>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 10:
RemanescentesAno: 69DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

Xiao Dre
Genin
Xiao Dre
Vilarejo Atual
Ícone : [Rank D] Ensinando uma lição! Tumblr_oz8lqs1Vyo1vj9g38o6_250

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70286-the-puppet-master-khan https://www.narutorpgakatsuki.net/t70287-gf-dre

[Rank D] Ensinando uma lição! - em 15/2/2020, 06:12

—— Respondendo à provocação.


O sol provavelmente nem havia surgido por entre as estruturas de areia que circundavam a aldeia, visto que nenhum feixe de luz sequer atravessava pela janela do Ruivo, lhe permitindo prolongar um pouco mais o seu sono. Aparentemente Isuka havia considerado os feitos de Khan, no dia anterior, uma declaração de guerra, tendo em vista que o pássaro usado como mensageiro pela Vila da Areia pousava, antes do raiar do dia, na janela do quarto andar, onde o sujeito dormia tão plenamente que ao menos dois litros de baba já haviam escorrido por sua boca e inundado o chão do quarto, que por sua vez detinha a organização que mais fazia parecer o quarto de um débil – quem sabe fosse. Algumas dezenas de bicadas foram desferidas pela ave, na tentativa de despertar o shinobi, que relutou o quanto pode até que finalmente se levantou, retirando - ainda de olhos fechados - o pergaminho que tal pássaro carregava em suas costas. Ao menos mais dez minutos se passaram até que abrisse os olhos e contemplasse o conteúdo da mensagem.

Se tudo aquilo não fora o suficiente para lhe despertar oficialmente, ler o enunciado de sua mais nova missão o fez —— FILHO DA PUTA! —— O seu brado assustou a ave que levantou rapidamente voo, saindo pela mesma janela que outrora entrou —— Nem fodendo que esse moleque fez isso! —— Incrédulo com a audácia de Isuka, o sujeito se lavou, tomou suas roupas e vestindo-se saiu rumo à academia. Não demorou mais que dez minutos para chegar ao seu destino, pronto para esmagar a cabeça de seu inimigo e quem sabe até o teria feito, se as crianças já não estivessem ali, um em especial contendo cerca de cinco ou mais pedaços de algodão em suas narinas, a quem o Ruivo reconheceu e atribuiu uma risadinha sutil e sarcástica. Apesar de não ligar de matar alguém na frente de uma criança, Khan tinha o objetivo de progredir com sua graduação e para isso era preciso concluir o máximo de missões possíveis. Talvez aquilo viesse a calhar. Sua missão atual era fazer uma espécie de palestra motivacional para os estudantes ali presentes, o que a seu ver não devia ser tão difícil, afinal, crianças se admiram com facilidade. Khan caminhou para frente da classe e respirou bem fundo, levando com sua destra até seus lábios um cigarro, o qual acendeu rapidamente, mesmo diante da expressão de reprovação de Isuka, o que talvez até tenha o motivado ainda mais.

—— Bom, eu me chamo Khan —— Começou o Ruivo —— Tenho vinte anos e felizmente até hoje não me tornei professor da academia. Motivo pra ficar feliz, viu? Eu sou o que chamam de Titereiro. Construo e controlo marionetes que me ajudam quando eu estou lutando. Nossa aldeia já foi muito famosa algum dia por conta de ninjas com tal habilidade: o Kugutsu, mas hoje em dia existem muito poucos. Na verdade não conheço outro além de mim —— Uma pausa para tragar o cigarro, soltando toda a fumaça na direção de Isuka —— É importante que vocês saiam daqui preparados para o que tem lá fora. Essa cicatriz no meu olho esquerdo não é de nascença. O mundo é cheio de inimigos furiosos e vorazes, vocês tem de se preparar —— Mais uma pausa para o cigarro —— Bom, e se isso não motivou vocês a se concentrarem e a aprenderem tudo que lhes é ensinado, vou lhes contar uma coisa —— O sujeito se agachou, aproximando-se da turma com o cigarro entre os lábios —— Se não se dedicarem aqui, iram se tornar ninjas medíocres que não tem grandes capacidades. Ai vão enviar vocês para cuidar de crianças e ensinar coisas idiotas para elas —— O olhar então se dirigiu para Isuka, que contemplaria o sorriso sarcástico estampado no rosto de Khan —— É como diz o ditado, crianças: “quem não sabe fazer, ensina” —— As crianças sorriram por alguns minutos, do próprio professor, que sem graça efetuou o pagamento para o Ruivo, o qual logo partiu, sentindo o sabor da vitória e tendo a certeza de que aquela guerra havia sido vencida.

Khan; 475/275; 675/675; 0/5; 0/3;

Considerações:
Aparência: Aparência de Khan. Vestimentas.

Missão Rank D:
Evento na Acadêmia Ninja
Descrição: Hoje a academia ninja terá uma aula especial mostrando as habilidades dos ninjas já graduados, sua missão é ir lá, fazer uma palestra e mostrar algumas habilidades para motivar os estudantes.
Arsenal:
Senbons 40 (20)

Total: 20/20.
Item: Quantidade (Espaços).
Usados:

-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Rank D] Ensinando uma lição! - em 15/2/2020, 11:39

Aprovo.
-


Layout por @Akeido Themes, @Loola Resources e Naru.