>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

[Fillers] Zweihander - 22/8/2019, 03:58

O desejo interno de Shindora em se tornar mais forte acabava por se tornar um pouco maior do que imagina, a menina tinha suas habilidades inatas, e defeitos inatos, mas nunca passou por sua cabeça que era possível de se trocar tais habilidades, a menina apenas desejava ser mais forte e é esse desejo que lhe traria ruína, ou ao menos lhe mostraria um outro lado de uma moeda, Shindora fazia sua rotina padrão de ir até Otto ajudar no que fosse necessário e partir para sua cabana quando terminasse, mais um dia comum na vida de shindora e nada de suspeito aconteceu, o sol tentou subir, mas o clima não a ajudou, a lua desceu, tudo se fez comum naquele dia. Outro dia se fez no país das neves, Shindora se levanta de sua cama, sua autoconfiança tinindo como em qualquer outro dia, a menina se levanta rapidamente e vai em direção a casa de Otto no topo da montanha novamente, em seu caminho ela nota algo que acha estranho, "Parece que tem alguém me seguindo" ela então cessa suas ações e olha ao seu redor rapidamente, "nada ao meu redor, devo estar ficando doida" a menina pensa e prossegue em direção a casa de Otto, com seus passos um pouco mais lentos e atentos, a paranoia naquele momento foi instaurada no coração dela.

Chegando até a casa de Otto Shindora tem a sensação novamente de estar sendo seguida mas nada disso a atrapalhou, ela prosseguiu indo para a casa dele, ajudava em planejamentos e dava informações a respeito da região de onde nasceu, vivia sua vida tranquilamente, mas a sensação de estar sendo seguida não parava, a cada viela e caminho que passava parecia que alguém a estava vigiando, checando seus passos, vendo para onde ela deve ir, mas a menina não podia fazer nada a respeito pois sempre que parava e procurava por alguém ela nunca encontrou ninguém, "o que está acontecendo?" Ela pensava consigo mesma enquanto procura por pistas que indiquem que realmente. Após alguns dias vivendo em meio a paranóia Shindora percebe que está situação não está fazendo bem para ela, e então busca ajuda com o próprio Otto, - Melhor buscar ajuda com alguém que conhece esse lugar melhor que eu - ela disse em voz alta apenas para ratificar suas intenções, após alguns minutos de caminhada ela chega até a cabana em que Otto estava, mas estranhamente não há nada lá, nenhuma pessoa, e isso lhe causava estranheza, pois Otto nunca deixava sua cabana, por um instante Shindora pensa que tais coisas não passam de uma ilusão fajuta, - será que estou em uma ilusão? Não é possível, será que todos esses dias eu passei em uma ilusão? - a menina fala em alto e bom tom enquanto tenta entender o que está acontecendo.

Estando em uma ilusão ou não, Shindora segue em direção ao casarão de Otto, já que o mesmo não estava em sua cabana, por um instante tudo fica como se fosse um cenário ruim, raízes escuras, as luzes começaram a piscar, situação digna de um filme de terror, mas a menina era convicta e não pararia até descobrir a respeito do que se trata, continuando sua caminhada em meio ao local tenebroso, os passos lentos e temerosos esperavam o pior naquele cenário, a ninja sabia que não tinha capacidades para sair de uma ilusão poderosa então ela decide apenas jogar o jogo de quem a causou a ilusão. - Vamos lá, se me quisesse morta eu já estaria - o caminhar da menina se faz lento, mais lento ainda, ela se sente estranhamente atraída por uma das portas ao seu redor, "parece que quer que eu entre aí, então entrarei" a menina sem demora vai em direção a tal porta, pega em sua maçaneta, e então respira fundo e a abre, o que ela veria ali mudaria sua história para sempre, ela nunca soube exatamente sobre seu passado, e agora saberia mais a respeito.

A porta que a menina viu continha parte de seu passado, estranhamente ela continha um nascimento de uma criança em um quarto escuro, não se sabe o motivo mas Shindora se sentia convicta de que era ela, - Será que foi assim que eu nasci? - a menina então se pergunta ao mesmo tempo que sente muitas dúvidas em seu coração, a menina convicta que abriu a porta já não estava mais ali, agora era o lugar de uma menina aflita e cansada, e um pouco angustiada, lágrimas se fazem nos olhos da menina enquanto ela questiona - O QUE ESTA ACONTECENDO AQUI? - a pergunta feita em voz alta resumia a situação na qual a menina se encontra, ela está perdida, não sabe o que está acontecendo, e nem como está acontecendo, mas de uma coisa ela sabia, "quem quer que esteja fazendo isso, sabe de onde eu vim, ou ao menos acha que sabe, preciso continuar até descobrir a respeito de que tudo isso se trata" a menina pensa já tendo uma ideia do que toda esta situação se trata, "talvez meus pais não sejam realmente meus pais, será que quem está fazendo isso é meu parente? Não sei ao certo, prosseguirei" a menina pensa retomando um pouco de sua convicção perdida anteriormente.

Ao olhar para o cenário do bebê nascendo ela tem certeza de que é o seu nascimento, mas estava tudo completamente diferente do que lhe contaram, o cenário parecia o nascimento de um bebê da da realeza, subitamente as luzes se acendem fazendo do cenário completamente diferente, detalhes em vermelho e dourado em todo seu redor mostram o símbolo de um clã, roupas de empregada na mulher que faz o parto, uma cama enorme, lençóis de linho fino, seda, - O que está acontecendo aqui? - a menina diz em alto e bom tom, mas todos que estavam no local não a escutavam "estou realmente em uma ilusão, será que sou eu nascendo? Por que ninguém me disse isso antes, quem eu sou?" As perguntas da menina cessam mas as dúvidas continuam a balear a sua mente com várias ideias e propostas de quem ela é e do por que de terem escondido-a, mas era inegável o fato de que a menina era de uma linhagem diferente da qual foi ensinada, os detalhes em vermelho, o local, as empregadas, tudo indica que a menina nasceu em berço de um clã influente mas essa informação foi perdida ou esquecida pelo tempo.

Após breves instantes no meio do nascimento Shindora percebe que a criança já está grande e brincando pelo palácio, a menina não entende bem o que acontece ali, mas parece que a menina da ilusão é uma versão sua mais nova, Shindora se emociona mas não se lembra de nada disso, - Será que é uma ilusão criada, ou eu realmente vivi isso e alguém apagou minha memória? Ouvi falar de uma técnica que faz isso, mas não achava que realmente funciona - cheia de surpresa Shindora entende, talvez ela fosse realmente membra de outro clã, mas alguém a sequestrou e mudou suas memórias a fazendo acreditar que é apenas uma órfã, a ilusão então a leva para outro local, agora é sua adolescência, Shindora fica pasma ao se ver alguns anos mais jovem do que atualmente, e então uma frase é dita, - Minha vida é toda uma mentira? Não posso acreditar, alguém pode me responder? - então subitamente as ilusões cessam, a menina olha ao seu arredor, tudo fica escuro e então em um estalo ela acorda, seus olhos se abrem tão rápido que causam um incomodo na ninja, ela estava em uma mesa aparentemente cirúrgica, seu sangue estava sendo drenado e trocado, ao abrir a boca para questionar palavras não saem, sinal da fraqueza atribuída pela hemodiálise, apesar de tal fraqueza a menina conseguia entender tudo que aconteceu, e tudo que aconteceria a seguir.

Um jovem homem toma a frente e diz - Olá irmã, demorou para te encontrar, achei que seria difícil de acreditar apenas em palavras, então a mostramos, nenhuma das imagens que viu foi criada, eram todas imagens que você viu e viveu, mas estavam escondidas de alguma forma, não conseguiremos recuperar todas elas, mas o que importa é que viu as mais importantes, agora preciso que descanse, com essa máquina conseguiremos que você recupere suas habilidades, você é filha do antigo líder do clã Hyuga, nosso dever era procurá-la e dizer tudo que você é e recuperar suas habilidades, seu nome é "Shindora Hyuuga" e você está destinada a coisas grandes, mas acho melhor resumir a apenas "Zweihander" um nome fictício para evitar que olhos se voltem para você, sei que é muita informação, então aguardarei até de manhã para que possamos conversar normalmente e poder sanar suas dúvidas também, durma bem senhorita Hyuuga - o jovem homem estava convicto de que Shindora era realmente uma Hyuuga, mas não havia nada com ele que pudesse comprovar tal teoria, ela então pôs em sua cabeça "se eu puder usar tais habilidades saberei se é verdade ou não, pois uma habilidade sanguínea só poderia funcionar em alguém que conheça partilha da mesma genealogia, preciso descansar, após me levantar tentarei entender tudo que se passa" disse a menina em seus pensamentos, ainda duvidosa a respeito de como foi parar naquela cama, e também a respeito das habilidades sanguíneas que havia perdido, mas ela escolheu acreditar, pois sempre achou um pouco duvidosa a respeito de seu passado, como uma menina tão habilidosa foi parar em um orfanato, e como ela se tornou forte tão rapido, e também o sentimento de angústia que sempre esteve dentro dela, apenas serviu para ratificar a história, mas em suma a menina decidiu descansar pois ao levantar poderia ter suas dúvidas sanadas.

aquela troca de clã deliciosa
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Fillers] Zweihander 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Fillers] Zweihander - 22/8/2019, 17:11

@

_______________________

[Fillers] Zweihander ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.