Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
Naruto rpgakatsuki
tópicos recentes
Inverno
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngeAnge, mais conhecida como Angell, é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
SenkoSenko, também jogador de RPG narrativo desde 2011, conheceu o Akatsuki em 2017, mas começou a jogar para valer em 2020, destacando-se pela sua prestatividade e suas habilidades em design e programação. É responsável por ajudar na criação de novos sistemas e regras além de fazer a manutenção do tema do fórum.
BlueJay#0529
BahkoBahko joga fóruns narrativos desde 2010. Após ficar muito tempo sem jogar, voltou em 2020 onde encontrou o Akatsuki. Desde então, vem auxiliando o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do fórum, é estudante de Engenharia Elétrica.
fransudo#7724
AkkeyJogador de RPGs narrativos desde 2012, Akkey (mais conhecido entre os players como Akihito) conheceu o Akatsuki em maio de 2020, encantando-se, acima de tudo, pela comunidade afetuosa e acolhedora formada pelos jogadores do fórum. Atualmente, é responsável por auxiliar no desenvolvimento e adequação das regras e sistemas do RPG, manutenção do tema e design do fórum e gestão da área de avaliação de criações. Fora do universo do Akatsuki, Akihito é graduando em Engenharia da Computação e atua profissionalmente como Desenvolvedor de Software.
wyalves#7702

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang

Estrelinha



Acordar pela manha, olhar em um espelho e não se reconhecer, ver alguem que era e não era ela ao mesmo tempo, esse era o carma que ate então Takane deveria carregar por todo sua vida, cicatrizes invisiveis aos olhos humanos, mas perceptiveis aos mais experientes.  
Ela voltou seu olhar ao espelho e esbolçou um sorriso, sem suscesso, novamente procurou esbolçar sorriso, dessa vez, ele havia saido um desajustado e pouco expressivo, so na sua terceira vez que ela finalmente conseguiu que ele se projetasse em seu rosto e iluminasse seu semblante, deu uns tapinhas nas bochechas e correu em direção a unica janela de seu quarto escancarando-a e sentindo uma brisa que se misturava com os fortes raios de sol daquela manha, finalmente o seu “Deus Sol” havia despertado e  afastado todos os temores que a noite insistia em carregar consigo.

A casa em que ela morava não possuia nenhum luxo em especial, apenas um quarto pequeno que insistia em estar sempre bagunçado mesmo com as tentativas frustradas de Takane em organiza-lo, uma cozinha no andar inferior com uma sala pequena porem confortavel, em outras ocasioes uma gennin nunca teria dinheiro para custear uma casa, mas segundo os que a acolheram no clã, um dos cientistas que havia feito os experimentos com ela havia entrado em um remorso gigantesco e doado uma quantia significativa para que ela sobrevivesse seus primeiros anos de vida naquela nova aldeia.



Naquela manha, apos fazer as preces a sua divindade ela correu ate o unico lugar em que sentia que seu coração se acalmava, uma clareira proxima o suficiente do portao de konoha porem, distante o suficiente para dispensar olhares curiosos.

O sol iluminava o topo das arvores que se agitavam a medida que os ventos farfalhavam as suas copas, um lago artificial havia sido criado por algum ninja e provavelmente era um local de treinamento de algum shinobi mais experiente que ela.

Por fim sentou-se puxou um dos livros que havia trazido consigo e que havia pego emprestado da escola dias antes de se formar como gennin, infelizmente, sempre se esquecia de devolve-lo.

---Pagina 52  A Teoria dos jutsus e suas aplicaçoes--- murmurou para si mesma enquanto mosdiscava as pontas dos labios. --- Um jutsu e a transformação da energia espiritual e fisica de um ninja... quanto melhor o controle sobre seu chakra, mais efetivo sera seus jutsus...---

Ela releu as paginas a procura de qualquer informação que pudesse absolver de suas paginas, mas logo se cansou ler, ja havia dissecado aquele livro e tantos outros porem, o conhecimento era limitado e poucos ninjas estavam dispostos a passa-lo adiante.

Levantou e se espreguiçou  ja tinha em mente que trabalhar o controle do seu chakra era essencial assim como seu ninjutsu.

--- Suimen Hokō no Gyō---  

Um jutsu simples para a maioria dos ninjas, mas que em seus primeiros dias havia causado uma dor de cabeça imensa para a genin, ela concentrou seu chakra nas plantas dos pes e com calma pos se a planar sobre a agua, seu objetivo era simples,  queria virar estrelinha enquanto estava ainda na agua, se ela conseguisse mudar o fluxo de chakra de uma extremidade do corpo para outra como as mãos com certeza, estaria apita a lutar em um lago e isso, talvez um dia, salvasse sua vida.

Na primeira tentativa ela falhou miseravelmente, o seus pes se moveram rapidamente para cima, porem, ela não medio o tempo para que ela pudesse se concentrar em suas mãos o resultado foi mergulhar de cabeça em um lago frio e pouco convidativo para banhos, Na segunda ela havia conseguido acertar a primeira mão, no entanto, errou feio na precisão de energia para os pes, o resultado foi outro banho gelado, na terceira tentativa e que ela finalmente havia conseguido aprender a virar estrelinha enquanto flutuava sobre as aguas.

---Bom hoje foi um bom treino...-- espirrou e sorriu--- mas talvez tenha conseguido um belo de um resfriado---  

Havia esquecido de trazer um par de roupas e agora tinha que correr para chegar em casa antes que adoecesse de vez.



_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Seguinte, irmão, você não pode ''treinar'' Controle de chakra vide que, se for a qualidade, terá que ser feito em posts separados já que é uma qualidade de 3 pontos. Qualidades só poderão ser treinadas em One-post, assim como você fez, se for qualidades de um ponto.

Dito isto, seu treino de Ninjutsu está aprovado, e somente ele. Qualquer coisa me chama no discord (Cocaína) ou pv aqui no fórum mesmo. Posso retirar suas dúvidas por lá.

@@@
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang
A quebra do espelho e a Kunoichi dourada





O espelho se espatifou em milhares de pedaços menores e com eles centenas de gotas de sangue se misturavam ao vidro quebrado, a pequena Guang sentia cada pedaço de caco entre seus punhos, mas não se importava, o sentimento de se olhar no espelho e não se reconhecer a transtornava todos os dias, como uma maldição que se propagava de dentro de si e refletia em sua própria imagem, aquela não era ela, aquela era sua irmã, que a perseguia em todos os lugares e que vivia encrustada ao seu ser, como um parasita que não tinha outro lugar para ir a não ser incomodar o seu hospedeiro.

La fora, os raios rabiscavam os ceus escurecidos de konoha e os trovoes vibravam toda a casa por fim a Guang ouvia la no fundo de cada trovao um riso leve que ecoava em sua mente, talvez ela estivesse ficando louca, ou que a loucura de sua irmã estivesse finalmente a afetando, ela não sabia dizer.

Enfaixou as mãos com pedaços de pano de roupas do seu armario e pos se a chorar, os pesadelos se tornavam mais recorrentes, era sempre a mesma coisa, estava em um quarto escuro as sombras formavam maos que as pegava e a arrastava para as trevas profundas, para os corredores daquele laboratorio onde passou seus dois primeiros anos de vida mas que ficaram presos a sua mente, sendo revividos tadas as vezes em que ela repousava sua cabeça no travesseiro.


As grossas gotas de chuva se curvavam diante dos fortes ventos, konoha estava sobre a furia de uma tempestade de verão, e poucas pessoas tinham a coragem de enfrentar as gotas frias de chuva e caminhar sobre aquele ceu tempestuoso, mas esse não era seu caso, para ela, os raios de luz gerados pelos trovoes não eram nada mais que o canto de seus deuses.

A caminhada durou  mais do que ela previa as poças de lama a fez escorregar duas ou tres vezes no chão, mas ela não se importava, escorava nas madeiras dos muros das casas e caminhava sem um rumo definido, apesar de que em seu amago ela sentia a necessidade de ir ao hospital, aqueles ferimentos iriam inflamar em poucos dias e ficar sem o uso das mãos  por dois ou tres dias seria um retrocesso enorme para quem esta aprendo a usar ninjutsu.

 “ De um jeito nessa sua mão idiota...”--- murmurou zangadamente a voz em sua cabeça.

“O que foi, decidiu ter dó de mim?” --- resmungou

“Você já e inutil com as mãos boas, se elas estiverem fudidas quem vai se foder sou eu.... alem disso  é só porque você deu chilique com espelho que estamos nessa situação...--- Esbravejou a voz.

Takane tateou os dedos por um dos vãos de madeira de uma cerca, dessa vez a raiva dara lugar a uma dor tremenda em sua cabeça. Era sempre assim quando Taika sua irmã ficava furiosa com ela a dor infligida sobre sua cabeça era fina como se milhares de agulhas afundassem lentamente sobre seu cerebro.

---Ei menina... você esta bem?---

Takane assustou-se, a voz de progetara atras de suas costas e quando ela se virou viu uma moça, talvez um pouco mais velha que ela, ao julgar pela bandana que descansava relaxadamente em volta de seu pescoço ela era uma shinobi, seus cabelos loiros molhados pela chuva se emaranhavam em um turbilhao de fios encaracolados, todos eles brigando como flores por um espaço ao sol.
A moça se aproximou, parecia curiosa e seus olhos azuis analisavam principalmente as mãos enfaixadas de Takane que inconscientemente escondeu para tras de suas costas.

---Eu... estou sim... só me machuquei um pouco... cai da escada e bati minhas mãos no vidro--- mentiu a menina enrubescendo as bochechas e desviando o olhar para os cantos, aquela desconhecida a fazia corar, Takane havia acabado de descobrir que existia amor a primeira vista, algo que acelerou seu coração e fez seu estomago revirar em suas entranhas.

---posso ver? Não se preocupe, sou uma estudante de medicina, estava indo em direção ao hospital...---Takane tremeu ao mostrar as mãos, e aos poucos retirou os panos que a cobria.---Hum... isso pode infeccionar se você não cuidar direito...--- a estudante parou por um instante e analisou as feridas, estava claro que aquilo não foi um acidente, era com certeza alto infrigido.--Voce deveria tomais mais cuidado, as mãos são as ferramentas que moldam o mundo.--- ela pausou sua fala não queria dar sermão para aquela estranha menina de olhos misteriosos.

---Eu sei disso.... só que... foi um acidente--- afirmou a menina com veemencia.

--Bom de qualquer forma, vamos para o hospital, la vou tratar dessas feridas, alem disso, prazer em conhece-la sou Megumi.---

As duas agora caminhavam em passos lentos, Takane de cabeça baixa e bochechas vermelhas, mas não deixou de notar que a desconhecida mancava um pouco de uma perna, estava ensopada, mas seu corpo sentia-se aquecido como se tivesse lançado chamas sobre si mesma.

---Você esta bem? Parece um pouco vermelha, esta com febre?--- Perguntou Megumi pondo suas mãos brancas na testa da menina que imediatamente se desvencilhou como um animal acuado.

--Eu.. estou bem... só com um pouco de dor nas mãos--- Rebateu a Genin.

--Me desculpe, eu até poderia tentar usar algum jutsu, mas enquanto não desinfectarmos essas mãos e retirarmos qualquer resquicio de cacos de vidro sem sombra de duvidas não resolvera...--- Disse Megumi --- Se quiser pode ir na frente, infelizmente, como você pode notar, não consigo correr sem parecer uma pata manca --- Brincou a medica.

--Me desculpe, mas o que ocorreu, com sua perna esquerda? Se não quiser contar tudo bem, deve ser um assunto particular--- Disse Takane ponderando suas palavras para não invadir o territorio particular de uma desconhecida.

---Isso foi uma kibaku fuuda, em uma missão fui salvar um amigo e acabei me dando mal, por sorte.--- Sorriu Megumi.

---Como assim por sorte... quer dizer... isso e incoerente com a situação---

Ela esbolçou um sorriso timido.

---Descobri que é o mais importante para mim, depois que sai do hospital senti que minha vida não tinha mais sentido, por vezes tentei tira-la de mim, mas descobri que o que para mim era uma fraqueza se tornou a minha maior força--- Ela irradiava um sorriso sincero sobre os labios rosados --- Hoje ajudo na recuperação psicologica e fisica de vários ninjas---

Takane não havia entendido direito como aquilo poderia ser uma benção, mas ao ouvir palavras  que soavam tão sinceras ela acreditou, que poderia ser verdade.

---Acho que entendi-- mentiu a menina enquanto abaixava seus olhos e os fixava nas poças de agua que se formava, a chuva aos poucos dava uma tregua e o sol despontava por cima das nuvens.

---E você? Porque se machucou--- indagou Megumi dessa vez com um sorriso misterioso.

---Eu... tenho um certo problema com reflexos... não consigo me ver neles... tipo parece que não sou eu ali...--- falou com sinceridade. --- só que dessa vez me senti melhor na hora em que esmurrei o espelho...---

---”Algum tipo de disturbio de identidade” --- Pensou Megumi --- “Ela não me parece ter traumas de batalhas e não me parece sofrer de demencia, se fosse com certeza não teriam permitido ela como gennin.--- ponderou a medica.

Takane então começou a contar sua tragica historia, de como havia sido feita de rato de laboratorio por um cientista maluco na vila da areia e de como sua irmã havia sido infundida ao seu corpo.

---Eu sei, pareço mais louca ainda--- afirmou a gennin.-- Sinceramente, se não fosse pelo fato do Hokage ter me contado diretamente diria que estava ficando louca, ou talvez esteja...--- As palavras da menina se perdiam dentro de si mesma, não queria dizer o que tinha dito, mas para aquela shinobi ela sentia como se pudesse ser sincera, desabafar o que estava em seu peito.

Megumi coçou o queixo e seu semblante se tornou mais serio, havia ouvido falar entre os medicos de um caso especial que havia ocorrido em sunagakure, mas nunca passou pela sua mente que aquela garota, aparentemente normal era na verdade cobaia de um experimento tão desumano.

--Entendi... bom de qualquer forma, chegamos ao hospital, vamos tratar de suas feridas, depois quem sabe tomar um chocolate quente que tal?---

--Eu prefiro café... se não se importa. ---

--Que bom, então temos os mesmos gostos, sorriu megumi---

Por fim o tratamento de suas mãos havia sido mais rapidoo e menos doloroso do que imaginava e em poucas horas de tratamento seus dedos estavam curados.

--Acho que você pode receber alta-- Disse Megumi com um sorriso radiante. --- mas se quiser pode me acompanhar em um treino? Que tal, as vezes o que precisamos para sair da fossa e apenas um bom treino, como minha mãe dizia, “cabeça vazia e morada do demonio”---

Takane consentiu com a cabeça.

--Mas estamos longe da academia, e não conheço nenhum lugar que possamos fazer algo--- Murmurou a menina apreensiva.

--Não se preocupe, o lado positivo de ser medica e que possuimos uma pequena quadra para treinamentos e reabilitação, por sorte, não tem ninguém usando a quadra.---

As duas então partiram pelos corredores do hospital, Takane quase muda e de cabeça baixa percorria seus olhos pelo ladrilhos brancos, não gostava muito de hospitais porque eles a lembravam do laboratorio em que nasceu.

A sensação ruim só terminou quando as duas chegaram a uma pequena quadra coberta bem iluminada com as paredes de cor ceu azul, e apesar de ainda fazer parte do hospital ela não possuia o cheiro caracteristico do lugar, talvez fosse pelo fato de ser parte da recuperação e queriam dar um ar de esperança para quem esta se recuperando.

---Mas o que vamos treinar?--- Perguntou a Gennin.

--bom, você não parece ser treinada na arte do taijutsu, da pra ver isso pela musculatura do seu corpo, e sinceramente vi poucos ninjas do clã Guang com pericia em genjutsu o que me sobra e acreditar que você deve ser estar treinando ninjutsu certo?---  Analisou a Kunoichi.

---Sim eu fico impressionada em ver que você consegue saber só de olhar... ---

--Bom quando se e medica olhar para um ferido e tentar descobrir o maximo de informaçoes e algo que se torna de certa forma natural no nosso ramo --- orgulhou-se.

---Que tal treinarmos seu ninjutsu e selos, para todo ninja um centesimo de milesimo e o tempo entre a vida e a morte, qual e seu jutsu mais complexo?---

---Um jutsu em que crio correntes eletricas ao redor do corpo e ele me permite proteger de ataques---

---Isso e incrivel, vai ser vir, mas de inicio vamos treinar seus selos de mao.---

E assim foi, em seu treinamento a kunoichi loira falava um dos selos de mao e a gennin tinha que tenta-lo fazer o mais rapido possível, era aleatorio e dificil de prever já que ela os falava aleatoriamente e a corrigia todas as vezes em que a menina errava dos dos dedos ou se embaralhava com os mesmos, mas com o decorrer do tempo após tentativa e erro ela finalmente havia compreendido como faze-los e em cerca de tres horas já havia dominado boa parte de seus selos com certa fluidez apesar de ainda pecar e confundir o tigre e o macaco.

O próximo treino se parecia mais com um tiro ao alvo do que realmente um treino de ninjutsu, Megumi lançava algumas senbons e kunais na direção de Takane que deveria ativar o jutsu eletrico antes que ela fosse acertada.

Na primeira vez que conseguiu se defender o jutsu fez com que a lamina do ataque fosse rebatido, mas em seguida, ela lançou varias outras dessa vez ao mesmo tempo o que fez com que Takane mal tivesse tempo de reforçar seu chakra ao redor da barreira.

Por fim caiu ofegante, com a respiração entre cortada e as mãos tremulas, como ela poderia se defender se seu chakra havia acabado com tanta rapidez, tinha que dar um jeito naquilo, mas infelizmente não seria naquele dia, já que , sem sombras de duvida estava cansada de mais para continuar, e sem perceber havia deitado sua cabeça sobre o chão frio e sentido seus olhos pesados, e naquela tarde a menina que não sabia o que era ter uma boa noite de sono conseguiu fechar os olhos e descansar, sem se preocupar com seus medos do escuro ou com o problema que carregava consigo a todo instante, ali naquele momento ela era apenas uma aspirante a ninja.


[hide]
Código:
Treino de Ninjutsu e selos

Código:
Total de palavras 2116

Código:
Ainda destravando os dedos em relação a treinos , faz uns 5 anos que não jogo rpg de forum

_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang
Takane se surpreendeu ao ver o verdadeiro templo do sol, que ficava fora dos portões de konoha, segundo a shinobi que a guiava ele havia sido feito logo após alguns shinobis do clã conseguir sobreviver ao desastre da vila da areia, era um local relativamente grande para os padrões da gennin, pequenas cercas de madeira delimitavam os quinhentos metros quadrados do recinto, era rodeados por cerejeiras que apesar de serem densas permitiam que a luz do sol passasse sobre elas, além disso uma brisa gentil e quente passeava suas folhas os que a faziam cair lentamente uma a uma.

---Que incrível... como não sabia disso? Quer dizer eu cuidava de uma capela em konoha e sempre fui fiel aos deuses ... como nunca imaginei que haveria algo assim em konoha? ---

A mulher vestida de sacerdotisa que a guiava sorriu gentilmente, e então passou as mão o topo dos cabelos da gennin, ela era uma mulher gentil que a kunoichi vira poucas vezes entre os membros do clã, segundo alguns ela que cuidava não só da parte espiritual como servia como uma guia para shinobi que se encontrava perdidos naquele imenso de devasso mundo ninja.

--Isso é porque o templo e um lugar bastante especial para o clã, e as crianças só ficam sabendo de sua existência quando formam-se como gennin, assim como você menina--- a kunoichi pausou por um instante seus olhos negros analisavam a gennin.---- Na verdade queria ter te trazido antes, mas regras são feitas para serem cumpridas---

As duas então subiram a enorme escadaria de pedra onde estatuas de dragões chineses repousavam inertes, todo o caminho até ao topo da pequena colina era coberta por luz do sol e ao centro havia um templo relativamente grande em relação ao quintal, era ali onde a sacerdotisa caminhou e abriu as grandes portas e para a surpresa da gennin, ela não conseguiu enxergar nada além de uma completa escuridão, onde a sacerdotisa adentrou.

---Desculpe... mas não vou entrar...---
tremeu a gennin ---- eu não consigo... tenho medo só de ver esse local escuro...—disse a gennin já que em sua mente ver todas aquelas trevas já a remetiam ao seu tempo em reclusão enquanto faziam todo tipo de experimento ao seu corpo.
A kunoichi então retornou, seu semblante era de completa surpresa, mesmo assim aquela surpresa desapareceu com a mesma rapidez com que aparecera.
--Nos somos a luz desse mundo minha querida menina, para nós, não existe escuridão que nosso próprio ninshu não possa dissolver---

Ela fez um breve selo com as mãos e então uma a uma enormes tochas com as mais variadas cores dançaram sobre pilares de pedra dissipando a escuridão daquele lugar e revelando em contrapartida um interior confortável , onde uma única estatua de uma mulher se encontrava, e sem sombra de dúvidas aquela era a estatua da criadora do clã a mulher que iniciou o caminho do ninshu da luz e que guiava o caminho dos shinobis do clã através de seus textos e jutsus.

---Porque estou aqui? --- perguntou a menina curiosamente.

---Para treinar, fiquei sabendo que você criou um jutsus incrível... e isso meio que atiçou minha curiosidade... e difícil que algum gennin na sua idade consiga criar ninjutsu e por isso decidi que talvez você tenha a chance de aprender mais o nosso caminho ninja—Pontuou a sacerdotisa.

A sacerdotisa caminhou ate o centro do salão onde foi ordenado que a Kunoichi esperasse.

--Então o que devo fazer? ---
Perguntou curiosamente.

---Esse vai ser seu treino inicial, esta vendo nos cantos das paredes a flechas sem pontas na sua direção, seu  técnica se não estou enganada cria uma barreira de luz ao seu redor, quero que os use antes que as armas consigam de atingir, e apesar de estarem sem pontas todas elas podem machucar e criar hematomas feios.---

Takane sorriu já havia feito um treinamento semelhante com sua amiga Megumi então se esse fosse na mesma linha de raciocínio seria extremamente fácil para a shinobi.
Se posicionou e buscou entoar em si seu próprio chakra, migrando de seu interior em baixo do seu estomago, e posteriormente refletindo se em sua mão, na medida que fazia os selos, no início era apenas um pequeno fragmento de luz que logo tomou forma em uma esfera perfeita, até que as flechas se precipitaram como chuva em sua direção, na primeira flecha a gennin havia entendido porque aquele não era um simples treinamento ela se curvou com a pancada a barreira ainda estava perfeita mas o impacto foi tão grande que parte do chão ao seu redor de afundou, estava surpresa e assustada, se aquilo a acertasse com ou sem ponta provavelmente iria matá-la. Voltou seu olhar para sua mentora que apenas sorriu da mesma forma doce que antes.

---ISSO VAI ME MATAR---

---Só vai se você for lerda com os selos de mão ou não se concentrar direito. —

De repente a kunoichi ouviu o estalo das flechas dessa vez fora obrigada a desviar-se com um shushin para não ser pega por um dos virotes.

--Era para você bloquear com seu ninjutsu, não desviar, agora volte a ficar no centro e concentre-se. ---

--Mas e impossível—Gritou a gennin assustada.

---Então faça o impossível ser possível ou pare de perder meu tempo e desista logo. --- esbravejou sua tutora.
Takane voltou a ficar no centro e respirou fundo, formulou os selos de mão – “devo fazer com que esse jutsus seja mais resistente, ou provavelmente o próximo virote será o ultimo” --- seu coração saltava de seu peito, sua boca estava seca, sentia-se em frente a um grupo de fuzilamento.

“--- Pare de tremer Takane, respire fundo, isso não é nada para quem sobreviveu aquele inferno” ---Era Akane sua outra metade que ater então havia ficado em silencio em sua mente. — “Formule os selos. ---

---Rato--- Ela gritou enquanto movia seus dedos--- tigre... rato----

“Concentre mais chakra, não oscile, não trema, errar nunca e uma opção”

Agora não era apenas uma virote e sim dois que foram arremessados com toda a fúria contra a gennin que recebeu o primeiro impacto, ela modulou seu chakra, não permitiria que o próximo a acertasse, quando recebeu a segunda pancada a barreira tremeu, vibrou e se contorceu como uma bolha de sabão prestes a estourar.

---Não será dessa vez--- gritou a menina enquanto apertava com mais força os seus dedos e emanava sobre si uma quantidade ainda maior de chakra.
Foi quando finalmente a gennin viu os dois projeteis cair estatelado no chão.
Ela suava, suas mãos tremiam e suas pernas bambeavam, mas continuava firme em pé com o corpo parecendo que pesava duas toneladas.

---Parabéns menina...---Foi então que a kunoichi aproximou-se dela e novamente pôs a mão sobre o topo de seus cabelos negros.
--- Agora vamos para a segunda parte esta pronta? ---
Takane mal se parava me pé usar tanto chakra havia acabado com suas forças, mas não queria desistir de seu treinamento intensivo.

--Sim eu acho...---

---Não se preocupe dessa vez você irá treinar a massa encefálica com conhecimento. --- Disse a Kunoichi enquanto a levava a segunda sala onde repousavam nas enormes prateleiras vários pergaminhos.

A sacerdotisa explicou que ali naquelas prateleiras havia todo tipo de conhecimento desde geografia a historia e literatura, era para que ela escolhesse dois livros lesse e então  ao fim a shinobi perguntaria coisas aleatórias dele e ela teria que responder com máximo de exatidão, de início ela escolheu o que mais tinha curiosidade sobre os clãs de konoha como haviam se formado e táticas básicas de batalha, ao fim, quando acabou se sentia exausta, mas se despediu da mulher e rastejou ate a sua casa, onde nem tomaria banho apenas cairia na cama e dormiria.



Jutsu usado


Spoiler:
NomeNikko (Luz solar)
Rank: —B
Requerimentos: — Clã Guang
Alcance: — 3 metros
Selos: — Rato, tigre, rato, tigre
Duração: — 1 turno
Descrição: — O Usuario condensa os fotons de luz ao seu redor formando uma barreira esferica temporaria que o protege .

Treino de Selos e Inteligencia (numero de palavras 1308.)

_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@Aprovados. 1 ponto em Nin. 1 em int. e 2 em selo (Por serem treinos de semanas diferentes)
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang
A Quebra da luz



Takane havia acordado cedo como sempre, estava animada, finalmente havia conseguido algo como uma família, havia conseguido encontrar em duas mulheres o apoio psicológico e sentimental que lhe faltava no fundo de sua alma, era sem sombra de dúvidas o melhor e mais completo momento de sua vida, tinha a sacerdotisa do templo que apesar de ser dura com a menina em vários momentos, das sessões ensinou a ela como “controlar a sua irmã” e sentir melhor o silencio dentro de si mesmo, além disso, ela fazia o almoço da gennin o que a tornava quase uma mãe que ela nunca teve, era severa, dava broncas mas foi uma das poucas pessoas que estendeu a mão para a menina.
Já Megumi era dois anos mais velha que ela, uma jovem delicada e que usava o jogo de palavras e deu charme para conquistar tudo que queria, dentro e fora do hospital de onde era medica, e de uma forma estranha as duas se complementavam, e mesmo Megumi não sabia ao certo o motivo de se sentir atraída por aquela menina.

Ela se levantou apressada vestindo suas roupas com certa pressa, e procurando desesperadamente sua bolsa de armas que estava socada em meio a um mutirão de roupas empilhadas que Takane havia esquecido de dobrar e guardar, seja como fosse correu pelas escadarias onde Megumi estava sentada.
O cheiro de café inundou os pulmões da menina, enquanto vislumbrava sua namorada, a xicara repousava entrelaçada aos dedos longos e finos da jovem loira, sua pele branca jazia quase desnuda exceto por um fino baby-doll que a deixava mais sexy ainda. Takane sentiu o rosto enrubescer era a primeira vez que havia se entregado a outra pessoa, apesar de sentir que não era a primeira vez que sua companheira havia ficado com alguém.

--O que foi Takane-chá, você está vermelha, está resfriada? --- Brincou a loira com um sorriso nos cantos dos lábios.

Eu.... eu too bem baka--- murmurou a menina desviando daqueles intensos olhos azuis e sentindo seu rosto corar.

--Talvez deva ir pra cama... quem sabe nós possamos brincar de medica e paciente, que tal? --- brincou a Kunoichi, enquanto se levantava lentamente e passava os dedos maliciosos sobre a xícara de café.

---Eu too bem, além disso você tem que trabalhar e eu tenho que treinar. ---

---Olha você sabe ser adulta quando fica com vergonha, vou anotar isso para a próxima vez--- riu.

--Tenho que ir, não se esqueça de fechar a porta quando sair--- Disse a gennin enquanto surpreendia Megumi com um beijo rápido e saia pela porta.

A manhã estava relativamente quente, depois de dias de intermináveis chuvas de verão que desabou sobre konoha agora o céu era limpo e azul, com nuvens que vez ou outra cobriam o sol e deixava o ambiente ainda mais fresco do que o de costume, seja como fosse ela desatou se a correr para o templo dos Guang, um local de idolatria ao sol e a sua primogênita, iria começar o treino dali, da soleira de sua casa, sabia que um dos pontos fracos era que ela era muito lerda em relação a outros shinobis,  e isso era uma fraqueza que ela deveria a todo custo acabar, se não conseguia manusear uma arma poderia ao menos não ser acertada por elas.

Primeiro começou com um aquecimento rápido, sabia que não poderia iniciar uma corrida se seu corpo não estivesse em forma e com energia, inclinou seu corpo para frente e pôs se a correr, dessa vez, procurou usar saltos curtos não só na rua mas também entre os prédios, quando era necessário usava os braços para saltar entre os mesmos, usando do parkou para passar por obstáculos e as grades para treinar o equilíbrio do corpo, um salto para outro prédio, dessa vez procurava misturar o shushin no jutsu e mover os pés com um pouco mais de precisão, quando necessário também corria na vertical concentrando chakra nos pés para se manter fixa, outras vezes correndo e buscando fazer com que a própria força centrípeta a manteasse colada ao muro, quase sempre isso resultava em quedas bruscas contra o solo, mas arranhões ou dores musculares não poderiam parar por um segundo a chama que sentia brilhar dentro de si.

“--Takane... da pra parar de brincar e ir pro templo... nada contra, mas não quero ouvir meia hora de sermão porque você não conseguiu chegar no horário.” ---

Takane riu de sua irmã, as duas estavam se entendendo bem melhor do que no início, haviam chegado em um acordo, Takane ficava com o corpo durante o dia e Akane com o corpo durante a noite, aquilo havia buscado um equilíbrio interno onde nenhuma das duas brigava pelo corpo.

--Entendi One-san... você quer ver a sacerdotisa ne... está apaixonada? --- Perguntou Takane.
Takane ouviu uma gargalhada aguda em sua mente, forçada e seca como uma rocha no deserto, logo em seguida um silencio que lhe congelou a espinha.

---Sabe Takane... eu nunca vou entender esse negocio de amor, foi o amor que gerou nossa maldição, foi o amor que deturbou a mente daquele cientista e é o amor que vai te fazer sofrer no futuro---Respondeu amarguradamente.

---Não precisa me amaldiçoar baka eu estava só brincando---

--Então guarde suas brincadeiras para a cadela que você chama de namorada, não tenho tempo para perder com idiotices. --- Akane respondeu rispidamente.
---Sabe, você deveria tentar ser mais educada. --- Disse Takane sem paciência.

---Educação vai me dar mais poder? No fundo Takane, o que importa para o mundo shinobi e o quanto poder você tem e o quanto consegue ser uma ferramenta útil---

Takane já havia perdido o bom humor, sua irmã conseguia estragar tudo o que era bom, ela debochava dos sentimentos das pessoas e de si mesma, como se a amargura rancor e ódio tivesse sido tudo transferido para ela na transfusão de almas.
Ela agora se aproximava do templo, Takane não havia sentido nada de diferente enquanto caminhava por entre os dois mil degraus, mas Akane uma kunoichi desconfiada de tudo e de todos sentia o perigo a espreita, e mesmo que estivesse escondido haviam marcas de lâminas sobre as madeiras das arvores e galhos quebrados em alguns pontos.

---Takane.... tem algo de estranho acontecendo--- Aconselhou sua alma gema.

---DA PRA PARAR COM ISSO, DROGA AKANE. PARA DE DESCONFIAR DE TUDO E DE TODOS, MAS QUE MERDA---

---Olhe ao redor, Takane, as folhas dos degraus não foram limpas e a galhos quebrados. ---

--E o que tem isso? ---

---Já viu alguma vez esses degraus sujos? A sacerdotisa do templo e meticulosa na limpeza do mesmo. ---

Agora que Akane havia falado Takane realmente começou a se sentir incomodada, e um arrepio cintilou em sua espinha, estava preocupada e apressou o passo em direção ao templo.

---Ela pode estar doente. ---

---Vamos voltar Takane, pedir reforços do clã. ---

E antes que Akane pudesse completar a frase uma sequência de ondas de calor tomou o lugar, agora ela tinha certeza de que estava ocorrendo uma batalha
no templo.

Corre, ignorando os pedidos de Akane, não conseguia deixar de se preocupar com sua professora, sua garganta estava seca e suas mãos tremiam, porém, foi ao chegar lá que o seu pesadelo realmente se tornou real, em frente ao templo uma enorme arvore havia surgido do nada, ali em meio aos grossos troncos de arvores e espinhos retorcidos sobre os braços e pernas havia uma mulher desnuda, seu corpo sangrava e alimentava ainda mais as trepadeiras que subiam sobre seu corpo.

---TAKANE O QUE ESTÁ FAZENDO AQUI... CORRA ---- Gritou a sacerdotisa enquanto sua voz se misturava a gritos de dor e angustia.

---Sensei---

---FUJA... RAPIDO...---

_--- Finalmente o produto de pesquisa do professor chegou...--- Uma terceira voz emendou sobre as arvores um homem de dois metros de altura com longos cabelos brancos e roupas típicas shinobi saiu de um dos troncos das arvores. ----

---Quem... Quem diabos e você.... ----

Spoiler:
Treino de velocidade

_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang
A Batalha dos Espinhos


Takane sentia todo seu corpo tremer, e seu estomago revirar, presa em uma arvore estava o quase indistinguível rosto de sua professora e cercado por uma arvore que a prendia com espinhos e cercava cada membro do seu corpo para que não se mexesse.

--Então Takane, como vai ser? Devo mata-la?--- o homem sorriu friamente, seus cabelos brancos e longos moviam-se gentilmente pela brisa da manha, ele estendeu a manha e seu sorriso se tornou ainda mais escuro. ---Se vier comigo, se vier ao professor juro que ele vai te fazer melhor.---

---QUEM DIABOS E VOCE ? QUERO QUE SOLTE A SACERDOTISA---

A menina buscou forças de onde não tinha, suas palavras eram tremulas e seus lábios se moviam sem qualquer tipo de controle, por vezes sentiu suas pernas bambearem, lembrou-se dos dias da academia em que o professor falava que era comum em momentos de extresse o shinobi urinar nas próprias calcas devido o descontrole do esfingter.

---Eu... eu sou Senju Kamiti, vim te buscar... já esta na hora de você voltar para o nosso mestre.---

--Eu não tenho mestre... agora solte ela antes que eu te mate.---

---Que menina ousada... sabia, o doutor não para de pensar em você, por todos esses anos sempre disse que você era a cobaia perfeita, que nenhum de nos conseguiu superar a grandeza que foi fazer experimentos com você---O homem escarneceu o sorriso, seus lábios se distorceram e seus dentes rangeram com violência, seus punhos se fecharam. ---Sua PUTA O QUE TEM DE TÃO ESPECIAL EM VOCÊ, SUA DESGRAÇADA---

---Solte ela e a ultima vez que te aviso.— Gritou a gennin agora já mais calma e analisando a cena como um todo, sua professora estava sobre algum tipo de ninjutsu de madeira, algo que ate então era desconhecido para ela.

--Se não vai fazer o que? Vai me matar?---

---TODAS AS VIDAS SÃO IMPORTANTES, VOCÊ SERA PRESO E LEVADO PARA JULGAMENTO--- Disse a gennin que não acreditava nem por um instante que pudesse levar aquele homem  para konoha sem que ela o rendesse de forma violenta.

“Você enlouqueceu sua menina retardada, esse cara merece a morte.” Disse Akane em sua mente.

--Não se preocupe, não pretendo morrer aqui, mas obrigada por se preocupar--- Disse Takane

“Estou preocupada comigo”

O homem então faz rapidamente selos de mao, aparentemente já havia perdido a paciência de ver Takane em um monologo com a sua outra parte, enormes estacas de madeira se projetaram do chão e lançaram espinhos gigantescos contra a gennin, que ao perceber o movimento preparou-se para concentrar seu chakra na palma de suas mãos enquanto fazia os selos de mão, concentração era tudo, aquilo com certeza não era mais um treino doido de sua professora.

---Nikko no Tecnica---Uma enorme barreira esférica se projetou a partir dos dedos da gennin a milésimos de segundos das lanças a atingirem, ela sentia sobre si cada um dos impactos gerados pela enorme quantidade de espinhos de madeira, se concentrou, forçou os selos e seu chakra com mais resistência, até que finalmente a técnica do inimigo cessou e a madeira que havia lançado os espinhos se desfez em pó --- Ele aparenta ser um atacante de media distancia, seu porte físico não demonstra um estilo de luta de proximidade e também, porque a madeira se desfez logo em seguida do ataque? Talvez tenha um período curto de duração--- Analisou  a menina.

---Eu sabia, sabia que não iria morrer so com isso, mas não podemos fazer alardes, se não os shinobis de konoha logo estaram aqui--- Disse o homem.

---Deve ser por isso que ele não usou técnicas mais fortes, seja como for ele me quer viva.---

Ela novamente concentrou-se e e pos os dedos em frente aos lábios, se a luta era a media distancia tentaria buscar se aproximar mais, levar aquilo para um taijutsu ou jutsus de curta disntancia a fim dele não poder usar técnicas como aquela, era uma aposta e ela estava afim de tentar.
Concentrou-se, tentou evocar para si toda a energia que presentia seu corpo, sabia qual tecnica poderia usar para se aproximar sem ser atingida.


--Raigeki---

Uma onda elétrica circundou seu corpo, seus cabelos agora flutuavam de acordo com as ondas eletromagnéticas, sentia seu corpo agora cheio de uma energia e que seu corpo se movimentava com um pouco mais de exatidão.

---INCRIVEL, UMA MENINA DESSE TAMANHO E JÁ CONSEGUE USAR UMA TECNICA DESSAS, AGORA ENTENDO PORQUE O DOUTOR QUER TANTO VOCÊ---

Ele moveu os dedos, e novamente estacas de madeira se ergueiram no chão com enormes espinhos, Takane tinha aquele meio tempo, em que o homem estava ocupado de mais e que a poeira se erguia para correr na direção do mesmo, sentia que seu corpo de movia com mais velocidade, mas não era o suficiente para fugir de uma enchorrada de espinhos que lhe atingiriam se não acabasse com aquilo logo, projetou seu corpo para frente correu na direção do homem que fora surpreendido pela velocidade da gennin, não poderia usar seu ninjutsu, se não com certeza seria atingido por ele também, o que o fez recuar antes que a enorme descarga elétrica lançada pela menina no chão o atingisse.

---Se renda...---Disse Takane ofegante, ela nunca havia usado tanto chakra em sua vida.

---Não, mas vamos ter que deixar essa luta para uma outra hora, parece que seus amigos de konoha já estão a caminho.---

O Senju então fez um selo com as mãos e seu corpo começou a lentamente ser absolvido pela terra ate desaparecer como se nunca tivesse estado ali.

--Eu vou te ajudar, sensei... ----

Ela então desmaiou. Poucos segundos depois, vendo que algo estava errado um batalhão de shinobis de konoha chegaram ao local, ali so haviam duas pessoas, uma menina desmaiada no chão e uma sacerdotisa, presa a enormes galhos de arvores, mas infelizmente, ela já estava morta.




Estilo:
Treino de velocidade e Selos

_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@ 1 ponto em velocidade e 1 em selos.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang
Do outro lado do espelho


Taika sentiu os olhos doerem, como se nunca os tivesse abertos na vida, e em tese, não os abria já fazia muitos dias, Takane era uma garota relutante em deixar que sua irma mais velha controlase o corpo, já que sabia muito bem de suas caracteriscas antisociais, no entanto,Takane havia chegado ao seu limite mental e fisico após a batalha dos espinhos, e quando isso acontecia era a oportunidade que Taika tinha para sentir um pouco da liberdade que havia sido tomada dela junto com seu corpo.

Era uma manha completamente tranquila como todas as outras a jovem  se olhou no espelho, e não acreditava no que estava vendo, marcas de expressão e olhos fundos de noites sem dormir, tudo isso acompanhado de um cabelo completamente emaranhado e unhas a fazer, algo que sem sombras de duvida achava uma verdadeira aberração, mesmo que não fosse para agradar as outros e sim a si mesma. Ela procurou em meio a bagunça do quarto de sua irmã as maquiagens que ela sabia estar escondidas, em meio a multidão de pergaminhos e livros que não foram entregues a biblioteca e que nesse momento era mais do que certo que ela acabaria por pagar multas de atrasos.

Maquiou-se e enrolou os cabelos em um meio coque com presilhas da cor violeta e se vestiu com uma blusa regata e short curto, olhou no espelho e tentou sorrir mas apenas saiu um rosto retorcido e amargo, por fim desistiu da ideia, aquela vida de sorrir não era para ela, era melhor deixar isso para sua irmã mais nova que por qualquer motivo escancarava os dentes.

---Como alguem consegue viver em meio a esse entulho?--- Murmurou para si.

Pegou os livros e os começou a distribuir em ordem alfabetica e por categorias.

“Teoria da luz”

“Tecnicas de dominio do ninjutsu”

“Ninshu e a arte shinobi”,

"Como usar sua sensualidade e conquistar garotas”,

“Como fazer amigos”,


“Vivendo sobre as redeas do diabo”.


Taika suspirou fundo, sua irmã mais nova tinha o biotipo de um velho tarado e solitario, alem disso o ultimo livro com certeza era uma referencia a Taika e disso não havia duvidas, após isso e organizar todo o quarto a moça desceu os degraus e encontrou com a namorada de sua irmã, como sempre estava sentada tomando seu café da manha.


--Takane esta dormindo não é?—Disse Megumi sem tirar os olhos do jornal que lia.

Taika não respondeu, não precisava, era estranho dizer aquilo, mas não confiava naquela mulher, algo nela não estava certo, so que Aika nunca tinha tempo para fazer uma investigação mais a fundo, possuia poucas horas na semana para ver o mundo atraves de sua propria visão e menos horas ainda para ir atras de uma Iryo nin manca.

---Não e da sua conta... ---
Respondeu a Kunoichi secamente.

Megumi ignorou o rosnado da fera a sua frente, e voltou a alfineta-la com as palavras certas.

---Como podem vocês duas são irmãs e mesmo assim tão diferentes... já pensou em como seria melhor para todos se você simplesmente desaparecesse Aika?---

---Não me importo com que e melhor para os outros, nunca me importei, e não e agora que vou começar a me importar.---

Ela ignorou as palavras mas não pode ignorar o sentimento de que de certa forma, Takane estaria em uma vida bem melhor sem ela por perto, e vice versa, mas ela era uma shinobi uma mulher com as bases estruturadas para descobrir uma solução para aquele enigma que tanto a afligia.

---Bom tenho que ir pro hospital--- A medica se levantou e pos a bolsa nos ombros, caminhou até a porta, Aika podia sentir que o odio entre as duas era mutuo.

Após a pequena perturbação da manha Aika prendeu os livros e pergaminhos em sacolas e pos se ir em direção a biblioteca, era o local ideal para obter a maior quantidade de conhecimento sem muita burocracia, entrou e entregou os livros e ouviu a bronca pelo atraso dos mesmos, amaldiçoando a si mesma por ter decidido fazer aquilo para sua irmã.


A biblioteca era o melhor lugar da cidade na visão da kunoichi, o lugar era alto e com uma brisa que entrava pelas janelas laterais, que permitia uma leitura calma, silenciosa e principalmente sem que ninguem a incomodasse, procurou primeiro sobre os clãs que haviam sido catalogados e com um caderno do lado pos se a anotar as estrategias que ela poderia usar em caso de ser pega em uma batalha, previnir-se com estrategias basicas e conhecer seus futuros inimigos era sem sombras de duvida a melhor forma de passar o tempo e aprender.

Seu segundo livro era um sobre as estrategias no campo de batalha, haviam varias citaçoes interessantes dentre elas uma que falava sobre como o campo era organico e que uma simples pedra poderia alterar o ramo dela, haviam taticas mais simples porem efeticas como chutar areia nos olhos do inimigo ou acertar pontos que causavam dor extrema como as partes intimas, tudo era valido para ser o sobrevivente final.
O terceiro livro o que a kunoichi mais se perdeu lendo foi um empoeirado com algumas paginas faltantes  e outras que mal dava para entender direito, era um livro antigo que havia sofrido mais do que merecia na mão do tempo.


Nele contava um resumo basico sobre a evolução do chakra de um shinobi e sobre como melhora-lo aplicando as tecnicas necessarias para não haver desperdicio, tecnicas de respiração e formas de se evitar ser pego em um genjutsu, era um livro perfeito em uma era que não o merecia, ela o leu detalhadamente havia muita informação para pouco tempo e as horas se passaram mais rapido do que ela esperava, quando viu o sol já estava quase se pondo e ela deveria estar em casa antes que a escuridão tomasse Konoha.
Pegou os livros que melhor a atendiam e que poderia ser util para sua irmã tambem aprender, riscou o caderno com mais anotações sobre as paginas mais interessantes e o que poderia ser util para as duas, alem de outros livros sobre separação se chakra e de tecnicas que poderiam ser usadas para unir as duas.

Quando chegou novamente no quarto de sua irmã colocou os livros na prateleira, onde de cara percebeu que havia um fundo falso de pouco mais de dez centimetros de espaço entre o falso e o verdadeiro, puxou com cuidado, se preparando para que aquilo não fosse nenhuma armadilha, mas ali, atras para sua surpresa estava um pequeno caderno rosa com letras coloridas que Taika logo reconheceu como sendo de sua irmã, nele de frente havia um foto dela possivelmente tirada de uma camera de seguranca e colada do lado estava Takane sorrindo.

“Querido Diario, sei que e parece impossivel tirar uma foto de minha irmã comigo, mas eu sou uma kunoichi então fiz o que podia, ai esta minha única familia.”

Atras da foto estava escrito.

“Feliz Aniversario Aika... que o seu sonho se realize.”

Aika sentiu uma pequena gota de lagrima escorrer do rosto, mas logo a enxugou, guardou tudo como estava, em seu reflexo no espelho Taika estava com um sorriso de canto de labios.

--Eu tenho uma irmã idiota mesmo--





_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang
A incerteza das lagrimas e o Abraço da solidão




---Acorde sua desgraçada por quanto tempo pretende dormir --

Taika estava com medo, e isso era algo raro, pela primeira vez em sua vida não ouvia a voz de sua irmã dentro daquele corpo, não a sentia, era de certa forma bizarro, Taika sempre quis e desejou a liberdade, mas não sentir sua irmã era algo terrível de mais para ela, uma ânsia de pavor e medo embrulharam seu estomago e por duas vezes a mesma correu em direção ao banheiro para vomitar.

---Tenho que me acalmar, aquela idiota está apenas dormindo... ela ainda está aqui dentro, tenho certeza disso. --- as palavras soaram mais como uma prece do que como uma afirmação.

Respirou fundo, ficar com medo não a ajudaria em nada e também não fazia o seu estilo, havia jurado para si mesma que seria e faria tudo que fosse necessário para tornar-se mais forte e se a sua irmã era um empecilho nesse caminho, se ela morresse não seria tão mal assim,

Ela desceu as escadas e pela primeira vez sentou-se ao lado de Megumi, pegando um pedaço de pão e o socando em sua boca.

---Deveria lavar as mãos antes de pegar em algo. --- Disse Megumi calmamente.

Taika ignorou e pegou o copo de leite em apenas uma golada, enxugou os lábios e pensou em como iria treinar selos de mão, na verdade não fazia ideia de como começar o treino nem do que era necessário para começar, sabia que ela e Takane eram muito boas em  executar um ninjutsu, mas havia um delay na hora de fazer os selos e isso era um verdadeiro perigo já que dava espaço para um ataque.

Ela fixou os olhos nas mãos, ainda estavam tremulas e frias
.

---Está pensando em treinar? --- [b]Perguntou Megumi.[/b]

---Meus selos de mão, são lentos, não adianta potencia em ataque se ele for lento.Murmurou Taika, já irritada com a dificuldade em achar uma maneira de melhorar.

---Eu sei de um jeito... que faz você se tornar muito boa. ---


---Então me diga. ---
Ordenou a mesma.

---Agora esta interessada, só por saber estou fazendo isso por Takane, não por você--- Disse a Kunoichi levantando-se calmamente onde mancou pelas escadarias até o quarto de Takane.

Taika a acompanhou e se sentou de frente com ela na cama.

--Nem por um instante achei que fosse me ajudar, mas saiba que não sinto Takane dentro de mim, pode ser que ela tenha morrido...----

---ELA ESTÁ VIVA.... TENHO CERTEZA DISSO.... ---

Pela primeira vez a voz de Megumi se exaltou, seus olhos estavam nebulosos de lagrimas que não chegavam a tecer o rosto, mas eram aparentes para qualquer um que fixasse o olhar sobre aquelas írises azuis.

---Talvez esteja ela só está com medo de sair para o mundo real.---

--De qualquer forma... vou te ensinar, e uma brincadeira que aprendi com um antigo amigo uchiha, chama-se o jogo do reflexo, as regras são simples eu sou o mestre e você o reflexo você tem que fixar seus olhos nas minhas mãos e eu vou fazer selos você tem que prever qual vai ser o selo de acordo com meus movimentos, ganha quando você conseguir fazer primeiro que eu.---

---Regras simples estou pronta. ---

---Tenho apenas um pedido.... se eu ganhar... posso te abraçar? --- A loira virou seus olhos para a janela ignorando completamente o rosto surpreso da

Kunoichi à sua frente.

---Está me confundindo com minha irmã? ---
Disse Taika.

---Nem por um instante... só sinto falta da sua irmã e isso talvez me ajude com a solidão---

Taika pesou os pros e contras um abraço era um preço que ela poderia pagar para melhorar suas habilidades.

--Tudo bem eu aceito---

A brincadeira então começou, e para surpresa da Guang a Uzumaki não tinha piedade nenhuma nos movimentos das mãos, ela era hábil e principalmente não havia desperdício de movimentos e mesmo que a gennin tentasse acompanhar os mesmos movimentos tentando prever a Kunoichi simplesmente acelerava as mãos e se tornava até mesmo difícil ver qual tipo de selo ela estava usando, mas mesmo assim persistiu, os selos eram mais difíceis de se concluir do que pensava, perdia muito tempo para que o mesmo estivesse perfeito e quando o fazia a kunoichi já estava a pelo menos dois selos de distancia dela, o que a frustrava de um modo que ela não conseguia explicar.

---Tente se acalmar, o segredo dos selos de mãos está em fazer os movimentos instintivamente, isso e como qualquer outra arte, não deve pensar em qual selo vai ser aplicado apenas deixar que seus neurônios decidam. ---

Taika ainda persistia e depois de algum tempo seu cérebro já havia assimilado boa parte dos movimentos, mas mesmo assim a Uzumaki estava a anos luz de distancia em movimento das mãos e depois de duas horas sem parar seus braços e dedos não conseguiam se mover e seus braços simplesmente desmoronaram sobre o próprio peso.
O suor escorria por seu rosto, sentia como se tivesse feito uma maratona.

---Eu venci... --- Disse Megumi e antes que Taika pudesse contestar ela sentiu os braços da loira em volta do seu corpo enquanto lagrimas escorriam por sua bochecha ---- Takane... por favor... não me deixe sozinha... se você conseguir me ouvir, volte pra mim.... pra nós---

Taika sentiu o coração bater fundo e um calor repentino surgiu do seu corpo, de alguma forma as palavras daquela mulher haviam despertado Takane de seu sono, mas a voz de sua irmã ainda não era suficientemente forte para subjugar a vontade de se manter naquele corpo.

--Takane está viva... agora você poderia me soltar? --- Murmurou a Kunoichi enquanto arrumava as roupas e saia sem dizer uma única palavra.


Tpo de treino:

Treino de Selos


Última edição por Takane em 1/11/2019, 01:23, editado 1 vez(es)

_______________________

campo de treinamentoTakane guang Untitled-2
Que se inicie o caos pois a rocha continuara firme!
Template
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Takane
https://www.narutorpgakatsuki.net/t68749-ficha-takane-guang?highlight=Takane+Guang#513285 https://www.narutorpgakatsuki.net/t68767-m-f-takane-guang


Ficar de cama bebendo canja e apenas vendo o tempo passar nunca foi o passatempo predileto de Takane, ela era elétrica e ativa de mais para se manter parada, porem, a porta da casa estava sendo constantemente vigiada  por gennins que estavam aprendendo a ser Iryou nins, tudo isso para que ela ficasse deitada, sobre uma quarentena até que não houvesse qualquer indicio de que o vírus que a quase matou tivesse sobrevivido em seu organismo, no entanto, ela já tinha lido todos os livros, já havia visto e revisto suas técnicas e até pego alguns pergaminhos para riscar algumas ideias que ela pudesse usar em algum novo ninjutsu.

E para ajudar, Megumi havia estado em sua casa desde então auxiliando em sua recuperação e vigiando para que ela não fizesse qualquer besteira, no entanto, besteira era quase o seu sobrenome, foi em direção a janela, tentou puxa-la devagar, mas Megumi já havia previsto aquele movimento e selado a mesma com grossos pregos.

---Mas que merda Megumi... eu quero sair daqui...---

Takane Sorriu a parte de madeira estava realmente selada e era impossível de se abrir de forma natural, mas o vidro  era outra historia, ela mediu  sua altura, tomou distancia.

--“Hei Takane... você não esta pensando em fazer isso não é? Estamos no segundo andar”---- Advertiu sua irmã.

--Esta tudo bem, lembra-se no hospital?--- Sorriu a menina.

--“Sim me lembro da sua ideia de fugir, seis costelas quebradas, uma perna com pinos, cinco horas e trinta e cinco minutos de bronca e remeios horríveis além de fisioterapia e psicólogos achando que queríamos nos suicidar.--- Resmungou.

---Calma, vai ser divertido, e so pegar impulso e correr---
Takane respirou fundo, e em instantes Takane se viu impelida contra o espelho que se espatifou em milhares de pedaços, em segundo momento, ela ela inclinou o corpo e se segurou em um dos galhos da arvore.

---O que foi isso?---  Gritou um dos gennins que havia tomado um susto com a quebra súbita da calmaria do dia.

---Hei meninos vocês estão entendiados não é? Que tal brincarmos?--- Takane sorriu, ela deu uma pirueta no ar e parou em cima de um dos troncos.

---PARE VOCÊ ESTA DE QUARENTENA  SE SOUBEREM QUE SAIU ESTAREMOS FERRADOS---  Gritou o segundo correndo na direção da gennin e a segurando por um dos braços, só para descobrir que na verdade a mesma já havia saído dali deixando para atrás apenas um tronco de madeira.

---È so me pegar...---

A menina então voltou a correr, dando saltos por entre as paredes e as casas, por vezes ignorando completamente a privacidade das pessoas e entrando em uma das janelas só para sair pelo outro lado, enquanto ria freneticamente dos genins que a tentavam alcançar.

---Espera ai.... droga que tipo de missão e essa? ---

---Do tipo que pega pega--- gritou Takane.

Ela saltou mais uma vez parando em cima de uma caixa dagua e olhando para ver se os meninos haviam a alcançado, , mas eles simplesmente sumiram de seu campo de vista, ela riu como aqueles genins não conseguiam nem acompanhar uma menina que nunca frequentou a academia?. Foi então que ela sentiu as pernas fraquejarem e o o puilmão exigir mais ar do que ela conseguia puxar para si.

---Mas que droga...---

Foi então que um deles deu um salto lançando uma rede sobre a gennin que desviou apenas porque rolou para o lado, pondo a mão no peito e uma para frente para que ele esperasse.

---Droga quase peguei.--- disse o mesmo.

---Errado menina, nos te pegamos---

Gritou o segundo garoto saltando por de tras dela.

--Ele é como eu? Um completo idiota... não se grita sua localização para o adversário.---

Pensou ela enquanto apenas se movia para o lado e via ele cair de cara no chão.

---Merda, ela e boa?---

Takane olhou para suas mãos, para o seu corpo, havia ficado mais forte do que a poucas semanas atrás, mais rápida pelo menos, assim como conseguia saltar muito melhor, ela olhou para o ceu e voltou seu olhar para os meninos, mas então logo em seguida caiu no chão desmaiada.
A gennin abriu os olhos e viu o teto do seu quarto, e que ao seu lado havia uma pequena bolsa de soro ligado a um fio que vinha direto no braço esquerdo, olhou para o lado e se assustou, Megumi estava em pé de braços cruzados, seus olhos azuis estavam fixos em Takane, que o sentiu como se penetrasse em sua mente e arrepiasse sua espinha, ela estava encrencada, sabia muito bem disso.


---Então Senhorita Guang... qual vai ser a sua punição por não ter obedecido as ordens medicas?---

Spoiler:

Treinamento de stamina
Takane
Takane
Jōnin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang 9cf60763dc0395bb6231cfada13244c8

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Allen
https://www.narutorpgakatsuki.net/t75072-ficha-allen-5-0#584612 https://www.narutorpgakatsuki.net/t74030-g-f-allen
@
Allen
Allen
Genin
Vilarejo Atual
campo de treinamentoTakane guang Dani10

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos