>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Takumi Usui
Genin
Takumi Usui
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler - TimeSkip] Jornada: Determinação é de Família Large

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71478-fp-usui-takumi#543783 https://www.narutorpgakatsuki.net/t71480-gestao-de-ficha-takumi-usui

[Filler - TimeSkip] Jornada: Determinação é de Família - 21/4/2020, 17:53

♀ Clothes: This ♀

The Two Year Journey


Em mais uma linda manhã ensolarada em meios as neblina na Uzushio, já se passara um pouco tempo desde a primeira e sua ultima missão mas mesmo assim o treinamento não poderia parar, em sua missão o jovem percebeu que treinar era a chave para ele alcançar o topo. Uma jornada estaria prestes a começar, com a devida permissão concedida pela vila para tal. A caminhada do garoto junta do velhote seguia com flashbacks em minha mente da primeira história de seu "irmão pós sala branca": Naquela brisa refrescante juntamente com o canto dos passarinhos entrava pela janela do quarto de um garoto que havia se tornado Gennin recentemente e estava ansioso para começar sua primeira aventura. O garoto então se levanta de sua cama e ia para o banheiro lavar seu rosto, enquanto isso sua mãe estaria preparando o seu café da manhã, o garoto terminava de se ajeitar, descia a escada da casa para fazer sua refeição matinal.

O garoto bate conversa com aquela que lhe deu a vida sobre a possibilidade de sair hoje do país das fontes termais para realizar mais uma grande aventura, era o que o garoto esperava pois ele estava muito ansioso para começar. Misui (Considerado por Usui seu irmão mais velho, sendo na verdade primo) pega suas coisas juntamente com um pouco de comida que era necessário para a jornada almejada. Com tudo pronto, agora caminhando pela aldeia tranquilamente com a brisa daquela manhã batendo em seu rosto e avistando os comércios ou qualquer coisa de interessante, o garoto se dirigia ao Portão da vila. Ao chegar lá, ele se depara com um Jounnin, um ninja de elite que fazia alguma coisa no local, então decide pedir informações, o Jounnin diz. — Então garoto... Aqui no portão você não vai conseguir nada, eu aconselho ir no Gabinete do Hokage e solicitar uma missão ao mesmo, essa é a melhor forma de começar uma aventura, isso também lhe ajudar evoluir como um ninja! — Após receber a informação daquele Jounnin no Portão da Aldeia sem perda de tempo, ele vai correndo em direção ao gabinete da vila, corria bastante ansioso e alegre, afinal, ele iria solicitar a permissão para realizar sua primeira missão para os superiores de sua vila. Chegando próximo ao Gabinete, o jovem diminui seus passos para que não entrasse no gabinete com má aparência ou que o líder da vila achasse que o garoto era cansado, então se prepara atenciosamente puxando bastante ar para seus pulmões e inspirando o ar vagarosamente e entra no gabinete.
Ao entrar, educadamente solicita sua permissão para o um dos velhotes responsáveis por tal e os mesmos analisando o porte do garoto não pensa muito e lhe entrega o pergaminho com tal permissão, sem muito o que falar eles pedem para o gennin que se retirasse dos aposentos pois todos estavam ocupado com suas tarefas e assim foi feito, O garoto ruivo sai do gabinete lendo o que continha no pergaminho. Descrição: Os médicos da vila tem andado bastante ocupados com as recentes batalhas e consequentemente feridos, por isso estão sem tempo para procurar os ingredientes. Vá ao hospital, informe-se sobre o que precisa coletar e então pegue os ingredientes pedidos e leve de volta ao hospital. Após receber informações, percebeu que tinha recebido uma missão para ser feito, ele achava que estaria livre para sair  da vila, mas, aparentemente não era essa a situação. Com isso em mente, ele ia imediatamente para o hospital da vila porque queria cumprir essa missão rapidamente, caminhando rapidamente nas ruas, o garoto se dirigia até o hospital que deveria ir. Chegando lá, o jovem entra tranquilamente e se dirige até a recepção para se informar sobre a missão que tinha recebido para atuar para aquele local, então educadamente pergunta a recepcionista do local — Com licença, é este o hospital que solicitaram ajuda para coletar ingredientes médicos? —

—  Aah sim, você é o garoto que vai buscar os ingredientes para que nós do hospital possamos os remédios para os ninjas feridos daqui não é? Então, não é nada de mais, você terá apenas que ir na floresta no sul da vila, e pegar esses seguintes ingredientes. — Diz a recepcionista entregando uma lista nas mãos do garoto com o que ele tem que coletar. Pequena Lista - 50 folhas de Hortelã, 40 folhas de Confrei, 20 folhas de Babosa, 10 folhas de Beldroega - O garoto então guarda a lista com os ingredientes que teria que pegar e sai do hospital rumo ao sul de Yagakure onde deveria ir coletá-los. Caminhando novamente pelas ruas da aldeia, seu semblante calmo o guiava para a floresta, nisso o recém Gennin que andava com o destino certo era pego em sentimentalismo com uma cena que acabará de ver, um pai brincando com seu filho, o jovem se vagamente lembrava de seu pai e isso mexia inconscientemente com ele, já que recentemente seu pai não acompanhava o inicio de sua caminhada como ninja,mas não era nada que o impedisse de cumprir seu objetivo. Já na floresta, Misui começa a procurar os ingredientes que foram listados pela recepcionista do hospital, caminhava pela floresta que tinha sido indicado, quando olha ao seu redor e um pouco distante encontra um pé de hortelã, mas havia um problema, existia um javali que estava dormindo bem do lado do pé de hortelã. Agora o que ele faria? Tentaria a sorte nesse? Ou procuraria por outro pé de hortelã? Um Bunshin não pode fazer absolutamente nada além de se locomover e distrair o oponente, você daria uma foice para o Bunshin matar o javali, onde se viu isso? Isso não é um Kage Bunshin, o Bunshin como se saber só serve para distrair o oponente e confundi-lo, o Bunshin também não emite sons nem nada portando seria incapaz de pisar em um galho ou coisa assim porque é apenas uma imagem.

Usui relembrando do passado contado de seu irmão para ele, estava realmente empolgado com seu treino. Na jornada, treinava vigorosamente inspirado em seu irmão mais velho, suas história era curiosamente menos obscuras do que as ações demostrada pelo mesmo em seu ultimo encontro quando recebeu as bençãos de Jashin e o modo que treinava o chakra era espelhado na forma calma do irmão, pois, mesmo que o Usui negasse, se espalhava muito no primo-irmão. "Ficarei mais forte e quando eu tomar a sua frente, sei que estarei mais próximo do meu objetivo", Usui não via Misui como apenas mais um, como normalmente faz com a maioria, no fundo ele não sabia o que realmente era aquilo que sentia por seu irmão. O tio de Usui, Yarusui, comparava o olhar determinado e empenho ao de Misui, suas personalidades se diferiam, mas curiosamente suas determinações eram equivalente, o mais curioso era o quão compatíveis eram. Nos arredores de Uzushio, fora onde sua primeira demonstração de empenho e determinação fora notada pelo tio, que por sua vez estava lhe ajudando com sua dificuldade em usar ninjutsu.

Em meio aprendizagem, Usui, pensava sobre onde o lugar de direito era reservado em seu futuro, ou talvez de dever, ele ainda não conseguia compreender o que seguir, a logica ou a emoção de chegar em um lugar onde todos desejam estar, e aguardando estaria nele, ele sentiria algo como o peso de responsabilidades. Sentado na cadeira do pequeno quarto de uma pousada, o garoto colocava o peso de seu corpo no encosto acolchoado e elevava sua cabeça olhando o vazio do teto da sala solitária. "Quem sou?" junto dessa auto-pergunta lembrava novamente de um passado recente, que despertava um interesse incontrolável desejo de treinar sua inabilidade e isso se daria ao fato de ele achar um certo alguém mais forte que ele? Provavelmente isso era o que o garoto pensava, o fato de haver alguém que ele não considerava uma ferramenta era algo de certo modo irracional para ele.

Seu corpo se movia para um dos campo afora da pousada, tranquilamente ali poderia iniciar seu treino. Uma ideia inusitada de usar os troncos pesado do local, que por sinal fora estrago feito de treinos anteriores, seriam usado para aumentar sua concentração, amarrando dois troncos em sua cintura reforçando com amarras de corda em seu ombro e peito, fazendo isso enquanto canaliza chakra poderia ter uma resulta incrível. Aquela manhã começava intensamente para o Gennin, ele não se deu conta mas estava treinando ali até a tarde, apenas com a escuridão da noite e o cair do sol que o Gennin percebia que tinha se esforçado mais do que devia, era como se ele tivesse feito tudo inconscientemente e assim que ele assumia a consciência sobre si, fome, dores e cansaço se tornavam altamente presente nesse instante, Usui decidiu parar e voltar a pousada para descansar um pouco assim como se alimentar, até porque o garoto passou um dia todo sem comer ou beber água. O Takumi estava sozinho, já que seu tio fora a um pequeno vilarejo para comercializar uns bens na noite anterior e pediu para o garoto ficar na pousada até ele voltar. Ainda relaxando e deixando que algumas de suas memórias de seu passado fossem apagados com o cansaço do seu corpo. Ainda pouco acostumado com o severo treinamento que se propôs a fazer, lhe permite relaxar por um segundo, até que alguém parecia emitir um som de batida na porta de entrada da sala, que antes vazia o incomodava, e agora prestes a receber um convidado desconhecido, ainda o incomodava. — Entre. —  Dizia Usui em voz baixa sem nem julgar se fora alto o suficiente para o visitante ouvir.

Um cabelo ruivo com um tom acinzentado entrava em contraste com as sombras da noite, deixando o cabelo ainda mais escuro criando um tom altamente avermelhado escuro, a pela clara e os olhos quase que albino perderá sua cor pelo treinamento pesado de sua família, aquele sem duvidas era seu irmão de consideração, aquele cujo o único não era considerado mais um pelo garoto e também aquele que pelo jovem não sabia o que sentia. — Hm... Misui? — Sua fala monótona tentava expressar surpresa. — Como vai Oni-Chan?  — Seu sorriso era inocente e puro, o gentil irmão entrava na pousada — Parece que alguém teve um treino árduo hoje, mas ainda é fácil te rastrear. — Completava o primo. E ali depois de quase dois anos, os dois poderia colocar a conversa em dia. — Finalmente depois de um bom tempo estou livre de minhas obrigações, pelo menos por enquanto. Se quiser posso te ajudar amanhã com seu treino. — Se oferecia Misui para ajudar Usui que por alguns segundos pensou em recusar. — Treinar em dupla é mais eficaz, afinal. — Respondia o garoto discretamente aceitando a proposta. — Te vejo amanhã naquele local onde você costuma treinar aqui. — Depois de dito Misui tomava seu rumo em meio a escuridão da noite, Usui sentia uma ansiedade incompreendida dentro de si que o fazia, mesmo deitado na cama, perder seu sono. O garoto teve poucas horas de sono pela sua ansiedade e com isso acordava com orelhas que mostrava o sono precário que teve e ele não dava importância e tratava logo de lavar seu rosto enquanto se encarava no espelho, sua rotina matinal já tinha início mesmo que não tenha dormido como de costume, ele mantinha o horário que tinha que estar de pé. Banho, café da manhã, meditação e arrumar a pousada na quão passava o tempo era o que ele fazia sequencialmente nessa manhã. — Você esqueceu de dizer o horário. — Sussurrava o garoto sozinho. "Mas se tratando de você, acho que já está no campo." O jovem saía logo da pousada indo de encontro com seu irmão.

Ainda ao longe Usui repara que tinha alguém ali e como presumia seu irmão já estava no local. — Achei que você chegaria mais tarde. — Diz Misui com Usui já perto — No fim tivemos a mesma ideia, eu sabia que isso aconteceria. — Rebatia o garoto de cabelo amarelado. Ambos tinham ambições iguais com personalidade e prioridades quase que totalmente divergentes, o fato de se darem tão bem um com o outro devia ser apenas mais uma ironia do destino. Misui questionava Vamos começar, mas me diga, ontem o que você estava treinando? — O outro respondia rapidamente — Tava usando troncos pesados como carga forçando minha concentração na canalização do chakra, em meio ao esforço. — Sua mão fechava enquanto relembrava da vila que foi devastada naquele fato histórico possivelmente visto por meio de uma ilusão. — Entendo, então você realmente esta focado em ficar forte como shinobi. Que tal se a gente caçar um ao outro? — Sugeria Misui, enquanto Usui suspirava com ar de decepção rebatendo. — Você ta brincando comigo? Não somos mais as crianças de anos atrás. — O irmão ria falando em seguida ainda com sorriso no rosto. — Mesmo naquela época graças a nossa brincadeira nossas habilidades era maior que de uma criança comum, as vezes o mais básico é o mais prático e eficiente. — Antes que se desse conta, Usui já tinha aceitado a ideia de seu irmão e estava fazendo uma contagem de 10 à 0 para começar ir atrás de Misui. No fim a ideia que se parecia boba foi suficiente para ajudar Usui a progredir em sua inabilidade, mesmo que ele tenha passado o dia todo indo atrás de seu irmão.

Ofegante no cair da noite, como movimento involuntário da exaustão, Usui desabava de costas no chão tentando recuperar todo fôlego. Uma sombra impedia a luz do luar de atingir sua face. — Vocês não tem jeito mesmo. — De repente aparecia o velhote Yaresui, ele parecia feliz com o reencontro familiar depois de dois anos. Naquela noite nós três tivemos um banquete tardio, algo nostálgico vivido pela ultima vez aos sete anos de idade de Usui, isso o fazia se sentir bem. Em meio a madrugada, Misui se despedia dos dois familiares, continuando sua jornada com andarilho e provavelmente pregando o Jashinismo em outras regiões. Usui e o velhote por vez continuariam a jornada até o verão, explorando algumas terras no país do fogo, e até visitando seus familiares da casa principal no país das fontes termais. Quando finalmente voltou para sua casa

Poucos dias depois a chegada do verão, a aventura de Usui tinha seu fim, atravessando o conhecido portão de Uzushio, sentiu o conforto e o prazer de está de volta ao seu lar. Dois anos foi o tempo que esteve fora e agora renovado, o garoto objetivava ser reconhecido por toda vila. Pelas ruas caminhava o garoto caminhava, algumas lembranças de um passado vivenciado devidamente, seria esquecido dando espaço a novas ambições, conquistas e experiencias. O futuro era algo imprevisível mas a incerteza trás mais emoção e determinação para continuar adiante, e por minimo que seja a chance de uma resulta esplendida, com unhas e dentes me prenderei a essa chance e colocarei todas minhas fichas nisso, sem voltar atrás, sem arrependimentos. Em minha casa descansaria já com essa filosofia de vida em mente, não importava quem ou o que, de forma alguma deixaria alguém passar por cima deste meu lema e assim seguiria minha vida naquela vila.



Hp: 475 | Ch: 475 | St: 00/06


Considerações:

> 2.506 Palavras.
> Objetivos: Adquirir qualidade Calmaria (02), ajustar inabilidade em ninjutsu (03) e conhecimento sobre toda geografia do pais do fogo e da água.
>>.

Mochila:

>>.

Status:

> Hp: 475
> Chakra: 475
> St: 06

Npc - Misui Takumi:

[Filler - TimeSkip] Jornada: Determinação é de Família Images?q=tbn:ANd9GcSDxBnQs41feIXAYbGb-1t7JFCqxCn3c4PCUZUWUqc7SBYpXMj6&s
Personalidade: Desde sua infância, Misui era muito independente e autoconfiante, às vezes até parecendo ser arrogante e condescendente; Apesar disso, ele era muito perceptivo e intuitivo, percebendo rapidamente as situações em que se encontrava. Desde a morte de um companheiro, ele desenvolveu uma personalidade um pouco despreocupada e se atrasa regularmente para os compromissos, dando desculpas óbvias assim como seu companheiro morto fazia. Quando se tornou andarilho naturalmente desenvolveu um lado calmo nele.
História Breve: Misui é membro da família Takumi, uma família rica e poderosa que tem duas casas, um sendo a principal no pais do fogo e outra secundaria em Uzushio. Por ser o filho mais velho da casa principal, ele seria o maior herdeiro da família, mas curiosamente decidiu negar temporariamente a riqueza e poder da familia, se tornando um andarilho aos 16 anos. Atualmente tem 26 anos.  

Npc - Yaresui Takumi:

[Filler - TimeSkip] Jornada: Determinação é de Família Artworks-000503465274-rsgziq-t500x500
Personalidade: Yaresui normalmente é brincalhão e tenta manter o clima descontraído. Apesar deste comportamento e de sua destreza como um shinobi poucas vezes reveladas, ele era um crente na paz, com a esperança de botar um fim no ódio que caminhava sobre o mundo ninja. Ele deposita uma grande fé na próxima geração, e via eles como a resposta desse ódio.
História Breve: Quando criança, Yaresui e seus ex-companheiros de equipe, eram alunos de um renomado ninja do país do fogo. Pouco se sabe sobre sua infância e sobre a relação dele com o pai de Usui e seu outro irmão, sendo Yaresui o irmão do meio. Depois de deixar a tutela do renomado shinobi, ele viajou pelo mundo afim de descobrir coisas diversas. Quando descobriu sobre o nascimento de uma grande nação, resolveu se aposentar como andarilho e assim como shinobi, e estabeleceu em Uzushio a casa secundária dos Takumi. Ele ainda foi responsável pela criação de Usui Takumi em Uzushio, atualmente tem 47 anos.

-
Luishturella999
Jōnin
Luishturella999
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler - TimeSkip] Jornada: Determinação é de Família 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70499-f-p-squall-sarutobi#532365 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69839p30-gestao-de-ficha-squall-saruhatake

Re: [Filler - TimeSkip] Jornada: Determinação é de Família - 21/4/2020, 19:06

@
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.