>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Verão

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[ Filler ] Himiko's Tales, Ep. 01 - em Sab 16 Nov 2019, 00:53



50 D.G — País da Neve;
Era uma vez dois calorosos amantes que se profanavam em meio o gelo, um amor que durou por anos e mais anos num pacato vilarejo no país da neve, conhecido por todos e reconhecido como os ninjas mais poderosos daquele pequeno lar, o amor deles já teria feito que uma criança nascesse para assumir o trono de líder do clã Kurama, mas além de um descendente o amor fluiu novamente gerando uma pequena menina que viria para o mundo com um enorme proposito. A anciã do vilarejo teria dado uma profecia, sobre os dois filhos do casal, algo tenebroso aconteceria e isso decidiria todo um futuro para aquele clã, dois caminhos seria trilhado, um de puro ódio e vingança, enquanto o outro seria de prosperidade e paz para o mundo, mas ela jamais poderia confirmar qual das duas crianças seguiria o caminho certo, pois de alguma forma, os dois caminhos representavam um mesmo significado: justiça.

Stain tinha nascido primeiro, numa primavera calorosa enquanto os país estavam fora do país da neve, o menino teria nascido em meio o calor, algo que desagradava os anciões do clã Kurama, pois julgavam que isso iria afastar o garoto do frio, e graças a esse fato a crença que ele seria a criança da vingança lhe caiu como sentença. Himiko veio depois, considerada uma donzela da justiça ela nasceu no dia mais frio do inverno, onde uma tempestade caia em forma de granizo, abençoada foi, e julgaram que o treinamento da menina devia começar cedo, pois os sinais a indicava como aquela que traria paz ao mundo, mas um erro bobo teriam cometido naquele época, pois Himiko nunca de fato gostou de tanta bajulação, muito menos do que lhe davam reconhecimento, e se ela fosse a vingadora? Que infeliz o destino seria.

55 D.G — País da Neve: Arredores;
A previsão para o dia sangrento já estava confirmada, os anciões tinham deixado claro que no dia que a anciã mais velha falecesse algo de enorme terror aconteceria com o vilarejo, um dia de puro sangue e maldade que destruiria todo o legado do clã Kurama, um clã que seria dividido, como o gelo. O dia então chegou, todos comemoravam os cem anos da anciã quando algo terrível aconteceu, uma simples bebida envenenada trouxe a morte como convidada para a festa, levando a alma da anciã e fazendo com que o povo caísse em lagrimas, mas de longe aquele era a preocupação de todos, os guerreiros sacaram suas espadas e começaram a se acusar, quem teria matado a anciã? A mãe de Himiko foi esperta, buscou a criança que tinha apenas cinco anos e a levou para um lugar escondido na sua casa, um sótão, mas Stain já era um chunin de acordo com a permissão de Konoha, ele não precisava de proteção, ele devia lutar do lado dos guerreiros.

O assassino se revelou por conta própria, trazendo consigo uma gangue de cinco mercenários fortes com a ideologia de tomar o controle do vilarejo das mãos do pai de Himiko , mas que bobo erro. O fogo se encontrou com o gelo numa luta sangrenta, o traidor nem mesmo imaginava que os líderes daquele vilarejo eram tão fortes e capacitados para um momento daquele, rompendo qualquer que fosse a tentativa maligna do traidor, os mercenários lutaram bem e trouxeram várias mortes, mas no fim? Apenas morreram pelas mãos dos pais de Himiko, Stain também se mostrou competente enfrentando e segurando o traidor por bastante tempo, mas a estaca de gelo perfurou sua barriga de forma que o menino nem mesmo tivesse mais forças para segurar sua espada, dois pais viram seu filho morrer de forma cruel e todo o vilarejo cair em ruina, restando apenas os dois lendários guerreiros contra o traidor, numa batalha decisiva, mas o traidor tinha preparado o terreno a seu favor, um selamento foi capaz de interromper e cessar os movimentos de seus adversários lhe interrompendo de qualquer que fosse o confronto, uma lagrima desceu pelos olhos de Himiko em presenciar a cena escondida, mas num simples mover de dedo sua mãe perfurou os braços de seu algoz lhe impedindo de se mover, num ódio capaz de liberar uma intenção assassina a pequena Kurama correu pela neve e criou vários espinhos de gelo a sua frente, liberando pela primeira vez sua kekkei genkai do clã Kurama, perfurando o traidor por todo o corpo e cessando sua vida, seus pais conseguiram presenciar a cena antes de morrer, e com lagrimas de tristeza e felicidade perceberam o erro que tinha cometido — A donzela da vingança... — foram as ultimas palavras ditas pelo seus pais, restando agora apenas uma menina de cinco anos no vilarejo, todos mortos e destruídos, lagrimas escorreram de seus olhos desesperadamente, o que teria acontecido? O mal teria vencido? Himiko era a vingadora?

56 D.G á 60 D.G — Mundo Shinobi;
Himiko não tinha mais morada, a comida em sua casa não durou nem mesmo um mês e só restou para a garota enterrar os corpos dos próprios pais e irmão, sozinha e tomada pelo frio — se o frio lhe afetasse — a menina pensava em morte, mas jamais cogitou se matar, ela pensava em matar, punir todos os mercenários e grande vilarejos, tinha ouvido sua mãe dizer que Stain teria que lutar pois era um chunin declarado por Konoha, era claro que a hierarquia shinobi tinha tirado a vida de seu irmão, a busca pelo poder de todos ali, tamanha ambição humana lhe fez o sentimento mais importante: empatia. A menina andou por diversas regiões, mas jamais foi acolhida por nenhuma, restando apenas deixar a soberba de lado e pedir abrigo em Konoha, sendo obrigada a cumprir com as obrigações de uma classe ninja que não desejava, a mesma hierarquia que tinha ceifado a vida de seus irmãos agora era responsabilidade dela, até que sua própria vida fosse ceifada, era assim que funcionava toda a estrutura daquele mundo: sacrifício, pessoas morriam para servir de força, coragem, lenda, história, conhecimento para os outros, mas se era morte que sustentava aquele mundo, Himiko com certeza daria tamanho sustento.

Pois a ela pertencia um dever, uma alcunha, uma profecia: a donzela da vingança.

[...]

Depois da crueldade vivenciada mundo afora, pode-se afirmar que Himiko se tornou alguém com anseio de vingança, mas seria aquilo influência de si própria? E se a menina não foi apenas induzida pela profecia? Quando entrou em Konoha foi obrigada a se matricular na academia ninja, o que acabou lhe fazendo conhecer novas crianças, evitava conversar e ninguém parecia dar muita bola para a menina também, mas uma pessoa em especial queria sua amizade, era um garoto qualquer que tinha um sorriso que agradava a menina, sentavam juntos e ele sempre buscava conversar com Himiko, que não dava muita bola e respondia de forma fria. Mas o tempo foi passando, após um ano com o garoto Himiko já se sentia bem em sua presença, tornaram-se amigos, fazia tempo que Himiko não se sentia abraçada por alguém, desde da perca de sua família ela vivia sozinha e triste, mas sustentou-se naquele amigo, dando toda sua confiança para ele e permitindo-se ser usada, mas cometeu a um erro, lhe contou um pouco de sua desgraça, não tudo, mas o suficiente para o menino senti pena dela, um erro, ela simplesmente não aceitava o olhar de pena que ele lhe dava, com isso sua confiança foi abalada rapidamente, Himiko não queria mais aquilo, não queria mais seu amigo, pois ele não era mais o mesmo. Não tinha muito o que fazer, solicitou mudança de classe e, graças a sua história, o professor aceitou. Aquilo se repetiu mais duas vezes, sempre que conseguia alguém para confiar e cometia o erro de lhe contar seu passado acabava sendo olhada com desprezo e pena, com sorte as transferência de sala acabaram depois da terceira pessoa repetir o mesmo comportamento idiota, pois a menina desistiu de confiar em outras crianças, tornando-se totalmente isolada e deixando a arrogância falar mais alto, nem mesmo adiantava tentar falar com ela, ela rejeitava a todos.

O tempo passou e a menina conseguiu chegar no grande dia da formatura, para isso era necessário passar da ultima prova escrita, a menina sempre foi uma espécie de superdotada e nota não era um problema, foi fácil responder todas as questões da prova de forma ágil e com facilidade, no entanto nem todos tinham as mesmas capacidades da menina, era fácil notar a cara de desespero de muitos de sua classe e antiga classe, de todos os estudantes, cerca de trinta, apenas quinzes passaram para a ultima fase do teste, a analise de técnicas básicas, de todos seus ex amigos apenas Himiko passou, pelo jeito a pena com a garota seria deixada de lado naquele momento, pois se sentiam pena, por quais motivos não foram capazes de passar? Era inferior? Himiko se agradou com aquele momento, fez questão de deixar um sorriso falso escapar para cada um, se dirigindo a cada um e deixando claro sua expressão — É uma pena — diria, deixando escapar toda a raiva numa simples frase, um ato de vingança que tinha sido realizado sem influência de ninguém provando mais uma vez o espirito maligno que habitava na garota.

1541/1400 palavras, obtendo a Qualidade: Conhecimento Toxicológico (01).
-
Kynz
Genin
Kynz
Vilarejo Atual
https://www.narutorpgakatsuki.net/t69189-ficha-uchiha-kynz#517752

Re: [ Filler ] Himiko's Tales, Ep. 01 - em Sab 16 Nov 2019, 10:52

@ Aprovado.

_______________________

[ Filler ] Himiko's Tales, Ep. 01 Aee49c2fe7977fe1cb1b865a494da5cf
-


Edição de Natal por Loola e Senko.