>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Primavera

'Venus
Genin
'Venus
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLER] how i met your mother GMw4LUC

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68120-f-hana-chinoike

[FILLER] how i met your mother - em Seg 19 Ago 2019 - 1:06











  Respirei fundo o ar gelado, quase rasgando minhas narinas. Era cedo da manhã ainda. O cheirinho de pão caseiro feito por papai deslizava pela fresta da porta e tomava conta lentamente do quarto. Esse homem sabia como conquistar uma mulher: pela barriga. Pulei da cama feito gato, pois se ficasse enrolando, o frio ia me obrigar a ficar embaixo das cobertas por mais umas quatro horas fazendo vários nadas. Corri pro banho e tomei um banho bem quente, na temperatura vulcão. Daqueles que quase escalda a pele sabe? Maravilhoso. Naturalmente, pratiquei minhas habilidades totalmente falhas de the voice. Alguns vizinhos não gostavam, o único que poderia apreciar era o do lado, mas ele era surdo. Aproveitei o vapor do banheiro para me secar e me vestir. Sequei os cabelos e desci as escadas como se eu fosse um cachorro e tivessem balançado o saco de ração. Se papai estava fazendo pão, provavelmente iria fazer pão doce também. E Hana aama pão doce.

  - Bom diaa! - falei. Papai virou a cabeça com um sorriso simpático - Acordou cedo, heim? - disse. Todos lá em casa sabiam que ‘pra me acordar era uma novela, ainda mais acordar cedo nesse frio. Fiz um biquinho e virei o rosto - Pff, como se isso fosse grande coisa. Vocês não dizem para eu aproveitar minhas manhãs? Então, eu aproveito elas tirando um soninho. Hoje é, cof, uma exceção - pigarreei. Ele riu como se fosse nada demais. Olhei para os lados, procurando mamãe, mas não vi sinal algum dela. Papai, como se já tivesse pego no ar, respondeu - Sua mãe saiu cedo hoje, mas disse que vem para o almoço.

  Uma coisa que sempre quis saber, mas sempre esquecia de perguntar, era sobre como os dois haviam se conhecido. Bom, até o pão doce ficar pronto, eu teria muito tempo sobrando. Cocei o queixo e arrisquei - Ei, papai, como você e mamãe se conheceram? - ele colocou a forma para assar e se escorou no balcão. Seu avental estava sujo de farinha e de massa. - Ora, ora, achei que nunca fosse perguntar! - disse num tom sonhador. Romântico do jeito que era, acredito que ele estava esperando ‘pra contar essa história desde o dia que nasci. - Veja bem, Hana, eu e sua mãe nos conhecemos pouco antes de você nascer. Shizuka sempre foi uma ninja quieta, não costumava conversar muito, tampouco tinha amigos. Alguns de meus amigos e chamavam de “princesa do gelo”, pois parecia não ter sentimentos. Porém, eu, como sempre fui muito metido, acabei me aproximando dela. No início não foi fácil, acredite. Shizuka era especialista em dar foras, mas principalmente em não deixar ninguém se aproximar. Confesso que me aproximei por sermos do mesmo clã, foi mais um intuito curioso. Ela nunca deu muitas explicações sobre sua origem, mas sabia que a história de vida dela até ali não tinha sido fácil.

  Entre os shinobis, haviam rumores sobre ela mesma ter assassinado a família, outros diziam que era apenas uma desafortunada. Acho que nos aproximamos em nossa primeira missão juntos. Shizuka era extremamente habilidosa, usava seu genjutsu de maneira a prender os feridos numa ilusão para que não sentissem dor enquanto ela realizava os procedimentos. Claramente uma ninja médica promissora. Eu, por outro lado, era mais focado na batalha. Sempre fui mais despojado, mais tranquilo. Ela era tão focada e séria naquilo que fazia… Bom, durante essa missão, ficamos presos numa caverna enquanto procurávamos abrigo. Apenas nós dois, pois o resto do time havia se separado. Aaah, realmente, parece um filme! De qualquer maneira, muita coisa aconteceu naquela caverna. Descobri que sua mãe havia nascido em Kirigakure antes de sua destruição, descobri sobre seu lado gentil e o motivo de ser tão distante.
- pausou para tomar um copo d’água e para verificar os pãezinhos dentro do forno. Sentou em minha frente e apoiou o queixo a palma da mão - Esperava que ela fosse a pessoa a te contar isso, mas acho que está tudo bem. Você merece saber a história da nossa família. Bom, os pais de Shizuka foram enganados por mercenários, pois viviam em condições precárias. Ficaram devendo demais à eles e não tinham dinheiro para pagar. Eles resolveram usar Shizuka para pagar a dívida. Obrigavam-na a fazer todo o tipo de trabalho sujo: roubo, tortura, assassinato… A dívida nunca parecia se quitar, então ela tramou contra o grupo de mercenários, mas quando chegou em casa, seus pais haviam se enforcado. Shizu saiu furiosa atrás dos mercenários, mas foi impedida por uma amiga que conhecera naquela época. Ela era uma ninja médica, daí veio a inspiração de sua mãe. Ela então veio para Konoha e evitou contato com pessoas, por se julgar suja pelos crimes que cometeu em segredo.

  A partir daí não é preciso dizer muito. Nos aproximamos gradativamente até que começamos a namorar e, então, você nasceu.
- papai deu um suspiro daqueles apaixonados e voltou a olhar ‘pra mim. Fiz uma cara de “hum, tendi” e acenei positivamente com a cabeça. Fala sério, eu não poderia dizer “noossa, que legal” por que eu ressentia por mamãe se sentir daquele jeito. Não era culpa dela. - Mamãe… Ela já superou tudo isso? Quer dizer, ela ainda é séria demais e um pouco fria com quem ela não conhece - perguntei. Papai olhou para o teto e resmungou alguma coisa - Se sua mãe já não tivesse superado isso, Hana, ela teria a abandonado com medo de criar você, pois ela nunca teve uma mãe de verdade. A infância dela foi dura, sabe? E quanto à personalidade de sua mãe, bom, meio que se tornou um hábito dela. - riu e deu de ombros - Acho que é isso que faz o charme dela. Mas entenda, ela ainda sim não é o tipo todo sorrisos para todo mundo como eu e você, ela não consegue ser assim. Algumas cicatrizes continuam, sabe - disse. E, assim que terminou sua fala, levantou para desligar o forno e tirar os pãezinhos ovais de dentro da forma. O cheiro fez meu estômago roncar. Aquela manhã foi preenchida de histórias agridoces e pãezinhos doces.


1027 palavras

HP [225/225] | CH [475/475] | ST [0/1]


considerações:

Filler para aquisição de 200 de status, levando em consideração o bônus do evento inverno branco



_______________________

-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLER] how i met your mother 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [FILLER] how i met your mother - em Seg 19 Ago 2019 - 8:31

@

_______________________

[FILLER] how i met your mother ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-


Edição de Natal por Loola e Senko.