:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Gabinete do Kazekage
A Noite Mais Escura
Arco 03
Ano 14 DG
Outono
Diante da queda de Moira O'Deorain e a morte de Chisaki Overhaul, todos os olhos dos ninjas presentes em Kiri se voltaram para o Capuz Vermelho, que se revelou uma cópia exata do lendário Sarutobi Shion. Graças a Hyuuga Angell, o mercenário foi capturado, levando a prisão junto com Moira. Tudo aquilo favoreceu um entendimento entre as vilas que lutaram entre si em Oto, fazendo com que eles voltassem a neutralidade. Enquanto Iwa e Suna elegem novos Kages, em Konoha, Sarutobi Kaden se prepara para passar o seu cargo para um ninja mais jovem, ao mesmo tempo em que um novo Senhor Feudal assume em Kumo e o Daimyou de Kiri tenta impedir os ataques dos opositores de Jyu. Com a revelação de Chisaki Overhaul sobre a HYDRA, as ações da empresa acabam sofrendo uma grande queda, gerando indícios de uma enorme crise nas grandes nações. Diante do caos, diversos vilarejos pequenos são varridos do mapa quando uma onda de assassinatos em massa se inicia, ao mesmo tempo em que um grupo de fieis ao Jashinismo começa a se erguer, trazendo uma mensagem de esperança para os corações afligidos pelo sofrimento.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
XXXXX
Futuramente teremos.
Discord#1234
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1udpIjj

Shion
Administrador
Shion
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1udpIjj

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 28 Ago - 18:42

Relembrando a primeira mensagem :


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 65f48e1494f1f049-neo-vongola-hitman-zone-bishonen-jellal-fernandes
Cerco a Sunagakure
Eu tenho seu coração


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 49d8f2b9a2c8c8c608aaadd34e811889
Com o passar dos anos Hinka e Shion se reencontraram, por muito tempo ele a estudou na esperança que ela fosse sua filha, o tempo e o comportamento dela demonstrou que não, ela tinha algumas coisas que assemelhava, mas a primeira decisão pessoal dela mudou tudo, Hinka mudou seu cabelo para negro, segundo ela combinava mais com seus olhos, fora que ela não tinha os traços e ambições dos Hattoris, todas as ambições dela não se passavam de coisas comuns. Com o passar do tempo Shion enfim criou coragem e contou para ela, ele se aproximou dela que treinava sozinha. – Hinka querida precisamos conversar. – Hinka veio feliz na direção dele o abraçando forte, ele retribuiu o abraço e disse em seguida. – Sente-se, por favor. – Ela se sentou ainda segurando as mãos dele, a forma que ela o olhava o brilho no olhar de admiração era grande, ela era apaixonada por aquele homem. – Desde que te conheci eu sabia que tinha algo especial em você, por muito tempo eu achei que você fosse a minha filha, a correspondente dela deste mundo, mas... Hoje eu tenho certeza, você não é ela. – A expressão de tristeza no rosto da garota conseguiu atingir o coração frio do Hattori, ela soltou a mão dele, e as retraiu contra seu próprio corpo e começou a chorar. - Mas..., mas... eu. – Ele a segurou pela bochecha a olhando nos olhos. – Não chore, você sempre será minha garotinha eu prometo. – Ela o abraçou forte. Anos se passaram e juntos cada vez trabalhando melhor, Shion sempre esteve presente infiltrado em nações descobrindo mais sobre Shaka, Hinka já estava uma garota mais velha, cerca de vinte e poucos anos, todo essa historia de pai ficou para trás, e ela entendeu a causa e o motivo do trabalho, embora ela tivesse suas próprias ambições, Shion prometeu um trono a ela. Esse trabalhou acabou fazendo ela enxergar o Hattori com outros olhos, esta do lado dele fazia ela querer mais, fazia ela desejar mais, ele por outro lado sempre foi um homem focado demais no trabalho o prazer da carne nunca foi algo que ele se importou muito. Ele começou a notar a forma que Hinka o olhava e acabou cedendo a ela, isso garantia um trabalho mais eficiente e claro lealdade, para Shion ter pessoas leais do seu lado valia qualquer preço. Em uma noite os dois estavam de tocaia em uma base, ouviram um boato que Shaka estaria neste local, enquanto apenas observavam o local dentro de um hotel, Shion estava sentado próximo a uma janela, ele observava uma casa a frente com um binoculo, Hinka estava deitada na cama olhando para o teto. – Cara que tédio. – Ele continuava focado. – Achei que já tinha se acostumado com isso. – Ela sorriu. – Eu sei, mas já faz três horas e não aconteceu nada. - - Paciência Hinka, as coisas podem acontecer a qualquer momento. – Ela se virou olhando para ele, com as pernas pra cima. – Shion posso te fazer uma pergunta pessoal? – Shion retirou o binoculo dos olhos um momento. – Claro pergunte. – Ela perguntou meio sem graça. – Sua mulher, como ela era? – Ele voltou com o binoculo nos olhos. – Bem Katsura era uma mulher interessante, mais poderosa que qualquer coisa e bastante gentil. – Ela sorriu e perguntou. – Era gostoso com ela? – Ele parou e respirou um momento. – Não lembro bem, faz muito tempo, mas era divertido. - - Entendo, deixa eu te mostrar algo que aprendi em uma revista. – Hinka se levantou foi ate a frente dele e retirou o binóculo e colocou sobre a mesa, ela se sentou nas coxas dele de frente para ele. – O que você está fazendo? – Ele perguntou confuso, ela colocou suas mãos no ombro dele e encostou seus lábios no dele, ele ficou imóvel por um momento tentando entender o que estava acontecendo mas acabou dando o que ela queria e retribui, aquela noite os dois se amaram, pela manha ainda acordados ela se virou para ele sorrindo. – O que achou? – Ele estava com o braço por trás da cabeça, sem camisa e olhando para o teto. – Divertido. – Ela colocou sua cabeça no peito dele sorrindo. – Bem melhor que a Katsura né? – Shion a retirou de cima dele. – Nunca... Nunca mais repita isso, não existirá mulher neste mundo que substituirá Katsura Grey, ela me ajudou onde ninguém mais me ajudou. – Hinka ficou completamente em silencio, Shion se levantou vestiu suas roupas e voltou para janela. – Me desculpe. – Ela disse e ficou em silencio, ele permaneceu ali observando. – Desculpe, não queria gritar com minha garotinha. – Palavras que que arrancaram um sorriso dela.

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1aa10ce3daf2f92b-arthur-camdin-tower-in-the-sky-a-roleplay-on-rpg

Caminhando e acompanhados por Suna, Shaka arrastava Takura, na medida que se aproximava do gabinete mais guardas iam se aproximando o cercando. – Largue a Senhora Takura, Shaka. – Shaka sorria. – Avise o Kazekage que a noiva dele está comigo e olha... – Ele fez um pequeno corte na bochecha dela. – Eu posso acabar me irritando. – Takura chorava ainda mais de dor.

No gabinete, Shion brincava com um garotinho de 3 anos. – Veja só como meu garotão já está grande. – Ele brincava com ele no colo. – Meu pequeno conquistador, juntos vamos conquistar tudo, onde está a mamãe? Não a vejo tem um bom tempo. – Um homem abriu a porta do gabinete as pressas. – SENHOR KAZEKAGE! Desculpe minha invasão, mas Shaka está na frente do seu gabinete, está acompanhando de vários ninjas, senhor... ele mantem Takura de refém. – Shion parou um momento ouvindo aquilo. – Não ataquem Shaka, mantenha distância dele imediatamente, eu já estou indo. – Ele retirou Hope do seu colo, se levantou. – Venha, vamos salvar a mamãe, seu irmão idiota está causando alvoroço, é bom para você o conhecer. – Shion vestiu suas roupas de combate, e de mãos dadas a Hope ele foi andando ao encontro de Shaka.

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 D6fn20b-61138999-996d-4bec-a638-ca5215d356f9.gif?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOiIsImlzcyI6InVybjphcHA6Iiwib2JqIjpbW3sicGF0aCI6IlwvZlwvMzQ4YjIzZGEtNDIxNi00MWI2LWFhYWQtNzk0ODQ1N2JkYTU4XC9kNmZuMjBiLTYxMTM4OTk5LTk5NmQtNGJlYy1hNjM4LWNhNTIxNWQzNTZmOS5naWYifV1dLCJhdWQiOlsidXJuOnNlcnZpY2U6ZmlsZS5kb3dubG9hZCJdfQ

Lá fora Shaka ficava entediado. – Tudo bem... ele não vem, quem sabe se eu arrancar o coração dela. – Sua mão ficou vermelha e mirou nas costas da mulher. – Morre logo. – Takura gritou, e em um instante as gotas da chuva pararam de cair, em passos lentos a presença divina do Kazekage veio andando, as pessoas ficaram admirado a água estava completamente parada no ar, ele caminhou próximo aos guardas. – Calma homens, abaixem as armas eu resolvo isso. – Ele deixou seu filho ao lado de um dos guardas. – Por favor cuide dele. – Shion se abaixou e abraçou seu garoto. – Não se preocupe eu salvo a mamãe. – O Kazekage caminhou sozinho a frente de todos em direção a Shaka, quando as chuvas enfim cairão no chão elas se tornaram flocos de gelo, ele parou a 10m de Shaka, que colocou Takura a sua frente. – Calma aí Pai, não vamos fazer movimentos bruscos ou a loirinha aqui vai ter o coração partido, literalmente. – Shaka, deu um beijo no rosto de Takura enquanto encarava Shion o provocando. Shion encarou Shaka enquanto em uma rápida olhada ele observava todos os presentes. – Shaka. Sua dissimulação não é nenhuma surpresa. Eu deveria ter trucidado você e seus irmãos deformados há muito tempo. – Shaka o respondeu com ironia. – Viemos acabar com seu reinado, Falso Shion. Eu e meus irmãos e todo o mundo ninja serão livres! – Shion abriu um sorriso sínico para ele. - Corajosamente dito. Mas contínuo... não acreditando. – Shaka elevou o tom de sua voz. – Chega de conversa, renda-se renuncie o posto de Kazekage e talvez eu não machuque sua Takura. – Ele continuava acariciando o cabelo dela, e encarava Shion o provocando, Shion olhou nos olhos de Takura que estavam vermelhos de tantas lagrimas. – Eu vou te salvar eu prometo. – Ela sorriu para ele, Shion levantou sua mão e criou um pequena lança de gelo e lançou na direção da mão de Shaka, que segura Takura, a mão de Shaka estava próximo aos seio direita dela, a lança atravessou o coração de Takura, que caiu com sua boca cheia de sangue nos braços de Shaka, a lança atravessou o peito de Shaka, que soltou a mulher e afastou para trás assustado. – Como? – ele disse com um olhar em choque, Takura caiu no chão de joelhos tentando conter o sangramento, ela tossia bastante sangue. – Amor, por quê? Você disse que me salvaria. – Ele sorriu para ela. – Acabei de te salvar amor, te garantir uma morte menos dolorosa. – Ele então se voltou para Shaka. – Deixa eu ver se entendi... Você pretendia me ameaçar com isso? E agora que esta sem a sua pequena “Vantagem”? O que vai fazer? – Shaka não tinha palavras para dizer, seu olhar assustado com o que acabou de acontecer, as pessoas de Suna tão assustadas quanto, o Kazekage acabou de matar a senhorita Takura? Os guardas não sabiam o que fazia, de um lado estava o homem mais procurado do mundo ninja, e do outro o Kazekage acaba de cometer um crime gravíssimo na frente de todos. Shion caminhou um pouco mais próximo de Takura, a agarrou pelos cabelos enquanto ela ainda respirava. – Me diga, eu sou real? – Ela mal conseguia falar. – É claro que você é real meu amor. – Ele pressionou o ferimento. – Me diga a verdade e te salvo agora. – Ela gemeu de dor. – Não... você foi uma cópia de Hattori Shion, eu o criei há dois anos com as memorias dele, tomei a liberdade de colocar algumas coisas do meu falecido marido, mas você acabou recebendo muitos traços de um Shion que há muito não existe mais. – Ele a abraçou forte. – Obrigado... obrigado por ser sincera comigo. – Ele então a beijou apaixonadamente, ela retribuiu o beijo mesmo sentindo muita dor, de repente ela sentiu algo em seu corpo congelando e se debatia tentando se soltar dele que continuava a beijando, seu corpo começava a ficar azul se congelando aos poucos ate ficar completamente congelado, ele soltou o corpo da mulher no chão, lançou uma pequena carga de chakra que despedaçou completamente, ele sorria um pouco olhava para os invasores, abria os braços em direção a eles. – E então qual é o plano agora? – Shaka ainda mantinha sua mão no ferimento o curando aos poucos, Hinka se aproximou dele. – Pelo visto precisamos de um novo plano. – Suna testemunhou seu líder matando a pessoa mais importante da vila, cabe a Suna agora decidir qual lado ficar.

Considerações:


_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Scre1755
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Ui7615FOlá, Convidado, eu sou o Shion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 100x100

Luishturella999
Jōnin
Luishturella999
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 100x100

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 11:02


TENSÃO

A situação no campo de batalha estava ficando cada vez mais tensa. Os ânimos estavam se alterando, o que não necessariamente era bom. Agir sem pensar poderia ter consequências graves. Principalmente quando se ataca sem conhecer os poderes do inimigo antes. Era isso que fazia o rapaz sempre se conter antes de atacar, optar por restrições, afim de estudar as capacidades de seus inimigos para saber o que seria efetivo e o que poderia ser um problema. Mas isso parecia não ser uma ideologia coletiva, visto que outros já se preparavam para atacar. Ao seu lado, Indra disparou algumas balas de chakra na direção do corpo do Kazekage, que estava próximo de um outro ninja da aliança. Este ergueu suas mãos para ele, mas para a surpresa de todos presentes, algo aconteceu. Arregalando seus olhos, mas ainda em controle das Correntes Adamantinas enroladas no corpo no chão, que agora não mais era do Kazekage, Squall tentou reagir o mais rápido possível quando percebeu.

"Eles… trocaram de lugar?” - Pensou, comandando as correntes para se erguerem ao redor do corpo, protegendo da técnica que seria lançada pelo ninja que estava mais próximo de Renji, seja lá qual fosse a técnica; junta dessas correntes, o rapaz consumiria um pouco mais de chakra para expandir uma nova corrente por cima das demais, depois que essas já tivessem colidido com a técnica que chegaria primeiro.

Esta última corrente se levantaria para defender o rapaz contra os projéteis que Indra havia disparado logo ao lado de Squall, tentando usar suas capacidades de anulação, torcendo para que isso tudo fosse capaz de proteger o corpo do ninja da Folha. Findadas as tentativas, olharia em volta, notando um humanóide que havia se formado no momento em que a espada que estava cravada no chão fora tocada por uma técnica. Muita coisa para apenas uma espada largada. Certamente tinha sua importância, e precisava descobrir qual era. Alguns espelhos se formaram, e a imagem de meteoros caindo sobre as vilas apareceu neles. O rapaz trocou olhares entre os que seguravam a criança e o espelho, até que a criança foi solta. Com sorte, isso seria o bastante para manter a segurança das vilas. Para um clone, aquele ser tinha poder.

- Muito poder.... - Murmurou baixinho. - Não ataquem antes de conhecer os poderes de seu inimigo, pode ser um erro fatal. - Falou para todos, ainda calmo.

Uma figura de um esquilo se aproximou de Squall, saíndo de angell, que, assim que tocou seu corpo, trouxe um pouco de refrigério e alívio para as dores e queimações causadas pelo ar pesado no local.

- Obrigado. - Falou, olhando para ela.

Sem o uso de selos, formou ao redor de seu corpo uma aura eletrificada, que lhe serviria de barreira, e também impulsionaria seus movimentos. Sacou de sua bainha sua Kusanagi, e a banhou em chakra eletrificado, tudo sem selos de mãos, graças à sua maestria. Fez um selo única de mãos, fazendo uma cópia sua surgir ao seu lado; esta partiu em direção ao humanóide gigante que saira da espada, e à 20 metros dele, expandiria a lâmina de sua espada igualmente eletrificada na direção da criatura, testando sua reação.

O corpo original permaneceria parado, observando tudo à volta, observando o que o Kazekage faria em seguida.


Informações:


Considerações:



HP: 2.125/967| CH: 5.575/2.637| CN: 000/400 | ST: 01/07

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dani10

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 18:30




HP: 750/950 CH: 1200/1200ST: 00/04
Vel: 12m/s Tinta: 770ml / 800ml

Bolsa de Armas (52/100):
**Mascara de Afrodite** (01)
Tinta: 770 ml [2 espaços]
Perg. Pequeno:01[1]



Sagoh não demorou muito correndo até que por fim alcançou o grupo. Diante de seus olhos uma visão aterradora. Shion estava novamente alí. O garoto não entendia o que estava acontecendo ja que acabara de deixar Shion no que sobrara do laboratório, quando as palavras do próprio invadiram sua mente.
**_ Então foi isso que ele quis dizer com poder semelhante ao meu?! O que diabos está acontecendo aqui realmente?!**
Sagoh se aproximou ainda mais cauteloso que antes, seus olhos pousaram na unica pessoa que ele queria se encontrar no momento, Angell. Ele então tentou se aproximar da Hokage. Ele por alguma rasão não conseguia desviar a atenção do SHion à sua frente e percebeu que um garotinho com cabelos azuls aparentava estar se aproximando do homem também de cabelos azuis.
Sagoh alcançou a Hokage e com muita cautela, tocou-lhe o ombro esquerdo.
_ Hokage-Sama, nos desculpe a demora... levou mais tempo que havíamos pensado para concluir nossa missão. Eu assumo total responsabilidade pelos erros e pela demora, mas agora... O que está acontecendo aqui? Quem é esse homem de cabelos azuis que se parece com o Shion-Sama, não é possivel eles estarem dois lugares ao mesmo tempo, é?! - Sagoh se calou por tempo suficiente para entender por alto o que possivelmentet estava acontecendo.
color=darkblue] _ Um clone? Seria isso?! [/color]

Ele voltou sua atenção para o home de cabelos azuis com cara de Shion mais uma vez. Algo nele fazia o garoto Hyuga ficar incomodado e o mesmo se dava à toda aquela situação. Olhando em volta ele percebeu um pouco do que estava acontecendo. Todos realmente estavam enfrentando o Shion diante de seus olhos. Havia algo estranho no ar e Sagoh notou uma espada fincada no chão que exalava uma quantidade massiva de Chakra e um Monstro Humanóide que ele nunca havia visto antes. Possivelmente era alguma técnica ou algo parecido. Não havia tempo para mais questionamentos, ele apenas observaria para tentar chegar a uma conclusão final para então tomar uma atitude cabível que não prejudicasse ninguém alí. Ele estava cheio de só atrapalhar a todos.

Observações.:
Considerações.:


Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 19:17


Monogatari Series: Kaguya Aelin  
palavras: 348
Próxima aos Invasores, a morena pode ver que a situação se complicaria ainda mais. Takeshi usara um jutsu o qual ela nunca tinha o visto na tentativa e remover a lâmina do chão. — Tsc! — Reclamou ao ver uma figura humanoide da mesma composição do fogo emanado pela arma surgir a partir dela e congelar, sem menores problemas, o doton. Para piorar, a dor pelo seu corpo parecia aumentar um pouco mais.

— Àquela lâmina é problema. — Disse aos mais próximos, apontando para ela. — Creio que enquanto ela continuar no chão, vamos continuar sentindo essas dores em nossos corpos. Foi com tocando o chão ela que a dor começou. Mas, pelo jeito, não vai ser fácil. — Completou.

Shion que outrora estava preso pelos jutsus dos invasores, mostrou um pouco mais de seu poder. Sabe-se lá como, conseguiu trocar de lugar com um deles e, de quebra, se reposicionou próximo a jovem que estava com eles desde a delegacia. A Kaguya observava tudo com atenção e uma sensação de impotência. Sua falta de experiência para batalhas daquela dimensão era evidente. Não sabia o que fazer e isso a frustrava. O Kazekage, mais uma vez, levantou-se ao ar e, agora, criou uma série de espelhos que mostravam outras vilas e um trio de meteoros caindo sobre cada uma delas. “Como?” — Não sabia os motivos de se impressionar com aquilo ainda. Ao que indicava, foi o suficiente para fazer com que Hinka e outro jovem soltassem a criança que passou a caminha em direção ao azulado.

Não tardo para que a jovem de cabelos, também, azulados indagar outras palavras e expelir esferas de lama que se transformaram em belos esquilos voadores. Um deles entrou em contato com a pele de Aelin que respirou aliviada. “Kyaa que fofo...” — Pensou. — Bem... obrigada! — Agradecendo logo em seguida. Nesse instante, um dos rapazes que ali estavam conjurou um clone e o enviou em direção ao humanoide. — Irei com ele, talvez eu possa ser útil. — Exclamou e seguiu o clone. Se não tivesse problemas, pararia próxima à Takeshi e estaria atenta às reações do monstro de fogo gélido.

HP 937/950 | CH 1275/1275 | ST 00/06

Informações:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr10

Indra
Hokage
Indra
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr10

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 21:21

(MAJ) KYUSEISHU NO INDRA, THE INVENTOR ── KOBAYASHI ICHIZOKU;  ROLEPLAY ─── OO/OO
CH: 1225/125O ▵ HP: 1O62/11OO ▵ VEL: OO/O2 ▵ ST: OO/O6 ▵ ARC: 625/625

   Para se atacar um oponente, deve-se considerar diversas variáveis, como o poder do oponente, a necessidade de lutar e o timing entre uma oportunidade e outra. Sempre busquei ser prudente em meus movimentos, e só pretendia atirar contra o clone de Shion em uma situação em que ele, de alguma forma, conseguisse se soltar das correntes invocadas pelos aliados. Já testemunhara quando uma criatura estranha rapidamente se libertou de uma espada que estava cravada no chão, repelindo uma técnica Doton, não entendendo o que era aquilo, apenas visualizando o quão poderoso meu inimigo era. Não poderia deixar que ele contra-atacasse, ou poderia ser o fim da nossa existência, então quando ele ameaçou se mover, reagi com as minhas balas de chakra, buscando eliminá-lo ou pelo menos feri-lo gravemente. Porém, observei quando o mesmo simplesmente virou o rosto e não fez nenhum selo de mão aparente, apenas olhando em uma direção específica, e de repente…

   Lá estava Renji em seu lugar, me deixando pasmo. Nunca tinha ao menos ouvido falar de uma técnica que permitisse ao ninja trocar de lugar com alguém. - COMO ELE…? – fiquei chocado, sendo tarde demais para impedir as balas de chakra de avançarem contra o meu aluno. Meu corpo ainda estava pesado, e não tinha como ser rápido o suficiente para defendê-lo. Quando menos esperei, olhei para o lado e vi o clone de Shion atrás de Mikan, buscando usá-la como refém. - Que desgraçado… Como ele foi capaz de fazer isso sem nem fazer selos de mão? – sussurrei, observando toda a situação, enquanto as queimaduras em meu corpo continuavam, tudo por conta do clima hostil naquele terreno. A única coisa que eu poderia fazer naquele instante era torcer para que Renji conseguisse escapar, de alguma forma, dos ataques lançados contra ele.

   De repente, não era apenas a minha aluna que era mantida sobre a posse do clone de Shion, mas o mundo inteiro: criando espelhos de gelo, ele foi capaz de nos mostrar diversas vilas ao redor do mundo, podendo reconhecer Konoha e uma que parecia ser Uzushiogakure, vendo meteoros no céu, prontas para caírem naqueles vilarejos… Tudo por causa de um bebê. - Ele arrisca destruir o mundo inteiro por causa de uma única criança… O que essa criança tem de tão especial para esse clone que os outros filhos do Shion não têm? – perguntei-me, estreitando os meus olhos. Ele colocava uma grande parte de Suna sob um poder subjugador, mas fazia de tudo para proteger um simples garotinho, além de parecer não demonstrar nenhum sentimento pelos filhos do verdadeiro Shion. Enquanto isso, podia ver um esquilo vindo na minha direção, inicialmente tentando me livrar dele, mas ao olhar para os arredores, percebi que o esquilo partia da iniciativa de Angell, recuperando minhas feridas. - Angell é uma verdadeira líder… Enquanto pensamos em nós mesmo, ela pensa no coletivo. Talvez ela seja a única que possa, de alguma forma, derrotar o falso Shion, mas precisamos nos unir para fazer isso acontecer. – pensei comigo, tentando me aproximar de Angell, ficando a um metro à direita dela.

   - Ang… Hokage-sama, acredito que temos pouco tempo de vida, e palavras bonitas não vão ajudar, mas aquela moça no hospital te entregou uma katana, dizendo que ela pertencia mais a você do que a ela. Será que ela não tem o mesmo tipo de poder que aquela espada que está ali fincada no chão tem ou alguma habilidade oculta que possa nos ajudar? – perguntei, me sentindo um pouco impotente por não poder fazer nada que pudesse derrotar o clone de Shion, além de fazer sugestões.


Informações Gerais:

_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 21:47










Erwin Schrödinger - The Scientist
“Demônios... São Criados.”





Erwin estava movendo-se na velocidade máxima de sua plataforma, com sua espada em sua mão direita, para qualquer eventualidade, mas ele não tinha nenhum conhecimento do que estava acontecendo, e isso era algo para preocupar-se. Dizer que Erwin estava desenvolvendo suas habilidades como líder e o facto de não só pensar por um, mas por mais de três cabeças, era algo novo para ele, ele ficava impressionado, como os Kages, podiam lidar com tantas coisas, mas Erwin agora estava decidido em tornar-se um, depois que todo aquele reino de terror terminasse. Seus olhos tentaram encontrar a presença de Tatsuo, mas parecia que ele ainda não tinha chegado, algo que incomodou, mesmo que por um pouco, Erwin. Erwin então iria liberar algumas palavras para os que ali encontravam-se com ele na plataforma, enquanto ele olhava para baixo — Não usem trunfos, e nem ataquem, sem ficar conscientes de toda situação. Já parece má o suficiente, mas deve melhorar agora. — Erwin tinha explicado aquilo, para que ninguém desse uma de esperto e fizesse alguma merda, já que seria basicamente impossível, lidar com proteção de todos, o que ele podia considerar como sendo o último objectivo. Erwin precisava de informações para executar sua próxima ação, e felizmente, Erwin tinha notado um dos Kages, o Mizukage, Erwin então movimentou a plataforma em alta velocidade, para que pudesse aproximar-se do mesmo, descer da plataforma:


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 94ce47859faf53b23386c73ac5fc8bd7502c22e8r1-540-304_hq


Mizukage, sou Erwin Schrödinger, eu fiquei encarregue do laboratório. Ele foi destruído, por Hattori Shion, as limitações foram eliminadas e em breve o chakra de Shion irá ajudar todos a recuperarem. Ele não vai assumir nenhuma culpa, eu como encarregado, recebo a culpa pela demora. Não limite-se a liberar muitas informações, apenas diga o que deve ser feito e quem precisamos imobilizar... Permanentemente. Se alguém precisar de ajuda, eu também posso fornecer como praticante de iryou-nin. — Erwin estava observando cada detalhe daquele acontecimento, não só eles agora teriam encontrado, exatamente a pessoa de mal que Shion tinha citado, que tinha de facto, um poder parecido com o de Shion, que obviamente, que estava lutando contra eles, então o objectivo, era ajuda-los. O menino de cabelos brancos, fazia perguntas, que pareciam desconsiderar a situação, eles precisavam agir, não conversar por coisas, que podiam ser resolvidas logo que o assunto fosse terminado. Como membro da Kinkaku Butai, não seria difícil que o Mizukage, percebe-se porquê Erwin tinha sido encarregado daquela missão, caso ele considerar alguns factores superficiais. A batalha parecia principalmente, contra Shion, o que realmente iria complicar, mas existiam diversas maneiras, de contornar diversas situações, e com Erwin sentindo superficialmente, não só a espada enfiada no chão que exalava uma quantidade massiva de Chakra e um Monstro Humanóide, o que dava-lhe algumas ideias, mas primeiro ele precisava saber mais sobre o que necessário fazer ali.

HP: 3300/3300 | CH: 5620/5650 | ST: 00/08 | Samehada: 500/500 | Colar De Hator: 250/250 | Clone: Inativo | Clone 2: Inativo | Clone 3: Inativo | Clone 4: Inativo | Índice Selvagem: Inativo

Minhas FalasFalas de Surtr.


Considere:


Shinobi de Kumogakure no Sato || Cientista || Rank Militar: Kinkaku Butai | ANBU

_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 VMNipg0

Bending
Chūnin
Bending
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 VMNipg0

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 22:47

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr_n4ujdaNQsj1qzjtx0o2_250
HP: 1500/1500 — CH: 1800/1800 — ST: 00/06

O ousado chegou! — esbravejou para o alto, chegando enfim ao destino antecipado. Os óculos escuros reluzindo ao luar, a jaqueta verde esvoaçando firmemente contra o vento. Sem qualquer vergonha na cara, queria chamar toda a atenção para si, mesmo que não tivesse noção alguma da gravidade da situação. Sentia-se animado, ainda mais que o comum, considerando que agora estava novo em folha, como se tivesse acabado de sair de casa. Os poderes do antigo mestre, em conjunto com a destruição do laboratório, eram os responsáveis por aquilo. Se tinha se achado inútil há alguns minutos, agora se sentia um deus. Um bastante excêntrico e fraco, mas ainda assim um deus. — Não se preocupem, resgatamos Shion! Ele está vindo para cá... — dizia, até algo tirar completamente seu foco. — M-as o quê?! — em meio ao seu discurso, olhou para os lados e bateu com os orbes diretamente em... outro Shion?

Por alguns segundos, não conseguiu compreender, até se recordar das palavras que havia escutado há alguns poucos minutos. “Um homem perverso com um poder parecido com o meu”, Shion havia dito. Sendo assim, não havia outra alternativa: o homem ali a frente era um dos tais clones que formavam o exército destruidor da Areia. — Fodeu, fodeu mesmo. — murmurou, afastando-se ligeiramente para trás. Só então pôde notar que havia inúmeras pessoas ali, todas dando sua vida para derrotar aquele ser maligno. Engoliu em seco, percebendo finalmente que o desafio anterior não era nada se comparado ao que estava acontecendo agora. O que não significava, é claro, que iria desistir. Precisava ajudar, mesmo que pouco. Dando um passo para a frente, analisou o campo em busca de seus amigos, agora determinado em se fazer útil mais uma vez.

Informações Gerais:

_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr_p39mi0qFGp1x2mcf9o1_540
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 23:44


Guerra!
Aliança contra ataca


A
chegada ao gabinete revela a seriedade da situação. Um “homem perverso com poder parecido com o meu”. Tatsumaru e seus companheiros teriam que enfrentar um ser de poderes inimagináveis. Alguém com poderes semelhantes ao do verdadeiro Hattori? O senju se recordava das pequenas amostras daquela grandiosidade energética e tais lembranças o faziam tremer. Porém, o garoto não estava sozinho. A aliança estava a postos e pronta para ir até o fim.

”Onde esta Takane?” Pensou ele, olhando ao seu redor.

Não era hora de se lamentar pela falta da Tsuchikage. Era hora de lutar! O Senju se preocupa, porém se reconforta ao ver que os que sobraram estavam ali e dispostos. O espirito da aliança pairava sobre todos, revelando uma aura desejosa de combater aquele mal que os assolava.

- Erwin-senpai, pode contar comigo. A minha vontade de chutar a sua bunda vai ficar para outra guerra. Se chegamos até aqui juntos, então lutarei ao seu lado até o fim... e quem sabe ao final desse combate eu comece a gostar de você, heh. Assim com Tayou, Ren, todos os outros... contem comigo! Vamos mostrar do que somos feitos. – disse ele.

Permanecendo junto aos companheiros, o Senju aguardava o momento de agir. Enquanto isso, permanecia observando tudo e a todos. Mandarin permanecia escondido em sua gola.





HP: 2500/2500; CH:5000/5000; CN: 400/400; ST: 00/08

AVANTE!

Equipamentos:

Pet:

Databook:

Jutsus:

Considerações:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sex 4 Set - 23:48

[Cerco à Sunagakure] Kazekage vs Aliança

Outro Hattori Shion!

Enquanto vinha com Erwin em sua plataforma, ouvi atentamente aos seus conselhos, os conselhos de um shinobi mais experiente que eu. Mesmo sem palavras, concordei com o dito.

Ao aproximar-nos daquela aglomeração de pessoas, saltei da plataforma de areia do Jōnin em direção ao solo, mais especificamente à frente dos genins de Suna — que até então eu achava serem ninjas da aliança disfarçados, tal como eu estava há momentos atrás. Com um movimento rápido e imponente, saquei o meu Kyodai Sensu e disse:
— Não se preocupem queridos, a cavalaria chegou! — falei para os que estavam atrás de mim. Talvez o "conselho" dado por Taiyou no acampamento e também a força de vontade para lutar dadas por Shion tivessem me inspirado a chegar de forma tão animada em uma situação tão tensa. Talvez se eu tivesse olhado mais atentamente...

— Shion?! — me indaguei ao ver que Shion já havia chegado ali. Olhando mais uma vez, no entanto, percebi que todos pareciam estar opostos a ele, o enfrentando. Notei também o objeto e a criatura dispostos bem no meio do campo de batalha. Foi então que lembrei do que o verdadeiro Shion havia dito sobre alguém de poder igualável ao dele.
— Então é isso que iremos enfrentar?! — pensei.

O mais confuso de tudo aquilo, no entanto, era o fato do Kazekage ser uma cópia exata do próprio Hattori. Lembrei-me então do que foi dito por Date no acampamento, algo sobre um exército de clones. Isso me levantou uma dúvida:
— Espera! Então o que me garante que o Shion de momentos atrás também não era o clone? — mas logo me repreendi — Não, não tem como. Aquele realmente era Shion, caso contrário, ele não teria nos ajudado!



286 palavras
750/950 HP  || 975/975 Chakra || 00/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Xoj9u7k

Senko'
Godaime Mizukage
Senko'
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Xoj9u7k

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sab 5 Set - 0:37

Um... meteoro?!
HP: 1100 | 1100CH: 1000 | 1000ST: 2 | 5

O garoto ainda continuava com suas emoções à flor da pele, sem compreender muito do que estava acontecendo. Sentia-se o ninja mais fraco dali e, com o surto de Shinka que abandonou o campo de batalha e a morte de Topazu, estava completamente sozinho, comandado pelos chunins de sua vila, que por sua vez eram comandados pelos... invasores. Que bagunça. Tanto faz, estava ali pela sua vida e pelo bem da sua vila, isso era o que importava.

Ainda ao lado de Aelin, foi capaz de ver Takeshi tentar algo contra a espada fincada no chão. Certamente ela tinha alguma ligação com a constante queimação que sentiam. A tentativa do Chunin falhou, o que deixou o jovem Matsuda ainda mais fraco e, para piorar a situação, da espada saiu um ser bípede composto pelo mesmo fogo que emanava daquela poderosa arma.

— Vamos, Aelin! Sim, não vai ser fácil, mas... — pensou bem e nem sabia o que fazer, como ajudar ou que dizer para trazer motivação ao grupo — nossa vida depende disso. Façamos o que for preciso, façamos o que for possível.

Disse isso, tentando sentir algo positivo. Levantou a cabeça e ficou boquiaberto naturalmente. Shion havia escapado e conjurou espelhos que mostravam todas as outras vilas sendo ameaçadas, cada uma por três meteoros enormes. “É o fim”, pensou, e só não estava mais cagado porque Suna estava “protegida”. O genin finalmente compreendeu o enorme poder daquele ninja que um dia admirou como Kazekage. Era muito além do que pensava, seu poder era grandioso. Devolver o garoto era o preço a se pagar para não dizimar nações inteiras e, enfim, Ayako e Hinka resolveram soltá-lo.

Em meio a dor, um esquilo subiu seu corpo sem que ele notasse. Quando já estava agarrado, Senko começou a se sentir melhor e finalmente percebeu a presença do esquilo que, aparentemente, vinha da ninja médica de cabelos azulados que ofereceu aquela ajuda. — Obrigado, amigo esquilo! — disse “calmo”, tentando disfarçar o pânico.

Enquanto falava com o animal, notou a movimentação de Aelin. Decidiu seguir seus superiores e ir junto com o clone do ninja que tinha acorrentado Shion antes dele miraculosamente trocar de lugar com um dos nossos. — Qual é o plano?! — fitava o humanoide, pronto pra atacá-lo... com uma simples kunai.

Considerações:
(c)
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 URkFDZ9

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sab 5 Set - 2:30


MONOGATARI SHOUJO AYUMU☆MAGICA
HP 762/800 | CH 676/900 | ST 02/04 | Sakin 2860/3000
Palavras: 536.
Novas pessoas apareciam, figuras desconhecidas. Um homem gigantesco, um outro homem médico que também era gigantesco, um terceiro homem que era maior que os outros dois, e por fim um outro homem gigantesco. E naquela reunião de gigantes o pequenino anão apenas percebia que em sua cabeça estava uma mão acariciando.

Medo sentiu, um pouco de pânico, afinal, era inesperado e incomum. Olhou para cima, tentando olhar nos olhos de tal figura para entender o que diabos estava acontecendo, mas era como olhar para o pico de uma montanha, quase impossível. Palavras de calma foram ditas do gigantesco homem desconhecido, mas que provavelmente era aliado, e era um aliado legal. A menininha não tinha reação inicial, até que tentou dizer algo.

— VA-VALEU! TÔ SUPER CALMA! — Não estava. Ter calma diante daquela situação era bastante difícil, afinal ela nunca esteve presente a algo parecido e não tinha tantas experiências de combate.

Foi que começou a ocorrer muita coisa que ela não sabia explicar. Seu amigo tentou tirar aquela espada do chão e veio um “troço mó doido humanoide pegando fogo” que congelou o doton. O anão olhou para aquilo arregalando os olhos. Um aliado atirou umas correntes que prenderam Hattori Shion, já outro aliado deu uns disparos que iriam acertar o Kazekage, até que o homem simplesmente trocou de lugar com aquele lá que tinha sido legal com a anã.

—  CARALHO CARA! — Gritou de puro susto, Shion mudou de lugar do nada, e ficou tão próximo.

Enquanto isso, o Kazekage lançava gelo no pé de uma pessoa próxima, já o que tinha sido trocado de lugar estava quase se fodendo. Não teria muito tempo, de reação, mas não poderia simplesmente não fazer nada, só tinha a opção de lançar sua carta mais alta. Mordeu seu polegar, fez seus selos e invocou:

— PROTEJA DAS AGULHAS HULK! — Aquele que nos momentos mais difíceis sempre ajudava a anã. Não era o mais forte, e poderiam muito olhar como uma besta com ódio descontrolada, mas a loirinha via Hulk como seu querido e amável gato boladão.

Era uma tentativa que contava com a velocidade de Hulk. Talvez ele conseguisse interceptar as agulhas atiradas na direção do homem, além disso a pequenina faria uma manipulação mandando seu pó de ouro para tentar também interceptar, e ajudar o gato. Não sabia se sua tentativa daria certo, mas tentaria utilizando do pó de ouro que tinha espalhado anteriormente ao longo de cinco metros.

Estava tudo complicado, até que Hattori Shion então criou um monte de espelhos de gelo mostrando vários vilarejos, e não somente isso, mostrou meteoros.

— É cambada... Lascou. — Com toda sua inteligência, deu o comentário que refletia sobre o que estava acontecendo.

O pequenino ser então, sentiu em sua pele ardente, patas. Uma situação de reconforto e alivio. Era uma figura de um esquilo, que estava ajudando-a.

— O-obrigada! — Agradeceu falando para a mulher e para a figura do esquilo.

Sem saber muito como proceder, o pequenino ser devolveria Hulk para seu mundo de origem, independente do estado dele. Observaria um homem alto fazendo um clone, ele iria fazer algo acerca daquela figura humanoide de fogo. A anã se aproximaria do clone, para ajudar, ficando atrás do clone, observando o que poderia ocorrer.

Considerações:
( 〃▽〃)
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 LE7jCRx

Klee
Genin
Klee
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 LE7jCRx

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sab 5 Set - 12:05

 

HP: 862/900 (—200 +262 +61) × CH: 1.132/1.287 (+115) × ST: 00/07 × CN: 000/400
Em um instante, viu a luz. O brilho que surgiu no olhar de Mikan naquele momento era sem dúvidas estonteante, a figura masculina de Renji fazia seu coração se aquecer e ela nem pensou duas vezes ao agarrar-se no pescoço do moreno para um abraço - uma resposta para sua pergunta e felicidade de o ver bem, percebeu que Tatsuo também estava ali e acenou com um sorriso aliviado. Mas as coisas só pioravam a medida que os ninjas da aliança atacavam, e a Yamanaka sentia-se inquieta por não achar que seria suficiente. Ela queria que apostassem em uma conversa, mas seria muita ingenuidade em vista dos fatos, pois sabia que aquilo não seria capaz de parar o clone, ainda mais depois de terem uma pessoa querida para ele de refém.

Refém.

Seus olhos se arregalaram e seu corpo tremia ao ver seu amado ser trocado de lugar pela figura de cabelos azulados. Instantaneamente, virou-se para o local onde Shion deveria estar tomando os golpes dos demais, mas era Renji quem estava ali.

O caos instaurou-se na mente da garota e nem mesmo teve tempo de reagir quando seus pés foram congelados. — Renji-kun! — gritou apavorada, lágrimas tomavam sua face e ela sequer conseguia se mover para tentar o salvar. Parecia que o destino sempre tentava - de qualquer forma - separar os dois e ela não entendia aquilo. A fala do clone do Shion era ignorada, ela só tinha olhos para Shigaraki.

Por favor, não machuque o Renji-kun, ele é tudo pra mim. Ele é… A pessoa que eu mais amo em todo mundo, não mate ele, eu imploro. — diria após o homem sussurrar em seu ouvido em meio a soluços e lágrimas. Mikan estava paralisada e a única arma que tinha naquele momento era sua voz para implorar pela vida do homem que amava.

E como se não bastasse, além de si como refém, ele mostrou para todos que haviam meteoros pairando sobre o céu das vilas prontos para cair quando ordenado. O olhar da loira virou-se e a figura de seus pais e seus avós vieram em sua mente. “Por que? Por que querem tirar as pessoas que amo de mim? Acho que me envolvi em luta de demônios, esse é o sacrifício… Eu não quero viver assim…” pensava diante dos espelhos apresentados. As energias de Mikan se perdiam não apenas por conta de uma força naquele local, mas as motivações da garota iam se esvaindo.

A vontade de viver de Mikan estava aos poucos sumindo junto a drenagem de sua força vital.

Sua visão estava embaçada das lágrimas derramadas e a desmotivação sentida, mas algo se aproximou para a curar, em seguida ouviu a voz de Taiyou. “Taiyou… Salve Renji…” pensou, não existia mais voz em qualquer palavra que a garota cogitasse dizer, e apesar de pensar dessa forma, ela havia perdido as esperanças, estava fraca fisicamente e psicologicamente.


Considerações:


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2D43bjd

Sekiro
Chūnin
Sekiro
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2D43bjd

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sab 5 Set - 15:53



Velhote... Considerando tudo o que viu; eu mereço mesmo estar vivo? — a frase ressoou. O corpo do garoto permanecia inerte, sentado sobre um planalto, porquanto analisava toda a imensidão a sua frente e mantinha o sorriso pacífico em sua face.

O monge o fitava, suspirando vagamente. Sua expressão era de surpresa pela existência daquele questionamento, tão breve, mas com um profundo significado para a criança. — Isso... Você só vai descobrir vivendo. — respondeu, e ali não restou nada além de um profundo silêncio.

(...)

Diante dos seus orbes, novamente no campo de batalha, os fatos recorrentes deslanchavam-se de forma célere, não restando a Renji muitas opções, tampouco uma chance de finalmente dialogar com Mikan. Em um singular momento estava recebendo o contato físico da garota, para posteriormente encontrar-se em uma armadilha efetuada por seus próprios aliados. Não compreendeu com exatidão o que acontecia diante de seus olhos, apenas percebendo a estranha situação – e sensação – de estar preso nas mesmas correntes que tanto utilizara para imobilizar outros.

O sentimento podia ser perceptível em seu semblante, que antes dotado de calmaria agora era preenchido pelo singular desespero, visto que detinha a consciência de que era impossível – por meios normais – sair das habilidades adamantinas do clã Uzumaki. Isso era intensificado por um dos indivíduos que preparava uma peculiar habilidade em direção a Renji, que enclausurado, nada podia fazer.

Naquela situação, sentia-se como um mero tolo amaldiçoado, como pressuposto por outros em sua infância. Alguém que teria o fim em uma viela qualquer, rodeado pela insignificância e o "maldito" sangue que detinha. Era irônico, mas o seu maior temor parecia concretizar-se, o de desfalecer como um fracassado; uma única e instintiva estatística no mundo. Por mais que ali residisse uma pequena fagulha de determinação, não cabia apenas a si salvar-se, tudo dependia de muito mais do que aquilo.

Contudo, quando as correntes do Mizukage velozmente o soltaram, permitindo que detivesse mais uma vez sua mobilidade e chakra, Renji não esperou sequer um momento para executar uma única e desesperada tentativa de conter o emaranhado de habilidades despejadas contra o clone, incluindo a sua própria. Sem realizar quaisquer selos, visto a inexistência daquela necessidade, o rapaz liberou a mesma técnica que antes o prendia. Diferentemente, não utilizou apenas três correntes, liberando logo cinco delas, que se materializavam em máxima velocidade de seu corpo: três pela barriga, duas pelas costas. Sem pensar muito, visto os poucos segundos e tampouco precisar de movimentos físicos, guiou as correntes para que efetuassem um poderoso e gigantesco movimento rotativo ao redor de seu corpo, visando defender tanto o seu flanco quanto a sua frontal, com o intuito de nulificar as habilidades que viessem em sua direção, deixando às correntes de Squall o papel de subjugar a primeira técnica. Não obstante, ainda no momento em que fora solto, a situação onerosa para Renji foi o suficiente para que a areia presente em sua cabaça se magnetizasse, erguendo-se como um escudo; algo que funcionava indiferente aos seus desejos, com o rapaz sequer recordando-se dela.

Finalmente, semicerrou os olhos. Não sabia se sua tentativa seria válida, tampouco se sairia vivo dali, embora uma sensação regenerativa fosse sentida. Esperava, minimamente que, se aquele fosse o seu fim, seus companheiros pudessem carregar parte do legado de um fracassado, como costumava clamar-se. Os pensamentos antecediam o breu, ao qual pudera notar a figura da jovem garota loura em um fundo abstrato. Ao redor de uma fogueira, ela atirava diversas folhagens e itens nas chamas, enquanto abanava-se com um leque. O ambiente era curioso; estava cercada por uma tempestade, e trajava o símbolo de seu clã: um pequeno redemoinho.


Considerações:
HP: 1012/1012 — CH: 1050/1400 — ST: 02/07
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2

Hawk
Chūnin
Hawk
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Sab 5 Set - 22:48

Tatsuo Uchiha



HP: 699/737 • CH: 1460/1500 • CN: 000/400 • ST: 00/07

"O ódio só nasce para proteger o amor."





    ㅤO clima parecera hostil para com todos os membros naquele local. O perigo era, sim, intensivo, e pudera, inclusive, perceber que, além da fraqueza corporal, a cada instante que passara, sua vitalidade estaria sendo levada de si. Afinal, aquele era o fim de todos ali remanescentes? Conforme observara fielmente ao corpo do Kazekage, ainda que aprisionado, pudera, então, observar e perceber que houvera uma troca de localizações. O Kazekage, que anteriormente estivera afugentado por correntes e lama, agora, fora totalmente movimentações inversas. Havia algo estranho, jamais visto, mas que fizera o Uchiha arregalar seus olhos em Sharingans e cerrar suas sobrancelhas, mostrando certa indignação e, é claro, surpresa. Como pode, uma troca corporal desta maneira? Como ocorrerá, com que princípios se tomara? Não entendera, tampouco acreditava que algo assim pudesse ser capaz, mas caso em algum momento saísse daquela situação e vencessem a batalha, o Uchiha buscaria respostas para com aquilo, mesmo que tivesse de trilhar o caminho até o Inferno, ele trataria de descobrir os mistérios para com esta capacitação. Todavia, fitando o fato de que Renji estivera na posição, e fitara o Kazekage ali, de uma maneira próxima ao Uchiha, que fizera com que ele saltasse para trás, recuando, apenas observando a situação num primeiro momento. Tendo o Sharingan ativo, ele pudera perceber que havia algo errado ali. Diferente do que se prezaria, o shinobi, cujo tivera contato em um primeiro momento naquele evento, estivera disparando um jutsu e, sabe-se lá o motivo, ele não parara, mesmo tendo visto que se tratara de um aliado. – Você está louco?!?! – Vociferou, arqueando o nariz, por circunstâncias de não acreditar naquilo que vera.
 
    ㅤAfinal, o que diabos há com shinobis daquele vilarejo? Lembrara-se do fato que havia muitos membros daquela vila em um primeiro momento, no cerco, mas não os vera agora. Não soubera, após ver aquele ato ocorrer, se de fato aquela aliança era real. Parecia que aquela vila era desconexa de qualquer uma outra. As atitudes que o próprio shinobi cometera no passado e foram faladas por pessoas de seu antigo vilarejo, não eram nada se comparadas as que os shinobis da pedra faziam durante a maior batalha de suas vidas, e atos que antecederam. Todavia, pudera observar que shinobis de outra localização se aproximavam dali, chegando e, eventualmente, pudera ouvir, pela proximidade com todos ali, que de fato havia um outro Shion e que ele estaria supostamente chegando. Isso não aliviava em nada, pelo menos não no momento, por apenas ser uma falácia, não soubera se fora realmente uma verdade. Mais além, a shinobi que esteve presente em sua equipe anteriormente estivera sendo feita de refém pelo Kazekage, e pudera perceber uma espécie de animal próxima a si mesmo, que tratava de fazer com que sua vitalidade corporal começasse a ser reerguida, mesmo que aos poucos. De soslaio, fitara a sua antiga sensei. Acentuando com a cabeça, indicara estar agradecido pela habilidade que ela trouxera à tona. Ao final, se sobrevivesse, trataria de agradecê-la. No entanto, sua visão estava focada em outra coisa momentânea. Ignorara, ao menos por momento, o humanoide que surgira, afinal, havia um outro foco.
 
    ㅤSua vila, Kumogakure. Sua estadia. Seu povo. Tudo seria devastado, caso não fizessem às ordens dele. O rapaz se preocupara, e muito, com Kumogakure. Embora que não fosse originalmente um membro da vila desde nascença, acabara sendo adotado e adotando a vila para si. Lá, encontrara pessoas com ideais semelhantes aos seus, e em meio a um olhar sombrio, fitara toda aquela situação, cerrando ambos pulsos, acreditando, por momento, ser incapacitado de agir. Shaka estivera ali, e ele pudera observá-lo de canto. Se o seu salvador estivera ali, ele acreditara que, em algum momento, haveria um trunfo nas mangas dele, como houve na invasão à Kumogakure. O impossível, sim, pode ser possível; e pelas mãos certas, sobretudo as de Shaka, tudo pode ser concretizado.
 
Considerações:
Jutsus Utilizados/Ativos:
Armamento Ninja:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1udpIjj

Shion
Administrador
Shion
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1udpIjj

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Dom 6 Set - 13:13


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Original
Cerco a Sunagakure
Eu sou o saqueador


Kazekage
Cientistas acompanhavam a dura batalha de Shion contra o poderoso Sanbi, junto a eles autoridades de toda a vila observavam a poderosa criatura resistindo até mesmo um poderoso bijuu. Shion executou um selo rápido, apareceu acima do monstro, encostou sua mão na testa dele. – Sele ele agora. – Dizia Takura, Shion olhou para ela e sorriu. – Tenho algo melhor para ele. – Em seu braço ele cortou com uma kunai riscando alguns kanji e novamente acertou a mão na testa do Sanbi. – Agora esta será a minha invocação. – Kojima olhou assustado para Takura. – Isso vai muito além do que queríamos, ele conseguiu selar um contrato com uma bijuu, tem certeza de que vai conseguir domá-lo? – Takura se atravessou a janela, apareceu abaixo aplaudindo. – Shion, não acabou seu teste ainda, tragam-no. – Uma porta se abriu e dela um homem se aproximou, este era outro Hattori Shion, ele entrou já irritado na sala. – Acha eu vou lutar em seu nome Takura? – Takura apontava para ele. – Lutem, vamos ver quem é o mais forte. – Shion se aproximou do clone. – Não seja idiota, não siga as ordens dela. – O clone olhou para Shion o viu como um desafio, ele ordenou que o Sanbi o atacasse, Shion desviava facilmente dos golpes com calda da Bijuu. – Cara deixa de ser idiota, vai mesmo seguir cegamente uma mulher que não te ver como nada a não ser uma ferramenta? -  O clone entrou na batalha, os dois Hattoris começavam a lutar, o clone não tinha a menor chance, Shion dominava com perfeição o gelo Hattori, o clone conjurava hyouton mas não tinha vida, não tinha nada, já Shion queimava em chamas azuis, um verdadeiro Hattori com suas chamas no máximo. – Por que eu não consigo? Por que eu não tenho esse fogo?  - Shion o derrubava o deixando de joelhos. – Porque você não tem alma, você só se importa com você mesmo, eu tenho família, tenho amigos, tenho pessoas que estão me esperando voltar pra casa, eu vou te derrotar aqui, matarei todos ali presentes e vou voltar para casa, e você vai voltar exatamente para o mesmo lugar de sempre, para o nada. – O clone avançou em Shion o agarrando pela garganta, colocou sua mão no peito de Shion, Shion tentava conter, mas a fúria da criatura era demais, das mãos do clone uma chama verde começou a nascer. – Eu... Eu!!!! EU SOU O MAIS FORTE! – O corpo de Shion foi tomado por uma energia verde, sua pela começou a se rachar e sendo completamente despedaçada
Referencias:

Uma energia verde emanou pela sala, Kojima que estava acima gritou. – Senhora Takura, tome cuidado, você viu aquilo, você viu as asas? – Takura parecia não ligar e caminhou até o clone, olhou para os guardas. – Apaguem a memória dele. – O clone retornava seu corpo ao normal, ele se irritava e avançava contra Takura, ela apenas apontou a palma de sua mão o contendo. – Acha que você tem alguma chance contra mim? Acha que algum Hattori consegue me derrotar? – Dizia a mulher o colocando de joelhos, o clone grunhia de ódio. – Como você consegue me deter sua vadia? – Ela colocava seus pés sobre a cabeça dele o abaixando no chão forçando-o a se reverenciar para ela. – Eu sei tudo sobre seus poderes, embora essa coisa verde seja novidade, e você conseguiu derrotar ele ainda, realmente você é o mais poderoso deles, vai nos servir bem. – O clone começava a gritar. – ME SOLTE, ME SOLTE SUA VADIA! EU JAMAIS SEREI ESCRAVO! – Takura o nocauteou. – Ele vai servir, o restante pode descartar. Apague a memória dele, coloque as memorias do garoto, acrescente os detalhes que eu preciso. – Takura se virava para o local onde todos os presentes estavam. – Senhores, lhes apresento o Kazekage Hattori Shion. – Os homens se levantam aplaudindo. – Excelente trabalho Takura. – Assim a criatura foi levada de volta aos laboratórios, Suna inseriu as memorias necessárias, aplicou tudo que precisava.

Takura chegou à sala de operação, ao chegar lá notou ele de pé se olhando no espelho. – Kazekage? – Ele se virou para ela, abriu um largo sorriso, e a abraçou. – Oi meu amor, me disseram que eu me machuquei em uma luta com Shaka, pode me contar essa história?  - Ela se sentou na borda da cama, ele se sentou ao lado dela, colocou a cabeça dele em seu colo. – Vamos lá, você estava em um evento festivo em Uzushio, seu filho resolveu aparecer para acabar com o evento, mas você interveio e lutou com ele, foi uma batalha lendária, no fim você parece ter usado muito de suas forças, acabou que você se cansou um pouco de toda essa confusão e resolveu retornar para sua casa. – Ele se levantou e tirou sua camisa se olhando no espelho. – Amor, isso em meu peito, eu não lembro bem, isso sempre esteve aí? – Ela levantou sorrindo o abraçando por trás, dando um beijo delicado no pescoço dele e em seguida passando a mão no peito dele. – Sempre meu bem, pelo visto você bateu forte a cabeça. – Ele teve um lapso de memória rápido. – Angell e Ayako! Angell quem é Angell e Ayako? – Ela continuava o abraçando. – Você não se lembra deles? São seus filhos, eles vivem na folha, você deveria descansar um pouco parece cansado. – Ele continuava se olhando confuso, se virou e começou a beijá-la, ele a levou até a cama com os dois se deitando e juntos tiveram o resto do dia em diversão a dois.

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Latest?cb=20180415194234&path-prefix=pt-br

Suna, Uzushio, Kumo, Konoha, Iwa e Oto, Hattoris tem a mania de unir povos, uma filha com seu coração conseguiu unir uma vez mais shinobis do mundo todo por uma única bandeira, Paz. Diante deles o homem que utilizava o rosto pelo qual eles tanto brigavam para alcançar, Hattori Shion, um dos experimentos de Takura ameaçava o mundo, ele tinha apenas uma única exigência, soltem Hope, soltem sua esperança. Aqueles que ameaçavam sua esperança soltaram o garoto, diante da ameaça de destruição global. O garoto caminhava em direção a seu pai, Shion desceu e o aguardou de braços abertos aguardando seu filho, Hope olhou com os olhos em lagrimas para seu pai, abriu um sorriso de felicidade, limpou as lagrimas de seu rosto. – Papai. – O garoto falou pela primeira vez, Shion sorriu ao ouvir as primeiras palavras de seu filho. – Como se eu me importasse. – Shaka esticou sua mão esquerda, sua mão brilhou com uma luz dourada. – Morre logo. – Ele disparou um flash rápido de chakra, Shion saltou abraçando Hope, o golpe passou pelas costas de Shion, ele caiu de joelhos com Hope em seus braços.


A neve parou por um único instante, por um único momento os corpos de todos não queimavam mais devido ao chakra de Shion ter se acalmado, em meio a tudo aquilo um pai com seu filho nos braços. – Pai, ta doendo. – Shion olhava para seu filho nos braços, ele via o sangue em suas mãos. – Hope, meu filho eu sei, levanta por favor, vamos. – O garoto continuava chorando. – Pai... pai... eu não consigo te ver, está tudo escuro. – Shion tentava parar o sangramento.  – Não faz isso comigo Hope, Deus por favor não, não faz isso comigo filho. – O garoto continuava olhando para cima, Shion o abraçava forte, com o passar do tempo os sons de dor, de sofrimento se encerraram, Shion ergueu sua cabeça, seus olhos completamente em lagrimas, suas roupas manchadas com o sangue de seu filho, ele olhou para Shaka, Shaka chegou a recuar um momento. – Essa imponência... – Shion largou Hope no chão, o garoto já estava morto com um grande rombo em seu peito, Shion abriu seus braços lentamente, suas mãos tremiam, ele fechou os olhos por um momento. – Quando a terra começa a se ajustar, Deus lança uma pedra nela e acredite em mim eu lançarei! Caso as coisas não saiam como eu gostaria... Perguntem a Noé. – Nas imagens nos espelhos de gelo as pedras enfim foram lançadas no mundo inteiro, ele então destruiu os espelhos. – Está terminado, vocês são os únicos que sobraram da raça humana, pena que não viveram o suficiente para testemunhar meu trabalho. – Uma onda de chakra poderosa foi emanada de seu corpo, com tanta violência com tanta agressividade que arremessaria todos que não conseguirem defender a uns 30m de distância. – Shinra Tensei!  - A técnica poderosa do Rinengan em sua carga média, capaz de matar o mais poderoso dos shinobis. – E quanto a você Shaka... – Para aqueles que puderem sentir chakra, viram uma explosão de poder imensa crescendo do corpo do Hattori, algo tão gigante que a lamina que estava ficando ao chão começou a levantar uma labaredas de fogo verde, tornando-a impossível de ser tocada, aumentando ainda mais o dano que ela liberava.

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1276260_orig


- Merda! – Foram as últimas palavras de Shaka, o golpe não foi visto, ele teve seu corpo jogado contra o que restou do gabinete, uma criatura ardendo em chamas verde rugia em fúria, avançava contra Shaka que se levantava no gabinete e começava a desferir golpes com bastante violência contra ele. Shion erguia Shaka e o lançava em outra casa, destruindo o local completamente, mais uma vez ele se movia até o local onde Shaka caia e o reerguia, Shaka não tinha chance de reação, não tinha chance de se defender, uma vez mais ele se lembrou de Uzushio, lembrou quando seu pai perdeu o controle, a fúria do Kazekage derrubava casas em Suna, não importava se estivessem vazias ou com moradores escondidos, todos eram destruídos diante da fúria do Hattori, Shaka liberou um chakra vermelho, seu corpo foi tomado por um manto da Bijuu, Shion lançou estacas de gelo prendendo as caudas da criatura no chão, e começou a socar o estomago de Shaka com bastante violência, o chakra da Kyuubi foi completamente suprimido. Shion o agarrou com as mãos no rosto de Shaka e o trouxe de volta para o local inicial da batalha, Shaka não conseguia reagir, seu corpo estava todo machucado, ele arremessou Shaka no chão e desceu acertando uma joelhada na espinha dele, Shaka gritou de dor, Shion enfiou sua mão entre os cabelos de Shaka, o levantou aproximando ele próximo a Shion. – Eu vou te falar o que ele gostaria de ter dito há muito tempo, nunca disse por pena de você. – Shaka com os olhos meio fechados devido as dores no seu corpo ouvia o que ele tinha para dizer. – Tudo isso, desmoronando assim, é culpa sua. Nós tínhamos algo bom... seu imbecil, filho da mãe! Nós tínhamos os Greys. O Santuário. Nós tínhamos tudo o que precisávamos e tudo que funcionava direitinho. Você podia ter ficado quieto... treinado com ele e teria ganho todo o poder que precisasse. Era perfeito. Mas não, você tinha que destruir tudo. Você e seu ego e orgulho. Você tinha que ser o “o cara”. Se tivesse feito seu trabalho, se soubesse o seu lugar, todos nós estaríamos bem agora. E que saber mais, você nunca, nunca teve a menor chance comigo, nem essa porcaria que está em seu corpo. – Shaka ouvindo tudo aquilo começava a se irritar. – Cala a boca... Por favor cala a boca. – Ele uma vez mais se transformava e acertava um golpe em Shion o lançando para longe dali. Hinka olhava para Ayako. – Preciso ajudar aquele idiota. – Hinka fazia uns selos abrindo uma fenda de cor diferente, esta era azul, ela enfiava sua mão e retirava duas coisa de lá, a primeira uma grande capa azul, capa esta que tinha um grande lobo desenhado nas costas, ela vestia a manta, e por último ela sacava uma bandana, bandana está no tempo que ela servia a folha. – Tatsuo, Erwin, sobrevivam! – Hinka amarrou a bandana em sua testa e foi para o local onde Shion e Shaka lutavam. Para quem ficou sons de destruição eram ouvidos, era a batalha de dois monstros. Hinka se aproximou e viu Shaka caído no chão enquanto Shion socava seu rosto até se cansar, ela sacou sua adaga e jogou em direção de Shion, ele sem nem olhar para mulher agarrou a arma e perfurou o peito de Shaka, Shaka de um último grito e parou de se mexer, Shion retirou a adaga do peito de Shaka e arremessou na coxa esquerda de Hinka derrubando a mulher que caia no chão agoniando, Shion começou caminhar em direção da mulher, Hinka se arrastava mas um homem apareceu, seu salvador, ela olhou para aquela imagem. – Shion... – Shion olhou para o lado e viu aquele que salvou os garotos que tentavam destruir o laboratório, ele caminhou até aquele outro clone, o clone estava tão confuso quanto antes. – Você? Quem é você? – Shion continuava andando. – Calma amigo eu posso explicar, você e eu fazemos parte de um plano maior, nós somos iguais, deixa-me guiá-lo para o caminho correto. – Shion o clone do laboratório caminhava até o Kazekage, o Kazekage o abraçou. – Está tudo bem irmão. – Shion abraçou o Kazekage com ternura, o Kazekage retribuiu o abraço. Para os que ainda aguardavam no local inicial da batalha um grande resplendor verde brilhou aos céus, vindo do laboratório. Dez segundos depois ele voltou sozinho, Shion caminhava lentamente até o local, parou em uma posição que ficasse entre todos.

O rosto daquele homem mantinha o mesmo olhar frio de antes, ele não tinha qualquer empatia ou pena, ele começava a encarar cada um dos presentes e apontou primeiro a Angell. – Você... eu vejo em sua mente, você é minha filha, você... Ayako, e eu não consigo sentir absolutamente nada por vocês. – Ele olhou para a garota que estava com as pernas congeladas. – Você, eu nem acredito que você matou um homem em nome dele, e por fim implorou ajuda para Ayako. – Ele apontou para o garoto de Oto. – Seu kage Lawliet era ate rápido, porem eu sou mais, não precisei mais que um toque para acabar com ele. – O próximo era Squall. – E você Squall, continua lento? Salvou Renji, muito bem, mas... Continua o mesmo moleque chorão da folha. – Ele identificou Tatsuo entre eles. – Shaka realmente ta convencendo a todos mesmo, Mikan e Tatsuo vocês tem algo em comum, é só apertar um pouco e o poder corrompe, Shaka não tem absolutamente nada a oferecer a nenhum de vocês, todo o poder dele não passa de uma ilusão e vocês foram completamente seduzidos. – Ele retornou seu olhar para Angell. – Tanto poder, tanta experiencia, tanta coragem e ainda assim jovem Hattori, conseguiu cair em uma técnica patética dessas... – Shion estalou seus dedos da mão esquerda Angell sentiu algo diferente, ela foi liberta de um jutsu de controle que ela nunca soube que estava. – Era tudo mentira Angell, ele tem influencia em você desde o seu domínio de Senjutsu, no momento que escondeu de mim o encontro entre vocês dois, o momento que ele tentou entrar em sua mente, Shaka venceu, você esta desde esse dia sobre influencia dele, e graças a isso, graças a esse momento de fraqueza você arrastou homens do mundo inteiro para morrerem por nada. – Diante e todas as palavras duras que Shion soltava a todos, algo para Angell poderia ser visto, algo tão lindo que arrancaria um sorriso no rosto dela, se ela observar bem com seu Byakugan abaixo dos pés de Shion, bem abaixou ela veria algo, um grande laboratório, nele ela viu seu pai adormecido em um tubo gigante, e mesmo completamente inconsciente ele sorria, ele sabia que vocês estavam aqui, e o único desafio era o homem a sua frente. – Vocês shinobis são realmente patéticos, seduzidos por poder, e para que? Proteger amigos? Ser o mais forte? E no fim vocês morrem e não sobra nada, eu estou vivo há de mais de dois séculos, eu vi tantos amigos morrerem em uma jornada de poder, e no fim quando a hora deles chegou tudo que restou foi nada.
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 DentalFreshKilldeer-small
Shion abaixou sua mão e olhou para elas, ele então começou a olhar para o corpo de Hope que ainda estava deitado no chão, ele começa a falar olhando para o corpo de seu filho. – Estava pensando em uma história que vi em um livro antigo de religião. Não sou um homem religioso, mas li trechos ao longo dos anos. Mais por curiosidade que fé. – Seu tom era calmo, seu tom era ate mesmo gentil, embora aquela gentileza fosse assustadora. – Mas esta história, havia um homem. Ele viajava de Jerusalém a Jericó quando foi atacado por saqueadores. Eles o despojaram, o espancaram e o deixaram sangrando no chão. Um sacerdote passou e viu o viajante. Foi para o outro lado da estrada e continuou. Aí passou um levita, um religioso, ele veio e viu o viajante morrendo. Mas também atravessou para o outro lado e foi embora. Mas então veio um homem da Samaria, um samaritano, um bom homem. Ele viu o viajante sangrando na estrada e parou para ajudá-lo, sem pensar nos problemas que isso poderia lhe causar. O samaritano tratou das feridas do viajante, aplicando azeite e vinho. E o carregou a uma estalagem, deu todo o dinheiro que tinha ao dono para que cuidasse do viajante, e o samaritano continuou sua viagem. – Shion olhou para os demais, em rosto lagrimas, dor e angústia. – Ele fez isso apenas porque o viajante era seu próximo. Ele amava sua cidade e todos nela. – Ele respirou fundo. – Sempre pensei que era o samaritano naquela história. Engraçado, né? Como até o melhor dos homens pode ser enganado por sua verdadeira natureza. – Ele estendeu sua mão sobre o corpo de Hope e absorveu o que restava do chakra do garoto. – Sabe o que isso significa? Significa que não sou o samaritano. Não sou o sacerdote nem o levita. – Após absorver completamente o chakra do garoto, ele voltou seu olhar frio a todos os demais. – Eu sou o saqueador que atacou o viajante na estrada onde ele não deveria estar.
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Original

Shion juntou suas duas mãos e começou a concentrar chakra no centro dela, uma combinação contendo todos os elementos. – A vila de vocês está completamente destruída, não restou nenhum sobrevivente, mas vocês não vão sobreviver, eu vou garantir que cada um de vocês seja completamente despedaçado até não restar nada. – Ele abriu suas mãos e uma poderosa onda de chakra partindo de seu corpo cobrindo uma área de 100m de raio começou a devastar tudo que tocava, um poder tão ameaçador, tão destrutivo que praticamente nada o segurava.

Esclarecimentos
Renji graças a Squall conseguiu sobreviver ao contra-ataque de Shion, Mikan teve suas pernas congeladas, o gelo esta até a altura do joelho se você tentar forçar para arrancar irá partir sua perna. Shaka está a muito metros afastado e inconsciente, Hinka está viva, mas com dificuldade em se movimentar. Shion absorveu o clone do laboratório. Hope se tivesse ficado vivo por + 3 turnos cresceriam e com isso o clone não precisaria absorver chakra nunca mais.
Link para entender como vai ser o ataque



Considerações:


_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Scre1755
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Ui7615FOlá, Convidado, eu sou o Shion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2517085720_71f0fb76d6_m

Dra. Retsu
Game Master
Dra. Retsu
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2517085720_71f0fb76d6_m

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Dom 6 Set - 15:55



[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dd6oh3h-7444f90a-f183-4619-9e25-9470884785cc.jpg?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOiIsImlzcyI6InVybjphcHA6Iiwib2JqIjpbW3sicGF0aCI6IlwvZlwvMmQ3ODUxNjUtMzQ0OC00NzM3LWI4NTUtZjljMmI1NWVlYzExXC9kZDZvaDNoLTc0NDRmOTBhLWYxODMtNDYxOS05ZTI1LTk0NzA4ODQ3ODVjYy5qcGcifV1dLCJhdWQiOlsidXJuOnNlcnZpY2U6ZmlsZS5kb3dubG9hZCJdfQ
A Filha do Mar
Rainha Angell Grey Hattori



Diante de todo o peso dos possíveis mortos, Shion se divertia com a vitória. – Eu não contaria com isso se fosse você. – Uma voz dita no ar, era a voz da mulher que hoje lidera os Hattoris, ela estava bastante irritada com o bom nome de sua família sendo usada de tanto mal gosto. – Deveria olhar melhor sua situação. – O céu de Suna começou a escurecer, um grande meteoro rasgava as nuvens batendo diretamente na grande barreira criada por Shion, a barreira começou a se despedaçar, os pedaços se espalhando para o lado e caindo sobre Suna. – Quem foi que interferiu? – Disse Shion irritado. – Você usa o nome de minha família de forma tão imprudente, mas não passa de uma criança mimada que descobriu que tem poder. – Shion a respondia. – Criança mimada? Quem é você? – Uma projeção de uma mulher aparecia diante dos que ainda estivessem vivos. – Eu sou a Rainha Hattori, senhora de todos os reinos. – Shion se aproximava da projeção. – Não passa de uma bruxinha do gelo. – Ela sorria para ele. –  Em 10 minutos estarei aí e conversamos pessoalmente... – Angell se virava para os demais. – Não se preocupem, acabamos de deter todos os meteoros, seus lares estão salvos, sua rainha os salvou mais uma vez. – Ayako Hattori apareceu e disse. – Infelizmente... chegamos tarde em Oto, sinto muito. – Eles então desapareceram, boa parte das vilas foram salvas, infelizmente Oto não conseguiu.

Considerações:

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 RZlFJ4c

TK
Jōnin
TK
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 RZlFJ4c

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Dom 6 Set - 16:29

HP: 800/1300
CH: 1335/1650
ST: 02/05
Velocidade: 03ms/10ms (14m/s)
Força: 00/02 (02)
As coisas estavam cada vez piores. Ayako estava em choque, cego de raiva. Seu corpo tremia com o impulso de avançar contra a figura falsa de Shion. O ódio transbordava em seus olhos, a aura era emitida com intenção assassina. Ele estava tão cego encarando o clone com o rosto de seu pai que nem notara outras coisas, como um humanoide de fogo gélido esverdeado no meio da batalha ou mesmo aquele esquilo de terra lançado por sua irmã. Ele só conseguia encarar aquele homem por cima da criança indo até ele. Uma criança impura forjada das mentiras naquela vila, que poderia receber um abraço de Shion, ainda que falso, enquanto ele nunca mais teria a chance. Então, como se o ódio ressonasse e se grudasse a tudo que toca, Shaka desistiu do plano de devolver o filho da réplica; atacou-a sem nenhuma piedade. E, ainda que ele estivesse pensando em fazer a mesma coisa, vê-lo lhe assustou. Shion saltou tentando proteger a criança, mas os poderes de Shaka não eram como dos outros ninjas em cena. Se ele quisesse realmente causar um estrago, ele conseguia.

Ayako não era um sádico. No entanto, ver a morte da criança com nome esperançoso foi um deleite ao seu coração impregnado de escuridão. Um alívio momentâneo que abriu espaço para o medo assim que Shion voltou-se contra o assassino. Uma aura intensa suficiente para fazê-lo acordar. As enormes rochas foram derrubadas contras as vilas, apesar do trato feito. Tudo, novamente, culpa de Shaka. — Não! — gritou inutilmente. Os espelhos foram destruídos, um pulso energético atravessou o ambiente lançando Ayako para trás até acertar as costas contra a parede do prédio central da vila. De joelhos, Ayako notou como o chakra daquela réplica estava ainda maior e como isso afetava diretamente a lâmina antes lançada. O calor em seu corpo ficou ainda pior, embora tenha sido parcialmente curado anteriormente. Sentiu-se drenado de uma forma diferente, o fogo consumia até seus ossos de dentro para fora. Shion arrastou Shaka com todo aquele ódio.

O adolescente ainda estava impressionado com tudo. E antes de conseguir fazer qualquer coisa além de observar as pessoas ao seu redor, Shion estava de volta. Aparentava estar ainda mais forte por algum motivo. Ele se aproximou de todos e começou a falar. Primeiro aos filhos do verdadeiro Shion; a postura só deixava mais claro que ele não era pai do menino. Olhou rapidamente para Angell, tentando imaginar como ela estaria se sentindo ouvindo aquilo de uma réplica tão bem feita. Então ele revelou a morte do líder de Oto e Ayako voltou a encará-lo, assustado. À medida que ele continuava falando, Ayako observou a espada e todo chakra envolvido nela. Depois, voltou-se ao Shion, ele ainda estava falando. Colocando medo sobre todos os ninjas que o escutavam. Então, como se cansado de tudo aquilo, Shion mexeu as mãos.

Foi apenas um lapso, mas Ayako viu através da previsão do Sharingan o que iria acontecer. A união das mãos concentraria uma enorme quantia de chakra e, neste momento, no impulso desesperador, ele transferiu-se por dentro de espelhos de gelo ficando à frente de Angell. No instante seguinte, as mãos iriam se abrir. Ayako colocou as duas mãos para frente e construiu uma redoma de gelo, o chakra foi dissipado, a quantidade era grande demais para ele absorver tudo, então outras duas camadas foram construídas para absorver o máximo do impacto possível. Sabia que sua irmã poderia usar técnicas defensivas ainda mais fortes, mas no desespero, foi tudo o que pensou. Servir como um escudo para ela, para dar mais chances a ela, uma economia de chakra, qualquer coisa para que sua vida tivesse valor.


Consid.:
Jutsus Usados:

_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Q9DYRBI
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dwqqy2b

Angell'
Lenda Ninja | Sannin
Angell'
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dwqqy2b

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Dom 6 Set - 19:00


Angell Hyuuga Hattori
[ HP: 3000/3000 | CH: 3110/7100 | CN: 100/400 | ST: 04/22 ]
[ Byakugou no In: 500/500 | Souzou Saisei: 00/08 ]
[ Hachibi: 5000/5000 ]


Conforme a azulada havia imaginado que aconteceria, o kazekage se desatentou a Mikan para poder ter o filho em seus braços de novo. Porém, ao contrário do que deveria ter se sucedido a isso, a técnica dos meteoros, que ameaçava todas as vilas além da Areia, não foi abandonada... graças a uma ação precipitada e, então, impensada de Shaka, que não só voltara a atentar contra a criança, como também efetivamente conseguira tirar dela a vida, e bem diante dos olhos do kazekage. Angell não conseguia acreditar. A aliança toda já tinha chegado tão longe naquela tentativa de salvar o mundo... e de repente tudo era arruinado em um mísero piscar de olhos, através de uma artimanha que ela não apenas esteve condenando desde que fora incitada por Ayako e Hinka, mas também abominava – e deixava isso bem claro – desde a conversa que teve com Shaka ainda lá em sua casa. Angell sentia de novo o gosto amargo da derrota. Não só pela morte iminente de toda e qualquer convicção sua – sim, bem como havia sido a morte daquela criança –, mas pelo sentimento de luto generalizado que já surgia e crescia dentro de seu coração. Angell se distanciava da realidade ao seu redor mais uma vez. Mal notou o retorno de suas forças a seu corpo, praticamente junto da chegada dos ninjas faltantes da aliança ao campo de batalha improvisado, algo que igualmente mal processou. Também pareceu se esquecer – e isso tão rapidamente quanto havia constatado – de que, mesmo com Ban ignorando sua última requisição, Renji conseguiu sair ileso da armadilha do kazekage, algo que não se repetia com Mikan, que sequer tinha tentado se defender.

Mas logo a azulada teve seus sentidos e sua consciência trazidos de volta com a pressão do chakra do falso Shion, quando este projetou ao redor de si próprio alguma técnica de repulsão capaz de lhe lançar 30 metros para trás. Caída sentada no chão, ela percebeu a queimação de até então em seu braço direito se alastrando ainda mais – agora, por todo seu torso. Voltou seus olhos perolados na direção da arma do kazekage... e a viu emanar labaredas do mesmo fogo esverdeado de até então. Enquanto isso – e até parecendo ter se arrependido do que tinha acabado de causar aos presentes –, Shaka voltava a avançar contra o falso pai. Da mesma forma que uma possível salvação vinda dele abandonava o campo de batalha improvisado, o kazekage também partia. ...como tudo no mundo tem sempre de caminhar rumo ao equilíbrio perfeito. Ao menos ali, dentro de outra técnica do falso Shion, os remanescentes acabavam de ganhar algum tempo – fosse para pensar, para se reagrupar, para se recuperar. E Angell não ficaria de fora: retomando seus bons e velhos costumes básicos, expandiu seu campo de visão privilegiado ao alcance máximo e já foi vasculhando tudo que podia dentro do dito cujo; levantando-se mais uma vez, uniu ambas as suas palmas e canalizou seu chakra medicinal, para, ao começar a caminhar na direção da posição em que estava antes de ter sido atingida pela repulsão do kazekage, expandir sua barreira curativa também ao alcance máximo, procurando abranger todo e qualquer aliado seu em um raio de 100 metros a partir de si mesma; policiando-se como sempre para prevenir ao invés de remediar – até porque ainda se lembrava de que tinha de economizar quanto pudesse de suas energias - não mais pensando na redução de sua força, que já não lhe acometia mais, mas na extensão daquela batalha contra o kazekage –, começou a captar um pouco do chakra natural que lhe rodeava. Ela via o novo embate brutal entre Shaka e o falso pai. Via Hinka também deixando as imediações do gabinete, querendo se aproximar e ajudar Shaka. Via um terceiro Shion entrando em cena... e tão logo recebendo seu próprio chá de sumiço pelas mãos do kazekage, fazendo-lhe lembrar de quando Kojima lhe explicara que este “precisa comer chakra”, não importando o tipo. Mas, antes de conseguir se perguntar por que tudo aquilo – no caso, a existência de um outro experimento - até porque o verdadeiro Shion não seria subjugado por seu próprio clone daquela forma, enganado ao aceitar uma tentativa de reconciliação com quem lhe tomou o lugar e a dignidade por tanto tempo - e a absorção de um deles pelo outro – se desenrolava com tanta naturalidade, via o kazekage voltando às imediações do gabinete. ...só para provocar ainda mais os presentes, até como se quisesse causar discórdia entre os ninjas da aliança, colocando-os uns contra os outros no pior momento possível. Mas, antes de mais nada, como ele sabia de tudo aquilo? E ele realmente acreditava que uma estratégia tão infantil surtiria efeito?

Dizemos, ao menos para a azulada, não seria o caso... claro, se ela não tivesse sentido de repente seus velhos medo, incerteza, incômodo, repulsa, vergonha, enfim, toda sorte de sentimentos ruins quanto a Shaka retornando para dentro de seu peito. Em um primeiro momento, ela imaginou que aquilo não passava de outro truque do kazekage. Porém, as palavras dele faziam sentido até demais. ...tanto que ela passou seus olhos por cada um dos presentes, mesmo podendo enxergá-los perfeitamente com seu Byakugan, como se precisasse confirmar que pertencia à realidade deles – na qual, inclusive, quase todos já estavam manchados pelas tantas atrocidades de Shaka. Mas algo mais surgiu no campo de visão privilegiado de Angell no momento em que ela voltou a repousar seus olhos no rosto do falso Shion: abaixo, bemmm abaixo dos pés dele, o verdadeiro, exatamente nas mesmas condições que Shaka lhe havia mostrado na Folha, estava. E “apenas” isso já foi suficiente para lembrá-la de que a missão em que havia se enfurnado, cedendo – e sem perceber ou percebendo; que diferença teria feito? – à técnica de Shaka para aceitar os termos da ajuda dele, ainda não tinha chegado ao fim... mas já exibia seu objetivo com a maior clareza do mundo. Em meio àquele caos – e junto de seu pai –, Angell sorriu. Nem se deu ao trabalho de ouvir as outras besteiras que o kazekage dizia, apesar de continuar atenta aos mínimos movimentos dele... que conseguiram enojá-la quanto às lágrimas de mentira que ainda escorriam pelo rosto dele quando o chakra da criança também foi de todo absorvido. Dizemos, se ele realmente se importasse com o filho, teria feito questão de manter os restos mortais dele consigo – até se, ao invés de com um buraco no peito, fosse dividido ao meio que ele tivesse terminado.

Porém, o kazekage se mostrava determinado a levar tudo até o fim; ao que parecia, com o chakra da criança, ele concentrou mais uma técnica nas mãos. A azulada separou suas palmas, preparando-se, mas ainda não desfazendo sua barreira de chakra curativo, e, ao passo que concentrava e expelia seu chakra doton para o solo abaixo de seus pés (outra vez), mas, agora, para erguer uma série de três fileiras de paredes grossas de terra entre o kazekage e Ayako – sim, porque ainda conseguiu vê-lo se atirando à sua frente, graças às melhorias do doujutsu do pai verdadeiro de ambos ao doujutsu de seu clã –, tentou chamar, em tom alto, os presentes mais próximos para se protegerem atrás das mesmas também. Caso conseguisse resistir, a azulada infundiria seu chakra na espada de seu pai, como Indra sugerira antes, esperançando descobrir alguma solução para aquele cenário tão caótico em que ainda estava se vendo.


“But it’s the only thing that I have.”


Informações:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 100x100

Luishturella999
Jōnin
Luishturella999
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 100x100

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Dom 6 Set - 23:19


O FIM

O rapaz corria o olhar por entre o campo de batalha, enquanto sentia seu coração acelerar dentro do peito. A adrenalina já havia se espalhado por todo seu corpo, enrijecendo cada músculo, fazendo seus sentidos se aguçarem um pouco; estava em estado de sobrevivência. Observou a menina da Areia apontar na direção da espada que estava cravada no chão. Ao que tudo indicava, aquilo era o responsável pelas dores sentidas no ar. Mas não demorou para que uma sensação de alívio sobre o corpo surgisse; aquilo que fazia parecer estar com o corpo pesado simplesmente sumiu. As reservas de chakra agora pareciam se preencher novamente. O que quer que tivesse ocorrido, Squall sentia seu corpo mais forte, embora ainda sobre a influência das dores, que agora pareciam aumentar. Mais à frente, viu o outro Uzumaki se libertando e saindo livre dos ataques. Aparentemente, as defesas haviam funcionado. Mas, para o infortúnio de todos, logo ao lado deles, a menina conhecida no Chunin Shiken estava em apuros; antes que qualquer um pudesse tentar algo, ela acabou tendo sua vida ceifada por um estranho gelo que cobriu todo seu corpo, interrompendo seu respirar.

Squall fechou seus olhos por um breve momento, lamentando pela morte da menina. Cerrou seus punhos, irritado mais uma vez. Por que tantas pessoas que ele estimava tinham que cair? Qual era a maldição que carregava, que parecia matar qualquer um que se aproximasse. Mas… aquilo era um campo de batalha, não um local de lamentações. Independente do que acontecesse, ainda havia uma batalha para se resolver. Assim que abriu os olhos, o rapaz viu Shaka irromper em um ataque que resultou na morte da criança que o Kazekage demandava que ficasse livre. Aquilo pareceu ser o suficiente para irritar o homem profundamente.


”A neve… parou?” - Pensou, olhando em volta.

O homem fez sabido à todos que os meteoros caíriam sobre todas as vilas, no mundo todo. Aquilo poderia literalmente ser o fim do mundo.Não demorou para um ataque fosse lançado, nem dando chance de pensar; uma repulsou lançou Squall para trás, causando alguns danos. Assim que se reergueu, tentou se recompor, por mais difícil que fosse. O objetivo maior de tudo aquilo parecia estar perdido; o mundo enfrentaria um destino cruel. Não obstante ter matado a criança e iniciado aquilo, Shaka tentou entrar em combate com o Kazekage, mas após algum tempo, o único que saiu dos escombros foi o próprio Kazekage, e este proferiu palavras para todos os presentes ali.

”Lento, hm? Isso traz lembranças…” - Pensou, ouvindo tudo que ele dizia.

Foram as palavras seguintes que causaram uma certa confusão na sua mente. Ele indicava que Angell estava sob influência de Shaka, e estava sendo manipulada por ele. O rapaz trocou olhares entre ela e o Kazekage, tentando entender qual era a explicação para aquilo. Tinha que haver uma explicação. Permaneceu calmo, e guardou aquilo consigo, para questionar mais tarde.

Em meio àquela confusão, mais pessoas chegaram; outros membros da aliança. Um deles veio diretamente até Squall, pedindo informações sobre o que deveria ser feito. Squall suspirou fundo, e procurou manter a calma, por mais difícil que fosse. Sem tirar os olhos do líder da Areia, tratou de responder.

- Fiquem atentos e sigam os comandos dos Kages. Esse ser é poderoso demais, para vencer, vamos precisar trabalhar juntos. E mais importante… sobreviva.. - Falou, depositando sua espada na bainha.

Uma barreira foi criada pela mesma Angell, e assim que foi tocado por ela, sentiu um forte alívio tomar seu corpo, sentindo-se aliviado da dor causada pela neve, que agora voltara à cair. Mas, o pior ainda não havia passado. O Kazekage preparou-se para uma grande investida, jurando acabar com todos presentes; a partir de si próprio, começou uma gigantesca explosão em área. Angell prontamente levantou algumas barreiras, e Squall tratou de se locomover para trás desta, na esperança de que todos fizessem o mesmo. Para evitar quaisquer resquícios daquilo, o rapaz realizou uma rápida sequência de selos de mão, e então sacou um pergaminho de sua bolsa, fazendo alguns desenhos. Logo, o local foi reestruturado pelo chakra de Squall, que fez paredes se erguerem em volta do grupo, cercando-os por completo, fechando um domo, na expectativa de acrescentar fora à defesa. Caso, efetivamente, saíssem bem contra o ataque, faria uma abertura na parte superior, após ter certeza que tudo estava resolvido, e sairia para cima do domo, observando o campo de batalha e onde estaria o Kazekage.


Informações:


Considerações:



HP: 2.125/2.045| CH: 5.575/5.425| CN: 000/400 | ST: 02/07

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dani10

Allen
Genin
Allen
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Dani10

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Seg 7 Set - 0:03




HP: 680/950 CH: 1117/1200ST: 01/04
Vel: 10m/s Tinta: 770ml / 800ml

Bolsa de Armas (52/100):
**Mascara de Afrodite** (01)
Tinta: 800 ml [2 espaços]
Perg. Pequeno:01[1]






A situação por um tempo era demasiada confusa para Sagoh conseguir entender naquele momento. Havia acabado de chegar e ainda se perguntava o que Shino fazia, atacando seus proprios filhos e conterraneos da folha. Os demais membros da aliança também estavam sofrendo o julgo daquele homem. - Sagoh observava atentamente enquanto o garotinho de cabelos azuis se aproximava do homem à sua frente. Tudo foi tão rápido que Sagoh não tivera nem tempo de piscar. Algo aconteceu, acertou o garoto. A neve parou e a sensação de ter suas energias drenadas cessou por um breve instante. Sagoh não deixou de se comover com o que estava acontecendo. A criança estava morrendo e o Shion diante de sí, com a criança no colo implorava para que o garoto reagisse e se levantasse. Ele não conseguiria de qualquer forma. Sagoh conseguia ver que algo não estava certo e o tempo do garoto estava chegando ao fim. Logo, ele não respirava mais.

O homem de cabelos azuis, imponente e cheio de pesar se levantou e abrindo os braços. Ele fechou os olhos e começou a recitar um discurso tranquilo apesar de haver peso e fúria naquelas palavras. Sagoh olhou para os espelhos de gelo e viu que grandes pedaços de pedra no céu caiam sobre todas as vilas, antes que realmente pudessem presenciar a extinção de todos nas vilas, os espelhos se quebraram sendo destruídos por ele mesmo.
Sagoh engoliu em seco ainda com os olhos fixos naquela pessoa. Enquanto ele falava, algo dentro de sí começava a contecer. Seu Chakra começou a ser concentrado pelo corpo e uma onda começou a emanar até que por fim ele disse algo e essa onda de chakra se expandiu. - Sagoh não pensou muito. Seus instintos gritavam consigo para que sobrevivesse e ele começou a girar seu corpo emanando a maior quantidade de chakra que conseguia através de cada tenketsu de seu corpo. Ao fazêlo, seu corpo foi envolvido por uma armadura azulada de raios enquanto uma espiral de chakra emanou de seu corpo visando o defender daquela investida. As duas técnicas combinadas pareciam ser suficientes para proteger Sagoh. O impacto da colisão o arremessou alguns metros para trás. Ele caiu rolando pelo chão e finalmente parou. Rapidamente se levantou com um salto e fixou seus olhos à frente a tempo de ver que agora o alvo das investidas de Shion era a pessoa que tinha matado a criança. - Sagoh se aproveitou desse espaço de tempo e voltou para sua posição inicial antes de ser arremessado, procurando ficar o mais próximo de Angell possível. Se algo acontecesse, era seu dever como ninja da Folha protegere sua Hokage, "custe o que custar".

Após alguns instantes de uma dura surra que aquele homem estava levando, Shion se voltou para a aliança novamente e com um discurso ainda pior, onde revelou a todos que as vilas haviam sido destruidas e que eles seriam os próximos, Sagoh percebera que mais chakra estava sendo concentrado nas mãos do mesmo. Ele sabia que um ataque estava vindo e se preparou para saltar diante de sua Hokage e protegê-la... Ao que parece não seria preciso, todos pareciam pensar a mesma coisa e no mesmo instante varios Ninjas da Aliança usaram técnicas defensivas em volta da Hokage e dos demais que estivessem próximos. Sagoh se manteve o mais proximo que pudesse de Angell (3m à esquerda) para se aproveitar das defesas que haviam sido formadas. Sempre atento para poder agir assim que aquele ataque acabasse.

Observações.:
Considerações.:


Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Seg 7 Set - 11:19


Monogatari Series: Kaguya Aelin  
palavras: 250
A esperança veio à Aelin quando viu o Kazekage retornar ao chão e de braços abertos esperar pelo filho que, entre lágrimas e sorrisos, se aproximava. Admirável, pode-se dizer. Claro, um pouco de inveja. Por um momento desejou que ali fossem ela e seus pais. Finalmente aquilo tudo acabaria? Por ela e, possivelmente, para os outros era um grande desejo. Mas, Shaka não estava contente. Tanto que disparou um flash de chakra atravessando-o. Era o fim. Com toda certeza, era. A jovem que outrora tivera suas pernas congeladas, agora tinha seu corpo completamente coberto por ele. Estava morta? Enfim, dali para frente, faltam palavras para descrever tudo que aconteceu. Sem entender muito bem, fora arremessada a cerca de 30 metros de distância e, logo em seguida, a queimação pelo seu corpo pareceu aumentar ainda mais. Logo em seguida, o alívio veio.

Viu, então, a garota de cabelos azulados a fazer uma série de barreiras, momentos após o retorno do Kazekage que concentrava chakra em suas mãos e se preparava para alguma outra técnica absurda.  A Kaguya não pensou duas vezes ao ouvi-la chama-los. Fez o selo do Carneiro para avançar os 20 primeiros metros (24 m/s) e tentou correr o restante com sua máxima velocidade (20 m/s) para trás das barreiras, torcendo para que sua velocidade fosse o suficiente para chegar, visto que não deveria estar tão longe.

“Patético!” — Pensou. “Tudo que eu posso fazer é correr...” — Estava decepcionada consigo mesmo. — Desculpe ser totalmente inútil. — Disse aos mais próximos.

HP 630/950 | CH 1270/1275 | ST 01/06

Informações:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr10

Indra
Hokage
Indra
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr10

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Seg 7 Set - 18:37

(MAJ) KYUSEISHU NO INDRA, THE INVENTOR ── KOBAYASHI ICHIZOKU; ROLEPLAY ─── OO/OO
CH: 25OO/25OO ▵ HP: 2O12/22OO ▵ FOR: OO/O4 ▵ VEL: O5/O5 ▵ ST: O1/O6 ▵ ARC: 125O/125O

   Uma sequência de cenas insanas acontecia diante dos nossos olhos. Era difícil dizer se estávamos preparados para todas aquelas coisas, e para mim, era ainda mais difícil saber como reagir, como me sentir, diante de todos os fatos ocorridos. Primeiro o filho do clone de Shion corria na direção do pai, querendo algum tipo de conforto ou proteção, mas quando estava chegando perto, Shaka resolveu matar a criança. A medida extrema do cara ocasionou o fim da neve e das dores em meu corpo. Porém, aquela calmaria durou pouco e rapidamente Shion se levantou, entristecido com a morte de seu garoto, mostrando então o lançamento dos meteoros nas respectivas vilas. - NÃO! – dei um berro quando os espelhos foram quebrados. A extinção global estava acontecendo diante dos nossos olhos, e tudo o que conseguia pensar era na única pessoa que eu amava naquela vida. - Mãe... – onde ela estava? Ela conseguira se proteger? Havia alguma chance dela se salvar? Muitas perguntas, nenhuma resposta parecia chegar até mim.

   Era apenas um espectador naquele momento. Quando menos percebeu, uma forte repulsão o jogou para trás, caindo não muito distante de Angell e dos outros próximos a ela, já que estava próximo da Hokage quando o ataque aconteceu, indo parar a uns 30 metros de distância. - Os olhos e os braços dele… Precisamos arrancá-los, de alguma forma. – falei enquanto me levantava com uma certa dificuldade, tentando não pensar no que poderia ter acontecido com a minha mãe. Destabilizar completamente o clone, era a única maneira de conseguir derrotá-lo. Enquanto eu pensava nas maneiras como iríamos conduzir aquela batalha sangrenta, sentia que as minhas dores iam diminuindo novamente, deduzindo que era Angell fazendo isso, já que ela tinha aquele tipo de habilidade, voltando junto com alguns outros ninjas para o ponto onde estávamos antes, seguindo a Hokage. Foi então que uma luz verde brilhou longe do nosso ponto, fazendo eu virar o rosto para olhar na direção. De repente, o clone de Shion voltou, ficando ao nosso redor. Ele começou a discursar, citando pessoas que estavam ao nosso redor, contando até mesmo como matou o líder de Oto. Aparentemente Shaka tinha um jeito de seduzir as pessoas, convencê-las a se juntar a sua causa, inclusive enviando arautos, como foi quando aquela mulher tentou me convencer quando estava indo fazer uma missão.

   Shion terminou fazendo mais um discurso, enquanto eu mantinha-me atento aos seus movimentos. Quando ele juntou as mãos e começou a concentrar chakra entre eles, rapidamente fiquei em alerta. Será que dava para fugir? Podia jurar que o meu corpo estava mais leve, sem aquele peso de outrora. Foi no momento em que a explosão ocorreu que alguns ninjas começaram a se aproximar das barreiras defensivas formadas pelos shinobis da Aliança. Fiz o mesmo movimento, aproveitando que já estava próximo dos outros antes, para dar a minha própria contribuição, realizando selos manuais e buscando criar uma barreira de 10m² em volta de todos. Talvez ela não fosse forte o bastante, não dava para saber, mas não podia simplesmente deixar de tentar.


Informações Gerais:

_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Seg 7 Set - 21:51










Erwin Schrödinger - The Scientist
“Demônios... São Criados.”





Como sempre, tudo parecia perdido, quando vezes, Erwin esteve lá para ver o mundo quase perecer, por pessoas erradas, terem sido abençoadas com o dom do chakra? Erwin refletia um sorriso em seus lábios, reconhecendo que não poderia aceitar a derrota como sempre, sua mente já não podia alcançar a derrota. Seus companheiros até agora só tinha experimentado seu eu, limitado, então estava na hora de ele usar boa parte do seu poder. As palavras liberadas pelo Mizukage, tinha sido resumidas, no objectivo, que eles apenas precisavam conter uma comunicação efetiva, mas ainda assim Erwin foi meio irónico e forneceu uma seriadade, nas suas últimas palavras, que demonstravam confiança no seu esquadrão, apesar dos dizeres de cada um — Vai ter de me desculpar, Mizukage, mas isso definitivamente não conta como um resumo. Mas deixe demonstrar minhas habilidades e também demonstrar como meu esquadrão, está capacitado para ajudar com qualquer situação. Esmaguem... Salvem eles! — Naquele momento, o Mizukage poderia sentir um caso de presunção, nas palavras de Erwin, mas ele também tinha o direito de demonstrar isso em suas próprias palavras, seus olhos também estava focados no Shion, que parecia ser o Kazekage, e logo apareceu uma pessoa, que Erwin detestava com todas as forças, podia ver-se veias sobressaindo em seu corpo, mas não era por causa de raiva, Erwin conseguia ficar calmo, em qualquer situação, mas porquê, logo sua face foi cobrida com marcas, ativado o selo amaldiçoado e antes de começar sua ação, ele liberou algumas palavras, após ouvir a Hattori, gritando para Ahikito, para que não perdesse a motivação no meio do campo de batalha:


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 7eeb800ea3936d300c67abb3a0a4bf01


Seja forte, menino! Kumo irá acolher-te! — Erwin, logo foi impulsionado para trás, uns 30m da Hokage, devido ao ataque repulsivo, que ele tomou em seu corpo, e sem demoras moveu-se na sua velocidade máxima ao encontra da Hokage. Em primeira mão, Erwin revestiu-se da sua areia, na tentativa de curar, qualquer dano que lhe tivesse feito direitamente a ele, isso também podia ser descrito, como uma camada de curar e defensiva, tomando também partido das habilidades curativas da Hokage. Erwin então usando sua velocidade máxima, movimentou-se, seguindo o Mizukage, para o encontro da Hokage, ficando a uns 4m a direita dela, e logo fez com sua plataforma movesse ao redor da área, numa velocidade que os que lá encontrassem, pudessem subir e vir ao encontro, da Hokage, e ficar atrás das paredes criadas pela mesma. Erwin então liberou não só uma chakra termendo, abrindo seus braços, retirando uma quantidade considerável de areia e manipulando a areia ao redor dele, tentando criar uma enorme quantidade de areia de ferro, antes que o Mizukage pudesse criar seu domo, e moveu a mesma, em direção as fileiras de paredes de terra dela, tentando aumentar consideravelmente a defesa, e não só isso, também tentar aumentar o alcance da defesa.


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 PiercingKeenGuppy-small


Com isso, Erwin estava apenas focado em fornecer suporte, já que parecia que a Hokage tinha um plano, mas ainda assim ele liberou palavras dirigidas para ela, num tom que apenas eles em 10m pudessem ouvir — Vou tentar conter poder emitido pela adaga, tentem manter essa a defensa! — O cientista, estava notando que a energia sendo emitida pela mesma, não era de nenhum benefício para a aliança e como usuário de fuinjutsu, ele sabia como cortar essa mesma energia. Erwin então focou-se na areia em seu jaleco, que estava terminando em um ritmo alarmante. Não ia adiantar de numa forma, se ele ainda continuassem a receber aquela limitação absurda. Assim, Erwin apoiou a força do seu troco, contras suas pernas, e colocou as suas mãos contra a areia. No mesmo exato, uma quantidade de areia absurda, saiu do seu jaleco, suficiente até para criar uma onde gigante de areia, sendo duas vezes essa mesma quantidade. Erwin fez com essa mesma areia, penetrasse o chão de areia, acreditando estar a menos de 30m da Adaga, e tentou movimentar a mesma pelo subsolo, até tentar alcançar a Adaga gigante e tentar cobri-la por completo. Ele então fechou as suas palmas, para concluir o selo, que numa tentativa esperada, conseguisse selar, mesmo que temporariamente o poder da Adaga. Isso na tentativa de cobrir a Adaga com várias camadas sucessivas do material, tentando comprimindo a mesma areia, em uma espécie de torre. Ele não precisava nem mover seu corpo, para mover areia, ele apenas fez a mesma passar pelas suas mãos, para tentar aumentar o seu poder de selamento com o seu juinjutsu. Ninguém estava ficando parado, os membros mais experientes da aliança, não estavam limitando seus esforços, usando seus jutsus mais fortes, sua habilidades, parecia que tudo estava sendo testado por um único homem: Hattori Shion. Naquele momento, o seu maior medo, não era ter de falhar a execução da estratégia, mas do tempo que ele podia manter o uso do Fuinjutsu, o que não era uma preocupação gigante ou até imediata para ele.

HP: 3300/3300 | CH: 4990/5650 | ST: 01/08 | Samehada: 500/500 | Colar De Hator: 250/250 | Clone: Inativo | Clone 2: Inativo | Clone 3: Inativo | Clone 4: Inativo | Índice Selvagem: Inativo

Minhas FalasFalas de Surtr.


Considere:


Shinobi de Kumogakure no Sato || Cientista || Rank Militar: Kinkaku Butai | ANBU

_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Ter 8 Set - 2:07


Guerra!
Aliança contra ataca


A
chegada repentina já se iniciou num combate intenso e um poder absurdo pudera ser sentido, fazendo a atmosfera pesar e pairar no ar a sensação de que algo grande viria ao encontro da aliança. Um poder abissal, um inimigo atroz. Tatsumaru nunca se deparou com algo tão amedrontador, mas não haveria segunda opção senão lutar. Tal estava ele como um animal acuado, mas em seu íntimo uma voz lhe gritava para agir.

O ataque iminente se originava daquele Hattori Shion, e muita coisa acontecia ao seu redor. Morte, sangue e o clima polar no coração do deserto. A chegada da misteriosa Hattori, a morte da criança ou mesmo todas as duras palavras esbravejadas, nada aquilo importava em uma situação de vida ou morte. Sobrevivência ou extinção. Viver o agora nunca fez tanto sentido, pois o agora se resumia em dar tudo de si para então ter uma chance de ver o amanhã.

Defesas começaram a ser levantadas, mas uma pontada no peito fez Tatsumaru duvidar se aquilo tudo seria suficiente. A semente de Gaia lhe gritava para participar, liberar o poder e deixar o verde combater a morte gélida. E assim Tatsumaru o fez.


– MOKUTON HIJUTSU!!!!  Ahhhhhh.... JUKAI... KOTAN!!!!! –  Um chakra esverdeado se misturava com uma chama rubra que envolvia seu corpo numa sincronia iluminada. O chakra Otsutsuki pareceu resplandecer em maior escala, para logo depois se acalmar e dar origem à uma imensa formação vegetal a partir do solo. Uma floresta inteira a partir de seus pés. As grossas raízes procuravam aliados no raio de impacto do inimigo, erguendo-se em velocidade, originando árvores imponentes que se entrelaçavam reforçando as defesas de Squall e Angel.

Tento invocar a floresta focando em reforçar as defesas aliadas, com a formação de arvores em fileira e cruzando as defesas de Angel & Cia. Reforçado com Chakra Natural.
Custo: 50/50 (100/100 - 50% devido à Perícia Elemental)
Força: 1680 (480 Rank S + 400 Ninjutsu/ Ninshu 10 + 200 Especialista + 200 Mestre Elemental + 200 Senjutsu + 200 Natureza Elemental de forma defensiva)


Não obstante a criação da floresta, Tatsumaru movia suas mãos como um maestro, manipulando árvores inteiras, raízes e galhos maiores na formação de escudos defensivos para proteger a si mesmo e o máximo de aliados possíveis com defesas duplas e unidas.

Usando as regras de manipulação, procuro realizar duas manipulações de Rank A para reforçar ainda mais a minha própria defesa e de aliados próximos. Fortalecidas por chakra Otsutsuki e Chakra Natural, as duas manipulações caminham juntas para somar a defesa de uma com a outra.
Custo: 50/50 (100/100 – 50% devido à Perícia Elemental)
Força: 3360 (duas manipulações com cada uma recebendo 240 Rank A + 240 Chakra Otsutsuki + 400 Ninjutsu/Ninshu + 200 Especialista + 200 Mestre Elemental + 200 Senjutsu + 200 Natureza Elemental)



– Mokujin... Arms! – e novamente o seu jutsu favorito. De suas costas brotam um par de braços com punhos abertos que se esticam e ganham tamanho. Os membros gigantes esticam suas palmas na formação de uma defesa acolhedora, formando uma enorme parede de dedos entrelaçados (20m³ cada mão), logo à frente, mais uma vez seguindo a trajetória das defesas de Angel e Squall. Os ferimentos de sua pele se fechavam no mesmo instante, graças ao chakra misterioso que o rondava e a algum chakra misterioso que auxiliava a aliança.

Defesa feita no sentido frontal, os braços se originam das costas para cima, descendo logo à frente com os dedos unidos formando uma parede logo atrás das defesas já postas. Jutsu reforçado com chakra Natural e Otsutsuki.
Custo: 25/25 (50/50 – 50% devido à Perícia Elemental)
Força: 1680 (240 Rank A + 240 Chakra Otsutsuki + 400 Ninjutsu/Ninshu + 200 Especialista + 200 Mestre Elemental + 200 Senjutsu + 200 Natureza Elemental)


Por fim, Tatsumaru estava ofegante, mas ainda tinha combustível para queimar. Suas mãos se unem em um único selo e um poder ainda maior estava prestes a nascer. Mandarin se segurava em sua gola, temendo ser levado pelas massas de ar que circulavam com potência.

Preparação para o jutsu Mokuton Mokujin no Jutsu.





HP: 2500/2500; CH:4875/5000; CN: 275/400; ST: 01/08

AVANTE!

Equipamentos:

Pet:

Databook:

Jutsus:

Considerações:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Akihito
Tokubetsu Jonin
Akihito
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 73318106e2edc17140311913c4ae2bdb

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Ter 8 Set - 5:45

[Cerco à Sunagakure] Kazekage vs Aliança

Não Há Mais Nada a Perder!

Eu mal havia chegado no campo de batalha e já havia sido recebido com uma enxurrada de informações, embora a maioria delas fosse meramente visual. Movendo meus olhos de um lado a outro, percebi a presença de figuras familiares, tais como a Hokage e o Mizukage. Notei também a presença de uma grande espada fincada bem no meio do campo de batalha, e ao seu lado uma ser feito de... fogo?! No entanto, de todas estas coisas, o que realmente capturou todo o meu foco e atenção foram aqueles espelhos no céu; como televisores que transmitiam a hora final do universo, vi meteoros prestes a cair sobre todas as grandes vilas, e dentre elas, minha casa!
Por um momento, perdi minha postura e não consegui esconder de meu semblante o temor, mas logo busquei me recompor, tentando falsear o que sentia. Não havia dúvidas: era o fim do mundo inteiro! Isso, no entanto, nem pesou em minha cabeça. De forma egoísta, porém nada menos que humana, a única coisa que passava em minha mente era Otogakure e todos que nela estavam naquele momento. Lágrimas correram involuntariamente de meu rosto, mas logo tratei de enxugá-las, pois não queria perder mais uma vez o controle.


Meus olhos estavam vidrados unicamente na tela que exibia a Vila do Som, mas a movimentação ao meu redor me fez compreender melhor o que se passava. Pelo que pude inferir através dos olhares atentos dos demais, estávamos no meio de uma situação de refém, no meio de uma troca. Então era isso? Uma criança pelo resto do mundo? A escolha me parecia óbvia!
Conforme a criança se aproximava de seu pai, comecei a sentir um alívio, pois logo meu lar estaria a salvo, eu pensava. Minhas esperanças, no entanto, foram extirpadas de mim quando vi o ruivo realizar um ataque de covardia contra aquela criança. Num ato inconsciente, estendi minha mão e gritei: — Não! — mas era tarde demais. O que aquele maluco estava pensando?! Meus olhos mais uma vez se voltaram para os espelhos no céu, tentando visualizar, impotente, o que aconteceria a seguir; e em seguida, tornaram para o homem de cabelos azuis.




O carrasco da raça humana disparou um discurso melancólico, ao qual pouco prestei atenção, exceto quando concluiu: "— Está terminado!". Por um momento, fiquei sem chão, tudo ao meu redor — mais uma vez — escureceu e começou a girar. Em frações de segundos um turbilhão de informações passou por minha cabeça: Kiseki-chan, Diyoza-kun, Athros-sensei e... papai! Todos... todos... estavam... mortos?! Com as mãos inconscientemente levadas à cabeça e meu rosto banhado em lágrimas de sangue, caí de joelhos no chão. A dor e o sofrimento que eu sentia, a dor e o sofrimento que eu vinha tentando suprimir desde a morte de Lawlweit-sama, não podia mais ser reprimida. Com uma tremenda angústia e aflição no coração, não me contive... e GRITEI!
O meu grito — que se misturava com meu choro — era de completo desespero, era um grito de agonia, um grito entalado na garganta de alguém que havia perdido tudo. Meus dedos enrijecidos deslizavam lentamente pelo meu rosto, a pressão de minhas unhas rasgava a minha pele. Olhei para as minhas mãos ensanguentadas, procurando achar sentido naquela situação, mas não conseguia.

Ainda encarando as minhas mãos, vi ao fundo delas, há alguns metros de distância, o meu algoz preparando a sua investida. Certamente não por experiência, mas impulsionado talvez pelo ódio e pela raiva que sentia daquele à minha frente, reagi. Em um acesso de fúria, gritando com todas minhas forças, ao ouvir as temerosas palavras saírem da boca daquele infeliz e ao notar tudo ao redor ser repelido em resposta, me levantei, estendi meu braço direito pra frente e ergui o mais forte escudo que podia, enclausurando a mim e a quem mais estivesse por perto dentro de uma reluzente barreira azulada, enquanto via tudo ao meu redor ser lançado pelos ares.

Pouco antes de erguer a barreira, pude ouvir ao longe Erwin gritando para mim, falando palavras de conforto e motivação. Me dei conta do quão distante tinha me posto do meu esquadrão e parti, aos saltos, na direção deles, concentrando chakra em cada músculo do meu corpo para assim acelerar meus movimentos. Meu corpo porém, estava todo trêmulo, eu me movia por puro instinto e adrenalina, mas minha mente e corpo já estavam exaustos. No meu último salto em direção aos meus aliados, não consegui mais manter a firmeza sobre meus movimentos e apenas caí no chão, rolando para próximo deles. Por alguns segundos desejei ficar ali, sobre o pó, e ali mesmo perecer, como haviam perecido todos a quem eu amava. Porque eu deveria me levantar? Porque eu deveria continuar e seguir em frente, se tudo pelo que eu lutava, tudo em que eu acreditava, tudo que me dava motivação... fora destruído.

Todos os meus propósitos, tudo que me mantinha de pé, tudo destruído. Eu não tinha mais nada a perder, afinal, nada me havia restado. Nem mesmo a minha vida parecia ter valor algum, pois não havia mais razão que me fizesse querer mantê-la... e tudo isso por causa daquele infeliz! Sentindo-me, por algum motivo, revitalizado, me levantei aos poucos. Meus olhos continuavam marejados de sangue, mas desta vez eles exprimiam o ódio e furor que eu sentia. Justamente por não ter mais nenhum propósito, a sede e o anseio por vingança era tudo que me movia agora. De tudo que me foi levado, apenas uma certeza me restava: eu agora seria capaz de dar tudo, até mesmo a minha vida, para por um fim naquele filho da puta!

Após espancar o outro otário que deu início a isso tudo, aquele arrombado começou a falar um monte de merda. A cada palavra proclamada, maior era a vontade que eu sentia de fazê-lo engoli-las. Por fim, ele ousou zombar de Hawk-sama. Dando um passo a frente, disse:
— Cala a boca, seu imbecil! Como ousa... — mas logo parei, pois embora desejasse socá-lo até meus punhos sangrarem, eu sabia que nada poderia fazer por agora. Depois de um longo falatório, ele emfim pareceu querer dar um ultimato àquela situação. De suas mãos, uma poderosa onda de chakra emergiu, expandindo-se e destruindo tudo a que tocava. Percebi os ninjas mais experientes se articulando ao meu redor para defender aquele ataque, então me pus de prontidão a ajudar. Saltei para cerca de 7 metros atrás da Hokage, que estava na linha de frente, e mais uma vez usei o Shichishoku Kekkai em seu tamanho máximo, tentando englobar todo mundo que estava próximo.

O poder contido naquele ataque era surpreendente, mas nós precisávamos suportar, eu precisava suportar! Só assim poderia ter a minha vingança!



1121 palavras
745/950 HP  || 595/975 Chakra || 01/04Stamina
Considerações:
Informações:
Template by @wyalves
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Xoj9u7k

Senko'
Godaime Mizukage
Senko'
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Xoj9u7k

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Ter 8 Set - 10:21

Vai dar merda
HP: 780 | 1100CH: 975 | 1000ST: 3 | 5


Antes que pudesse obter alguma resposta e bolar um plano com os outros, o jovem Matsuda foi surpreendido pelo ser com complexo de deus. Enquanto o filho do Kazekage voltava para os braços do pai, Shaka o atacou, ferindo a criança gravemente e levando-o à óbito.

Senko estava visivelmente abalado com tudo o que tinha visto até então. Inúmeros mortos nas ruas, Takura e Topazu assassinados na sua frente e uma das kunoichis congelada pelo poder de Hattori Shion.
Todo o amor que uma vez sentira era ódio. Sem nem mesmo perceber, uma lágrima rolava pelo seu rosto.

Com a morte do filho, ele não tinha nada a perder. Os meteoros enfim foram lançados sobre as vilas e os espelhos quebrados. Senko ia protestar, mas sentiu uma forte explosão gravitacional sobre seu corpo que o jogou para longe. A queimação que se dissipou por um instante voltou a machucar o corpo do garoto.

Atordoado, tentou levantar o mais rápido que pode, ouvindo barulhos de destruição e tentando entender o que acontecia ali. Mas não havia tempo para entender mais nada, só queria localizar Aelin. Lembrou-se das palavras da kunoichi: “Espero que cuide de mim então se ficarmos em perigo, Senko-senpai.”. Mas o Genin não era capaz, nunca foi. Algum dia será?

— Aelin... — procurava a sua colega com os olhos. Seu corpo tinha se revigorado. Não vinha de nenhum esquilo, ele só se sentia melhor, do nada. Viu a movimentação dos ninjas e todos eles convergiam para atrás de uma barreira. Enfim entendeu o que se passava. O Kazekage emanava uma energia enorme. Sua presença não iria salvar ninguém, mas preferiu estar perto para, inutilmente, tentar ajudar com algo.

Então, mais uma vez, concentrou seu chakra e utilizou Shunshin no Jutsu para alcançar os demais ninjas que se aglomeravam atrás da barreira envolta numa floresta que se formava. Senko nunca tinha visto nada assim, era incrível. “Espero que seja suficiente”. Suava frio. Quando chegou, mais uma barreira cúbica se formava em volta dos ninjas. Tudo isso para conter a gigantesca força do Kazekage.

Considerações:
(c)
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 URkFDZ9

Lollipoppy
Chūnin
Lollipoppy
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 URkFDZ9

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Ter 8 Set - 14:47


MONOGATARI SHOUJO AYUMU☆MAGICA
HP 720/800 | CH 595/900 | ST 03/04 | Sakin 2860/3000
Palavras: 438.
Eram tantas coisas ocorrendo, aquele Shaka tinha matado a criança deixando Shion puto da vida. Aquelas pedras gigantes do céu destruíram o resto do mundo, geral estava morto. A anã estava com raiva? Completamente, e bastante abalada com o que acabara de ver, até que iria sim bater de frente nisso tudo, entretanto, o fim parecia estar muito mais próximo do que ela imaginava. Estava tudo finalizado, o homem dizia, e ele faria um golpe que chamava Shinra Tensei...

Ela até pensaria em fazer o seu escudo mais poderoso, mas próximo tinha um menino que morria de gritar anteriormente, esse menino levantou uns troço azul, deveria ser um escudo, uma barreira, algo do tipo, a anã correu se aproximando ainda mais para ver se entrava e era protegida pelo escudo. Daria certo?! Menor ideia, mas era a melhor opção a se fazer: confiar nos outros. Caso sua confiança obtivesse sucesso, iria acompanhar o menino, utilizando Shunshin no Jutsu, indo em direção aos amigos desconhecidos.

Seria o fim aquela noite? Talvez de fato, tudo na vida chegaria a um fim, e estavam todos ali no fim. Era estranho, no meio daquele caos todo, e naquela luta de gigantes, o pequenino anão de Sunagakure no Sato mostrava o seu olhar determinado. Porque esse olhar, depois de nem fazer o básico que poderia? Uma completa inútil que não sabia que era impossível uma vitória? De fato, era, e mesmo sabendo a figura pequenina acompanharia, aquelas dores que incomodavam tanto, até que melhoraram, não sabia muito conhecimentos de porquê, mas se sentia um pouco melhor.

As palavras finais foram dadas pelo inimigo, talvez todos sabiam desse terrível fato, menos uma pessoa: o pequenino anão de cabelos loiros. Vendo que barreiras estavam sendo postas, e não tinha tempo a perder, começou a fazer selos, e faria uma defesa. Talvez não fosse a melhor defesa, nem a mais forte, e no final das contas fosse totalmente inútil, mas saberia que unindo com outras defesas algo poderia fazer.

— DO CUSPE A PEDRA! — E começaria a cuspir um golem, colocando atrás daquele daquela defesa cúbica estranha do menino. Apenas um Doton: Gōremu no Jutsu era algo bem simples e não ajudaria, mas ela não faria apenas um, ela faria o máximo que conseguia que era três vezes o jutsu. Enquanto estava cuspindo ela fazia mais selos e utilizaria do solo para formar outro golem, e não pararia seus selos, fazendo um terceiro golem.

Na tentativa de colocar um na frente do outro, como três grandes defensores. Era a única coisa que poderia fazer, sua carta final. Estaria cansada, exausta, e quase no total limite, mas tentaria.

Considerações:
( 〃▽〃)
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2

Hawk
Chūnin
Hawk
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 2

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Ter 8 Set - 17:35

Tatsuo Uchiha



HP: 1395/1475 • CH: 2950/3000 • CN: 000/400 • ST: 01/07

"O ódio só nasce para proteger o amor."




    ㅤVida e morte, complementos de um só ser. Quando se nasce, você recebe o dom da vida, e é tudo como uma bomba relógio, a cada segundo, a cada minuto, a cada hora e dia que se passam, é uma mexida a mais no ponteiro, até que o fim chegue e a morte se torne eminente. Afinal, para que viver, se irá morrer? Afinal, de que adiantara tantas filosofias impostas no decorrer de todo o caminho ninja, se ao final de tudo, todos encontrariam o mesmo destino? Para Tatsuo, a resposta de tudo era clara: o ser, sim, morre. Mas os feitos de um ser, podem tornar o seu nome imortal. E era seu objetivo, nesta vida. Ainda que próximo a maioria dos membros da aliança, pôde, ao longe, perceber algumas reações estranhas advindas do Kazekage. E com isso, ouvira, mesmo que minimamente, palavras de imposição: não as identificaria completamente, mas após ouvi-las, uma forte rajada iria os arremessara para longe, e isso o fizera despertar do momento de transe que se encontrava, onde estivera em diversas filosofias quanto à lógica do mundo. Por circunstâncias de seu Sharingan estar ativo, tentara prever certos movimentos, e quando pôde saltar e correr em direção oposta a rajada que acertara aqueles a sua frente, vide o fato que estivera minimamente atrás de alguns membros da Aliança, aproveitando-se de sua velocidade em seu estado máximo para se esquivar, além de um salto, e antes de cair ao chão, pôde virar o corpo e flexionar os joelhos, evitando assim uma eventual queda, por circunstâncias de estar com seu doujutsu aos olhos, em seu terceiro estágio, isso, é claro, se de fato conseguisse antecipar a movimentação feita. Agora que em pé, pôde se voltar aos seus companheiros de aliança, sobretudo para sua Raikage, que em um movimento breve, porém afirmativo, acentuou para que ele sobrevivesse junto ao outro membro da vila, e ele afirmaria com a cabeça, indicando confiança na sobrevivência – era lógico, ele precisava acreditar em si e nos demais ali. Do contrário, por que estaria ali?
 
    ㅤA situação não era fácil, nem de longe poderia ser, estavam frente a frente com a maior ameaça que a humanidade já havia presenciado. Mas, tudo bem. Ele queria gravar seu nome na história do mundo ninja, pelas suas capacitações. A morte não o quis uma vez, não seria agora que ela o pegaria para si. Como Uchiha, sempre fora rebelde. Se o destino indicasse que eles perderiam ali, ele trataria de driblar isto, custasse o que tivesse de custar. Pudera, também, perceber que havia algo tratando de intensificar a vitalidade dele, mas não soubera identificar de onde viera tal chakra, tampouco quem estivesse o fazendo. Fato é: esta pessoa estava salvando muitas vidas eventuais ali, e o Uchiha pôde se aproximar novamente da formação inicial em que estavam, ainda que com suas vestes sujas por circunstâncias da fumaça ocasionada, pudera ouvir atentamente as citações do Kazekage, sobretudo quanto a um trecho referente ao seu ex-companheiro de equipe, a si mesmo, indicando que Shaka não tivera poder algum a oferecer, o que o Uchiha discordara, e a sua ex-sensei, que supostamente havia sido influenciada e, talvez, manipulada. Talvez, pelas palavras do Kazekage, ele seria dado apenas como um traidor naquele momento. Mas, além de apenas poder, havia um propósito. Ele acreditara que a paz seria estabelecida através do poder, e ele trataria de fazer absolutamente tudo para que isso fosse alcançado, como proferira aos seus ex-colegas de equipe na primeira vez que os encontrara.
 
    ㅤAs informações sobre as vilas estarem sendo dizimadas, faziam com que o Uchiha sentisse um misto de raiva e ódio. Afinal, ele havia mesmo destruído Kumogakure? A vila em que acolheu Tatsuo? O Uchiha sabia da enorme diferença de poder que havia entre eles, era evidente. Um mortal contra um Deus, não teria como existir outro desfecho, se não a vitória do ser deificado. Contudo, ele não estava sozinho. Pelo menos, não naquela luta. E ele havia lido, em um livro, uma frase que o marcou. Nesta frase, indicara que ninguém jamais conquistaria o mundo sozinho, independente da força e de suas capacitações; o conjunto poderia se sobressair contra a unidade. E era através desta filosofia que o Uchiha, e a Aliança num todo, deveria focar. Assim que lhe fora indicado para juntar-se, por circunstâncias de um possível detalhe pegado por Angell, o Uchiha tratou de seguir as instruções e observara cada um da Aliança ali, até mesmo crianças que estavam ali, mas não dando tanto ênfase, por circunstâncias das defesas que a aliança estava preparando. Embora que confiasse em seus companheiros, ele precisara se garantir com algo a mais, caso eventualmente alguma coisa viesse a dar errado. Através de breves selos, os seus cabelos começaram a crescer e a ficarem pontudos, cobrindo-o por quase completamente, deixando seu olhar exposto e o braço esquerdo. Além disto, o Uchiha fitara o solo do local, indicando que caso tudo desse errado, ele poderia haver uma maneira de fasear o mapa, visando esquivar-se, apenas se tudo o que fora utilizado não fosse o suficiente. Protegido, o Uchiha pensara consigo mesmo. – Raikage, você pediu para que eu sobrevivesse, e eu acatarei o seu pedido, custe o que custar. Mas, trate de retornar. Nossa Kumogakure precisará de nós, para se reerguer ao fim de tudo isso aqui. – Cerrava as sobrancelhas e o olhar, lembrando-se do fato dos meteoros, completando seu pensamento. – Mesmo que seja do zero, precisaremos reerguer a nossa casa. – Fato é que Tatsuo se preocupara, sim, com sua nova casa e vila. Para ele, após ter sido recrutado para lá e ter avançado nos conhecimentos sobre a vila e em suas capacitações, como ser humano ou em suas capacidades como ninja, criara um laço surreal para com sua nova estadia. Era como se a vila completasse Tatsuo.

Considerações:
Jutsus Utilizados/Ativos:
Armamento Ninja:
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1udpIjj

Shion
Administrador
Shion
Vilarejo Atual
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 1udpIjj

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado Qua 9 Set - 22:00


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 5391298-0406389114-latest
Cerco a Sunagakure
A última esperança


Passado
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 A635d4839b14f633e72735940c17491b
Vou contar uma historia para vocês,  uma historia que como muitas das outras do mundo ninja ela não termina com um final feliz, essa historia não termina com familiares se abraçando sorrindo, ela termina com aquele gosto amargo de derrota na boca, ela termina com soldados mortos, lideres se sentindo impotente, essa é a História dos Hattoris. 2 anos atrás se alguém dissesse para Hattori Ayako, você é irmão da Sannin Angell Hyuuga e filho do Hokage Hattori Shion, ele provavelmente iria rir da cara do idiota e o chamar de maluco. Se há 2 anos alguém contasse para Angell Hattori que após a perca de seu sensei, ela conheceria a pessoa que mudou a sua vida, seu próprio pai, na floresta, ela acreditaria? Acreditaria que ela era herdeira de um legado que dura a gerações. O que Angell e Ayako tem em comum além do mesmo pai? Os dois foram pegos de surpresa em um mundo novo, em uma serie de descobertas que desafia a própria realidade, um irmão mais velho tão poderoso quanto qualquer shinobi lendário nas histórias, um pai tão incrível que é incalculável todo o seu poder. Mas tal poder não significa nada quando apenas Angell e Ayako tem a escolha de escolher seu próprio destino.
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Erza-jellal-art-3

Como toda boa história existe o amor, o amor que mudou tudo para nossos dois protagonistas, Hattori Shion e Katsura Grey. Shion mestiço dos Hattoris e sua mãe Uchiha, teve sua vida ameaçada quando os Hattoris se deram conta que um mestiço assumiria como líder. Katsura, segunda filha da rainha dos Greys, Katsura nasceu com tanto poder em seu corpo que precisou ser selado para não ferir o restante do mundo, desde sua infância ela foi educada para ser uma rainha, para herdar o legado de seus pais. O que esses dois tem em comum? Absolutamente nada, Hattoris sempre serviram os Greys, embora a rainha sempre nutriu um respeito por Hattori Hanzo pai de Shion, em meio a essa amizade Shion e Katsura se tornaram grandes amigos, amizade essa que veio a se tornar amor um dia. O preconceito causou a total destruição dos Hattoris, restando apenas o pequeno mestiço que foi adotado pela rainha Grey, Azshara encontrou Shion completamente desamparado e sem mundo, ela o ofereceu abrigo, ofereceu amor, ele só teria que servi-la, ele era só um garoto quando vendeu a alma para o diabo, erro tão terrível, que ele carrega a marca no lado direito do seu rosto, erro tão terrível que se espalhou para seu primogênito, erro tão terrível que ate hoje ele respinga nas pessoas que ele ama.

Presente
Afasto do evento principal, Hinka removia a adaga de sua perna e com bastante dificuldade caminhava até Shaka, embora ferido, Shaka continuava vivo e respirava, ao se aproximar ela notou que ele estava acordado. – Você ainda esta vivo? – Perguntou a serpente com o corpo sobre o dele, Shaka olhou as roupas da mulher e sorriu com deboche. – Então você nunca foi minha, você também pertencia a ele. – Hinka se sentava do lado dele, e começava a conversar amigavelmente. – Desde o início, sempre estive com seu pai, ele me pediu para cuidar de você, ele queria saber se você estava bem, se se alimentava, se cuidava de sua saúde, ele nunca deixou de te amar. – Shaka virou o rosto um pouco irritado. – Até parece... – ela dava um tapinha na testa dele. – Esta uma noite bonita hoje não acha? Olhar para essas estrelas sempre me lembra dele, foi em um céu lindo assim que ele me encontrou, me acolheu e me treinou. Ele achava que eu fosse sua irmãzinha, mas o tempo mudou tudo. – Shaka olhou para o céu. – Agora eu consigo ler sua mente, por quê? – Ela relaxava um pouco os braços. – Pois quero que você veja as coisas incríveis que fizemos juntos eu e seu pai, e a mais bela dela está a poucos metros daqui, lutando por nos. – Shaka encheu os olhos de lagrima. – Ayako... Ele é seu filho afinal. – Hinka olhava para adaga. – De todos os presentes que Shion me deu, Ayako foi o melhor deles, eu sonho que no fim disso tudo eu e ele podemos ser felizes juntos, mas sabemos como tudo isso termina. – Shaka erguia seu corpo para ficar sentado ao lado de Hinka. – Eu posso derrotá-lo... – Hinka olhava para ele. – Eu sei, você é o único que pode derrotar aquela criatura. A pergunta é, vai fazer isso? – Ele dava um sorriso de lado. – Ate poderia, mas esse corpo precisará de algumas horas para se recuperar, quem sabe em uma das dimensões diminua para minutos, não sei se temos esse tempo todo. – Hinka cerrava seus punhos. – Droga... – Pareciam desesperançosos os dois, foi quando a voz de um homem apareceu atrás deles. – Talvez eu possa ajudar. – Os dois olharam para ele que logo foi se apresentando. – Ola, eu sou Hanat- - Shaka o interrompeu. – Sei quem você é Hanataro, cachorrinho favorito da Takura. – Ele falava meio de lado. – Na verdade o favorito é aquele que está causando problemas, mas ele se virou contra a própria senhorita Takura, isso foi surpreendente. – Shaka o provocava. – Bem, meu pai não é muito fã de pessoas o controlando, ele tem uma história ruim com isso. – Hanataro se aproximava mais. – Sei disso, vimos na cabeça dele, sei muito sobre vocês... – Hinka o questionou. – Como você sobreviveu? - - Quando o outro Shion atacou eu já estava bem longe, infelizmente vários sunenses morreram no ataque. - - Bem tiveram o que merecia. – Disse Shaka em total deboche. – Mas diz ai o que você ta querendo aqui? Ou veio se lamentar também hehehe. – Shaka e Hinka sorriam. – Eu vim lhe trazer uma forma de derrotar ele. – Shaka com um olhar curioso. – Como? – Hanataro retirou de seu jaleco uma seringa com um sangue dentro. – Extraímos um sangue de seu pai, conseguimos replicar algo parecido com o sangue dos Greys, não tem o efeito permanente, mas dura o suficiente para você vencer essa batalha. – Hinka olhou para Shaka e olhou para Hanataro. – Sabe quem nos somos, sabe o que queremos fazer em Suna e vai nos ajudar por quê? – Ele apontou sua mão mostrando a seringa. – Shaka é a última esperança... – Shaka gargalhou alto. – Vocês estão muito fudidos se eu sou a última esperança, mas aceito o sangue de minha mãe. – Shaka se levantou com dificuldades e caminhou ate Hanataro, ao se aproximar, Hanataro chegou a da um passo recusando. – Calma, eu tenho planos para você, Hinka uma fenda imediatamente, precisamos testar essa coisa. – Hinka abriu a fenda onde os três entraram, lá dentro eles conversavam. – Irei precisar de mais algo. – Hinka olhou para ele. – Oque? - - Preciso da espada que está em posse de Angell, ela sela completamente chakra e dharma, e a única arma capaz de parar aquele cara. - - Tudo bem eu pego, precisa de mais algo? – Shaka sorria e aplicava a seringa em sua veia. – Se as coisas derem errado, diga a meu pai que por mais que a gente brigava, por mais que as coisas nunca foram boas, diga a ele que eu o amava, o admirava e sempre sonhei em ser como ele. – Shaka pressionava a seringa e deixava o sangue correr em suas veias, seus olhos se fechavam, suas feridas começaram a se curar, Hinka sentiu o poder crescendo dentro dele, porém Shaka não abria os olhos, parava de respirar. – Shaka... Shaka... DESGRAÇADO VOCÊ O MATOU! – Ela agarrou Hanataro pela garganta e começou a sufocar o cientista. – Calma... Calma. – Ele implorava enquanto ia perdendo a voz, a voz de Shaka se levantando. – Espere Hinka, deu certo! – Hinka arregalou os olhos, aquele poder que emanava dele era incrível, Shaka olhava para seu corpo. – Vamos lá!


[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Illidan.Stormrage.full.611528
Campo de Batalha
O poder do Hattori crescia, devastava tudo que tocava, a aliança ergueu muros, muros que se fizeram suficiente para conter o ataque, o chakra do Hattori se tornou verde, asas negras saíram de suas costas, ele apontou para os muros aumentando ainda mais a força, dizia com sua voz calma. – Sempre a mesma coisa... e agora tudo isso. Chega de pedras. Chega de lanças. Chega de tiros. Chega de espadas. Chega de armas! CHEGA DE SISTEMAS! CHEGA! – Com um sorriso no rosto. – Chega de superpotências. – O poder lançado crescia tanto que era não dava para saber se era humano aquilo lançado, estava além de tudo visto antes nesse planeta. – Tanta fé em seus jutsus e técnicas. – Aos gritos e ódio ele despedaçava todas as defesas as empurrando contra os próprios usuários. - PODEM DISPARAR SUAS FLECHAS DA TORRE DE BABEL... MAS NUNCA PODERÃO DERRUBAR DEUS!
Tempo se passou a poeira se abaixou, ele foi provocado pela rainha dos Hattoris, o que restava era ver se alguém sobreviveu a todo aquele poder, uma força tão monstruosa, ao fim dela homens completamente feridos, homens mortos, nunca se viu tamanha força como aquela. Para Shion ter sobrevivente não era o resultado que ele queria, ele sacou suas armas as retirou do chão, a neve enfim parou, ele então se transformou em uma criatura grotesca com asas e chifres, resultado dos inúmeros experimentos de Takura. Para ele não importava se estavam cansados o feridos, ele iria atacar novamente suas asas se fecharam ao redor de seu corpo, suas mãos em seu peito formato de X com suas laminas em suas mãos, o jutsu que viria a seguir puxou um chakra tão poderoso que todo o chão de Suna começava a tremer. – Este é o fim desse mundo! – Ao abrir as asas e separar seus braços uma onda de chakra verde devastou completamente Suna, restando apenas quatro sobreviventes confirmados e quem sabe... todos os demais foram mortos diante da imensidão do ataque do monstro.

Esclarecimento
Spoiler:





Considerações:


_______________________

[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Scre1755
[Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Página 2 Ui7615FOlá, Convidado, eu sou o Shion.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Cerco a Sunagakure] Kazekage Vs Aliança - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte