Acesso Rápido
10 anos onlineNaruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Estação: OutonoAno: 69DG
RemanescentesHanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência.
A AlvoradaUzushiogakure e Sunagakure estão reconstruídas, marcando uma nova era para as nações shinobi, que agora são cinco uma vez mais. Os Shodaime Kazekage e Mizukage comandam as novas gerações de seus vilarejos, iniciando uma série de planos governamentais para garantir que o mal não os assole como ocorreu no passado.

treino de selos e inteligência
  
iroet
Genin
iroet
Vilarejo Atual
Ícone : treino de selos e inteligência 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68243-abe-kurita-ficha-de?nid=1#508002

treino de selos e inteligência - em 29/8/2019, 07:24

O meu velho corpo precisava movimentar-se rotineiramente para que não se definha-se com o passar do tempo. Era necessário fazer uma caminhada por dia, ao menos. Tinha que seguir minhas prescrições médicas.

Seria péssimo que o doutor descobrisse sobre o meu vício, afinal tabaco não faz bem para a saúde de uma pessoa, ainda mais uma com idade avançada.

Já tinha tentado parar de fumar, mas não conseguia ficar mais de dois dias sem colocar um cigarro em minha boca. Sempre que pensava no passado, lá estava ele entre os meus dentes. Como agora, por exemplo.

—— Droga, você tinha que ser tão bom? —— indaguei para o cilindro de papel no meio de meus lábios. Queria tira-lo dali e joga-lo fora, mas sempre que levantava meu braço para o pegar ficava paralisado. Minhas mãos pareciam não me pertencerem e se tornavam pesadas como chumbo.

Terminei minha caminhada no exato momento que o cigarro acabou. Peguei sua bituca e a joguei num lixo próximo da onde estava, apagando-a com um pouco de baba para que não colocasse fogo em algum resquício daquela lixeira.

Suspirei pesadamente, estava para enfiar a mão no bolso de minha calça e arrancar de lá o maço que havia trazido, mas consegui para-la no meio do trajeto. Estava na hora de começar a lutar contra esse vício.

Mordisquei meu lábio tentando esquecer o que estava para fazer. Limpei minha mente daquela sensação e voltei minha atenção para o que tinha vindo fazer naquele local. Precisava melhorar a velocidade na qual conseguia fazer os selos de mãos.

Sentei-me no chão e curvei minhas pernas. Pensei em todos os selos que existia, nas formas que eles tinham e como juntavam-se para criar técnicas ninjas. Comecei, então, a realizar um por um. Bode, dragão, cão...etc. Gravei todos eles em minha mente, refazendo-os novamente.

Não era algo difícil de fazer, não de modo vagaroso. Mas sempre me enrolava quando tentava faze-los rapidamente. Droga, preciso melhorar.

Juntei minhas mãos e formei os selos devagar, depois tentei aumentar o pouco a velocidade e acabei errando alguns. Refiz o mesmo processo algumas centenas de vezes, logo já havia me acostumado com aquela velocidade, mas ainda não passava de algo comum.

Era preciso ser mais rápido. Poderia perder uma batalha caso não conseguisse utilizar meu jutsu por ser lento ao fazer os selos. Seria uma decepção. Continuei com o treinamento, voltei a fazer os selos um por um mais rápido, mas me enrolava sempre que tentava fazer o selo do carneiro.

Repassei esse algumas vezes antes de tentar novamente, concentrei-me nele e o refiz diversas vezes para que não o errasse. Logo, tentei fazer todos mais rápido de novo. Para minha felicidade acabei não tropeçando no selo do carneiro e consegui aumentar minha velocidade com as mãos de maneira surpreendente.

Terminei o meu treinamento e saí para descansar. Não foi para minha casa, não era dormir que eu precisava. Recostei-me na cadeira de um bar enquanto apreciava uma de suas bebidas. Ficaria por ali durante algum tempo.

Talvez não fosse dos mais versados na arte intelectual, de facto não era. Mesmo que meus pais tenham tido um enorme 'trabalho' para tentar me ensinar algumas coisas, eu simplesmente não conseguia prestar atenção.

Isso acontecia porque ainda era muito jovem, quase não tinha experiência nenhuma de vida, pensava apenas no quão bom seria sair daquela sala e aventurar-se pelo mundo. No entanto, com o passar dos anos, acabei percebendo que a inteligência era uma das melhores armas num campo de batalha.

Durante o meu tempo fora da vila, eu havia conhecido pessoas boas que eram excepcionais em tal arte. Elas conseguiam situar-se sem problema algum num campo de batalha, conseguiam entender rapidamente o que tinham e deviam fazer para ganhar.

Era a minha vez de aprender, embora já estivesse um pouco velho para isso. Como dizem ''antes tarde do que nunca''.

Estava com uma enorme vontade de pescar um cigarro de meu bolso, mas já fazia um mês inteiro que não colocava se quer um em minha boca. Essa era a primeira vez que passava tanto tempo sem me contaminar. Um progresso começa a formar.

Depois de sair para caminhar, não tardou para que eu me encontrasse no salão oval da biblioteca de Konoha, local onde as pessoas liam os livros que pegavam. Junto de mim  havia cinco exemplares de diversos conhecimentos, como por exemplo: Armadilhas e seus truques.

Não era de meu costume ler, sabia que era importante para o desenvolvimento de uma pessoa, caso ela quisesse ser algo a mais do que um entregador de jornais - não que eu esteja falando mal de tais pessoas, eu mesmo já tinha feito isso durante algum tempo para sobreviver.

Pois então, como não era de ler muito eu simplesmente tinha os olhos lerdos para as escrituras. Era fácil acompanhar armas voando a 20m/s, mas ler em alta velocidade estava fora de cogitação, se fizesse isso eu acabaria perdendo a maior parte dos conhecimentos.

Dessa vez, felizmente, tinha trazido um caderno e um lápis comigo e sempre que achava algo útil e aproveitoso no livro eu o copiava. Fiquei um pouco abismado com tanto conhecimento, não tinha imaginado que podia criar armadilhas fatais apenas com uma linha e um prego. Interessante.

Como não era de meu feitio matar pessoas por esporte, decidi pular a parte de criar armadilhas e ir direto para como poderia desarma-las. Bem, poderia ser bom aprender a construir algumas delas no caso de um dia acabar precisando, mas deixaria isso para uma próxima vez.

Então, li e reli o livro diversas vezes, aprendi o que deveria fazer caso pisasse numa mina ou como evitar fios que poderia acionar armadilhas consecutivas. Não só isso, afinal esse não foi o único livro lido. Consegui, também, entender algumas coisas que poderia utilizar no meio de uma batalha.

Felizmente, minha vontade de fumar havia passado e minha cabeça estava cheia de conhecimentos. Tinha sido uma excelente ideia visitar a biblioteca do vilarejo, realmente tinha sido produtivo.

Saltei da onde estava e voltei a caminhar, dessa vez para minha casa. Dizem que dormir depois de aprender alguma coisa faz com ela fique gravada em sua mente, eu precisava disso.

HP: 575/575 CH: 675/675

Treino para conseguir 1 ponto em selos e 1 em inteligência.

_______________________

help me
-
Mokaccino
Game Master
Mokaccino
Vilarejo Atual
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67013-f-mokarzel

Re: treino de selos e inteligência - em 29/8/2019, 13:36

Ok.
-


  
 
Ir para Primeira Mensagem

Layout desenvolvido por Akeido, Dorian e Naru
Naruto RPG Akatsuki (2010 - 2020)
Hospedado por Criar um fórum grátis - FORUMEIROS.com
.