>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Yahiro
Tokubetsu Jonin
Yahiro
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] A Fuga de Alcatrás YDOvRby

http://narutorpgakatsuki.net

[Filler] A Fuga de Alcatrás - 29/7/2019, 01:15

Desde o momento em que chegou a vila de Kumo nunca entendeu bem os sentimentos que muitos de seus moradores sentiam. Sorrisos, alegria, tristeza, raiva, e muitos outros. Não havia sentido nada, pois durante todos os anos preso naquela cela vazia e úmida tudo o que pode aprender fora sobre a crueldade humana. Por mais que um salvador tenha ido á seu salvamento nunca se sentiu agradecido. Não sabia bem o que era agradecimento. Todo esse tempo passado em meio a vila, e em meio aos seus diversos shinobis nunca se sentiu de fato em um lar. Aquele lugar não era sua casa, aquelas pessoas não eram seu povo, e isso o fazia sentir um vaio em seu interior. Tudo o que queria era ir embora, buscar por algo que preenchesse sua alma, se tivesse uma. Tudo isso o fez decidir-se por uma atitude radical, ir embora e procurar algo que lhe fizesse se sentir vivo, coisa que não estava ocorrendo. Não tinha nada contra a vila, muito pelo contrário. Ela tinha sido um local de repouso, nada mais.

Ainda pela noite, seu corpo repousava sentado sobre seu sofá. Pela hora muitos ninjas estariam em suas casas, e provavelmente a guarda estaria fraca. De forma alguma queria um embate contra alguém, lutar não estava em seus planos, apenas uma saída sem ser percebido. Tinha um plano em mente, este que para ele tinha poucas chances de dar errado devido a tamanho cuidado. Usaria o portão oposto ao principal, para evitar os guardas de lá, e talvez a própria Raikage, o que não descartou em momento algum.

Seus dedos se uniam no instante em que se ergueu do sofá, liberando uma pequena quantidade de chakra por todo corpo afim de modificar sua aparência. Essa era uma das partes de sua tática, modificar seu rosto e suas roupas para não ser reconhecido em um futuro qualquer. Sua bandana que sempre ficava presa ao pescoço simplesmente era deixada sobre a bancada próximo a porta da residencia, pois não a usaria mais. "Já não faço parte deste lugar. Nunca fiz no caso, preciso partir." Nada o prendia ali, e isso o levou a seguir para o próximo passo.

A porta se abriu diante de seus olhos, deixando o quintal da casa a mostra. Não era a porta da frente, mas sim a de trás da casa, cuja ficava escondida por muros. O quintal era mediano, e não tinha como ser visto pela frente. Aproveitou-se disso para não ser visto. Seus pés logo tocaram a grama. Mantinha uma distância de um metro da porta por onde passara, quando seu corpo simplesmente afundou na terra ativando seu byakugan em meio a isso. Submergia a cerca de duzentos metros de profundidade, para somente assim seguir rumo ao portão de saída. Prosseguiu com velocidade, sem alcançar seu máximo para não se cansar desnecessariamente.

Devia ter se passado alguns poucos quilômetros da vila em meio ao caminho, pois a observava agora de muito longe e somente através do byakugan. Como havia imaginado ninguém conseguiu o perceber, e assim sua fuga era efetiva. Suspirava, emergindo do subsolo e vislumbrando a luz do luar iluminando o caminho. Não sentia nada, nada além da paz de estar sozinho e sem ninguém para controla-lo. Queria se manter afastado de tudo, pelo menos por um tempo, até enfim se encontrar. Voltou então a percorrer o caminho, mas agora andando pelas trilhas do país do trovão. O conhecimento sobre o país foi de grande auxilio, para que não se perdesse pelo lugar.

Mantinha seus olhos a toda, nada passava despercebido de seus olhos, agora albinos. Vislumbrava a cerca de quilômetros, tendo noção total do caminho que poderia tomar ou não. Então seguiu, não tinha rumo até então, porém seguia uma trilha pequena porém cheia de pedras. Continuou, mantendo sua aparência falsa e sem sua bandana, para não ser reconhecido. Até então não avistava nenhuma aproximação, nem mesmo tinha dentro de sua área de visão algum ser humano.

As horas iam se passando, e o cansaço começou a aparecer. O terreno já não era mais o mesmo, agora mesclava entre rochas e gramados. Provavelmente estava na fronteira, e provavelmente entre o país do trovão e o do fogo como dizia no mapa mundi que também tinha lido na biblioteca da vila. Com isso decidiu se sentar, precisava descansar um pouco antes de seguir viagem.

Sentado, suspirou, observando o céu estrelado enquanto tomava sua água. "Preciso ir." Já tinha se passado alguns minutos, e o cansaço já tinha reduzido. Caminhou, tomando agora um novo caminho. Após mais algumas horas notou a mudança de terreno, não encontrava mais as rochas, apenas um amontoado de gramados e logo mais uma floresta aparentemente densa. Suspirou, não queria avançar muito pelo seu interior devido a quantidade de animais que podiam ter por ali.

Seus olhos puderam notar alguns deles, e também o caminho mais tranquilo a tomar. Seguiu então pela trilha, que pouco a pouco aumentava seu tamanho e ia até uma bifurcação. Meus olhos iam além daquilo, e logo notavam uma plantação de arroz pela proximidade. Aquilo mostrava que havia civilização pelas proximidades. Focou um pouco mais sua visão, percebendo mais afundo um vilarejo. "Acho que posso ficar por ali, ninguém vai me notar. Tendo isso em mente decidiu prosseguir, indo diretamente até aquele local.

Levou cerca de uma hora e alguns minutos, chegando um pouco cansado ao destino. O vilarejo estava quase vazio, devido ao horário que estava. Olhou de um lado ao outro a procura de um lugar para ficar, enquanto caminhava pelas ruas observando o interior de cada casa em busca de uma abandonada. Uma bem escondida foi encontrada, ficava bem afastado do centro do vilarejo e parecia ser ótimo para servir como esconderijo. Caminhou, chegando rapidamente naquela casa e assim se apossando dela imediatamente. Não sabia o que seria de si, mas esperava que o destino se encarregasse positivamente de sua alma estilhaçada. Foi-se então se deitar, para procurar o que fazer logo pela manhã.

HP: 375/375 / CH: 575/575 / ST 0/5

Adendos:
Considerações:
Palavras: 1003
Objetivo: = 100 Status = 200 mês do up.
Jutsus Usados:
Equipamentos:
- 10 Kunais (Espaço 10)
- 20 Kibaku Fuuda (Espaço 5)
- 5 Hikaridama (Espaço 5)
Vestimentas e Aparência:
Aparência e Vestimentas

_______________________

-
Platão
Chūnin
Platão
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] A Fuga de Alcatrás 2661940-cristiano-ronaldo-do-portugal-foi-elei-100x100-3

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68509-fp#510628

Re: [Filler] A Fuga de Alcatrás - 29/7/2019, 02:28

@

_______________________

[Filler] A Fuga de Alcatrás Giphy
"Peace will never
be won with
violence."
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.