:: Área de Mudanças :: Centro de Melhorias :: Treinamentos de Fillers
Alvorecer
Arco 04
Ano 17 DG
Verão
A queda do pastor cobrou um preço altíssimo do mundo ninja: o golpe final trouxe ao mundo um tempo de dor e sofrimento; fome e pobreza retornaram às ruas, a violência triplicou, os antigos heróis caíram ou ficaram desacreditados. Mas, um pouco perto do amanhecer, a Hydra, que até então se mantivera em silêncio, mostrou-se das sombras, trazendo oportunidades de emprego e uma esperança para salvar o mundo dessa mais nova calamidade. Líderes ninja não tiveram escolha senão se arriscarem em tratados suspeitos para conseguir manter firmes seus lares e seus soldados. No entanto, os reais planos da Hydra ainda continuam sendo um grande mistério.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Indra
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Biskath
BisKath é jogador do NRPGA desde julho de 2020, tendo encontrado o RPG por meio de pesquisas e começado a jogar nele, sem pausas desde então. É jogador de RPG desde 2013, mas o Akatsuki foi o primeiro de Naruto em que se aventurou. Apenas começou como moderador em abril de 2022, se dedicando as funções da moderação até se tornar administrador em julho do mesmo ano, auxiliando também na avaliação da área de criações. Fora do fórum cursa desenho, pois tem interesse em artes de forma geral..
BisKath#0666
XXXXX
XXXXX
Discord#1234

[FILLER] This is my Queen L Teacher Ddimq210

Luxure
Chūnin
Luxure
Vilarejo Atual
[FILLER] This is my Queen L Teacher Ddimq210

[FILLER] This is my Queen L Teacher - Publicado 8/8/2019, 17:12

Irmãs? Sim. Amigas? ...


Levar uma surra de sua irmã certamente mexeu com sua cabeça, fez-lhe perceber que, se realmente quisesse superá-la, precisaria mais do que estava fazendo, precisaria dedicar-se de verdade. Um ideal sem força é apenas um murmúrio sem propósito, pra rugir com seus propósitos ela precisaria de pelo menos o poder pra enfiar o tal pirulito goela a baixo de sua irmã.

Acordar em um leito de repouso de hospital para se recuperar de suas feridas também era vergonhoso, coisas tão superficiais quase foram capazes de ceifar sua vida. Enquanto chutava as pedras após uma noite longa de sono se sentia medíocre, por outro lado, o local onde estava também era uma oportunidade para que começasse um novo aprendizado.

O nome daquela mulher era Rose, Dalisk Rose. Ela não era dali, podia notar isso por sua pele morena, abrasada pelo sol, abrasada por seus lábios incrivelmente vermelhos e de volume chamativo. Seus fios brancos eram um estranho contraste com as cores vividas de sua face, apenas combinando em sua veste apropriada para aquele serviço de tom azulado, quase branco assim como seus olhos.

Ela tinha um estilo que possui muito em comum com L. Power, com um linguajar aberto e escrachado. Chegando a jovem e dizendo em tons altos mais para alguém de seu ramo, provocavam um frio na espinha de Power com a surpresa da abordagem imediata. - O que ta pegando garota? Dizia ela com uma voz que para os leitores lembrariam muito a dubladora de Queen Latifah.

- Levei uma surra da minha irmã Não sabia a razão de se abrir tão fácil, mas a mulher tinha esta certa aura de confiança. - Eu tentei fazer Bahm! Mas aí não foi e ela Shhh e eu fiz Zuhn! Mas no final nada que eu fiz teve efeito, foi como lutar contra uma espécie de divindade. A mulher fazia uma expressão incrível de que compreendia aquilo, enquanto as pessoas próximas apenas olhavam se perguntando afinal que merda ela estaria falando.

- Você não é muito confiante neh pirralha. Luxure apenas daria de ombros quando ela dizia isso, respondendo com uma voz desanimada. - Eu não sou nada, sou só a filha da puta… literalmente sabe. Ao invés da cara de desprezo de sempre, a mulher parecia se divertir com a informação e soltou uma risada. - Talvez você só bateu do jeito errado, se você conhecer onde bater, basta um golpe

Aquilo parecia muito estranho vindo de uma médica, mas logo Atsui entenderia a razão de ela dizer aquilo. Ela era uma refugiada e vinha originalmente de Kumo, onde tinha tratamentos abusivos de seu agora ex-marido, falecido também. Ela não disse, mas Luxure entendeu que a mais provável assassina era a mulher enquanto ela a levava pra dentro contando um pouco de sua história e entregando um livro para a garota.

- Não é estranho para uma médica me dar um livro de médico para me ensinar a bater em alguém? No mesmo ato um tapa caía sobre sua cabeça, e, apesar do olhar furioso ela respeitaria a enfermeira sem retrucar ouvindo sua resposta. - Quem disse que estou te ensinando a “bater” em alguém, estou te ensinando como ajudar as pessoas, e, se precisar, você pode usar esse conhecimento para ferir alguém

Como era de se esperar, ela detestou aquilo a priori, estudar como o corpo funcionava era entendiante e sequer via algo útil naquele primeiro dia. Por outro lado, sempre ecoava em sua cabeça a surra que levou e no dia seguinte, e no dia depois deste, ela retornou até aquele lugar para continuar aprendendo com ela a respeito do funcionamento do corpo humano.

Com o tempo ela podia responder as perguntas de sua instrutora não paciente com firmeza e clareza, os erros resultam em um tapa em sua cabeça enquanto os acertos em silêncio, ou, um simples muito bem. De alguma forma - Isso não parece muito justo... Mas encarando o olhar da mulher que parecia perguntar se ela tinha algo para reclamar, apenas retornava para seu silêncio sem questionar mais nada. Apesar de não ser só uma questão de medo, como de respeito pela mulher e pelas coisas que aprendia.

- Vamos lá… Diz a garota confiante ao lado de um modelo anatômico humano - No que trata-se do corpo humano há caminhos para analisar o estado de um paciente, seja superficialmente e interiormente, para um socorro devemos nos atentar primeiro aos sinais externos. Manchas escuras vermelhas podem indicar sangramentos dentre outras manchas e seus tons, calombos musculares podem representar fraturas em tendões. Conhecer a anatomia do corpo é a base para um socorro. Se as manchas estiverem acima de zonas cruciais atraso no socorro podem representar a morte da vítimas...

O som de palmas podia ser ouvido enquanto a garota prosseguia em sua explicação, aquele era seu último dia Rose, seu último ato. Ou, assim ela pensava. Aquela apresentação tratava-se de nada senão uma espécie de trabalho de conclusão de curso, a verdade, é que os olhos de ambas estavam marejados como se estivessem se despedindo durante todo ato. Não como uma mãe. mas aquela tiazona que ela nunca teve ela desenvolvia um carinho especial.

- E sobre ganhar a luta pirralha? Ainda pensa nisso? Um breve silêncio para, enquanto a pergunta pega a garota de surpresa. Sempre era punida quando levava os estudos para o lado de agredir alguém, então quando era perguntada sobre isso pensava na possibilidade de alguma piadinha, mas, ainda assim respondia. - Bom, se estiver falando de derrotar alguém, segue o caminho reverso. Se uma mancha avermelhada na artéria a extrema direita da testa significa uma hemorragia interna ou concussão e isto indica que faltam poucos segundos de vida, você pode simplesmente provocar isso focando ali. Um golpe, mesmo que não seja o bastante para um concussão mas que tenha pressão pode desmaiar a vítima. Então se necessário, poderia ser usado. Encarando em dúvida e esperando um tapa, percebe uma expressão que sugeria para que a mesma continuasse. Foi aí que ela entendeu. - Porém… Isto seria algo que eu não usaria contra minha irmã, se eu for derrotá-la… quero fazer isso de frente. Isto, seria para algo mais.

Não precisaria de mais, um abraço apertado era dado entre as duas, elas ainda não sabiam mas aquilo estava longe de ser uma despedida. Ela tinha tomado gosto pela coisa, apenas, lhe faltava informação para que decidisse continuar e demorou a raciocinar que não precisava de pausa naquele treino, seguindo para outros rumos. Mas, isto é história para outro filler, esse é sobre como ela aprendeu anatomia afinal.

- Xau Rose, vou usar bem o que você me ensinou. Beijo na bunda e vê se sai dessa seca mulher, ta muito emotival. Reza a lenda que Luxure ainda corre do tamanco que a mulher jogou nela quando a mesma saía correndo pela porta.

*Tentativa de aprender conhecimento anatômico

>> Vestindo <<
.
Data:
Fruto da noite densa
Sou uma vadia, sou uma amante

Sou uma criança, sou uma mãe

Sou uma pecadora, sou uma santa

Não sinto vergonha disso

Sou seu inferno, sou seu sonho

Não sou meio termo

Você sabe que não gostaria que fosse diferente





_______________________

[FILLER] This is my Queen L Teacher 43597713
[FILLER] This is my Queen L Teacher 100x100

Blackfeather'
Genin
Blackfeather'
Vilarejo Atual
[FILLER] This is my Queen L Teacher 100x100

Re: [FILLER] This is my Queen L Teacher - Publicado 8/8/2019, 17:32

@

_______________________

Live 'til the day that you die ...