>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

[Cena] - Na guarda de um louco. - em Sab 12 Out - 22:57:58


Narrador: @'Schrödinger

Em meios a verdade.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Redhood'


Cena - Na guarda de um louco.

Humanos corruptos. Hoje teria a chegada de alguém especial, um homem de cabelos verdes, um serial killer, um psicopata, provavelmente todas as palavras que definissem insanidade para esse homem, nem sequer se comparavam a verdade, que ele era inteligente e que era extremamente metódico. Ele estava para ser encaminhando para sua terra natal, Kumogakure no Sato e relatos diziam que ele tinha se tornando insano, quando não conseguiu ser aceito pela sociedade, outros por não se tornar shinobi, outros por sua mulher ter deixado, ele era apenas conhecido como... "The Joker". Seu sorriso intoxicante, que era seguido por todas vítimas, antes era determinado que qualquer um que tivesse visto tal sorriso, provavelmente já estaria morto. Esse homem foi colocado sobre uma sala negra, com apenas uma lampada, onde possivelmente só era conhecida por pessoas autorizadas, e foi aí que numa mudança de turnos, foi deixada a chave com o Tokubetsu Jonin, considerando principalmente, que a sala negra, ele estava sentado sobre uma mesa de ferro, em que constantemente era torturado, mas no entanto, aquilo não tinha chegado aos ouvidos do maioral e os que eram escolhidos para tratarem dele, e tudo mais, precisavam ter um domínio psicológico grande, porquê o dele era bem maior.

Considerações:
- Qualquer erro, MP.
- 01/08 - Domínio Psicológico
- Mínimo: 200 palavras
Post 1/08

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Dom 13 Out - 0:13:49

Let's play a game.

Eu andava normalmente pela vila, por algum motivo eu havia então, sido selecionado para prestar mais um serviço para a Aldeia imunda. Mas como sempre, algo me dizia que eu deveria prestar. Eu comia um ovo frito feito na frigideira quando fui chamado, a grande decepção por aquela parte era que eu tinha que apressar o meu almoço somente para prestar um serviço determinante. Assim, naquele dia eu não resolvi levar meu capacete, existiam situações em que meu capacete era totalme desnecessário, assim como minhas orelhas vermelhas. E então, segui apenas como meu traje normal. Rumo a uma penitenciária aldeã.

E adentrei o local com autorização dos guardas locais e segui para o local indicado, onde, busquei seguir pelos corredores, começando por prisões mínimas, com encarcerados até o talo nas prisões até prisões de pena de confinamento em prisão máxima ou prisão de reclusão. Após chegar ao local indicado, era como uma mudança de turno, eu ficaria encarregado de vigiar o cara que estava em uma dessas prisões. Era de conhecimento geral que, a área desse certame era para pessoas perigosíssimas, assassinos, loucos, todo o tipo de cara maluco confinado ali na área que eu estava, assim peguei a chave.

Outroassim, adentrei a porta, abrindo-a após encaixar os dedos ali na maçaneta e abrir ela com a chave, dando um giro anti-horário e adentrar a mesma, entrando e trancando a mesma, após entrar, deixando ela em meu bolso. Assim, parei para contemplar o local. Meus olhos azuis percorreram um lado, e depois para o outro, varrendo a área no campo de minha visão até onde era permitido. — Que interessante. Deve ser excruciante viver numa merda de confinamento. — Murmurrei, calmo, como eu era. Assim percebi que o cara estava ali, sentando na merda de uma cadeira sobre a mesa férrea.

— Então... Parceiro... Há algo que preciso aprender com você. — Liberei algumas palavras após me aproximar da mesa, passando os olhos pela mesa. — Olha essa porra. Que bonitinho esse kit de tortura. — Eu elogiei, pegando uma das ferramentas que estavam sobre a mesa, e apertando um botão para exalar crepitações elétricas do ar apartir da ponta do ferro. — Então amigo... vou começar como uma merda leve. — Murmurrei, pegando então um pequeno galão. — Isso aqui é água sanitária? Puta que pariu, isso é o leve do leve. — Murmurrei, de um jeito contete e logo abri a tampa do galão e movi.

— Está com sede?! — Questionei de um modo calmo, jogando o líquido contra o rosto do homem em grande quantidade. — Beba isso. Beba que você não sentirá sede tão cedo. — Murmurrei, passando pelo menos uns 10 segundos jogando o líquido contra a face do maluco, logo retirei e virei de volta, dessa vez parando para analisar o comportamento do homem de cabelo verdes através do afogamento. — Isto não é o suficiente, né?! Bora melhorar a sessão, camarada. — Logo se virou, indo em direção a mesa e pegando dois conectores elétricos. Daqueles que são choques com base em voltagem de bateria automobilista.

Já que eu havia jogado água sanitária e afogado o The Joker, Agora bastava que eu pudesse dar uns choques eletrificados e amplificados pelo líquido. — Que tal uma malhação da boa, você não vai precisar malhar o peitinho por um bom tempo meu amigo, cortesia da casa, parceiro. Você não precisa fazer nada, nada mesmo pra ficar bombadinho, admito que não lhe terá alternativa de asteróides. — Comentei, movendo as mãos segurando as ondas de choque e colocando bem no meio dos mamilos do homem de fios verdes tóxicos, enquanto apertava os fios para liberarem e eletrocutar o maluco da cadeira.

•• Considerações:
• Aparência descrita no Template.
• Mera tentativa.

• Equipamentos:
• 05 Kunais.
• 05 Shurikens.
• 20 m de fios.
• 24 papéis bombas.

•• Domínio Psicológico (01/08)


HP: 575•575 | CH: 575•575 | ST: 00•05

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Dom 13 Out - 7:14:07


Narrador: @'Schrödinger

Em meios a verdade.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Redhood'


Cena - Na guarda de um louco.

Verdes. Ele teria a aparência mais incomum, a ser citada no momento, naquela sala negra, que apenas uma luz a cima dele, podia demonstrar o quanto ele não se importava com a situação, seus cabelos verdes, seus dentes metálicos, suas tatuagens, não eram simplesmente, tudo tinha um significado, uma história... uma piada mortal.  — Eu realmente estava precisando de um banho, sabe? Muito tempo na solitária, muitas pessoas por matar. — Seu corpo totalmente absorvia as palavras e enquanto liberava o choque sobre o seu corpo, Joker não se limitou em simplesmente sentindo choque que começava a queimar sua pele, ele conseguia falar livremente, como se não tivesse escharcado de água, ele não só domínava sua mente, mas como seu corpo, mas de um jeito controvérsio e impróprio, assim ele prosseguiu com palavras controvérsias a si mesmo, sobre algo que não fazia sentido, um mistério  — Tinha uma loirinha que era realmente apaixonada por mim, sabe? Mas eu fiz merda, e aqui estamos. Eu não sinto nada, mas você poder continuar tentando. Quem sabe um dia também não mostre meus brinquedos a você, hahaha. — Risos altos eram dados, provindos de sua boca, mesmo com o choque correndo por cada célula de seu corpo, parecia que aquilo só o estava motivando mais, para continuar com seu mundo imaginário, onde ele dominava tudo. Como o jonin especial de Konoha, quebraria o homem em sua frente? Ele conseguiria realmente ler ele?

Considerações:
- Qualquer erro, MP.
- 02/08 - Domínio Psicológico
- Mínimo: 200 palavras
Post 2/8

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Seg 14 Out - 13:03:05

Let's play a game.

— Mais pessoas para matar é? Bom, há pessoas que eu também quero matar. — Murmurrei estreitando os olhos, enquanto percebia que o efeito elétrico não estava surtindo efeitos, nem mesmo quando a água amplificava a eletricidade. "Que desgraçado, como é que esse cara consegue elevar a sua mente a um nível insano?! Ele sequer está ligando pra dor." Meus olhos se focaram na cabeça dele, somente para analisar melhor como sua mente poderia funcionar. — Merda. — Resmunguei, tirando os ferros metálicos e colocando de volta na mesa. — Ah, então você tem o típico caso de coração partido. Ah o amor é podre.

Murmurrei, dando uma risadinha em seguida. — Nunca me apaixonei, porque a garota que eu amava, eu matei. Sem querer. Por algum motivo eu a coloquei sobre meus fios de Chakra, e depois disso eu falei "Querida, mergulhe de cabeça. Eu amo você, mas você não me ama de volta. E isso machuca meu coração." Mas eu não sentia nada, apenas um enorme vazio. — Eu narrei, contando a história e logo peguei para mim um grande alicate. Apertei a parte inferior para ver o metal se fechar. Estreitei os olhos dando um sorriso grande. — E no fim, a enforquei. Quebrei o pescoço.

— E quando vi, ela estava morta bem diante dos meus olhos, com o sangue por todo o corpo. Sobre meu colo, como uma noiva cadáver. E depois disso, eu apenas furei seu corpo o máximo que eu podia. — Continuei contando a história, e logo me abaixei um pouco ficar cara a cara com o homem dos fios verdes. — E depois a enterrei, e taquei fogo no solo. O amor é fútil, talvez deva se livrar dela. — Movi o punho, na direção do rosto do homem, bem na bochecha, visando desnortear o homem e en seguida, abrir lhe a boca.

Assim, enfiei os dois dedos lá dentro, somente para que eu pudesse verificar o maior dente que aquele homem possuía. — Bem... Acho que os seus dentes estão podres. Tanta cor de ouro que é a forma suprema da higiene boçal hein? Como médico, eu determino que tem um dente cheio de verme aqui... Vou arrancar. — Mumurrei, debochado, mas acima de tudo, calmo. Assim, aproximei o objeto para dentro da boca do homem, encaixando o mesmo no dente grande, o maior que eu ja havia visto e logo comecei a mexer, para o lado e para o outro e assim sucessivamente.

Quando fosse o tempo, quando o dente estivesse mole o suficiente, puxaria para atrás, com toda a força, buscando arrancá-lo. — Hum. Parece que eu caçei um peixe grande, hm? — Estreitei os olhos, com um sorriso maldoso enquanto encarava o dente, todo sujo de sangue, pingando sobre o meu punho, a minha luva negra cheia de sangue. Busquei encarar aquele cara novamente, estudando como sua mente iria reagir, como seu corpo iria reagir. "A mente desse cara é um tanto complexa... Mas estou começando a entender mesmo que lentamente." Concluí, e logo voltei para a mesa, observando as opções ali.

Meus olhos varreram a mesa e logo encontrei algo ali, um pé de cabra. Assim o peguei, passando os olhos azuis para observar todo o seu trajeto. — Interessante. — Mumurrei, me voltando para o Coringa. Ficando de frente para ele com o pé de cabra entre as mãos. — Então... Você quer descobrir um show dos horrores? Havia um homem que uma vez espancou um garoto. Esse garoto era filho de um rico homem, e quando o homem soube, foi atrás. Mas, para sua infelicidade, além do espancamento, o maníaco ainda explodiu o local, depois de espancar o garoto com um pé de cabra.

Soltei uma risadinha malévola, e logo ergui o pé de cabra, desferindo golpes por todas as partes do seu corpo possível.

•• Considerações:
• Aparência descrita no Template.
• Mera tentativa.
Força 02.

• Equipamentos:
• 05 Kunais.
• 05 Shurikens.
• 20 m de fios.
• 24 papéis bombas.

•• Domínio Psicológico (02/08)


HP: 575•575 | CH: 575•575 | ST: 00•05

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Sex 25 Out - 17:03:42


Narrador: @'Schrödinger

Em meios a verdade.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Redhood'


Cena - Na guarda de um louco.

Piada Mortal. As piadas dele, que o deram-lhe a alcunha, simplesmente não tinham nenhum final, era simplesmente mórbidas, as histórias que seriam contadas para ele, seriam como um alívio mental, ele realmente estava gostando daquilo, vendo quanto um homem poderia aguentar a se tornar tão igual a ele, então vendo o alicate que tinha sido pegado pelo shinobi, ele logo falou palavras de forma rápida, antes que qualquer ação fosse tomada sobre ele — Então porquê está aqui com um cachorro?! Seja livre, matar faz tão bem a alma meu caro! HAHAHAHA! — Após liberar tais palavras, que foram seguidas de um riso alto, sendo que ele já demonstrava uma ligação básica, a hostória do shinobi, ele cuspiu o sangue sai das cavidas que posteriormente estava seus dentes, e tentou lançar o cuspe em direção a cara do shinobi, e logo liberou palavras, agora que não tinha sua boca cheia de sangue, ainda com um tom de humor  — Caralho! Marque meu corpo, mas minha cara... Não esperava que você pudesse a deixar mais linda! HAHAHAHA! — Risos altos eram dados, aquilo estava mais para uma doença, como se ele não pudesse controlar, provindos de sua boca, mesmo com o sangue jorrando de sua boca, sendo que ele quase se engasgava no seu próprio sangue, e se o shinobi continuasse com a tortura avançada de antemão, ele acabaria mantado o prisioneiro, sendo que isso poderia até ser vantajoso para o Joker, que simplesmente jorrava sangue entre seus dentes, com um sorriso de ponta a ponta, se o shinobi de Konoha, conseguisse desvendar um homem como aquele, ele poderia considerar que poderia manipular qualquer um eficiente,  

Considerações:
- Qualquer erro, MP.
- 03/08 - Domínio Psicológico
- Mínimo: 200 palavras
Post 3/8

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Qui 31 Out - 11:53:25

Let's play a game.

— Entendo... — Comentei, cessando meus movimentos por um instante, somente para tombar um pouco a cabeça para o lado com um sorriso. — Matar é bom... Sim. Mas, no entanto, eu estava apenas tentando entender como sua mente reage a estímulos violentos. — Expliquei, deixando o alicate colosso sobre a mesa novamente. Apenas fiquei a observá-lo de cima, já que, por um segundo eu havia me tocado de que se eu continuasse num ritmo como esse eu poderia acabar matando aquele homem, e ele, este homem era uma das chaves para desvendar os furúnculos profundos de uma mente, entender a todos e tudo.

— Bem... Eu não vou te matar... Só vou machucar... Muito, muito mesmo! E eu vou gostar disso! Isso põe um sorriso no meu rosto! — Eu sorria de modo psicótico, exalando uma aura assassina desvairada. — Entenda, nunca foi pessoal... Mas, eu vou acabar com este mundo! O mundo dos governantes, eles são tirânicos! Eles são egoístas... Se um trabalhador comum morre... Ninguém dá a mínima, foda-se, não é? Mas se morre um Hokage... Um Senhor Feudal, um Lorde Damyio... O mundo perde o sentido, todos os lunáticos desse mundo ficam malucos... Insanos... Puta merda cara, é incrível... Incrível, essas merdinhas inferiores!

Exclamei, apesar de calmo, eu estava exalando minha ideologia idiossincrática. — Afinal, já vi o quanto, as pessoas dessa vila, são capazes e bebericar do saco do Hokage... Um dia, eu vou bater nesse homem com um pé de cabra... E eu vou bater tanto, mas tanto que eu vou deixa-lo irreconhecível, por debaixo de um caixão, e aí eu quero ver todo mundo perder a cabeça, eu quero ver, todo mundo dar o primeiro passo para o renascimento de um novo mundo, livre, sem idiotas que estão sempre a praticar o sic semp tyrannis aqui, e em todas as vilas!

— Então me diga... Joker... Ou Arthur Fleck, Jack Naipier, sei lá qual seja a porra do seu nome... Qual é o conceito de insanidade? Me diga! Eu quero entender a sua loucura, a sua mente... Eu quero entender como é que basta um dia ruim, para tornar o mais bom dos homens em um lunático? Ou como se deve dançar com o Diabo sobre a pálida luz do luar? Sabe, as vezes eu queria saber em como transformar a vida de alguém que tenha uma tragédia em uma comédia, então... Diga pra mim, sobre os seus ideais Joker! Diga! — Ordenei.

— Diga! E me faça entender! Eu vou acabar com esse mundo, dar a todos um novo mundo, um mundo grato... — Ergui o indicador em frente ao rosto, como alguém que prossegue a explicação, e com a outra mão, apenas segurei seu cabelo pela nuca, de modo a mantê-lo atencioso a mim. — Um mundo sem aqueles que viram o que aconteceram, para que não pudessem ser ingratos, e reclamarem do que perderam... Banhado em mortes, mas pelo bem de um novo mundo, somente com os fortes... Sem a personificação da fraqueza, e somente os insignificantes sem sentido ficarão ao leito...

— Para serem apenas aqueles enchidos de linguiça do mundo... — Estreitei os olhos, fixando-os profundamente nos do outro.

•• Considerações:
• Aparência descrita no Template.
• Mera tentativa.
Força 02.

• Equipamentos:
• 05 Kunais.
• 05 Shurikens.
• 20 m de fios.
• 24 papéis bombas.

•• Domínio Psicológico (03/08)


HP: 575•575 | CH: 575•575 | ST: 00•05

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Dom 3 Nov - 10:45:19


Narrador: @'Schrödinger

Em meios a verdade.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Redhood'


Cena - Na guarda de um louco.

Piada Mortal. Joker ignorava boa parte das coisas que eram proferidas pelo shinobi, não por consideração, mas por coisas que não fazia sentido, e que realmente demonstrava estar perto do que ele queria ouvir, então ela também só respondia, e mesmo não sentindo dor, ele podia sentir a fraqueza, que aquele toda a tortura, estava a lhe deixar cansado, e nem sua doença, conseguia mais se motivar, e aquele cansaço, ele logo associou ao turno, mesmo que não pudesse ver nada — Caralho, você não dorme!? Vish, até eu fico aborrecido de tanta coisa saindo de meu corpo, ainda sou homem, ainda tenho limite. Vamos ser sérios... Poder define tudo, então porquê as pessoas não ficaria loucas quando os seus líderes acabassem morrendo? Os "seres" mais poderosos. Eu só quero ver o circo pegando fogo, nada além disso. — Após liberar tais palavras, o sangue em seu corpo estava cada vez se tornando mínimo e mínimo, então suas palavras começaram a se tornar mais precisas — A Insanidade é metafórica... Quanto você acha que um homem comum deve suportar para alcançar a Insanidade? Veja, a Insanidade é simplesmente um estado superior de espiríto, que apenas reflete a verdadeira natureza que temos dentro de nós. Então como isso pode ser definido como pecado!? — Joker finalmente acabava desmaiando de falta de sangue, e estava recuperado, mas por agora, o shinobi tinha que acalmar os seus trem, e estudar o que tinha aprendido.  

Considerações:
- Qualquer erro, MP.
- 04/08 - Domínio Psicológico
- Mínimo: 200 palavras
Post 4/8

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Ter 5 Nov - 11:47:24

Let's play a game.

Arregalei os olhos como aquilo. Poder, poder define tudo. Eu nunca havia pensando que simplesmente o fato de se ter poder poderia tornar um líder inabalável. Era verdade, eu sempre odiei que os lideres fossem tão imponentes, e mesmo com uma calamidade pública, mesmo com um estado de guerra ou um estado de sitio, o que se poderia ter era um governante agindo como se nada estivesse acontecendo. Por isso que eu dizia que a cadeira do gabinete do Hokage, era como apenas mais um para sentar e cagar sobre o assento, deixando o cheiro de bosta sem questões higiênicas.

Mas depois de perceber isso, estreitei os olhos, dando uma pequena risadinha discreta enquanto meus ombros se deslocavam, talvez achando aquele entendimento cômico e interessante. Fazia sentido. — Huhu... — Iria iniciar uma nova risada, mas tive que me controlar, porque o homem estava com novos prenúncios. Escutei com atenção enquanto o homem agora proferia algo com o conceito de insanidade. Não proferi mais nenhuma palavra, fiquei o encarando, inflexível, porém, contemplativo. Um lunático poderia deixar um homem sem palavras ou voando nas nuvens, e Joker havia conseguido essa proeza, maldito. Apenas o observei tombar, sem um pingo de pena ou remorso.

Segurei-lhe a cabeça pelos fios de cabelos esverdeados e o ajustei, deixando sua cabeça para trás ao invés de ficar tombada para frente, e depois ajustei o seu corpo cuidadosamente, estando sempre alerta para alguma tentativa de delito contra mim que buscasse me causar danos sérios ou me deixasse fora de exercer minhas ações habituais. Parte do meu trabalho como apenas agente superficial de um estado, ou mais como um funcionário de um ente ara estatal era agir como uma espécie de segurança de um lunático em uma espécie de presídios para confinamento de malucos sancionados pela autoridade em reclusão.

Busquei uma cadeira para me sentar, e logo apoiei os cotovelos sobre a coxa, pensativo. Um estado superior onde revelamos quem nós somos.... Como pode ser definido como pecado? — Recitei. Estreitei os olhos, ficando naquela posição por um tempo que eu sequer pude calcular, pois minha mente se focou só naquilo, em obter uma resposta para aquela pergunta complexa. — A nossa verdadeira face é definida como pecado.... Porque, nós nunca estamos preparados para ver o que podemos fazer com nosso lado mais obscuro... A sociedade julga como pecador todo aquele indivíduo que comete atos que são considerados proibidos... — Comentei, pensativo.

— .... Mesmo que um homem tenha passado por uma grande merda a sua vida toda... A sociedade não se importa em saber sobre o que aquele homem passou, porque isso é irrelevante, é insignificante ... Tudo o que importa, é que as ações daquele ser estão de acordo com a ordem social, ao que todo mundo quer, e alguém que revela sua verdadeira face, e que esteja fora disso, é considerado um pecador, mesmo que sua verdadeira face seja insana, porque o que importa no fim das contas são as nossas ações dentro do sistema.... Que estão de acordo ou não... —

Após isso, apenas arregalei os olhos mais uma vez e me calei, percebendo algo. Eu havia entendido o conceito. Eu havia entendido cada auê que o homem estava falando, talvez não fosse tudo que ele tivesse oferecido, mas estava começando a entender progressivamente. E aquilo me fez perceber várias coisas, abrir o meu leque de pensamento e entender melhor a psicologia humana, a natureza de todos nós. Imundo. Podre. Cruel. Obsceno. A negatividade da verdadeira face do homem pairava sobre todos, só precisamos usar máscaras para não assustar ninguém. Assim, com uma fúria incontrolável de pensamento, soquei a mesa com força, jogando os itens ao chão.

•• Considerações:
• Aparência descrita no Template.
• Mera tentativa.
Força 02.

• Equipamentos:
• 05 Kunais.
• 05 Shurikens.
• 20 m de fios.
• 24 papéis bombas.

•• Domínio Psicológico (04/08)


HP: 575•575 | CH: 575•575 | ST: 00•05

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Dom 10 Nov - 1:11:23


Narrador: @'Schrödinger

Em meios a verdade.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Redhood'


Cena - Na guarda de um louco.

Piada Mortal. Joker agora acordava, depois de todo seu corpo ter se recuperado, como se fosse um milagre, mas era apenas sua kekkei genkai incomum, que não lhe permitia morrer pro vias comuns, era necessário um poder grande para obliterar o seu corpo, e ele usava muito bem disso. Devido ao seu corpo recuperado, ele conseguiu fazer com que a corrente partisse no topo, mas não em suas mãos as mantendo juntas, e logo ele puxou a cadeira que estava na mesa de ferro, e sentou-se, falando por cima de seu ombro — Vai continuar me chateando, criança? — Joker finalmente estava estável, e pronto para prosseguir com a conversa "educada com jovem" que pertencia a Konoha. Ele apenas olhou para o shinobi, como se fossem iguais, cuspindo para o lado, sendo que ele estava sentando de pernas abertas, como se estivesse em sua casa, até sua confiança e falta de respeito, era algo que podia irritar muitos, mas será que o shinobi estava lá incluído? 

Considerações:
- Qualquer erro, MP.
- Conselho: Usar algum tipo de Genjutsu.
- 05/08 - Domínio Psicológico
- Mínimo: 200 palavras
Post 5/8

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Seg 11 Nov - 19:56:54

Let's play a game.

Fiquei estático, observando aquela mesa, agora somente com alguns itens a amostra. A marca de minha mão agora estava sobre o ferro, e eu estava irritado. Havia compreendido mais a mente humana, e a cada vez que o meu horizonte se ampliava, mais eu poderia entender, compreender com veracidade de meu pensamento sobre a Psicologia humana. O homem de cabelos verdes poderia ser um lunático, tão louco quanto eu, mas, ele tinha um pingo de razão perante suas palavras. Em meio a insanidade, havia verdades misturadas, você só entenderia se mergulhasse de cabeça, buscando entender os pinçados profundos da mente.

Não tardei em me manter alerta ao ver que o homem agora estava se deslocando como ninguém, como se tudo que eu havia feito sobre seu corpo não fosse nada. Tudo bem, aquilo não me importava de verdade, mas, havia um pingo de raiva, pequena, uma mísera centelha, mas ainda assim, presente, escondida entre os sentimentos embaralhados dentro da minha mente, do meu corpo e de minhas emoções. Mas por quê? Porque aquele homem parecia fazer de conta que tudo que estava acontecendo ali fosse insignificante, e não passasse de merda de vaca pequena perante algo maior que ele poderia ter.

— Eu não sou uma criança. — Respondi, sem olhá-lo, mas somente um tempo depois. — Sou um homem que transcendeu a imundice da sociedade e passou a ver que tudo o que pode salvar o grupo dos ninjas hoje em dia é extinguir e criar um novo. Com os fracos e os insignificantes para que não possam resistir, mesmo que saibam o que perderam. Uma sociedade grata e livre em sua maioria. — Após o término de minha fala, comecei a me virar lentamente para observar o outro, sentado de maneira incomum sobre a cadeira, estreitei os olhos pelo mero deboche praticado.

Estendi uma de minhas mãos, em direção a mesa sobre os equipamentos que ainda estavam lá. — Eu não quero chatear você... — Mumurrei. — Só quero entender como funciona a mente humana, e não há melhor coisa do que estudar um lunático tão lunático quanto eu. — Dei um sorriso de escárnio e peguei o primeiro objeto que meus dedos buscaram encaixar ali e segurar. Em seguida, movi o braço para frente, avançando em movimento reto, direto para o homem de fios verdes. Mesmo que ainda não sentidas raiva daquele homem, a agressão me divertia, eu gostava de machucar os outros e matá-los.

O taco então se deslocou no ar como uma parábola circular horizontal, voando no ar como um morcego voador noturno, e visando então acertar a face do homem, visando o jogar para trás. Se eu conseguisse, poderia ele me entender, toda a minha frustração e toda a minha dor, o meu entendimento sobre a sociedade através do taco maldito aleatório que eu havia pegado. — Se você for alguém divertido, todos os dias da semana, e se você ainda continuar sendo do jeito que está e sendo útil, duas vezes aos domingos, de modo que você goste claro, preferencialmente.

— ... E que eu goste também. — Mumurrei, deixando o taco sobre uma de minhas mãos enquanto parava sobre o chão, em seguida, observando o outro de cima com certa hesitação. — O que mais você pode me oferecer? Talvez só o entendimento final? — Buscaria me aproximar, encostando a ponta do taco sobre o queixo do homem, de modo a empurrar o mesmo para trás e pressionar sobre a região. — Você vai ser minha cobaia sim, até que eu entenda como funciona a mente de uma pessoa, principalmente uma pessoa louca, é muito interessante. — Buscaria me agachar para que eu segurasse sua camisa e puxasse um pouco por ele.

•• Considerações:
• Aparência descrita no Template.
• Mera tentativa.
Força 03. Velocidade: 04.

• Equipamentos:
• 05 Kunais.
• 05 Shurikens.
• 20 m de fios.
• 24 papéis bombas.

•• Domínio Psicológico (05/08)


HP: 575•575 | CH: 575•575 | ST: 01•05

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Cena] - Na guarda de um louco. 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. - em Qua 13 Nov - 13:41:21


Narrador: @'Schrödinger

Em meios a verdade.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP: @Redhood'


Cena - Na guarda de um louco.

Piada Mortal. Joker ficava um pouco frustrado, com a pessoa que mais parecia estar, mas até para Joker, ele parecia estar fora de si, para ele o membro de Konoha, só falava e de nada para ele importava, o corpo de Joker não guardava os pensamentos, então era fácil de se saber muito de um humano, na base do que ele queria, assim quando ouviu as palavras dele, ele simplesmente levou com o golpe, e o taco acabou machucando, e marcas começaram a sobressair de seu corpo, arranjando o corpo dele, como um fator de cura único, e debochando de sua cara, ele liberou palavras altas — Coloque chakra, se quiser me magoar, criança! A sociedade não é justa, eu sou um exemplo disso. Todo se fingem se importar, quer falar sobre justiça e injustiça, mas ninguém realmente está movendo montanhas, para resolver os verdadeiros problemas que rodeiam a sociedade. — Joker finalmente se tocava com as palavras que expressava, ficando um pouco rezinga a medida, que marcas que estavam inscritas nos seus ossos, pareciam começar a se marcar em seu corpo, e finalmente, dava um sorriso, depois de tanto tempo — Eu não estou aqui para ajudar você, mas vou contar uma piada. Uma vez, eu encontrei três moças, lindas de morrer, mas naquele momento, elas riram da minha aparência, aí eu degolei cada uma delas. — A piada não possuía um final, ou pelo menos, ele esperava que de acordo com o que tivesse vivido, a morte era realmente uma piada, uma piada mortal. A cada palavra que era proferida pela sua boca, sua forma de sentar, tiques, pulsos, indicavam que ele estava falando a verdade e sempre que ele quisesse mentir, ele impedia-se de falar.

Considerações:
- Qualquer erro, MP.
- 06/08 - Domínio Psicológico
- Mínimo: 200 palavras
Post 6/8

_______________________

[Cena] - Na guarda de um louco. ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Cena] - Na guarda de um louco. -

-


Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.