:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Filler] Apenas uma manhã - Publicado 23/12/2019, 02:27

 Os fracos raios de sol invadiram meu quarto por uma pequena brecha entre as cortinas, surradas e empoeiradas, me forçando a abrir os olhos e despertar. Meu corpo se levantou da cama a força, realmente, uma tarefa difícil para quem acaba de acorda. Não havia feito treinos, missões ou até mesmo afazeres como as tarefas de um Shinobi comum e qualquer faria, devo admitir que a preguiça fala mais altas em alguns momentos e esse era exatamente um desses. O fato de não ter absolutamente nada de importante ou até mesmo relevante para se fazer acabava que me desanimava em diversos momentos, precisava de alguma ação seja lá qual fosse. Ao abrir um pouco a janela a frente da minha cama os ventos gélidos mudaram o clima agradável e reconfortante que habitava na minha residencial, mas isso certamente não era um problema. Com meus olhos quase fechados e minha disposição, que se fôssemos colocar em números, negativas caminhei pela a casa. Precisava desperta e realizar todos as coisas rotineiras, sendo elas, higiene básica e uma alimentação não tão saudável como precisava ter. Alguns minutos foram mais que o suficiente para tudo isso - Certo! - Balbuciei para mim e meus poucos móveis presente, conforme esticava e me espreguiçava já pronto e preparado pra fazer alguma coisa, qual? Não sei. Meus passos agora me levaram para o começo da pequena moradia, essa qual se encontrava a porta de entrada e saída do lugar, que convenhamos, precisava de uma limpeza. De toda a forma tava pronto, minhas vestes casuais e um pequeno moletom padrão para um Shinobi comum. Claro que a Jack não ficaria pra trás. Minhas mãos rodavam a maçaneta e a porta se abria facilmente, dando sequencia a passos lentos e calmos pela a escada que dava para a rua. Devido a pouca movimentação e o horário que costumo levanta as ruas são silenciosas,  poucas pessoas a esse horário se encontram em pé e despertados. Um silêncio agradável. Comecei minha camada, precisava sair de casa e devido a isso resolvi de uma hora pra outra fazer uma pequena e leve patrulha para me distrair. Meus olhos vislumbravam cada casa, cada pessoa o  que me permitia ver que do pouco tempo em que havia passado com um novo líder no poder as coisas no mínimo haviam melhorado - King, né? - Lembrei do nome do sujeito, ainda mantendo o ritmo lento e calmo da caminhada.  

Atravessei a primeira rua com tranquilidade, as casas nas quais foram destruídas haviam sido reconstruidas e outras pareciam ainda esta em progresso. Notei isso pelo fato de já ter algum dos moradores trabalhando em um delas, não tão distante da minha própria. Graças a algum Deus que não conheço, os barulhos daquela obra não alcançavam a minha residência. Acho que não suportaria ouvir barulhos de pregos e martelos se chocando o dia inteiro. Um sorriso incomum apareceu no canto do meu rosto, só de imaginar, o que faria se aquilo realmente acontecesse. Entretanto as coisas pareciam correr bem, bem até demais, o que é um pouco estranho pra mim já que estava acostumado a ver e presenciar quase sempre o pior, principalmente das pessoas que me rodeiam. Em algum ponto da minha caminhada uma senhora me comprimento, o que é ainda mais estranho, mesmo ela sendo simpática e educado não consegui demonstra a mesma coisa respondendo ela com um simples acenar de mãos e um leve balançar de cabeça. Devo dizer que a minha reputação parecia esta crescendo, melhorando e de forma positiva. Nunca foi o que isso o que esperava mas se for consequência do trabalho de um Shinobi não há muito o que fazer, e bom, digamos que não é uma coisa ruim. A esse ponto da manhã quase todas as lojas comuns do vilarejo costumam abrir, pessoas começam a acorda a esse horário e o comercio do vilarejo fluir. De uma hora pra outra o silêncio quase absoluto havia sumido junto com um monte de moradores e crianças que repentinamente apareceram - Parece que não vai mais da pra desfrutar da tranquilidade de uma manhã calma e fria - Pensei comigo mesmo, conforme esgueirava-me e tentava manter o ritmo lento da caminha entre um monte de pessoas. Em algum momento decidi não mais caminhar pelas as ruas, as crianças correndo e os moradores conversando estava se tornando um obstáculo pra mim, o que dificultava minha caminhada já que em diversos casos eles paravam a minha frente ou simplesmente atravessam o caminho. Quase esbarrei um bocado de vezes neles.

Um salto foi mais que o suficiente para abandonar a caminhada e subir em um dos telhados daquelas casa, pelo menos ali, não precisava me preocupar e esbarrar em uma criança desgovernada e totalmente distraída. Entre saltos e pulos nos telhados acelerei um pouco o ritmo, era inevitável, e conforme mantinha me movendo notei os diversos reparos as coisa reconstruidas e até mesmo o gabinete a uma longa distância. O pequeno buraco no qual deixei marcado no vidro do gabinete me fez gargalha - Realmente não foi uma boa escolha, quase acabei preso! - Comentei comigo mesmo, já sentado sobre um dos telhados. Comecei a refletir naqueles minutos que mantive-me imóvel sobre o ocorrido, as minhas ações e o quase amigo que fiz naquele mesmo dia que lancei um pão no gabinete de King. Quando voltei a mim que encontrava-se distante em meus pensamentos percebi que estava próximo do horário de almoço e o aviso da minha barriga que roncou apenas confirmou aquele fato - Irei volta, quem sabe, não faço isso mais vezes... - Pensava comigo mesmo cogitando em manter uma rotina de vigilância naqueles arredores, pra me distrair. Me levantei do telhado novamente, me espreguiçando, dando sequencia a outros pulos e saltos. Devido a distância que havia percorrido durante a manhã a minha residencia se encontrava distancia, o bastante para levar alguns minutos em um ritmo acelerado para chegar. Quando finalmente  cheguei me toquei que não havia nada pra comer e voltei as ruas.


Ch; 1500 l Hp; 400 l St; 0/6  l Areia 3000Un

Considerações e etc:

Itens/Jutsu:

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] Apenas uma manhã - Publicado 23/12/2019, 07:40

@