>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[filler timeskip] Your Pain - 26/4/2020, 00:36


HP:1300CK:1815ST: 00/08


(2 anos atrás)

Uma missão de rank S surgiu em minha mesa, me infiltrar em um grupo criminoso e destruir ele, desde a base até o topo, terminando completamente com as fileiras deles, uma missão que eu não achava difícil, mas muita gente com certeza ficaria com um pé atrás, pois bem, não tinha muito tempo a perder, então parti o quanto antes e iniciei minha busca por aquisição de informações úteis, principalmente aquelas que me levariam aos culpados, depois eu poderia caçar os peixes pequenos.

( Algumas Meses depois...)

Havia encontrado o covil deles e também alguns criminosos que se diziam os mandantes, porém sabia claramente que eles não eram nem de perto os cabeças da organização, com isso o meu dever ali era exterminar e roubar alguma outra informação e era isso que estava fazendo naquele exato momento que a minha espada atravessava facilmente a caixa torácica do meu inimigo.

- Por que está chorando e implorando pela própria vida? Por que ousa ser tão fraco enquanto eu apunhalo seu coração com essa lâmina? Você cometeu atrocidades, está doendo? Por que não pensou nisso antes de matar aquelas crianças e destruir a vida daquelas pessoas? - questionei enquanto minha lâmina atravessava o peito de um criminoso levantado como alvo de uma das minhas missões, no entanto ele era apenas um peso pena, eu queria era os caras que estavam no topo da pirâmide, para isso havia me tornado um ANBU da raiz, peixes pequenos não me divertiam, eram covardes demais.

- V...Você fez o que com ele seu bastardo de Konoha?! - um homem gritou às minhas costas, parecia ser mais corajoso que o anterior, era incrível como aquelas situações adversas sempre me mostravam os melhores alvos, depois que algumas partes do corpo dele fossem arrancadas com certeza ele daria com a língua nos dentes, ou melhor, talvez nem fosse preciso arrancar nada dele - Onde fica o esconderijo dos seus chefes? Eu sei que vocês não são os mandantes de tudo, mesmo que assumam a autoria, apenas estão atrasando o inevitável, se você colaborar eu posso muito bem poupar a sua vida, o que acha? - ele pareceu hesitante mas logo avançou contra mim, suspirei irritado, como criminosos conseguiam ser tão irritantes e acéfalos?

- Você que quis assim. - o chakra elemental iluminou minha espada, aumentando ainda mais o potencial cortante da mesma e apenas tirei o corpo para o lado, posicionando o fio dela contra o ombro do adversário que fora cortado como se fosse pastoso, sem muito atrito a lâmina decepou o membro do homem, causando uma dor infernal no mesmo e fazendo com que ele caísse sobre o solo agonizando - Veja essa máscara. Acha mesmo que eu tenho alguma pena de lixo como vocês? Eu me propus a negociar, você não quis...- comentei enquanto apontava para a máscara anbu que eu trajava em meu uniforme da raíz.

- Fale agora, ou eu vou terminar o serviço e não vai ser nem um pouco confortável para você, dou exatamente cinco segundos. Começando exatamente agora. - a voz transpareceu certo prazer em punir aquele homem, ele tremia e seu corpo já começava a demonstrar um pouco da falta de sangue ele não tinha muito tempo e também não tinha conhecimento da própria situação - Tá, tá eu lhe digo onde eles estão. - ele bradou desesperadamente enquanto se arrastava até uma parede, ficando sentado de costas para a mesma - Eles estão à dois dias de caminhada daqui, em um morro nevado entre os dois verdes! - comentou, apontando com a mão para o lugar onde dizia estar os homens, bom, eu não tinha porque duvidar dele, não naquele momento.

- Seus superiores não vieram ao seu auxílio, viu como eles são? Você é somente um peão, com isso em mente descanse em paz, até mais. - respondi, deixando que o remorso por seguir os piores líderes possíveis assumisse o controle de seus pensamentos nos últimos minutos da sua insignificante vida, eu poderia afirmar essencialmente que ele iria enlouquecer poucos segundos antes do último batimento de seu coração - Bom, agora eu tenho alguns tubarões para perseguir, vamos ver do que eles são feitos, acho que posso me divertir.

(...)

Dois dias de caminhadas se passaram, seguindo pistas nas florestas, os rastros deles só se fortaleciam e confirmavam a informação que eu tinha, nenhuma armadilha aparente, nem mesmo um alarme em todo o caminho, bom, fazer o que, aquela organização era mais complicada do que o normal. Eles eram burros e pareciam amadores, eu não conseguia entender aquilo, por que haviam me mandado dar um jeito neles? Assim que saí do terreno plano, tomei um caminho alternativo na montanha subindo pela área mais ''acidentada'', não demorando mais do que trinta minutos para chegar até a entrada da base dos homens, a partir daquele momento era o que ninguém mais sairia. Respirei fundo e adentrei a uma caverna cavada forçosamente na montanha, os passos silenciosos ganhavam distância fazendo com que me embrenhasse ainda mais nas profundezas da construção, ouvindo vozes ecoarem ao fundo, mas não o suficiente para ouvi-las com clareza.

Mais a frente as vozes começavam a se tornar mais intensas, audíveis a ponto de me ajudar a descobrir o que eles falavam - Vamos preparar a viagem do chefe agora, a nossa base dos batedores foram derrubadas, falaram que ninjas de Konoha estão vindo até aqui para acabar conosco! - um homem comentou adiante, trazendo à tona o que eu imaginava, eles tinham outros observadores nos locais, porém eles não haviam conseguido calcular o número de inimigos e isso era bom para mim, alguns ninjas já deviam ter ido da frente, só faltava o chefe dar as caras.

Recostei-me um pouco próximo deles, uma carroça estava pronta com algumas malas, com certeza era o deslocamento do líder, a sombra me ocultava o suficiente para continuar observando passos tomaram conta ao fundo e um homem vestido de um quimono roxo apareceu logo a frente, o corte de cabelo longo e o rosto cheio de cicatrizes batiam com as informações dadas no dia que a missão fora entregue, ele era meu alvo. O meu coração se acelerou de emoção, sentia a atmosfera ao meu redor se intensificar era a hora de agir, infundi meu chakra raiton por todo o corpo, ativando meu Raigeki no yoroi e com a espada sacada parti em meu avanço definitivo, vida ou morte, sucesso ou fracasso.

- Um intruso! - um dos ninjas gritou, o fato deles não possuírem um sensor antes me deu um alívio, kunais e shurikens voaram em minha direção, saltei para a parede lateral e empurrei os pés com força contra ela, voando diretamente contra o primeiro alvo, um homem loiro e jovem que fora o que gritou anteriormente, era a hora dele falecer - Adeus. - a voz grave por conta da máscara ecoou antes de minha espada o golpe foi direto contra a garganta dele, pintando de rubro tanto meu uniforme quanto todos os outros que estavam à sua volta. Os olhos percorreram rapidamente todos os inimigos, deixando que a sede de sangue em matar todos aqueles cara da maneira mais brutal extrapolasse os limites do meu corpo, atingindo os mais inexperientes de maneira arrebatadora, fazendo que dois dos ninjas travassem com a iminência da morte batendo às suas portas.

- Kuroi-san, você irritou Konoha, visto que estou aqui especialmente por você. - comentei com um tom recheado de escárnio, ao mesmo tempo os dois guardas restantes avançaram contra mim, espada e kunai em punhos, girei kusanagi ao redor do corpo, embebida em raiton golpeando as armas deles e cortando-as com certa facilidade. Girei o corpo enquanto conectava um chute no ar mirando os rostos deles, acertando um e vendo o outro desviar e devolver o chute contra o meu corpo, fazendo com que me desequilibrasse e precisasse levar a mão contra o solo, girando o corpo sobre ela para retomar o equilíbrio - Opa, temos um corajoso aqui. - empurrei o solo com o braço e pulei, parando em pé novamente à sua frente.



O líder do bando ensaiava uma fuga iniciando uma corrida em direção ao lado exterior da caverna, uma pena que meu kanashibari estava em dia e seu corpo fora paralisado com certa facilidade - Bom, acho que agora acabou a brincadeira, não tenho mais tempo a perder. Canalizei meu chidori eiso sobre a lâmina da kusanagi, e golpeei de maneira circular o mais rápido que pude, pegando ambos de surpresa e ao mesmo tempo mirando suas cabeças - Fim. - o som de carne sendo rompida tomou conta da caverna e os dois corpos caíram sobre o solo gélido - E vocês que ainda estão vivos, Hyo esteve aqui, quando forem cometer crimes novamente lembrem-se, eu conheço seus rostos. - falei para eles e parti em alta velocidade era a hora de voltar para Konoha, mais missões viriam ao meu encontro quando menos esperava.

( Nos últimos meses)

Outra missão surgiu, mas daquela vez era para que eu eliminasse mais um alvo, porém não era convencional, não se trava de um nukenin, ou uma organização criminosa e sim um civil que comandava o tráfico de pessoas, um homem rico que comprava e escravizava todas elas que eram de países menores pouco protegidos por leis ou uma força militar forte o suficiente para manter a lei, o homem viria ao país do fogo em uma visita a um amigo dele, essa era minha oportunidade., bom, haveria certa facilidade, alguns dos homens ricos tinham pelotões de nukenins. As semanas se passaram em um piscar de olhos, e finalmente havia reunido informações o suficiente das rotas dele, era a hora de agir e aniquila-los, sem piedade.

A minha partida naquele dia fora rápida, tinha um local programado para a interceptação então fui diretamente até lá para colocar um ponto final no sofrimento daquelas pessoas. O dia de viagem não foi longo, muito menos perigoso, fora uma rota especialmente escolhida para chegar o quanto antes no local de assassinato, e assim se sucedeu, meus pés estavam mais leves do que o normal e minha mente estava tranquila, meu modo de justiça era simples, aqueles que cometiam crimes recebiam a pena de morte, aqueles que não cometiam continuavam vivos aproveitando suas vidas.

(...)

A chegada não demorou e o tempo calculado por mim havia batido perfeitamente com o esperado, uma diligência com cerca de 10 nukenins, e o líder bem ao meio deles. O único problema? Um sensor havia me notado, o que tinha levado a uma batalha desnecessária que se arrastou por alguns minutos, alguns cortes surgiam em meu corpo, algumas cabeças rolaram com golpes certeiros em suas gargantas, a agressividade se estendia, e tudo aquilo era nada mais nada menos do que uma forma mais chata de lutar, por que eles não aceitavam simplesmente suas mortes?

''Malditos imbecis, vou terminar logo com isso. ''

Naquele momento acelerei meu corpo com raigeki mais uma vez, eliminando os alvos restantes e parti em alta velocidade contra a caravana, avançando diretamente contra o cara que era o culpado do crime. Uma troca de olhares foi o suficiente para notar que ele sabia que era o seu fim, minha espada partiu a carroça em duas e junto da estrutura de madeira o corpo do homem que olhava de sua janela os últimos instantes de sua vida.

(...)

Após o estrago feito retornei para a vila, era a hora de descansar e continuar meus serviços, a guarda da líder de Konohagakure, após a morte de Shion havia se tornado uma prioridade, por tal motivos eliminar inimigos em potencial era a melhor alternativa. Eu poderia continuar assim eternamente, a partir daquele momento iniciei minha rotina de treinos. Os últimos meses seriam assim, eu precisava manter minha capacidade física e mental ao máximo, não aceitaria pontas soltas ou fraquezas visíveis, meu pai e irmão estavam mortos, como o último membro daquela família deveria honrar a lembrança de meu pai, mostrar a minha habilidade como assassino.

''Ninguém pode ser melhor que eu para esta função, hoje eu me torno morte, a destruidora de mundos. Hoje eu inicio a purificação do mundo, me tornarei o ás da justiça, me tornarei o imortal de Konoham o tigre destruidor.''
Jutsus Usados:

Chidori Eisō
Rank: A
Requerimentos: Perícia Elemental.
Descrição

Raigeki no Yoroi
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Usando Liberação de Relâmpago, o usuário se envolve com eletricidade na forma de armadura. O campo elétrico intenso aumenta a velocidade do usuário e os protege, eletrocutando qualquer pessoa que tenha contato com ele. A armadura parece muito forte, pois é capaz de resistir ao Suiken de Rock Lee.

Kanashibari no Jutsu
Rank: D
Requerimentos: —
Descrição: Usar esta técnica faz com que um alvo ou alvos sejam imobilizados fisicamente, como se tivessem sido amarrados com cordas de aço invisíveis. Por ser uma técnica relativamente simples, até o genin deve ser capaz de realizá-lo. No entanto, a força da ligação varia significativamente de um nível de habilidade para o próximo, então um mero genin não poderia esperar conter os mesmos alvos que um Anbu poderia, por exemplo. A Técnica de Paralisia Temporária é uma maneira útil de impedir um oponente de atacar ou, alternativamente, tornar um oponente mais fácil de atacar.



Equipamentos:
Kusanagi
Rank:  S.
Descrição: Espada de Kusanagi é como Sasuke Uchiha chama sua chokutō. Ela possui uma bainha preta e punho combinando (ambos são azul no anime), e tem um tamanho maior do que um chokutō normal. Apesar disso, não tem nenhuma das especialidades naturais como a Espada de Kusanagi de Orochimaru exerce, tais como a extensão da lâmina e a capacidade de cortar através de quase tudo, ambos os quais são naturais atributos da Kusanagi, mas tem sido repetidamente demonstrado ser muito durável.

Para compensar por isso, Sasuke pode canalizar o Relâmpago na lâmina com fluxo de chakra, o que aumentará a sua agudeza enormemente através de alta freqüência de vibrações, bem como aumentar a sua gama de corte. Bem como o alvo que tenha sido perfurado por esta lâmina com relâmpago canalizado. Durante a Quarta Guerra Mundial Ninja, um reencarnado Itachi Uchiha, cooperando com seu irmão, exercia temporariamente a lâmina para se envolver Kabuto Yakushi. Mais tarde Sasuke acabou sendo mortalmente ferido no coração com esta lâmina por Madara Uchiha.

Sasuke perde essa espada durante sua luta contra Kaguya na Dimensão de Lava, uma vez que ela cai no magma e se torna inacessível. Com isso, ele é obrigado a usar uma outra espada futuramente.
Habilidade da Arma: Ao adicionar Chakra Raiton à espada o seu ataque se tornar duas vezes maior.


atençao:
Uniforme de anbu

filler 2k de palavras visando duas missões rank S como anbu
@Magnus -



-
Takane
Jōnin
Takane
Vilarejo Atual
Ícone : [filler timeskip] Your Pain 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

Re: [filler timeskip] Your Pain - 26/4/2020, 02:56

Achei que faltou um pouco de desenvolvimento na dedução de como chegou ao fato de que aqueles bandidos não eram os mandantes, mas nada que seja ruim,.

Aprovado

_______________________

[filler timeskip] Your Pain Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.