:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  789e0fc5dd4eb4bd8dab8250ccf4dcaf

Zeitgeist
Zeitgeist
Vilarejo Atual
[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  789e0fc5dd4eb4bd8dab8250ccf4dcaf

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia. - Publicado 21/4/2020, 15:50

O sol da tarde incidia sobre os sobreviventes do verão de 67 DG. Ainda que a paz, mais uma vez, parecesse reinar; os efeitos daquela semana ainda perdurariam nas consequências de algo maior. Graças àqueles acontecimentos, a morte de Rino Kaguya, o líder da organização nomeada Hunters, havia sido morto por minhas mãos. Os acontecimentos me fizeram evoluir tanto fisica, quanto mentalmente. Anakin havia morrido numa das empreitadas. O povo, abalado com os acontecimentos, ainda guardava o medo em suas vidas.

No laboratório central do Heisha, o corpo morto de Rino descansava sobre a maca. Seu peito aberto servia de estudos para os estudos sobre a linhagem que o mesmo possuía. Na noite em que nossa luta se deu, eu pude testemunhar o fascinante desenvolvimento de seus ossos, tal como, suas habilidades em luta corporal. Entretanto, apesar das dificuldades, no fim, o sobrevivente fora eu. Ainda sim, não poderia chamar aquilo de vitória. Os sobreviventes do lado inimigo haviam prometido a volta e, algo me dizia que, aquilo não demoraria muito.

Os moradores foram aconselhados a permanecerem em casa durante dois meses, saindo apenas em casos específicos de urgência; esses casos eram considerados riscos eminentes. Meu dever então se tornou uma constante vigília sobre os arredores. A neurose passou a ser um instrumento de prevenção e os dias se passavam mais lentamente do que antes. Como esperado, não demorou muito para o inicio do que poderia ser chamado de pandemia bélica.

Uma horda surgiu sob os olhos de minha mente. Caminhantes, acerca de dez quilômetros de Otogakure, um numero de homens equivalente à dez vezes o número de militares do Som. Não atacaram. Eram mercenários em geral, usando as florestas como abrigo, pareciam criar um cerco. Me restava a analise assídua dos fatos. Agora, as tarefas eram muitas para o curto espaço de tempo de um dia. As noites tornaram-se longas e os inimigos se moviam pela escuridão. Pequenos detalhes eram importantíssimos. Um ruído, o chacoalhar das arvores, a mudança da direção dos ventos, tudo era analisado meticulosamente.

Foram setenta e cinco noites de observação atenta e estratégica. Os inimigos pareciam tentar nos ganhar através do cansaço. Era necessária a ação imediata, visando baixas inimigas, assim a diminuição dos danos aconteceria. Eles estavam melhores do que antes. Apesar da estratégia passiva, atacar a mente do oponente, ao invés do fisico, era uma maneira de desestabilizar os lados e, assim, ganhar uma vantagem nítida. Por isso, a meditação fez seu papel em minha rotina, diminuindo o cansaço, tal como, mantendo a atenção afiada para os acontecimentos. Entretanto, nem todos os homens conseguiam isso.

De algum modo, tinha a impressão de que teríamos problemas se saíssemos em empreitada e, ainda sim, também teriamos problemas se continuassemos ali. Daquele ponto à diante, era necessário o mapeamento assíduo das obras e movimentações inimigas. Reservei então o tempo necessário para isso. Os Olhos de Kagura me proporcionaram a visão do relevo, dessa vez, ainda mais detalhista do que usualmente. As observações eram feitas do mais infimo detalhe à mudanças de relevo que poderiam ser uteis. Um mapa era usado como base de interação para os demais. Tive de aprender a repassar as observações e, além disso, gravar metalmente as imagens e informações que eu adquiria através do monitoramento executado. As obras artisticas se tornaram centros de operação. Os militares tinham somente uma função, ajudar a decifrar os erros inimigos e suas aberturas.

Assim, outras setenta e cinco noites se passaram. Os inimigos não expandiam a concentração. Vez ou outra, eram levados à vigília dos arredores do acampamento. Os acontecimentos eram sempre noturnos. A partir daquele ponto, percebi que tentavam criar uma espécie de abertura em nossas defesas. Um túnel começou a ser cavado durante a noite, os oponentes, aproveitavam uma brecha entre a meia noite e a uma hora, onde os homens descansavam e, assim, executavam uma abertura de cerca de cinco metros no solo. Os suprimentos dos mesmos vinham pelos céus, através de aves de rapina.

Através do túnel, demorariam duzentos dias para chegar até Otogakure e, se eu estivesse certo, eles ainda não tinham conhecimentos sobre o Olho de Kagura. Aquilo tornou-se o trunfo em nossas mangas. Daria a eles cem dias para uma aproximação e, através de uma empreitada relampago, usariamos aquilo ao nosso favor. Entretanto, era necessária a partir daquele tempo de analise e incorporação dos fatos, seria necessário dar-lhes alguma prova de nossa impaciência. Em fato, os homens realmente estavam impacientes. Deixei então que os cem dias fossem dedicados à observação e planejamento individuais. Os homens eram incentivados à criar planos de ação e, assim, repassa-los para mim. Diversas ideias foram ouvidas. Todas elas eram armazenadas em minha mente, colocadas em analise e guardadas em pergaminhos abertos sobre uma mesa de guerra.

As cem noites se passaram e um plano se sobressaiu sobre os demais. Aquelas cem noites foram usados para a preparação do mesmo e, na centésima primeira, o plano fora colocado em prática. Uma muralha de Pedra foi construída nas entradas principais de Otogakure, aproveitando-se das defesas naturais para aumentar o potencial de defesa. Três esquadrões de três homens foram selecionados para a execução de um ataque relampago. A intenção era a aproximação da base inimiga. Dois esquadrões seriam responsáveis pelo ataque a distância e, um terceiro, seria necessário para sabotar o túnel. Entretanto, essa não era toda a ideia.

Inicialmente, a ideia era que eu pudesse analisar o potencial de sensoriamento dos homens da base inimiga, para isso, era necessário que os homens tentassem empreitadas silenciosas e falsas, assim, no caso de agitações, a tese seria confirmada. Outro fator era necessário para a indicação do horário de sensoriamento. Os homens então, usariam míseros três dias de teste. Assim, teriamos as informações necessárias para o próximo passo. Nesses três dias, as coisas acabaram por sair do esperado, entretanto, informações foram adquiridas e armazenadas. A aproximação dos dois grupos só era percebida durante à noite, o que levou-nos a crer que o dia era o momento mais propicio. Meus homens fingiam voltar para Otogakure e, por isso, apenas dois monitoramentos eram executados pelas bases inimigas, o primeiro ao amanhecer e o segundo ao anoitecer.

O problema se deu no terceiro dia. O cerco inimigo se abriu em agrupamentos que se dividiram. A base destes criaram linhas de interação através de aves correios e, as grandes aves de rapina, eram responsáveis pelo abastecimento. A fragmentação inimiga demorou sete dias para ser concluída. O que aconteceu em seguida fora a aproximação desses fragmentos. Numa espécie de arrastão lento, as bases cada vez se aproximavam mais e mais. A intenção inimiga acabou sendo óbvia, apesar de, ser bem pensada. Com o avanço do túnel, aproximar as tropas era necessário para desviar o foco inimigo e, consequentemente, criar novas aberturas de ataque, assim, ao fim dos cem dias, eles seriam capazes de atacar por diferentes direções.

Noventa dias se passaram e a noite do ataque seria aquela. Meus homens haviam recebido ordens de descansarem durante o dia e um revesamento era feito para que tudo saisse nos conformes. O plano original havia sido alterado, agora, era hora de pegar o rato com a ratoeira. O túnel e os ataques aconteceram no horário previsto, a meia noite. As tropas do tunel surgiram frente a muralha, enquanto o resto tentava atravessar a defesa. Levando em consideração que eu sabia onde o tunel daria, o primeiro passo foi simples. O terceiro esquadrão havia feito seu trabalho e o tunel desmoronou de uma ponta à outra, através de explosões imediatas. A queda do solo foi suficiente para diversos homens morrerem e isso, fez as tropas inimigas recuarem diante as perdas.

Era perceptivel, eles ja haviam previsto algo assim e, logo, conseguiram recuar cerca de dois quilometros. Enquanto isso, nosso segundo passo teve de ser adiado. O que se sucedeu foi uma guerra psicológica. Dessa vez, a comunicação era direta. Nas noites, a fumaça subia aos céus e cartas eram trocadas, os conteúdos eram referentes à desvantagens e tentativas de acordo, entretanto, pareciam querer ganhar tempo,entretanto, também era nossa ideia. Assim, quinhentas noites se sucederam e, finalmente,o terceiro passo daria lugar para o quarto e ultimo passo. O recuo forçado ou a morte.


A floresta, mal descoberta pelos inimigos, havia recebido novos moradores a cerca de cinquenta dias anteriores, isso, sempre entre Otogakure e as bases inimigas. Meus militares seguiram um planejamento rigido que os fez usar os dias para plantar armadilhas ao redor das bases. O conteúdo das cartas era alterado próximo a chegada na base inimiga, usando informações privilegiadas, eramos capazes de contrapor qualquer tipo de ameaça e, ainda sim, saber qual era o tempo necessário e possível a ser utilizado. As aves correio dos inimigos, eram usadas por nós mesmos para mantermos contato entre os esquadrões ao redor das bases e, por fim, a questão crucial, eu havia conseguido me infiltrar na base principal.

Foi então necessário um unico dia para dar fim ao resto. A luta foi fácil, dado o fato surpresa e, o líder inimigo, não era um lutador admiravel, apesar de, suas estratégias visarem conceitos bem inteligentes. Entretanto, seu erro fora lutar uma guerra de paciência, ao invés de aproveitar seus numeros. A morte do líder foi anunciada através de uma ordem dada por mim. As aves enviaram mensagens as bases que, descrentes, tiveram o prazer de ver seu corpo pendurado na base principal, onde um mercenario de cada fragmento foi enviado.

[...]


A guerra havia acabado. Quinhentas Noites e Um Dia. A tranquilidade reinaria mais uma vez, entretanto, ainda não era algo que pudessemos nos agarrar tão facilmente. Apesar dos dias se passarem tranquilamente, o tempo seguinte fora uma reflexão dos acontecimentos. Uma guerra psicológica precedida por uma paz psicológica. Tudo que restava, era seguir a vida normalmente. Entretanto, agora as coisas eram observadas atentamente. Os homens estavam mais experientes e, o tempo que se passava, era suficiente para que pudéssemos nos organizar e, consequentemente, evoluir a vila num novo patamar de defesa. Da próxima vez, deveriamos estar mais preparados, independente do tipo de guerra, seja por numeros, ou por batalhas fisicas ou psicológicas; as coisas deveriam mudar.

1625 HP
1850 CH

ST: 00/05

Considerações Importantes:
- Roupas e aparência idêntica a esta imagem. Sem blusa, tipo Kimimaro no anime/mangá, a blusa pendurada pelo cinto. Manto (sobretudo tipo o do sasuke na akatsuki) fechado e com o símbolo da organização Medulla na parte das costas.
- Marca Hattori sobre o peito esquerdo.
- Kanchi ativo passivamente, Kagura Shingan também ativo.
- Qualidade: Mente Implacável (500 palavras)
- 1 Missão rank S (1000 palavras)

Qualidades/Buffs e Danos:

Qualidades:

Grande Controle de Chakra (2)
Tipo: Inato.
Descrição: Alguns personagens demonstram uma capacidade inata de gerar o chakra sem gastá-lo exageradamente, eles apresentam isto desde a academia e muitos associam isto a inteligência de uma pessoa, mas não tem, necessariamente, uma ligação.
Bonificações¹: Redução de todos os consumos de Chakra em 25%; arredonda-se em números quebrados para o maior valor.
Nota¹: Sempre que existir o requerimento dessa qualidade, não poderá ser usufruída as bonificações mencionadas acima.

Habilidade em Taijutsu (0)
Tipo: Inato.
Descrição: Diversos personagens apresentam desde o começo de suas atividades shinobis uma enorme facilidade em um determinado estilo, estes por sua vez aprendem com mais facilidade e também desenvolvem seus poderes mais rapidamente.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Taijutsu & redução dos custos de taijutsu* que envolvam chakra em vinte pontos.

*Nintaijutsu incluso.

Agilidade Aguçada (2)
Tipo: Inato.
Descrição: Muitos personagens nascem ou adquirem ao longo de suas vidas uma agilidade anormal perante outros, eles conseguem se esquivar com mais facilidade, bem como criar ataques e movimentações mais ligeiras em contraparte aos demais shinobis.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Velocidade & capacidade de desviar por reflexo de movimentos com até dois pontos superiores, porém não é capaz de enxerga-los.

Audição Avançada (3)
Tipo: Treinável.
Descrição: Muitos personagens podem treinar até chegar a uma audição privilegiada em comparação aos outros; eles conseguem ouvir mais do que humanos normais, podendo ouvir os menores ruídos ao seu redor*, em um espaço maior do que o comum.
Bonificações: O alcance da audição do personagem chega a 300m.

*Isso dentro da normalidade para um ser humano (respiração e batimentos cardíacos, por exemplo, não podem ser ouvidos com esta Qualidade).

Calmaria (2)
Tipo: Treinável.
Descrição: Muitos personagens demonstram uma capacidade incrível de se manterem calmos em todos os tipos de situações. Situações de risco como quedas e proximidade da morte abalam sua fisiologia (adrenalina, etc), porém seus pensamentos mantêm-se focados.
Bonificações: Conseguem manter a calma em todos os tipos de situações, exceto extremas como torturas a longo prazo. Reduz em -1 ponto as necessidades para sair de um Genjutsu

Perito Armamentista (2) - Kenjutsu
Tipo: Treinável.
Requerimento: 3 de Taijutsu.
Descrição: Alguns personagens desenvolvem ao longo de sua vida uma perícia armamentista especial, variando entre cada personagem. Geralmente limitando-se a dois estilos por cada personagem, devendo sempre selecionar a arma na qual é perito.
Bonificações: Permite manusear com perfeição a arma escolhida. A arma escolhida deve ficar em evidência na ficha de personagem.

Fantasma (1)
Tipo: Treinável.
Descrição: Uma habilidade bastante necessária e recorrente na vida de um shinobi é a de se tornar um fantasma por onde passa, conseguindo se esconder e trasnformar-se em um ser que nunca esteve nos lugares por onde passou.
Bonificações: Conseguem se esconder melhor, ganhando assim 2 Pontos em Encobrimento.

Ambidestria (1)
Tipo: Treinável.
Descrição: De modo a tornarem-se mais ágeis, diversos personagens treinam a capacidade de utilizar ambas as mãos igualmente capazes com coordenação motora perfeita.
Bonificações: Pode-se utilizar ambas as mãos com maestria usando armas diversas e outros fins.

Conhecimento Anatômico (1)
Tipo: Treinável.
Descrição: Alguns personagens estudam muito e com isso aprendem toda a noção anatômica de humanos e animais com perfeição, podendo atingir qualquer ponto vital ou não facilmente.
Bonificações: Compreensão de anatomia humana.

Bonificações Permanentes:

Taijutsu
06 Pontos: São ninjas que alcançaram possuindo qualidades diferentes dos demais shinobis. Caso a qualidade seja inata, os danos ignoram até mesmo a Força dos seus alvos, atravessando a proteção natural, aumentando o dano de seus ataques físicos em 100 pontos.

Combate
10 Pontos: +200 Dano Acumulado dos Pontos  

Força
05 Pontos: Personagens com força titânica. Conseguem causar danos até com um simples peteleco (Tsunade no clássico), conseguindo carregar quase qualquer peso, causando estragos enormes e resistindo muito mais do que outros. Seus lançamentos de armas são mais precisos e rápidos.

Contagem de Dano: --
Bonificações Extras: --

OUTROS:

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  Latest?cb=20190626043003
Chakura Tō (Aian Nakkuru)
Rank: A
Descrição: A Chakra Blade (チ ャ ク ラ 刀, Chakura Tō) é um metal especial que pode ser infundido através do "fluxo de chakra" com chakra elementar ou mesmo chakra Yin-Yang para produzir efeitos adicionais. [1] De acordo com Shikamaru, as lâminas são capazes de absorver o tipo de chakra do usuário e se tornar a origem de uma técnica para o usuário. Este tipo de armamento era uma especialidade de Asuma Sarutobi. Suas lâminas particulares são uma faca de trincheira projetada de forma exclusiva, usadas como juntas de bronze, usando as lâminas acima dos nódulos com uma forma de ziguezague para cada junta, dando a cada lâmina "dentes". Ao acoplar essas facas com seu taijutsu, Asuma poderia atacar com um efeito devastador, como tirar nove nove de Otogakure em questão de segundos. Quando infundidos com chakra temperado pelo vento, eles podem facilmente perfurar e cortar a pedra e até mesmo o metal. A nitidez e a eficácia das facas também podem ser maximizadas se a pessoa tiver um melhor controle de seu chakra, como visto com a forma como Asuma estava treinando Sora e Naruto Uzumaki ao concentrar seu chakra de vento em seu kunai.

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  503fdbe1d7d99073c351a087fd9d55c35c5075ca_hq
Kokutō
Rank: A
Habilidades: Possuirá um veneno de rank-B com efeitos paralisantes que dura dois turnos após o corte.
Descrição: O Kokutō (黒 刀, Literalmente significado: Black Blade) é uma espada única exercida por Raidō Namiashi. Esta katana tem uma superfície escurecida e não reflexiva e está fortemente revestida de veneno que Raidō geralmente usa para realizar suas missões de assassinato. Ele usou isso em conjunto com Aoba Yamashiro's Scattering Thousand Crows Technique para ocultar-se e a lâmina e defender com sucesso Akatsuki membro Kakuzu.

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  Latest?cb=20190529000216&path-prefix=pt-br
Kagura Shingan
Rank: -
Requerimentos: Kanchi, Grande ou Bom Controle de Chakra, Chūnin & Quest: Olho da Mente.
Descrição: Focalizando e abrindo o olho da mente, Karin é capaz de localizar e rastrear o chakra de um indivíduo por uma vasta distância que excede dez quilômetros. Ao focar ainda mais seu chakra, ela pode estender esse alcance a distâncias muito maiores. Esta habilidade também lhe dá a capacidade de perceber as flutuações no chakra de uma pessoa quando uma pessoa está mentindo ou se alguém, incluindo ela mesma, está sob um genjutsu. Além disso, concentrando-se em um chakra em particular, ela pode perceber os movimentos de seu alvo e a área circundante com grande detalhe. Essas capacidades sensoriais abençoam Karin com habilidades que até superam dōjutsu com poderes comparáveis

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  E5db9ee08df122719dcc3b700f9882b165891f52r1-512-205v2_00
Kanchi [600 metros]
Requerimentos: Sensor & Quest: Sensitivos.
Descrição: A Técnica Sensorial, usada pelos shinobi tipo sensor, permite ao usuário detectar chakra. Isso permite que eles detectem e localizem alvos através de suas assinaturas de chakra. O alcance dessa técnica varia entre os sensores.

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  11
Nome: Arashi (嵐 - Tempestade)
Espécie: Falcão
Rank: C
Descrição: Arashi é um jovem falcão macho de apenas três anos e tamanho um pouco maior que os comuns apesar de sua idade, medindo 65 cm de comprimento e 150cm de envergadura das asas. Tem coloração branca na parte ventral do corpo e majoritariamente negra na parte dorsal. Seu instinto sempre fora o de um animal cuja vontade se limitava à caça para sobrevivência. Suas habilidades de interagir com seres humanos é precária, sendo um animal selvagem e difícil de se domar. O encontro com seu atual mestre fora dotado de problemas, dado que o animal tinha tendências violentas contra humanos e não possuía quaisquer empatia para com outros seres. Apesar disso, o instinto do animal acabou por ser o motivo principal dele sentir-se atraído por L, acompanhando-o por um bom tempo, mesmo sem manter contato direto como verdadeiro companheiro do rapaz. A relação só se desenvolveu quando Arashi abriu exceções para que Lawliet se aproximasse, isso motivado pela curiosidade que tinha pelo homem. A convivência entre ambos fora se estreitando e o animal criou um sentimento de lealdade para com o rapaz que lhe alimentava e o deixava acompanha-lo nas caçadas e viagens. O animal então tornou-se totalmente leal ao seu mestre que a maior parte do tempo deixava-o livre para ir embora; apesar disso, Arashi nunca o fez, o que consequentemente o tornou um companheiro de Lawliet, sendo capaz até mesmo de entender comunicações básicas que seu mestre lhe passava, tal como uma relação de amizade mutua onde Arashi passou até mesmo a atender pelo nome que foi batizado. Arashi ainda não gosta de humanos, exceto seu mestre, mas não os ataca ao menos que um comando especifico seja lhe falado. Ele fora treinado para receber dois tipos de comandos especificos, atacar e vigiar. Kōgeki é o comando para atacar e Miru para transitar pelos arredores da presença de seu mestre, como vigia. Mesmo sendo um animal que acompanha Lawliet, o rapaz ainda o considera livre e, por isso, tende a deixar que ele voe livremente, caçando assim que achar necessário e nunca se afastando de seu verdadeiro instinto de caçador.

Databook:

Inteligência: 01
Velocidade: 04
Força: 01
Stamina: 01
Controle de Chakra: 01
Total: 08

Bolsa de armas 20/70:

_______________________

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Takane
Jōnin
Takane
Vilarejo Atual
[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Re: [Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia. - Publicado 21/4/2020, 21:17

@

_______________________

[Time Skip] A Guerra de Quinhentas Noites e Um Dia.  Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template

Resposta Rápida

Área para respostas curtas