Naruto RPG
Akatsuki
A doce melodia dos ventos atravessando o deserto não era mais querida por absolutamente ninguém. Ele sabia muito bem disso, por mais que odiasse o fato. Concordava que sua vila estava morta há muitos anos, entendia que seu povo sofrera, e, mesmo assim, não entendia como. Parecia um absurdo sem precedentes como uma vila tão renomada como Sunagakure no Sato, organizador do primeiro Chunin Shiken mundial desde a formação das novas nações, havia sido destruída, afundada nos seus próprios desertos, graças a uma única entidade chamada Okina. Mas isso aconteceu. Muitas pessoas inocentes morreram, muitas fugiram, e os vastos desertos dentro de Kaze no Kuni tornaram-se morada de aldeias e mercenários, todos tentando sobreviver na jornada. Muitos ficavam nos arredores com esperança do retorno da gloriosa Sunagakure no Sato, outros porque não eram aceitos em outros lugares e, alguns ainda não tentavam, pois tinham idosos e doentes consigo. Um verdadeiro caos. A economia despencou; começaram os gastos com população, poucos impostos recebidos e mais gastos com mercenários contra outros mercenários. Acreditava que a iniciativa destrutiva de Okina não visava aquelas consequências, mas eram reais e ele precisava enfrentá-las.
Ano: 66DG
Estação: Inverno
Episódio: OFF.
~~~
01 / 06 Neste mês de Junho estaremos no nosso Mês do UP! Tudo em dobro: ryous, status, atributos, missões. Aproveitem esse período para fortalecer seus personagens e chegar até aonde almejam. Mais informações de como funciona neste link.

11 / 04 Tem alguma dúvida pequena que deseja retirar rapidamente? Utilize nosso tópico de dúvidas rápidas clicando aqui.

01 / 04 Olá, é sua primeira vez aqui? Caso a resposta seja sim desejo-lhe boas-vindas. Sugiro que antes de iniciar sua jogatina confira nossas regras e tutoriais e quando se sentir pronto lance sua ficha em inscrições. Nesse mês estamos com uma promoção exclusiva para novos jogadores, um pequeno pacote que concedem algumas vantagens no inicio de sua jornada dentro do RPG, confira clicando aqui.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» [C.J] Yoshihiro
Hoje à(s) 17:52Chwan

» [CJ] Ouki
Hoje à(s) 17:43Chwan

» [C.J] Alchemist Lab
Hoje à(s) 17:28Chwan

» [RP - +18] PUB só resenha e puta.
Hoje à(s) 17:04Chwan

» Silfo; Criação de Técnicas
Hoje à(s) 16:42Chwan

» Evolução Takane guang
Hoje à(s) 16:20Chwan

» [FP] Kei
Hoje à(s) 16:18Chwan

» [C.I] Asami
Hoje à(s) 16:12Chwan

» [B.C] Dante
Hoje à(s) 16:00hx!

» [ RP ] Mãe e Filho
Hoje à(s) 15:22Hachidaime

» M. Ficha - 'Nietzsche
Hoje à(s) 15:14'Nietzsche

» |Ficha Takane guang
Hoje à(s) 14:46Takane



Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo]

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 26/7/2019, 21:58

Relembrando a primeira mensagem :


Evento — A Rebelião.
(01/40)
O céu nublado da vila de Kumogakure só perpetuava o clima mais hostil possível. A neve, e junto a isso, a noite, fatores que poderiam ser anúncio de um grande ataque catastrófico. Raios e trovões poderiam ser ouvidos, de modo como se fosse a fúria dos deuses, retumbante em cada canto da vila, como se caísse sobre os mortais, a punição divina. O clima já não estava legal, somado aos eventos que poderiam acontecer, e que, esses eventos poderiam ser muito mais profundos do que a maioria imagina. A guerra, é algo que todos esperam, mas não é previsível para ocorrer.

No centro da vila, movimentações nas sombras seriam feitas. Ninguém parecia desconfiar de nada, tudo parecia estar em seu período de calmaria. A tranquilidade, o tempo de paz, por mais que houvesse mais fatores externos que ameaçavam pingar sobre a paz, como a tinta numa água. Mas a ideia central estava feita. E a julgar pelos habitantes, nada de anormal estava ocorrendo. Mas, essa era o pano, e movimentações sombrias estavam sendo executadas. Homens se moviam saltando pelos edifícios, outros, andavam sobre a multidão, se infiltrando como se fossem civis, como se fossem moradores da grande vila, mas que não eram.

Talvez aquelas pessoas fossem no fim, clandestinas, talvez fossem apenas pessoas infiltradas. E ninguém poderia afirmar nada. Um grande exame, um grande evento, um grande acontecimento, estaria prestes a começar. Bem escondido, bem a mercê, bem sobre o nariz de todo mundo. E todos estariam cegos para não perceberem. Estava se encaminhando a vila, para o seu grande atentado. Atentado esse que poderia se alastrar como fogo em palha, tão rápido que poderia consumir a vila inteira se não fosse detido, se não fosse parado a tempo. Tempo. Tudo era questão de tempo, tudo era questão de acontecimento.

— Está tudo pronto, Kozuma? — Perguntou alguém, adepto das sombras. Sua figura estavs oculta, pelo simples fato da noite não estar muito visível. O homem permaneceria ajoelhado, esperando uma resposta de Kozuma. O homem, cujo nome estaria contemplativo, demorando-se a responder. — Está. É tudo questão de tempo. Aguardar o momento certo para a execução. — Explicaria, dando uma pequena risada de satisfação com o que iria fazer. — E tudo, tudo será de plena satisfação. Executado e tomado, sem falha, pois nosso clã, o clã Kira, não admite que nossas nobres ações sejam falhas. Tudo deve ser executado como perfeita maestria e com a certeza de que irá dar certo. — Discursaria, observando o céu e erguendo os braços para este, com os cabelos cínzeos falhando ao vento.

[...]

— Então... — Diria o garoto de fios ruivos, observando mais uma vez a vila ao longe, as luzes, as pessoas, o movimento da cidade em plena noite, em pleno clima noturno de paz da Vila da Nuvem. — Iremos fazer o quê? É aquele plano? — Questionaria acerca do que estavam tramando. — Ahh. Meu garoto tolo. Devo repetir novamente tudo que eu disse na reunião de nosso Clã? É óbvio que sim. Porque o lorde Damiyo foi aquele que falhou conosco. Não vamos deixar isso barato. Ele quebrou sua palavra. Vamos devolver! — Diria o homem. E logo o líder se levantaria para erguer os braços aos céus. Como um sinal.

— Avancem meus queridos! Avancem meus filhos! Pois está começando! Todos nós estamos começando a rebelião! — E então, o imenso clã, agora fazia seu ato de rebeldia, o grande castelo do Senhor Damiyo, localizado no centro da vila, como um dos maiores edifícios da Aldeia, agora estava saqueado. Pessoas do Clã Kira, se movimentavam aos montes como um exército. E agora, lá dentro, homens, guardas, foram derrotados, e e pessoas do referido Senhor Damiyo, agora eram feitas de reféns. O Clã também haviam montado uma guarda a frente do castelo tomado, pois agora era de sua posse.

Só restava a vila tomar suas próprias decisões enquanto  a tomada do Clã estava sendo executada. E, se não fossem rapidamente tomadas, poderia acontecer de se alastrar pela vila toda, como uma simples fagulha que poderia se tornar um incêndio. Uma tempestade de fogo. A palha já havia diso acessa. E agora ela queimava indubitavelmente. Caberia aqueles conterem o seu fogo, ou serem queimados por ela, enquanto o vento servirá de fermento para o crescimento.

Considerações:

1. Esse início é um Evento. Significa que terão 48 horas para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Damiyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 FriendlyJoyousGalago-small
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Sem_Título-1

Fama : 0
'Edd
Tokubetsu Jonin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t66540-ficha-p-sozoshi-the-all-knowing#488404 https://www.narutorpgakatsuki.net/t65284-compras-de-tecnicas-sangoku

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 19/8/2019, 19:50


Wicca Izanami
闇の刃

Ainda mantendo sua postura de heroína, Izanami observava com atenção toda a movimentação, e julgava ser o suficiente para provar para os Gennins ali presente, que ela se importava com outras vidas e não deixaria que nenhuma baixa ocorresse debaixo de seu nariz. Dessa forma, quando as luzes faziam o céu clarear, era a hora em que Izanami se preparava ainda mais. Com a técnica que já tinha armado usar caso os raios realmente viessem, ela protegia todos ali no seu círculo de visão, onde ela estava, junto dos outros Gennins, e estendia suas mãos erguendo uma grande flor brilhante e em vários tons variando entre rosa e vermelho, fazendo com que os dragões que descessem, se chocassem contra a barreira, protegendo além de si mesma, os Gennins que estavam junto dela. Izanami provaria seu poder e instinto de heroína ali, perante os inimigos de Kumo, sem hesitar em momento algum. Ficaria com os braços erguidos até os ataques cessarem, e após isso, ficaria na frente do grupo de gennins aguardando os próximos movimentos, sempre atenta para se teleportar a qualquer momento.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Vendo que o Kirin não foi lançado, usei dos meus pontos em Inteligência (pra pensar o óbvio já que possuo o Kirin), para saber que tinha algo errado pela demora, e avistie o grupo (Kurt e Clairo), a nossa direita. Teleportei eu e Zoro pra lá, e como Coringa, deixarei o Shiten para caso a técnica realmente venha, visto que posso usar ele sem necessitar de selos devido a Maestria em Raiton. Basicamente, é isso.
- Gastos: -30 do Heiwa, -50 do Heiwa Form, -200 do Shiten Ōu Nanatsu no Enkan (100 pelo custo original e 100 para proteger da técnica mortal).
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 AB62306DFC4DB7463456050223ED7B10479600A3
Heiwa
Rank --.
Descrição: Heiwa (paz, 平和) é a evolução completa e sem falha do Misutikku. Quando despertado esse doujutsu o usuário permanece com seu livre árbitro para agir, sendo restringido a si próprio somente a adoração aos deuses renegados. Diferentemente do Kaosu, o Heiwa é capaz de conduzir a paz por onde passa e anda, sua aura é tomada por positividade sendo capaz de auto animar ou propagar conforto a todos aqueles que estão a sua volta. Os condutores desse doujutsu carregam a evolução suprema da magia do clã Wicca, sendo considerados magos ou feiticeiras de nível supremo podendo facilmente destruir seus inimigos com a força da natureza. A influência sobre a aura humana torna-se superior, assim como a capacidade de compreende-la. Um membro do Heiwa, caso corrompido por um membro do Kaosu, irá chorar lagrimas de sangue por três noites enquanto parcialmente perderá sua visão, sendo que, na quarta noite, se tornará cego. Poderá, no entanto, recuperar sua visão, lavando seus olhos com o sangue de um membro que seja possuidor do Kaosu. As lendas profetizam que os usuários dessa evolução serão capazes de evitar o apocalipse no mundo.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 EC2A9781BC7B787B48C342B1FC38DABFABF69CDC
Heiwa Form
Descrição: Quando utilizada com o doujutsu Heiwa o usuário recebe a benção dos deuses, se ligando de maneira especial a natureza, canalizando através do seu corpo uma aura que relembra o fogo, como uma representação do fogo da justiça. Seu corpo é coberto por marcas vermelhas, e no meio de sua testa uma perola amarela surge, representando a joia dos deuses, canalizadora da verdadeira magia. Além do mais uma série de relíquias surgem em seu corpo, todas auxiliando a manter a forma dita como perfeita, sua aura em forma de fogo é canalizada de forma perfeita, podendo não apenas revitalizar as pessoas que toca como assumir formas poderosas e distintas. Quando ativo, o usuário ganha mais dois pontos em velocidade e força.
Coringa:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Tumblr_inline_noz3mbubgC1rh9lcd_500
Shiten Ōu Nanatsu no Enkan
Rank: A/S
Requerimentos: Mestre em Raiton, Grande Controle de Chakra, Habilidade em Ninjutsu e Magic Form.
Descrição:  Considerada a melhor das técnicas de defesa criada por Izanami, Rho Aias é uma variação e aprimoramento único da técnica rose quartz ball, funcionando de maneira parecida, mas diferente, dessa vez Izanami infundiu sua capacidade de domínio em raiton a técnica, de maneira como já funcionava o chakra é expelido de uma forma rosa através da palma da mão do usuário — sem nenhum requerimento de selo — quando expelido um tipo de flor rosa se forma na frente do usuário, sem nenhum molde adicional a técnica apenas muda seu formato e permanece a uma defesa de equivalência nível A.

A técnica, no entanto, pode subir ainda mais um nível de habilidade, adicionando o chakra restante para formulação de uma técnica de nível S, Izanami consegue criar um tipo de camada nova na frente da flor, graça a essa nova camada a habilidade ganha ainda mais força e capacidade defensiva, se tornando uma defesa de equivalência a nível S.

A parte final do Rho Aias, e sendo considerada o xeque-mate em defesa de Izanami, é a capacidade de adicionar mais dois moldes de escudo a frente do escudo — visto que para ativar essa parte final, as outras já devem estar ativa — os dois moldes adicional podem ser criados de duas maneiras distintas, sendo a primeira forma através de uma preparação de um turno e o dobro de chakra utilizado em uma rank S, juntamente do Doujutsu de Izanami e sua Magic Form para se formar de maneira instantânea uma defesa de equivalência a nível mortal, podendo defender a tudo.

Ressaltando que apesar dos gastos fragmentados, os gastos serão sempre os equivalentes ao nível da técnica, sendo assim na primeira forma é gasto é cem de chakra, já na segunda mais cem de chakra para assim formar duzentos, na última forma é gasto um adicional de mais trezentos de chakra caso utilize-se de preparação. A primeira forma utiliza de uma barreira e pode defender até rank A, a segunda forma utiliza de duas barreiras e pode defender até rank S, e a terceira forma utiliza de quatro barreiras e pode defender até nível mortal.

HP: 1925 • 1925 | CH: 1506 • 2110 | ST: 04 • 07 | CN: 000 • 400

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 7a0fbee12c424a4edaf9892f7ed7a308

" — Pela horda... !"
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Thumb-101921

Fama : 0
Yagami
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67837-f-wicca-izanami https://www.narutorpgakatsuki.net/t67089-c-t-spell-book#494858

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 21/8/2019, 11:45



ZOROJURO ITO?P05
ø  Névoa, nuvens negras, neve, chuva, um oceano e um frio que governava sobre nosso corpo. O palco da guerra mudava conforme os segundos passassem. Cerrava o punho firmemente atento a quaisquer aproximação que viesse pela retaguarda da moça loira, cavaleira dourada, que nos protegia com seus raios coloridos de um "Bicho eletrico" que estaria por vim. A posição de batalha ainda permanecia, e ainda ficando proxima da Relampago Dourado.
*Marca Hiraishin no ombro
*Atrás de Izanami (@Yagami)
* Ações em tentativas
* Por favor, atenta-se mais aos detalhes. Consegui pegar a kunai que estava nochão?*
 
Health Points 200Chakra Points 200Speed 6 m/s
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 100x100

Fama : 0
Zorojuro
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67774-f-zorojuro#502405 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 21/8/2019, 17:46


Evento — A Rebelião.
(05/40)

Arredores.

As nuvens negras e tempestuosas eram o preludio do fim, o arauto de Kirin, criatura composta de pura energia e que trazia consigo a destruição. Por entre as nuvens, frequentes clarões de energia podiam ser vistos, iluminando as ruas da vila e fazendo a noite parecer dia.
Por entre as nuvens o comensal dos shinobis surgiu, era Kirin, que rugiu, abafando as palavras daqueles que haviam sorrateiramente alcançado o local – Kuroi Pansā –. Após seu rugido, em meio a um último clarão, Kirin desceu dos céus, procurando dizimar os shinobis de Kumogakure em um único golpe.
A figura draconica teria concluído seu objetivo, se não fosse por aquele que em piscar de olhos surgiu em meio a seu caminho. A figura de uma pantera negra, que com seu corpo impediu o avanço de Kirin e com seus dentes atacou o monstro, criando nos céus da vila uma cena épica – Ro-on Owari -.
Inúmeras vozes em coro deram origem a técnica que daria fim a aquele lamentável evento. Os caçadores, que agora tomavam conta do perímetro, fizeram com que a pantera que pairava nos céus liberasse toda sua energia contra a técnica adversária, que sem conseguir resistir, explodiu junto a pantera.
O céu, antes tempestuoso, agora voltará a ser dominado por estrelas, mas essas provavelmente não seriam contempladas e apreciadas por nenhuma alma naquela noite, afinal, o pior ainda não havia passado.
Os poucos inimigos que haviam se aventurado fora do castelo retornaram de imediato quando perceberam a aproximação dos caçadores. Mas antes que os shinobis que até aquele momento lutavam para adentrar ao castelo pudessem perseguir seus alvos, esses foram cercados por grupos de colegas, Jonins e ANBUs, que impediram seu avanço – Parados -.

Castelo.

Poucos conseguiram se infiltrar dentro do castelo, local onde os lordes eram mantidos em cárcere. Mas esses, destemidos, procuravam pelos reféns e não demorariam a encontra-los.
Em meio a um grande salão, os reféns, junto a seus captores, se encontram cercados por runas que haviam sido marcadas a fogo no piso de madeira. Por mais que a vontade em seguir ao socorro de seus superiores fosse grande, os shinobis sabiam que deveriam ter cautela. Os reféns se encontravam próximos demais dos inimigos, as runas eram desconhecidas, todo aquele lugar poderia não ser mais do que uma ilusão ou armadilha.
Os inimigos sorriram maliciosamente para os shinobis, se divertindo com a impotência deles em meio aquele cenário.
De fora do castelo, em grande velocidade, alguns homens surgiram em meio ao círculo delimitado pelas runas – Eles chegaram –. O mais velho dos homens, que se mantinha sentado em um banquinho de madeira, se levantou com certa dificuldade – Ok, já terminados os preparativos. Sigam com o planejado, está na hora de voltarmos ao Cemitério –. Alguns dos presentes realizaram selos, o que de imediato fez as runas cravadas no chão brilharem – Adeus, corja de Kumogakure –.
Em um piscar de olhos o grupo de terroristas e seus reféns sumiram, deixando como única pista as marcas no chão.
Atrás dos jovens, um grupo de caçadores surgiu, portando máscaras animalescas e espadas. O grupo cercou a dupla e impediu que fosse até o local onde antes os reféns se encontravam – Entreguem suas armas e venham conosco, agora –. Os caçadores tratavam os shinobis como suspeitos do que havia ocorrido, e com certa razão. Naquela noite um grupo havia se infiltrado em uma das regiões mais protegidas de Kumogakure e abatido os guardas particulares dos Lordes Feudais. Tudo indicava que aquilo teria sido uma missão realizada com auxílio de informantes, terroristas infiltrados entre os shinobis de Kumogakure. Os heróis que chegaram no local sem serem ordenados, que por um acaso haviam se deparado com a ação terrorista, eram para todos os principais suspeitos naquele momento.
Amargo seria conduzido até o mesmo local onde os demais suspeitos eram mantidos, nos arredores do castelo.

De volta aos Arredores.

A água que antes se encontrava ao redor do castelo foi drenada com auxilio de alguns shinobis mestres no uso de Doton e Suiton. Sem a interferência daqueles que havia materializado as águas em meio as montanhas, a drenagem foi feita rapidamente e sem grandes dificuldades.
Um homem corpulento, obviamente um dos membros do famoso esquadrão da morte de Kumogakure, surgiu próximo aos shinobis que haviam chego ao local de antemão. Ao contrário dos demais caçadores, o homem não trajava máscara, apenas vestia as típicas roupas de seu esquadrão. A face do guerreiro era repleta de cicatrizes, o que lhe conferia uma aura sinistra – Se identifiquem... E me expliquem... O que é que vocês estavam fazendo aqui? –.
O homem, que seria de cara conhecido pelos Jonins, era Silva, um herói, caçador e atualmente líder do esquadrão de interrogatório, ou melhor, de tortura de Kumogakure.
Amargo chegaria escoltado pelo grupo de caçadores – Não há sinal de nenhum dos lordes ou de seus familiares... Esse foi encontrado no salão real, talvez seja um dos homens que auxiliaram o grupo. Não havia nada lá se não um apanhado de marcas no piso –. Silva franziu a testa, ele conhecia a fama de Amargo, simpatizava com ele, mas não seria convencido facilmente – Parece que você não é tão integro afinal, não é mesmo, Amargo? Decidiu se juntar a bandoleiros? Me diga, com quem você agiu... E para onde levaram o Daimyo ?!?! –.


Considerações:
Seguiremos um rumo diferente. Peço perdão se ignorei algumas ações, mas foi necessário para que a gente conseguisse alinhar as histórias.
Os reforços finalmente chegaram, mas esses, na desconfiança de que o grupo de terroristas haviam tido ajuda de shinobis da vila em sua invasão, acabaram por colocarem vocês como os principais suspeitos.
O cenário foi dado, agora é ver como vocês irão agir frente a essa situação tão delicada em que se meteram. Usem bem a personalidade do personagem de vocês, interpretem bem e se divirtam.

Ah, sim, os reféns sumiram, mas acho que no momento vocês tem coisas mais importantes para pensar (insira sua risada diabólica aqui).

Aqueles que sofreram W.O não justificado não serão dados como mortos, mas serão considerados após esse post presos no quartel de suas vilas e para deixarem esse local deverão criar um tópico com o titulo "[Prisão] Interrogatório (seu nome)". Nesse tópico deverão fazer um post com 800 palavras, onde vocês deverão basicamente narrar a captura pelos caçadores (que houve nesse post) e vossos interrogatórios, onde deverão explicarão para os caçadores o que houve nessa noite. Caso exista alguma duvida basta enviar uma mensagem que eu responderei assim que puder.
Vocês estão livres do Episódio.

Tenzou, que teve seu W.O justificado, não precisará fazer o processo acima, mas também está fora do episódio.

Kirin destruído pela técnica coletiva dos caçadores, Kuroi Pansā (Técnica Criada).

Kuroi Pansā:
Kuroi Pansā

Técnica suprema dos caçadores de Kumogakure, considerada uma das técnicas mais difíceis de serem realizadas e dotada de um poder único. Dois esquadrões treinados são necessários para invocar esse jutsu.
A partir de uma expansão de chakra Raiton (Kuroi Kaminari), Suiton e Fuuton a figura de uma enorme pantera negra surge, podendo ser usada ofensivamente ou defensivamente. A junção dos diversos tipos de chakra em um combo é o que torna esse jutsu tão especial. O poder esmagador do chakra Raiton, somado ao poder ofensivo do Suiton e da velocidade natural do Fuuton é o que torna essa criatura única em poder e velocidade.

A pantera negra ainda pode ser usada para dar origem a uma técnica final. Após morder seu alvo e os selos serem feitos, a pantera libera uma carga elétrica absurda no corpo da vítima, fazendo com que essa seja seja destruída por dentro e exploda, junto a pantera, em forma de energia.

Regras Especificas:
1. Esse início é um Evento. Significa que terão 48 horas para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Daimyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.
Fama : 0
[Mestre] Shin
Superior a Kage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67563-npc-novo-horizonte-otsutsuki-shin#500520 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 22/8/2019, 12:48

Temperatura: -20º
HP:337/675
CH: 257/675
ST: 00/05



Reina estava a caminho dos outros ninjas quando sua atenção foi completamente drenada para a briga de gigantes que passou a preencher o céu. Um embate poderoso de trovões negros e azuis preenchia a atmosfera com efeitos luminosos que seriam lindos se não fossem mortais, faíscas voando como fogos de artifício e se consumindo como se fossem dois predadores. Até que o céu clareou e os dois seres de aparência quase etérea sumiram como nunca sequer tivessem realizado tal dança.

Pasma, a jovem genin sequer percebeu quando havia parado de se mover para observar o espetáculo nem o momento que os inimigos misteriosamente despareceram de todos os pontos que ela antes acompanhava. Abraçando sua pelúcia para se confortar, Reina ouviu seu coração bater por cima do súbito silêncio posterior à luta titânica e a mensagem sublinear do verdadeiro pavor do mundo dos shinobis.

Obviamente, ela sequer percebeu quando fora cercada.

Piscando em alerta, Reina reconheceu que todos eram ninjas de sua vila, mas estavam longe de parecer amigáveis. Suas sobrancelhas franziram-se levemente quando eles ordenaram-na a não se mover, mas a garota obedeceu sem questionar. O ar tornou-se frio ao seu redor a medida que os veteranos a julgavam e isso indicava que seria difícil faze-la falar qualquer coisa.

Dito e feito, a criança bastou-se em encarar gélida os novos companheiros, pretendendo responder com frases curtas e objetivas qualquer inquisição.

- Parece que chegaram os atrasados - Ela comentou monotônica com sua pelúcia, sem alterar alterar sua expressão ou abaixar o olhar dos adultos.



Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:

-
Considerações:
*Reina se encontra a 25 metros de longitude do castelo, torno de 30m acima deste.


_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 FbX8UeC
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 NsWGVLz

Fama : 0
Ch3rry
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 23/8/2019, 00:37



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

O cenário apresentado nos céus da Vila Oculta da Nuvem após o sucesso em confrontar o seu adversário era ostentado com uma quietude absoluta. Era como se tudo a sua volta tivesse congelado e a vizinhança em silêncio. Aquelas mães que estivessem dando à luz naquele momento talvez fizessem com que seus filhos fossem eternamente sortudos, algo que Amargo estava sentindo falta naquela sua missão. – Isso é uma merda... – Deixava escapar ao confirmar o insucesso em alcançar os reféns. "O que foi isso? Movimentar um grande número de reféns em um passe de mágica requer muita habilidade, assim como eu o responsável deve possuir uma grande reserva de chakra."  

Amargo só não pôde ir mais longe em seus pensamentos devido à interrupção forçada de um colega de atividade dentro do vilarejo. – Entregar minhas armas... Isso parece arriscado, não?! – Retrucava, mas atendendo ao pedido. Depois que todos os itens fossem entregues o membro do clã Senju colocaria sua mão no bolso direito de sua calça e tiraria o tecido vazio para fora, indicando aos seus interrogadores que não teria mais nada para entregar, era o seu lado brincalhão falando mais alto. – Satisfeitos? – Iria acompanhá-los em seguida. – Afinal de contas vocês demoraram para chegar, depois que eu e o meu colega fizemos todo o trabalho duro ficou fácil pra vocês, não é mesmo? Grande entrada vocês fizeram. – Falaria cada vez mais em tom de brincadeira até que chegassem ao destino final.

[Inicio do Flashback]

Uma caminhada até a frente daquele estabelecimento foi feita no intuito de tomar um ar, recuperar o fôlego e as energias a fim de esquecer a sensação que aquela bandeira o trouxe. Foi ali, no entanto, que pôde confirmar a vizinhança em grande aglomeração fora de suas residências, todos eles pareciam encarar o mesmo local e muitos choravam em sinal de preocupação com o cenário apresentado. Amargo também pode reconhecer o destino daqueles olhares, não restavam dúvidas. – É o Castelo do Daimyo, ele está sendo feito refém. – Dizia um membro da força Tokubetsu dentro do vilarejo. – Amargo-sama, acho melhor você ir investigar. – Completava. – Sim, eu farei isso. – Respondia, tateando a vestimenta em seu corpo e conferindo todos os armamentos básicos necessários para o andamento de uma missão, ainda que não soubesse ao certo do que se tratava.

[Fim do Flashback]

Após uma rápida lembrança do momento que o havia levado até os limites do Castelo, Amargo poderia responder a pergunta com mais segurança. – Como um aspirante a herói esse tipo de pergunta me ofende, sinceramente, mas eu ainda colocarei um sorriso no rosto e o responderei da melhor maneira possível. – Começaria. – Eu estive retornando de uma missão, totalmente recuperado e crente que iria poder tomar um banho nas fontes termais quando fui avisado por um Tokubetsu de uma invasão acontecendo e resolvi vir para cá. Podem acreditar, eu sou o mocinho aqui. – Responderia, mudando para um semblante sério ao final de sua resposta. – Para aqueles que ainda não me conhecem, eu sou Amargo Senju Caramelo, Jōnin de Kumogakure no Sato. A minha única relação com os responsáveis por essa invasão é que agora eu tenho a vida de dois deles em minha mão e do núcleo, futuramente, com a ajuda de todos. – Encerraria confiante que suas palavras alcançassem aqueles que duvidavam do seu caráter.

Considerações:

Post para descanso.

Jutsus usados:

Item [ENTREGUE]:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas [ENTREGUE] escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1744/2275 STM: 02/06
feito por @MilkWho

_______________________

MODERATOR MODE
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 17150512201064
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

Fama : 24
Hachidaime
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67215-f-p-amargo-senju-caramelo#495740 https://www.narutorpgakatsuki.net/t63041-compras-nabuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 23/8/2019, 23:07


Wicca Izanami
闇の刃

Todo o sufoco era interrompido pela chegada dos "heróis" de Kumo. Outrora chegassem mais cedo, facilitaram muito a vida de quem já estava ali, eliminando uma técnica já de imediato e salvando os reféns. A agilidade impressionava Izanami, embora a velocidade em que chegaram deixaram a Jonin um pouco irritada. Um deles pairava próximo de onde Izanami estava com os Gennins, questionando quem eram eles, dando a entender que suspeitavam dos heróis ali anteriormente presentes. — Como assim? Me chamo Izanami, e nós estamos lutando para salvar os reféns, mas acabaram de fazer isso... Não temos nada a ver com esses demônios. — Olhava para cada um dos Gennins, pensando que estavam todos assustados devido a tanta coisa. Izanami era bem mais velha que eles, por isso, tinha tamanha preocupação.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Só interagi.
- Gastos: -30 do Heiwa.
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 AB62306DFC4DB7463456050223ED7B10479600A3
Heiwa
Rank --.
Descrição: Heiwa (paz, 平和) é a evolução completa e sem falha do Misutikku. Quando despertado esse doujutsu o usuário permanece com seu livre árbitro para agir, sendo restringido a si próprio somente a adoração aos deuses renegados. Diferentemente do Kaosu, o Heiwa é capaz de conduzir a paz por onde passa e anda, sua aura é tomada por positividade sendo capaz de auto animar ou propagar conforto a todos aqueles que estão a sua volta. Os condutores desse doujutsu carregam a evolução suprema da magia do clã Wicca, sendo considerados magos ou feiticeiras de nível supremo podendo facilmente destruir seus inimigos com a força da natureza. A influência sobre a aura humana torna-se superior, assim como a capacidade de compreende-la. Um membro do Heiwa, caso corrompido por um membro do Kaosu, irá chorar lagrimas de sangue por três noites enquanto parcialmente perderá sua visão, sendo que, na quarta noite, se tornará cego. Poderá, no entanto, recuperar sua visão, lavando seus olhos com o sangue de um membro que seja possuidor do Kaosu. As lendas profetizam que os usuários dessa evolução serão capazes de evitar o apocalipse no mundo.
Coringa:

HP: 1925 • 1925 | CH: 1476 • 2110 | ST: 04 • 07 | CN: 000 • 400

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 7a0fbee12c424a4edaf9892f7ed7a308

" — Pela horda... !"
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Thumb-101921

Fama : 0
Yagami
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67837-f-wicca-izanami https://www.narutorpgakatsuki.net/t67089-c-t-spell-book#494858

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 24/8/2019, 16:00



ZOROJURO ITO?P07
ø De repente, uma criatura que mais se aparentava um felino, de luzes escuras, combatia ao dragão branco em um embate elétrico, onde ambos explodiam afastando as nuvens negras que fazia aquelas região chover/ nevar (?). A rosa da moça Relampago fora desfeita, e com o sumiço daquelas criaturas, os Shinobis de alto escalão de Kumogakure apareciam no palco daquela mini guerra. O homem fazia a frente e perguntava ao grupo o motivo de estarmos ali, me recuei a um passo ficando atrás de Izanami, a minha timidez e medo me fizeram recuar. - S-Sou Zorojuro, o titeriteiro... Vim por... - Na verdade eu não sabia o porque de estar ali, se me lembro bem, corri em direção contraria das pessoas que me levou até esse local, onde uma encenação trágica estava acontecendo. -Estou aqui por que estava por cumprir meu papel de Ninja de Kumo. - Falava em baixo tom olhando para baixo, pensando em como eu estaria nesse lugar tão perigoso sendo Gennin.

*Marca Hiraishin no ombro
*Atrás de Izanami (@Yagami)
* Ações em tentativas

 
Health Points 200Chakra Points 200Speed 6 m/s
[
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 100x100

Fama : 0
Zorojuro
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67774-f-zorojuro#502405 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 24/8/2019, 17:57


Evento — A Rebelião.
(06/40)


O grupo foi finalmente reunido em frente ao castelo do senhor feudal, local onde agora trabalhavam diversas unidades de shinobis. O esquadrão canino, um esquadrão especial formado por shinobis cujas habilidades descendiam dos Inuzuka de Konoha, foi chamado, assim como o esquadrão de inteligência, com diversos homens e mulheres especializados em aquisição de informações relevantes. O local se transformou aos poucos em uma verdadeira zona de investigação, com shinobis coletando evidencias e interrogando as poucas testemunhas que haviam.
Silva permaneceu apático diante das respostas que obteve e ao final do discurso de todos, ouviu um de seus aliados que cochichou algumas palavras em seu ouvido – Ok... Levem eles até a Rocha, lá poderemos dar segmento a isso e descobrir se o que dizem é verdade ou não –. Ao comando de Silva dois esquadrões de caçadores se colocariam ao redor dos suspeitos. Os caçadores e Silva escoltariam o grupo até a fortaleza secreta de Kumogakure, a Rocha, local onde os mais terríveis criminosos da história eram interrogados e mantidos.
No caminho até a fortaleza o grupo passaria pelas principais ruas de Kumogakure, onde um mar de civis aguardava por mais informações a respeito do incidente. As pessoas abriam espaço para os caçadores passarem e olhavam com desconfiança aqueles que eram levados pela ANBU quase como prisioneiros.
Silva ignorou as constantes perguntas e lamentos que vinham da multidão e seguiu até uma área da vila onde nem mesmo a elite era permitida entrar. A rocha, um enorme pico rochoso cujo perímetro era isolado por guardas mascarados, logo pode ser contemplada pelo grupo.
Quando todos passassem pelo monumental portão de ferro que era localizado na base do pico, o mesmo se fecharia, trazendo certa sensação de angústia aos shinobis. A baixa temperatura da fortaleza atingiria até mesmo os ossos dos guerreiros, fazendo com que seus corpos involuntariamente passassem a tremer, uma tentativa natural, mas ao mesmo tempo ineficiente de seus organismos de se aquecer.
A medida que atravessavam os corredores da Rocha, selas com portas de ferros poderiam ser vislumbradas. Aqueles que se encontravam dentro das selas gritavam, conversavam delirantemente com as paredes, mostravam sinais de uma inconfundível perda de sanidade.
Cada um dos shinobis foi conduzido a uma sala diferente, uma tática de interrogatório que provavelmente iria desestabilizar alguns dos suspeitos. Dentro dessas salas, (pequenos cubículos rochosos cuja única entrada e saída seria uma porta de ferro) os suspeitos seriam colocados e aguardariam alguns minutos até que Silva surgisse diante deles.
O mestre na arte do interrogatório, fazendo uso de clones, entraria simultaneamente nas quatro salas e ficaria frente a frente com os guerreiros. O herói, apático, olharia nos olhos de todos e faria a mesma pergunta – Conte-me sobre o que aconteceu hoje e tente não poupar detalhes, sua liberdade depende do que me disser –.


Considerações:
Ao redor do castelo foi estabelecido um perímetro, um cordão de isolamento, onde apenas os shinobis da elite são permitidos entrar. Uma investigação de proporções que vocês provavelmente nunca antes viram igual se instalou. Cachorros farejam e procuram por pistas, especialistas na leitura de mente vasculham as memórias daqueles que se encontravam próximos ao local, etc.
Voces são cercados por um total de nove pessoas, dois grupos da ANBU (compostos cada um por quatro shinobis) e Silva, e então escoltados pelas ruas de Kumogakure até A Rocha. As ruas estão repletas de pessoas que anseiam por saber o que houve no castelo do senhor feudal e essas começam a olhar vocês com certa desconfiança.

A aura que se instala na fortaleza chamada de A Rocha é a de pura insanidade. A temperatura, o estado dos prisioneiros, tudo contribui para que até mesmo os mais experientes dos guerreiros caiam em desespero e sejam tomados pela loucura.
Aqueles que não realizarem uma narração convincente do como atravessaram os corredores da fortaleza sem perder a sanidade sofrerão consequências no próximo post. Podem usar qualidades, experiências (do on game, que já tenham realmente vivio em RP), arquétipos e até mesmo defeitos para construir uma narrativa legal.

Regras Especificas:
1. Esse início é um Evento. Significa que terão 48 horas para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Daimyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.
Fama : 0
[Mestre] Shin
Superior a Kage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67563-npc-novo-horizonte-otsutsuki-shin#500520 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 25/8/2019, 16:36

Temperatura: -10º*
HP:472/675 (Recuperados 20% pelo descanso)
CH: 392/675 (Recuperados 20% pelo descanso)
ST: 00/05


Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 NOzo5Pr

Reina foi guiada em uma escolta rígida junto dos outros shinobis que ela havia visualizado anteriormente. Já passava de seu horário de dormir e após os efeitos da adrenalina ela não estava com o melhor dos humores com todo o acontecido, afinal, eles eram as vítimas ali. Ainda sim, a garota não encontrou forças ou paciência para protestar com aqueles adultos grandes e gelados, e logo passou a caminhar tranquilamente enquanto observava as estrelas do agora límpido céu.

Em meio ao burburinho que ecoava a medida que eles caminhavam - o que ressaltava outra vez a imagem de vilões que lhes havia sido atribuída - Reina sentiu-se congelar por meio segundo quando o borrão de dois olhos num tom de gelo atravessaram sua pele e lançaram um calafrio por toda sua nuca. Ela não tinha certeza se havia sido real ou efeito do sono, mas pensou ter visto sua mãe no meio das expressões de julgamento na multidão. Não havia sentido Seira estar fora de casa com o frio que estava fazendo, mas a criança não teve tempo de confirmar quando os seus captores não tardaram a força-la a continuar em movimento.

Apesar de Reina já estar mais que acostumada com os murmúrios ecoando em suas costas, a ideia ser taxada como desordeira de repente pareceu muito pior do que há segundos atrás e as estrelas muito menos atraentes. Abraçando sua pelúcia com força, ela se recordou que usar seus poderes de gelo nunca trazia nada além de desgraça.

Antes que pudesse perceber, já estava na frente de uma grande fortaleza de pedra cujos rumores até então pareciam exacerbados. Eles realmente haviam sido levados para uma das maiores prisões do país? Dividida entre achar engraçado ou ridículo, ela foi silenciosamente conduzida para as celas monocromáticas e apertadas onde as histórias de prisioneiros terríveis haviam se originado. Separada de sues companheiros ninjas, a jovem Genin foi deixada aguardando sozinha num quadrículo murcho cujo frio provavelmente incomodaria qualquer um que não estivesse tão acostumado com as carícias do gelo quanto ela.

Apesar das situações adversas, Kiri era quentinho e macio em seus braços e garantia à Reina uma segurança incomum para com toda aquela situação. Tão quão ela se sentou naquela jaula imunda, todo seu cansaço e o horário avançado da noite atingiram a garota como um raio, fazendo com que suas pálpebras se fechassem como a criança que ela realmente era. Caindo num sono leve e apoiando sua cabeça no algodão de sua pelúcia, Reina aproveitou os minutos que lhe foram oferecidos para um descanso leve.

Após algum tempo que a menina teve dificuldades em calcular pelo devaneio de seu sono, Reina foi incomodada por um barulho que indicava que não estava mais sozinha na sala. Esfregando os olhos com pesar, ela forçou-se a ficar ereta e encarar o adulto mal humorado que vinha prestar-lhe uma visita.

- Conte-me sobre o que aconteceu hoje e tente não poupar detalhes, sua liberdade depende do que me disser – O homem disse impassivo, sem dar-lhe tempo de acostumar com a luz que dilatava suas pupilas.

Em meio à um pequeno bocejo, Reina ignorou a presença do homem e comentou baixinho com sua pelúcia, que flutuava com a ajuda de seus fios de chackra.

- Eu sei Kiri, eles estão pegando até crianças de oito anos... - O boneco deu um cambalhota no ar, indignado. Reina parecia entender a linguagem do silêncio que ele utilizava - ... Sim, eles devem estar desesperados... Ou doidos.

Após sua sessão de sussurros com o boneco, a jovem fitou o homem com uma expressão em branco, sentindo o ar esfriar ao seu redor outra vez. Se antes o frio servia para intimidar os prisioneiros, agora ele poderia muito bem ser descrito como o contrário.

- Reina, genin. - sua voz prosseguiu sem alterações de tom - Estava barulhento. Fui olhar. Vi inimigos. Ataquei. Teve uma luta no céu. Chegaram alguns ninjas que certamente não sabiam diferenciar inimigos, provavelmente pela incompetência do atraso.

Ela deu uma pausa, mantendo seu olhar fixo em seu carrasco.

- Fui trazida pra outro lugar barulhento e perdi meu horário de dormir.



Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:

Chakura no Ito
Descrição: Chakura no Ito é uma técnica que normalmente é usada por manipuladores de marionetes que lhes permite controlar suas marionetes em batalha. Uma vez que estes fios são feitos de chakra muito concentrados, eles podem ser vistos por pessoas além do utilizador. Curiosamente, assim como puxar objetos em direção a ele com os fios, o usuário também pode "empurrar" objetos para longe dele, e até mesmo parar objetos em movimento como serras. O chakra também pode ser transferido através dos fios, para ativar algumas habilidades nas marionetes. Os fios de chakra também podem ser anexados a outros objetos, permitindo ao usuário controlar, ou pelo menos atrapalhar outras coisas. Em um exemplo, Kankurō usou os fios de chakra para fazer Naruto Uzumaki tropeçar quando eles se conheceram. Em outro, Chiyo usa os fios de chakra para controlar uma pessoa como se fosse uma marionete. Um usuário habilidoso pode suprimir o chakra ao ponto de que os fios se tornem invisíveis, como Chiyo fez com o Sōshūjin para esconder um fio para conectá-lo à cauda de ferro de Hiruko. Kankurō mostrou a habilidade de anexar seus fios de chakra para aqueles de outro usuário. Esta técnica é limitada a um fio principal por dedo para os seres humanos normais, mas o núcleo modificado de Sasori foi capaz de emitir fios suficientes para controlar mais de cem marionetes.
Considerações:
*Como mudamos a localização, resetei a contagem de temperatura considerando pela narração que ela estava torno de 0º (-10 pelo clã). Caso esteja incorreto só avisar que eu mudo, mas peço que seja especificado na próxima vez <3


_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 FbX8UeC
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 NsWGVLz

Fama : 0
Ch3rry
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 26/8/2019, 16:13



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

A corte agora estava completa. O rei, aquele que tomava a frente de tudo, os príncipes, sua guarda pessoal e responsáveis pela escolta do grupo e os bobos, aqueles que estavam sendo guiados com uma suspeita sob suas cabeças. "Isso só pode ser uma brincadeira de mau gosto e daqui a pouco eu irei acordar todo mijado com esse sonho."

Ao entrar pela porta indicada Amargo foi prontamente tomado pela baixa temperatura, preocupando-o para um possível choque térmico. A respiração estava vacilante. Imediatamente começaria a procurar por algum ar condicionado que pudesse ser desligado ou um freezer aberto que pudesse fechar e aumentar a temperatura. – Alguém, por favor, pode desligar a fonte desse frio? – Perguntaria, sem esperar que fosse atendido. Seu pé afundava no terreno de neve. Claro que não era neve, não estava no pólo norte. Aquela sensação o obrigava a colocar maior força em seus membros inferiores para que pudesse driblar o peso imaginário que carregava em suas pernas. Seu corpo tremia como se fosse entrar em erupção a qualquer instante e os seus braços não poderiam ser usados para esquentá-lo, afinal de contas, só tinha um, a alternativa seria acelerar os movimentos como uma maneira de fazer o seu corpo parar de se contorcer.

Ganhando cada vez mais espaço em meio aquela verdadeira fortaleza, apesar das dificuldades enfrentadas, Amargo podia escutar o que parecia serem prisioneiros. Era imoral. Repugnante. O membro do clã Senju não conseguia imaginar uma condição mais precária e horrível do que aquela que aqueles homens estavam enfrentando, abrigando milhares de homens e mulheres condenados a morrer enlouquecidos, como indigentes. Não importava que fossem criminosos horríveis, nenhum ser vivo merecia esse final. Colocando sua consciência a frente de suas dificuldades, o Kumonin poderia pela primeira vez dentro daquela construção sentir que estava firme e forte.

Na sala de interrogatório, por mais que estivesse sendo tratado como suspeito por um crime de proporções extraordinárias, ainda assim podia sentir que o seu tratamento ainda era melhor do que aqueles que passavam dia após dias encadeados ali dentro. – Aconteceu que eu tomei uma surra de um fanático, fui lançado por um penhasco de não sei quantos metros, consegui vencer e sair ileso, retornando para casa eu vejo que o castelo da autoridade maior do nosso vilarejo está sendo atacado, procuro ajudar e ainda tenho que ter o meu nome levantado como suspeito? Cadê os membros da inteligência para apurar essas informações? O senhor está perdendo seu tempo com pessoas inocentes enquanto os verdadeiros inimigos estão ganhando cada vez mais terreno fora do nosso vilarejo. – Amargo se mostraria impaciente por estar entre os alvos que não trariam uma resposta que agregasse valor. – Cadê o Divã? Aquele sofá-cama que a gente deita e o profissional começa a entrar dentro da nossa cabeça com suas poderosas palavras... Eu posso deitar, deixo você pesquisar fundo na minha cabeça, só vamos acabar logo com isso o mais rápido possível. – Prontificaria-se a colocar um fim naquilo tudo.

Considerações:

Post para descanso.

Jutsus usados:

Item [ENTREGUE]:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas [ENTREGUE] escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1744/2275 STM: 02/06
feito por @MilkWho

_______________________

MODERATOR MODE
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 17150512201064
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

Fama : 24
Hachidaime
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67215-f-p-amargo-senju-caramelo#495740 https://www.narutorpgakatsuki.net/t63041-compras-nabuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 26/8/2019, 22:21


Wicca Izanami
闇の刃

A situação que ocorria ali era de fato esquisita. As respostas dos membros de Kumogakure parecia não agradar o interrogador, e isso deixava Izanami um tanto quanto incomodada. Parecia ter perdido a batalha, e aquilo fazia seus nervos ficarem completamente agitados, pois a garota não aceitava a derrota de forma alguma. Vendo todo o perigo ali, mesmo que fossem do mesmo Vilarejo, aqueles que apareceram de última hora pareciam não hesitar em matar qualquer um deles ali. Izanami iria presar pela vida dos Gennins, Zoro e Reina, pois Amargo parecia ser bem mais experiente até que a própria Jonnin. Quando os ANBU eram chamados, Izanami tentaria manter a calma, e pensar na forma que tentaria ir atrás dos vilões, para que Kumogakure não saísse perdedora daquele evento caótico. "A Rocha? Mas que diabos é esse lugar? Eu evitei tanto Kumogakure, e achei que isso ia me prejudicar, mas pelo visto..." Pensava consigo mesma, enquanto seguia o grupo, sem ter outra escolha. Poderia usar o Hiraishin, mas isso poderia trazer sérias consequências, já que o homem mal acreditava nas palavras ditas pelos heróis de verdade.

A caminhada até o local era longa, e mais que isso, era os incômodos olhares dos moradores, que olhavam com desconfiança e desprezo para Izanami e seu grupo. Ela ficava totalmente atenta nos Gennins, para saber como iriam se comportar. Parecia que Reina não tinha tanta dificuldade com o frio, visto que fazia parte de seu sangue. Izanami usava seu Dojutsu para transpassar paz para seus aliados, e fazer com que suas atitudes não desencadeasse algo problemático ali. Para lidar com o frio, Izanami apenas se concentrava no feito maior, que era a salvação de Kumogakure, e tentaria encarar aquela situação como necessária.

Logo, chegavam ao local, que se fechava de forma que somente pessoas escolhidas a dedo pudessem entrar, pela forma como tudo era trancafiado e guardado. As selas que faziam parte do ambiente, deixava Izanami um pouco incomodada, já que os que estavam dentro delas não tinham um pingo sequer de sanidade mental, e agiam de forma pior, um mais louco que o outro. Aquilo mexia com o íntimo da garota, que ficava preocupada com aqueles que outrora estava protegendo. O grupo era separado, e colocado em uma sala. Antes que perdesse o grupo de vista, não deixava de os confortar. — Façam o que pedir. Kumo precisa da gente. — Então, entrava na sala com o homem. "Conte-me sobre o que aconteceu hoje e tente não poupar detalhes, sua liberdade depende do que me disser". Então, Izanami fechava os olhos, e desativaria seu Dojutsu. Mentalizava com calma, e logo, começava a falar. — Bem, isso foi algo muito repentino. De repente tudo estava caótico, e reféns estavam presos no castelo, e ninjas estranhos e foi essa confusão toda. Quando soube disso, imediatamente parti, e durante o caminho foi me dito sobre a ausência de Arthuria. Isso me deixou ainda mais preocupada, então, fui de imediato. Quando começaram os ataques, a primeira coisa que fiz foi ir de encontro aos Gennins, e ajudá-los a se salvar, onde pude defendê-los, ainda bem... Infelizmente não pude defender todos, e me considero falha por isso. Nesse exato momento, estou sendo corroída pelo meu orgulho, pensando que aqueles malditos estão livres, e provavelmente estão armando algo contra nós. Acho que o único detalhe que não posso deixar de te dizer, é que não somos o que pensam. Me chamo Wicca Izanami, sou Jonnin de Kumogakure. Eu poderia sair daqui em um instante, mas prezo pela justiça e paz. Meu objetivo nesse mundo, é protegê-lo, custe o que custar. Se isso tiver que valer minha vida, estarei pronta para servir, e ser a heroína desse mundo. — Ao terminar a frase, cerrava seus punhos, olhando para os olhos do homem, demonstrando em toda sua expressão facial, sinceridade e determinação, não deixando de demonstrar nenhum sinal disso, já que era totalmente impulsionada pela justiça.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Só interagi, e usei a personalidade e arquétipo de heroína da minha personagem para esboçar todo o sentimento dela, com base nesses dois fatos.
- Gastos: -30 do Heiwa.
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 AB62306DFC4DB7463456050223ED7B10479600A3
Heiwa
Rank --.
Descrição: Heiwa (paz, 平和) é a evolução completa e sem falha do Misutikku. Quando despertado esse doujutsu o usuário permanece com seu livre árbitro para agir, sendo restringido a si próprio somente a adoração aos deuses renegados. Diferentemente do Kaosu, o Heiwa é capaz de conduzir a paz por onde passa e anda, sua aura é tomada por positividade sendo capaz de auto animar ou propagar conforto a todos aqueles que estão a sua volta. Os condutores desse doujutsu carregam a evolução suprema da magia do clã Wicca, sendo considerados magos ou feiticeiras de nível supremo podendo facilmente destruir seus inimigos com a força da natureza. A influência sobre a aura humana torna-se superior, assim como a capacidade de compreende-la. Um membro do Heiwa, caso corrompido por um membro do Kaosu, irá chorar lagrimas de sangue por três noites enquanto parcialmente perderá sua visão, sendo que, na quarta noite, se tornará cego. Poderá, no entanto, recuperar sua visão, lavando seus olhos com o sangue de um membro que seja possuidor do Kaosu. As lendas profetizam que os usuários dessa evolução serão capazes de evitar o apocalipse no mundo.
Coringa:

HP: 1925 • 1925 | CH: 1446 • 2110 | ST: 04 • 07 | CN: 000 • 400

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 7a0fbee12c424a4edaf9892f7ed7a308

" — Pela horda... !"
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Thumb-101921

Fama : 0
Yagami
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67837-f-wicca-izanami https://www.narutorpgakatsuki.net/t67089-c-t-spell-book#494858

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 28/8/2019, 21:41


Evento — A Rebelião.
(07/40)


Interrogatório de Reina Kozue.

Em frente a mais nova dos integrantes do grupo de suspeitos, o interrogador, sentado, escutou tudo que ela tinha a dizer e então abriu um ligeiro sorriso. O homem então enfiou sua mão no interior de sua bolsa e tirou de lá um pequeno pacote de ração militar e uma chave de ossos, que jogou em direção a garota antes de pronunciar suas únicas palavras naquela sala, proferidas com uma estranha comoção – Você devia guardar isso com cuidado. Os guardas desse local podem não ser tão compreensivos quanto eu -. Após o ato o clone se levantou, deixou a sala e explodiu em fumaça.

Interrogatório de Amargo Caramelo.

Em frente a Amargo o homem manteve sua seriedade, mas não podia deixar de se divertir internamente com as tentativas do jovem em provar sua inocência. Quando o próprio Amargo comentou sobre permitir que vasculhassem sua mente, Silva lamentou – Isso felizmente não será necessário -. O interrogador, aparentemente entediado, se levantou, deu as costas ao shinobi e foi em direção ao portal de ferro. Emf rente ao portal Silva exitou por um segundo antes de iniciar uma sequencia de selo com uma de suas mãos. Tendo realizado a sequencia de selos, a mão direita do guerreiro, dotada de uma coloração estranha e repleta de marcas de queimadura, foi então em direção a superfície rochosa da sala.
O chakra de Silva tomou toda a parede da sala em questão de segundos e após o feito o homem voltou a se virar para Amargo - Eu isolei acusticamente a sala, mas a técnica não durará muito tempo... Não me agrada a situação em que vocês se meteram e nada posso fazer se não alivia-los do fardo da tortura. Como você já deve ter imaginado, os criminosos que agiram essa noite tiveram auxilio de alguém com grande poder e influencia dentro da vila... Não é qualquer um que possui acesso ao senhor feudal... Seja quem for que os estiver ajudando, essa pessoa também esta fazendo o possível para lhes incriminar -. O homem desviou seu olhar para a parede da sala, onde seu chakra tremulava – Vocês serão presos essa noite e só Kanon sabe quando irão lhes soltar, se é que isso acontecerá... Eu estou do lado de vocês e acredito que infelizmente os únicos capazes de salvar o Daimyo sejam vocês... Droga -. O chakra de silva começou a se extinguir e nesse momento o homem tratou de apanhar de sua bolsa um pequeno pacote de ração militar e uma chave de ossos - Tome -. O interrogador jogou os itens em direção ao jovem, fez uma cara de lamento e então deixou a sala.
Os itens, a chave e a ração, entregues sem maiores informações, talvez parecessem peças de um grande quebra cabeça onde nada se encaixava ou fazia sentido, mas caso os jovens fossem perspicazes o suficiente, logo o lugar de tais peças seria revelado.


Interrogatório de Izanami Wicca.

Izanami era de longe a mais calma do grupo e a que mais media suas palavras, procurando resolver o problema sem confrontar seus captores. Silva ouviu pacientemente as palavras da mulher antes de se levantar e dizer – Vocês não mais estarão a frente dessa investigacao. Oficialmente vocês estão sobre uma auditoria e estão impossibilitados de atuarem como shinobis de Kumogaure -.
Silva, em direção a saída repetiu o processo de isolamento da sala e assim como no caso de Amargo, explicou brevemente a situação em que os shinobis se encontravam, entregando, ao final do discurso, os mesmos itens a Izanami.


Geral.

Poucos minutos após o interrogatório um grupo de carcereiros, caçadores com uniformes diferenciados e um péssimo humor, surgiram pela porta de metal - Vocês deverão passar a noite nas selas enquanto a investigação não é concluída. Por favor, venha com a gente -. Os guardas escoltariam os jovens individualmente até suas celas, todas localizadas em uma mesma ala do segundo andar da fortaleza. As portas das selas seriam trancadas, deixando os suspeitos presos em um novo cubículo de rocha, mas que dessa vez poderia vir a ser sua ultima morada.


Considerações:
Alguns de vocês escaparam dos efeitos da insanidade só por causa da ajuda de Izanami, mas cuidado, as vezes mesmo com poderes sendo utilizados uma boa narrativa é imprescindível. Vou passar um pano dessa vez, mas na próxima que vier um desafio e deixarem ele na mão dos efeitos de uma técnica, ignorando narrativamente toda a situação, não vou mais me segurar muito não.

Sobre o post: Após ouvir Reina o interrogador se limitou a lhe conceder uma chave e uma ração militar. No caso de Amargo e Izanami o homem, por acreditar que esses teriam mais idade para entender a situação, explicou os reais motivos que levaram os jovens a prisão.
Vou salientar que a Rocha é uma prisão construída com auxilio das grandes lendas e heróis de Kumogakure e onde jutsus de selamento impedem o uso de técnicas espaço temporais. Os muros e portas são dotados de resistência incomum e os guardas que vigiam os andares e os arredores do local são, assim como vocês, da elite da vila.

As peças do quebra cabeça foram dadas, algumas que talvez possam já serem utilizadas e outras que talvez ainda não encontrem um espaço, mas deixarei que vocês se virem um pouco agora... Não existe uma única maneira de agir ou lidar com a situação, então vocês podem usar a criatividade, mas pensem muitoo bem e sejam lógicos em suas ações.

Mapa do Andar:

Sela 1: Amargo
Sela 2: Cherry
Sela 3: Yagami



Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Captur11

Centro: Escadas para o primeiro e para o terceiro andar.
Círculos Roxos: Guardas.


Jogador Zero deixou o evento e deverá realizar o mesmo procedimento que os jogadores que sofreram W.O no turno passado.

Regras Especificas:
1. Esse início é um Evento. Significa que terão 48 horas para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Daimyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.
Fama : 0
[Mestre] Shin
Superior a Kage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67563-npc-novo-horizonte-otsutsuki-shin#500520 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 29/8/2019, 22:45

Temperatura: -20º
HP:607/675 (Recuperados 20% pelo descanso)
CH: 527/675 (Recuperados 20% pelo descanso)
ST: 00/05


Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Ui3k2UQ


Reina observou o pacote de ração com emoções conflituosas. Seu estomago roncava levemente e ela se lembrou que não havia chegado a jantar, mas a comida militar nunca lhe fora atrativa. Como seu pai estava fora de casa em uma missão, ela de qualquer maneira não planejava ter uma comida decente aquela noite, então não havia perdido muito de um jeito ou de outro.

Mordiscando a ração seca e sem gosto, os pensamentos de Reina oscilavam para seus pais e se a notícia que ela estava presa havia chegado até eles. Deixando de lado a duvida de se sua mãe estava ou não na multidão que havia visto mais cedo, ela se perguntou se eles avisariam para sua família que estava em custódia. Apesar de desejar que seu pai viesse e reclamasse com os doidos que colocaram-na ali, tê-lo desistindo de uma missão para ter a visão fúnebre da filha em uma cela, sendo acusada de mil coisas que mesmo ela não sabia, não era muito convidativo. Não. Devia resolver aquilo por conta própria antes que seu velho retornasse.

Sua mãe provavelmente não contaria à ele de toda maneira, certo? Kiri não parecia muito confiante quanto a isso e Reina não estava gostando.

Após seu pequeno descanso pra comer, a criança engoliu o sono o máximo que podia e observou atentamente sua pequena cela, buscando detalhes minuciosos que passariam despercebidos à primeira vista. Em suas mãos jazia a chave que o homem havia lhe entregado junto com a comida, e o talhar de ossos lhe era extremamente estranho e incomodo. Por que ela havia recebido uma chave?

Tentando entender o que se passava na cabeça do adulto - o que, pra variar, era algo extremamente enfadonho - a garota tentou a coisa mais obvia que vinha a mente, que era encaixar o objeto na fechadura de sua cela. Sem esperar muito dessa ação, ela então partiria a procurar algo de diferente em seus arredores que pudesse estar relacionado ao estranho presente.

Após vários minutos de busca minuciosa por todo aposento, ela então se renderia ao sono e se sentaria no chão ou na cama, se houvesse uma disponível. A barriga de Kiri seria aberta, revelando um pequeno compartimento que não cabia muito mais que duas Kunais, e lá seria colocado a chave e o restante de sua ração. Os olhos da Gennin correriam toda extensão visível do corredor, fora de sua prisão, em busca dos ninjas aliados ou de algo que parecesse digno de atenção.

Com os músculos pesados, Reina finalmente fechou os olhos e, abraçada à sua pelúcia, começou uma meditação para se acalmar, buscando permanecer lógica naquela situação adversa. Ela controlou sua respiração e focou-se em seu fluxo de chackra, tal como Fujimoto e seu Pai lhe ensinavam no treinamento. Ela planejava, antes de cair no inevitável sono, ao menos forçar um pouco a recuperação de seu Chackra, garantindo uma melhor condição caso um imprevisto acontecesse. A concentração era difícil de se atingir naquela situação, mas a falta do que fazer somada ao processo lento de digerir as informações obtidas em sua busca lhe serviam de impulso a continuar tentando.




Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:
*Int 5 para ajudar na observação apurada dos arredores.

Chakura no Ito
Descrição: Chakura no Ito é uma técnica que normalmente é usada por manipuladores de marionetes que lhes permite controlar suas marionetes em batalha. Uma vez que estes fios são feitos de chakra muito concentrados, eles podem ser vistos por pessoas além do utilizador. Curiosamente, assim como puxar objetos em direção a ele com os fios, o usuário também pode "empurrar" objetos para longe dele, e até mesmo parar objetos em movimento como serras. O chakra também pode ser transferido através dos fios, para ativar algumas habilidades nas marionetes. Os fios de chakra também podem ser anexados a outros objetos, permitindo ao usuário controlar, ou pelo menos atrapalhar outras coisas. Em um exemplo, Kankurō usou os fios de chakra para fazer Naruto Uzumaki tropeçar quando eles se conheceram. Em outro, Chiyo usa os fios de chakra para controlar uma pessoa como se fosse uma marionete. Um usuário habilidoso pode suprimir o chakra ao ponto de que os fios se tornem invisíveis, como Chiyo fez com o Sōshūjin para esconder um fio para conectá-lo à cauda de ferro de Hiruko. Kankurō mostrou a habilidade de anexar seus fios de chakra para aqueles de outro usuário. Esta técnica é limitada a um fio principal por dedo para os seres humanos normais, mas o núcleo modificado de Sasori foi capaz de emitir fios suficientes para controlar mais de cem marionetes.
Considerações:
*Realizado um descanso enquanto Reina comia. Caso não haja nada que tenha chamado a atenção dela na próxima narração, ela eventualmente cairá no sono.

* Reina está observando os arredores de sua Cela e do corredor do lado de fora. Ela irá examinar todos os detalhes em uma busca minuciosa e as reações dela serão narradas após o narrador especificar o que ela encontrou e os móveis presentes no ambiente.

* Realizado um treinamento de 4 pontos no atributo de Recuperação através da meditação e concentração.
   - Requerimentos pela metade pelo evento
   - Pontos obtidos dobrados pelo evento

* Se possível adicionar os 2 pontos que tinha acumulado em Recuperação, totalizando 6 pontos após esse post.


_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 FbX8UeC
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 NsWGVLz

Fama : 0
Ch3rry
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 30/8/2019, 16:54



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

Amargo não gostava da situação de cárcere a que estava sendo submetido, e logo em seu primeiro minuto solitário buscaria juntar todas as suas armas devolvidas e guardá-las em seus respectivos espaços, dentro da bolsa de arma que carregava e suas costas. Em seguida procuraria pelo centro do cômodo e se sentaria com as pernas cruzadas. Passando a mão pelo chão gelado, cogitava usar uma técnica criada há pouco tempo e muito rica em seu arsenal para colocar tudo abaixo. – Isso não está certo. – Matutava em um tom pessimista, recuando.

A ração entregue seria ignorada por completo, não conhecia sua procedência e logo assumia como um risco para a sua saúde, sua especialidade, vitalidade sobre-humana, também permitia que não se entregasse assim tão facilmente para a tentação do alimento, pois poderia enfrentar as situações mais adversas possíveis com ela.

Tomando a chave de ossos para si, objeto entregue que mais lhe chamava a atenção, Amargo caminharia por cada centímetro quadrado daquele cômodo, principalmente a região da parede que o homem encarava antes de se retirar. Com sua mão, tatearia a estrutura da parede em busca de uma abertura que estivesse disfarçada e que pudesse ligar a uma passagem secreta. Tentar a porta seria fácil, porém, o deixaria em uma posição vulnerável, sem contar que a parte mais importante de uma passagem secreta geralmente é a sua entrada nada convencional, tinha em mente um trinco que pudesse ser usado para engatar a chave. "Vamos, encontre..." O Ki Nobori no Shugyō seria ativado para percorrer desde as paredes até o teto, não queria deixar passar despercebido nenhum canto daquele cômodo, inclusive os seus pés, na falta de um braço, seriam usados para ajudar em sua busca, apoiando-os ligeiramente contra a parede em busca da abertura. "Ainda bem que ninguém está me assistindo, isso está sendo o cúmulo do ridículo." Seu interrogador demonstrara preocupação em ativar uma técnica de isolamento acústico e aquilo era interpretado por Amargo como um sinal de que estava sendo vigiado de uma maneira ou outra e que as celas em que ele e seus colegas estavam poderiam estar grampeadas por alguma outra técnica, com isso em mente, mantinha-se em silêncio e de quebra poupava fôlego.

Se fosse feliz em encontrar uma abertura em meio à sua procura, Amargo usaria a chave de ossos para engatar no buraco e assim giraria no sentido horário, confiante que uma passagem se abrisse em sua frente, se ainda não fosse suficiente, tentaria no sentido anti-horário, esforços esses que buscavam alcançar uma saída e acessar os seus colegas. Se sua ação não entregasse nenhum resultado, fracasso após fracasso, voltaria a se sentar no centro do cômodo para descansar e poder voltar a pensar em outras estratégias.  

Considerações:

Explorei situações hipotéticas tentando encontrar uma passagem, interpretei como suspeita a analise do interrogador na cela.

Jutsus usados:
Ki Nobori no Shugyō
Rank: E
Descrição: Ki Nobori no Shugyō é um método de treinamento utilizado para obter mais habilidades com controle de chakra. Esta formação envolve focalizar uma quantia fixa de chakra para o fundo do seus pés, e usar isso para subir em uma árvore sem utilizar as mãos. Se o fluxo de chakra é muito fraco, o usuário perderá sua posição na árvore e cair. Se ele for muito forte, o utilizador irá ser empurrada para longe da árvore, fazendo com que a árvore se quebre em torno do ponto de contacto com o utilizador.
Item:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1744/2275 STM: 00/06
feito por @MilkWho

_______________________

MODERATOR MODE
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 17150512201064
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

Fama : 24
Hachidaime
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67215-f-p-amargo-senju-caramelo#495740 https://www.narutorpgakatsuki.net/t63041-compras-nabuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 31/8/2019, 15:34


Wicca Izanami
闇の刃

Tudo o que Izanami dizia não mudava muito. Mesmo sendo totalmente verdadeira e inclinada para a justiça, a jovem não foi capaz de convencer o interrogador. Ele dizia o que achava e o que seria dali em diante, e saía do local. Logo após a saída do homem, outros guardas surgiam entregando uma chave de ossos e comida para a Jonnin. Embora fossem de Kumo, Izanami não confiaria na fonte do alimento, sendo que estava sendo mantida presa ali. Claro que se quisessem já teriam matado a Jonnin, mas ela evitava ao máximo qualquer coisa que pudesse a comprometer. Então, esperava eles sair, e olhava calmamente a chave. Ao mesmo tempo olhava cada canto da sala, tentando encontrar algo onde pudesse usar a chave, já que era muito obvio deixarem a chave lá para sair pela principal. Mas aos poucos a garota pensava que talvez estivessem esperando que eles fugissem, para ter um motivo justo para atacar. Eram muitas possibilidades, então Izanami prezava pela sua vida e segurança do grupo. Tentava de todas as formas usar alguma informação, e descobrir algum caminho. Se não conseguisse, ficaria alguns minutos meditando e tentando entrar em contato com a natureza, como sempre fez.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: A parada da natureza não é do Senjutsu, é mais uma meditação mesmo por conta da roleplay do meu clã e tals. Tudo tentativa. Queria pedir pra treinar Desenvolvimento de Atributos em Regeneração e Recuperação nesse episódio, treinando dois em cada (dobrados pelo evento de inverno), e o outro ponto dobrado também, treinar em Ninshu.
- Gastos: Nada.
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:
Coringa:

HP: 1925 • 1925 | CH: 1446 • 2110 | ST: 04 • 07 | CN: 000 • 400

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 7a0fbee12c424a4edaf9892f7ed7a308

" — Pela horda... !"
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Thumb-101921

Fama : 0
Yagami
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67837-f-wicca-izanami https://www.narutorpgakatsuki.net/t67089-c-t-spell-book#494858

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 7/9/2019, 17:24


Evento — A Rebelião.
(08/40)

A mente das crianças, muito criticada pelos mais velhos devido a sua ingenuidade, se provou ser o caminho mais eficaz para a solução da situação em que os shinobis enfrentavam. Enquanto os Jonins, desconfiados, procuravam por misteriosas passagens secretas e aberturas que pudessem testar suas chaves, foi Reina, a garota que inocentemente colocou a chave de ossos na fechadura de sua cela, que conseguiu primeiro destravar a porta. O guarda daquele setor, que mantinha seu olhar voltado para o centro do andar, de repente se virou para as celas localizadas a sua esquerda, local de onde o barulho de metal oriundo do "destravamento" da fechadura provinha. O homem desembainhou sua espada e deu um passo em direção a cela, desconfiado...
Os jonins nada encontrariam em suas celas e passariam então a depender de Reina, a única a optar pelo caminho mais obvio, para lhes trazer clareza. Mas a garota, tendo chamado a atenção de um dos guardas, deveria agora proceder com cautela para auxiliar seus colegas.

Considerações:
Reina, a única a realmente narrar a tentativa de encaixar a chave na fechadura da cela, o que de imediato lhe permitiu destravar sua porta. Desconsidere a parte de “dormir”, afinal, sua tentativa se provou eficaz antes da sua narração dormindo, o que meio que corta a tentativa.

As celas em si são de rocha e são fechadas por todos os lados. A porta de metal, voltada para o corredor central (pode ser visualizado na imagem), é a única coisa que provem certa visão do corredor.

Yagami poderia então olhar para a cela de Reina, mas Amargo, nada poderia visualizar, tendo que se limitar a se guiar pelo seu ouvido.

Sem um motivo plausível de como se desviaram da tentativa de achar uma brecha nas rochas e passaram a fazer aquilo que desacreditavam ser possível, que é encaixar a chave na fechadura da cela, vou ser obrigado a desconsiderar suas ações, então narrem bonitinho, pensem bem em como vão proceder... Usem as informações que vocês conseguem obter e passem bem longe de ideias Meta Game como "nossa, mas é obvio, deixa eu tentar aqui".

Pensem bem na estratégia que vão usar, porque se falharem é bem capaz que o numero de integrantes caia no próximo turno.
Para aqueles que deixarem sua cela, deixem claro quais objetos estão levando consigo. Se levarem a ração, a chave, etc. Deixem isso claro nas considerações e na narrativa, pfv.

Mapa do Andar:

Sela 1: Amargo
Sela 2: Cherry
Sela 3: Yagami



Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Captur11

Centro: Escadas para o primeiro e para o terceiro andar.
Círculos Roxos: Guardas.


Regras Especificas:
1. Esse início é um Evento. Significa que terão 48 horas para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Daimyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.
Fama : 0
[Mestre] Shin
Superior a Kage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67563-npc-novo-horizonte-otsutsuki-shin#500520 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 8/9/2019, 16:55

Temperatura: -20º
HP:607/675
CH: 427/675
ST: 01/05


Mapa:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 RRJEBi1

Para sua surpresa um clique metálico ecoou pelo corredor em sua primeira tentativa, revelando imediatamente sua condição para todos próximos o bastante de si. Quando a chave encaixou na porta, Reina imediatamente percebeu seu erro e levou a mão ao rosto em indignação. Ela não esperava que a chave fosse REALMENTE funcionar na sua cela, e agora ela havia revelado para os guardas no corredor que estava livre, apenas para ser aprisionada novamente.

O aproximar de passos alertou que um dos guardas já havia percebido o barulho metálico e Reina forçou-se a pensar na melhor maneira de escapar daquela situação. Qualquer extravagância apenas chamaria ainda mais atenção e aumentaria o número de oponentes, então ela precisava ser discreta. Recuando alguns passos para dentro de sua cela e encostando a porta para dificultar que o guarda percebesse de imediato qual das prisões havia sido aberta, a garota escondeu a mão em seu casaco enquanto preparava agulhas de chackra.

O conceito de canalizar chackra nos dedos não era muito diferente do que ela aprendia sobre Kugutsu, o que fazia a técnica do Chackra no Hari fácil de se aprender, mas era a primeira vez que ela usava a técnica fora de treinamentos. Concentrando-se em conferir ao chackra características paralisantes, ela esperaria a aproximação do guarda para discretamente congelá-lo. Se obtivesse sucesso, ele não conseguiria ver seu agressor ou chamar por reforços e ela compraria um pouco mais de tempo para pensar no que fazer em seguida.

Por precaução, ela também começou a preparar a técnica de Hiding in Surface, caso precisasse escapar rapidamente pelo solo ou paredes.

Os olhos de Reina cruzaram com o da mulher loira presa na sela a sua frente, a mesma que havia conjurando aquela grande técnica defensiva pouco antes de serem capturados. Então realmente não havia sido a unica a ser presa, e não sabia se achava aquilo tranquilizador ou loucura. Caso sua empreitada tivesse sucesso e ela se encontrasse fora de perigo imediato, Reina sussurraria uma conversa rápida com a loira, escondendo a chave num primeiro momento - não que fosse adiantar muito como ela havia estado logo a sua frente o tempo inteiro.

- Você também estava no castelo... - Sussurou num tom grave, desconfiando que o motivo que estavam presos era que algum deles realmente era um inimigo - Creio que tenha um rank mais alto, sabe por que estamos aqui?



Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:
*Int 5 para ajudar no pensamento rápido.
*Hiding in Surface preparada como armadilha.
-100 de CK
+1 ST

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 220?cb=20170113015554&path-prefix=pt-brEvento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 220?cb=20170113015525&path-prefix=pt-br
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 170?cb=20170113015742&path-prefix=pt-brEvento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 170?cb=20170119214658&path-prefix=pt-brEvento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 170?cb=20170119214727&path-prefix=pt-br
Chakura no Hari
Rank: A
Requerimentos:
Descrição: Hinoko dispara uma agulha de chakra na ponta dos dedos, que sempre acerta o alvo. Ela pode alterar as propriedades da agulha para ter efeitos diferentes sobre o alvo uma vez que ele seja atingido, por exemplo, revitalizando, paralisando ou matando-os. Ela é capaz de disparar várias agulhas de cada dedo simultaneamente e até mesmo redirecionar sua trajetória após ser atirada.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 350?cb=20150208102638
Hiding in Surface Technique
Rank: B
Requerimentos:
Descrição: Com essa técnica, o usuário pode “fasear” por seus arredores, permitindo que eles evitem rapidamente um ataque recebido e também possam viajar sem serem detectados. Usando este método de abordagem, o usuário pode executar um ataque surpresa ao inimigo.

Chakura no Ito
Descrição: Chakura no Ito é uma técnica que normalmente é usada por manipuladores de marionetes que lhes permite controlar suas marionetes em batalha. Uma vez que estes fios são feitos de chakra muito concentrados, eles podem ser vistos por pessoas além do utilizador. Curiosamente, assim como puxar objetos em direção a ele com os fios, o usuário também pode "empurrar" objetos para longe dele, e até mesmo parar objetos em movimento como serras. O chakra também pode ser transferido através dos fios, para ativar algumas habilidades nas marionetes. Os fios de chakra também podem ser anexados a outros objetos, permitindo ao usuário controlar, ou pelo menos atrapalhar outras coisas. Em um exemplo, Kankurō usou os fios de chakra para fazer Naruto Uzumaki tropeçar quando eles se conheceram. Em outro, Chiyo usa os fios de chakra para controlar uma pessoa como se fosse uma marionete. Um usuário habilidoso pode suprimir o chakra ao ponto de que os fios se tornem invisíveis, como Chiyo fez com o Sōshūjin para esconder um fio para conectá-lo à cauda de ferro de Hiruko. Kankurō mostrou a habilidade de anexar seus fios de chakra para aqueles de outro usuário. Esta técnica é limitada a um fio principal por dedo para os seres humanos normais, mas o núcleo modificado de Sasori foi capaz de emitir fios suficientes para controlar mais de cem marionetes.
Considerações:
*Duvida, o treinamento contou?

*Chackra no Hari usado no modo paralisante.

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 FbX8UeC
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 NsWGVLz

Fama : 0
Ch3rry
Genin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 8/9/2019, 20:12



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

Diante do fracasso em encontrar uma passagem secreta em meio aquela cela, Amargo voltaria a se sentar no centro gelado do chão para recuperar suas energias. "Tudo bem, talvez eu tenha optado pelo caminho mais difícil, mas isso não é de todo o mal. Agora a resposta parece óbvia e a chave deve servir para abrir diretamente a porta que me prende, ou, na pior das hipóteses, o homem de antes tenha se enganado e não tenha nenhuma utilidade." Pensava o Kumonin. "Será isso um teste? Eles estão testando a nossa capacidade de resistirmos a esse cárcere? Se por acaso viermos a escapar, nós iremos vestir uma carapuça de fugitivos e assumir uma culpa que não nos pertence."

O que seria encontrado atrás daquela cela era uma incógnita, um risco. Os armamentos antes entregues haviam sido devolvidos durante a despedida e carregar aqueles itens mais uma vez também era uma maneira de reforçar a posição de culpa que haviam assumido para eles. Ou seja, o gesto de gentileza havia colocado sobre ele ainda mais pressão e responsabilidade. Questionamentos seriam levantados a respeito da recuperação e as suspeitas continuariam a ficar cada vez mais fortes.

Tomando a chave em sua mão Amargo analisaria cada parte de sua estrutura a fim de se transformar na imagem do objeto com um jutsu aparentemente simples e muito subestimado por alguns, o Henge no Jutsu. Depois de completada a sua análise minuciosa o membro do clã Senju passaria para a segunda parte do seu plano e bateria com muita força com a parte de fora de sua mão, com o punho fechado, na porta, no intuito de chamar a atenção para si. – Guardas, alguém está tentando me tirar daqui, por favor. – Vociferaria em um tom audível, criando uma espécie de segundo ser inexistente no mesmo espaço que ele em busca de manter a sua inocência. – Guardas, rápido, eles vão me levar. – Após sua última fala, guardaria a chave verdadeira em seu bolso e então, após tecer os selos necessários para a execução do jutsu, se transformaria no item em questão, de frente para a porta, à uma distância que fosse possível o guarda que viesse a averiguar a situação enxergase um Amargo transformado em chave no chão.

Amargo esperava confiantemente que, ao final de sua ação e a chave em destaque no centro daquela cela, fosse tomado pelo guarda responsável pela ocorrência como um objeto de investigação. O objetivo era permanecer em uma espécie de bolso, casaco ou parte do seu corpo que servisse para guardar um objeto e ali investigar como ele responderia ao cenário apresentado diante dele. Era de se presumir que todos os guardas seguissem uma única cartilha de conduta então, a reação de um provavelmente entregaria a dos demais. Também estaria a espreita da condição em que seus colegas se encontravam, se estes continuavam a ser mantidos reféns ou não.

Considerações:
A ideia é me transformar na chave com o Henge no Jutsu e antes que pudesse assumir a sua propriedade eu trabalhei uma maneira de chamar a atenção para mim, colocando um ser inexistente junto de mim, como maneira de ser ouvido e atendido. Eu iria procurar me transformar a uma distância máxima de 5 metros da porta, para que, se fosse atendido, o(a) guarda pudesse confirmar a existência de uma chave, o que certamente deve chamar a atenção, perguntando-se como ela foi parado ali? Se a ação funcionar eu ainda não irei mostrar a minha verdadeira identidade mas sim aguardar para ver como se desenrola, se são guardas do bem ou trabalham para o lado inimigo. A força que utilizei para as batidas foi 3, representado no trecho: "bateria com muita força com a parte de fora de sua mão, com o punho fechado, na porta".

Jutsus usados:
Henge no Jutsu [CHAVE]
Rank: E
Selos: Cachorro, Javali e Carneiro.
Descrição: Tendo em conta tudo o ninja missões são atribuídos a - coleta de inteligência, batalha, diversões - este é um ninjutsu de valor inestimável. Ele é geralmente usado para se transformar em outras pessoas do que a si mesmo, mas um também tem a capacidade de se transformar em animais, plantas e objetos inanimados, como até mesmo armas. Isto dá esta técnica uma grande quantidade de usos. A transformação de um shinobi habilidoso será exatamente como o artigo genuíno, por isso vai ser impossível dizer os dois separados. Por outro lado, a transformação realizada por uma pessoa inexperiente terá discrepâncias óbvias. A técnica de transformação é considerada entre as mais difíceis de rank E, uma vez que requer emissão constante de chakra enquanto mentalmente manutenção da forma. Em cima disso, o usuário seria, muito provavelmente, interagindo com o ambiente. Isso coloca pressão mental sobre um ninja inexperientes.
Item:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1744/2275 STM: 00/06
feito por @MilkWho

_______________________

MODERATOR MODE
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 17150512201064
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

Fama : 24
Hachidaime
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67215-f-p-amargo-senju-caramelo#495740 https://www.narutorpgakatsuki.net/t63041-compras-nabuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 8/9/2019, 22:59


Wicca Izanami
闇の刃

Pensava que seria muito óbvio a chave ser da única porta ali. Talvez fosse uma armadilha, e na primeira tentativa de fuga fosse morta, visto que aquilo com certeza teria algo que impedisse o uso de chakra, já que Izanami poderia ir para qualquer lugar quando quisesse. No entanto, conseguia ver Reina, e sua tentativa de sair da sala. Esperava que realmente conseguisse, e ficava completamente aflita, olhando de longe a garota fazendo de tudo para conseguir sair daquela situação. Não tentaria nenhum contato, para não chamar uma atenção indevida. No final, a garota tentava o contato com Izanami. — Você é corajosa demais. Eu acabei de ter minha moral jogada no lixo e pisoteada por uma garota. Que droga, você está bem? Eu me chamo Izanami, e você? E sim, eu estava no castelo, e ai esses caras surgiram. Como você saiu de lá? Eu não sei quem são. Estão dizendo ser da Elite de Kumo, mas sabe o pior? Eu também sou, e estou confusa. Eu achei que fosse óbvio demais tentar abrir a porta da frente, mas parece que... — Nesse momento tentaria usar a chave na fechadura, e se conseguisse, tentaria encontrar outros prisioneiros de Kumo, junto de Reina. — Olha, vamos tentar encontrar aquele rapaz que estava conosco. Ele era bem forte, mas eu posso teletransportar a gente pra fora daqui, mas me responda, você conseguiu usar chakra? Acho que esse local impede a gente de usar técnicas... — Tentaria manter a relação com Reina mais tranquila, e se caso conseguisse encontrar Amargo, teleportaria os dois para onde estavam anteriormente, no monte ao lado do castelo.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Tudo tentativa. Queria pedir pra treinar Desenvolvimento de Atributos em Regeneração e Recuperação nesse episódio, treinando dois em cada (dobrados pelo evento de inverno), e o outro ponto dobrado também, treinar em Ninshu. (Esse treino ta ok?) Queria começar no outro post já. Deixei o Hiriahsin como coringa, pra caso as acoes sejam válidas pra usar ele.
- Gastos: Nada.
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:
Coringa:

Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Requerimentos: Especialidade em Espaço-Tempo, Tokubetsu Jōnin & Quest: Relâmpagos Dourados.
Descrição:  A Técnica do Deus Voador do Trovão é uma técnica criada pelo Segundo Hokage, Tobirama Senju, que permite ao usuário se transportar para um determinado local marcado instantaneamente.

Para ativar esta técnica, o usuário coloca um selo especial ou "técnica fórmula" (術式, jutsu-shiki) para marcar o destino pretendido. Depois disso, eles podem entrar um vazio dimensional à vontade que instantaneamente transporta-os para o local do selo. A marca pode ser aplicada a qualquer área através do contato físico breve, incluindo um adversário ou alguma outra característica circundante. Como esta técnica é capaz de afetar qualquer coisa que está em contato com o usuário ou de alguma forma ligado ao seu chakra, eles também podem usar esta técnica para teletransportar outros objetos ou pessoas, como quando Minato usou para teleportar Kurama de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. Como Minato também notou, a fórmula de marcação nunca desaparece a partir de um alvo marcado.

HP: 1925 • 1925 | CH: 1446 • 2110 | ST: 03 • 07 | CN: 000 • 400

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 7a0fbee12c424a4edaf9892f7ed7a308

" — Pela horda... !"
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - Página 2 Thumb-101921

Fama : 0
Yagami
Jōnin
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67837-f-wicca-izanami https://www.narutorpgakatsuki.net/t67089-c-t-spell-book#494858

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] em 19/9/2019, 22:13


Evento — A Rebelião.

[...]

Após conseguirem com êxito escapar da Rocha, os shinobis se viram em meio a um pátio, uma região ao redor da prisão que por algum estranho motivo se encontrava vazio. Aquela era a chance perfeita para os jovens escaparem, mas agora eles deveriam escolher que caminho seguir, o da busca pelo senhor feudal ou o da busca por provas de sua inocência.

Considerações:
Parte do motivo da demora foi uma busca que eu estava fazendo, uma busca por alternativas que pudessem agilizar o termino desse evento. Felizmente me surgiu uma ideia nos últimos dias e um colega topou me ajudar, mas para que esse plano desse certo vocês precisariam já ter fugido da prisão e é por isso que tomei a liberdade de considerar a fuga um sucesso.
Fora da prisão vocês devem tomar uma decisão, partir em busca do senhor feudal ou partir em busca de provas que os inocentem (e os deixem livres do episódio mais rapidamente). Ambos os caminhos serão feitos em forma de uma missão, com o número de posts equivalentes aos Ranks correspondentes e narradas por pessoas mais ativas do que eu.
Isso fará com que o número de posts para a resolução do evento diminua e também deverá aumentar o número de postagens semanais.

Caminhos:
1.Uma missão de Rank S em busca do senhor feudal.
2.Uma missão de Rank C onde vocês deverão encontrar pistas que provem sua inocência.

Ambas as missões serão realizadas de forma furtiva, uma vez que vocês são agora fugitivos da prisão.
Me enviem por MP no Discord falando o que irão fazer para que eu possa comunicar o narrador de vocês.
Recompensar serão dadas ao final das missões, mas já adianto que aqueles que abandonaram a RP não receberão nada.
Fama : 0
[Mestre] Shin
Superior a Kage
https://www.narutorpgakatsuki.net/t67563-npc-novo-horizonte-otsutsuki-shin#500520 http://narutorpgakatsuki.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo]

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo



Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Você não pode responder aos tópicos neste fórum