>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Menestrel
Genin
Menestrel
Vilarejo Atual
Ícone : [filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Shin2

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73694-fp-koda#567787 https://www.narutorpgakatsuki.net/t73698-gf-koda#567821

[filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Sex 28 Fev - 15:56


o quanto se poder mudar. 1;



Voltava de mais uma de suas infindáveis missões, caminhando tranquilo pelas florestas. O passar dos meses não havia deixado-o menos incisivo no quesito "afundar-se em trabalho", ou como queira chamar. A verdade é que o verão havia chegado cinza, e quando a neve derreteu, junto ao calor, também veio o mormaço no espírito de Mu. Seu mais antigo amigo havia morrido. Ele foi ao funeral e vestiu o negro. Yasu também havia-o abandonado quando percebeu que a existência do homem agora não era comum, costurado por fios negros em todas as juntas, marcando a pele levemente escurecida.  

Recentemente, suas atitudes haviam deixado claro o quão certeiro gostava de ser quanto aos seus objetivos e obrigações, mesmo que isso necessitasse sacrificar vidas no processo. "- O quanto será que eu mudei?", perguntava a si mesmo, perdido em pensamentos no meio daquela colina de pedras secas enquanto caminhava rumo até - finalmente - Iwagakure no Sato. Ainda era tarde e o sol refletia nas rochas marrons de uma forma a invocar sudorese na pele à qualquer comum. Benimaru Mu era diferente: Forjado na pedra, apenas focava em sua caminhada e aproveitava o calor.

O que não esperava é que no meio do caminho veria ao longe um bando de mal-encarados que pareciam querer tomar à força a carga de uma senhora e uma criança que seguiam em uma carroça, vivendo suas vidas secas, aproveitando-se de seu tamanho para levar embora tudo que eram delas. Claramente, preferiria não interferir: Não teria motivo para tal, afinal sabia como funcionava a cadeia alimentar de Iwagakure e sabia que seu superior máximo não se importaria com os atos, talvez... mas a questão é que se a balança pende para quem toma decisões, naquele dia, a velha e a criança estavam em seu dia de sorte: Por realizar mais missões de infiltração e não poder normalmente combater de uma forma direta, estava com vontade de esticar os músculos.

- Aí, otários, o que você acha de sair no tapa pra eu amassar vocês? - Evitava brigas desnecessárias, mas o relance dos rostos assustados daquelas duas pessoas na carroça foram o suficiente para ter a certeza de quem seriam seus alvos: Eram seis homens, todos armados e alguns nitidamente sabiam utilizar Ninjutsu.

Ótimo, seria divertido.

Correu em um "dash", sacando sua espada que carregava consigo nas costas e embuíndo-a de Chakra Jinton, o que fornecia-lhe uma velocidade de manejo superior. O primeiro corte foi certeiro. Rapidamente, faixas negras cobriram totalmente o seu corpo, tornando-o uma espécie de múmia feita de bandagens negras e que pareciam vivas ao serem manipuladas pelo cenário. Um braço se esticou por quinze metros e agarrou o pescoço de um ladrão desavisado, enquanto com um pulo acelerado pelo estilo de luta que fornecia-lhe mais velocidade ainda escapou do corte do machado de outro inimigo. Gostava de mover-se como um vulto entre os ladrões, rápido de modo a não deixá-los ver nada além de um vulto ao mover-se no máximo. Já com o braço retraído novamente, aquela Múmia formava um símbolo específico com as mãos e invocava formas geométricas que seguiam em direção ao adversário e que queimava a pele ao tocá-los. Nesse momento, através de seu Kanchi, percebeu a aproximação de algo. Um chakra diferente: Obviamente, nunca havia-o sentido.

Aquilo era... papel? Areia? De alguma forma, parecia estar também contra o mesmo inimigo que ele. Ao menos pelo momento, apenas ficaria de olho no chakra que se aproximava cada vez mais.

...


Considerações do Post:

Aparência;  
[577/200] palavras segundo o app Q10; aquisição e status e interação;
Filler em dupla @Tsuki Murashida,


-
Tsuki Murashida
Tokubetsu Jonin
Tsuki Murashida
Vilarejo Atual
Ícone : [filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Icon

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70007-fp-tsuki-murashida https://www.narutorpgakatsuki.net/f170-gestao-da-ficha

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Sex 28 Fev - 17:45



Meu treinamento havia acabado a menos de um dia e eu agora seguia no ar em minha nuvem de areia rumo a minha casa. Eu ainda não tinha me acostumado completamente com a nova perspectiva de movimentação que meu jutsu me dava. Era não só mais agradável, como taticamente vantajoso observar o mundo do alto. Ainda dividido em seus pensamentos pela consequência de seu último ato de heroísmo eu pairava meus olhos por entre a curvas do cenário, absorvendo a beleza de toda a natureza no horizonte. Meu caminho seguia tranquilo como desde o momento que comecei minha jornada, foi quando ao longe, ainda na estrada algo chamou minha atenção.

Um grupo de homens cercava uma carroça com uma senhora e uma criança. Aquilo claramente era um assalto, um que eu poderia facilmente impedir. Minha areia começou a se movimentar em uma velocidade maior e de súbito desacelerou novamente. -Talvez eu já devesse ter aprendido a não tentar salvar todos, da última vez eu só piorei as coisas. Não tive muito tempo para lidar com dilemas morais, pois antes mesmo que eu pudesse fazer algo vi alguém se aproximando. A distância ainda era longa, mas percebeu a silhueta de cabelos brancos se aproximar e iniciar uma luta selvagem com os agres -Bom pelo menos alguém já agiu e eu … Minhas palavras pararam em minha bola quando a silhueta disparou de uma de suas mãos uma forma geométrica que eu conhecia bem. Não somente a forma mas o Chakra que ela emanava.

Sem que eu pensasse duas vezes minha areia agora já se movia em sua velocidade máxima, me carregando a cada vez mais próximo da batalha. Durante todo o caminho  eu me aproximava e emitia diversos disparos de areia que cruzavam o céu e atingiam alguns dos alvos. Ao meu mesmo tempo meu corpo se desfazia gradativamente em papel e também atacava os inimigos.

Quando me aproximei a pessoa que lutava ao meu lado estava completamente coberta por fios negros como uma espécie de múmia, mas a maneira como usava a espada e disparava sua famosa técnica Jinton não deixava dúvidas.  Meu corpo se materializou de costas para o dele formando uma posição defensiva enquanto me preparava para a luta. -Mu? Eu achei que você tinha morrido. Disse já bloqueando com minha areia um dos golpes do inimigo.



HP – 725/725      CHA – 650/725       STA – 0/6

Considerações:

Número de palavras: 395
Jutsus Usados:

Sand Pillar
Rank: C
Requerimentos: Jiton — Forma: Suna.
Descrição: Gaara envolve a metade inferior de seu corpo na areia e manipula a areia para suspende-lo e manobrar-se no ar em altas velocidades. A areia mantém o contato com o solo, criando assim uma formação semelhante à um pilar.

_______________________

[filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Assinatura
-
Menestrel
Genin
Menestrel
Vilarejo Atual
Ícone : [filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Shin2

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73694-fp-koda#567787 https://www.narutorpgakatsuki.net/t73698-gf-koda#567821

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Sab 29 Fev - 19:26


o quanto se pode mudar. 2;



Veja bem: Cá estava eu, distraído enquanto entorpecia-me da endorfina que só um combate real poderia me oferecer - e se você desconhece, não poderia me julgar -, sendo lavado pela sensação de uma boa luta. Como em frames pausados, meus olhos captavam todos os movimentos daquela cena. Sangue espirrado, membros sendo decepados e pessoas, eventualmente, transformadas em pó. Eu sempre acabava tornando o cenário um ambiente pouco aprazível para os olhos. Seis contra um parecia um ótimo número, mas ao que eu havia entendido haveria mais alguém naquela equação, este com expansivas habilidades sobre areia e papel, disparando-os de forma ofensiva aos mesmos inimigos que eu tinha antes mesmo de ser possível à mim ver seu rosto.

Ainda faltavam dois babacas de pé.

Foi então que eu acompanhei a forma como o corpo da figura misteriosa se desfazia, materializando-se em outro lugar de forma fluida. Na velocidade de um suspirar, o rapaz estava dado de costas comigo, utilizando de suas habilidades para nossa proteção. Sua defesa era incrível, ao ponto de parecer impenetrável para as comuns kunais dos bandidos em questão. Uma habilidade extremamente útil visto que, não fosse a defesa de areia, um dos projéteis teria me acertado na nuca quando a fala daquela pessoa conseguiu tirar todo o meu foto. Um segundo. Eu havia vacilado, mas aquela voz... Meus joelhos perderam a força e eu apenas pude olhar rapidamente para trás a fim de confirmar com os olhos o que meus ouvidos haviam captado.

- Como... Como pode? - Perguntei, perplexo. Enquanto isso, um braço feito de pano enegrecido sairia da minha espinha dorsal, encontrando o pescoço do homem que ainda parecia querer me atacar - mesmo depois da clara demonstração de superioridade - para segurá-lo até que não tivesse mais ar em seus pulmões. Sabe, eu até admiro a coragem desse merda, mas hoje seria sua última demonstração de idiotisse, e não haveria ninguém ao menos olhando em seus olhos para escoltar sua partida para o próximo mundo. O outro bandido teria que ficar por conta daquele que me acompanhava. No momento, eu não conseguia mais me focar em nada além da surpresa que fez meu coração quase saltar pela boca.

- É verdade? É você? - Ainda não confiava totalmente no que via. Seria uma espécie de Genjutsu maldoso? Sua feição ainda era a mesma, apesar da cicatriz no rosto. Seu ar era mais imponente do que o de um adolescente, mas isso claramente nós não éramos mais... - Eu fui no seu enterro...

Foi aí que frente a frente com o fantasma de seu melhor amigo, tudo que soube fazer foi esticar o braço e apoiar a mão no seu ombro. "Até seu Chakra está diferente". - Eu preciso saber o que aconteceu.

...


Considerações do Post:

Aparência;  
[455/200] palavras segundo o app Q10; aquisição e status e interação;
Filler em dupla @Tsuki Murashida,


-
Tsuki Murashida
Tokubetsu Jonin
Tsuki Murashida
Vilarejo Atual
Ícone : [filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Icon

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70007-fp-tsuki-murashida https://www.narutorpgakatsuki.net/f170-gestao-da-ficha

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Sab 29 Fev - 20:55



O que eu via em minha frente não era mais meu amigo Mu com que eu havia lutado anteriormente. Seus movimentos era muito mais decididos e efetivos. Não só isso, seus movimentos agora carregavam uma certa frieza e brutalidade. Seu corpo estava coberto por linhas negras como se alguém o tivesse montado cuidadosamente. Sua surpresa, apesar de distraí-lo brevemente, já não parecia mais atrapalhar enquanto um braço feito de fios brotava de seu corpo e estrangulava um dos homens que batalhavam. Apenas um adversário restava. Vendo a morte de todos seus aliados, o shinobi enfurecido executou os selos necessário e apontando suas mãos em nossa direção ele lançou uma grande rajada de trovões.

Mu colocava a mão em meus ombros despreocupado do ataque perguntando-me o que havia acontecido. -Notícias chegaram a vila que você tinha morrido. Sua avó estava sendo cuidada por outra pessoa e disseram que haviam explodido você em mil pedaços. Disse  olhando para meu amigo enquanto com a outra mão eu fazia um movimento que levantava uma parede de areia endurecida forte o suficiente para parar os disparos elétricos. A areia da parede bloqueou os disparos e rapidamente se moveu pelo chão, subindo pelas pernas do shinobi e crescendo em quantidade. Antes que pudesse ver o homem estava envolvido em um sarcofago de areia flutuante que o impedia de respirar. A areia se moveu brevemente até que eu não pude mais sentir resistência. Nesse momento soltei o corpo sem vida do homem no chão e me virei novamente para Mu.

-Eu fiquei meio perdido depois que você morreu cara. Você foi meio que meu primeiro amigo. um sorriso brotou em meu rosto enquanto as memórias da minha dificuldade em se relacionar com os outros no passado me veio a mente. -Eu decidi me tornar mais forte e fui treinar com Hirume, você precisava ver como eu estava incrível em kenjutsu Meu sorriso foi substituído por um semblante mais sério. -Eu fui tentar salvar uma pessoa que no fim das contas não merecia ser salva. Ele fez diversas experiências no meu corpo e quase me matou. Eu tenho tentado aprender a lidar com meus novos poderes desde então. Mas, acho que eu não sou o único  que passou por problemas. Disse sorrindo novamente para meu amigo.




HP – 725/725      CHA – 700/725       STA – 1/6

Considerações:

Número de palavras: 386
Jutsus Usados:

Sabaku Sōsō
Rank: B
Requerimentos: Jiton — Forma: Suna.
Descrição: Sabaku Sōsō (砂瀑送葬, Funeral do Deserto) é um Ninjutsu utilizado pelo ninja da areia Gaara. Gaara faz com que a areia suba do chão e encerre seu alvo usando sua técnica Sabaku Kyū, tornando-o capturado no local. Gaara, então, faz esse jutsu se contrair e esmagar seu alvo, matando-o. O sangue da vítima, então, mistura-se com a areia que retorna à cabaça de Gaara. O sangue, então dá mais poder para o demônio Ichibi no Shukaku, dentro de Gaara.

_______________________

[filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Assinatura
-
Menestrel
Genin
Menestrel
Vilarejo Atual
Ícone : [filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Shin2

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73694-fp-koda#567787 https://www.narutorpgakatsuki.net/t73698-gf-koda#567821

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Dom 1 Mar - 0:29


o quanto se pode mudar. 3;



Os corpos inimigos jaziam próximos à nós. A senhora e a criança provavelmente encontraram uma brecha para saírem logo dali. Talvez tenham até agradecido, mas eu não poderia ter visto. Tudo que o meu amigo me contava era demasiado absurdo: Embora não falso, visto que eu realmente fui explodido em vários pedaços. Ao ouvir sua citação, puxei um cigarro do bolso e acendi-o, tragando a fumaça agridoce e suspirando como quem havia acabado de tomar morfina na veia.

- Me costuraram feito um boneco - Levantei a barra da manga da roupa que cobria meu braço esquerdo e mostrei o pulso enlaçado por fios negros - Foi graças à essa técnica que consegui sobreviver. Tudo dentro de mim já não é mais igual...

Meu silêncio pausou a conversa de forma constrangedora. Dei-me um tempo para ouvi-lo e perceber o quanto suas vidas haviam mudado desde então. Até antes de receberem essa bandana marcada pela pedra, eram apenas crianças com sonhos de heróis que venciam vilões. Queriam mudar o mundo. Queriam ser o mais fortes, sem nem mesmo saber o preço que o poder cobraria de ambos. Não imaginavam o quanto o mundo, na verdade, era cinza.

- Vem. Quero te mostrar uma coisa - Pedi, movimentando-me de forma despretensiosa enquanto começava a andar, guiando-o algum tempo pela estrada de pedra que eventualmente levaria até o local onde os pais de Tsuki haviam feito o seu túmulo, sob a sombra de uma árvore frondorosa e onde podia-se ouvir o pequeno e raro riacho que cortava os arredores de Iwagakure.

- Eles disseram que você sempre gostou muito da natureza. Daí escolheram aqui para colocar a sua lápide - Apontei para a pedra, pus-me de cócoras e deixei que ele lesse a dedicatória em sua própria lápide - Após sua suposta morte, eles se sentiram perdidos e decidiram recomeçar em algum lugar onde as memórias não os consumiriam. Sua mãe...

Deixei meu cigarro cair. Talvez fosse um sinal para que eu poupasse o meu amigo de detalhes que poderiam machucá-lo ainda mais.

- Eu não sei onde eles estão. A verdade é que precisamos recomeçar também, de alguma forma - Afirmei, ainda que não confiasse totalmente em minhas palavras - Ultimamente eu enfiei minha cara em treinos e missões. Me afundei em trabalho e tentava encontrar alegria em pequenos momentos. Mas eu tô cansado, sabe? Porque nós não encontramos alguma espelunca pra morar? Somos ninjas, cara. Podemos dar a volta por cima. Podemos continuar até que seja mais fácil respirar e entender todos os interpéries da vida.

...


Considerações do Post:

Aparência;  
[408/200] palavras segundo o app Q10; aquisição e status e interação;
Filler em dupla @Tsuki Murashida,


-
Tsuki Murashida
Tokubetsu Jonin
Tsuki Murashida
Vilarejo Atual
Ícone : [filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Icon

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70007-fp-tsuki-murashida https://www.narutorpgakatsuki.net/f170-gestao-da-ficha

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Dom 1 Mar - 15:46



A luta havia terminado rapidamente e Mu me contava sobre como ele havia adquirido tais habilidades e também como havia sobrevivido. A força dele não era a única coisa que havia mudado. Era claro que assim como eu ele tinha ganhado suas próprias cicatrizes e que agora lidava com elas a seu próprio modo. Encontrá-lo ali era quase como um respiro de otimismo em meio a todas as atribulações recentes. A sensação de rever o meu amigo não era só como a de quem retorna de uma viagem ou de uma missão longa. Eu estava conversando novamente com Mu depois de pensar que jamais o veria novamente.  

Cada um de nós tinha encontrado sua válvula de escape e a de Mu havia sido o trabalho, o que explicava a extrema eficiência ao derrotar os inimigos anteriormente. Mu me pediu para que o acompanhasse por um um momento. Conversamos enquanto caminhávamos em uma direção que mais do que depressa meu corpo reconheceu. A mesma curva da montanha que eu havia crescido olhando. O som do rio que regava as plantações do meu pai todas as manhãs e o mesmo cheiro dos campos floridos que viajava no céu. Mu havia me trazido de volta até a região onde eu havia crescido. Por um momento achei que ele me traria novamente a minha família, mas o que me aguardava eram apenas mais incertezas e uma certa dor.

Mu abaixado moveu seu corpo para o lado revelando um tûmulo feito por meus pais. “Por mais que você não se encaixasse no mundo você sempre quis salva-lo. Te amaremos sempre onde quer que esteja.” Uma lágrima escorreu pelos meus olhos enquanto eu deslizava meus dedos pela pedra. Meus pais estavam em algum lugar achando que o filho deles havia morrido. A mão de Mu tocou meu ombro me lembrando de onde eu estava. Ele não sabia onde meus pais estavam. -De qualquer forma te agradeço por me trazer aqui. Ele sugeriu que talvez pudéssemos dividir as despesas de uma casa e aquilo me pareceu mais do que ideal. Eu dificilmente conseguiria continuar a viver na mesma casa sozinho. [b] -Até alguns minutos você estava morto pra mim e agora eu estou realmente considerando em dividir um apartamento com você cara. Respirei aliviado. Minha amizade com Mu era uma das poucas coisas que não parecia ter mudado entre nós. Me coloquei de pé e sorri. -Então temos um plano meu amigo. DIsse movendo minhas mãos fazendo com que a areia comigo se movesse, envolvendo nossos pés e erguendo-os do chão e nos levando com facilidade de volta a Iwagakure

[/b]
HP – 725/725      CHA –600/725       STA – 1/6


Considerações:


Número de palavras: 438

Jutsus Usados:


_______________________

[filler/dupla] O quanto se pode mudar;  Assinatura
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; - Seg 2 Mar - 18:55

Okay
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [filler/dupla] O quanto se pode mudar; -

-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.