:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Filler: Timeskip] Antes da Tempestade II 789e0fc5dd4eb4bd8dab8250ccf4dcaf

Zeitgeist
Zeitgeist
Vilarejo Atual
[Filler: Timeskip] Antes da Tempestade II 789e0fc5dd4eb4bd8dab8250ccf4dcaf

[Filler: Timeskip] Antes da Tempestade II - Publicado Dom 26 Jan 2020 - 18:04

As preparações pra guerra que se aproximava eram feitas de maneira meticulosa e estratégica. Otogakure nunca esteve tão alerta quanto àqueles meses. A presença de seu líder se tornava inconstante com os assuntos diplomáticos que tinha que lidar. Apesar disso, sua presença era constantemente notada pela pacificação que Otogakure se encontrava. A tal calmaria que se tornava prenuncio da tempestade. O aumento de shinobis em Otogakure havia acontecido gradualmente, desde que o Shodaime Otokage havia assumido a liderança. Este não tinha grandes intenções de tornar a guerra algo individual à Nação do Som e por isso, estava disposto a expandir sua aliança e até mesmo seu território, entretanto, preparativos deveriam ser feitos durante o tempo que fosse necessário.

[..]

Grande parte dos homens ficaram encarregados do monitoramento de Otogakure. Ninjas do Alto Escalão comandavam as travessias com rédeas curtas. Nenhum mercador ou comerciante deveria passar pela ponte sem a autorização destes. A necessidade de evitar a presença inimiga era nítida até para aqueles que não eram habituados aos meios militares. O povo se sentia um tanto desconfortável com a falta de informação, entretanto, Lawliet decidiu por manter entre os militares a possibilidade da guerra que se aproximava. Até mesmo aqueles que se julgavam destemidos sentiram o temor tomar seus corpos por um breve momento. Mesmo que L tomasse a dianteira para a proteção, sabia que nem tudo dependia somente de si e, por isso, decidiu dar àqueles homens a oportunidade de se provarem.

[..]

Durante os meses seguintes, sua presença se tornou constante. Lawliet fez o monitoramento do vilarejo de maneira diária e rotineira. Se alimentava no centro de monitoramento, lá dormia e vivia. Os ninjas haviam sido enviados para missões secretas no intuito de obter informações acerca dos países vizinhos. Todos se mantinham ocupados na tentativa de provarem seu próprio valor. Provação essa que acontecia para cada um em individual. O Governante não tinha motivos pra desconfiar de seus homens, entretanto, estes não pareciam se sentir confortáveis com a possibilidade de algo tão grande se aproximar e por isso, muitos decidiram por testar a si mesmo. Alguns homens demoraram meses para voltar, outros, voltavam a beira da morte; felizmente, nenhum homem foi perdido.

[..]

A maior parte dos homens que se sentiram provados, acabaram por receber uma singularidade única dentro da vila, permitida pelo próprio Líder. O monitoramento começou a ser feito tanto pela base quanto presencialmente. Os homens começaram a se mover pelos arredores do vilarejo, no intuito de manter qualquer um afastado do local. Enquanto isso, aqueles que possuíam habilidades sensoriais, ficavam encarregados, junto a Lawliet, da proteção das principais rotas do vilarejo. Isso durou muitas semanas. Entretanto, mais uma vez, nenhum grave problema assolou o vilarejo de maneira drástica. Algumas vezes, ali ou acolá, criminosos de baixo nível tentavam roubar plantações e moradores, entretanto, o problema era resolvido de maneira rápida e efetiva.

[..]

Algum tempo depois, as pessoas começaram a achar que a ideia da guerra era uma neurose da cabeça de Lawliet. Apesar de não imaginarem que ele mesmo já havia ficado sabendo desses boatos. O Líder deixou que as pessoas falassem pelo tempo que quisessem, até que finalmente alguém viesse lhe confrontar pessoalmente. Isso não aconteceu durante semanas. Apenas depois de muito tempo, alguém lhe perguntou sobre a guerra. Lawliet então explicou o sentido de guerra e que nem toda guerra acontece no campo de batalha. Deu a eles a história dos acontecimentos anteriores e finalmente, pediu-os sua confiança. A guerra que este falava não era apenas a guerra do fim do mundo, mas também, a guerra que precedia o erguimento oficial da Nação do Som.

[..]

Depois do acontecido, tudo pareceu voltar ao normal em Otogakure. A confiança dos homens mais uma vez estava em alta e Lawliet podia sentir isso. Por fim, o homem partiu em um retiro espiritual de sobrevivência. Pediu para que o país fosse cuidado enquanto estivesse ausente e que não sabia quanto tempo ficaria longe. Logo depois, este partiu em direção a floresta. Através de uma sobrevivência animalesca, Lawliet começou a viver naquele local. Estava em busca de respostas que apenas novas experiências poderiam lhe trazer, mesmo que o próprio não soubesse que tipo de experiências eram estas. Entretanto, o retiro, mesmo que ineficiente, serviria para que ele tivesse um certo tempo para si mesmo. Longe de todo poder que segurava em suas mãos. Ali, o mesmo dependia apenas de si mesmo, como a muito tempo não acontecia.

[..]

Fora numa das noites acordado que encontrou um ser diferente do comum. Um falcão pousou próximo ao local onde estava, este, apresentava uma energia diferente de outros animais, além do tamanho colossal. Lawliet o ignoraria, entretanto, este veio ao seu encontro. Ali estes tiveram uma breve conversa, um tanto quanto hostil, diga-se de passagem. O grande falcão insistiu numa tentativa fugaz de capturar Lawliet, para assim retira-lo do que seria a "área" do animal. Entretanto, este acabou por se defender do rasante dado pelo animal. Mais uma vez, a hostilidade tomava conta do local. Sobrava a ambos o uso de força bruta para a determinação do verdadeiro líder daquela floresta. A batalha então pendeu do céu a terra. O animal utilizava de suas habilidades de voo para confundir Lawliet, enquanto esse, utilizava suas habilidades de percepção e movimentação para fazer o mesmo. O anoitecer então perdurou durante toda a batalha de ambos, até que estes estivessem cansados de batalhar.

[..]

Durante o alvorecer, ambos se viram frente um ao outro. Dessa vez, o rude pensamento assassino já havia sumido de seus olhos. Mais uma vez, uma breve conversa acabou por ocorrer. Entretanto, ambos se apresentaram e conversaram sobre as histórias de seus passados. Garuda, como se chamava o animal, acabou por demonstrar seu respeito pelo jovem com quem havia lutado toda uma noite. Sua ideia então pairou o uso das habilidades em conjunto. Garuda revelou ser um animal lendário, cuja morada não era presente nesse mundo. Diante tal revelação, este lançou a L um pergaminho de grande tamanho, onde o Governante deveria decidir o futuro que queria levar com aquele encontro. O grande falcão lhe dava a oportunidade de criar um laço de sangue, aonde ambos seriam beneficiados com a unificação de seus poderes. Se Lawliet aceitasse, deveria assinalar seu nome no pergaminho, através do próprio sangue. A resposta veio após alguns minutos de silencio. O homem de cabelos negros escreveu teu nome no pergaminho, aceitando o pacto e seus deveres.

[..]

O tempo naquele local tornou-se fatídico no momento em que Lawliet e Garuda concretizaram o pacto. Garuda estava curioso para conhecer a nação que Lawliet tanto falava e por isso, pediu que este fosse levado até lá. O grande falcão deixou que o jovem subisse em suas costas, enquanto o mesmo alçava voo. Através de uma explicação básica de direção, Lawliet os levou à Otogakure. Lá, Lawliet partiu na necessidade de resolver assuntos burocráticos, enquanto o falcão teria sua liberdade em explorar o local. Ambos então se despediram com a promessa de que se ajudariam mutualmente.

[..]

Longos meses se passaram desde então. A Nação do Som ainda prosperava, dessa vez, preparada para tomar o seu lugar no mundo, seja por bem ou por mal. As mudanças aconteciam gradualmente e os homens podiam senti-las acontecer a frente deles próprios. O Governante então se tornou símbolo de esperança do vilarejo e de que as mudanças o ajudariam a superar o passado trágico que haviam passado. Mais uma vez, ele partiria rumo á esperança do povo, mas dessa vez, estaria tão próximo quanto sempre esteve. Sua presença agora não se limitava ao solo que pisava, mas também ao céu que velava os sonhos daqueles homens que caminhavam rumo ao futuro. Rumo a uma nova era. A Alvorada.


1400 HP
1525 CH

ST: 00/05

Considerações:

OUTROS:

Bolsa de armas 20/70:

_______________________

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler: Timeskip] Antes da Tempestade II - Publicado Dom 26 Jan 2020 - 22:16

Aprovado.