:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Filler: Timeskip] Alvorada  The-nuclear-weapon

Netero
Tokubetsu Jonin
Netero
Vilarejo Atual
[Filler: Timeskip] Alvorada  The-nuclear-weapon

[Filler: Timeskip] Alvorada - Publicado Seg 27 Jan - 21:54:26

Dias incessantes cujo tempo atrelava-se à guerra constante que envolvia o mundo em que vivia. Os pesos carregados pelos guerreiros daquela era não diferiam muito às gerações anteriores. Tal qual a abstrata evolução não parecia ser vista pelos olhos daquele garoto. Os trovões de Kumogakure podiam ser interpretados como uma demonstração de tal inquietude que afligia até mesmo a natureza. Ante os dias de chuva, cujas nuvens negras pairavam os céus, tudo que pôde perceber se desenrolar, em um piscar de olhos, aconteceram naqueles meses. Até mesmo em proporções que ele mesmo não esperava, afinal, tudo parecia se desenrolar numa passividade quase que irritante para Castiel. O que o salvou da monótona sensação de desprazer não fora a melhor das noticias. Digamos que também não tenha sido das piores.

—— Hm? —— Apesar de deitado em sua cama, o garoto mal conseguia fechar os olhos para dormir; isso o levava a um cenário um tanto quanto entendiante do teto de sua casa. O único entretenimento que tinha era dos pensamentos de sua própria mente, entretanto, o som de uma carta deslizando pelo assoalho por baixo da porta o fez curioso. Se levantou da cama, indo até o pedaço de papel caido no chão. Agachado pegou o papel e o abriu com ambas as mãos, lendo-o assim que pudesse vislumbras as palavras que continha.

De fato, ficou um tanto quanto surpreso com o conteúdo da carta. Incumbido de resolver cerca de cinco problemas que equivaliam a missões de rank B, ele mesmo não acreditou no que lia. Suspirou fundo com o desanimo que sentia em receber todo aquele trabalho, entretanto, não tinha muito o que reclamar. Foi até o guarda-roupas, onde colocou se armou com o necessário. Suas vestes entretanto se mantiveram as mesmas, uma camisa branca de manga cumprida e uma calça de seda, nos pés, vestiu um chinelo de borracha que deixava ao lado da porta de casa.

Estava explicito o tempo que deveria ficar fora de casa, a carta dizia que meses se passariam para que tudo fosse concluído. A primeira missão era de espionagem. A segunda, infiltração. A terceira, aquisição de informações. A quarta, sabotagem e a quinte, assassinato. Todas missões seriam executas no mesmo local, entretanto, algumas delas demandariam meses para que fossem totalmente concluídas.

Seu alvo era uma organização criminosa que se esgueirava por um pequeno vilarejo ao redor de Kumogakure. O número de membros era desconhecido e apenas um deles tinha sua identidade conhecida. De acordo com as informações, eram homens extremamente cautelosos, o que poderia fazer meses se passarem para que ele conseguisse obter as informações necessárias para a próxima etapa. O objetivo da investigação era simples, descobrir o número de membros e sua base; então, a segunda etapa deveria seguir.

Lia o conteúdo mais algumas vezes enquanto caminhava em direção ao local designado; isso a fim de conseguir guarda-las totalmente em sua mente. Depois de alguns minutos memorizando à aparencia do unico membro, assim como o mapa do vilarejo, Castiel queimou a carta utilizando de seu isqueiro. Aproveitou para desfrutar de um cigarro enquanto ia até o local designado.

Lá pode ter uma melhor ideia visual do que estava representado anteriormente. De acordo com as informações armazenadas em sua memória, o homem tinha uma rotina um tanto quanto traçada, apesar disso, ninguém havia voltado da espionagem. Logo, Castiel deveria ser ainda mais cauteloso. A ideia do rapaz era simples. Utilizando de seu doujutsu, ele mantinha uma distancia de quilometros do homem designado, de modo que este não tivesse como lhe desconfiar.

Meses se passaram com aquele plano. Castiel fingia ser um simples morador, enquanto seus olhos a cada dez segundos contados iam em direção ao homem, na intenção de monitorá-lo. Mantinha um diário em mãos, anotando toda movimentação feita pelo homem. Realmente, nada de suspeito acontecia. Durante os dias de semana, o homem saia de casa às sete da manhã, indo até um restaurante próximo de sua casa. Lá, ele tomava café e ficava alguns minutos lendo algum livro desinteressante na visão de Castiel, que por alguns dias, até tentou ler junto. Depois disso, ele partia até o centro comercial, onde trabalhava todo o dia como vendedor de vegetais. Saia do trabalho as sete da noite e partia para o mesmo restaurante, onde se embebedava e ia para casa, dormindo logo quando chegava. Não tinha contato com ninguem além de seus clientes. Nos fins de semana, não mudava muita coisa, exceto que sua bebedeira excedia os horários comuns e esse acabava dormindo até a noite, quando acordava e seguia esta mesma rotina no dia seguinte. O homem parecia ter fraco por mulheres, mesmo as desprovidas de beleza fisica ou até mesmo espiritual, mas quase nunca conseguia alguma coisa. As vezes um milagre acontecia e este conseguia alguma coisa, o que o levava a um beco qualquer, sem classe alguma. Nesses casos, Castiel quase que se negava a visualizar, o que o fazia modificar o modo de percepção, observando apenas sua energia espiritual, desse modo, era possível evitar que detalhes demais fossem vistos.

Algumas semanas seguintes, em um dia comum, Castiel foi capaz de perceber o homem receber um papel embrulhado no dinheiro de um dos clientes, provavelmente, um mero informante da organização. De qualquer modo, Castiel guardou seu rosto em sua memória e utilizou de seus olhos para observar o conteúdo. "Reunião marcada para amanhã, as três da manhã.". Era o horário marcado, realmente, eram homens cautelosos. O jovem logo percebeu a esperteza dos homens em manter as devidas rotinas em ordem, assim, evitariam quaisquer desconfiança. Não havia qualquer sinal de localização, entretanto, o rapaz de cabelos albinos teria a oportunidade de seguir o meliante até a base, onde teria a oportunidade de dar como concluída a primeira missão.

A noite caiu, e logo a madrugada chegou. O homem saiu às duas horas, o que levou à Castiel pensar que o local não era muito longe dali. Entretanto, o homem moveu-se velozmente, evitando assim que pessoas comuns pudessem observa-lo. O rapaz teve então de manter certa distancia, movendo-se em uma velocidade equivalente. Graças à geografia do País do Trovão, fora facil mover-se sem ser percebido.

A reunião acontecia num local fechado, dentro de uma caverna. Sete membros, todos cujas roupas se assemelhavam a homens comuns. Mais uma vez, algo que impressionou o jovem shinobi. O uso de roupas comuns facilmente seria uma maneira de enganar possíveis flagras, desse modo, poderiam dizer que estavam simplesmente trocando informações preciosas sobre a venda de mercadorias; muitos simplesmente acreditariam.

O rosto de cada homem foi guardado, entretanto, aquele local não lhe parecia a base real, apenas a base de informações. Castiel utilizou de sua habilidade artística para desenhar o número exato de oito ratos. Esperou que os homens saissem do local, cerca de quatro horas da manhã, e então, liberou sete deles para cada homem. O oitavo, adentrou a caverna, onde ficaria para a próxima reunião. Entretanto, não tinha ideia de quanto tempo isso levaria.

Manteve então a mesma rotina de outrora. O rato enviado àquele homem já havia passado as informações sobre aquela noite, da qual ele havia tido de ficar algum tempo mais na caverna, logo, Castiel pode voltar a vigia-lo sem muitos problemas. Entretanto, mais rápido que o imaginado, a próxima reunião ocorreu. Através do mesmo procedimento, horário e local. Dessa vez, Castiel recebeu as informações necessárias para a quarta missão, afinal, o jovem havia se adiantado ao usar seus desenhos para se infiltrar e ao mesmo tempo obter informações valiosas. O trabalho dos homens aconteceria em uma semana. Um roubo de artes. A missão de Castiel seria sabotar o objetivo dos mesmos, assassinando-os em seguida. Sabia o plano que usariam, então, deixaria que eles pensasse que tudo daria certo.

No dia marcado, após a semana, o homem manteve-se na mesma rotina mais uma vez, até o valioso dia. Fingiu viajar com suas mercadorias, movendo-se em direção à mesma rota onde as artes seriam levadas. As informações eram adquiridas através do homem responsável, o chefe de uma loja de artes. Ele mesmo roubaria as artes para que ele não precisasse paga-las. Ao mesmo tempo, utilizariam desse acontecimento para diminuir o transito das estradas, aumentando assim o preço dos produtos em todas as vilas que os homens moravam. Realmente, um plano de mestre.

Castiel ficou a espreita, cerca de quinhentos metros da estrada. Entretanto, este havia marcado com um selo espaço-temporal a carroça do homem, enquanto este dormia. Através disso, ele poderia surpreende-los a quaisquer momento. E assim, o assalto se iniciou. Os mercadores assaltantes passaram ao lado da carruagem com as artes, matando o condutor. O segundo a sair fora um guarda, que quase perdeu a vida, se não fosse pela interferencia de Castiel. Ele mesmo havia saido de seu próprio plano. Eram cerca de quatro dos membros da organização. Castiel "voou" com a Tecnica do Deus Voador do Trovão e através do uso intenso de manipulações poderosas do relampago negro, apagou todos os homens antes destes perceberem sua posição; logo depois, retirou-lhes a vida a sangue frio.

As informações necessárias para continuar a missão haviam sido recolhidas. Eles iriam se encontrar na vila posterior, em um pequeno estábulo na casa de um destes. Através dessa informação, poderia então terminar sua missão que durara seis meses quase que exatos. Assim o fez, foi até o local sem ser percebido, mantendo os olhos atentos a movimentação inimiga. Por fim, adentrou o estábulo de maneira extravagante, rasgando o pescoço dos inimigos um por um, enquanto os raios negros faziam o trabalho de paralisa-los e apaga-los. A missão finalmente havia sido concluída. Recolheu as informações que havia guardado em seu diário e nos pergaminhos, e logo em seguida partiu para Kumogakure. No mesmo dia, reportou tudo através dos documentos entregues e voltou para sua casa.

O rapaz estava fadigado, há meses dormia apenas duas horas por dia, horário que deixava alguns ratos pro conta da vigilancia do homem, enquanto esse trabalhava; entretanto, não podia se dar o luxo de perde-lo, ou ser descoberto. Tinha apenas uma refeição por dia, que ocorria rapidamente no momento em que o homem caia no sono. Fumava cerca de três a quatro cigarros ao dia, quando o homem ia ao banheiro, ou quando realmente não conseguia segurar seu vicio. Seu corpo estava cansado, assim como a própria mente. A primeira coisa que fez ao chegar em casa, foi comer toda comida da geladeira sem nem mesmo se preocupar com as compras do dia seguinte e depois, deitou-se, caindo no sono de imediato.

500 HP
500 CH

ST: 00/05

Considerações:

OUTROS:

Bolsa de armas 20/70:
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler: Timeskip] Alvorada - Publicado Ter 28 Jan - 2:37:42

Aprovo.