>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Allen
Tokubetsu Jonin
Allen
Vilarejo Atual
Ícone : [OnePost-D] Investigações Dani10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73225-ficha-allen-4-0 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69101-m-f-allen#542869

[OnePost-D] Investigações - em 30/6/2020, 17:32




HP: 650/650 CH: 800/800ST: 00/04
Vel: 14m/s

Bolsa de Armas (28/40)²:
Kunais: 04[1]
Shurikens: 05[1]
Kibaku Fuuda: 20[1 a cada 4]
Senbons: 00[1 a cada 2]
Kemuridama:05[1]
Perg. Grande:01[3 a cada 1]
Flack Jacket:(03/03)
Perg. Pequeno:03[1]



Missões de Investigação D:

Informação Perdida
Tipo: Investigação
Rank: "D"
Descrição: Uma serie de pergaminhos muito importantes para a Vila da Folha foram roubados misteriosamente. Sua missão é encontrar o culpado e recuperar os pergaminhos.

Sangue Inocente
Tipo: Investigação
Rank: "D"
Descrição: De acordo com os membros da Inteligencia da Folha, um dos membros do Alto escalão está contrabandeando informações sigilosas para uma vila inimiga. Descubra o Culpado e o impessa antes que sua vila seja atacada pela inimiga.


A manhã começou fria aquele dia... Típico da estação. Os campos estavam cobertos por uma camada esbranquiçada de aparência fofinha. Era neve. tanta neve que Sagoh se sentiu estranho. Nunca vira o clima tão diferente assim! Ele já havia presenciado algumas nevascas mas nada comparado aquela.
Sagoh levantou antes do seu despertador e foi logo preparar o café da manhã; seu pai andava dormindo bastante nas ultimas semanas devido o ultimo incidente envolvendo um maluco sádico que fazia sacrifícios humanos. Ele estivera hospedado na casa de Sagoh duas semanas atrás e tentara matá-lo. Desde esse dia, o pai de Sagoh tomava precauções extremas com relação a sua própria segurança e a de seu filho e isso estava se refletindo em seu comportamento.
A mesa fora posta em seguida, o chá estava pronto e os bolinhos foram esquentados e postos ao lado da chaleira. A fumaça esbranquiçada de vapor subia gradativamente para o teto. - Sagoh tomou o café da manhã e antes de acabar algumas batidas na porta lhe chamaram à atenção. Ele se levantou e abriu.
_ Ohayo Sagoh-san...
Era Shinzo, uma jovem gennin que lhe ficara encarregada de levar cartas e pergaminhos com missões para Sagoh. Ela sorria; sua bochechas estavam rosadas pelo frio que fazia lá fora.
_ Ohayo Shinzo-chan! O que tem para mim hoje?! - Questionou Sagoh retribuindo o sorriso.
Ela estendeu a mão para o Chunin e lhe entregou dois rolos pequenos de pergaminho. Sorriu masis uma vez e saiu dalí, retornando para a vila da Folha.
Sagoh leu os pergaminhos e foi se preparar. Alguns minutos depois ele saiu, indo direto para o Gabinete Hokage. As ruas estavam com pouco movimento e o sol começava a esquentar e derreter a grossa camada de neve que combria as ruas. Sagoh chegou ao Gabinete e adentrou o mesmo. Um ANBU o estava esperando e asism que o viu lhe cumprimentou. Eles trocaram poucas palavras e O jovem investigador fora levado à uma sala ao lado do escritório. Era o local onde os pergaminhos estavam.
_ Comece por aqui! - Instruiu o ANBU e se retirou.


(***)

Sagoh começou a vasculhar o local em busca de alguma pista. Foi até a porta e a examinou cuidadosamente. Olhou cada centímetro da sala e sacou um pergaminho de seu bolso. Ele abriu o pergaminho e começou a escrever algumas considerações à respeito do local. Terminando alí, ele desceu as escadas e se dirigiu até a sala onde o ANBU se ecnontrava.
_ Com licensa senhor! Acabei de revistar o local. - Disse adentrando à sala.
O ANBU se virou para ele, seu rosto encoberto pela máscara.
_ E então?!
_ Não havia muito o que se fazer alpi em cima. De acordo com minha intuição, alguém com acesso àquele cômodo pode ser o responsável pelos roubos. - Concluiu.
_ Bem que desconfiávamos. Não havia sinla de areombamento e a Barreira de proteção fora cuidadosamente desabilitada, ou teríamos sido notificados. - Disse o homem.
_ Bem! Precisarei dos nomes de todas as pessoas com acesso àquele cômodo em específico. Poderia me conseguir isso para que eu continue com a investigação?!
Fez se silencio por um breve instante e o homem conscentiu positivamente com a cabeça. ele se retirou da sala deixando Sagoh alí e retornou alguns minutos depois!
_ Apenas duas pessoas possuem a chave para o cômodo e a chave para desfazer o selamento. Os nomes estão aqui... seja breve. É de suma importância que os encontre. - Disse o homem por fim, entregando um rolo de pergaminho pequeno para Sagoh e saindo logo em seguida da sala.

Sagoh abriu o pergaminho e verificou os nomes. Um deles era uma velho chamado Tojuro. Sagoh se lembrava de ter escutado esse nome em algum lugar alguma vez, mas no momento não se lembrava onde e nem sobre quais circunstancias. A outra era uma mulher chamada Samira... Ela era nova e posssuia cabelos longos e avermelhados. Sagoh também não se lembrava de conhecê-la. Nas fichas que o ANBU lhe entregara, havia informações sobre cargos e até mesmo endereço de cada um. Sagoh resolveu visitar à mulher que morava mais perto do Gabinete primeiro e deixou o homem para depois.
Alguns minutos depois e ele chegou ao esdereço. Deu três batidas na porta da frente e uma mulher com longos cabelos avermelhados e uma barriga ligeiramente avantajada o atendeu.
_ Bom dia. Em que posso ajudá-lo? - Questionou a mulher com uma voz demonstrando cansaço.
_ Bom dia! - Respondeu Sagoh, abrindo seu melhor sorriso. _ Eu sou Sagoh e estou investigando um desaparecimento... A senhora é Samira?! Secretária do Senhor Tojuro, membro do alto escalão da folha?! - Questionou Sagoh.
A mulher não demonstrou surpresa e escancarou a porta.
_ Sou eu mesma, desculpe o mal jeito. Sabe como é... estou naqueles dias. Extremamente frustrada e com um peso descomunal na barriga. Por favor entre.
A mulher seguiu à frente de Sagoh que a observou caminhar de maneira vagarosa e desconcertada. Ela estava grávida e possivelmente muito debilitada para qualquer ação mais brusca que caminhar dentro de sua propria casa. Sagoh sacou o pergaminho mais uma vez e começou à escrever nele.
Eles se sentaram e ela lhe serviu uma xícara de chá. Após uma breve conversa e alguns questionamentos sobre "onde ela estivera na noite passada" e "alguém pode confirmar isso", Sagoh agradeceu e saiu da casa. Ele estava certo de que ela não poderia ter feito nada, já que a mesma disse ter entregado as duas chaves para a Hokage em pessoa antes de pegar sua licensa maternidade quatro semanas atrás. - Só restava agora uma pessoa. Tojuro.

Alguns minutos de caminhada pelo centro da vila levaram Sagoh para uma casa grande e bem vistosa. Era o endereço de Tojuro. Ele bateu na porta três vezes... sem resposta.
Um dos vizinhos que passavam por alí no momento, parou abruptametne (aparentando estar com muita pressa) e disse para Sagoh.
_ Ele não está em casa! Você não ficu sabendo?! - Ele não é visto a dois dias. Dizem que saiu em uma viagem de férias. - O homem se calou e continuou seu caminho.
Era bastante estranho o fato de não saberem que ele estava de férias, quando uma lembrança inundou à mente de Sagoh. - Era manhã de quinta-feira e seu pai estava limpando à varanda. Sagoh estava na cozinha e o observava pela janela. Um homem se aproximou e cumprimentou seu pai. Eles trocaram algumas palavras e Sagoh notou no rosto do homem certa preocupação. Ele falava de maneira apressada e sua voz escondia um medo característico. Sagoh não se lembrava da conversa em suma, mas se lembrou de ter escutado seu pai chamar o homem pelo nome de Tojuro. Era um velho de cabelos grisalhos vestido em roupas caras e um ar de superioridade notável (apesar de aparentar estar assustado naquela manhã).
Sagoh saiu daçí e rumou para casa. Seu pai ja estava acordado e tomava o café da manhã quando o jovem adentrou o recinto.
_ Acordado Pai! Que bom. - Disse Sagoh com urgência na voz.
_ O que foi meu filho?! Preocupado comalguma coisa?!
Sagoh contou ao pai o que havia acontecido e concluiu perguntando se ele tinha alguma informação à respeito de Tojuro. Seu pai fez uma cara de espanto e  se levantou de repente.
_ Ele me entregou isso! - Disse o pai por fim, entregando um pedaço de papel rasgado com alguns dízeres no verso.
" Eles estão atrás de mim. Não posso entrar em detalhes, mas caso eu desapareça, por favor entregue isso à senhora Hokage. - Procure à oeste do campo de treinamentos numero 3. Havera algumas pistas lá. Sejam rápidos. Minha vida corre perigo."
_ Eu não sabia que ele estava desaparecido por isso não procurei a Hokage-Sama. Por favor, leve isso a ela. Estou muito preocupado com meu velho amigo...
Sagoh não esperou que seu pai terminasse à frase. Saiu correndo pela porta da frente e foi até o escritorio da Hokage. Seu assistente estava na sala dela, mas ela não estava alí. Sagoh agradeceu e se retirou. Ele teria que fazer algo a resspeito, a vida de Tojuro estava em perigo.

(***)

Sagoh chegou ao campo de treinamento e olhou para a direção indicada no pedaço de papel. Ativou seu byakugan e começou à vasculhar aquela área. Não havia sinal de alguém alí, mas uma construção, unss dois quilometros mata a dentro chamou sua atenção. Sagoh começou a percorrer o caminho até o local. Ao se aproximar mais, notou que havia uma série de pegadas no chão, eram recentes. Além das pegadas havia uma outra marca estranha, ao que parecia alguém fora arrastado por aquele caminho, puxado pelas pegadas que desapareciam à medida que a marca passava por cima delas, deixando apenas um segudo par de pegadas completamente visíveis.
_ Duas pessoas puxando uma terceira. A julgar pela marca, a pessoa parece estar desacordada. - Interessante... Veremos o que me aguarda no final dessa trilha.
Sagoh se camuflou usado uma técnica de transparencia e saltou no primeiro galho que viu! Deixar pegadas alí não seria bom para ele dada a situação. De galho em galho então, ele seguiu as pegadas chegando finalmente à cabana.
Seu byakugan permanecia ativado e ele percebeu que a cabana parentava estar vazia, mas as pegadas que eram bem recentes terminavam à soleira da porta. Não tinha como eles terem desaparecido. Sagoh focou um pouco mais a visão forçando seus olhos ao máximo e percebeu que havia um alçapão (perceptível por um ferrolho de fechadura, típico de alçapões) no meio da sala da cabana e em cima da tampa do alçapão havia um Kanji (Barreira Visual) que brilhava aos olhos do Hyuuga! O pequeno brilho azulado permitiu a Sagoh perceber do que se tratava. Um Fuinjutsu de Barreira que impedia que um doujutsu como o Byakugan enxergasse o que estava alí em baixo.
_ Espertos! Mas, porquê impedir a visão do byakugan?! - Sussurrou para sí mesmo pensativo.
_ É claro... talvez saibam que papai é amigo de Tojuro e fizeram isso para que papai não os encontrasse! Ou talvez saibam de mim?!
Um calafrio correu a espinha de Sagoh o fazendo estremecer momentaneamente. - O garoto levou a mão ao queixo esboçando um olhar pensativo.
_ Eles provavelmente sabem que alguém virá investigar esse local. Podem até mesmo saber que eu seria convocado para essa investigação em questão! Levando isso em consideração... Ou eles estão trabalhando com Tojuro e fizeram parecer que fora um sequestro para ele não ser considerado um suspeito, ou, naqueles pergaminhos tem informações sobre os ninjas da folha, inclusive eu e meu cargo como investigador! Terei que ser bastante cauteloso.

Sagoh olhou a sua volta e ao redor do barraco procurando por alguma armadilha, mas não encontrou nada. Sorrateiramente e ainda oculto por sua técnica ele se aproximou da entrada da frente. Estava silencioso alí dentro. O garoto empurrou a porta lentamente. Ela estava destrancada e fora mal fechada, pois bastou empurrar para que a mesma se escancarasse. Sagoh adentrou o local, preocurando não fazer nenhum barulho e se aproximou do alçapão. Ele estava masscarado por um tapete mal trapilho roxo desbotado. Sagoh não entendera como eles colocaram aquele tapete alpi até que tentou removê-lo. Ele não saia. Estava grudado alí.
O jovem focou seus olhos alpi e encontrou o ferrolho para puxar o alçapão, vez uma leve preção para cima e ele começou a abrir. Sagoh levantou-o o maximo que pôde sem fazer barulho e olhou alí dentro. Havia uma escada de madeira com aparencia gasta que descia até o fundo do lugar. Havia uma claridade lá embaixo e ele conseguiu ouvir vozes. Era dois homens ao que pareciam. Discutiam o que iam fazer como refém que gemia. Provavelmente amordaçado. A luz não alcançava o corpo da escada, o que dera a Sagoh certa vantagem. Ele adentrou a abertura, fechando o alçapão atras de si e ainda oculto desceu as escadas de maneira sorrateira mas decisivo.
Ele parou aos pés da escada. Havia uma lareira alí que chamuscava algumas toras de madeira iluminando o recinto. Proximo a lareira, de pé, Haviam dois homens encapuzados que debatiam entre sí a melhro maneira de se livrar de um corpo usado ninjutsu. Amarrado e amordaçado (como Sagoh prevera), estava um velho de aparencia cansada e com os cabelos grisalhos. Sagoh o reconhecera. Era o amigo de seu pai e também Membro do alto escalão de Konoha. Sagoh se aproximou dos homens tranquilamente quando um deles se virou e o encarou. Sagoh parou abruptamente. Achava que eles o tinham detectado. Seu coração começou a acelerar e ele gelou dos pés a cabeça, mas o homem ignorou e se virou para o outro que parou de falar e também olhou para o vazio da sala onde Sagoh estava.
_ O que foi? - Perguntou o homem que se virar depois.
_ Nada não, pensei ter ouvido um barulho, mas acho que deve ser algum bicho lá em cima na floresta.
Eles voltaram a conversar. Sagoh aproveitou a deixa e concentrou uma porção de Chakra nas pontas dos dedos e rapidamente o chakra brilhou, assumindo a foram de duas agulhas cintilantes e ele as arremessou. Houve um barulho abafado pela terra batida do solo quando os dois homens caíram simutaneamente. O velho não entederam nada, mas fixou os olhos no local vazio de onde as agulhas de Chakra Raiton saíram. Sagoh se aproximou dele rapidamente e o soltou. Tirou a mordaça de sua boca e disse baixinho, sem perceber que ainda estava oculto aos olhos do homem que começara a fazer uma cara de espanto característica.
_ Não se preocupe. Vim salvar você!!! - Disse Sagoh com um sussurro.
O homem continuou olhando para o vazio de onde a voz saíra e permaneceu com cara de espanto. Sagoh percebeu o que estava acontecendo e com um sorriso envergonhado desativou a técnica, aparecendo diante do homem que respirou aliviado.
_ Por um momento eu pensei que fosse um fantasma. Você me deu um baita susto garoto. - Disse o velho. A voz rouca de tanto gritar com a mordaça na boca.
_ Precisamos sair logo daqui! Onde estão os pergaminhos que foram roubados? - O velho apontou com a cabeça uma mesinha no canto que tinha alguns pergaminhos espelhados. Todos ainda estavam fechados. Sagoh foi até o lugar e pegou os pergaminhos, colocu-os na bolsa e retornou para o velho que estava de pé nesse momento.
_ O que vamos fazer com eles? - Perguntou.
_ Vamos deixá-los aqui! Vou amarra-los e depois te levar de volta pra aldeia. Eles mandarão um esquadrão ANBU para verificar o local e capturar os sequestradores...

(***)

Sagoh amarrou os homens com fios de aço e os deixou alí, enconstados na parede. Ele e o velho subiram as escadas e sairam da cabana. o velho parecia estar feliz por respirar novamente e or estar livre. Eles seguiram de volta para a aldeia.
Ao chegar, Sagoh se dirigiu até o QG ANBU e lhes entregou um relatório e as informações sobre os homens e a cabana. Saiu dalí e foi até o Escritóirio da Hokage. - O Assistente o recebeu mais uma vez. Sagoh entregou-lhe o relatório da missão e os pergaminhos roubados.
_ De acordo com a minha investigação, o velho Tojuro não tem nada a ver com o desaparecimento dos pergaminhos. Ele foi sequestrado e suas chaves foram roubadas. Ele estava sendo mantido prisioneiro no subterrâneo de uma cabana a oeste do campo de treinamentos. Os pergaminhos foram recuperdos mas as chaves eu não encontrei.
- Disse Sagoh.
_ Parabêns pela investigação e por capturar os verdadeiros culpados. Tojuro sera sentenciado à morte por Traíção. Pensávamos que ele fosse responsavel pelo sumiço dos documentos e o fosse entregar para uma de nossas Vilas Inimigas. Agradeço pelo bom trabalho. pode se retirar agora. - Falou calmamente o Assistente.
Sagoh agradeceu com um asceno de cabeça e saiu dalí, retornando para sua casa. O SOl começava a se pôr no horizonte e ele estava faminto. Estava na hora do jantar.

Observações.:

Invocações :
--X--
Dojutsu:

Byakugan (Desativado)
Alcance da Visão: 4km e 600m
Requerimentos: Ser Hyuuga.
Descrição: O Byakugan (??; Literalmente significa "branco do olho") é o dojutsu kekkei genkai do clã Hyuga. É um dos Três Grandes Dojutsu (?? ? ?, Daisan Dojutsu), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Aqueles que herdam o sangue deste clã quase inexpressivo, tem olhos brancos. Quando o Byakugan é ativado, as pupilas do usuário se tornam mais distintas, e as veias se elevam perto dos olhos. Parece também que ao contrário dos outros dois grandes dojutsu, todos os membros do clã possuem e podem usar a kekkei genkai desde o nascimento, em oposição à necessidade de despertar ou mais, não herdá-lo em tudo.

As Habilidades do Byakugan deixa-o muito cobiçado por outras aldeias, como evidenciado por Kumogakure que tentou roubá-lo, um evento que levou até o que é conhecido como a "Questão dos Hyuga". Ao de Kirigakure foi capaz de obter um único Byakugan de um Hyuga que ele derrotou, e utiliza grandes forças para protegê-lo. Ao mesmo tempo, Danzo Shimura tentou igualmente recuperar ou destruí-lo. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado a vontade.
Estilo de Luta:

Juken
Descrição: O Punho Gentil (??, Juken) ou Arte do Punho Suave (???, Jukenpo) é uma forma de combate à palma da mão usado por membros do Clã Hyuga. Ele provoca danos internos através do ataque ao Sistema de Circulação de Chakra do corpo, posteriormente, ferindo os órgãos que estão intimamente ligados com a área da rede que tenha sido atingido. Para fazer isso, o usuário cirurgicamente injeta uma certa quantidade de seu próprio chakra no oponente via sistema de chakra, causando danos aos órgãos adjacentes, devido à sua proximidade com o sistema circulatório de chakra. Mesmo o menor toque pode causar danos internos graves, daí o nome do punho "suave". Fechando o tenketsu, o usuário do punho suave pode controlar o fluxo de chakra, criando uma confusão na rede de chakra do adversário. Esses pontos especiais, 361 no total, são interceptações na rede circulatória do chakra, assim, pode-se, à força,  abri-los ou fechá-los da maneira que o usuário do Punho Suave quiser, assim, é uma poderosa opção tática para ter. O usuário pode aumentar o fluxo de chakra no corpo do oponente, ou interrompê-lo por completo, impedindo-os de usar técnicas, como visto na luta de Neji com Hinata durante os Exames Chunin, e durante seu combate com Kidomaru. Neji Hyuga observou que qualquer substância feita de chakra pode ser destruída por esta técnica. Como visto em sua luta com Kidomaru, é feito por vazamento de chakra a partir das aberturas de chakra nas mãos e moldando-o em uma forma de agulha para cortar através do chakra. No entanto não se sabe se esta técnica pode ser feito por qualquer usuário Punho Suave ou apenas aqueles que podem ver o tenketsu. Como o sistema de circulação do chakra é invisível a olho nu, o Byakugan é necessário para este estilo ser utilizado de forma eficaz. Desde que o Byakugan é exclusivo para o Clã Hyuga, ele se tornou o seu estilo de assinatura de combate. A capacidade de infligir traumas internos é grave, com força externa mínima, combinada com a manipulação da rede de chakra, faz com que o Punho Suave seja o estilo de Taijutsu mais respeitável ??e temível conhecido em Konohagakure. Em contraste com isto, a técnica também pode ser usada para fins complementares, tais como ajudar companheiros no campo de batalha. Isso foi exibido por Hinata durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi, quando ela usou a técnica para corrigir a articulação do ombro deslocado de Naruto.
Técnicas Utilizadas:
--X--
Adendos:

Ninjutsu - 04 Pontos: Personagens especializados em Ninjutsu. São shinobis dedicados capazes de usar o chakra em grandes escalas, compreendendo técnicas alheias observando-as (com alguma dificuldade) e sendo geniosos na busca de soluções de problemas envolvendo a arte.

Taijutsu - 04 Pontos: Personagens especializados em Taijutsu. São shinobis capazes de utilizar o corpo de maneira leve, realizando movimentos impossíveis até mesmo para alguns shinobis, também capazes de realizar inúmeros danos e desenvolver movimentos únicos.

Genjutsu - 01 Pontos: Personagens iniciados nos estudos de Genjutsu. Possuem uma percepção básica, quase nula, sobre como induzir ilusões.

Inteligência - 03 Pontos: Personagens inteligentes. Costumam ser ótimos estrategistas, embora, muitas vezes, também arrogantes (nem sempre). Conseguem predizer os movimentos em uma batalha ainda que com dificuldade (não se deve confundir com prever ações de forma perfeita, apenas deduzir), também conseguindo desenvolver armadilhas e desvendá-las com mais habilidade. Ilusões se tornam mais fáceis de serem desvendadas e usadas. (Armadilhas Usadas e Percebidas: 2 à cada 3 turnos para ambos)

Força - 03 Pontos: Personagens muito fortes. Conseguindo destruir rochas médias usando apenas seus punhos, pois conseguem causar maiores impactos e resistirem mais aos danos alheios. Suas armas viajam com maior precisão e velocidade e eles conseguem carregar mais coisas sem sofrer penalidades. (Precisão/Alcance/Vel. das Armas Lançadas: 16m/16m/s - Danos Adicionais/Danos Reduzidos: +30HP/-20HP - Itens Carregados: 70 Espaços)

Velocidade - 03 Pontos: 14m/s

Stamina - 02 Pontos: 4 turnos

Selos - 02 Pontos: 4 s/s
Qualidades Inatas escreveu:
Grande Controle de Chakra
Descrição: Alguns personagens demonstram uma capacidade inata de gerar o chakra sem gastá-lo exageradamente, eles apresentam isto desde a academia e muitos associam isto a inteligência de uma pessoa, mas não tem, necessariamente, uma ligação.
Bonificações¹: Redução de todos os consumos de Chakra em 25%; arredonda-se em números quebrados para o maior valor.
Nota¹: Sempre que existir o requerimento dessa qualidade, não poderá ser usufruída as bonificações mencionadas acima.

Habilidade em Taijutsu
Descrição: Diversos personagens apresentam desde o começo de suas atividades shinobis uma enorme facilidade em um determinado estilo, estes por sua vez aprendem com mais facilidade e também desenvolvem seus poderes mais rapidamente.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Taijutsu & redução dos custos de taijutsu* que envolvam chakra em vinte pontos.

Inteligência Aguçada
Descrição: Alguns personagens são considerados verdadeiros gênios em seus respectivos campos, mas somente aqueles com cérebros anormais podem ser realmente chamados assim. Eles possuem uma inteligência avantajada perante os outros e por isso conseguem realizar feitos incríveis usando somente a mente.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Inteligência, 1 Ponto em Rastreamento, 1 Ponto em Encobrimento & capacidade de criar ou descobrir uma armadilha a mais que o limite.

Habilidade em Ninjutsu
Descrição: Diversos personagens apresentam desde o começo de suas atividades shinobis uma enorme facilidade em um determinado estilo, estes por sua vez aprendem com mais facilidade e também desenvolvem seus poderes mais rapidamente.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Ninjutsu & redução de dez pontos de chakra em qualquer ninjutsu que utilize chakra puro (exclui-se então elementais).
Considerações.:


-
Indra
Juuichidaime Hokage
Indra
Vilarejo Atual
Ícone : [OnePost-D] Investigações Tumblr10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73475-fp-sarutobi-kaden https://www.narutorpgakatsuki.net/t73468-gestao-sarutobi-kaden

Re: [OnePost-D] Investigações - em 30/6/2020, 18:17


_______________________

[OnePost-D] Investigações Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.