ficha.

Vida: 700/700
Chacra: 975/975
Byakugo: 000/500
Stamina: 00/05
Roupas

-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Qua 25 Nov - 8:53


Narrador: Skywalker

O Número do Desaparecimento

@Aru

A casa de Eirle era bastante modesta e não havia nada de mais em seu exterior, sendo padrão para Uzushiogakure. Porém, ao destrancar a porta, ele veria que tudo no interior estava uma bagunça. Papéis espalhados por todos os lados, garrafas de cervejas vazias e móveis revirados. Mesmo assim, ele não havia sido assaltado. A verdade é que ou ele era um desleixado completo ou estava desesperado à procura de alguma coisa. A sala principal estava relativamente arrumada em comparação aos outros móveis, com diversos móveis de madeira fora de posição e aparelhos eletrônicos jogados no chão. Sendo uma casa de dois andares, o primeiro deles estava bastante elegante em comparação ao que estava por vir. Subindo em direção ao quarto de Eirling é onde o mistério se encontrava. Sua cama estava arrumado, mas o travesseiro estava rasgado. Os armários estavam de portas abertas e diversos rótulos de remédios jogados por cima da cômoda ao lado da cama. Apesar disso, algo chamava a atenção de Aru: Um papel sujo por baixo de um pequeno caderno, com anotações de uma outra pessoa.


Nome: Eirle Sterlings
Sexo: Masculino
Idade: 20

Nº: 22

Procedimento Requisitado: Plástica Facial.
Cirurgião Responsável: Crocker D.

Informações cruciais estavam ditas nesta breve mensagem, que mais se parecia como um comprovante. Eirle aparentemente havia requisitado uma cirugia plástica em seu rosto por motivos descartáveis no momento. O Cirurgião que iria supostamente lhe aplicar os procedimentos é o renomado Crocker, bastante conhecido por ter um conhecimento profundo da medicina e por praticamente nunca errar, sempre entregando trabalhos espetaculares. O garoto sabia que Crocker ao menos morava em uma casa fora de Uzushiogakure, mais especificamente beirando o pequeno, porém belo Rio Ford, ao leste do vilarejo. Crocker realizava todos os procedimentos em sua casa, enquanto seu atendente, Farias, cuidava dos assuntos médicos na cidade e era aquele que agia marcando consultas, cirurgias e outras coisas em nome do cirurgião. Farias, por sua vez, vivia próximo do centro da cidade, mas costumava passar a maior parte do dia no Hospital do vilarejo em questão. Aru poderia consultar o assistente do cirurgião ou ir direto ao assunto e investigar a casa do mesmo diretamente sem quaisquer avisos prévios, o que poderia ser considerado invasão de propriedade...Mas isto se aplica a um ninja em missão, afinal? Enfim, ele teria de decidir o que fazer e partir para o próximo passo. A conversa com qualquer um dos dois seria difícil, então é melhor que esteja preparado para qualquer coisa que encontrar em meio aos diálogos.

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 200 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 2/6

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Aru
Chūnin
Aru
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento VEV2y1p

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73238-fp-hoki-aru https://www.narutorpgakatsuki.net/t73263-gf-aru-hoki

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Qua 25 Nov - 18:13

DesaparecerO sol, a lua e as estrelas teriam desaparecido há muito tempo se estivessem ao alcance dos predadores humanos.


A residência alheia mesclava-se ao ambiente usual e modesto de Uzushiogakure camuflando-se com os cumes arredondados e as cores frias presentes em grande parte das estruturas que se encontram rente a cidade. O som metálico da tranca ecoara por alguns segundos quando os dedos esguios do menino achavam a maçaneta.

Um ligeiro baque quando adentrara a casa; o espaço interno se via muito oposto ao que imaginava, assimilava um ambiente de batalha ou de tragédia natural onde consumido pela destruição completa e a desorganização pouco proposital, mal conseguia absorver as imagens mundanas assoladas pelo que presumia ser a procura intensa e constante de algum objeto especifico ou um combate intensificado.

Passara suas mãos por muitos dos objetos de outrem a modo de examina-los e recriar em sua mente as possibilidades para aquela respectiva cena, que por sua vez até onde tinha conhecimento não haviam testemunhas. Os olhos exploravam à medida que avançava a moradia analisando os detalhes e gravando qualquer informação que julgasse necessária.

Quando no quarto encontraria uma cama suspeitamente organizada, sobre esta um travesseiro retalhado, os armários estavam abertos e havia rótulos diversos de remédios. Aproximara-se da cômoda identificando um papel amarelado com informações de Eirle, tratava-se de um possível procedimento de plástica que o jovem coqueteleiro iria realizar, o cirurgião responsável é famigerado pela indubitalidade de sucesso quanto ao seu trabalho.

Decidira que a melhor opção para a situação em questão seria consultar o assistente Farias que se dispunha sobre o hospital do vilarejo em razão de não ter suspeitas o suficiente quanto ao médico para invadir a residência deste. Quando no consultório procuraria pelo auxiliador e intentaria perguntas básicas voltadas a consulta: se Sterlings sequer chegara a concluir a cirurgia e se sim se decorreu bem, como foi o pós-operatório e principalmente se ele chegou a reclamar do trabalho do clínico.  



Bolsa de armas [15/20]:

☼ 18 Kibaku funda [05]
☼ 07 kunais [08]
☼ 03 Shurikens [05]

Jutsus utilizados:



Considerações:

☼ O post possui 305 palavras.
☼ Narrador @Skywalker
Ficha.

Vida: 700/700
Chacra: 975/975
Byakugo: 000/500
Stamina: 00/05
Roupas

-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Qua 25 Nov - 21:52


Narrador: Skywalker

O Número do Desaparecimento

@Aru

Farias era um homem de estatura média e possuinte de um longo cabelo de coloração preta jogado totalmente para o lado direito. Vestido com seu jaleco médico, demorou um pouco até perceber que havia um jovem desejando falar com o doutor assistente. Após passar a mão pelos longos fios de seu cabelo e detendo todo o tempo uma expressão neutra e enigmática, ouvira atentamente aos questionamentos de Aru, então abrindo um leve sorriso ao final e respondendo com sarcasmo, como se não estivesse levando aquilo a sério.

- "Oh, não! Ele descobriu todos os meus planos...É o fim...." ~ Disse com bastante ironia, gargalhando. O Doutor então levantou o rosto novamente para Aru, como se o que estivesse escutando fosse um absurdo. Ele não cederia tão facilmente e estava totalmente convicto de que tudo não passava de um mal-entendido. Talvez realmente não tivesse conhecimento da situação atual de Eirle, mas...A atitude estranha chamou a atenção. - "É o seguinte: O Paciente Nº22 foi realizar os procedimentos cirúrgicos na casa do Doutor Crocker, isto é sim verdade. Mas não é de nossa responsabilidade que ele tenha desaparecido, afinal de contas, a casa do Doutor é cercada por seguranças e não haveria chances de Eirle simplesmente ter sido sequestrado por qualquer motivo. Ele é só um barman qualquer, porque Crocker iria querer um atendente ao invés do dono do bar? Bem, não tem ninguém na casa de Crocker, talvez você tenha se enganado quanto às informações encontradas. Como eu sou o assistente do médico em questão, não sei de muitas informações, mas tenho certeza de que o doutor é um homem do bem e que este infortúnio ocorrido à Eirle não tem nada haver com nosso nome. Agora, se puder me dar licença..." - Disse, passando diretamente por Aru e jogando um olhar de desconfiança ao garoto, então levantando sua prancheta. Não havia conseguido retirar muita coisa de Farias além de que ele dizia por todas as coisas do mundo que ele e Crocker eram completamente inocentes. Sem mais informações a serem encontradas pelo hospital, pelo visto o que restava a Aru era confrontar o cirurgião diretamente. Será que o tão renomado cirurgião finalmente revelaria sua verdadeira face malígna ou será que tudo realmente não passasse de um mal-entendido? Vai saber...

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 200 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 3/6

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Aru
Chūnin
Aru
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento VEV2y1p

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73238-fp-hoki-aru https://www.narutorpgakatsuki.net/t73263-gf-aru-hoki

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Qui 26 Nov - 1:47

DesaparecerO sol, a lua e as estrelas teriam desaparecido há muito tempo se estivessem ao alcance dos predadores humanos.


Seus olhos vermelhos carmesim analisavam o ambiente frio e embranquecido do hospital, explorando-o enquanto aguardava pela presença do dito assistente. Tamborilava suavemente os dedos frente ao balcão de coloração azul, um ato de impaciência que pouco seria perceptível pelas figuras indistintas que lhe cercavam e que pareciam completamente atordoadas com a quantidade significativa de serviços.

O médico trajava um jaleco seguido de roupas esverdeadas e simplórias, tinha estatura mediana e fios longos e pretos que lhe pareciam sedosos. Um semblante enigmático se apossava das feições do adulto enquanto este ouvia atentamente as questões empregadas pelo Hõki. Pigarreou suavemente com o fim de suas investidas.

A frase inicial minuciosamente escolhida pelo mais velho tornara o franzir das sobrancelhas de Aru, ele que por muito teria acreditado, se não houvesse, é claro, a gargalhada final. Se chocara, contudo, com a escassa empatia demonstrada por aquele que se dizia profissional da medicina.

Dirigia seus pensamentos finais ao aprendiz lançando olhares desconfiados e findando em uma despedida apressada. Acenou a cabeça abrindo um sorriso, seu próprio modo de falar que já tinha o necessário e que ele estava dispensado, contrastando a compleição facial o platinado constatava em seu âmago que a situação não estava de modo algum resolvida e ainda não descartava os trabalhadores como responsáveis do desaparecimento principalmente vide a atitude suspeita do entrevistado.

Deixara o edifício público dirigindo-se a residência do médico o que julgava ser o próximo passo plausível; entremeio o caminho repassava as sentenças alheias intentando aperceber qualquer uma que lhe fosse minimamente incriminatória, no entanto, sem sucesso. Quando frente a casa do outro bateria suavemente em sua porta buscando por qualquer presença, sabendo-se que mesmo questionando a inocência deste não havia motivo para hostilidade, caso atendido explicaria a situação ao médico e voltaria a realizar o mesmo inquérito de outrora. 



Bolsa de armas [15/20]:

☼ 18 Kibaku funda [05]
☼ 07 kunais [08]
☼ 03 Shurikens [05]

Jutsus utilizados:



Considerações:

☼ O post possui 305 palavras.
☼ Narrador @Skywalker
Ficha.

Vida: 700/700
Chacra: 975/975
Byakugo: 000/500
Stamina: 00/05
Roupas

-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Qui 26 Nov - 23:55


Narrador: Skywalker

O Número do Desaparecimento

@Aru

Ao bater na porta da casa de Crocker, alguns seguranças vieram até a localidade de Aru. Eles se perguntavam do motivo daquele rapaz ter vindo até a residência do doutor, e o líder dos mesmos percebera que se tratava de um shinobi por conta da bandana, dando uma ordem de dispersão. Os seguranças voltaram ao seu posto inicial e apenas o líder permaneceu próximo do genin por medidas de segurança. Alguns minutos se passaram e nada, até que o rapaz percebera que havia uma criança lá dentro. A criança, ao ver parte dos cabelos do jovem pela janela, dirigiu-se imediatamente até a porta e a abriu, deparando-se com o ninja. O rapaz se assustou por conta daquela incomum visita, mas logo conseguiu acalmar os nervos e tomou uma breve inspirada, levantando a voz. Era um menino, talvez tivesse por volta dos dez ou onze anos.

- "V-Você deve ter vindo aqui por conta do vovô, não é? Me desculpe, mas ele está ocupado no momento. Como cirurgião, você sabe, tempo livre não é muito comum. Mas se quiser eu posso ir avisá-lo de sua presença aqui, talvez ele tenha um tempo para conversar com  você..." - O rapaz dizia, inocentemente.

Aru agora se via entre dois caminhos terríveis. Se o garoto avisasse a Crocker sobre sua presença, o que o cirurgião faria? Se pagaria de bom moço, ocultaria possíveis provas? Como um suspeito, ele de maneira alguma poderia saber das intenções de Aru neste local. Apesar disso, se tentasse fazer algo à força, a segurança da casa se prontificaria de eliminar o ninja imediatamente. O rapaz deveria pensar muito cuidadosamente para conseguir alcançar o porão cirúrgico de Crocker, de maneira que ninguém tivesse suspeita sobre suas ações ou lhe visse. Uma aproximação silenciosa - O elemento surpresa - Também faz parte de suas estratégias como um ninja. O que o rapaz fará?

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 200 palavras p/post.

- OBJETIVOS:
- x2 Missões Rank C ( 4 / 6 )

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 4/10

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Aru
Chūnin
Aru
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento VEV2y1p

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73238-fp-hoki-aru https://www.narutorpgakatsuki.net/t73263-gf-aru-hoki

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Sex 27 Nov - 4:12

DesaparecerO sol, a lua e as estrelas teriam desaparecido há muito tempo se estivessem ao alcance dos predadores humanos.


Suas batidas suaves chamaram a atenção de uma soma considerável de seguranças, estes que por sua vez tratavam de garantir a proteção do dito cirurgião e os pacientes que o mesmo abriga. Organizou a bandana expondo-a momentaneamente para que aqueles que tanto desconfiavam de suas intenções fossem dispersos, o que de fato tivera sucesso, falhando somente com o líder desses citados.

Houveram-se alguns minutos até que a porta fosse atendida, não pelo cirurgião, mas um infante de idade semelhante à de Aru. Ele sorriu. A julgar pelo tratamento o pequeno era neto do médico e parecia, ao menos a primeiro momento, solitário. Sua proposta gentil, conquanto, iria ser repelida pelo platinado, idealizava agora o elemento surpresa tão atribuído aos ninjas.

Mordeu o lábio inferior enquanto pensava. – Na verdade não, não vim ver seu avô. A missão que me foi atribuída é a de passar uma tarde brincando com você, ela foi pedida pelo próprio Crocker ao mizukage, ele disse que você anda muito sozinho e sendo assim achou que recreios iriam lhe satisfazer. – Falou brevemente buscando um tom ameno, mas cuidadoso. Certamente se sentia mal em ter que mentir, no entanto, se via necessário naquela respectiva situação. – Nesse caso creio que não devemos incomodar o clínico, ele tem muito trabalho a fazer, digo o mesmo para o senhor segurança. Não se preocupe serão apenas duas crianças buscando algum entretenimento, você certamente tem tarefas mais importantes que esta. – Articulou por fim enquanto encarava o petiz adentrando a residência alheia como se tivesse sido convidado subjetivamente, fechara a porta pouco antes que o dito comandante obtivesse qualquer chance de penetra-la.

Pigarreou repousando os fios para trás de suas orelhas. – Iremos jogar pique-esconde, eu conto enquanto você se esconde. – Proferiu quase que sussurrando abrindo um sorriso e iniciando a contagem em claro som. Chegando ao trinta tão pouco iria procurar o rapaz iniciando uma série de atividades silenciosas e que englobam o esgueirar buscando o porão do outro. Quando e caso encontrasse o cômodo ativaria o henge no jutsu aderindo as feições do assistente de outrora invadindo o recinto na caça por qualquer imagem minimamente semelhante a do barman ou do médico aproveitando para analisar a sala sobre qualquer ato que tivesse como incomum ou suspeito.  



Bolsa de armas [15/20]:

☼ 18 Kibaku funda [05]
☼ 07 kunais [08]
☼ 03 Shurikens [05]

Jutsus utilizados:

[Cena] - O Número do Desaparecimento 89a66ec5d3d8991da43ab5d093867601bb6a70e3r1-726-484_00
Henge no Jutsu
Rank: E
Selos: Cachorro, Javali e Carneiro.
Descrição: Tendo em conta tudo o ninja missões são atribuídos a - coleta de inteligência, batalha, diversões - este é um ninjutsu de valor inestimável. Ele é geralmente usado para se transformar em outras pessoas do que a si mesmo, mas um também tem a capacidade de se transformar em animais, plantas e objetos inanimados, como até mesmo armas. Isto dá esta técnica uma grande quantidade de usos. A transformação de um shinobi habilidoso será exatamente como o artigo genuíno, por isso vai ser impossível dizer os dois separados. Por outro lado, a transformação realizada por uma pessoa inexperiente terá discrepâncias óbvias. A técnica de transformação é considerada entre as mais difíceis de rank E, uma vez que requer emissão constante de chakra enquanto mentalmente manutenção da forma. Em cima disso, o usuário seria, muito provavelmente, interagindo com o ambiente. Isso coloca pressão mental sobre um ninja inexperientes.


Considerações:

☼ O post possui 373 palavras.
☼ Narrador @Skywalker
Ficha.

Vida: 700/700
Chacra: 975/975
Byakugo: 000/500
Stamina: 00/05
Roupas

-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Sab 28 Nov - 17:30


Narrador: Skywalker

O Número do Desaparecimento

@Aru

O Plano havia sido um sucesso. Com o falso pique-esconde, Aru foi capaz de esgueirar-se para dentro do porão clínico de Crocker com um Henge na forma do neto do cirurgião plástico. O Porão era bastante espaçoso e logo a frente o clínico se encontrava, com uma grande e brilhante luz iluminando a mesa de cirurgia. O mais velho em questão sorria de maneira macabra para o paciente, que ao aproximar-se, Aru simplesmente desfez-se de seu Henge com o choque da cena. O Médico havia retirado toda a pele e carne do rosto de quem estava fazendo a cirurgia. A julgar pelo sorriso, ele parecia estar sendo movido por alguma emoção ou mesmo deficiência mental. Nada restava além do crânio ensanguentado do desconhecido ~ Que com um "22" marcado em seu peito, poderia-se concluir que se tratava de Eirle Sterlings. O doutor ouviu o barulho da nuvem de fumaça quando o Henge se desfez e imediatamente ligou as luzes do porão, deparando-se com o menor. Sacou uma pequena faca de 8 centímetros e sorriu ainda mais abertamente, levantando a voz.

- "E-Eu posso curar qualquer ferimento! S-sim...Toda a população me adora, eu posso fazer qualquer pessoa voltar a ser como antes! Você aí garoto...Tem algum problema? Eu posso curar qualquer ferimento, sou o maior médico do país...Eu posso sim...Posso....Hahahahahah!!!" - Ele gargalhava.

De fato, ele estava completamente transtornado. Apesar disso, ele não avançou contra Aru. O de menor, vendo a cena, poderia resolver a situação pacificamente ou então simplesmente arriscar uma luta contra o cirurgião, que como um médico, poderia facilmente atingir os orgãos vitais de Aru e matá-lo facilmente. Era uma decisão difícil de ser feita, mas mesmo no ápice da insanidade, quem sabe um resquício de consciência resida. Crocker puxou o corpo de Sterlings e o jogou no chão, virando-o para Aru como se fosse a coisa mais normal do mundo. Passos poderiam ser ouvidos acima da casa, e eram pesados. Não era do garoto e nem dos seguranças...Isso quer dizer que...Farias estava aqui também? O que será que ele veio fazer na casa do cirurgião mesmo estando em serviço no hospital? De qualquer forma, o infante genin deveria resolver a situação com rapidez e eficiência. A morte era a punição adequada ou o doutor poderia ser reabilitado? De fato, ele não fez isso por querer. E para ter uma fama de grande cirurgião, seria mesmo necessário ceifar sua vida por conta de sua deficiência mental? Isto estaria nas mãos de Aru.

Considerações:

- Narre o que fez.

- Min de 200 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar MP ou Via Discord!
Post 5/6

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Aru
Chūnin
Aru
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento VEV2y1p

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73238-fp-hoki-aru https://www.narutorpgakatsuki.net/t73263-gf-aru-hoki

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Dom 29 Nov - 4:38

DesaparecerO sol, a lua e as estrelas teriam desaparecido há muito tempo se estivessem ao alcance dos predadores humanos.


O porão trazia uma aparência higiênica, suas paredes embranquecidas mesclavam-se com o azulejo de igual tonalidade empregando um aspecto relaxante para os pacientes daquele que ali se dispunha. Havia pouca luz no ambiente, sendo a única com relativa proeminência presente sobre a mesa de cirurgia. Dos lençóis verdadeiramente ensanguentados pingos rubros encontravam o piso respingando solenemente frente os coturnos do médico.

Crocker Sorria, um sorriso genuinamente macabro e afobado, exibia todos os seus dentes enquanto o fazia, como uma criança em puro êxtase de açúcar. Aru aproximou-se lentamente conseguindo observar aquele que era o paciente; lhe faltava pele e carne, sequer havia qualquer resquício do que outrora fora um ser vivo. Regurgitou momentaneamente, mesmo com seus estudos avançados no que tange medicina ainda era apenas um garoto e a cena lhe chocara e assustara, tamanho fora o assombro que findara na finalização do jutsu antes ativo.

As luzes foram completamente acesas onde o petiz conseguira enxergar sobre as vestes do rapaz desfigurado o número “vinte e dois” concluindo que tratava-se de Eirle, lamentou brevemente. Seus olhos avermelhados agora encontravam os alheios temendo, houve o franzir das sobrancelhas.

Com o inicio das frases expressas pelo outro Hõki sentiu-se aprisionado no que presumia ser um conto de horror. Respirou fundo tentando manter-se calmo. Fez uma série de movimentos com a mão tentando outorgar paz ao mais velho. – Nenhum problema, senhor Crocker. Vejo que conseguiu salvar mais um paciente, sou um grande fã do seu trabalho! – Engoliu em seco esperando por qualquer reação alheia, existia algum receio no tom empregado. – Mas quem não seria? É o maior médico do país. – Articularia tentando apaziguar o mais velho, intentava por distrai-lo momentaneamente com os próprios feitos para que baixasse a guarda e o genin pudesse agir.

Quando julgasse que o outro estava absorto em demasia virando o corpo de Sterlings para que notasse qualquer ação alheia o menino iniciaria uma sequência de selos de mãos decorrendo em um jato preciso de água que seria levado há um metro a frente do adversário em direção ao chão em uma linha horizontal, não planejava acerta-lo de modo algum. Sem espaço para descanso contemplava mais um jutsu, este que por sua vez tratava de moldar a água que jazia sobre a superfície em uma corda espessa e resistente que obviamente seria conduzida para amarrar o corpo do médico visando a imobilização deste.

Arfava consideravelmente, mas julgava que aquele era o certo, no estado em que o mais velho se vê ele não é um perigo somente para os outros como para ele mesmo. Temendo que Eirlenão fosse a única vitima nesta respectiva data e conjecturando que o dito doutor necessita de intensos cuidados no que diz respeito a saúde mental para que retornasse as atividades aquela fora a ação que intentara e que sabia que conseguiria reabilita-lo e procurar a ajuda profissional necessária, talvez até mesmo de Farias que provavelmente se encontrava no andar de cima, isso é, julgando que ele não sabia das questões de Crocker. – Desculpa, senhor, eu juro que não queria ter de fazer isto. – Articulou apenas visivelmente temeroso.  



Bolsa de armas [15/20]:

☼ 18 Kibaku funda [05]
☼ 07 kunais [08]
☼ 03 Shurikens [05]

Jutsus utilizados:

[Cena] - O Número do Desaparecimento Bc93f6aacb3e8c2df6e189ca165bc9a1a2e52d7d_00
Suiton: Suidanha
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Depois de amassar o chakra no estômago e convertê-lo em água, o usuário expele-o como um fluxo de alta pressão que é poderoso o suficiente para cortar com facilidade as raízes da Árvore Divina.

Suiton: Suiten Hōfutsu
Rank: B
Requerimentos: Afinidade ou Perícia Elemental
Descrição: Essa técnica permite ao usuário controlar a água e a umidade em torno de si mesmo, da mesma forma que Gaara controla sua areia. Ele pode ser usado para bloquear a maioria dos ataques, amarrar ou afogar oponentes e moldar a água em vários ataques, permitindo que o usuário, junto com a Técnica de Invocação, permita que invocações baseadas em água lutem em áreas que normalmente precisam de água para se mover seja prendendo o alvo na mesma água ou manobrando a água para permitir que a invocação persiga o alvo. É capaz de extrair e utilizar águas subterrâneas, e como é muito eficaz na maioria das áreas, mas inútil em áreas rochosas.

Considerações:

☼ O post possui 515 palavras.
☼ Todos as ações são tentativas.
☼ Narrador @Skywalker
Ficha.

Vida: 700/700
Chacra: 875/975
Byakugo: 000/500
Stamina: 02/05
Roupas

-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Dom 29 Nov - 17:05


Narrador: Skywalker

O Número do Desaparecimento

@Aru

O Choque ao ter sido envolto pelo jutsu do rapaz fez Crocker voltar a sua consciência original. O sorriso macabro lentamente se desfazia em seu rosto, enquanto seus óculos caíam. Mesmo imobilizado, ele parecia conseguir resistir ao aprisionamento. Virou seu rosto na direção do corpo sem vida de Eirle Sterlings, e começara a grunhir. Logo depois, as escadas do porão começaram a ser utilizadas por alguém, possivelmente descendo. Crocker começou a falar em um tom baixo e triste.

- "Meu Deus...O que foi que eu fiz? Eu matei um homem, não foi?" - Ele dizia, lentamente ficando desesperado. Logo depois, Farias finalmente chegara ao porão, apressando o passo. - "Eu matei um homem...Não...Eu..." - E então o doutor forçou seus músculos, libertando do jutsu de aprisionamento de Aru e injetando algo em sua jugular. Poucos instantes depois, o velho caiu de costas no chão, morto. Ele havia cometido suicídio por culpa após retornar aos seus sentidos original.

- "M-Mas o que?!" - Farias exclamou, assustando-se com a cena. - "O que diabos aconteceu aqui? Crocker....O que você fez...?"

O Clínico auxiliar aproximou-se do doutor e averiguou seu estado, confirmando sua morte. Enfim, a missão de Aru havia sido finalmente completada. O caso havia sido encerrado tanto com a morte do responsável como da do procurado. Um final trágico, de fato. Farias disse ao jovem que não sabia que Crocker havia feito isso e que pensava que o rapaz queria informações para atentar contra o médico ou sua família, e por isso havia vindo até a casa do mesmo. Ele então junto o corpo do paciente e do médico e disse que se encarregaria de tudo. Aru então estaria liberado para retornar á vila e reportar os acontecidos.

Considerações:

- Fim da missão! Narre o que fez.

- Min de 200 palavras p/post.

- Reclamações? Dúvidas? Só chamar Mp ou Via Discord!
Post 6/6

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Aru
Chūnin
Aru
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento VEV2y1p

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73238-fp-hoki-aru https://www.narutorpgakatsuki.net/t73263-gf-aru-hoki

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Dom 29 Nov - 20:55

DesaparecerO sol, a lua e as estrelas teriam desaparecido há muito tempo se estivessem ao alcance dos predadores humanos.


O médico esforçava-se criando alguma resistência para o jutsu evocado por Aru; mesmo envolto da habilidade tamanha era sua força permitindo-o mover-se parcialmente, o jovem Hõki acreditava que tratava-se da extrema quantidade de adrenalina que corria entremeio a estrutura alheia frente ao episódio que enfrentava.

Seus olhos expunham alguma empatia para com o mais velho que jazia sobre o chão. Mordeu o lábio inferior, ligeiramente pensativo. – Não se preocupe com isso senhor Crocker... – Articularia apenas tentando acalmar o referido frente as intensas emoções que emanava naquele respectivo momento. A presença de Farias lhe tomara a atenção por alguns segundos.

Quando o genin se viu momentaneamente distraído o idoso conseguira a liberdade no que diz respeito a técnica injetando uma seringa com conteúdo desconhecido na própria jugular, não demorou para que retornasse ao solo, desta vez, no entanto, sem qualquer resquício de consciência. O pequeno ficara em verdadeiro choque, nada deixava seus lábios e uma soma considerável de lágrimas escapavam dos olhos avermelhados.

O clínico assistente constatou o óbito se encarregando dos cuidados quanto as vitimas e entregando informações adicionais ao menor. Aru estava verdadeiramente triste pela maneira como a missão decorreu, para si fora um fracasso completo, duas vidas perdidas em suma pela falta de cuidados mentais, o coração estava apertado e sentia por não ter conseguido fazer mais por ambos. Novamente na vila reportaria os feitos aos superiores e estes lhe dariam como concluída.  



Bolsa de armas [15/20]:

☼ 18 Kibaku funda [05]
☼ 07 kunais [07]
☼ 03 Shurikens [03]

Jutsus utilizados:



Considerações:

☼ O post possui 235 palavras.
☼ Narrador @Skywalker
Ficha.

Vida: 700/700
Chacra: 875/975
Byakugo: 000/500
Stamina: 02/05
Roupas

-
Skywalker
Tokubetsu Jonin
Skywalker
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - O Número do Desaparecimento PgOp5pA

https://www.narutorpgakatsuki.net/t74225-fp-kagaya-ubayashiki#573000

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento - Dom 29 Nov - 22:41

@

_______________________

[Cena] - O Número do Desaparecimento 45702fb5c853c82aa8b42f91bf4917c86d880225
"Eu quem sou o rei, e o resto que se ajoelhe!"

Ficha | R.D. | CJ | Banco | GF
| MOD AG | Inventário AG || [História] — Blood Moon
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Cena] - O Número do Desaparecimento -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.