:: Mundo Ninja :: Locais Lendários :: Shizukesa no Yama
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

[QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 29/10/2020, 20:30


Narrador: Allen Walker

A Excursão Sagrada

@WyAlves

Em sua casa descansando de mais uma missão estava um jovem promissor da folha. Houve um concurso entre as vilas onde um Chunin de cada vila seria convidado para uma excursão a um dos templos antigos de uma região bem distante e missteriosa. Seria a chance perfeita para que os agraciados descobrissem um pouco mais sobre as belezas do mundo fora de suas aldeias. Kanbara foi o sortudo da folha, mas ainda não sabia disso.
Um passaro enviado pelo gabinete da Hokage. Um falcão castanho, pousou a janela do jovem Chinoike e deu algumas bicadas no vidro para lhe chamar a atenção. Em suas costas dentro de uma bolsa de couro especial para aquele tipo de ave, havia um pergaminho amarelado como convite e uma breve explicação da Hokage sobre o concurso e o felizardo da folha que partiria.

Obs: - Você foi convidado para uma excursão a um templo antigo em uma região desconhecida... Vá ate os portoes da vila para encontrar o comboio.

Considerações:
Post 0/20
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 30/10/2020, 15:02

Quest: Pacto de Sangue & Centro de Energia Natural (03) [01/05]

Um Chamado Para Aventura

Deitado em minha cama, olhando fixamente para o teto, assim estava eu após a minha última missão. Em minha cabeça, vários pensamentos iam e vinham, vez ou outra intercalados com um leve cochilo involuntário, por conta do cansaço. Os pensamentos que me cercavam eram, em sua maioria, de insatisfação. Desde cedo tive em mim um desejo insaciável pela descoberta, pela aventura, o que apenas fomentou ainda mais a minha vontade de conhecer os cantos do mundo e seus mistérios. Infelizmente, a minha realidade era bem diferente disso. De alguma forma, eu sentia que não estava caminhando para a conclusão desses meus desejos, desses meus objetivos. Embora as missões que eu realizava em prol da Folha vez ou outra apresentassem alguns desafios, estes eram momentâneos e nem de longe eram suficiente para sanar minha ânsia. O que eu precisava de fato era de uma aventura de verdade, para mais uma vez acender em mim aquela chama.
Farto de tanto refletir e nada fazer, decidi apenas me entregar ao sono e dormir... mas a aventura por fim bateu em minha porta — ou melhor, em minha janela!

Assustado por ter sido despertado de forma tão repentina, saltei da cama, procurando de onde vinha o barulho. Logo identifiquei o autor daquelas batidas ritmadas, assim como também o identifiquei como um dos falcões mensageiros da Folha. Abri a janela, fiz um leve carinho no animal e retirei o pergaminho que o mesmo carreava em suas costas. Aguardei para que o pequenino fosse embora, mas ele continuava ali, me encarando, como se quisesse ter certeza de que eu iria ler o conteúdo da mensagem. Cautelosamente desembrulhei o pergaminho e passeei meus olhos por seu corpo. Conforme lia o pergaminho, um sorriso surgia de forma gradativa em meu rosto. Uma excursão a um templo antigo de uma região distante e misteriosa, o conjunto de palavras-chave ideais para a aventura que eu tanto desejava.

A convocação me dizia para encontrar o comboio no portão da vila. Sem pestanejar, me vesti, busquei meus equipamentos, pus sobre minhas vestes o colete característico dos chūnin da Folha e parti rumo ao ponto de encontro estabelecido. Eu não fazia ideia do que me aguardava, mas estava ansioso mesmo assim, pois vi naquela excursão a oportunidade de quebrar aquele estado de monotonia em que eu me encontrava.
Enquanto caminhava em direção ao portão, comecei a imaginar como seria aquele tal "templo antigo", pois nunca tinha ouvido falar de nenhum templo nos arredores da Vila. Na verdade... eu se quer sabia se o templo de fato ficava nos arredores da Vila, tampouco sabia os mistérios que ele guardava, se é que de fato havia algum — e eu esperava muito que houvesse.

Por fim cheguei próximo ao portão. De longe pude avistar o comboio, que parecia estar esperando apenas a mim. Acenei, em forma de sinalização, e ao me aproximar me identifiquei.
— Prazer, Kanbara Chinoike!



482 palavras
1675/1675 HP || 2000/2000 Chakra || 00/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 30/10/2020, 15:59


Narrador: Allen Walker

A Excursão Sagrada

@WyAlves

O garoto chegou aos portões e logo se apresentou... O homem responsável pela excurção se aproximou dele.
_ Bem vindo Kanbara-kun... Pode se acomodar naquela carruagem alí. Partiremos imediatamente.
Dentro da carruagem havia mais um jovem e pela bandana era possivel dizer que era um ninja de Uzushiogakure no Sato. Era um garoto pálido de cabelos brancos e marcas estranhas no pescoço que pareciam ser guelras.
_ Olá estranho, sou Mizuki... Serei seu companheiro de transporte. Sou de Uzu e será um prazer viajar com você. - O garot era mais simpatico do que demonstrava ser...

O comboi partiu e eles viajaram por muitas horas até em fim chegar no local onde aconteceria a excurção. Era um acampamento aos pés de uma cadeiad e montanhas altíssimas e com um ar antigo e intrigante.
_ Por favor, as duplas tem a permissão para explorar o local, mas não devem ir muito longe. Cuidem uns dos outros e retornem antes dee o Sol se pôr. - Disse o lider da ecurssão. Todas as duplas tomaram caminhos diferentes e Mizuki e Kanbara permaneceram alí parados.
_ O que vai ser, vamos ficar aqui ou vamos procurar um lugar para ir?
Questionou Mizuki encarando Kanbara.

Obs: - Vocês chegaram ao local. Escolha um rumo e vá dar uma volta.

Considerações:
Post 2/5
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 30/10/2020, 21:31

Quest: Pacto de Sangue & Centro de Energia Natural (03) [02/05]

Mizuki!

Ao chegar no portão e me apresentar, fui prontamente recebido por aquele que parecia ser o responsável pela excursão. Como era de se esperar, muitas outras pessoas também compunham aquele comboio, inclusive pessoas de outras vilas — como demonstravam suas bandanas. Após rápidos cumprimentos e apresentações, o encarregado pela excursão me orientou a entrar em uma determinada carruagem, pois a viagem estava prestes a começar. Prontamente subi a bordo.

Ao entrar no veículo, percebi que não estava sozinho, um garoto, aparentemente da Vila do Redemoinho — pelo que mostrava sua bandana — era a minha companhia. Sua aparência era intrigante, sua pele era extremamente pálida, fazendo-me pensar se por acaso corria sangue em suas veias. O mais estranho de tudo isto, no entanto, eram as marcas em seu pescoço, que pareciam como cicatrizes abertas. Não... Na verdade... Sim! Pareciam com guelras de peixe! Só de ver aquilo me vi agoniado e comecei a coçar o meu pescoço, expondo algumas das feridas que haviam nele.
Minha curiosidade me impulsionava a perguntá-lo o que era aquilo, mas eu tinha uma leve impressão de que isso seria um tanto quanto deselegante..m ou será que não? Não saberia dizer, então preferi sanar minha dúvida! Mas antes que eu pudesse falar, o jovem tomou a iniciativa e se apresentou.

— Hahaha, olha só quem fala! — respondi, apontando para as guelras, quando ele me chamou de estranho. — O que são essas coisas? É algum tipo de jutsu? Nunca vi isso em ninguém na Folha! A curiosidade era tanta que eu quase esqueci de me apresentar. — Ah, a propósito, eu sou Kanbara, Kanbara Chinoike!! — falei, estendendo a mão em forma de cumprimento e esboçando um simpático sorriso em meu rosto.

A viagem durou horas, mas isso não era suficiente para aplacar a minha empolgação. Ao sair da carruagem, admirei o encantador ambiente que nos abrigava, cercado por montanhas a perder de vista. Respirei fundo, buscando inalar um pouco daquele ar puro antes de começar de fato a excursão. O pronunciamento seguinte feito por parte do responsável pela excursão era tudo que eu queria ouvir; a permissão para explorar estava dada! Assim que o homem falou, duplas começaram a se formar e aos poucos cada um foi se dispersando, tomando o seu próprio rumo, restando apenas eu e Mizuki no acampamento. O jovem logo me questionou, esperando que eu tomasse a decisão sobre nosso destino. Olhei ao redor, buscando algo que chamasse a minha atenção, mas não vi nada demais em um primeiro momento. Por conta disso, apenas decidi seguir por algum caminho que nenhuma dupla tinha escolhido. Talvez não fosse a decisão mais sábia a se tomar, mas era o que o meu instinto me dizia pra fazer.
— E então? Você vem? — perguntei ao ninja de Uzu.



459 palavras
1675/1675 HP  || 2000/2000 Chakra || 00/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 30/10/2020, 22:57


Narrador: Allen Walker

A Excursão Sagrada

@WyAlves

  Isso aqui são guelras... Sou de um clã anfibio de Uzushiogakure. Conseguimos respirar embaixo d'água com isso. É bem útil as vezes.

Após as duplas se separarem e seguirem seus rumos, o unico caminho que sobrou era uma trilha que aparentetmente levava para o pé de uma daquelas montanhas. Os garotos se animaram e Mizuki que no primeiro momento estava tímido, seguiu na frente. O caminho era normal cheio de pequenas rochas e algumas flores diferentes jamais vistas por nenhum deles. O caminho parecia infindável e a medida que se embrenhavam no meio daquelas montanhas a neblina ia ficando pior a um ponto de deixar alguem despreparado completamente perdido, mas Mizuki era acostumado com esse clima enevoado e gravou bem o caminho.

Eles caminharam por alguns minutos que mais pareceram horas até que chegaram ao um lugar lindo e completamente diferente da paisagem que estavam acostumados minutos atrás. Eles se viram em um grande bosque, com uma clareira no cerne que exibia um trono... Mizuki abriu a boca como se não acreditasse no que estava vendo!
_ Esse lugar... Pensei que fosse uma lenda mas realemente existe. Ouvi essa história do meu avô que disse ter ouvido do avô dele. Esse é o Lendário Trono de Yama no Ō. - Dizem que esse local é onde viviam os tigres do clã Hashizora. O clã de animais de invocação mais antigos que existem. Eu... Não... Acredito...
O garoto se aproximou do trono e o tocou. Nada aconteceu a primeira instancia. Ele estava completamente vislumbrado e admirado com tudo aquilo... Mas a alegria de ambos durou muito pouco. Uma figura, albina e completamente grandee apareceu, saindo de trás de uma rocha. Sua presença assusstava qualquer um, mas Mizuki não se abalou. Ele arregalou ainda mais a boca.
O tigre se aproximou do trono e com um rugido abafado seguido de um sacudir espontâneo de pêlos disse...
_ Eu sabia que meu olfato não estava enganado. O que vocês Filhotes de humanos querem caminhando por essas terras. Estão bem longe de casa, não acham?!

Mizuki se distanciou do tigre sem tirar os olhos dele. Se aprximou por fim de Kanbara e agora com a voz trêmula argumentou...
_ Ele acabou de falar, não foi?! Acho melhor sairmos daqui... Estou começando a ficar realmente assustado com tudo isso.
O tigre impôs sua voz mais uma vez e com o que parecia ser um sorriso enviesado cheio de presas.
_ Sinto informar, mas nenhum de vocês vai sair daqui hoje. A menos que me derrotem em uma batalha. Vocês invadiram meu território agora vão pagar o preço.

Obs: - Desafio lançado... Ataquem ou corram. - Sabe como é... Se correr o bixo pega, se ficar o bixo come.

Considerações:
Post 3/5
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 31/10/2020, 01:13

Quest: Pacto de Sangue & Centro de Energia Natural (03) [03/05]

Byakko?!

Após todos tomarem seu rumo, restou-nos apenas seguir por uma trilha pela qual ninguém havia passado. O caminho era extremamente curioso e rico em cores, principalmente por conta da distinta flora do local, cujo aroma me remetia a uma das minhas primeiras missões como um shinobi, sendo ainda um genin, com atribuições que se resumiam a ajudar senhorinhas em floriculturas e coisas afins. Adotando uma postura um pouco diferente que a anterior, Mizuki tomou a frente da situação, liderando nosso caminho através daquela trilha.
Conforme fomos andando, o caminho ao pé das montanhas começou a revelar as suas facetas. Aquilo que antes parecia uma simples trilha agora soava um tanto quanto tenebrosa. Uma densa névoa surgiu no lugar, limitando bastante o meu campo de visão; mas isso não pareceu afetar Mizuki.
— Será que ele possui alguma habilidade sensorial? Ou de ecolocalização? Com estas guelras, é bem capaz... — foi o que pensei.
Como o garoto parecia seguro em seus passos, decidi confiar e segui-lo, buscando sempre estar próximo o suficiente para não o perder de vista.

Embora poucos metros e minutos tenham se passado, a caminhada às cegas pareceu durar uma eternidade. Depois de muito andar, a névoa por fim começou a baixar, tornando-se menos densa e permitindo-me ver a relíquia que estava bem à nossa frente.
"O Lendário Trono de Yama no Ō" — disse o garoto, espantado. — Yama no Ō? O Rei da Montanha? — indaguei, pois não conhecia a tal lenda; mas ele tratou de esclarecer: aquele era o local onde viviam os Hoshizora no Tora. Ainda assim, tudo aquilo parecia muito confuso pra mim. — Tigres do Céu Estrelado? Animais de invocação? Do que esse garoto está falando?
Por mais que muito daquilo fosse desconhecido por mim, não me desanimei ou hesitei perante a situação, muito pelo contrário, o mistério à minha frente apenas me deixou mais empolgado.

Em um movimento audaz, o shinobi do Redemoinho decidiu tocar no trono. Invejando sua atitude, decidi me aproximar para tocá-lo também, mas antes que pudesse fazê-lo, uma figura surgiu de algum canto desconhecido, tão rápido quanto um vulto. Em um movimento de puro instinto, recuei cerca de 10 metros, para só então ter um vislumbre claro de quem se pusera sobre o trono: um enorme tigre albino! Embora sua presença fosse imponente, o espanto que me dominava não era de um tipo intimidador, mas sim de surpresa e fascínio. Mas o melhor estaria por vir: de uma forma totalmente inesperada e incompreensível para mim, o tigre simplesmente falou!
Eu estava tão perplexo que mal conseguia processar o que o grande tigre falava, mas a aproximação lenta e assustada de Mizuki, assim como sua voz trêmula, me fizeram retornar a mim, compreendendo a gravidade e o elevado risco da situação. Ainda assim, eu não queria voltar, e mesmo que quisesse, provavelmente não o conseguiria de forma tão simples. O tigre albino simplesmente havia nos lançado um desafio, e a julgar pela sua feição — se é que eu conseguia discernir alguma expressão facial no rosto de um tigre —, ele não estava propenso a conversar, mas estava determinado a nos encerrar ali mesmo. Percebendo o rumo que aquilo tomaria, vi que não teríamos chance de fugir, pois no momento que déssemos as costas ao tigre, certamente seríamos pegos. Sendo assim, apenas no restava lutar.

Mudando totalmente o tom de minha vez, passando agora mais seriedade e determinação, falei: — Mizuki, pra trás de mim! Eu conhecia o garoto há pouco, mas já tinha simpatizado com ele o suficiente para arriscar a minha vida pela dele.
Respirei fundo, inflando meus pulmões, e fechando meus olhos — tudo isto em menos de um segundo —, expirando e abrindo-os logo em seguida. Desta vez, no entanto, eles pareciam diferentes. O antigo castanho padrão de minha íris havia dado lugar para um intenso vermelho cor-de-sangue. Em seguida, realizando uma rápida sequência de selos de mãos, fiz emergir de minhas costas uma grande porção de sangue e chakra. Quem não tivesse ciência da minha kekkei genkai provavelmente pensaria que eu tinha sido ferido e que pela grande quantidade de sangue, provavelmente morreria; mas tudo aquilo já era totalmente comum para mim. Além disso, não era apenas sangue que irrompia de minhas costas, mas também uma boa porção de chakra da liberação de vento, que junto com o líquido carmesim davam forma a um majestoso par de asas.

Atento à movimentação do tigre, eu tentaria — mesmo sabendo dos riscos — dialogar com ele.
— Me desculpe, mas... O que é você? Como você fala? E onde estamos?
Ainda assim, me mantive cauteloso, preparado para possivelmente lançar o tigre em um forte genjutsu, caso necessário. No entanto, como tudo aquilo era novidade para mim, eu se quer sabia se meu genjutsu funcionaria em um tigre, por isso me preparei também para realizar uma rápida defesa ao me envolver com minhas asas, dando também cobertura a Mizuki, que teoricamente estaria atrás de mim.




822 palavras
1625/1675 HP  || 1950/2000 Chakra || 01/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves

[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 31/10/2020, 02:01


Narrador: Allen Walker

A Excursão Sagrada

@WyAlves

  O jovem Chinoike tomou as rédeas da situação e ordenou que Mizuke ficasse atrás dele em um ato de se por à frente do perigo e proteger se novo conhecido. O garoto com guelras obedeceu e se pês atras de Kanbara... Ele utilizou algum tipo de técnica e de sus costas brotaram asas de sangue oq ue deixou o tigre um pouco intrigado. O olhar de Kanbar também estava diferente e a coloração do mesmo mudou de maneira rápida e eficaz. O tigre o observou por um instante... Ouvindo sua pergunta.
_ Não tenho obrigação nenhuma de reesponder a um filhote de humano qualquer coisa, mas como talvez esse seja seu ultimo momento na terra garotinho, vou lhe responder. - Eu sou um tigre do estimado clã Hashizora no Tora... Passei muito anos na presença de humanos, até ja me disfarcei como eles e como você não deve ter percebido, estamos na montanha sagrada de nosso clã. Na verdade, estamos na entrada dela!

O tigre se moveu para a esquerda ainda com os olhos fixos em suas presas. Ao fazer isso, Kanbara notaria que atrás do local onde ele estava havia um grande rolo de pergaminho tão albino quanto ele.

_ Vocês invadiram e não posso simplesmente deixá-los partir sem antes me divertir um pouco. O que acham?! Eu ataco e vocês correm...
O tigre não deu espaço para uma resposta e no mesmo segundo, tomou velocide e investiu contra os dois garotos... Com as guarras à mostra ele saltou mirando a jugular de Kabara.
Seus olhos fixos nos de sua presa.

Obs: - Como ele está com os olhos fixos em você, talvez seu genjutsu funcione. Lembre se, não basta apenass derrotá-lo. Um contrato deve ser firmado.

Considerações:
Post 4/5
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 31/10/2020, 13:15

Quest: Pacto de Sangue & Centro de Energia Natural (03) [04/05]

Chantagem

O momento era de pura tensão, o tigre me encarava ferozmente, olho no olho, como um caçador fitando a sua presa logo antes de realizar o bote. Por mais que parecesse estranho — e um tanto esquizofrênico — ver expressões faciais no rosto de um tigre, eu tinha a impressão de que havia conseguido chamar a sua atenção.
Em um tom um tanto quanto prepotente, o tigre começou a falar, enquanto andava para a esquerda. Ciente de suas intenções, comecei a andar para o lado contrário, sinalizando para Mizuki vir comigo, e buscando não estreitar a distância entre nós e o tigre. Conforme nos movíamos, pude notar a presença de um grande pergaminho repousando sobre onde antes estava parada a fera albina.
O tigre começou a dar algumas explicações, a falar alguma coisas que eram ao mesmo tempo desconhecidas e esclarecedoras.
— Hoshizora no... Tora?! — foi o mesmo nome dito por Mizuki anteriormente. Aparentemente estávamos na entrada daquele dito local.

Em mais um momento de prepotência, o tigre soltou algumas palavras arrogantes antes de realizar o seu ataque. Vendo que ele não hesitaria, tentei aplicar-lhe um forte genjutsu, que caso funcionasse, o deixaria paralisado e alteraria a imagem que o dito cujo possuía de si mesmo. O tigre albino havia falado algo sobre disfarçar-se de humano vez ou outra, mas algo que percebi ser recorrente no seu falar era a maneira como se referia a nós como "filhotes de humanos", como se isso fosse algo extremamente pejorativo. Pensando nisso, resolvi fazê-lo se enxergar como um próprio "filhote de humano", uma impotente criança de cerca de 8 anos; e a primeira imagem que me veio à mente quando pensei em fazer isto foi a do pequeno Senko, o jovem de Sunagakure que conheci há uns dias, em um restaurante na Folha. Era nele que o tigre se "transformaria".

Decidindo não confiar apenas na minha ilusão, realizei mais uma rápida sequência de selos. — Boi, Cobra, Dragão, Tigre, Cachorro, Cobra! — pensei, apontando minha mão na direção do tigre e projetando meu chakra contra este, para então erguer uma barreira esférica de 3 metros de raio ao redor da criatura, prendendo-o dentro do domo. Se tudo isso ainda não funcionasse, ainda restaria me enclausurar dentro de minhas asas, como uma última defesa.
Após possivelmente frear a ofensiva do felino, seguraria Mizuki pelo braço e voaria até o local onde estava o pergaminho, pegando-o e logo em seguida pousando sobre o trono.

— Mizuki-kun, você sabe o que é isso? Você falou algo sobre animais de invocação, não? O que é isso?
O garoto parecia saber bastante sobre a história daqueles tigres, então talvez seu conhecimento fosse útil para nos livrar daquela situação. Eu tentaria usar as informações do garoto ao meu favor, como uma forma de convencer a fera que ali jazia.
— Ei, Byakko-san! — disse, me dirigindo ao tigre albino. — Isso aqui parece importante, não? Que tal firmarmos um acordo?
Eu então lembrei de algo que havia sido dito anteriormente por Mizuki:
— Acho que o Yama no Ō ficaria muito irritado se esse pergaminho fosse destruído, não é? — eu não sabia quem era o tal Yama no Ō, tampouco se meu blefe funcionaria, mas tinha que arriscar.




527 palavras
1675/1675 HP  || 1775/2000 Chakra || 02/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves

[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 31/10/2020, 21:24


Narrador: Allen Walker

A Excursão Sagrada

@WyAlves

  Após uma série de movimentos bem articulados e certeiros, o Tigre caiu no chão preco em um genjutsu... Apesar de usa grande inteligencia, ser pego de surpressa fez o felino se esquecer quem era... Ele acreditava ser uma garotinho humano de oito anos de idade. Após uma fumaça cobrir seu corpo, ele se transformou no garotinho Senko de Suna. Levou as mãos ao rosto, assustado com a cena e resmungando coisas estranhas como, onde estou?! Quem sou eu?! O que vocês fizeram comigo?!
Não bastasse isso, um domo foi levantado em volta do tigre recém transformado. - Kanbara e Mizuki se aproximaram do pergaminho e respondendo os questionamentos do Chinoike, Mizuki se pôs a frente e desenrolou o pergaminho, abrindo-o alí no chão.
_ Realmente é um pergaminho de contrato... Veja esses nomes e as marcas dos dedos! É assim que um contrato é formado. Digo e sei dessas coias pois tenho um contrato ja firmado com peixes. O consegui a menos de um ano, sendo assim não posso firmar um novo contrato.
Mizuki se voltou para Kanbara e com um sorriso de excitação no rosto continuou.
_ Essa é a sua chance... Aproveite. Uma vez feito isso, pormais que não goste de você, o tigre nãopoderá atacá-lo. Caso o faça e acabe te matando ele enlouquecerá. Não acho que ele va querer isso. - Caso queira realizar um contrato com esses tigres basta usar seu sangue, escrever seu nome e colocar uma impressão de suas digitais da mão dominante no papel como você pode notar que foi feito por essas outras pessoas. - A escolha é sua. Devemos sair daqui o mais rápido possivel.

Obs: - Posst Final... Faça o contrato e saia do local, ou saia do local e mantenha o tigre preso na ilusão... Sua escolha final nesse momento. - Caso escolha firmar o contrato... Após finalizado o tigre desaparecerá em uma cortina de fumaça e vocês esstarãõ livres para retornar para o acampamento e posterioemente retornar para a vila.

Considerações:
Post 5/5
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 1/11/2020, 00:39

Quest: Pacto de Sangue & Centro de Energia Natural (03) [05/05]

A Deal with the Tiger!

Minha ilusão parecia ter sido bem sucedida, pois o tigre simplesmente parou, começou a tocar seu rosto e realizar algumas auto indagações. — Para um tigre falante, você não é tão esperto assim... — pensei.
Após pegar o pergaminho e pousar no trono junto a Mizuki, retraí minhas asas, manipulando meu sangue de volta para meu corpo. O garoto do Redemoinho tomou a frente e abriu o pergaminho, demonstrando profundo conhecimento acerca do que aquilo se tratava.
— Um pergaminho e contrato?

O jovem me explicou acerca dos contratos de sangue com animais de invocação, dizendo que ele mesmo já possuía um. Lendo o pergaminho, pude ver vários nomes assinados a sangue — nenhum deles conhecido —, indicando que muitos outros já haviam feito contrato com aqueles tigres. O garoto demonstrava empolgação, se ele não podia firmar o contrato, então eu o faria! Além disso, conforme explicado por Mizuki, aquela parecia ser a melhor forma de nos livrarmos daquela situação, afinal, o tigre não ficaria preso naquela ilusão por muito tempo. O garoto me explicou o procedimento para assinar o contrato, dizendo ser necessário cravar minhas digitais e assinaturas naquele pergaminho.

Após encarar o tigre por alguns segundos, tentando ver a sua possível reação, dei uma leve mordida na polpa do meu polegar direito e escrevi meu nome à base de sangue, seguidamente mordendo a polpa dos meus demais dedos da mão direita, para então gravar as minhas digitais logo abaixo da minha assinatura. Uma vez assinado o contrato, fiz um selo do tigre com uma única mão, com o intuito de desfazer as minhas técnicas ainda ativas — a barreira e o genjutsu — e disse:
— Está feito!

O descontentamento no rosto do tigre era perceptível, mas ele não ficou ali por muito tempo, pois logo sumiu em uma cortina de fumaça, assim como o pergaminho que estava em nossas mãos. Olhei para Mizuki com um olhar de alívio e disse:
— Essa foi por pouco... Vamos voltar ao acampamento!
Caminhamos então pelo mesmo caminho que vinhemos, tentando retomar aquela mesma trilha, mas antes de deixar aquela clareira, olhei pra trás uma última vez, encarando aquele trono e as cadeias de montanhas ao redor, buscando memorizar o máximo de detalhes possível.
— Aquele tigre disse que essa é a entrada para a montanha sagrada onde ele vive. Sinto que retornarei aqui em breve...
De alguma maneira, eu agora me sentia conectado àquele local, àquele ambiente. Era como se eu pudesse sentir a "energia" que aquele local sagrado emanava.

Olhei para o céu e vi que já começava a escurecer, então virei as costas para o trono e segui minha viagem, novamente tendo Mizuki como guia. Eu então lembrei que até algumas horas atrás eu estava em minha casa, afogado na monotonia do meu tédio. Ver a aventura na qual havia me metido e os seus resultados traziam um sorriso ao meu rosto.



474 palavras
1675/1675 HP  || 1875/2000 Chakra || 01/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves

[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[QUEST] A Excursão Sagrada Dani10

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado 1/11/2020, 12:51

Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [QUEST] A Excursão Sagrada - Publicado