>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Silfo
Tokubetsu Jonin
Silfo
Vilarejo Atual
Ícone : Silfo; O Reencontro Shishi10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67985-silfo-hoki-masanobu

Silfo; O Reencontro - Dom 4 Ago 2019 - 17:54

Silfo; O Reencontro Tumblr_n11q1uGK1n1qm201no1_400

Aquela manhã havia sido de extrema importância para o desenvolvimento de Masanobu como um ninja e como um ser humano, ao mesmo tempo que se tornou Chunin, para conseguí-lo teve de enfrentar seu próprio irmão, Gennosuke, utilizando o nome de seu mestre Harame que o traíra cruelmente quando era uma inocente criança, resultando na morte de seu pai. No fim da batalha seu irmão foi mandado ao hospital desacordado, e estaria passando por curas enquanto Masanobu tomava um banho para refrescar sua mente após aquela batalha, seu braço esquerdo ainda formigava um pouco, percebeu naquela batalha a óbvia importância de ter as duas mãos livres para realizar selos de mão e invocar ninjutsus, e naquela situação Masanobu tivera um de seus braços imobilizado por toxinas, restando a ele pouco para fazer, aquilo levou o rapaz a se questionar, não seria possível realizar selos de mão com uma só mão? E sob as águas quentes de seu chuveiro o rapaz fez o selo do tigre com as duas mãos, sentiu que movimento específico o chakra dentro de seu corpo fazia ao receber o comando do Tigre, cada selo tinha essa função de moldar parcialmente o chakra para alguma função, se conseguisse replicar essa função realizando o selo com uma só mão obteria sucesso, lentamente separou duas mãos mantendo o indicador e o médio de cada mão erguidos, as duas metades do selo do tigre, sentia que assim que separava suas mãos o chakra desfazia-se da forma que estava na realização do selo, progressivamente aproximava e afastava os dois "polos" do selo do tigre, utilizando seu grande controle de chakra para medir o quão estava obtendo sucesso, e para guiar o seu sucesso, tendo experimentado o suficiente daquela habilidade resolveu que já era hora de acabar seu banho e ir para o hospital encontrar Gennosuke e ter uma importante conversa com ele.
Arrumou-se e ficou de pé em frente ao espelho, encarava-se nos olhos, não sentia que devia nada ao seu irmão, Harame mereceu ser assassinado e não fazia sentido que seu irmão o idolatrasse, precisava entender isso, saiu então de sua casa e foi caminhando até o hospital, próximo de sua casa, entrou e cumprimentou as pessoas que já o conheciam, foi até a recepcionista e perguntou:
- Oi, gostaria de saber onde está o paciente Hoki Gennosuke.
A recepcionista olhou para ele, já o conhecia e sabia seu sobrenome, mas não fazia ideia de que tinha qualquer família, então seguindo o código perguntou, movida mais por interesse pessoal que profissional:
- E o que você é do paciente Gennosuke? - seus olhos anseavam pela resposta
- Sou irmão mais velho dele, onde ele está? - respondeu com sua seriedade mórbida de sempre.
- Segundo andar na ala de recuperações, leito 28, confira com os médicos se ele já está acordado.
Masanobu sem agradecer subiu as escadas e foi até o local indicado, mas pela janela vira que Gennosuke ainda estava inconsciente, recebendo oxigênio por uma máscara. O rapaz então observou seu rosto mais uma vez, tinha uma cicatriz de corte na bochecha esquerda, cabelo preto e curto, rosto um pouco mais arredondado que o seu, era realmente seu irmão, podia ver a mãe nele. Sentou-se em uma cadeira no corredor daquela ala, enquanto esperava pela recuperação de seu irmão Masanobu voltou a treinar seus selos de mão, já ouviu na academia que certos selos estavam atribuídos a certos elementos, e isso era perceptível no momento de realizar os selos, então com sua mão direita o rapaz começou a criar formas diferenciadas em sua mão, ajeitando os dedos dos mais diversos modos e, de olhos fechados, sentia como seu chakra respondia àquilo, dada sua afinidade em suiton buscou qual selo ressonava melhor com a água, e após muito experimentar chegou a uma conclusão: sua mão com todos os dedos esticados, exceto o indicador que seria posto em baixo do polegar, aquele era o selo em que seu chakra tinha a maior facilidade para tornar-se água. Nesse momento um médico o chamou:
- Ei, Masanobu, certo? Creio que Gennosuke já acordou, gostaria de falar com ele?
Masanobu sem responder levantou-se e foi levado pelo médico até o quarto que seu irmão estava, ele ainda parecia cansado, afinal haviam poucas horas que a batalha ocorrera, quando seus olhos encontraram os de seu irmão mais velho eles brilharam em ódio, era um brilho que Masanobu sabia que também compartilhava, como se sentisse a tensão no ar o médico saiu do quarto, dizendo que queria deixar os dois mais a vontade. Gennosuke cuspiu nos pés de Masanobu.
- Veio aqui pra terminar de me matar como você fez com nossa mãe, seu covarde? Pensei que fosse fugir para outra vila depois de me ver.
Masanobu encarava-o com seriedade, as palavras pesavam.
- Não tenho interesse algum em te matar Gennosuke, nunca tive. Matei nossa mãe porque ela traiu nosso pai, uma das pessoas mais honrosas daquela vila.
- Traidora? Honrosa? - o tom de voz de Gennosuke aumentava, sua raiva era explícita - Nosso pai dava tudo para aqueles corruptos ao invés de alimentar nossa família, Harame nos deu uma condição muito melhor pois tinha coragem de contestar os maiorais, e se tem alguém que é traidor aqui é você! Que abandonou sua família depois de matar o líder da vila, você sabe o que aconteceu depois da morte daquele porco? Caos, diversas milícias tentavam tomar conta de seus territórios, guerra caiu sobre a vila e Harame junto de outros corajosos homens como EU conseguimos acalmar a situação, e então você voltou e matou Harame, para perpetuar o desespero!
Masanobu não acreditava no que ouvia, Harame conseguira distorcer a verdade para toda a família, Gennosuke realmente acreditava que fora Masanobu a matar Izuma? O rapaz incrédulo respondeu calmamente:
- Ele realmente fez todos vocês acreditarem nessa história, é inacreditável... Eu queria muito ter matado aquele pedófilo, mas foi Harame que o matou, você é cego? Ele pôs a culpa em mim para que meu pai fosse sacrificado em meu lugar, assim criando o caos que só ele seria capaz de controlar, além de ter dominado nossa mãe no caminho! Ele culpou uma criança de 12 anos, seu próprio aprendiz, de ter assassinado o líder daquele miserável vilarejo somente para obter satisfação pessoal, e você ousa utilizar seu nome em respeito? Não me surpreenderia se a todo esse tempo ele estivesse envenenando você e nossa mãe para que acreditassem nas besteiras que dizia!
Gennosuke estava chocado, realmente tinha total desconhecimento daquela versão, todo esse tempo via Masanobu como um completo psicopata que por algum motivo obtinha sua felicidade em causar o caos e a destruição, mas olhando nos olhos de seu irmão naquele momento, e tendo lutado contra ele percebeu que aquilo não era a verdade, nesse momento lembrou como sua mãe havia mudado após a vinda de Harame em sua vida familiar, a princípio atribuía a apatia mecânica de sua mãe como reação a perda de seu marido, mas lembrou-se que Harame vivia consumindo um estranho fumo com sua mãe, estaria ele realmente a dopando todo esse tempo? Algumas coisas começavam a ficar mais claras na mente do rapaz, Masanobu voltou a falar:
- Você está em Konoha há quanto tempo? Estava me espionando? E quanto ao pequeno irmão? - enchia-o com várias dúvidas de uma só vez.
- Eu estou aqui há meio ano, sim, vim te espionando e alimentando meu ódio até achar o momento certo para matá-lo, sempre observei seu jeito arrogante, que confirmava minhas expectativas, mas agora não sei mais o que pensar... O pequeno Itto e eu vivemos juntos durante um bom tempo vivendo junto à bandidos, nós fomos separados quando nosso bando foi atacado há 2 anos e eu nunca mais o vi, rezo todos os dias pela saúde dele, enquanto me fortalecia para acabar com a sua – e olhou para a janela, pensativo e conturbado.
- E o que você vai fazer agora Gennosuke? Ainda vai tentar me matar novamente? Vai continuar na vila? - perguntou Masanobu, enquanto seu irmão ainda pensava olhando para as nuvens.
- Eu estou muito confuso, Masanobu, preciso de um tempo para pensar, mas não sei se tenho interesse em manter a vida de um shinobi de vilarejo, para ser sincero só queria encontrar Itto…
Masanobu não compartilhava aquele mesmo sentimento, mesmo sabendo que Itto é seu irmão por parte de mãe nunca conviveu com ele, e ele ainda era a personificação da traição de Harame na visão de Masanobu.
- Entendo. Vou te deixar pensando enquanto se recupera, também vou para casa tentar entender tudo que está acontecendo… Quando sair do hospital, se quiser, passe lá, irmão. - aquela palavra soava estranha, havia anos desde que não a usava.
Os dois irmãos apertaram as mãos, com um clima ainda estranho e ferido, era preciso que os dois entendessem a situação em que passavam, e em breve voltariam a se encontrar. Masanobu teria ido para casa e apagado no sofá da sala, dormindo por horas.

400 ; 500 ; 00|04

Observações:
- Filler e obtenção de qualidade Hábil em Selos (01)
- Total de 1500 palavras.[/quote]

Detalhes do personagem:

- Velocidade: 1
- Força: 0
- Grande Controle de Chakra: Redução de 25% em custos.

Armamentos:
-

Técnicas usadas:



_______________________

-
Blackfeather'
Genin
Blackfeather'
Vilarejo Atual
Ícone : Silfo; O Reencontro 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t72982-fp-amaterasu https://www.narutorpgakatsuki.net/t73004-gf-blackfeather#560002

Re: Silfo; O Reencontro - Seg 5 Ago 2019 - 19:52

@

_______________________

Live 'til the day that you die ...
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.