:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Kumogakure no Sato :: Centro da vila
12 Anos Online
Alvorecer
Arco 04
Ano 16 DG
Inverno
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado Sab 7 Mar - 14:40



[cena/quest/solo] esses lados do mundo 660ac8cc57d377676840dfdb8b32ad81

esses lados do mundo

– Onde você pensa que vai assim tão apressado?! – perguntou a voz aconchegantemente morna e familiar, depois de já ter me dado um mata leão desprevenido.

Já tinha colocado a mão entre o nó feito com o braço de Puri e o meu pescoço, afrouxei o sorrateirismo e tentei acertá-la com um golpe na perna, mas sua esquiva estava mais rápida que o meu ataque despretensioso.  

– Diretamente ao hospital central, se eu conseguir chegar vivo até lá – respondi com um sorriso caloroso.  

– Então vou acompanhá-lo até lá, seus instintos estão dormentes demais pra ir tão longe sozinho - estava tão irônica e feliz quanto eu.

Puri parecia recuperada dos danos físicos e psicológicos consequentes do roubo de seu olho. Já conversávamos sobre sem qualquer desconforto, o que a levou a uma tarde inteira de perguntas e observações sobre o clã Uchiha um dia desses. Por algum motivo que apenas meu cérebro percebeu, pensei que sua companhia também viria com mais indagações naquela tarde.

– Nos despedimos aqui. Boas aulas de Iryō! Fico feliz que tenha interesse e afinidade com esses lados do mundo. – Despediu-se e refutou minhas suspeitas depois de um longo e lento caminho de conversas e atualizações acerca dos dias que passamos sem nos ver.


HP [650/650] | CH [1300/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado Sab 7 Mar - 17:45



[cena/quest/solo] esses lados do mundo 660ac8cc57d377676840dfdb8b32ad81

esses lados do mundo

Um dos detalhes mais vívidos do dia que despertei foi, por mais que o acontecimento fosse considerado especial muitas vezes, a terrível sensação de tristeza na impotência e a raiva na incapacidade e vontade de vingar; também havia uma porcentagem de amor, mantendo-me sob o controle da minha personalidade adulta e afastando a criança que ainda morava comigo, nos fundos do meu ser. Observei o tratamento de Puri quando a deixei no hospital por ter perdido um dos olhos nesse mesmo dia, as mãos da velha foram ágeis e belas, brilharam em um tom esverdeado e banharam os olhos da menina com energia, restaurando o que havia sobrado no rosto em tão pouco tempo que ainda segurava a primeira respiração, no máximo a segunda.

Foi como colocar anestésico e um pouco de esperança no sentimento de incapacidade, já havia lidado com Iryō Ninjutsu algumas vezes, mas jamais com a perspectiva e atenção que me assolavam. Era o que eu precisava, o que serviria de ferramenta para alcançar a proteção das pessoas que mereciam.

– A primeira aula de vocês será um filtro para tirar aqueles que só me farão perder tempo – disse a velha sem qualquer empolgação ou paciência na voz.

– Hoje vocês devem demonstrar pra mim o quanto sabem sobre conhecimentos anatômicos, não?! – Apontou com a cabeça para o barulho de rodas pequenas e ligeiras que invadia a sala pela porta de emergência.


HP [650/650] | CH [1300/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado Sab 7 Mar - 20:50



[cena/quest/solo] esses lados do mundo 660ac8cc57d377676840dfdb8b32ad81

esses lados do mundo

O menino tímido e aparentemente sob pressão – não posso julgá-lo tratando-se daquela sensei – entrou correndo e atravessou o pequeno corredor entre as fileiras de cadeiras e carteiras empurrando a maca e o corpo.

– Vocês devem usar essa caneta e marcar onde eu mandar. Se demorar, tá fora. Se não souber, mais fora ainda – informou enquanto pegava a maca antes do assistente chegar onde deveria, enxotando-o impacientemente para fora.

Apontei todas as partes que a velha me pediu com mais ímpeto e antipatia do que demonstrado para os outros. Suspeitei que ela se lembrava da pouca atenção que dei ao seu jeito ranzinza e a facilidade com que absorvi seus ensinamentos um tempo atrás, somados ao detalhe de ter esquecido seu nome, foi o bastante para tê-la como um ogro ensinando Iryō. Talvez bruxa seja mais adequado.  

Compúnhamos um grupo de trinta shinobis diversificados entre genins e chūnins. Fui o terceiro na ordem de avaliação, levado a um canto isolado com o corpo utilizado na aula e entregue a uma caneta especial que reabsorvia a tinta depois de usada. Toda a atividade cobrou duas horas do nosso tempo e apenas cinco conseguiram agradar os critérios rigorosos da velha sensei, eu estava entre eles certamente.  


HP [650/650] | CH [1300/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado Sab 7 Mar - 23:58



[cena/quest/solo] esses lados do mundo 660ac8cc57d377676840dfdb8b32ad81

esses lados do mundo

Pudemos ir pra casa depois que a maioria dos shinobis foi eliminada e o discurso da velha sobre a importância das suas aulas e da função já tinha decorrido. Nenhum dos colegas parecia estar muito interessado em uma criança de doze anos, calculei que todos os quatro já haviam vivido no mínimo dezoito anos cada um. Não que eu me importasse, na verdade aumentava o meu conforto e eu não precisaria lidar com as inconveniencias sociais.

Infelizmente não encontrei Puri durante o caminho ao hospital no dia seguinte, nem consegui Rá como companhia até chegar lá, ultimamente estava trabalhando em coisas que sequer chego a pensar em proibir um cachorro falante e inteligente de fazer, não que eu soubesse o que era. Porém, o humor da Neki – agora dou a ela o privilégio de ser chamada pelo nome – estava estranhamente bom, dentro dos seus padrões de qualidade. Recebemos um bom dia e por um momento pensamos ver um sorriso rápido e quase invisível quando um de nós canalizou a quantidade certa de chakra e no lugar devido.

Nossas práticas nesse dia resumiram-se a ensinar a estrutura do Iryō na utilização através do ninjutsu, apenas. Segundo Neki, ela só ensinaria a um bando de idiotas como nós o uso básico do Iryō Ninjutsu, o resto deveríamos experienciar ou ir atrás da carreira de medicina quem quisesse conhecimento aprofundado. Observei-a parecer apreciar algumas memórias vez ou outra enquanto falava, tinha os olhos de quem muito viveu em conflitos de guerra. Suspeitei que ela atuasse menos na medicina e mais em trabalhos de campo.

HP [650/650] | CH [1300/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado Dom 8 Mar - 3:33



[cena/quest/solo] esses lados do mundo 660ac8cc57d377676840dfdb8b32ad81

esses lados do mundo

Peixes, porcos, vacas, vários animais foram colocados à disposição durante a prática de Iryō para que pudéssemos nos sentir à vontade e sem receio de errar, segundo a velha. Apesar de achar desrespeitosa a postura de Neki diante o sacrifício – em alguns casos – de vidas em nome do benefício individual de cada um ali e da vila como um todo, não foi difícil ignorar o detalhe e simplesmente não errar, o que levaria a menos manuseio dos animais e menor chance de feri-los de alguma forma. Em geral utilizávamos a energia básica de cura em ferimentos leves e superficiais, tanto dos animais no segundo dia de prática, quanto de uma ala da enfermaria do hospital depois que mostramos competência.

– Por ser o último dia e vocês terem mostrado um desempenho maior que o esperado, mas não pensem que seja bom – disse em tom cerimonial e com a cara de quem se contradizia nas expressões – vou propor um desafio. Se vocês cinco conseguirem manter ele vivo – tirou das vestes um pássaro com as asas torcidas em posições antinaturais, a respiração arfante e desesperada por um gole de oxigênio – por cinco minutos, vão pra casa com conhecimento extra hoje.

Levantei-me assim que o animal aconchegado foi mostrado à sala com cautela e zelo, já estava com as mãos banhadas por energia e velozes na direção da ave assim que autorizados a agir. Fiz uma concha entorno do seu corpo, não era muito grande, e aos poucos tornou-se um monumento de mãos e cintilações esverdeadas conforme a sala juntava-se à cura. Foram cinco minutos eternos e mutuamente agoniantes, em sincronia ao sofrimento do pássaro.  

Quando contei quatro minutos, Neki se aproximou com o indicador esticado e tocou o peito do animal. Dei atenção pela primeira vez a marca na testa da velha e apenas porque brilhou por um instante e começou a liberar uma sequência de marcações pela pele da sensei, atingindo a ponta do dedo e migrando para o peito frágil da ave. As asas se descontorceram como se o tempo voltasse atrás e aninharam-se curadas ao pequeno corpo. Admirei-a de forma inédita e fiquei ansioso para aprender sobre aquela técnica. Perdi metade da empolgação quando soube que os ensinamentos extra, na verdade, tratavam-se apenas de conhecimentos médicos básicos fora do Iryō Ninjutsu, como costurar uma pele adequadamente, estancar sangue e coisinhas insignificantes – quando se tem ninjutsu – dessa natureza.  

Encontrei Puri na noite do último dia da longa semana, com o justo pretexto de mergulhar em um treinamento tão profundo e pesado que seriam necessários dois dias inteiros de sono tanto para descansar, quanto para deixar de lado a curiosidade que queimava a respeito da técnica usada no pássaro. Contei a Puri – que se mostrou uma ouvinte tão boa quanto jamais fora – os detalhes da semana corrida e principalmente sobre o último dia. Depois disso foi decidido que o treino aconteceria na área de preservação mais próxima da Nuvem; fomos, treinamos e dois dias se passaram sem qualquer preocupação com o mundo que não fosse sobre nossas próprias capacidades.


HP [650/650] | CH [1300/1300] | ST [0/5]

Considerações:
Equipamentos:
Descrições:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado Seg 9 Mar - 1:28

Ok
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [cena/quest/solo] esses lados do mundo - Publicado