>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Kobe
Genin
Kobe
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] Apenas um sonho Feda0c47257ca33793bf8b1ba04cb1f0bf46963f_128

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70419-fp-kayn#531750

[Filler] Apenas um sonho - 1/2/2020, 16:01




Yotte
酔って


Um dia desses, após uma boa bebedeira, deite-me num beco qualquer de Sunakagure e tive um sonho muito estranho, ele começava assim:

Esta história data de antes do mundo ser dividido entre humanos e não-humanos. Os Cavaleiros Sagrados, defensores do reino, possuíam grandes poderes mágicos e eram temidos e reverenciados. Mas entre eles, havia aqueles que traíram o reino e se tornaram inimigos dos cavaleiros. Esses cavaleiros eram conhecidos como Os Sete pecados capitais!

No momento em que abri meus olhos, estava dormindo em uma viela qualquer, como sempre fiz em toda minha vida, mas daquela vez um pouco diferente, pois aquele beco era muito diferente de todos que havia visto em Sunagakure e o quê mais me chamava atenção era a falta de areia em qualquer lugar que fosse, então me levantei do chão um pouco assustado, observando tudo ao meu redor e chegando a conclusão de que lá não era minha casa – Que porra de lugar é esse? – me questionei enquanto ainda estava um pouco zonzo pela velocidade que havia me levantado do chão. Depois de me questionar muitas coisas, mas não conseguir pensar em nenhuma resposta, decidi que deveria dar um volta por aquele para tentar conhecer o terreno e saber onde eu estava, antes disso, abri uma lixeira que estava ao meu lado e procurei alguma garrafa de bebida que tivesse algum gole – Puta que pariu, fazer isso de bico seco vai ser foda – comentei enquanto batia a tampa daquela merda de lixeira.

Comecei a caminhar por aquele lugar e percebi que a maioria das pessoas se vestiam de formas diferentes da minha, as moças usavam grandes vestidos que cobriam praticamente todo seu corpo Isso me fez sentir saudade das gostosas quase nada vestidas de Sunagakure e os caras usavam chamativas armaduras em conjunto de grandes espadas Ei que não vou me meter com esses caras. Depois de muito tempo caminhando e não conseguindo obter nenhuma informação, então decidi que deveria ir no único lugar que em qualquer lugar do mundo eram iguais, os bares. Demorei um pouco para encontrar algum estabelecimento, pois não conhecia muito bem a geografia do lugar, mas felizmente depois de muitas perguntas, consegui encontrar um bar – Essa porra consegue ser pior do que as pocilgas de Sunagakure – comentava enquanto via o péssimo estado do bar em que eu estava entrando, após passar pelas portas, resumi que aquele era o antro de pessoas estranhas das cidade, pois havia um homem com a cara toda queimada, um homem que não era um homem, mas sim uma raposa e também algumas mulheres horríveis Foda-se pensei enquanto me locomovia até a copa do bar e sem muita demora fui atendido por um loiro muito simpático – Mas como assim só cerveja? E a vodka, whisky, tequila? – surtei no momento em que o mesmo me dizia que não existia outra bebida naquele lugar além de cerveja – Tudo bem, me vê uma cerveja, então – falei com certa irritação, porém o loiro havia sido uma pessoa muito legal, pois depois de concluir que eu era um forasteiro, me deu aquela cerveja de graça.  Sentei-me em uma mesa que era localizada atrás de onde o cara de raposa estava sentado e ao lado da mulher mais feia que eu já havia visto em minha vida, mas uma coisa me chamou muito mais a atenção além daquela extrema feiura que a mulher tinha, tratava-se do assunto em que o cara de raposa, provavelmente muito bêbado estava falando Imortalidade? me questionei enquanto continuava a ouvir sobre aquele assunto. Minutos depois do assunto ter acabado, fiquei estático na cadeira tentando reunir todas informações que ele havia dito Um fruto no Reino das Fadas que poderia conceder a imortalidade? Que viadagem é essa de reino das fadas? pensei  enquanto ria um pouco alto e fazia com que chamasse a atenção do homem raposa e fizesse com que ele me questionasse o por quê da risada – Me diga onde é esse reino das fadas, irei averiguar se isso que você está falando ai é verdade – depois de um olhar de desprezo da parte do mesmo que provavelmente não era corajoso o bastante para ir lá, escutei onde se localizava esse reino e me prontifiquei a sair do bar após essa resposta.

Não conhecia nada bem aquele lugar e estava disposto a ir atrás de uma aventura da qual poderia me matar, normalmente faria isso apenas se estivesse bêbado, mas precisava mostrar para os outros que aquele homem raposa estava contando uma das maiores mentiras já ditas, caminhei sendo guiado pelas informações que ele havia me dado e de certa forma havia me explicado muito bem a localização do local, pois após adentrar na floresta, já conseguia ver a grande arvore que o mesmo havia dito que guardava o tal fruto proibido.

Ficando frente a frente com aquela arvore, consegui observar que ela parecia ser muito maior do que quando tive sua visão de mais longe – Puta merda, subir isso aqui vai dar um trabalho.. – reclamei enquanto colocava minhas mãos naquela arvore e começava a subir usando de muito esforço de minha parte.  Muito tempo foi usado para que eu chegasse ao topo daquela arvore, mas ao chegar lá, fui surpreendido por ver uma garota que na verdade era uma das mais bonitas que eu já havia visto em minha vida Isso seria uma fada? me questionei em pensamentos enquanto tentava me aproximar sendo ofuscado por aquela beleza que parecia ser de outro mundo. Quanto mais próximo daquela “fada”, mais eu percebia o quão gostosa ela também era, chegando a poucos metros de distancia dela, observei-a me olhar com uma cara ranzinza e questionar o quê eu estava fazendo lá, estava tão impressionado por conta da aparência dela que a única coisa que consegui dizer foi – Você é a garota mais gostosa que vi em toda minha vida – porém segundos depois de minha frase, a mesma levantou-se do lugar que estava sentada e fez algo que parecia uma manipulação do vento, fazendo com que eu caísse de cima daquela arvore e começasse a cair em queda livre por vários metros.

Porém em um momento houve um apagão, estava tudo escuro e quando abri meus olhos novamente, percebi que estava no beco em que havia adormecido na noite passada após uma farra no bar de Sunagakure – Que sonho mais estranho – comentava enquanto puxava uma garrafa de vodka que estava ao meu lado no chão.

Considerações:
 
1.068 palavras
[spoiler=Bolsa de Armas]
Kayn; HP [200] CK [200]; ST [00|03]

-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] Apenas um sonho - 1/2/2020, 16:51

Filler de Status Aprovado.
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.