>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Yota
Genin
Yota
Vilarejo Atual
Ícone : [ Fillers ] YOTA  1af90fb2c10432540ab3876f9763e50ffed696ee_128

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71841-fp-y-o-t-a https://www.narutorpgakatsuki.net/t71943-gf-yota#548370

[ Fillers ] YOTA - 14/5/2020, 01:02


CHUVA DE ORIGAMIS


Enquanto descia correndo da torre do Kazekage, estava bem animado. Tinha acabado de finalizar uma de suas missões, então estava livre para o resto do dia. Normalmente usaria aquele tempo para ficar com seus amigos que deveriam estar também acabando as suas missões diárias, mas havia outra coisa em mente. As suas missões eram bem lentas e podiam ser até mesmo interessante, pois gostava de ajudar as pessoas da vila, mas para que pudesse sair da vila para entregar as cartas de sua mãe e também se tornar um ninja melhor precisava se tornar mais forte, e treinar era grande parte disso.  Yota foi direto para casa para avisar que passaria o resto dia na área de treinamento para seus avos. E para lá saiu correndo com o objetivo em mente de treinar.

Tente não chegar muito tarde. ” A avó falava nas suas costas antes de ele fechar a porta. Ela falava aquilo com bastante freqüência então não era algo que ele tinha que responder sempre.

Yota carregava com si uma grande quantidade de papeis e também o livro que sua mãe havia deixado para ele, e andava para a área de treinamento com um sorriso nos lábios. Ainda não tinha contado para ninguém de sua habilidade mesmo que estivesse extremamente ansioso para fazer isso, pois queria mostrar algo bem feito e polido e não algo que parecesse ser feito de qualquer jeito. Precisava treinar profundamente a técnica para que tivesse algo legal para mostrar para todo mundo e era isso que estava se preparando para fazer.  

O local não estava vazio, mas foi fácil arranjar um espaço sozinho para organizar as suas coisas. Perto de uma arvore colocou a pilha de papeis e também o livro do lado. Não queria sentar para não acabar se sucumbindo a preguiça então começou já se preparando para iniciar. Concentrou-se na pilha de folhas à sua frente e tentou aos poucos a fazer o seu clone de papel que havia aprendido no livro. A forma que pensava em praticar a sua técnica envolvia o maior controle do seu chakra enquanto fazia alterações no clone à sua frente.  

A energia elétrica fluiu com mais rapidez agora que já sabia exatamente a quantidade de chakra que era necessário para passar para o clone e quando ele se fez em sua frente, soltou um riso de orgulho de si mesmo por ter entendido um pouco mais da técnica.  Respirou fundo tentando se manter controlado mesmo estando sobre controle daquela situação, mas imaginava que os próximos passos usariam mais do que estaria acostumado de usar.

Pegue um daqueles papéis ali. ” Pediu em voz alta para o clone que só o obedeceu pegando um papel que não havia se transformado nele.

Sabia que poderia usar o próprio papel que havia transformado ele para criar mais coisas, mas queria ser um pouco organizado no processo daquilo. Uma coisa que ninguém sabia sobre Yota era o quão meticuloso ele poderia ser em sua forma de treinamento. Mesmo sendo alguém hiperativo e bem sociável, o genin sempre foi bastante inteligente e regrado quando tentava aprender sobre alguma coisa. Mantinha-se concentrado a quantidade de tempo o suficiente para que pudesse aprender o que queria. Ele agir de forma desengonçada em momentos de descontração distraia as pessoas da inteligência do mesmo e ele achava engraçado aquilo.

Yota se concentrou e focou em transformar o papel na mão do outro em uma kunai. O Chakra saia de si e ia direto para o papel dessa vez já sabendo o caminho graças os exercícios que já havia feito da técnica. Logo depois mudou o objeto para uma shuriken dessa vez se esforçando um pouco mais na criação do objeto em sua mente já que nunca havia criado uma. Demorou para a arma se formar, porém em alguns segundos o clone segurava a arma entre os dedos.

Isso! ” Comemorou sorrindo para si mesmo, mas sabia que só estava no começo e dessa vez pensou em fazer algo mais difícil. “E se eu mudar um pouco da minha aparência...” Pensou em voz alta voltando à atenção ao clone que só o encarava como se esperasse algum tipo de ordem.

Pensou no que poderia fazer para mudar a sua aparência e começou deixando o seu cabelo lentamente crescer caindo sobre os ombros do clone. O processo era claro para ele naquele momento: As folhas se mexiam fazendo a forma do cabelo e depois mudavam de cor se camuflando nas madeixas do clone. Encarou a si mesmo com cabelo grande e colocou a mão em seu próprio cabelo. Até que eu ficaria bonito... Pensou, mas riu de si mesmo pela banalidade do seu pensamento. Podia sentir o seu chakra começar a pesar um pouco mais por estar segurando o clone por um tempo maior e ainda estar fazendo modificações nele, mas sabia que poderia aguentar bem mais, além de que precisava fazer alguns testes.

Cara, o que vou fazer não é pessoal, ok? Só quero testar um negócio... ” Começou a falar puxando uma de suas próprias kunais. Sabia que clones normais viravam fumaça quando eram machucados, mas não sabia o que acontecia com clones de papel e só tinha um jeito de descobrir. Quando segurou a kunai e olhou para o clone percebeu o quão estranho era a idéia de querer esfaquear a si mesmo. Talvez alguém que passasse pudesse achar até meio estranho ou algum tipo de terapia alternativa, então achou melhor fazer uns ajustes nele.

Voltou a focar o seu chakra no clone, agora além de ajustar o cabelo dele que mesmo Yota amando ver ele mesmo de cabelo longo estava desperdiçando papel que poderia servir melhor para outras partes de seu corpo, pensou em um rosto feliz típico de um boneco de treino invés de suas próprias feições para que ninguém achasse estranho. E também mudou a roupa, que ao invés de imitar a que estava usando no momento, poderia usar o uniforme chunnin que já havia visto muitas vezes na sua vida e então estava na ponta de sua memória.

Agora sim... ” Falou, sorrindo para si mesmo segurando a Kunai.  Fingiu uma cautela enquanto se aproximava do clone e em um pulo encostou a faca no braço do clone que a parte machucada se desfez em papel. Yota pode sentir que a força que estava fazendo para manter o clone vivo era bem mais forte que o usual agora que parecia estar se esforçando também para ele se curar de seu próprio ataque. Respirou fundo e reconstruiu o braço que havia se desfeito em papel. “Ah... Você se desfaz, huh. ” Confirmou com a cabeça. “Será que desviar, você consegue também? ” Com a Kunai em punho novamente teve uma idéia.  Já que Yota sabia onde iria atacar no clone, e se ele mandasse que abrisse uma cratera fazendo com que o ninja não o atingisse. E assim aconteceu.

Yota usou da sua força para atacar o outro no peito e um buraco com as bordas feitas de papel se fez fazendo com que ele passasse por dentro do clone. Porém fazer aquilo também fez com que exigisse um pouco mais do seu chakra para reconstruir e já que Yota estava usando também de força para atacar com força o clone, o ninja se sentia um pouco mais cansado.

Sentou-se no chão e mesmo que estivesse começando a cansar se manteve acordado perto da arvore. Fez com que seu clone se aproximasse de si e ficou praticando fazer pequenas mudanças nele estendendo e mudando o uso de seu chakra que usava para manter ele ali em pé por um tempo. E foi quando sentiu que não conseguia manter ele por inteiro, e por inteiro incluía o braço que em uma das mudanças ele tirou e já estava difícil de recolocar, ele decidiu deixar o treinamento por fim. Se não tivesse com o livro de sua mãe ali poderia até mesmo deitar ali e dormir, pois mesmo o clima estando abafado e quente, já estava acostumado estando do lado de fora o dia inteiro, mas não queria ter a chance de perder ele.

Levantou-se lentamente e foi direto para a sua casa, satisfeito com o treinamento, pronto para voltar a fazer isso outro dia.

Considerações:
Contagem: 1373
Recompensa: 100 Status.
PAPER WEIGHS LESS THAN FEATHER

0/2 STA  | 200HP | 200CH
@--


-
Takane
Jōnin
Takane
Vilarejo Atual
Ícone : [ Fillers ] YOTA  9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

Re: [ Fillers ] YOTA - 14/5/2020, 08:29

@

_______________________

[ Fillers ] YOTA  Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
-
Yota
Genin
Yota
Vilarejo Atual
Ícone : [ Fillers ] YOTA  1af90fb2c10432540ab3876f9763e50ffed696ee_128

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71841-fp-y-o-t-a https://www.narutorpgakatsuki.net/t71943-gf-yota#548370

Re: [ Fillers ] YOTA - 24/5/2020, 22:44


Talvez Cupido?



Yota não falaria para ninguém, mas a missão da entrega havia mexido bastante com ele. Tinha colocado em sua cabeça que teria que queria entregar as cartas de sua mãe, mas não havia pensado exatamente nos passos para fazer aquilo e ter passado por aquele trabalho ainda dentro de sua vila o fez hesitar por alguns segundos pensando no perigo que seria fora da proteção de sua vila. Mesmo que aqueles mercenários fossem bater nele ou fosse sofrer mordidas dos cachorros, ainda estava sobre a proteção de Suna então nada muito grande poderia acontecer ali, mas a idéia de que fora daqueles pedregulhos que circulavam a vila ele estaria sozinho, só fez com que ele focasse ainda mais no seu treinamento.

Naquele dia não teria missões, então decidiu passar o dia todo em treinamento. Depois de ter feito aquele jutsu de transformar o seu próprio corpo em papeis não via mais a necessidade de carregar grandes quantidades consigo, e era essa mesma coisa que ele iria treinar. Sentia que não tinha o conhecimento completo de suas habilidades e precisava de imediato treiná-las para que no momento certo não acabasse em alguma enrascada.

Ficaria em uma área um pouco mais vazia para que pudesse espalhar a maior quantidade de papel que pudesse sem atrapalhar o treinamento de ninguém e foi fácil de achar.  

Começou apenas jogando uma grande quantidade de papel de seus braços e aos poucos foi se transformando nelas e se movimentava de um canto para o outro, de cima para baixo, e até aparecendo apenas partes do seu corpo. Aquela técnica era um pouco complexa e tinha bastante medo de se perder muito nela. Sabia que em momentos de adrenalina faria ela corretamente, mas não podia contar sempre com aquilo. Precisava conseguir controlá-la com facilidade em todos os momentos. O tempo foi passando e ele aos poucos entendia mais o jutsu e o controle de chakra necessário para manter ele camuflado junto aos papéis. Quando percebeu que já estava noite o suficiente e também sentia que seu corpo não agüentava tanto a grande quantidade chakra que estava lançando decidiu ir para casa e voltar no dia seguinte logo pela manhã. Sabia que se ele explicasse para seus avôs eles não falariam nada disso.

Fez como queria, acordando cedo no dia seguinte e voltando para o mesmo lugar para voltar a treinar. Dessa vez decidiu que iria aprender mais sobre seu clone e de outras criações que poderia fazer com ele. Começou o fazendo segurar espadas e kunais todas feitas de papel. Também tentava mudar a aparência dele usando o papel, porém foi um pouco mais complexo do que pensou que seria então partiu para coisas também difíceis, porém práticas de aprender. Fez alguns animais pequenos como borboletas e insetos e aumentava para papagaios e cachorros. Tentava ao máximo deixar a criatura de papel o mais real possível manipulando com o seu chakra que corria em suas veias como uma rede elétrica.

Ficou a noite inteira se concentrando ao máximo parando apenas quando sentia que poderia estar gastando bastante de seu chakra de uma só vez. Parava e descansava sentado encostado em um arvore, mas logo depois voltava fortemente para o treinamento.

Quando a noite chegava, ele mesmo enxergando alguns progressos no seu controle da técnica sentia que talvez já estivesse na hora de ir para casa, poderia voltar mais tarde no dia seguinte já que pensava que também não fosse ter nenhuma missão. Porém escutou um sussurro de alguém escondida por entre as arvores. Era uma voz feminina que ele conhecia, então levantou a sobrancelha.

"Você! Garoto do papel venha cá." A voz agora estava um pouco mais alta, porém se diminuiu ao final da frase. O garoto encarou por entre as arvores e reparou quem era.

A riquinha que tinha entregado a carta fazia um tempo se escondia provavelmente daqueles guardas que parecia fiscalizar a casa dela. Não sabia se eles também ficavam indo atrás dela, mas com certeza sabia que ela não deveria estar onde estava ali. Porém Yota não se importava realmente naquele momento. Ela não parecia tão desconfiada, parecia ter certeza que tinha fugido muito bem ou que estava se escondendo de uma forma boa, por isso sinalizou que Yota fosse até ela.

Yota a obedeceu andando lentamente para a sua direção.

Primeiro, eu quero te falar que eu não vi absolutamente nada. Eu não estava focado nas suas roupas intimas de jeito nenhum, porque...” Yota começou a se explicar, mas a garota apenas mandou ele ficar quieto produzindo um chiado com os lábios.

Esta tudo bem... Eu vim te agradecer por ter entregado a carta.”  Não esperava que a conversa seguiria aquele caminho. Havia sido só uma missão e já tinha recebido o que tinha sido lhe prometido por ter feito ela, então não esperava um momento como aquele, porém apenas fez uma reverencia como se tivesse aceitando o agradecimento. “É muito complicada a minha conexão com a pessoa que me escreveu ela... E qualquer pessoa que deixe isso tudo bem mais fácil receberá para sempre minha gratidão.” Ela falou e tentou esconder o quanto a situação a deixava constrangida. Yota começou levemente entender o que estava acontecendo.

Mesmo que aquela missão havia sido apenas uma missão para ele. Para a menina era uma forma de se conectar com quem amava nas condições com que ela se encontrava. Isso fez com que lembrar-se de sua mãe. Yota não sabia como seria a sua vida caso não tivesse tido aquele contato com a sua mãe por meio de cartas. Não acreditava que o sentimento que os outros dois jovens sentiam era igual o de você e sua mãe, mas ainda sim, era amor. E sabia que para pessoas que estão distante emocionalmente, psicologicamente e fisicamente, uma mensagem por meio de cartas era o máximo que tinha. A idéia de entregar aquilo para outras pessoas e não apenas para os amigos de sua mãe floresceu rápido na mente de Yota. Talvez fosse isso que aquela missão tinha simbolizado para ele.

A menina apenas abaixou a cabeça como se tivesse agradecendo novamente pela carta. “Espero que não tenha enfrentado muitos problemas por minha causa...” Disse, e Yota só balançou a mão como se dissesse que não havia sido problema, apenas era seu trabalho. A menina se afastou e sumiu por entre as arvores, Yota imaginava que fosse encontrar com o homem ou iria de volta para casa, mas o mais importante era que ele tinha ajudado duas pessoas a se conectarem. E aquilo já era o suficiente. E esperava poder fazer isso cada vez mais vezes.




Considerações:
Contagem: 1100 palavras
Recompensa: 100 Status
Jutsus Usados:

PAPER WEIGHS LESS THAN FEATHERS

0/2 STA  | 200HP | 300CH
@xxx


-
Kiyomi
Genin
Kiyomi
Vilarejo Atual
Ícone : [ Fillers ] YOTA  Tumblr_pm29h67YIi1ugye8so2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71617-ficha-de-personagem-kiyomi-uzumaki#545007 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69968-gestao-de-ficha-kiyomi-uzumaki#526663

Re: [ Fillers ] YOTA - 24/5/2020, 23:34

Aprovado.
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [ Fillers ] YOTA -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.