:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Konohagakure no Sato :: Campo de Treinamento
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado RZlFJ4c

TK
Jōnin
TK
Vilarejo Atual
[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado RZlFJ4c

[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado - Publicado Dom 3 Nov - 16:00

Correr. As pessoas estão sempre correndo. Principalmente contra o tempo. Os ninjas, então, eles vivem correndo. Kyo aprendeu na academia que uma das capacidades mais interessantes dos ninjas era sua velocidade e seus reflexos. Diferente de pessoas comuns correndo em campos abertos, os ninjas são hábeis suficiente para atravessar grandes florestas por sobre galhos, copas e esgueirando-se dentro de esconderijos e lugares difíceis. Um instinto de sobrevivência, mas também uma habilidade de corrida exemplar. Por isso, nas práticas acadêmicas, Kyo se empenhava mais do que o comum nas corridas. Tentava ficar cada vez mais rápido. Tinha dois principais motivos em mente: 1) conseguir ter uma velocidade acima da média como ninja usuário de taijutsu e 2) alcançar os estilos próprias de luta com espadas dos membros de sua família. Também se lembrava do irmão e do pai, quando realizava esses treinamentos, pois eles eram conhecidos pelas suas velocidades atípicas. Alguns relatavam que eles eram capazes de cortar uma pessoa numa velocidade tão surpreendente que ela nem notaria. Em alguns treinamentos ele havia presenciado uma amostra dessa velocidade, mas não conseguia vê-los nitidamente. Seus olhos não eram preparados.

Era neste nível que ele queria chegar.

Corria até se cansar. Os outros alunos e professores não entendiam tamanha determinação. Alguns elogiavam, outros aconselhavam não pegar pesado. Ele nem era o mais veloz da turma. Estava longe de ser. Haviam outros que conseguiam alcançar os objetivos muito antes dele, mas ele não desistia. Precisava se comportar como uma pessoa capaz e era isso o que fazia. Porém, os tempos de academia passaram. Ele se formou e recebeu a bandana condecorando-o um verdadeiro shinobi de Konohagakure no Sato, mas as coisas não estavam tão melhores. Ele continuava mais lento do que muitos e não conseguia aceitar isso muito bem. Ele precisava alcançar a velocidade como de seu irmão e seu pai, não somente para provar-se ao nível deles, mas para superá-los. Sabendo disso, ele nunca deixou de treinar sua velocidade, de uma forma ou de outra.

Todas as manhãs, antes mesmo de treinar seus golpes de força, ele já realizava uma espécie de treinamento em corridas. Saía de casa e ia até os campos de treinamentos mais afastados correndo à pleno pulmões. Notava que ainda falhava em algumas coisas básicas. Sua respiração não era tão boa, falta um alongamento, talvez mais preparo físico como um todo. Embora tivesse uma grande durabilidade, ele não tinha um corpo tão resistente. Primeiro porque era novo, inexperiente, começando sua carreira, segundo porque passara muitos anos sem os treinamentos. Quando corria era como se estivesse correndo atrás do tempo perdido. Como se tentasse voltar para antes mesmo da morte de seu irmão a fim de aproveitar todos os menores momentos e se esforçar mais. Treinar mais, se habilitar mais.

Mas é claro que era impossível.

Quando conseguiu esmigalhar aquela rocha dentro da mão, ele entendeu que nunca poderia alcançar o passado e melhorá-lo, mas podia avançar ao futuro brilhante e tornar-se o que almejava ser. Por isso seus momentos correndo se tornaram muito mais leves em sua alma, mas não menos intensos fisicamente. Começou a realizar passagens pela vila inteira, correndo e melhorando seus reflexos. Saltando por cima de prédios, ultrapassando casas, correndo pelas árvores, subindo nas copas delas e praticando para subir colinas e montes. As pernas chegavam a doer em alguns dias. Suas panturrilhas repuxavam no meio do caminho, depois de horas correndo, elevando-se ao máximo de seus limites físicos, porém, em sua alma, sua voz continuava falando: vá em frente. Graças a isso ele continuava em frente sem desistir.

Houveram dias em que seus músculos não lhe deixavam sair da cama e ele aproveitou para continuar treinando os braços. Colocava as mãos no chão, equilibrava seu corpo sobre elas e andava pela vila, não tão depressa, mas absorvido no treinamento; talvez suas pernas não treinassem naqueles dias, entretanto, seus reflexos e sua velocidade, sim. Na academia havia aprendido a necessidade de saber se adaptar e considerava-se muito bom nisto, devido a sua capacidade intelectual para aprendizado. Era um prodígio, aprendia rápido. Não era o mais inteligente, porém, compensava em sagacidade. E quando os braços doíam pela tentativa de suportar o peso de seu corpo, ele repetia em sua alma: vá em frente. E assim continuava até terminar as práticas do dia.

Chegou um determinado momento em que ele notou as mudanças. Demorava menos tempo entre alguns pontos. Suas pernas cansavam menos, seus pulmões aguentavam mais. Aprendeu a melhorar a respiração, assim como seu corpo se acostumou à alcançar os limites e ultrapassá-los. Mas ainda era pouco. Ele ainda precisava ficar mais veloz. Tinha um objetivo e continuaria lutando até alcançá-lo. Entre treinamentos de espada e corridas, ele se exercitava, melhorava o corpo e também encontrava seus pensamentos soltos e tentava dilui-los no espectro da alma. Os ninjas usam tanto a mente quanto o corpo, é assim que funciona, ele aprendeu na academia. Precisava manter os dois resistentes contra o mundo, do contrário, ele falharia.

Ele não podia falhar.

Continuou diariamente correndo e evoluindo. Algumas pessoas já estavam acostumadas a vê-lo passar e lhe cumprimentavam. Outras ofereciam água e mantimentos. O povo da Folha sempre foi muito solicita com pessoas normais e Kyo, naquela época, ainda era apenas um garoto sonhando em ser alguém de renome. Pessoas assim, as que carregam a Vontade do Fogo, como os moradores falavam, eram sempre bem-vindas. Mesmo que ele estivesse correndo todos os dias. Mesmo que ele soasse diferente ao falar e um pouco mais rápido todos os dias. Mesmo que ele estivesse fazendo tudo aquilo por si próprio e não pela vila. Mesmo assim, ele estava se esforçando. Reconheciam seus esforços desde os tempos de academia e por isso ele voltou lá quando se sentiu pronto e pediu para seu antigo professor para realizar um teste de corrida, para saber se ele tinha evoluido mesmo.

O professor apitou e ele correu. Uma curta nuvem de poeira subiu e ele alcançou o destino. Seu professor o parabenizou e mostrou os tempos. Kyo estava realmente se tornando quem ele sonhava ser.

HP [ 225/225 ] CH [ 225/225 ] ST [ 00/04 ]


Considerações.:
Treinamento OnePost para ganhar +2 Velocidade. Deu cerca de 1.000 palavras.

Hip-Pouch:
Kunais: 13/13.
Shurikens: 10/10.
Kibaku Fuda: 16/16.
Fios: 25m/25m.
Kemuridama: 05/05.
Hip-Pouch: 02.
Total: 37/40.
Usados:
N/A
Itens:
Tōken (1x)
Espaço: -05.
Descrição: Uma espada (刀 剣, token) é uma arma longa, laminado utilizado para o combate. Enquanto a maioria das espadas em Naruto estão katana tradicional japonesa, tanto, ou Ninjato, espadas usadas por personagens principais tendem a ter poucas semelhanças com as armas da vida real, como é o caso com os sete espadachins das espadas névoa. Outros espadas que foram introduzidas nas séries têm poderes místicos ou especiais, incluindo Espada de Orochimaru de Kusanagi e a Espada de Totsuka como empunhada por Itachi Uchiha Susanoo.

_______________________

[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado Q9DYRBI
[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

Re: [ Treinamento ] Correndo Contra o Passado - Publicado Dom 3 Nov - 17:38

@

_______________________

[ Treinamento ] Correndo Contra o Passado ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity

Resposta Rápida

Área para respostas curtas