>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Hakurei
Genin
Hakurei
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] Troca de Clã Hakurei 66490_900

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71640-f-yuki-hakurei https://www.narutorpgakatsuki.net/t71872-gf-hakurei

[Filler] Troca de Clã Hakurei - 31/5/2020, 15:54


Iniciando meu caminho
Nova  Ascendência

Fazia dias que eu estava tendo os mesmos sonhos, estava em campo de batalha eu a vi se ferir, eu a vi morrer… Eu tava lá de pé sem poder fazer nada, não tinha forças para proteger quem eu mais amava quem eu mais gostaria de proteger e ela permanecia ali  sangrando, era um campo de batalha, soldados feridos por todos os lados e batalhas intermináveis e ninguém notou ela precisando de ajuda, a unica pessoa que a viu era eu e eu não podia fazer absolutamente nada, nos olhos dela lágrimas, suas mãos pequenas em sua barriga tentando estancar o sangramento. Em meio ao horizonte um homem carregando uma grande lança se aproximou dela, parou ali perto do corpo dela a encarando um pouco e assim ficou por alguns segundos, o homem segurou a lançar com as duas mãos e fez um golpe para perfurar o peito dela e ao ver o impacto do golpe eu despertei… Era assim todas as noites e eu nunca entendi o motivo desses sonhos tão terríveis.
Me encontrar com ela no outro dia era sempre difícil eu olhava para seu rosto sorridente e em meus olhos eu a vi ali completamente derrotada.
O que foi Hakurei? - Ela me perguntou devido a meu olhar de preocupação
Sorrir um pouco tentando disfarçar.
N-nada, só feliz em te ver.
Não entendia o motivo de toda essa dor todas as noites, mas eu só queria que acabassem.

O dia foi se encerrando e mais uma noite chegando, eu sentia um frio na barriga e sabia a razão, eu estava com bastante medo de dormir novamente, eu não queria ter aquele sonho, não aguentaria a ver sofrer novamente, deitei em minha cama e fiquei ali apenas divagando e pensando em algo que nunca sequer tive curiosidade; meus pais, lembro praticamente nada deles, olhei registros e nunca achei nada concreto sobre eles, sempre foi um misterioso, mas tudo tudo eu não ligava muito. Só não entendi a razão de eu esta pensando neles naquele momento, eu sempre senti que eu era diferente, senti que minha natureza nunca foi o gelo, minha técnicas sempre foram muito inferiores ao fracote do Ayako e isso me irritava, e agora fico pensando será que eu não nasci para ser usuário de gelo como pensei? Fechei os olhos por um breve momento e sem perceber dei uma rápida cochilada, me vi em uma casa, as pessoas ali eram bem simples, olhei e vi uma mulher de cabelos negros, utilizando um avental, ela estava cortando verduras para preparar o almoço, de repente um homem de cabelos castanhos apareceu cantarolando para ela, os dois se abraçaram e olharam em minha direção
Ola Hakurei, acordou cedo filho. - Disse a mulher e logo percebi que ela era minha mãe.
Meu pai veio me pegar e me levantou em seus braços, me colocou acima de sua cabeça e sorriu
Você tem os olhos de sua mãe, embora o sorriso seja meu.
Naquele momento eu não entendi bem o que aquilo queria dizer. Minha mãe se aproximou de nós sorrindo e eu vi seus olhos, eram vermelhos, e três tomoes negro ao redor, aquilo que olhos eram aqueles e o que meu pai queria dizer com eu tenho os olhos de minha mãe? Despertei,  não entendi bem o motivo de eu esta pensando nisso logo aquela noite, inclinei minha cabeça para esquerda e olhei para o relógio ainda era 1:00 da manhã e meu corpo começou a cobrar  descanso, mas, eu ainda tinha medo de adormecer e cada vez mais dificuldade em me manter acordado. Sem perceber cai no sono novamente e lá estava eu naquele campo de batalha, novamente eu a vi ser morta e acordei pela manhã assustado e com medo do que eu via naqueles sonhos, lavei o rosto e ao secá-lo com uma toalha  levantei calmamente e olhei no espelho, eu vi meus olhos… eram vermelhos… eram os olhos de minha mãe Uchiha, me assustei e olhei para mim novamente e estava com os mesmos olhos de sempre.
Aquilo me assustou mas resolvi apenas ignorar por enquanto, e fui seguir minha vida normalmente, porém não parava de pensar nisso, aqueles olhos… são os olhos da minha mãe… esta que havia acabado de conhecer em um sonho, resolvi pedir a ajuda a alguém que gostava muito e a pessoa que mais me deixou preocupado nos sonhos, Angell, ela é a Hokage e teria acesso ilimitado a certos arquivos da vila e quem sabe pudesse saber mais de mim, e decidir ir atrás dela a gente estava construindo algo a um tempo e mais esses sonhos com ela todas as noites… Acho que ela tinha as respostas que eu precisava, cheguei ao gabinete e por sorte estava com poucas pessoas para serem atendidas, me sentei e um dos assistentes que eu havia visto a alguns dias se aproximou
Você é o novo amigo da Angell certo?
Olhei para ele meio nervoso, tentei não demonstrar meu nervosismo
S-sim… Sou Hakurei, a gente está junto em um time.
Light sorriu para ele e disse
Você é um bom amigo para ela, toda vez que você a acompanha para aqui ou de volta para casa eu vejo um sorriso no rosto dela gigante, um sorriso eu não via desde o dia que o pai dela ainda estava por aqui.
Abri um grande sorri para ele
Obrigado.
Aquele homem por algum motivo gostou de mim, ele se afastou voltou para sua mesa, e um por um por ordem de chegada ele foi deixando entrar para ser atendidos pela Hokage, alguns casos pequenos o próprio Light tinha autonomia para responder e resolver. Existia uma planta perto da entrada diferente, e como estava entediado fiquei ali um tempo a olhando  e os minutos iam passando, com um gesto simples com os pés eu acabei me distraindo completamente até que me assustei quando Light me chamou
Hakurei… Angell o está aguardando
Fiz um gesto em agradecimento e subir as escadas, chegando a sala notei algo engraçado, Angell organizou as cadeiras semelhante quando conversamos a primeira vez ali naquela sala, provavelmente ela gostaria de ficar um pouco próxima de mim, ou talvez eu ficar sentado e ela ter a mesa nos dividindo a incomodava por uma questão de classe. Abrir a porta e ela se virou e logo notei suas bochechas ficando levemente vermelhas, e ela de pé com as duas mãos juntas próxima a barriga, percebi que ela estava um pouco nervosa e eu também estava, sempre ficava quando está perto dela.
Oi Angell - Disse tentando disfarçar meu nervosismo
Ela sorriu virando um pouco a cabeça pro lado
Oi Hakurei é sempre bom te ver.
Caminhei até a sala dela e me aproximei e sem que nós dois podemos perceber a gente estava se abraçando, ao se afastar era notável o nervosismo que a gente sentia, ficamos assim parados um momento sem dizer nada só nos olhando nos olhos e tentando ver se saia algo, ela sorriu e disse
Não gostaria de se sentar?
Fiz apenas um gesto com a cabeça de positivo e me sentei e ela me acompanhou, ao me sentar ficamos mais uma vez os dois mudos, era notável que a gente não sabia bem como reagir um diante do outro. Após alguns segundos ela soltou uma frase tentando puxar assunto
Então a que devo sua agradável visita?    
Dei uma leve coçada na cabeça e sorri
Preciso dum favor seu…
Um favor? - Ela perguntou em dúvida
Sim, eu nunca conheci meus pais, mas recentemente ando tendo alguns sonhos esquisitos… - Dei uma pequena pausa. - Mas um deles foi com duas pessoas que acredito serem meus pais, neste sonho eu percebi que minha mãe não é Yuki, e ao ver os olhos dela eram dois olhos vermelhos.
Angell ficou em silêncio ouvindo
São os olhos de meu pai… Ele é descendente deste clã e outro.
Ouvindo o que ela tinha para falar pensei
Então… eu nunca achei que eu fosse um Yuki, e desde que tive esse sonho eu não consigo mais utilizar de Hyouton… - Pausei novamente para suspirar. - Hoje pela manhã  quando me arrumava para trabalhar… - Segurei a mão direita de Angell e olhei nos olhos dela. - Eu achei ter visto esse mesmo olho vermelho em mim, e desde isso eu percebi… eu não consigo mais utiliza do gelo.
Angell colocou sua mão esquerda sobre a minha e falou
O você precisa?
Olhei para a mão dela sobre a minha e olhei fundo nos olhos dela
Preciso saber… Preciso saber eu sou mesmo um Yuki?
Ela se levantou, me segurou pela mão e me levou até o andar de baixo onde estava Light
Light, por favor procure tudo sobre Hakurei e os pais dele, qualquer coisa pode ser útil - Angell disse a ele
Fiquei apenas olhando e aguardando, enquanto isso Light folheava arquivos e mais arquivos, ele não achou absolutamente nada.
Bem, a alguns registros em gestões passadas que não estão aqui, me aguarde em sua sala que vou providenciar.
Angell sorriu e levou Hakurei para cima, por sorte estava vazio o gabinete e o dia ja estava fechado e os dois poderiam ficar mais tranquilos, ao chegar perto da entrada da sala ela comentou.
Já conheceu o teto?
Eu ainda confuso a respondi
Não…
Ela novamente puxou me levando para uma outra escada e subindo lá eu vi um local maravilhoso, acima do gabinete dela existia um local lindo que tinha uma visão para quase toda a vila
Nossa… que lugar incrível!
Angell sorria junto a dele e disse
Adorava vim aqui com meu pai.
Segurei a mão dela e me aproximei um pouco mais até que nossos corpos se encontrou um pouco e coloquei meu braço segurando o ombro dela para a deixar mais perto de mim e ficamos assim um tempo, coladinhos e só admirando a vila. Passou-se um tempo e fomos interrompidos
Eeergh… Angell,  encontrei o que você gostaria
Nós soltamos e Angell foi olhar os arquivos, ao lê os arquivos ela fez uma expressão de espanto e mostrou algo para mim
Seu nome…
Eu me assustei
Qual o problema?
Seu nome está registrado como Uchiha Hakurei
Na hora me assustei e peguei o arquivo das mãos dela e comecei a ver, meu nome registrado foi o nome da minha mãe… Sobre o pai não tinha nenhum registro, talvez o sonho que eu tiver não foi uma lembrança e sim só um sonho mesmo
Eu sou um Uchiha… isso explica tudo agora.
Angell se aproximou de mim e me abraçou, eu comecei a chorar por finalmente entender minha natureza
Obrigado por isso, mas preciso ir agora
Está tudo bem? - Ela me perguntou em preocupação
Light parou olhou pra nós dois e se retirou
Éééé, tenho umas coisas para resolver lá embaixo - Disse ele tentando disfarçar
Está sim, pela primeira vez eu sei o que estava de errado comigo, só preciso de um tempo e logo as coisas voltam ao normal.
Agradeci ela mais uma vez, limpei meu rosto e decidir partir do gabinete e ir para minha casa.

As coisas estavam bem esquisitas, fiz algo para comer, tomei um banho e resolvi ir para cama para encerrar aquele dia, ao encostar a cabeça os medos dos sonhos voltaram com tudo, mas dessa vez eu estava mais seguro, eu sabia quem eu era, eu sabia de minha origem eu nunca fui Yuki Hakurei, eu sou Uchiha Hakurei. Sem perceber eu adormeci e lá estava eu naquele campo de batalha novamente, o rosto da pessoa ficou mais claro, Angell estava no campo de batalha e com um poder gigante derrotou todos, mas os inimigos não acabavam, porém agora algo estava diferente naquele sonho em meus olhos o Sharingan brilhava eu consegui prever o que aconteceria, em um dado momento Angell não conseguiria se defender e um desgraçado a atacava e feria ela, eu vi isso, eu sabia que aconteceria e conseguir me antecipar, quando ele apareceu, eu saltei sobre ele acertando um golpe com uma kunai em sua garganta o rasgando inteiro, Angell se virou para mim
Hakurei?
Olhei para ela e ela viu em meus olhos o olho, o Sharingan desperto
Está segura agora!
Assim nos demos as costas e juntos fomos derrotando cada um dos inimigos, não existia nada que passava diante de meus olhos. Despertei pela manhã e dessa vez o Sharingan brilhava em meus olhos, eu sou Uchiha Hakurei, esse é quem eu sou e sempre serei, esses olhos irá proteger ela e Konoha.


Chakra: 675/675 ▵ HP: 275/275 ▵ ST: 00/04 ▵

Considerações:
>
Jutsus Usados:

-
Bolsa de Armas:

10 Kunais -
05 Shuriken -
06 Senbons -
10m Fios de Aço -



_______________________

[Filler] Troca de Clã Hakurei Tenor
-
Takane
Jōnin
Takane
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] Troca de Clã Hakurei 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

Re: [Filler] Troca de Clã Hakurei - 31/5/2020, 16:06

@

_______________________

[Filler] Troca de Clã Hakurei Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.