Acesso Rápido
10 anos onlineNaruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Estação: OutonoAno: 69DG
RemanescentesHanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência.
A AlvoradaUzushiogakure e Sunagakure estão reconstruídas, marcando uma nova era para as nações shinobi, que agora são cinco uma vez mais. Os Shodaime Kazekage e Mizukage comandam as novas gerações de seus vilarejos, iniciando uma série de planos governamentais para garantir que o mal não os assole como ocorreu no passado.
Últimos assuntos

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II
  
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Seg 9 Dez - 14:33


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II UrX0UXw
~
O resplendor do crepúsculo já se firmava quando resolvi sair de minha morada. Após a abertura tímida da portinhola de madeira, o ar frio carregado pelas montanhas enlaçou-me como um fantasma, e meu corpo tremeu em resposta. Afoguei-me entre as carícias de meu cachecol, deixando que seu ardor afagasse meus lábios, ao mesmo tempo que me protegia da ventania que se revoltava contra meus cabelos. Esvoaçante, projetei os passos na direção do além, ao mesmo tempo que mirava o horizonte com apenas um de meus olhos expressivos, realçados por uma excêntrica tonalidade esverdeada.

A névoa albugínea me seguia sem nenhum pudor, imergindo-me nas profundezas da alvura espectral. Minhas mãos seguiam fechadas, relutantes contra o frio que instigava toda aquela atmosfera montanhosa. A pele, por sua vez, aos poucos pincelava-se com pontos avermelhados, denunciando o flagelo da brisa gélida e implacável. A fera de cinco-caudas, em meu âmago, parecia disposta a forçar-me a andar, chacoalhando-se tal como um corcel indomável.

—— Apresse-se, infante. — a besta disse, um pouco impaciente.
—— Se acalme, em breve encontrarei um lugar ideal para treinar. Está frio, não vou gastar minhas energias aqui. — respondi com a mesma impaciência.
—— Você é molenga, criança. — ela agrediu.
—— E você é chata, Kokuō. — revidei, com um sorriso no rosto.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão 1. Mais informações na outra aba de spoiler.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos:
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Desativado.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão 1 ~ até terceira cauda (3/5).
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 207/200.
Posts: 1/15. ~ capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 1095/3075, CKN: 00/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 3500/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Seg 9 Dez - 16:33


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II UrX0UXw
~
As afrontas cessaram assim que mudamos de cenário. Eu e Kokuō deixamos para trás as incontáveis avenidas que demarcavam o volumoso espaço urbano da Vila Oculta da Nuvem e adentramos nas profundezas de uma mata fechada, onde o frescor etéreo do inverno se movia em rasante pelas seivas e adejava pela copa das árvores, chacoalhando-as em um zunido deveras paranormal. O astro-sol, ocupando zênite celeste, aparecia abraçado por um amontoado de nuvens enegrecidas, as quais insistiam em proteger o continente dos seus raios difusos naquele horário da tarde invernal. O perfume das flores logo fez-se presente, e pude saboreá-lo síncrono àquele silêncio harmonioso que se fazia na mata; onde apenas o canto das andorinhas podia ser ouvido.

De súbito, alcei-me por uma pequena colina, postando-me no topo para que pudesse estudar o relevo. Vi as montanhas me circundando de norte a sul, e cordilheiras maiores desenhando o espaço de leste a oeste. Na mata, apenas consegui contemplar o brilho verde que refulgia do tapete infinito de folhas, exceto por duas silhuetas no além do horizonte, indicando a presença de construções. Crispei a vista e direcionei meu olhar para o astro, analisando-o. Vai escurecer em breve. Pensei, tomando um longo suspiro enquanto eu me preparava para descer da pequena colina e seguir em direção à sombra daqueles dois edifícios.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos:
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Desativado.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até terceira cauda (3/5).
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 218/200.
Posts: 2/15. ~ capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 1095/3075, CKN: 00/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 3500/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Seg 9 Dez - 18:45


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II UrX0UXw
~
Avancei pelo arvoredo intérmino e deslizei na relva molhada pela garoa de outrora, molhando meus calçados com a lama fina que cobria o soalho montanhoso. De tempos em tempos, resvalava meus pés entre pequenos pedregulhos ou troncos caídos, tropeçando no ato. Apesar disso, seguia imparável, deixando que o silêncio continuasse a imperar entre meus ouvidos. Gradualmente, ainda podia ouvir o canto desordenado das gralhas ou, em outros tempos, ouvir o urro feral dos gibões que haviam nas redondezas, escalando as sequoias e se divertindo entre as vinhas e os cipós mata adentro.

Meu destino, ainda claro em minha mente, eram as construções insólitas, localizadas no coração daquela floresta. Em meus pensamentos, aquele lugar era estranhamente atrativo, e poderia ser um excelente lugar para praticar a energia que adquiri com o corcel de cinco-caudas. Pois então, não tardou para alcançar o lugar, o qual se mostrava, à priori, ocultado por um círculo intermitente de árvores de folhas alaranjadas, formando uma espécie de clareira. Segui adiante, despreocupada, e notei os dois edifícios. Pareciam idênticos, se não fosse por um, que era consideravelmente maior. Ambos respeitavam uma arquitetura clássica, com os tijolos arranjados uniformemente e tingidos de um amálgama de preto e roxo. Atentei-me também às pequenas janelas, as quais exalavam uma neblina esbranquiçada, reforçando o aspecto misterioso do lugar.

Sem medo, continuei meu galgar, até que, finalmente, eu ouvi algo.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos:
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Desativado.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até terceira cauda (3/5).
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 228/200.
Posts: 3/15. ~ capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 1095/3075, CKN: 00/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 3500/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Ter 10 Dez - 11:06


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II UrX0UXw
~
Estando à poucos metros de um dos templos gêmeos, meus ouvidos involuntariamente captaram barulhos insólitos. Passos? Retruquei, comandando meu olhar para vaguear pelo espaço. Minha caminhada findou, e com punhos em riste, concentrei-me. As trevas cobriram o sentido da visão, e a luz apenas tornou quando o vigor de meu olho direito alastrou-se pelo ambiente, penetrando na floresta, nas montanhas, nas cordilheiras e, sobretudo, nos dois templos. Contudo, o poder do Byakugan, que supostamente era capaz de enxergar tudo, não se embrenhou no íntimo daquelas construções. Uma névoa mágica parecia protege-las, o que despertava ainda mais minha curiosidade. Apesar disso, o olho branco captou a presença de dois indivíduos; caminhantes que pareciam rodear os templos – protegendo-os, provavelmente, de invasores como eu.

Sem demora, retomei meu galgar e fui de encontro aos dois sujeitos, pousando a mão sobre uma de minhas espadas. Naquele átimo, a luz do poente ainda refulgia, vindo do horizonte e se encontrando com o gume da lâmina vitoriosa. De rompante, através da audição, notei que o som dos passos aumentou, tinindo tal como uma verdadeira marcha. Contudo, não me intimidei, apenas fui de encontro aos supostos protetores. Quando fiquei na presença deles, pude contemplar suas feições. Eram humanoides, grandes, com quase um metro e oitenta de altura, e trajavam armaduras típicas de samurai, com exceção do elmo ou de um capacete protetor. Não tinham rosto, embora apresentassem duas joias azuladas que representavam os olhos, belíssimas safiras resplandecentes. A pele era totalmente tingida de bege, ou melhor, pareciam ser feitos de barro, ou até de algum material não-humano.

—— O que são vocês? — retruquei em um bom tom, me revelando para os samurai.

Ambos reviram seus bustos em movimentos robóticos, travados, e senti a luz de seus olhos brilhantes me fitarem. Nada responderam, apenas ficaram parados, estáticos, como se estivessem canalizando alguma energia ou tomando algum impulso. E, de fato, estavam. De súbito, um deles foi ao meu encontro em grande velocidade, quase superando as previsões de meu olho direito. Minha espada, que tinha o cabo posicionado em minha palma, adejou para fora da bainha, liberando faíscas e me protegendo das terríveis garras daquela criatura. Segurando a espada da vitória prometida com ambas as mãos, empurrei o agressor para trás, vendo-o ser lançado à uma distância de quase dez metros. Não demorou muito para que o outro se aproximasse velozmente, que também saltou ao meu encontro.

—— Kokuō! — gritei o nome da minha besta-com-cauda, chamando sua atenção.

No mesmo instante, uma energia vermelha cobriu-me por completo, vigorando-me. Pude sentir meu poder aumentando; os músculos enrijecendo, sendo tonificados pelo alento do corcel de cinco-caudas. Então, reforcei os meus pulsos e, em um movimento rápido, esquivei do golpe inimigo, agachando e contra-atacando com a espada legendária em um corte cirúrgico, direcionado na extensão do quadril da criatura, que ainda se encontrava no ar. O adversário não suportou a força do golpe, e seu corpo foi dividido em dois, se desfazendo em pó após alguns segundos.

—— Interessante. Preciso de mais desse poder, Kokuō. — afirmei, superando a poeira do inimigo vencido com meus olhar, fitando o adversário restante com o ímpeto de um tigre. A fera de cinco-caudas riu, e logo voltou a se calar. Agora, só restava um daqueles sentinelas de barro.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Para o avaliador, ainda não narrei nada relacionado à violência da Gobi porque estou esperando eu entrar em um dos templos, onde a névoa está incidindo. Atributos em suas capacidades máximas. Excalibur nas mãos.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); +1 VEL&FOR (Forma Jinchūriki Inicial).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: +175CH (Kokuō — Forma Jinchūriki Inicial); -15CH (Byakugan — Ativação).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II YK14jn5
Forma Jinchuriki Incial
Descrição: A Transformação Jinchūriki é uma habilidade dos jinchūriki, com o objetivo de se transformar em sua besta com cauda. Ao utilizar o chakra da besta com cauda, o hospedeiro inicia a sua transformação. Eles começam a emitir uma aura vermelha de chakra, que lhes concedem um aumento de força, velocidade e cura. O usuário pode manipular o chakra de diversas formas, tais como na forma de ondas e explosões; impactos potentes por meio de socos revestidos; ou, emiti-lo através de um rugido. A aparência do usuário pouco se altera nesse estágio inicial, porém é possível notar algumas mudanças, como a cor dos olhos, aumento da arcada dentária e traços selvagens por todo o corpo, embora, em alguns casos, mesmo com o chakra liberado, a aparência do jinchūriki continua sem sofrer nenhuma mudança.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 0H3Uc7k
Saisei Nōryoku; Passivo.
Descrição: A Habilidade de Regeneração é um poder que encontra-se no interior das células de Hashirama Senju que possuem uma imensa capacidade de regeneração, capaz de curar as lesões de alguém em meros momentos. Esta técnica tem a vantagem de curar mais danos que o utilizador sustém, sem a necessidade de selos de mão. A este respeito, Madara compara a Arte Ninja da Criação do Renascimento — Técnica da Força de Uma Centena de Tsunade com esta técnica médica em natureza. Esta técnica não rivaliza com ela no poder, no entanto, já que ela não foi capaz de regenerar membros perdidos ou órgãos. A regeneração reforçada concedida por esta técnica é tão rápida que até mesmo dezenas de perfurações, em cima de diversos ferimentos causados ​​pela agressão física combinada de todas as nove bestas com cauda foram completamente curadas em momentos simples, com exceção de um braço decepado, o que Madara em vez disso substituiu pelo braço de um Zetsu Branco.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 4/5.
Segunda Cauda: 0/5.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 539/200.
Posts: 4/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 1255/3075, CKN: 00/400, ST: 1/16
Kokuō; CK: 3325/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Ter 10 Dez - 13:24

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II XfImTJr
~
Meus olhos abalroaram-se com as duas safiras do adversário restante. Recuperado do baque de outrora, a criatura remexia as mãos e forçava os dedos maciços, mostrando suas principais armas – as unhas. Uma vez que ele se encontrava desarmado, aloquei minha espada novamente em minha bainha, deixando-a em repouso, ao mesmo tempo que conversava mentalmente com a besta-com-cauda que residia em meu âmago.

—— Usarei apenas as mãos agora. — disse, em euforia, no meu subconsciente.
—— O que acha de tentarmos algo diferente? — propôs a bijū.
—— Como assim?
—— Vejamos. Tente orientar ainda mais o meu chakra. Te ajudarei neste processo.

Logo, dei um longo suspiro e bati as mãos, unindo-as a frente do corpo. De olhos abertos, ainda fitando o oponente, concentrei o chakra do corcel monstruoso, aumentando em níveis exponenciais a energia que já se fazia presente em mim. Portanto, a fina camada coruscante que antes me dominava passou por um processo de transformação. Ela tornou-se mais densa, adquirindo bolhas e uma cor mais saturada, um vermelho forte, quase sanguíneo. Às minhas costas, um apêndice surgiu de repente, uma verdadeira cauda. Senti o crescimento de minha arcada dentária, bem como senti um calor excessivo percorrer o meu interior. Os cabelos dourados, por sua vez, ficaram revoltos, assumindo a posição de quatro madeixas isoladas – semelhante aos quatro chifres de Kokuō.

—— Vá! Ataque-o, criança! — o corcel gritou, e eu segui as suas ordens, iniciando o confronto.

Em grande velocidade, parti em direção ao guerreiro de barro, marcando-o com meu olhar bestial. Com o meu dōjutsu, delineei rapidamente os traços do cenário, e aproveitei de um tronco em meu caminho para servir de impulso para meu pulo. No salto, coloquei a destra à minha frente e desci em direção ao oponente, como uma estrela cadente, avassalando-o sem nenhum medo. O soco, tonificado pela energia vermelha que cobria meu braço, direcionou-se em direção ao rosto da criatura, a qual, por sua vez, não teve tempo de reação. O murro lançou-a distante, e uma cratera formou-se no suposto crânio do samurai, que se desfez em pó assim como o outro.

—— Isso é... espantoso... — balbuciei, resfolegando e assumindo uma postura de calma.

Com ambos os meus algozes derrotados, literalmente reduzidos à poeira, olhei para os templos gêmeos, contemplando-os; ao mesmo tempo que deixava a transformação bestial desvencilhar-se de meu organismo. Em seguida, adiantei meus passos na direção do maior dos edifícios, certa de que encontraria maiores desafios em seu interior. Mas, antes disso, realizei uma série de selos manuais e deixei um clone das sombras no lado externo, canalizando a energia dos sábios enquanto meditava sobre a copa de uma árvore. Precaução seria, portanto, a melhor de minhas armas.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Para o avaliador, ainda não narrei nada relacionado à violência da Gobi porque estou esperando eu entrar em um dos templos, onde a névoa está incidindo. Atributos em suas capacidades máximas.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); Forma Jinchūriki Versão I (+2 VEL&FOR; +100 Dano NIN&TAI).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: +700CH (Kokuō — Forma Jinchūriki Versão I); -5CH (Byakugan — Consumo); ÷2 (x1 Kage Bunshin).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 7UMtm3m
Bijū no Koromo, uma cauda.
Descrição: O Manto da Besta com Cauda (尾獣の衣, Bijū no Koromo) é uma proteção feita com o chakra materializado da besta com cauda emitido nos estágios anteriores. Devido a grande quantidade de chakra liberado, surge uma espécie de capa protetora, tomando como suas as características da besta com cauda, diferenciando entre os jinchūriki. Conforme a quantidade de chakra se eleva, mais avançado o manto se torna e semelhante com sua besta com cauda fica. Um denso manto de chakra se forma ao redor do hospedeiro da besta com cauda. Tem a aparência vermelha translúcida com bolhas de chakra (uma reminiscência do líquido em ebulição) e deixa mais marcante as mudanças sofridas na transformação inicial. Essa forma é conhecida como Versão 1 (バージョン1, Bājon Wan). A capa de chakra que cobre o jinchūriki toma o aspecto de sua besta com cauda, com patas, chifres (em alguns casos) e caudas feitas de chakra. Devido a sua maleabilidade, o manto pode ser deformado de acordo com a vontade do usuário, criando braços de chakra para interagir com o ambiente a sua volta. As manifestações mais importantes são as caudas que surgem através do manto, indicando a quantidade de chakra e poder liberado, quanto mais chakra for liberado, maior vai ser o número de caudas que serão manifestadas.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KRJRQRy
Kage Bunshin no Jutsu
Rank: B
Descrição: Semelhante à Técnica de Clonagem básica, esta técnica cria cópias do usuário. No entanto, estes clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é uniformemente distribuído entre cada clone, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas geralmente dispersam após atingidos por uma força bastante forte. Os clones também podem se dispersar por conta própria ou serem dissipados pelo usuário da técnica.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 0/5.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 441/200.
Posts: 5/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 975/3075, CKN: 00/400, ST: 2/16
Bunshin; RES: 30, CK: 975/975, CKN: 00/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 2625/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Ter 10 Dez - 15:29


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II XfImTJr
~
Em passos calmos, galguei a longa escadaria de pedra que levava até o primeiro dos templos gêmeos. Ao mesmo tempo, revirava minha cabeça para o alto, contemplando o cume da construção que se situava na abóbada crepuscular, abraçado pelas nuvens e pelo zéfiro impetuoso. Pois então, ao alcançar o pórtico principal, posicionei lentamente minhas mãos na porta e senti a sua textura. De início, embora eu achasse que aquilo era madeira, meu tato comprovou ser algo diferente. Barro? Argila? Retruquei, tentando entender aquele mistério. Então, relacionei o material que formava a entrada do templo com o material que formava as criaturas derrotadas, indicando que, provavelmente, ambos seriam iguais.

Sem demora, influenciada pelo meu conhecimento de naturezas elementais, infundi minha mão direita com energia de meu elemento principal, fazendo-a brilhar em um misto de azul, negro e dourado. A tatuagem em meu braço direito, a qual canalizava o poder dos relâmpagos, formigou intensamente, e o golpe de mil pássaros tornou-se mais intenso, acertando a parede de barro após um breve contato. Todavia, nada aconteceu.

—— Ninjutsu não funciona? — retruquei, interessada naquela porta.
—— Pelo visto não. Use força bruta. — aconselhou a Gobi.

Seguindo o palpite da fera, fechei o punho direito e dispersei a energia relampejante. Em seguida, mirei o centro da parede e dei um murro, com força, que acabou por fazer o construto explodir em centenas de cacos, depois se reduzindo à pó, bem como os outros dois inimigos. Funcionou. Pensei, com um sorriso. Com a porta aberta, me restava apenas ingressar no interior do recinto. Naquele momento, o clone ainda continuava a reunir a energia da natureza, mediando como um monge montanhês.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Concertei o gasto do Kage Bunshin, eu tinha colocado errado no post passado. Para o avaliador, ainda não narrei nada relacionado à violência da Gobi porque estou esperando eu entrar em um dos templos, onde a névoa está incidindo. Atributo força no máximo.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: ÷2 (Kage Bunshin x1); -50CH (Chidori).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II J7tnszn
Chidori
Rank: A
Descrição: O Chidori é a primeira técnica original de Kakashi Hatake, apesar de ele agora usar uma versão rank-S conhecido como Raikiri. Ele a criou em torno do tempo em que ele foi promovido a Jōnin, e mais tarde ensinou a Sasuke Uchiha. Este jutsu se trata de acumular uma grande quantidade de chakra Raiton na mão do usuário. A quantidade de chakra é tão grande que se torna visível. A alta concentração de energia elétrica produz um som que lembra muitos pássaros gritando, daí o nome. Uma vez que a técnica seja concluída, o usuário carrega dispara e leva o Chidori até alvo. Isso produz grandes quantidades de dano que são normalmente fatais. Essa técnica é classificada como uma técnica de assassinato por causa da velocidade com que é realizada, apesar do barulho que produz. Como mostrado contra Killer B, o Chidori também pode ser usado para simplesmente dar ao adversário um grande choque eléctrico sem empalá-lo.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 3Yr9VNZ
Kuroi Kaminari
Descrição: O Relâmpago Negro (黒い雷, Kuroi Kaminari) é uma forma única de Liberação de Relâmpago utilizada por A, que passou para Darui. Esta variação gera relâmpagos negros potentes o suficiente para instantaneamente matar um exército de Zetsu Branco através da eletrocussão. Os usuários desta técnica podem ser reconhecidos através do kanji estilizado para "relâmpago" (雷, kaminari) tatuado em seus ombros; Darui à sua esquerda e A à sua direita. Este parece ser um traço distintivo, como Ginkaku e Kinkaku reconheceram a posse de Darui desta habilidade por meio de sua tatuagem

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KRJRQRy
Kage Bunshin no Jutsu, Ativo.
Rank: B
Descrição: Semelhante à Técnica de Clonagem básica, esta técnica cria cópias do usuário. No entanto, estes clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é uniformemente distribuído entre cada clone, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas geralmente dispersam após atingidos por uma força bastante forte. Os clones também podem se dispersar por conta própria ou serem dissipados pelo usuário da técnica.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 0Lzch6x
Senjutsu, Bunshin.
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio. Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio).

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 1/5.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 272/200.
Posts: 6/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 900/3075, CKN: 00/400, ST: 3/16
Bunshin; RES: 30, CK: 950/950, CKN: 100/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 2625/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Ter 10 Dez - 17:29

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II POSZuy7
~
Vagarosamente, superei a poeira levantada pela queda do portal e adentrei no recinto, deixando que meus passos me guiassem em meio à escuridão. Uma névoa densa recheava o ambiente, tal como se eu estivesse submerso na bruma da própria Dama do Lago. Contudo, eu não me importaria com a neblina, se não fosse por Kokuō, que se agitou em meu núcleo como um cavalo selvagem. Postei a canhota sobre minha barriga e franzi o cenho, tentando entender o porquê da Gobi ter ficado tão agitada. Em meu subconsciente, perguntei diretamente para a fera, que ardia em chamas. Seus olhos, antes puros em um azul cerúleo, passaram a ter uma tonalidade avermelhada, indicando sua selvageria.

—— O que houve, Kokuō? O que aconteceu com você?
—— Eu não sei, criança... eu acho que é essa névoa! Saia daqui! Rápido!

No instante em que a besta gritou, um barulho surgiu às minhas costas. Revirei meu corpo de súbito, e vi a porta, antes pulverizada, reagrupar-se e formar uma nova barreira – desta vez ainda mais consistente. No átimo, tochas flamejantes também se acenderam, iluminando o interior do templo. Pude notar, então, que era o lugar era grande. Embora apresentasse pouca mobília – marcada apenas por cartas de hanafuda ampliadas como cartazes, percebia que ali, provavelmente, fora um antigo dojō, uma vez que possuía um tatame e um letreiro no teto escrito em kanjis – Exército do Estilo Corporal.

—— Aguente, Kokuō. Parece que vamos ter que ficar um tempo nessa névoa. — avisei à bijū, tentando ler todo o espaço com meu Byakugan, mas sem sucesso. Enquanto isso, no lado de fora, meu clone continuaria a reunir energia sábia, agrupando-a em seu corpo.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Concertei o gasto do Byakugan, eu tinha esquecido no post anterior. Kokuō finalmente passou a ser afetado pela névoa do templo. Turno de descanso.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: ÷2CH (Kage Bunshin x1); -5CH (Byakugan).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KRJRQRy
Kage Bunshin no Jutsu, Ativo.
Rank: B
Descrição: Semelhante à Técnica de Clonagem básica, esta técnica cria cópias do usuário. No entanto, estes clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é uniformemente distribuído entre cada clone, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas geralmente dispersam após atingidos por uma força bastante forte. Os clones também podem se dispersar por conta própria ou serem dissipados pelo usuário da técnica.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 0Lzch6x
Senjutsu, Bunshin.
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio. Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio).

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 2/5.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 274/200.
Posts: 7/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 890/3075, CKN: 00/400, ST: 2/16
Bunshin; RES: 30, CK: 950/950, CKN: 200/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 2625/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Ter 10 Dez - 22:34

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II POSZuy7
~
Imersa naquele império de fuligem, poeira e névoa, precisei frisar meus olhos para que pudesse enxergar adiante. A vista, coberta pelo fumo misterioso, tentava fazê-lo, mas sem sucesso. O calor era grande, à ponto de pequenas gotículas de suor brotarem de meus poros e começarem a decair pela lateral de minha cabeça, ultrapassando os fios dourados de meu cabelo e se encerrando no pavimento empoeirado. As pernas também bambeavam, respondendo à fúria da égua de cinco-caudas que relutava em meu interior. Na minha mente, tentava acalmar a fera com palavras gentis, embora não fosse o bastante para findar os seus relinchos e as suas investidas impetuosas.

—— Tente ficar calma! — exclamei para a fera, tentando ordená-la.
—— Eu não... consigo! Eu não resistirei por mais tempo! — a besta respondeu.
—— Aguente o quanto conseguir, Kokuō.

Em um ato contínuo, disposta a sair daquele lugar e, ao mesmo tempo, desvendar seu mistério, rumei em direção à escadaria que separava o primeiro andar do segundo. Alcancei-a, e logo me pus em uma subida infinita, superando o primeiro, o segundo e, por fim, o terceiro andar. No quarto, deixei meu olhar à deriva, estudando o local com sutileza, sentindo uma presença estranha.

—— Isso não é bom. — disse num solilóquio, desconfiada por aquela presença maligna. Mesmo que eu estivesse em uma situação de perigo, meu clone das sombras ainda se mantinha no lado de fora, meditando e concentrando a energia da natureza em seu âmago.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Turno de descanso.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: ÷2CH (Kage Bunshin x1); -5CH (Byakugan).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KRJRQRy
Kage Bunshin no Jutsu, Ativo.
Rank: B
Descrição: Semelhante à Técnica de Clonagem básica, esta técnica cria cópias do usuário. No entanto, estes clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é uniformemente distribuído entre cada clone, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas geralmente dispersam após atingidos por uma força bastante forte. Os clones também podem se dispersar por conta própria ou serem dissipados pelo usuário da técnica.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 0Lzch6x
Senjutsu, Bunshin.
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio. Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio).

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 3/5.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 238/200.
Posts: 8/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 885/3075, CKN: 00/400, ST: 1/16
Bunshin; RES: 30, CK: 950/950, CKN: 300/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 2625/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 9:23

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II POSZuy7
~
A brisa fria adentrou no recinto por uma das ventanas entreabertas, e o sopro gélido das serrarias trouxe-me a lembrança cruel de eventos passados. A névoa, ainda forte, enlaçava meu corpo e ofuscava a profundidade de olhar. Ainda assim, conseguia notar a presença de silhuetas levantando-se do solo empoeirado, tal como mortos-vivos que buscam a luz do dia apenas para novamente sentir o seu alento. Dei um longo suspiro e orientei mais de minha energia para o olho direito, salientando os vasos sanguíneos com a forma mais pura de meu chakra. Entretanto, isso não foi o bastante para que eu pudesse enxergar através da neblina. Meus poderes oculares estavam, parcialmente, inutilizados. Parcialmente.

Vendo o bailado de sombras, margeei as suas formas e concluí que novos inimigos haviam surgido. Assim como os outros que encontrei no lado de fora, estes provavelmente não possuíam rostos, à exceção das duas safiras reluzentes, nítidas em meio à bruma albugínea. O tamanho era igual, exceto por um, que parecia alcançar dois metros de altura. Aquele é o mais forte. Deduzi, ainda controlando a fúria da besta em meu interior. Sem demora, preparei os meus punhos e fechei-os, controlando a respiração enquanto esperava a aproximação dos adversários. E eles vieram.

Graças às habilidades de meu dōjutsu, consegui pressentir a aproximação sorrateira da silhueta de uma quarta criatura, que vinha agachada, por baixo de meu plano de visão. No susto, chutei o samurai e lancei-o longe, embora não tenha sido forte o suficiente para reduzi-lo à pó. No baque momentâneo, resfoleguei de tensão, e senti o crescimento de pequenas partículas vermelhas ao redor de meu corpo. Kokuō, em meu âmago, gritava, em fúria, pedindo a morte dos soldados de barro. Dessa vez, não tive como acalmá-la; apenas aceitei a liberação de seu chakra, que irrompeu em meu corpo através de um manto avermelhado, borbulhando e produzindo uma única cauda volumosa.

Logo após, parti em disparada contra a criatura que eu havia chutado, aproveitando da velocidade e da minha fúria para desferir uma série de socos em seu rosto. De início, o samurai tentou se defender, ajeitando as mãos defronte o corpo e me cortando levemente no processo. Todavia, isso não foi o necessário para me parar. Como uma besta enjaulada com ódio, alvejei-o incessantemente com minhas garras e, dentro de pouco, reduzi seu crânio à migalhas. As safiras azuladas se perderam na investida, e senti a aproximação de outros dois inimigos, que não caíram ao luto pelo comparsa.

—— Argh! — urrei como um animal, deixando que a aura odiosa aumentasse. Meu olhar, marcado por íris em formato de fenda, fitou meus dois outros algozes, vendo, ao fundo, a sombra do maior inimigo, que ainda esperava seu momento para atacar. No lado de fora, o clone das sombras terminava seu processo de reunir chakra natural, e estava pronto para desfazer-se e entregar-me a energia dos sábios.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Ativei a primeira cauda neste turno; no próximo ocorrerá a ascensão da segunda cauda.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); Forma Jinchūriki Versão I (+2 VEL&FOR; +100 Dano NIN&TAI).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: ÷2CH (Kage Bunshin x1); -5CH (Byakugan); +700CH (Kokuō — Forma Jinchūriki Versão I).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 7UMtm3m
Bijū no Koromo, uma cauda.
Descrição: O Manto da Besta com Cauda (尾獣の衣, Bijū no Koromo) é uma proteção feita com o chakra materializado da besta com cauda emitido nos estágios anteriores. Devido a grande quantidade de chakra liberado, surge uma espécie de capa protetora, tomando como suas as características da besta com cauda, diferenciando entre os jinchūriki. Conforme a quantidade de chakra se eleva, mais avançado o manto se torna e semelhante com sua besta com cauda fica. Um denso manto de chakra se forma ao redor do hospedeiro da besta com cauda. Tem a aparência vermelha translúcida com bolhas de chakra (uma reminiscência do líquido em ebulição) e deixa mais marcante as mudanças sofridas na transformação inicial. Essa forma é conhecida como Versão 1 (バージョン1, Bājon Wan). A capa de chakra que cobre o jinchūriki toma o aspecto de sua besta com cauda, com patas, chifres (em alguns casos) e caudas feitas de chakra. Devido a sua maleabilidade, o manto pode ser deformado de acordo com a vontade do usuário, criando braços de chakra para interagir com o ambiente a sua volta. As manifestações mais importantes são as caudas que surgem através do manto, indicando a quantidade de chakra e poder liberado, quanto mais chakra for liberado, maior vai ser o número de caudas que serão manifestadas.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KRJRQRy
Kage Bunshin no Jutsu, Ativo.
Rank: B
Descrição: Semelhante à Técnica de Clonagem básica, esta técnica cria cópias do usuário. No entanto, estes clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é uniformemente distribuído entre cada clone, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas geralmente dispersam após atingidos por uma força bastante forte. Os clones também podem se dispersar por conta própria ou serem dissipados pelo usuário da técnica.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 0Lzch6x
Senjutsu, Bunshin.
Descrição: Senjutsu (仙術; Literalmente significa "Técnicas Sábias") se refere à um campo especializado de técnicas que emprega o chakra sábio. Os praticantes de Senjutsu aprendem a atrair a energia da natureza para dentro deles, misturando-a com o seu próprio chakra (criado a partir da energia mental e física dentro do shinobi). Isso acrescenta uma nova dimensão de poder, resultando na criação do "Chakra do Senjutsu". Este novo chakra permite ao usuário entrar em um estado poderoso chamado Modo Sábio, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado Sennin (仙人, Sábio).

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 4/5.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 413/200.
Posts: 9/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 2000, CK: 1580/3075, CKN: 00/400, ST: 2/16
Bunshin; RES: 30, CK: 950/950, CKN: 400/400, ST: 0/16
Kokuō; CK: 2125/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 11:27

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II POSZuy7
~
Tudo o que eu sentia era raiva; o ódio mais genuíno que provinha da besta restringida em meu corpo. Encarei meus algozes com esta mesma cólera, e minha cauda balançou rente ao meu corpo. Quando se aproximaram, bastou que empregasse força no apêndice para que ele se lançasse neles, acertando-os com um ímpeto descomunal. O rabo carmesim cintilou no breu enevoado, e o golpe desferido impeliu os dois soldados de barro para o fundo daquele andar, se chocando contra a parede de madeira e quase fazendo-a ruir. Pelo vigor empregado, ambos se desfizeram em poeira. Projetei um grito diante daquele frenesi, sentindo minha raiva aumentar ainda mais.

Em meu subconsciente, tentava tomar as rédeas daquele descontrole, pedindo para que Kokuō parasse com aquilo. Mas, certamente, era inevitável. Bastava a mim direcionar minhas ações, tentando controlar o meu próprio ímpeto. Logo, as íris em formato de fenda fitaram o último soldado samurai, o maior de todos os quatro. Estudando-o com olhar, acabei deixando que a ira continuasse a envolver meu corpo e meu espírito. Então, as unhas em minha mão se alongaram ainda mais, ficando pontiagudas. Os cabelos revoltos ficaram ainda mais levantados, e o suor escorreu pela testa. A energia se adensou e, borbulhando, senti uma nova cauda surgir às minhas costas. Agora, eram duas.

Isto posto, meus instintos me ordenaram a saltar, atacar aquela monstruosidade e encerrar com isso como fiz com os outros três inimigos. Todavia, dei-me ao luxo de relaxar, largando um longo suspiro e controlando a raiva que imperava em meu corpo. Venha. Ordenei mentalmente para o soldado de barro; e, por incrível que pareça, ele obedeceu, fechando os punhos rochosos e ajeitando a postura, batendo com o pé no soalho e levantando a poeira – uma clara demonstração de sua força. Dentro de pouco, o maior dos samurai investiu, indo em rasante contra mim.

Letrada na arte do taijutsu, rapidamente ajeitei minha postura, orientando meus movimentos e centrando minha mente no adversário. Com os punhos fechados e num aspecto curvado, como um tigre, esperei que o samurai chegasse. E, assim, quando se aproximou, deixei que os rebrilhos de meu olho direito se intensificassem, antevendo o seu golpe enquanto preparava um murro.

—— Hm. — a criatura emitiu um som, sabe-se lá de onde.
—— Argh! — gritei como outrora.

Logo, arqueei meu corpo e desviei do soco, flexionando os joelhos para fugir de seu soco. Uma vez que era um oponente alto, seria difícil ele me acertar por baixo. Por isso, no contra-ataque, embebi a destra com a energia irada do corcel de cinco-caudas, deixando-a saturada em vermelho. Vigorosamente, coloquei força na musculatura das pernas e alcei voo, desferindo um gancho no queixo da criatura. O baque acertou-a em cheio, e sua cabeça explodiu em milhares de cacos empoeirados. As safiras perderam seu brilho, assim como a energia que, com o término do embate, desvencilhou-se magicamente de meu corpo. Aquele embate estava encerrado, assim como o controle sobre a segunda cauda daquela transformação bestial.

Alguns segundos depois, o clone que antes concentrava energia da arte eremita desfez-se em fumo, e o chakra natural acoplou-se em meu corpo de rompante. Injuriei os deuses por isso, já que eu poderia ter a usado em meu favor nessa batalha.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Ativação da segunda cauda. Chakra Natural foi entregue ao meu corpo através da dispersão do clone das sombras. Como não há o controle completo da besta nesta névoa, achei justo descontar 5% de meu HP total, como consta na regra das bijūs & jinchūrikis. Achei justo também descontar 5 de HP do corte que o primeiro inimigo me fez.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); Forma Jinchūriki Versão I (+2 VEL&FOR; +100 Dano NIN&TAI).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: +950CK (Dispersão do Kage Bunshin); +400CKN (Dispersão do Kage Bunshin); -5CK (Byakugan).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 7UMtm3m
Bijū no Koromo, duas caudas.
Descrição: O Manto da Besta com Cauda (尾獣の衣, Bijū no Koromo) é uma proteção feita com o chakra materializado da besta com cauda emitido nos estágios anteriores. Devido a grande quantidade de chakra liberado, surge uma espécie de capa protetora, tomando como suas as características da besta com cauda, diferenciando entre os jinchūriki. Conforme a quantidade de chakra se eleva, mais avançado o manto se torna e semelhante com sua besta com cauda fica. Um denso manto de chakra se forma ao redor do hospedeiro da besta com cauda. Tem a aparência vermelha translúcida com bolhas de chakra (uma reminiscência do líquido em ebulição) e deixa mais marcante as mudanças sofridas na transformação inicial. Essa forma é conhecida como Versão 1 (バージョン1, Bājon Wan). A capa de chakra que cobre o jinchūriki toma o aspecto de sua besta com cauda, com patas, chifres (em alguns casos) e caudas feitas de chakra. Devido a sua maleabilidade, o manto pode ser deformado de acordo com a vontade do usuário, criando braços de chakra para interagir com o ambiente a sua volta. As manifestações mais importantes são as caudas que surgem através do manto, indicando a quantidade de chakra e poder liberado, quanto mais chakra for liberado, maior vai ser o número de caudas que serão manifestadas.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Terceira Cauda: 0/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 536/200.
Posts: 10/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 1895, CK: 2525/3075, CKN: 400/400, ST: 3/16
Kokuō; CK: 2125/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 13:27

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II POSZuy7
~
Com o término do confronto, a calmaria voltou a reinar no templo enevoado. A dispersão da energia bestial fez com que Kokuō se acalmasse por um breve momento, apesar de que ainda era possível ouvir relinchos e resfôlegos baixos ecoando em minha mente. De fato, aquela bruma estava o afetando, e eu precisava sair dali o mais rápido possível. Movida pela atenção, caminhei lentamente pelo templo, sentindo o piso ranger à cada passo que eu dava. Supostamente, aquele era o último andar; mas eu tinha certeza que o edifício era maior. Então, olhei para os cômodos e vi uma porta singular.

—— Isso está ficando interessante. — falei, achegando-me.

Então, toquei na porta, notando que, mais uma vez, ela era feita de barro, o mesmo material das criaturas que derrotei. Em ritmo, fechei o punho canhoto e mirei no centro do construto, pronto para derrubá-lo com um único murro preciso. Contudo, antes que eu o fizesse, a besta em meu âmago chamou minha atenção, dizendo em uma voz nitidamente gutural.

—— Criança, tente não fazer movimentos bruscos... – a voz do corcel estava débil, fraca.
—— Kokuō, você está bem? — perguntei, compadecida com o animal.
—— Por hora... estou conseguindo conter minha raiva. Quando chegar a hora, você precisará controlar ainda mais a minha vontade, o meu ódio...
—— Entendido! Apenas aguente mais um pouco...

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: -5CK (Byakugan).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Terceira Cauda: 1/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 218/200.
Posts: 11/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 1895, CK: 2520/3075, CKN: 400/400, ST: 2/16
Kokuō; CK: 2125/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 15:27

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II POSZuy7
~
Após a breve conversa com a besta de cauda, voltei a me concentrar na porta pedrosa. Apertei o punho entre os dedos, ao mesmo tempo em que cadenciava a respiração para que o ódio do cavalo indomável não se transferisse para meu corpo. Então, após um mísero segundo, soquei, avassalando o construto com grande poder e mantendo minha calma. Por sua vez, o pórtico foi destruído bem como na outra ocasião, sendo fragmentado em dezenas ou centenas de pequenos pedaços empoados. Meu olho esmeraldino venceu a poeira e a bruma e fitou, então, o largo corredor que se encontrava detrás daquela porta. Esbocei um sorriso e segui adiante.

[...]

Percorri aquele mundo de trevas sem medo algum, confiante em minhas forças e em meu autocontrole. Enquanto andava, perpassando o passadiço estreito e pouco iluminado, devaneava sobre os poderes que eu havia adquirido, ciente de que eu poderia alcançar até um número determinado de caudas – ao meu ver, até um limite de cinco. Naquele instante, o sol arrastava-se pelo poente e, por uma das janelas, consegui ver o resplendor crepuscular. Em breve cairia a noite; e com ela ascenderiam os mortos.

No final do corredor, descobri o caminho para uma escada extensa e espiralada, que provavelmente me levaria para mais andares do edifício. Corajosamente, coloquei meus pés nos degraus e subi lentamente, sentindo o rilhar daquele piso arcaico. Em pouco tempo, superaria o quinto, o sexto e, por fim, sétimo andar, alcançando o oitavo, que certamente seria o último de todos.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Turno de descanso — assim como o turno passado, que esqueci de considerar. Mais uma vez, atributo força no máximo para quebrar a porta.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: -5CK (Byakugan).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Terceira Cauda: 2/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 250/200.
Posts: 12/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 1895, CK: 2515/3075, CKN: 400/400, ST: 1/16
Kokuō; CK: 2125/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 18:10


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Qubn7lG
~
Quando venci o último dos degraus da extensa escadaria, percebi que, ali, a névoa era ainda mais espessa. Tentei me orientar pela luz que adentrava por uma das janelas, mas sem sucesso. Naquele lugar estava firmado um misto da mais profunda escuridão com a mais densa das brumas. Tudo o me restou, então, era tentar apalpar o meu entorno. Segui as margens do corrimão da escada e, pela parede, me esgueirei para o interior do salão, sentindo-me atraída para o fundo dele. Uma atmosfera estranha cobria-o por inteiro, e restava a mim desvendar os mistérios daquele insólito templo.

De repente, notei uma luz azulada brilhar ao fundo do espaço, um brilho tênue, coberto pela névoa e imerso nas sombras. Meus olhos refulgiram no ato, e apressei meus passos na direção daquele pequeno fulgor esférico, que parecia uma pequena bola. Contudo, de repente, fui parado por algo. Um murro potente acertou o meu busto, me lançando para trás e jogando-me na parede — rachando-a e liberando poeira. Levemente aturdida pelo choque, alcei minha visão na busca de meu rival. Ninguém se encontrava ali. Ou melhor, a névoa certamente o encobria totalmente.

—— Tente se concentrar, Arthuria, não vou aguentar mais muito tempo! — a Gobi gritou em meu interior, relinchando bruscamente. Estava perdendo o controle para a cólera novamente.
—— Aguente mais um pouco! — gritei em meu subconsciente.

Então, em um átimo, fechei ambos os olhos e canalizei minhas forças. A energia das artes eremitas, que antes vagava livremente pelo meu corpo, foi repentinamente ativada pela minha vontade, tonificando-me. A marca dos sábios da Montanha da Tranquilidade pincelara-se acima de minhas pálpebras, cobrindo-as em negro. E, então, eu pude escutar tudo o que me cercava. Agora, eu estava pronta para lutar.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Modo Sábio ativado. Alcance do Kanchi de 2025 metros.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); Sennin Mōdo (+2FOR&VEL, +200 Dano).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: -5CK (Byakugan).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QF0R9qq
Sennin Mōdo, 01/03
Descrição: O Sennin Mode é o resultado do uso de energia natural, juntamente com chakra normal, um ninja em perfeito equilíbrio para fortalecer drasticamente suas habilidades. Senjutsu (仙术; Literalmente significa "Técnicas Sábio") refere-se a um campo especializado de técnicas que permite que o usuário sentir e, em seguida, recolher a energia natural (自然 エネルギー, shizen enerugī) em torno de uma pessoa. Praticantes do Senjutsu podem, então, aprender a desenhar a energia da natureza dentro deles misturando-a com seu próprio chakra (criado a partir da energia física e espiritual dentro do shinobi), acrescentando uma nova dimensão de poder de chakra do sábio, resultando na criação do "Chakra Senjutsu "(仙術 チャクラ, senjutsu chakura). Este chakra novo permite que o usuário entre em um estado com poderes chamado Sennin Mode, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado um sábio (仙人, sennin). Através do Sennin Mōdo dos Hoshizora no Tora, o usuário se torna capaz de escutar todos os sons num raio de dez metros, sendo essa audição comparada à qualidade Audição Aguçada. Além disso, o usuário é capaz de manipular a energia natural presente nas próprias pernas para desenvolver o estilo de luta Sairentotaigā no Suteppu.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Terceira Cauda: 3/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 286/200.
Posts: 13/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 1895, CK: 2515/3075, CKN: 400/400, ST: 2/16
Kokuō; CK: 2125/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 21:54

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IuauNRl
~
—— Modo Sábio. — balbuciei de forma imponente.

Então, meu olhar vagueou pela névoa esbranquiçada, examinando-a incessantemente através de minhas aptidões com a arte eremita. Logo, delineei os contornos de meu inimigo, percebendo que o mesmo era grande, maior do que o último que enfrentei. Diferente dos outros, esse possuía um rosto, ou pelo menos parecia um rosto – ou uma máscara. Entretanto, bem como as outras criaturas, ele trajava uma armadura com placas da cor bege, como barro, além de possuir olhos vívidos brilhando em azul – duas impressionantes safiras. Também utilizava um elmo típico de samurai, um kabuto. Em suas mãos, segurava uma grande katana e deixava-a rente ao corpo, posicionando-a de maneira ofensiva.

Levantei-me do chão empoeirado de supetão, abandonando a cratera que me segurava na parede. Ergui meus punhos e posicionei-os próximos ao meu ombro, deixando a guarda alta. O inimigo assentiu, e sua espada de barro tiniu, liberando pó. E ele partiu ao meu encontro em rasante, segurando firme no cabo da arma enquanto a levantava, pronto para me cortar em um golpe avassalador; de cima para baixo. Como uma exímia espadachim, não deixei que o adversário dominasse totalmente o espaço. Encurtei a nossa distância indo ao seu encontro em passos silenciosos, canalizando a energia sábia nas pernas e usufruindo de meu vigor.

Quando estava à poucos centímetros de meu corpo, executei um curto salto para o lado, o qual foi rápido o bastante para que a espada de barro passasse reto pelo meu corpo, decaindo no vazio. No impulso do salto, redemoinhei meu corpo e lancei o pé direito na direção do inimigo, acertando um chute em seu tórax. E, eu, simplesmente, apenas o empurrei alguns metros para trás, tamanha era sua resistência. Estupefata, recuei alguns passos e voltei a fitar o inimigo, tentando manter a calma. Mas foi demais. Os urros da fera de cinco-caudas aumentaram, e minhas íris se tornaram ainda mais ferais.

A mesma energia borbulhante acoplou-se em mim, manifestando duas grandes e volumosas caudas. As unhas cresceram, e a respiração tornou-se descontrolada. O suor escorreu pelo meu rosto, e apenas pensei em trucidar aquela vil criatura que se encontrava em minha frente.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Modo Sábio ativado. Alcance do Kanchi de 2025 metros. Assim como naquela outra ocasião, primeiro vou revelar duas caudas no manto e o próximo turno fechará com as três caudas. Atributos no máximo, com as devidas bonificações e encantamentos.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); Sennin Mōdo (+2FOR&VEL, +200 Dano); Forma Jinchūriki Versão I (+2FOR&VEL, +100 Dano NIN&TAI).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: -5CK (Byakugan); +700CH (Kokuō — Forma Jinchūriki Versão I).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 7UMtm3m
Bijū no Koromo, duas caudas.
Descrição: O Manto da Besta com Cauda (尾獣の衣, Bijū no Koromo) é uma proteção feita com o chakra materializado da besta com cauda emitido nos estágios anteriores. Devido a grande quantidade de chakra liberado, surge uma espécie de capa protetora, tomando como suas as características da besta com cauda, diferenciando entre os jinchūriki. Conforme a quantidade de chakra se eleva, mais avançado o manto se torna e semelhante com sua besta com cauda fica. Um denso manto de chakra se forma ao redor do hospedeiro da besta com cauda. Tem a aparência vermelha translúcida com bolhas de chakra (uma reminiscência do líquido em ebulição) e deixa mais marcante as mudanças sofridas na transformação inicial. Essa forma é conhecida como Versão 1 (バージョン1, Bājon Wan). A capa de chakra que cobre o jinchūriki toma o aspecto de sua besta com cauda, com patas, chifres (em alguns casos) e caudas feitas de chakra. Devido a sua maleabilidade, o manto pode ser deformado de acordo com a vontade do usuário, criando braços de chakra para interagir com o ambiente a sua volta. As manifestações mais importantes são as caudas que surgem através do manto, indicando a quantidade de chakra e poder liberado, quanto mais chakra for liberado, maior vai ser o número de caudas que serão manifestadas.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QF0R9qq
Sennin Mōdo, 02/03
Descrição: O Sennin Mode é o resultado do uso de energia natural, juntamente com chakra normal, um ninja em perfeito equilíbrio para fortalecer drasticamente suas habilidades. Senjutsu (仙术; Literalmente significa "Técnicas Sábio") refere-se a um campo especializado de técnicas que permite que o usuário sentir e, em seguida, recolher a energia natural (自然 エネルギー, shizen enerugī) em torno de uma pessoa. Praticantes do Senjutsu podem, então, aprender a desenhar a energia da natureza dentro deles misturando-a com seu próprio chakra (criado a partir da energia física e espiritual dentro do shinobi), acrescentando uma nova dimensão de poder de chakra do sábio, resultando na criação do "Chakra Senjutsu "(仙術 チャクラ, senjutsu chakura). Este chakra novo permite que o usuário entre em um estado com poderes chamado Sennin Mode, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado um sábio (仙人, sennin). Através do Sennin Mōdo dos Hoshizora no Tora, o usuário se torna capaz de escutar todos os sons num raio de dez metros, sendo essa audição comparada à qualidade Audição Aguçada. Além disso, o usuário é capaz de manipular a energia natural presente nas próprias pernas para desenvolver o estilo de luta Sairentotaigā no Suteppu.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II MpM33f6
Sairentotaigā no Suteppu
Descrição: O Sairentotaigā no Suteppu (サイレントタイガーのステップ, lit. Passo do Tigre Silencioso) é um estilo de luta utilizado exclusivamente por aqueles que dominam o Sennin Mōdo dos Hoshizora no Tora. O chakra senjutsu utilizado durante o Sennin Mōdo envolve as pernas do usuário, permitindo fortalecê-la, conseguindo dessa forma anular o som emanado por seus passos ou corridas. Além do mais, o reforço nas pernas permite que o usuário consiga realizar seus saltos e pulos por uma maior extensão, podendo executar rápidos botes contra seus alvos.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Terceira Cauda: 4/5.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 358/200.
Posts: 14/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 1895, CK: 3075/3075, CKN: 400/400, ST: 3/16
Kokuō; CK: 1425/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Zireael
Kyūdaime Raikage
Zireael
Vilarejo Atual
Ícone : bloodless

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67548-fs-do-you-still-want-to-be-a-hero#500335 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69267-gestao-de-ficha-zireael

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qua 11 Dez - 23:54

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IuauNRl
~
Eu avancei sem nenhum pesar em minhas ações. Como um animal, movida apenas pela cólera momentânea, ajeitei-me de cócoras e rugi, mostrando a arcada dentária marcada por dois grandes caninos pontiagudos. A energia vermelha borbulhava, assim como as duas caudas que se agitavam num grande frenesi. Em uma velocidade impressionante, corri apressadamente pelo espaço, arrastando a palma das mãos no soalho empoeirado e promovendo o arranque com as pernas, deslizando pela névoa como uma serpente flamejante. A poeira levantou e cercou a criatura, me deixando ainda mais invisível. Fiquei alguns segundos rodeando o inimigo, o qual ainda mantinha sua guarda levantada, segurando firme a sua espada como se tivesse no controle da situação. E aquilo me irritava.

De repente, saltei na direção de meu algoz, utilizando da aura borbulhante para projetar cinco garras de energia em minha mão esquerda. Rangi os dentes e, com força, ataquei, certa de que o golpe arrancaria sua cabeça. Mas não foi o que aconteceu. Como um genuíno samurai, ele levantou sua espada amparou o golpe, movendo o corpo para que esquivasse e, concomitantemente, me lançasse na direção em que eu mesma havia me impulsionado. Com isso, eu caí, esparramando-me no chão depois de várias e várias cambalhotas, onde findaria apenas no fundo longínquo daquela câmara.

[...]

Quando me recuperei do baque, tudo o que eu conseguia sentir era ainda mais raiva. Notei, então, que minha energia continuava a ferver, aumentando o calor que eu sentia. As pequenas gotículas de suor, que antes se acumulavam em minha cabeça, aos poucos se transformaram em vapor, unindo-se à névoa sepulcral que envolvia o ambiente. O véu borbulhante aumentara no átimo, e uma nova cauda surgiu às minhas costas. Levantei-me, maneando rapidamente a cabeça e recuperando-me do embalo. Estava finalmente pronta para atacar de novo; e desta vez seria diferente. Mas antes, eu ouvi um lamento, e deduzi ser a voz de Kokuō – que até aquele sublime instante relinchava de ódio. Lembranças irromperam em minha mente, retomando as palavras do corcel de cinco-caudas.

—— Quando chegar a hora, você precisará controlar ainda mais a minha vontade, o meu ódio...

Assim, eu parei. Fechei os olhos, desenrijei os músculos e soltei um longo suspiro. Utilizando da mesma tática daquela outra ocasião, cadenciei meu fôlego com a atmosfera que me circundava, ignorando a bruma maléfica. Tudo que eu precisava era de harmonia. Fiquei parada por alguns segundos até que, quando finalmente tomei o controle, abri os olhos e fitei o adversário à distância, ainda usufruindo os meus poderes eremitas e as virtudes de minha besta com cauda.

—— Modo Ouroboros. — disse aparatosamente.

Dessa forma, uma energia dourada surgiu em meu corpo, incrementando-se com o chakra vermelho borbulhante que me cercava. O olho esquerdo, que antes se dava definidos pelas íris amareladas e pela pupila em fenda, tornou-se totalmente branco, da mesma forma que o Byakugan na vista direita. Relâmpagos tremeluziram em meio à nébula fantasmagórica, e bastou que eu desse um passo para que o meu adversário recuasse, afinal, eu estava em posse de três grandiosos poderes – as habilidades da arte dos eremitas da Montanha da Tranquilidade, as virtudes da fera de cinco-caudas, e o poder que outrora pertenceu ao fantasma do tempo Hikari Opus, a transformação exclusiva da Marca de Ouroboros.

De súbito, fechei o punho direito com força, e foi o bastante para que o ar se tornasse mais pesado. Os olhos albinos encontraram-se com as safiras reluzentes, e era claro o receio do samurai. Assim, num ímpeto destrutivo, acometi contra o rival, colocando o braço rente o corpo como preparativo para um murro. E ele seria imparável. Na velocidade de um raio, ultrapassei todo aquele mísero salão e acheguei-me da criatura, ignorando a sua espada e batendo com força em seu peito. O golpe foi o bastante para desfazê-lo em vapor, totalmente desintegrado pelo soco imbatível – fruto da união dos meus três poderes primordiais.

[...]

Depois da vitória, tudo que me restou foi expulsar toda aquela energia que residia em meu corpo, deixando-a ser levada pelo vento. Em seguida, voltei a andar na direção da pequena luz azulada, e logo percebi que era uma pequena safira, semelhante àquelas que haviam nos olhos das estranhas criaturas de pedra. Por curiosidade, apertei a joia com força, trincando-a, e vi a névoa rapidamente se esvair para fora do templo. Kokuō resfolegou de alívio, alegrando-se com meu feito.

—— Acho que já treinamos o bastante, criança. Desculpe pelos urros. — a fera disse.
—— Sem problemas, Kokuō. Mas ainda temos o outro templo, o que acha de irmos explorá-lo? — retruquei, ainda movida por curiosidade.

Independente da resposta, seguiria de volta para o andar térreo do edifício, saindo do templo e percebendo que a luz do luar já iluminava a noite.

Considerações:
Dados: Aparência de Arthuria Pendragon, vestindo este traje. Armas básicas encontram-se em bolsas na cintura. Excalibur – invisível – está presa em um coldre no lado direito do corpo, enquanto a Kiba está selada no fūinjutsu Gandálfr e presa na bainha do lado esquerdo. Um pano cobre o olho direito da mesma forma como nesta imagem, apesar dele não impossibilitar as habilidades do Byakugan. Marcações espaço–temporais no cabo das duas espadas. Shin Fūinjutsu: Kai ativado neste tópico.

Resumo: Treinamento para a Forma Jinchūriki Versão I. Mais informações na outra aba de spoiler. Finalizando o RP, treinando a terceira cauda. Ativei o Oroborosu Mōdo só para dar um impacto. Desativei o Modo Sábio, a Forma Jinchūriki e o Modo Ouroboros no fim do tópico. Atributos no máximo, com as devidas bonificações e encantamentos para finalizar a luta com o samurai de pedra. Desculpe qualquer erro, não deu tempo de revisar esse post.

Buffs: Mestre Elemental (+200 Raiton); Kiba (+100 Raiton); Habilidade em Ninjutsu (+200 Ninjutsu Puro); Ninshū (+200 Ninjutsu & +6m/s); Sennin Mōdo (+2FOR&VEL, +200 Dano); Forma Jinchūriki Versão I (+2FOR&VEL, +100 Dano NIN&TAI); Oroborosu Mōdo (+2FOR&VEL, +400 Dano NIN&TAI).
Reduções: Especialidade em Controle de Chakra (÷2 Custo Geral); Recuperação (+1% CK p/turno).
Custos: -5CK (Byakugan); +700CH (Kokuō — Forma Jinchūriki Versão I).
Outros:
BOLSA DE ARMAS (160)
Pergaminho de Shion: 1/1un. [0]
Kunai (Hiraishin): 10/10un. [10]
Kibaku Fuuda: 20/20un. [5]
Kemuridama: 5/5un. [5]
Shuriken: 10/10un. [10]
Hikaridama: 5/5un. [5]
Fios: 25/25m. [5]
Usados:

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 7UMtm3m
Bijū no Koromo, três caudas.
Descrição: O Manto da Besta com Cauda (尾獣の衣, Bijū no Koromo) é uma proteção feita com o chakra materializado da besta com cauda emitido nos estágios anteriores. Devido a grande quantidade de chakra liberado, surge uma espécie de capa protetora, tomando como suas as características da besta com cauda, diferenciando entre os jinchūriki. Conforme a quantidade de chakra se eleva, mais avançado o manto se torna e semelhante com sua besta com cauda fica. Um denso manto de chakra se forma ao redor do hospedeiro da besta com cauda. Tem a aparência vermelha translúcida com bolhas de chakra (uma reminiscência do líquido em ebulição) e deixa mais marcante as mudanças sofridas na transformação inicial. Essa forma é conhecida como Versão 1 (バージョン1, Bājon Wan). A capa de chakra que cobre o jinchūriki toma o aspecto de sua besta com cauda, com patas, chifres (em alguns casos) e caudas feitas de chakra. Devido a sua maleabilidade, o manto pode ser deformado de acordo com a vontade do usuário, criando braços de chakra para interagir com o ambiente a sua volta. As manifestações mais importantes são as caudas que surgem através do manto, indicando a quantidade de chakra e poder liberado, quanto mais chakra for liberado, maior vai ser o número de caudas que serão manifestadas.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II CkCc0pO
Oroborosu Mōdo, 01/03
Descrição: O Modo Ouroboros é uma transformação exclusiva do Oroborosu no Omei. O chakra é transmutado na coloração dourada, semelhante a luz, e circunda o dono da marca concedendo-lhe um novo visual. Os olhos brilham em branco como luzes, os cabelos tornam-se dourados e raios dourados surgem ao seu redor. Os músculos aumentam drasticamente sendo encantados, aumentando assim suas habilidades de movimento e danos brutos. O chakra produzido nesta forma é branco luminoso com traços dourados. Neste modo, o corpo do usuário não sente nenhum cansaço e todas suas habilidades são aumentadas bruscamente.

Com acesso ao Oroborosu no Omei o usuário pode habilitar o Oroborosu Mōdō, desde que haja um treinamento de, no mínimo dez posts aprendendo a libertar os poderes. Muito semelhante a outras transformações, o Oroborosu Mōdō concede diversas melhorias ao usuário. Durante a transformação, o usuário tem aumento em todos os Ninjutsus e Taijutsus, inclusive variantes destes como Kenjutsus, em +400 de dano. Os Genjutsus também são encantados, precisando de +1 ponto de necessidade para serem anulados, exceto os rank-S. A transformação ainda concede aumento de dois pontos em força e velocidade do usuário. Quando este modo é ativo, o corpo não sente nenhum cansaço, então os pontos de durabilidade não são consumidos, ao contrário, eles regeneram-se como se o personagem estivesse descansando. A transformação dura três turnos, nunca podendo ser aumentado, havendo limite de apenas um uso por tópico.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QF0R9qq
Sennin Mōdo, 03/03
Descrição: O Sennin Mode é o resultado do uso de energia natural, juntamente com chakra normal, um ninja em perfeito equilíbrio para fortalecer drasticamente suas habilidades. Senjutsu (仙术; Literalmente significa "Técnicas Sábio") refere-se a um campo especializado de técnicas que permite que o usuário sentir e, em seguida, recolher a energia natural (自然 エネルギー, shizen enerugī) em torno de uma pessoa. Praticantes do Senjutsu podem, então, aprender a desenhar a energia da natureza dentro deles misturando-a com seu próprio chakra (criado a partir da energia física e espiritual dentro do shinobi), acrescentando uma nova dimensão de poder de chakra do sábio, resultando na criação do "Chakra Senjutsu "(仙術 チャクラ, senjutsu chakura). Este chakra novo permite que o usuário entre em um estado com poderes chamado Sennin Mode, que pode aumentar drasticamente a força de todos ninjutsu, genjutsu e taijutsu. Uma pessoa que é capaz de usar senjutsu é chamado um sábio (仙人, sennin). Através do Sennin Mōdo dos Hoshizora no Tora, o usuário se torna capaz de escutar todos os sons num raio de dez metros, sendo essa audição comparada à qualidade Audição Aguçada. Além disso, o usuário é capaz de manipular a energia natural presente nas próprias pernas para desenvolver o estilo de luta Sairentotaigā no Suteppu.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II MpM33f6
Sairentotaigā no Suteppu
Descrição: O Sairentotaigā no Suteppu (サイレントタイガーのステップ, lit. Passo do Tigre Silencioso) é um estilo de luta utilizado exclusivamente por aqueles que dominam o Sennin Mōdo dos Hoshizora no Tora. O chakra senjutsu utilizado durante o Sennin Mōdo envolve as pernas do usuário, permitindo fortalecê-la, conseguindo dessa forma anular o som emanado por seus passos ou corridas. Além do mais, o reforço nas pernas permite que o usuário consiga realizar seus saltos e pulos por uma maior extensão, podendo executar rápidos botes contra seus alvos.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II SeFeDYA
Oroborosu no Omei
Descrição: A Marca de Ouroboros é um estranho selo transferido por Opus, criando o símbolo de ouroboros no centro do peito de seu receptor. Os poderes dessa marca ainda são um mistério, porém, de acordo com Shion, há uma grande importância para finalizar Shaka. Uma vez que tenha recebido essa marca, o usuário se torna hábil a dominar, caso já não domine, a natureza do relâmpago sem treinamento, dando uma coloração dourada aos raios. Os corpos com esta marca parecem se tornarem mais resistentes e duráveis, tendo automaticamente um aumento de dois turnos no limite da durabilidade deste. O usuário terá o selo no centro do peito.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II QWMKcbk
Byakugan, Ativo.
Descrição: O Byakugan (白眼; Literalmente significa "Olho Branco") é um dōjutsu kekkei genkai do clã Hyūga e do clã Ōtsutsuki. Seu poder a princípio surgiu como uma Kekkei Mōra junto com o Rinne Sharingan na ancestral mais antiga conhecida dos clãs Hyūga e Ōtsutsuki: Kaguya Ōtsutsuki. Ficou conhecido como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳术, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado à vontade.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II IRxiSFl
Kiba 牙, Selado.
Rank: S
Descrição: Kiba (牙; lit. Presas) é uma das famosas espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa. É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de chakra. É essa capacidade que resultou no nome "espadas de raio" (雷刀, raitō) que está sendo reivindicado como as maiores espadas na existência. No anime, eles permitem ao usuário formar raios livremente.

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II Oe4rnUK
Excalibur, 500/500
Rank: S
Descrição: A Excalibur: Sword of Promised Victory (約束された勝利の剣, Yakusokusareta Shōri no Ken) é uma construção divina, aclamada por ser o apogeu das espadas e armas lendárias. Fabricada com um material desconhecido, cujas limitações físicas superam a maioria dos sabres convencionais, mostra-se como uma arma leve, resistente e possuidora de um fio imensamente afiado. A lenda diz que ela foi forjada nas entranhas do mundo como a cristalização dos desejos da humanidade, tornando-se um construto fadado a proteger o planeta de todo o mal. Seu cabo é azulado com adornos de ouro que sobem até o guarda-mão. Sua lâmina é tão branca quanto a neve, reluzindo através de um véu luminoso de cor dourada. Seu gume é fino como navalha, e epígrafes misteriosas mostram-se entalhadas na chapa resplandescente.

A primeira habilidade da espada lendária é a capacidade de ocultar totalmente sua substância, permanecendo invisível à olhos nus. Tal aptidão utiliza de inúmeras camadas de energia comprimidas em alta pressão, sendo o suficiente para dobrar a luz ao redor da arma e distorcer totalmente a reflexão e refração da luz, o que acaba por tornar o objeto invisível. Além disso, caso o usuário tenha a qualidade Habilidade em Ninjutsu, o mesmo pode apagar a presença da espada, fazendo com que ela oculte tanto a sua forma física quanto qualquer manifestação de chakra que transcorra em sua lâmina. Nomeada como Invisible Air (風王結界, Barrier of the Wind King), este recurso pode ser ativado com o custo de vinte e cinco pontos de chakra, podendo se fazer presente por toda a extensão da arma ou unicamente na lâmina.

A segunda habilidade mostra-se mais como um mecanismo de defesa. A espada, obedecendo às citações de sua lenda, possui uma incrível conexão com o planeta e, portanto, com a natureza. Graças a isto, há uma quantia incrível de chakra natural concentrado no objeto, e assim, apenas aqueles que detém o controle sobre a energia sábia podem clamar o verdadeiro poder da espada da vitória prometida. Conhecida pelo nome de Avalon (全て遠き理想郷, Everdistant Utopia), o mecanismo possui uma reserva de quinhentos pontos de chakra natural, sendo capaz de transferi-lo para seu empunhador através de contato físico, limitando-se à cinquenta pontos por postagem e uma vez por turno. A reserva será reiniciada com a mudança de tópico.
Treinamento ~ Capítulo:

Versão I ~ até a terceira cauda.
Descrição: O usuário tem sua aparência alterada para algo ainda mais selvagem, sendo envolvido num manto de chakra vermelho borbulhante imitando uma forma feral, abrindo caudas de acordo com o controle da besta sobre o usuário ou o seu controle sobre a besta. Caso não haja controle e acesse este modo pelo controle da besta - exercido somente em casos de riscos de vida claros - o personagem recebe danos de 5%HP a cada turno ativo, não recebendo nada de chakra, apenas ativando a forma, podendo avançar até o máximo de caudas, porém, perdendo o controle e tendo a morte do personagem. Quando usado de maneira controlada deverá tomar, no mínimo, 20% do chakra da besta. Em ambos os casos as bonificações são as mesmas: acréscimo de 2 pontos em velocidade e força, concedendo um aumento na força dos ninjutsus e taijutsus que usem chakra em 100 pontos. Para dominar esta forma deve-se antes ter dominado a Forma Jinchūriki Inicial. É necessário um treinamento (RP) de pelo menos 5 posts para cada cauda a ser dominada, limitando-se ao número máximo da besta.
~
Sugestão de História: Após treinar a primeira forma Jinchūriki, Arthuria foi aconselhada por sua bijū a buscar praticar este poder. Numa exploração pelos arredores de Kumogakure, a Pendragon descobrirá a existência de dois templos gêmeos misteriosos, e descobrirá que cada um de seus andares possuem inimigos estranhos e são rodeados por uma insólita neblina — que é capaz de tornar Kokuō em um estado mais bestial do que o normal. Assim, Arthuria se infiltrará em um dos templos, e com o desafio, a princesa lutará e utilizará ainda mais do poder da Gobi, aprendendo, inclusive, a projetar seu chakra na forma de caudas, indo até a terceira. No término, Arthuria sairá do primeiro templo e pensará em ir para o segundo, onde as batalhas prometem ser ainda mais desafiadoras. Link da solicitação.
~
Primeira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Segunda Cauda: 5/5. ~ Concluído.
Terceira Cauda: 5/5. ~ Concluído.
~
Intervalo: 2hrs ~ Redutor.
Palavras: 784/200.
Posts: 15/15. ~ Capítulo.
Arthuria; HP: 1895, CK: 3070/3075, CKN: 400/400, ST: 2/16
Kokuō; CK: 1425/3500

_______________________


[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II KI2ltzr
— Time eats away at memories, distorts them.
Sometimes we only remember the good;
sometimes only the bad.

-
Takane
Juusandaime Tsuchikage
Takane
Vilarejo Atual
Ícone : [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II - em Qui 12 Dez - 12:22

@

_______________________

[ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II 7fb70ec165bedcc9bea788123a67dfad
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [ Capítulo - Solo ] Jinchūriki II -

-


  
 
Ir para Primeira Mensagem

Layout desenvolvido por Akeido, Dorian e Naru
Naruto RPG Akatsuki (2010 - 2020)
Hospedado por Criar um fórum grátis - FORUMEIROS.com
.