Não é o único, Simplesmente o melhor!
Naruto RPG
Akatsuki
A doce melodia dos ventos atravessando o deserto não era mais querida por absolutamente ninguém. Ele sabia muito bem disso, por mais que odiasse o fato. Concordava que sua vila estava morta há muitos anos, entendia que seu povo sofrera, e, mesmo assim, não entendia como. Parecia um absurdo sem precedentes como uma vila tão renomada como Sunagakure no Sato, organizador do primeiro Chunin Shiken mundial desde a formação das novas nações, havia sido destruída, afundada nos seus próprios desertos, graças a uma única entidade chamada Okina. Mas isso aconteceu. Muitas pessoas inocentes morreram, muitas fugiram, e os vastos desertos dentro de Kaze no Kuni tornaram-se morada de aldeias e mercenários, todos tentando sobreviver na jornada. Muitos ficavam nos arredores com esperança do retorno da gloriosa Sunagakure no Sato, outros porque não eram aceitos em outros lugares e, alguns ainda não tentavam, pois tinham idosos e doentes consigo. Um verdadeiro caos. A economia despencou; começaram os gastos com população, poucos impostos recebidos e mais gastos com mercenários contra outros mercenários. Acreditava que a iniciativa destrutiva de Okina não visava aquelas consequências, mas eram reais e ele precisava enfrentá-las.
Arco Atual:
Reconstrução
A AlvoradaUzushiogakure e Sunagakure estão reconstruídas, marcando uma nova era para as nações shinobi, que agora são cinco uma vez mais. Os Shodaime Kazekage e Mizukage comandam as novas gerações de seus vilarejos, iniciando uma série de planos governamentais para garantir que o mal não os assole como ocorreu no passado.
RelíquiasAs facções caminham em direção à calamidade, e os líderes de cada grupo correm contra o tempo para adquirir novos seguidores. Da mesma forma, os mais ferrenhos seguidores se enfrentavam, e a ínfima possibilidade de relíquias do passado se revelarem ao mundo deu início a uma nova corrida por parte das facções.
Estação: VerãoAno: 67DG
Últimos assuntos


[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 em 13/2/2020, 22:07


[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Original

Hōki Yui
ホウキ佑泉


Depois de anos sem nos vermos, finalmente nos encontraríamos. Sinceramente era estranho; no mesmo dia em que nos conhecemos, nos despedimos, mas mesmo depois de tanto tempo conseguia me sentir próxima dele. Me vestia enquanto os pensamentos sobre aquele estranho acontecimento percorriam minha cabeça. Me perguntava se era uma simples coincidência alguém que acabara de retornar depois de anos distante ser enviado para uma missão comigo, uma pessoa com laços duvidosos. Bom, não era uma pergunta muito importante, independente de qualquer coisa, afinal, eu, como ninja da aldeia, precisava focar em finalizar as missões com total aproveitamento, principalmente missões como aquela, que eram destinadas a nós diretamente pelo Raikage. Era hora de me concentrar no objetivo e demonstrar o que eu poderia fazer pela vila.

Saía de casa pensando em como o Sarutobi estaria. Ele ficara distante da vila por sete... oito anos? Era muito tempo, não devia ser por simples motivo. Ninguém se afasta de casa assim por razão nenhuma. De certa maneira a curiosidade em corroía, mas eu sabia que não deveria colocar meu foco em qualquer assunto que pudesse se colocar entre mim e o objetivo da missão. Tentava me focar ao longo do caminho, me preparando para completar os objetivos da missão acima de tudo. Talvez eu estivesse colocando maior valor do que o necessário em uma missão simples de escolta, mas é o inicio de uma grande escalada; caso eu quisesse realmente provar meu valor dentro da vila, realizar cada movimento com perfeição seria necessário.

HP: 500 | 500 CH: 700 | 700 ST: 00 | 06

Considerações:


Aparência:
Aparência: Bishamonten (Noragami). Vestimentas, na cor branca.

Armamentos:
- 10 Kunai
- 5 Shuriken
- 12 Kibaku Fuuda
- 2 Hikaridama

_______________________

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Tumblr_nxepr4wD271u4f2lbo1_500
Hummingbird
[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 20b3da44f206a06d28509667b3a21c0f0727683d_128

Hummingbird
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69790-hoki-yui#524239 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69835-g-f-hoki-yui

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 em 14/2/2020, 00:15



Quando li o seu nome no pequeno formulário com as especificações das missões que estava prestes a iniciar, fui tomado por uma sensação revigorante; é como quando você resolve espontaneamente sair de casa para comprar algo que desejava há algum tempo, ou quando recebe um presente inesperado de alguém que ama. Em suma, acho que posso dizer que é algo de bom que você não sabia ou não se lembrava de que tinha, e, quando o faz, não pode conter um saudoso sorriso ao se lembrar ou descobrir este presente valioso que o destino lhe deu. Yui. Realmente, fazia muito tempo desde que não nos víamos. Dez anos? Dez anos e alguns meses, imagino. Apenas a vi uma vez, mas fiquei conjecturando por muito tempo, naquela época, sobre como seria a sua personalidade. Dada a dor e o sofrimento que teve de suportar em tenra idade, a minha aposta seria a de que ela amadureceu e se tornou uma mulher muito forte, tal qual uma espada forjada sobre a brasa mais quente de uma fornalha que acaba se tornando a mais estimada da coleção de um ferreiro. Ainda me lembrava de alguns detalhes de seu rosto, mesmo que estivéssemos separados por muitos anos de diferença: A sua pele tão clara quanto a minha, seus cabelos áureos e seus olhos de quartzo. Dramático demais, eu sei, mas eu precisava associar suas características físicas com algumas coisas para que eu não me esquecesse de seu rosto. Afinal de contas, eu não queria me esquecer de Yui.

Fico, também, pensando sobre o que passava por sua cabeça quando lia um dos códices sagrados do templo. Ah, cara, isso me rendeu uma encheção de saco na época. E, além disso... – Ande logo, En. Não os deixe esperando. – Rapidamente apressou-me mestre Haseo, com a ternura e a suavidade de um leão rasgando o pescoço de um cervo enquanto se refestela sob suas tripas. Olhei para baixo e vi o seu rosto impaciente. Assim, sem outras opções, peguei minha mochila de um outro galho, próximo daquele sob o qual eu estava sentado, e pulei para baixo, aterrissando próximo de onde meu mestre me julgava com seus olhos conspícuos. Em um dia animado de minha infância, notando o quão irritado ele estava por causa de algum trato de minha personalidade, eu provavelmente tentaria fazê-lo cruzar a linha que determina o limite de sua raiva com alguma frase idiota do tipo “e quando é que vou ganhar meu sabre de luz mesmo?”. Entretanto, eu havia amadurecido bastante nos anos que passamos como eremitas, cuidadosamente estudando as nuances da Força. E, agora, além de eu ter me tornado uma pessoa mais compenetrada e diligente, era esperado que eu agisse desta forma também. Não que eu acreditasse que agir emulando certa característica faça com que você magicamente a obtenha, mas, eu o fazia porque isto me tornaria melhor aos olhos de meu mestre. Ele estaria mais orgulhoso e confiaria mais em mim. Esta era a vontade da Força. Portanto, curvei levemente minhas costas. – Perdão, mestre. Partirei imediatamente. – Comuniquei, recebendo um gentil sorriso do ancião que sabia exatamente o que estava fazendo.

[...]


Com passos lentos, mas firmes, cruzei os portões oeste de Kumogakure, meu vilarejo. Assim que o fiz, vi alguns ninjas em torno do que parecia ser uma carroça. Preparando-a para os carregamentos que seriam transportados durante a missão, rapidamente presumi. Mas, assim que me aproximei mais, finalmente vi-a; é estranho, porque, quando nos vimos da última vez, éramos apenas crianças tentando se ajudar. Agora, entretanto, Yui havia se tornado uma mulher. Seu semblante era envolto por certezas e confianças, e sua aparência etérea conferia-a um ar de aristocracia angelical, se isso é capaz de existir. Creio que não fui capaz de disfarçar a minha surpresa em meu rosto, contudo, e imediatamente sorri ao vê-la. Sorri porque ela estava viva. Sorri porque ela parecia muito melhor. E, principalmente, sorri porque, como eu era capaz de sentir, ela havia aprendido a sobreviver apesar de todas as dificuldades deste mundo impiedoso. Quis abraçá-la, mas sabia que a garotinha de luto de dez anos atrás não se sentiria muito bem com isto. Estendi a minha mão, então, para saudá-la. – Quanto tempo, Yui. – Entoei, mantendo um gentil sorriso e os meus olhos nos seus.


HP [500/500] | CH [500/500] | ST [0/3] | Post [01/10]

Considerações:
Equipamentos:
※ 10 Kunais [10 un.]
※ 10 Shurikens [10 un.]
Missões:

As contendas de Chá
Vocês foram selecionados pela raikage para escoltar uma remessa de ervas em uma vila vizinha, essa seria a missão número um, no entanto são abordados por um pequeno grupo de assaltantes não muito experientes e fortes, detenham-nos e terminem a escolta. Entregar os assaltantes para a prisão de Kumo será a segunda missão de vocês, o superior imediato de vocês ordenará que levem ambos para Kumo como uma missão extra.

_______________________

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 4UBswn4
"Gazing into that emptiness is painful.
It's hard.
But if you can face it, unfaltering, it will eventually give you the answer you seek...
How you want to live your life."
Skywalker
[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 EeYBdl7

Skywalker
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69537-ficha-de-personagem-enmei#521378 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69558-gestao-de-ficha-enmei#521613

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 em 15/2/2020, 21:34


[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Original

Hōki Yui
ホウキ佑泉


Aguardava pacientemente ao lado da carroça era carregada e preparada para a viagem por alguns outros ninjas. Mantinha minhas mãos a frente de meu corpo, unidas; eu nunca fui a pessoa mais sociável, mas era comum me sentir desconfortável perto de pessoas que não conheço, principalmente quando sozinha.  O sol quente do verão começava aos poucos a me incomodar; os climas em Kumo sempre subiam no verão e na primavera, porém eu sempre fui uma pessoa do frio.

Enquanto aguardava que os preparos fossem finalizados olhava em volta. Sabia que hora ou outra o garoto chegaria, mas não sabia como ele estaria depois de tanto tempo e muito menos em como reagir. Senti meu coração acelerando um pouco; era comum que eu ficasse nervosa em situações sociais, principalmente assim. Suspirei; acho que a ação já era mais comum do que respirar para mim.

Olhava em direção ao portão enquanto a brisa úmida do varão balançava as longas mechas louras que quase tocavam o solo. Mesmo com minha visão prejudicada pela luz solar tinha o vislumbre de alguém se aproximando. Quando pude finalmente enxergar com precisão tive certeza: era ele. Vestido com as tradicionais roupas shinobi da Nuvem,  ele não mudara tanto... Bom, ao menos é o que os restos da minha mória infantil dizia. Talvez só devesse deixar de chamá-lo de 'garoto', mesmo que mentalmente. Se eu já não era mais uma criança, então ele também já era um adulto. O Sarutobi se aproximou e, com um sorriso, estendeu a mão. Assenti com a cabeça e aceitei a saudação, com um sorriso quase imperceptível. – Já faz muito tempo, Enmei.  

HP: 500 | 500 CH: 700 | 700 ST: 00 | 06

Considerações:


Aparência:
Aparência: Bishamonten (Noragami). Vestimentas, na cor branca.

Armamentos:
- 10 Kunai
- 5 Shuriken
- 12 Kibaku Fuuda
- 2 Hikaridama

_______________________

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Tumblr_nxepr4wD271u4f2lbo1_500
Hummingbird
[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 20b3da44f206a06d28509667b3a21c0f0727683d_128

Hummingbird
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69790-hoki-yui#524239 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69835-g-f-hoki-yui

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 em 17/2/2020, 23:39



I n t e r l ú d i o
Seis

Suponho que eu já deveria ter esperado por isto, mas, sim, Yui havia se tornado mais ou menos aquilo que eu havia pensado que seria; uma pessoa forte, mas que, mesmo em seu rosto, carrega as cicatrizes das coisas pelas quais passou. Ela tinha um rosto inocente, jovem também, mas as suas palavras carregavam um peso diferente. Talvez porque ela falasse pouco, não sei, mas esta era a sensação que eu havia adquirido a partir de nossas primeiras impressões. Por sorte, eu não precisaria me limitar a primeiras impressões: estávamos em uma carroça, quieta e trepidante. Onde estaríamos daqui à uma hora? Na mesma carroça, quieta e trepidante. – Como está sua mãe, Yui? – Começaria perguntando-a. Na verdade, a partir disto, buscaria realizar algumas perguntas para que eu entendesse melhor o que se passava em sua cabeça e em seu coração. Querendo ou não, Yui era uma das pessoas mais importantes do meu passado quando eu lembrava de Kumogakure; usei a imagem de seu rosto com o único sorriso que vi vários dias enquanto estava em montanhas, ou vales, ou em oceanos. Servia como uma bússola para mim, estes rostos. Quando eu estava numa parte muito difícil de meu treinamento ou tinha que entender algo que eu não achava que era capaz de compreender, eu me lembrava do porquê de estar ali. Eu era mais agradecido a Yui e aos outros que eu me lembrava do que eles jamais saberiam, provavelmente.

HP [500/500] | CH [500/500] | ST [0/3] | Post [02/10]

_______________________

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 4UBswn4
"Gazing into that emptiness is painful.
It's hard.
But if you can face it, unfaltering, it will eventually give you the answer you seek...
How you want to live your life."
Skywalker
[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 EeYBdl7

Skywalker
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69537-ficha-de-personagem-enmei#521378 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69558-gestao-de-ficha-enmei#521613

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 em 18/2/2020, 23:06


[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Original

Hōki Yui
ホウキ佑泉


Parte da viagem se passara e o garoto não abrira a boca, o que era de certa maneira estranho e, de certa maneira incômoda. Aquele clima estranho de um silêncio se formava, mas eu buscava não me incomodar; focava no caminho,  nas pequenas paisagens que eram visíveis no caminho, nos animais que passavam e nos mínimos detalhes que podiam ser observados por mim do alto de uma carroça em movimento.

Apesar do meu foco em desviar a atenção de meu companheiro, me perguntava o que acontecera em suja longa jornada. No dia em que passamos juntos, que diga-se de passagem, foi o dia em que nos conhecemos, ele falou durante todo o tempo. O que podeira ter acontecido a alguém de tal maneira que seus comportamentos fossem alterados tão bruscamente? Aquilo era só um reflexo da infância? Ele amadurecera? Não sei se a passagem pela adolescência mudaria tanto alguém, mas, ao mesmo tempo, não possuo uma perspectiva diferente, afinal, essa passagem ainda acontece, tanto em mim quanto nele, ao menos é o que eu acredito.

Conforme o caminho passava ele finalmente abrira a boca. Não sei se isso era um bom sinal ou apenas uma notificação para correr. De tantos assuntos... Ele perguntou de minha mãe.   Senti a garganta coçando devido ao longo tempo sem falar e tussi como uma resposta do corpo. – Bom... - Minha voz soou firme, porém distante e fria. Com o tempo acredito que aquilo se tornara parte de mim; era difícil lembrar de uma época onde isso era diferente, mesmo para mim. – As coisas não mudaram muito. Ela continua se afogando no trabalho... Mesmo eu me pergunto se ela era já superou o que aconteceu... Porém não a julgo, ela faz o que tem que fazer. E, no fim das contas, nós só temos uma a outra. - Talvez fosse muita informação, mas não sabia o que ele gostaria de ouvir. Em todo caso, era a verdade.

HP: 500 | 500 CH: 700 | 700 ST: 00 | 06

Considerações:


Aparência:
Aparência: Bishamonten (Noragami). Vestimentas, na cor branca.

Armamentos:
- 10 Kunai
- 5 Shuriken
- 12 Kibaku Fuuda
- 2 Hikaridama

_______________________

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Tumblr_nxepr4wD271u4f2lbo1_500
Hummingbird
[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 20b3da44f206a06d28509667b3a21c0f0727683d_128

Hummingbird
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69790-hoki-yui#524239 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69835-g-f-hoki-yui

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 Ontem à(s) 21:29



– Entendo... – Concluí mediante sua resposta. – Talvez ela tenha encontrado em seu trabalho uma distração para os seus problemas na época? – Brevemente cogitei, dando continuidade ao assunto conversado. – De quaisquer formas, eu tenho certeza de que ela está melhor. Posso sentir isso. Assim como sinto que você está muito melhor também, Yui. – Continuei. Eu não deveria nos aprofundar demais em conversas sobre o passado durante missões, eu suponho, mas eu não poderia evitar de fazê-lo quando estou na presença de uma velha amiga. Entretanto, eu não gostaria, também, de distraí-la demais com perguntas pessoais. – Alguma chance de você ter gostado daquele livro que te emprestei? Você ainda está com ele, né? – Mudei de assunto num tom levemente cômico. Mas, no fundo, eu realmente estava interessado no que os olhos e a mente de Yui concluíram a respeito dos abstratos conceitos que definem a Força e como ela age sobre todos os indivíduos como uma força da natureza. Afinal de contas, as palavras espiritualmente fortalecedoras contidas naquele livro muito especial eram capazes de trazer conforto para aqueles que precisam, como muitas vezes fizeram comigo. Não era exatamente que eu esperasse que Yui tenha gostado do livro, pensando bem. Acho que meu verdadeiro desejo é saber se eu fui útil quando ela precisou de mim ou não. Um dia eu descobriria. – Tazuna-san. – Entoaria, chamando a atenção do homem que controlava os rumos da carruagem. Um senhor de barba branca e um chapéu assimétrico engraçado e que, de acordo com alguns rumores, era um dos maiores entendedores de cavalos do país. – Será que estamos chegando? – Gentilmente questionei-o, não querendo fazer com que o meu tom parecesse um de cobrança. – Apenas uma hora, eu acho, meu querido. Não tenha pressa. – Respondeu-me o senhor num tom de consolação. Permiti que um sorriso que se alardeou nos cantos de minha boca, indubitavelmente um reflexo de sua resposta que achei engraçada, concluísse nosso pequeno diálogo. Recostei-me novamente no banco da carruagem e senti o seu trepidar que, surpreendentemente, servia como uma boa distração.


HP [500/500] | CH [500/500] | ST [0/3] | Post [03/10]

_______________________

[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 4UBswn4
"Gazing into that emptiness is painful.
It's hard.
But if you can face it, unfaltering, it will eventually give you the answer you seek...
How you want to live your life."
Skywalker
[Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02 EeYBdl7

Skywalker
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69537-ficha-de-personagem-enmei#521378 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69558-gestao-de-ficha-enmei#521613

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Solo - Capítulo] ─ Menorá: Parte 02

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo



Você não pode responder aos tópicos neste fórum