:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[Filler] Rigidez da Pedra Shin2

Menestrel
Genin
Menestrel
Vilarejo Atual
[Filler] Rigidez da Pedra Shin2

[Filler] Rigidez da Pedra - Publicado 21/1/2020, 17:56

[Filler] Rigidez da Pedra Image-URL66

         - Você ficaria orgulhoso de mim? - Pensava o homem, postado de cócoras sobre o prédio esculpido em pedras naquela vila seca e de cor unilateralmente marrom, num cromo que não saía muito além disso. As nuances, entretanto, estavam obscurecidas pelo cair da noite em Iwagakure no Sato. Tão tarde ia a hora que nada além dos gatos de rua e alguns outros passos rápidos e solitários podiam ser ouvidos. Aquele cenário parecia perfeito para refletir sobre lembranças dolorosas, tão profundas que raramente eram trazidas à tona. Nessa noite, em especial, precisava comemorar, afinal havia se tornado um Tokubetsu Jonin. - Um brinde à dupla solidão, então.

Crescer significou também entender que o homem que mais odiava era o mesmo alvo de toda sua maior admiração. Seu avô havia carregado o peso de ser um Jonin para sustentar a sua família por bastante tempo, mantendo-se ausente após a famigerada missão em que sua avó perdera as pernas numa explosão de Bakuton amigo. Ela não falava sobre esse dia, muito menos alguma vez culpou alguém se não ela mesma. Sempre pensou sobre ela ser uma pessoa tão forte... Mas até que ponto devemos nos calar e deixar que as coisas apenas sigam o rumo mais cômodo? Seu avô, ao contrário, nunca mais sorriu. Além do mais, tornara-se tão impiedoso em seus treinamentos que isso proporcionou ao seu neto traumas que demoraram a ser superados. Entretanto, Mu conseguia entender que isso não deixou que relaxasse e o diferenciou dos demais ninjas que deixara para trás em suas antigas graduações. A cobrança de seu avô havia-o tornado forte. Endurecido como a Pedra cujo qual o senhor tanto lutou sobre sua bandeira. - Então porque merda você nos abandonou?

Retirou do bolso um maço de cigarro, acendendo o isqueiro com dificuldade pelo vento forte que assolava aquele terraço arredondado carregado de um silêncio sepulcral. "tsc", falhou a primeira tentativa carburar o cigarro com eficiência. "tsc", puxando exatamente ao mesmo tempo, fez a ponta do cigarro brilhar como um neon vermelho sobre a noite. Não era um adepto, nem mantinha um vício, mas as vezes sentia falta de algo palpável que mostrasse que ele havia crescido. Sua avó fumava, o seu avô nunca o faria. Talvez quisesse aderir ao uso da substância pelo simples fato de ir contra tudo que aquele merda representava. Mas até onde isso era saudável? Ele também era um excelente ninja, usuário experiente de Jinton, mesmo que ele nunca tenha sido um bom professor para a tarde da Liberação da Poeira, era conhecido como "O Apagador", visto que tudo que ele enfrentava se tornava poeira. Deu um trago, sentindo o sabor amargo descer pela sua garganta, aquecendo o pulmão e levando ao corpo uma sensação de relaxamento inexplicável. Assoprou o ar quente para o ambiente gelado e viu a fumaça despersar-se no ar, inundando o lugar com o cheiro da substância.

- Talvez vovó tenha razão. Ela se tornou deficiente, e isso fez com que se sentisse inútil para com a vila. Apesar da aposentadoria, talvez não fosse o sonho dela ficar parada sobre uma cadeira de rodas enquanto observava de perto seu marido se afastar cada vez mais até sumir. Só um maço desse por dia pra aguentar a idéia. - continuava a voltar suas palavras para o nada, mas sentia como se estivesse conversando com o seu avô ao olhar a lua e desabafar. - Mas... Jashinismo? Religião? Que porra é essa, cara? Você ser um babaca que acha que ser um filho da puta comigo desde criança, me enxotar, xingar e me achar insuficiente para qualquer tarefa tudo bem, eu consigo passar por cima pensando que você só tava querendo o meu bem, preocupado em ser duro comigo pra que eu não morresse facilmente ao léu num campo de batalha... mas o que mais me dói é saber que do nada você tinha se tornado um merda. Abandonar sua família, porra?

Enxugou uma lágrima. Há quanto tempo não chorava? - Que merda de comemoração.

Saltou do prédio onde estava, caindo de pé no chão da rua com o impacto amodertecido. Vestia uma capa vermelha por sobre a Flack Jacket com as típicas cores da vila de Iwagakure. A espada embanhada era escondida pela capa, assim como o rosto e o cabelo, cobertos pelo capuz. Seus passos eram rápidos pela rua, mas mantinha a cabeça baixa, embora ainda muito atento. Apenas não queria chamar atenção: Já tinha seus próprios fantasmas para lidar, e naquele dia apenas gostaria de comemorar sua nova graduação ficando só com seus pensamentos.

A grande questão é que sempre quis subir de patente para ter mais liberdade para ir atrás de seu avô. Gostaria de entender os motivos pelos quais motivos ele achou que eram mais importantes do que criar o seu neto e cuidar de sua esposa sem pernas. Quanto mais esse dia se aproximava, mais ele sentia que seu coração não poderia pestanejar em nenhum momento. Quando chegasse a hora, teria que matar o seu avô, mas sentia que aquilo não seria difícil de ser feito tamanha aversão que carregou do homem desde que era ainda uma criança.

Um último trago, antes de arremessar a bituca fora e sacar outro cigarro de sua carteira. Acendeu. Uma memória então tomou a sua mente:

[...]

- Vovô, vovô! - dizia o garotinho, dando as mãos para o senhor que o levava para um passeio. O estranho é que não era um campo florido ou um bosque, mas uma imensidão de poeira e o chão eram rochas planas, com algumas pedras marrons em sua disposição como verrugas no rosto de uma bruxa. - Olha essa pedra, vovô!

O garotinho sorria feliz, tomado por toda alegria por ter a oportunidade de acompanhar de perto um homem cujo qual admirava tanto. O senhor, com um rosto carismático e sorriso sincero, ajoelhou-se próximo ao neto que corria pela planície de pedra. - Oh! É tão bonita, minha pequena criança prateada. Você gosta mesmo de pedras, não? Eu tenho certeza que você vai ser um ótimo ninja, com a Rigidez da Pedra necessária para sobreviver.    


[...]

- Sim, vovô, hoje eu tenho mesmo a rigidez da Pedra. Embora todos os dias a minha consciência me diga que a rigidez é boa para a pedra, não para o ser humano.  
...

HP: 1000/1000  |  CH: 1450/1450  |  Sta: 0/6

Considerações do Post:
Notas gerais:
Bolsa de Armas:

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] Rigidez da Pedra - Publicado 23/1/2020, 15:08

Aprovado