>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Luxure
Chūnin
Luxure
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLER] Alvorecer em Família Ddimq210

https://www.narutorpgakatsuki.net/t71736-f-hana-momoko https://www.narutorpgakatsuki.net/t71750-gf-hana-momoko

[FILLER] Alvorecer em Família - 14/8/2019, 13:20

Alvorecer em família


Fazia tempos que não tinha um momento família com sua mãe e também nada informal com suas duas instrutoras. Era justamente por isto que, aquela tarde a garota estava tão animada com a possibilidade de realizar um passeio com todas elas ao mesmo tempo.

Tudo começou alguns dias antes, quando passando nas ruas entre uma missão e outra percebeu na parede alguns cartazes que informavam a respeito de um festival local. A verdade é que ela deveria saber, por fazer parte da cultura na qual ela está imergida, porém, tanto ela quanto sua mãe eram muito alheia às tradições e não acreditavam em nenhum Deus ou nas superstições que as pessoas tanto amam.

Também era isto que ela usava para tentar usar como desculpa para recusar o pedido, mas, como a mesma afirmava para sua mãe em resposta. - Isso não importa, a verdade é que eu só quero uma desculpa para passar um tempo com a senhora. E com estas palavras não havia mãe, salvo as que na verdade fariam, que negassem aquele pedido feito com olhinhos brilhantes. Não importava o quão forte ou o quanto evoluiu, ainda era uma criança pedindo por um pouco de carinho de sua progenitora.

Passariam um longo tempo se arrumando, se iriam, elas queriam ir belas e bem arrumadas. Vamos começar pela senhora que apesar de já estar quase nos seus trinta anos tinha uma aparência extremamente jovem. Mergulhou na vida em busca de dinheiro, mas, não se rendeu aos riscos tentadores e ofensivos que esta vida poderia lhe oferecer.

Vestia um longo kimono negro que entrava em contraste com seus cabelos que estavam, neste momento, com sua coloração dourada original. Seus olhos negro avermelhados em conjunto aos fios curtos deslizados por trás de sua orelha com a mão esquerda enquanto admira-se no espelho entram em uma perfeita harmonia com as flores e linhas de um forte laranja que compõe os detalhes de sua yukata. Longos brincos de metal negro e pedras transparentes que forma paraleleípedos, refletindo as cores em volta assumindo um brilho característico e charmoso que combinam com seus lábios vermelhos.

Quando falamos de Luxure Power Atsui, ela estava com um kimono branco, com mangas longas e grandiosas. Nestas e também no entorno de seu pescoço flores que possui tons entre vermelho e alaranjado, estas também presentes em extremidades seccionadas na parte inferior em sua cintura. Nos seus braços dois laços rosas como seus fios de cabelo preso em um rabo de cavalo e em sua cintura, um grande laço avermelhado como os seus olhos que ardem como brasa refletindo a luz local.

Uma longa saia negra compõe o restante de seu visual, assemelhando-se a uma colegial em sua estrutura, mas não em seu comprimento e em seu volume, como se tivesse enchimento de tule embaixo de si. Brincos medianos de metal prateado, sem muito peso e nenhum strass, batom se um sutil salmão quase ao seu tom natural e unhas feitas que sua mãe quase lhe obrigou a usar em tons sutis de laranja.

Quando as demais duas chegavam estava igualmente chamativas, mais a vontade por estar apenas as duas ali com elas, estavam abertamente de mãos dadas. Os tons cinza e azul, respectivamente das unhas de Rose e Aki combinavam entre si assim como com suas peles, formando uma composição bela quando entrelaçadas.

Aki vestia um traje mais formal, um longo kimono negro, sem estampas ou adereços desnecessários, apenas uma longa faixa branca em seu centro. Batom de tom acinzentado e seus fios curtos em sutil rabo de cavalo, brincos estreitos de metal igualmente acinzentado. Não parecia se sentir muito a vontade com este tipo de situação também, pela forma como se comportava com olhos inquietos procurando para onde olhar.

O nervosismo de Aki talvez fosse por Rose, que, com um chamativo yukata vermelho, com um longo decote, mostrava mais do que deveria talvez. Ou quem sabe sua intenção fosse exatamente provocar Aki. Brincos de argolas grandes e douradas, assim como seu batom, e maquiagem que possuíam certo brilho do tom, apesar de serem primordialmente vermelhos. Cílios postiços e um perfume ligeiramente extravagante.

A priori, aquele era um passeio normal. As quatro chamavam muito atenção, em ênfase a as três mulheres que estavam todas entre 26 e trinta anos, Rose principalmente pelas cores e as duas demais por sua beleza exuberante - isto claramente não excluía Rose. Jogaram alguns jogos como pegar peixes e tiros, Aki destacava-se em sua habilidade com este enquanto as demais tinham mais algo para divertir-se do que competir de fato. O que deixava quase tudo um embate com torcida entre Aki e Luxure ferozmente.

Por outro lado, um pouco daquela paz perdia-se quando um certo tumulto em volta ocorria. O som de alguma briga ocorrendo podia ser ouvido, todas voltavam-se para olhar, entre a multidão, mas sem adentrar nela em direção até pensando em ignorar. Menos Luxure, ela estava curiosa, seus treinamentos eram recentes e ainda era latente a vontade de ajudar se possível como qualquer oficial que zela pela lei recém formado.

Um homem derrubava o outro com um soco e parecia tentar puxar uma mulher para fora, enquanto ela tentava se agarrar ao homem no chão parcialmente inconsciente. Mesmo Aki começou a inclinar-se para se meter, mas Rose segurou sua mão mostrando que Luxure já tinha o feito. Ela queria ver o potencial de sua aluna e também deixar ela se exibir um pouco para sua mãe.

- Ou seu valentão, que porra é essa? Bateu nele por que? Todos voltavam a atenção para a garota que chegava encarando o homem de baixo, com olhos forte e irritados. - Sai fora pirralha, essa mulher me deve e vai pagar nem que com o corpo. O homem ia desviar dela, mas, novamente ela se punha no caminho. - E se eu não tiver afim? No mesmo momento o homem se exaltava dando um tapa com as costas de sua mão no rosto de luxure que balançava seu rosto na direção, mas, seu corpo sequer se movia perto do homem atrás de si que ainda estava no chão após o golpe.

Um sorriso podia ser ouvido, juntamente a um estalar de língua que ela sempre dava em situações que estava mais nervosa. - Bem, estou no meu direito de me defender agora, não podem me culpar por agredí-lo. Minha vez. O homem irritada iniciava algumas falas - Não tem medo de morrer não pirra… Não podia terminar sua frase de dentro da parede rochosa que cercava o local em que estavam. Um soco certeiro na barriga do homem com o kongoken e agora ele estava pondo arco-íris para fora desmaiado.

Não era um ninja, só um arruaceiro com bastante força. Cospe fora um pouco de sangue em sua boca do tapa e começava a caminhar saindo do local, ordenando também aos que eram centro daquilo a saírem. - Tão esperando o que? Ver se ele tem amigos? Tire esse cara daqui e vaza. Diz ajeitando os ombros e retornando para seu grupo. Não pode mentir que gostou do olhar orgulhoso de sua mãe e de suas professoras. Os homens que eram aliados ao agressor não se meteram e nem seriam corajosos o suficiente para fazer. A razão era simples, Aki na verdade já era conhecida por ali e mesmo o agora inconsciente, se tivesse à notado, teria colocado o rabo entre as pernas e não desafiado sua aluna. Erro que custou sua humilhação.

*Só pelos 100 de status mesmo

>> Vestindo <<
.
Data:

425/425 - 250/250 0/4
Mission:


Weapons:
Kunais: 5/5
Shuriken: 3/3
Hikaridama:3/3
Kemuridama: 2/2
Kibaku Fuda: 3/12
Fios de Aço: 2/10m
Makibishi: 2/10



Skills:


Fruto da noite densa
Sou uma vadia, sou uma amante

Sou uma criança, sou uma mãe

Sou uma pecadora, sou uma santa

Não sinto vergonha disso

Sou seu inferno, sou seu sonho

Não sou meio termo

Você sabe que não gostaria que fosse diferente





_______________________

[FILLER] Alvorecer em Família 43597713
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [FILLER] Alvorecer em Família - 14/8/2019, 18:46

@Ok
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.