Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
Naruto rpgakatsuki
tópicos recentes
Inverno
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngeAnge, mais conhecida como Angell, é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
SenkoSenko, também jogador de RPG narrativo desde 2011, conheceu o Akatsuki em 2017, mas começou a jogar para valer em 2020, destacando-se pela sua prestatividade e suas habilidades em design e programação. É responsável por ajudar na criação de novos sistemas e regras além de fazer a manutenção do tema do fórum.
BlueJay#0529
BahkoBahko joga fóruns narrativos desde 2010. Após ficar muito tempo sem jogar, voltou em 2020 onde encontrou o Akatsuki. Desde então, vem auxiliando o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do fórum, é estudante de Engenharia Elétrica.
fransudo#7724
RavesJogador ativo desde 2020, Raves entrou pro Akatsuki RPG e desde então vem contribuindo para o engajamento interno do fórum. Atualmente, é o principal responsável pela organização geral, além da criação, revisão e adequação de regras e sistemas, auxiliando como pode nas demais áreas. Particularmente, é um grande apreciador de enredos e está constantemente pensando no futuro.
Revescream#5421

Ícone
Convidado
Sacrifícios...



Minhas ambições de me tornar uma Kunoichi reconhecida internacionalmente pelas técnicas imensuráveis dominavam minha mente, fazendo com que meus pensamentos girassem apenas em torno da aprendizagem e do aperfeiçoamento de novas técnicas, como o manejo de armas ninjas e aprendizagem de novos Jutsus. Após minha formatura na academia ninja meus pais concluíram que eu já poderia tomar conta do meu próprio nariz, e por esse motivo, decidiram viajar à trabalho, fora do território do País do Fogo. Tal decisão me afetou, já que meus pais eram os encarregados de me ensinarem novas técnicas e novos conhecimentos.
Esses acontecimentos me motivaram a criar uma rotina, onde eu teria de acordar cedo todos os dias, com o intuito de treinar sozinha e de criar uma disciplina comigo mesma. Comecei a seguir a rotina em uma manhã de inverno, onde acordei e me preparei para iniciar as sessões de treinamento. Dando início, vesti meus trajes comuns, tomei um café da manhã reforçado e me direcionei ao exterior de minha residência. Um lugar com presença da natureza, onde o solo possuía um solo limpo e bem verde. Também haviam muitas árvores, que tornava a respiração mais dinâmica e auxiliava nos treinos de arremessos, Taijutsus e Ninjutsus.
A minha escolha de treinamento daquele dia seria o estilo voltado para o combate corpo-a-corpo, no caso o Taijutsu. Utilizando os recursos ali presentes, comecei a desferir golpes em uma das árvores. Após combinar socos e chutes e criar vários combos, não consegui deixar marcas no tronco da árvore, a minha força não era explicação pelo acontecido, mas sim a forma com o qual eu desferia os golpes. Tudo que ocorria ali era sem emoção ou sentimentos, e eu não conseguia notar. Estava claro que haviam galhos que me impediam de enxergar o verdadeiro propósito e a arte do Taijutsu.
Consegui notar os erros apenas depois de se passarem muito tempo. Minha condição física estava esgotada, não havia fôlego para dar desenvolvimento ao meu treino cujo acabara de encontrar a introdução. Por esse motivo decidi ter uma parada técnica, onde poderia reestabelecer minha energia. Após alguns minutos de descanso resolvi retornar ao meu treinamento, da maneira certa, desta vez. Desta vez os golpes que eu desferia no tronco da árvore estavam deixando pequenas marcas, e pude perceber que não era a força aplicada, mas sim a técnica na realização da ação.
A arte do combate corpo-a-corpo havia tomado o meu coração, e no decorrer do treinamento consegui desferir golpes que conseguiram riscar o tronco mais a fundo. Com aquele resultado decidi finalizar a parte prática do treinamento, e então resolvi iniciar a prática teórica, onde utilizaria pergaminhos velhos para a aquisição dos conhecimentos ali presentes. Limpei o suor presente por todo o meu corpo e adentrei à minha casa, peguei um pergaminho amarelado e voltei ao terreno de fora. Sentei na escada de madeira e abri o pergaminho para iniciação da leitura. Durante um bom tempo lendo cheguei ao final do velho pergaminho empoeirado, naquele momento havia finalizado o meu treino para aperfeiçoar minhas práticas voltadas ao estilo Taijutsu. Com a leitura pude perceber que os golpes poderiam ser mesclados ao Chakra, o que tornaria a prática mais poderosa.
Após a descoberta resolvi dormir e continuar os treinamentos na manhã seguinte, só que dessa vez iria tentar aumentar a minha velocidade, que por sinal estava bastante razoável e semelhante a um civil comum. Acordei com os raios de sol atravessando o fino tecido de minha cortina e atingindo os meus olhos, o que propiciou o meu despertar. Me preparei como de costume, vestindo meus trajes preferidos e tomando o meu café da manhã. Após finalizar o ritual de iniciação fui para o quintal de minha casa, onde aconteceria as minhas sessões de sprint. Para aumentar minha velocidade eu teria que aprender técnicas para melhorar minhas passadas e técnicas que facilitassem a locomoção do meu tronco corporal. De início vi alguns trechos de um pergaminho e com ele pude aprender o modo de correr dos Shinobis atuais. Eles inclinavam suas colunas e posicionavam suas mãos para trás, então era isso que eu teria de fazer para aumentar minha velocidade.
Utilizando aqueles métodos comecei a fazer o treino, teria de corre de um obstáculo até algum outro, que se localizava alguns metros a frente. Repeti aquilo diversas vezes, porém, parecia não surtir grandes efeitos em minha velocidade. Para resolver a situação resolvi fazer corridas com mudanças de direções e simulações de movimentações de combate, onde eu me movia conforme a situação. Desta vez o fôlego se esgotou rapidamente, indicando que aquele era um treinamento mais efetivo que o anterior. Com o passar do tempo fui sentindo dores em meus braços e pernas, consequência do treino de combates corpo-a-corpo do dia anterior. Além destas dores outra estava presente, uma que se localizava na região de meu diafragma.
Indicava que o meu modo de respirar estava acontecendo de forma incorreta, e se eu continuasse a realiza-lo daquela forma, poderia acabar me prejudicando, por exemplo, em futuras lutas, onde meu rendimento seria prejudicado por causa de um incomodo menor. Meus pensamentos tentavam resolver aquilo, pois não adiantaria possuir velocidade anormal e perder para o seu próprio corpo. Permaneci alguns minutos em repouso, e quando fui ver já estava anoitecendo, com as trevas tomando os céus de maneira rápida e veloz. Para fechar meus treinos daquele dia com chave de ouro resolvi fazê-lo de novo, porém, com os novos gatilhos aprendidos. Enfim, as trevas tomaram os céus por completo, escondendo as nuvens brancas que se destacavam e se distinguiam daquele claro azul, e isso significava que meus treinos haviam sido concluídos. Meu corpo se recusava correr, por mais que minha mente ordenasse, então acabei aqueles treinos com as roupas encharcadas de suor e empoeiradas.  
HP: 200/200 | CH: 200/200 | ST 0/4

Adendos:

Considerações:

*Treino para obter +1 ponto em Taijutsu;
*Treino para obter +1 ponto em Velocidade;
*Mês do Up, logo +2 em Tai / Velocidade;
*961/900
Jutsus Usados:
Equipamentos:

[20 und] Kibaku Fuuda
[10m] Fios de Aço
[3] Kemuridama
[5] Kunai
[5] Shuriken
Vestimentas e Aparência:
Vestimenta e Aparência
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

_______________________

[Treinamento] Lowiez Scarlett Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
[Treinamento] Lowiez Scarlett 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado


A fascinação na arte dos combates corpo a corpo que pairavam sobre o meu intelecto não era algo que eu tinha acabado de descobrir, era uma façanha com o qual eu sempre gostava de assistir e com o qual eu me espelhava. Para imitar os filmes era muito mais complicado do que simplesmente fazer os mesmos movimentos, para fazer aquilo com total perfeição teria de se ter a força e a agilidade dos atores que se atacavam com socos e pontapés. Foi pensando nisso que comecei a praticar calistenia, um modelo de aumentar a minha força sem sair de minha casa, usando coisas simples, mas que surtiriam efeitos. Iniciei minhas sessões de treinamento antes de amanhecer, estava pronta para começar aquela prática mesmo com as trevas sobrevoando o alto do céu junto de estrelas que brilhavam cada vez mais. Vesti roupas mais leves e destinadas a treinamentos e comecei a fazer algumas flexões. Foram realizadas três séries de vinte repetições, atividade que fizeram com que os meus braços ficassem doídos e dormente. Para realizar os próximos exercícios de calistenia fiquei alguns minutos a descansar, pois as próximas atividades seriam muito mais difíceis, já que se tratavam de Pull Ups, exercício que consiste em realizar flexões realizando saltos por algumas vezes. Desta vez meu sangue começou a esquentar e meus braços já não estavam dolorosos, e com isso senti que poderia aumentar a intensidade dos meus exercícios para aumentar a minha produtividade e os resultados nos próximos dias.
Bebi um pouco de água para me hidratar e me deitei no chão, pronta para fazer muitos abdominais e fortalecer a região do meu abdome. Cuidadosamente comecei a fazer movimentos repetitivos, onde coloquei as minhas mãos em minha cabeça e comecei a subir e descer o meu torso. Terminei as sessões daquele exercício e parei para descansar e recuperar as minhas forças, pois para finalizar teria de sair do conforto de minha casa para buscar galhos no qual eu usaria como auxílio para realizar barras. Me levantei do chão, limpei o suor que estava no chão e logo acendi uma tocha para sair de casa. Andei um pouco em busca do que eu queria e após alguns minutos de caminhada consegui encontrar. Coloquei a tocha em um lugar para iluminar o local onde eu utilizaria e segurei um dos galhos de uma árvore para iniciar as barras. De todos os exercícios aquele era o mais complicado, e para colocar um fim de uma vez por todas, comecei a movimentar os meus braços, fazendo com que eu me elevasse e abaixasse dali de cima. Permaneci por alguns minutos até que senti algumas dores nos meus braços, após ter terminado aquelas sessões peguei a tocha e retornei aos meus aposentos.
HP: 675/675 | CH: 1050/1075 | ST:0/6
Adendos:

Jutsus Usados:

-
Equipamentos:

[20 und] Kibaku Fuuda
[10m] Fios de Aço
[3] Kemuridama
[5] Kunai
[5] Shuriken
Vestimentas e Aparência:
Vestimenta e Aparência

*Treinamento de Força (455/450)
*[+2] Mês do Up
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado


De pergaminho em pergaminho era o modo com o qual eu realizava a obtenção de novos conhecimentos. Inconscientemente iniciei um ritual, no qual consistia em levantar todas as manhãs, até mesmo antes do sol nascer, para correr em busca de novos pergaminhos na biblioteca de Konohagakure No Sato. Com total certeza aquele cenário era a minha segunda casa, e o primeiro refúgio onde poderia descansar minha mente e fortalecer o meu espírito mental. Através desses rituais pude obter a maioria dos conhecimentos da minha vida, o restante fora aprendido na prática, com meus pais e com os professores que ministravam suas aulas na academia. Era certo que a cada dia eu estava evoluindo, mas ainda restavam muitos degraus da escada para que eu conseguisse aperfeiçoar todas as minhas habilidades. O meu diferencial, quando comparada aos demais ninjas era o plano intelectual, onde se concentram os moldes de minha personalidade.
Certo dia resolvi colocar os conhecimentos retidos em prática, daquela vez tentaria aprender sobre a geografia de Konoha, minha vila natal, ou seja, um local onde eu deveria saber andar sem ter que fazer a consulta em um mero papel escrito. Ninjas de verdade com certeza saberiam destas informações, pelo motivo de prováveis invasões. Além disso, também poderiam utilizar os pontos da vila para criação de estratégias e estratégias úteis para diversas situações. Para me especializar naquele ponto comecei consultando um antigo pergaminho que continha um mapa com todos os cantos da Vila da Folha, porém, havia um pequeno detalhe, aquele documento era antigo, e alguns pontos da vila poderia talvez não existir. Permaneci algumas horas observando e analisando aquele pergaminho, após objetivar minhas expectativas decidi atualizá-lo em minha mente, através de caminhadas por toda a vila. Para dar início ao tour por Konoha, primeiramente, peguei uma garrafinha de água gelada, para me manter hidratada durante todo o percurso.
Eram passos largos que me direcionavam para esquinas, becos, restaurantes e diversos outros estabelecimentos naquele local. Ainda estava de tarde, o sol iluminava as ruas e fazia com que o chão ficasse muito quente, fazendo com que o calor pudesse ser sentido através das sandálias que eu utilizava. Após dar diversas voltas e conhecer a minha Vila natal pude confirmar uma de minhas antigas conclusões, na qual eu acreditava que Konoha havia sofrido com muitas reformas. Por sorte pude também me atualizar, e ver que haviam inúmeras lojas que vendiam roupas lindas, acompanhadas de sapatos, bolsas e joias de luxo. Realmente me deixei levar bastante pelos bens materiais, porém, com alguns segundos pude voltar aos pensamentos e retornar ao meu mundo, repleto de informações que poderiam me auxiliar no meu desenvolvimento como uma Kunoichi. Iria levar algum tempo para realmente decorar os cantos daquele lugar, mas naquele momento estava diferente de quando iniciei o meu treinamento para me tornar mais sábia. Poderia brincar de esconde-esconde que não seria encontrada tão facilmente, sem que brincassem também ninjas sensoriais ou aqueles com faros indomáveis.
HP: 675/675 | CH: 1050/1075 | ST:0/6
Adendos:

Jutsus Usados:

-
Equipamentos:

[20 und] Kibaku Fuuda
[10m] Fios de Aço
[3] Kemuridama
[5] Kunai
[5] Shuriken
Vestimentas e Aparência:
Vestimenta e Aparência

*Treinamento de Inteligência (490/450)
*[+2] Mês do Up
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos