:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Treinamento I - Kal'el C6f1eb56b985ada5babdba05b5ac6a4f

Ring
Genin
Ring
Vilarejo Atual
Treinamento I - Kal'el C6f1eb56b985ada5babdba05b5ac6a4f

Treinamento I - Kal'el - Publicado 4/9/2019, 23:52


Treinamento I - Kal'el BkVG5fF
From the...

Era noite. Atual penumbra sobre os olhos apurados dos vigias da noite. Resguardado de homens armados e penalizado pela escuridão de um vislumbrar nada nobre sobre o presente. A caminho do turbilhão escondido em tua própria fúria, travou guerra consigo mesmo durante muito tempo, até se ver naquele lugar. Trajetória árdua para aqueles que não tivessem algo à que pudesse se agarrar. Diga-se de passagem, algo que o mundo a muito tempo não via como realidade.

Seus olhos vieram de encontro a alguns soldados durante o caminho, mas nada que chamasse a atenção de ambas as partes ocorreu sobre o som de passos na deserta Iwagakure. Algo comum àqueles que acabaram de se graduar, era buscar refugio nos campos de treinamento. Além disso, no braço esquerdo de Kal'el, a bandana da vila cintilava diante a luz dos postes que iluminavam seu caminho. Talvez por isso tivesse a chance de caminhar tão tranquilamente naquele vilarejo, que dotado de hospitalidade, havia o recolhido em sua morada.

— Alguns tão inocentes quanto você... — Perfurou o sussurro na mente de Kal'el. Diante o silencio, fora como musica aos seus ouvidos; acostumado com tal melodia.

— Eu sei... — Sussurrou de volta, caminhando rumo ao local que lhe esperava. As vozes eram conhecidas, mas nunca se identificaram além de espíritos do passado e o rapaz havia aprendido a se acostumar com isso.

Sob um olhar vazio, porém fugaz como o de um falcão que acabara de encontrar a luz, chegou ao campo de batalha, iluminado apenas pela luz da lua; quase que obsoleta diante as nuvens que atrapalhavam sua beleza. Entretanto, diante a variável luminosidade do campo de terra seca, Kal'el andou até um local afastado, com toda a calma que lhe fora dada. Sentou-se no chão e diante o turbilhão que o acompanhava, deixou sua mente livre através da respiração. A principio, o caos tomara conta. Seus sussurros, gritos e vozes do passado. O cintilar de lâminas e o som de cavalos a relinchar. Não sabia. Aquilo era seu próprio passado ou algo mais distante? Se perguntou por um instante, mas por fim, deixou-se levar até os subúrbios de si e de volta ao olho do furacão, onde a calma pairava. Assim o fez e deixou com que o rio fluísse por si só, e sem intervi-lo, o observou da margem.

Poderia se revirar diante as memórias ou os antepassados que acreditava lhe acompanhar, entretanto, tudo fazia sentido e nenhum sentido era necessário. Pode-se ver sentado frente a eternidade, acompanhado da própria memória criadora. Não galgou ou ficou parado. Apenas fluiu como pôde. Desvendou todos mistérios do universo e por fim, esqueceu tuas próprias validações e motivos. Não havia o que se recordar ou o que se preocupar, além daquilo que era. O próprio vento. A própria luz. A própria terra. O vilarejo. Tudo aquilo que o envolvia e, ao mesmo tempo, fazia parte de si.

Ficou ali. Um morto vivo. Alguém que nunca morreu e por isso, nunca nasceu. A própria expressão universal. Até que, após algumas horas, se moveu. Eu poderia dizer despertou, entretanto, estava tão acordado como sempre. Se levantou e sua postura o levou os olhos aos céus, por um breve instante. Um olhar talvez vazio, mas cheio de vida. Por um momento, pensou em se desafiar, mas não o fez. Trovejou os olhos ao redor e pressionou os punhos, simplesmente para senti-los, mesmo sabendo que ali estavam. Por fim, seus dedos se encontraram, recriando um selo de mão. Seus olhos mais uma vez se fecharam e uma sequencia se iniciou, buscando ser devorada pela própria continuidade. Não citou os selos de maneira literal, mas podia vê-los através das próprias mãos. Debruçou-se sobre o vento por alguns segundos, como se perdesse o equilíbrio, mas só o fez para sentir que não lhe faltava foco. Destilou os selos de mãos o mais fugaz possível e por fim, convocou-os em sua mente, relembrando a sequencia. Apesar de tentar, não conseguiu.

Aquilo não irritou. Pelo contrário. Diante um sorriso, um novo sussurro veio ao seu ouvido. — Você não conseguiu... — Disse a voz, porém, não tinha tom desconfortável, mas totalmente amigável. Sob o sorriso de contorcendo de volta a uma simples feição de indiferença, Kal'el respirou fundo antes de responder e dessa vez, o fez em voz alta, porém, nada exacerbado; algo que ele pudesse ouvir com mais nitidez.

— Eu sei... — Disse, voltando a caminhar para fora do campo de treinamento. A noite ainda perdurava, apesar disso, sabia que horas haviam passado. A lua já não estava no mesmo ponto que antes. Ele sorriu novamente e a voz deu uma leve gargalhada.

— Haha! Você percebeu, não é? — Perguntou a voz, amigável como sempre. Mas Kal'el deixou o sorriso responder por si mesmo, continuando o caminho em silêncio. Havia deixado pra trás o fulgor do próprio ódio e a necessidade de se diminuir diante sua própria cognição e percepção. No fundo, sabia disso.

Voltou para casa sob os olhos vigilantes que estavam próximos a sua rua, dessa vez, não os fitou, apenas continuou seu caminho como de costume. Vislumbrou as ruas como um grande corredor e ao fim pode ver a escuridão engolir tudo. O caos diante a ordem. Pensou. Necessário para o equilíbrio. Sabia disso, entretanto, também sabia seu papel diante a luz que iluminava seu caminho. As sombras existiriam, mas seriam apenas para diminuir o peso do calor vindo de uma grande estrela, nada mais. No fim, a escuridão iria perdurar, mas não a escuridão que temia, sim aquela que transformava em mártir.

Adentrou sua casa diante a falta de iluminação do pequeno prédio. Pôs sobre a mesa tudo aquilo que pesava seu corpo, todo aquele metal que era carregado. — Desnecessário... — Murmurou, sem esperar por resposta, que por fim, não obteve de qualquer maneira. Se deitou em sua cama, afinal, não havia uma única gota de suor em seu corpo; e por fim tentou repousar algum tempo, até que o sol finalmente raiasse.

200 HP
200 CH
ST: 00/02

Considerações:
+1 Inteligência
+1 Selos de Mão

Outros:

Bolsa de armas:

+ 4 - 4 Hikaridama
+ 4 - 20m Fio de Aço
+ 7 - 7 Kunai

_______________________

Treinamento I - Kal'el Source
[FP] | [CJ]


Template:

Código:
<center> <div style= "text-align: justify; width: 580px; font-family:Arial;">[center][img]https://i.imgur.com/BkVG5fF.png[/img][/center]

[right]200 HP
200 CH
ST: 00/02[/right]

[spoiler="Considerações"][/spoiler]

[spoiler="Outros"][/spoiler]

[spoiler=Bolsa de armas]
+ 4 - 4 Hikaridama
+ 4 - 20m Fio de Aço
+ 7 - 7 Kunai[/spoiler]
</div></center>


Resposta Rápida

Área para respostas curtas