Acesso Rápido
10 anos onlineNaruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Estação: OutonoAno: 69DG
RemanescentesHanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência.
A AlvoradaUzushiogakure e Sunagakure estão reconstruídas, marcando uma nova era para as nações shinobi, que agora são cinco uma vez mais. Os Shodaime Kazekage e Mizukage comandam as novas gerações de seus vilarejos, iniciando uma série de planos governamentais para garantir que o mal não os assole como ocorreu no passado.
Últimos assuntos

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo]
  

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 26/7/2019, 21:58


Evento — A Rebelião.
(01/40)
O céu nublado da vila de Kumogakure só perpetuava o clima mais hostil possível. A neve, e junto a isso, a noite, fatores que poderiam ser anúncio de um grande ataque catastrófico. Raios e trovões poderiam ser ouvidos, de modo como se fosse a fúria dos deuses, retumbante em cada canto da vila, como se caísse sobre os mortais, a punição divina. O clima já não estava legal, somado aos eventos que poderiam acontecer, e que, esses eventos poderiam ser muito mais profundos do que a maioria imagina. A guerra, é algo que todos esperam, mas não é previsível para ocorrer.

No centro da vila, movimentações nas sombras seriam feitas. Ninguém parecia desconfiar de nada, tudo parecia estar em seu período de calmaria. A tranquilidade, o tempo de paz, por mais que houvesse mais fatores externos que ameaçavam pingar sobre a paz, como a tinta numa água. Mas a ideia central estava feita. E a julgar pelos habitantes, nada de anormal estava ocorrendo. Mas, essa era o pano, e movimentações sombrias estavam sendo executadas. Homens se moviam saltando pelos edifícios, outros, andavam sobre a multidão, se infiltrando como se fossem civis, como se fossem moradores da grande vila, mas que não eram.

Talvez aquelas pessoas fossem no fim, clandestinas, talvez fossem apenas pessoas infiltradas. E ninguém poderia afirmar nada. Um grande exame, um grande evento, um grande acontecimento, estaria prestes a começar. Bem escondido, bem a mercê, bem sobre o nariz de todo mundo. E todos estariam cegos para não perceberem. Estava se encaminhando a vila, para o seu grande atentado. Atentado esse que poderia se alastrar como fogo em palha, tão rápido que poderia consumir a vila inteira se não fosse detido, se não fosse parado a tempo. Tempo. Tudo era questão de tempo, tudo era questão de acontecimento.

— Está tudo pronto, Kozuma? — Perguntou alguém, adepto das sombras. Sua figura estavs oculta, pelo simples fato da noite não estar muito visível. O homem permaneceria ajoelhado, esperando uma resposta de Kozuma. O homem, cujo nome estaria contemplativo, demorando-se a responder. — Está. É tudo questão de tempo. Aguardar o momento certo para a execução. — Explicaria, dando uma pequena risada de satisfação com o que iria fazer. — E tudo, tudo será de plena satisfação. Executado e tomado, sem falha, pois nosso clã, o clã Kira, não admite que nossas nobres ações sejam falhas. Tudo deve ser executado como perfeita maestria e com a certeza de que irá dar certo. — Discursaria, observando o céu e erguendo os braços para este, com os cabelos cínzeos falhando ao vento.

[...]

— Então... — Diria o garoto de fios ruivos, observando mais uma vez a vila ao longe, as luzes, as pessoas, o movimento da cidade em plena noite, em pleno clima noturno de paz da Vila da Nuvem. — Iremos fazer o quê? É aquele plano? — Questionaria acerca do que estavam tramando. — Ahh. Meu garoto tolo. Devo repetir novamente tudo que eu disse na reunião de nosso Clã? É óbvio que sim. Porque o lorde Damiyo foi aquele que falhou conosco. Não vamos deixar isso barato. Ele quebrou sua palavra. Vamos devolver! — Diria o homem. E logo o líder se levantaria para erguer os braços aos céus. Como um sinal.

— Avancem meus queridos! Avancem meus filhos! Pois está começando! Todos nós estamos começando a rebelião! — E então, o imenso clã, agora fazia seu ato de rebeldia, o grande castelo do Senhor Damiyo, localizado no centro da vila, como um dos maiores edifícios da Aldeia, agora estava saqueado. Pessoas do Clã Kira, se movimentavam aos montes como um exército. E agora, lá dentro, homens, guardas, foram derrotados, e e pessoas do referido Senhor Damiyo, agora eram feitas de reféns. O Clã também haviam montado uma guarda a frente do castelo tomado, pois agora era de sua posse.

Só restava a vila tomar suas próprias decisões enquanto  a tomada do Clã estava sendo executada. E, se não fossem rapidamente tomadas, poderia acontecer de se alastrar pela vila toda, como uma simples fagulha que poderia se tornar um incêndio. Uma tempestade de fogo. A palha já havia diso acessa. E agora ela queimava indubitavelmente. Caberia aqueles conterem o seu fogo, ou serem queimados por ela, enquanto o vento servirá de fermento para o crescimento.

Considerações:

1. Esse início é um Evento. Significa que terão 48 horas para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Damiyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
Tenzou
Jōnin
Tenzou
Vilarejo Atual
Ícone : Ultrapasse seus limites. Bem aqui. Agora mesmo.

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70550-fs-wuqing-the-real-asura https://www.narutorpgakatsuki.net/t69259-gestao-de-ficha-tenzou

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 26/7/2019, 23:24




REVOLTA |  反乱


A noite caiu e quando os ventos do norte sopraram na direção contrária, Toshinori sentiu algo ruim, embora sua ceticidade não o permitisse acreditar em maus presságios. Não demorou para que o ninja continuasse sua caminhada aos portões da aldeia e encontrasse um pandemônio instaurado no centro da vila.

——— Preciso fazer alguma coisa. ——— inferiu. Não era possível identificar a origem do problema e agir de maneira cautelosa seria a ação mais prudente, assim, as mãos teceram - tacitamente - os selos para que fosse possível sensoriar o ambiente; tal qual expandir os membros livremente e os tornar mais ágeis. Logo, mantendo uma distância considerável e ocultando-se no véu da noite, Yami analisou atentamente, a fim de obter informações a respeito do que estava a acontecer. Localizar e identificar possíveis oponentes seria primordial para, então, traçar a melhor estratégia de ação.


Yami: HP [2000|2000]; CK [2870|2950]; [30m/s]; [00|08]; RC [3100];

Adendos:
Considerações:
 
— ???p nesse site
— Ativei duas técnicas passivas, respeitando as regras de combate.
— Tentei identificar a quantidade de oponentes enquanto mantinha-me distante, cerca de 50m.
— Kekkai: Tengai Hōjin expandido por 60m
— 180CK + 100CK gastos.
— 200CK recuperados devido aos 10 pontos em Recuperação.
— +1vel e for
Bolsa de Armas:

Kunais: 10 (10)
Shurikens: 8 8)
Senbons: 10 (05)
Hyorogans: 10 (2.5)
Zoketsugan: 10 (2.5)
Makimonos Grandes : 01 (05)
Ampolas : 05 (05)
Hikaridamas: 10  (10)
Kemuridamas: 10 (10)
Kibaku Fuudas: 10 (05)
Samehada: 01 (25)
Gunbai: 01 (15)
Yata no Kagami: 01 (??)
Total: 103/120.


Legenda;
Item: Quantidade (Espaços)

Samehada
Rank: S
Descrição: Samehada (鮫 肌, literalmente significando: Shark Skin) é uma grande espada sensível, de tamanho comparável ao Kubikiribōchō. É descrito como o mais terrível de todas as lâminas dos Sete Espadachins e até ganhou o título de "grande palavra" (大刀, daitō), aumentando ainda mais a sua reputação temível.

Gunbai
Rank: A
Descrição: Um gunbai (軍 配, Gunbai, literalmente significando: arranjo do exército), ou Gunbai Uchiwa (軍 配 団 扇, Gunbai Uchiwa, literalmente significando: fã do arranjo do exército), é um fã não dobrável, esculpido em uma árvore espiritual única, da qual apenas os instrumentos rituais são feitos. Este Gunbai foi transmitido entre os clãs de Uchiha por gerações. Este gunbai teve a capacidade de converter o chakra entrante em uma transformação da natureza do vento, refletindo o ataque de um oponente de volta para eles. Madara dominou tanto como um escudo como como uma maça em conjunto com seu kama, e também permitiu que ele executasse várias outras técnicas. Obito também empunhou o gunbai predominantemente como um flail usando a corrente anexada para guiar o ventilador que ele também pode usar como escudo por causa de sua durabilidade, pois foi capaz de bloquear o Super Mini-Tailed Beast Ball de Naruto sem receber nenhum dano notável.

Yata no Kagami
Rank: S
Descrição: O Mirror Yata era um escudo etéreo dominado pelo braço esquerdo do Susanoo de Itachi. É dito ser dotado de todas as transformações da natureza e capaz de mudar suas características para qualquer transformação da natureza para anular completamente qualquer ataque, seja espiritual ou físico.
Observações: Defende qualquer tipo de ataque lançado em qualquer direção e a qualquer velocidade
Utilizado:

Nan no Kaizō
Rank: A
Descrição: Originalmente desenvolvida para atividades de espionagem, esta técnica pode ser feita após uma cirurgia e modificação do corpo real. O usuário se desloca suas articulações, em seguida, controla o seu corpo amolecido com chakra, permitindo-lhes se esticar e torcer qualquer parte de seu corpo em qualquer ângulo, alongando e até mesmo enrolando em torno de seu inimigo. Isto também pode ser utilizado para fazer o corpo do utilizador mais maleável e como de uma cobra. A versão de Orochimaru lhe permite esticar qualquer das partes de seu corpo bem além de seu comprimento normal e lhe permite mover-se na forma de uma cobra.

Kekkai: Tengai Hōjin
Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.


和 修 家

-
Kurt
Genin
Kurt
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] FKaCpRU

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67454-fp-kurt-zori-hatake#499323

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 27/7/2019, 15:06


Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_n3g6tarmNt1tvwrhco1_500

Um gole pela excitação, por fim os dias de cuidador de flores e livros chegariam ao fim baby, e o inferninho em que a aldeia se encontrava seria minha porta de saída; ou entrada para algo ainda maior. Como Genin tinha acesso a uma quantidade mínima de informações - para variar -  ainda que não entendesse bem o que estava acontecendo, sabia que o circo estava pegando fogo e o palhaço tomando porrada no castelo do Damiyo, algo que com certeza chamaria atenção de todos os figurões de Kumogakure no Sato. O que um Genin como eu iria fazer? - Geez - Com a malandragem e o swing de um bom malandro ficava ali a espreita, apenas observando e aguardando a oportunidade de grudar num desses falastrões de nome - De preferência um Jounin, daqueles com cara de protagonista de novela - e fazer o meu nome. É, seria assim mesmo, já podia ver em telões por todo mundo shinobi as palavras 'Zõri Hatake' seguidas de 'salvando Damiyo e restaurando a paz'. É, um herói mundial é um bom começo para mim.

- Estou a 20m as costas de Toshinori.
- Minha localização é um ponto alto, em cima de uma das casas nas mediações do castelo, nada de chamativo.
- Continuo mantendo a discrição e observação a distância todos que passam em direção ao castelo.
- Hakke Chakura Tou nas minhas costas, e a bebida para saciar meu vício em uma cabaça amarrada à cintura.

+ Kunai: 05 un. (05)
+ Shuriken: 05 un. (05)
+ Kibaku Fuda: 05 un. (02)
+ Hikaridama: 03 un. (03)
+ Kemuridama: 02 un. (02)

HP: (250 • 250) CH: (250 • 250) ST: (0 • 4) ]VEL: (0 • 22m/s)


Arma:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Latest?cb=20151128021051&path-prefix=pt-br
Hakke Chakura Tou
Rank: -
Descrição: O Hakke Chakura To foi um tantou que originalmente pertencia a Hatake Sakumo, que passou para seu filho, Kakashi. Foi um tantou reto com uma lâmina pequena, e guarda circular à mão. Ele exalava um traço branco de chakra, quando foi balançado, ganhando Sakumo assim o título de 'Konoha no Shiroi Kiba'. Esta lâmina foi destruída durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, durante a luta de Kakashi com Kakkou.


-
Arthur
Chūnin
avatar
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] EeYBdl7

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69537-ficha-de-personagem-enmei#521378 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69558-gestao-de-ficha-enmei#521613

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 27/7/2019, 17:40



Muitas coisas podem mudar de uma hora para outra. O provérbio de que “o imprevisto sobrevêm a todos” realmente existe, e, por mais estranho que a afirmação possa soar, ocasionalmente o imprevisto pode nos sobrevir de uma maneira benéfica. Será muito importante você manter este raciocínio vívido dentro de sua mente enquanto desvenda uma das partes mais importantes da minha história durante os próximos momentos.

Despertei um pouco mais cedo hoje. Havia planejado acordar ainda mais cedo, mas ignorar o despertador pareceu-me instintivo dado o estado de espírito que me acompanhava quando eu acordei. De quaisquer formas, havia algumas horas da manhã para aproveitar; horas estas que normalmente passavam-me completamente em branco – ou em escuro, já que estava dormindo durante as mesmas. Pude tomar meu café da manhã com maior tranqüilidade e realizar algumas atividades com mais calma, como levar mais tempo no banho e ler o livro da vez com maior tranqüilidade. “Retórica e Lógica” era o seu pretensioso título; tão pretensioso quanto o tutor de minha academia que me recomendou a leitura. Estranhamente, desfrutava de seu conhecimento a respeito da área, mesmo que recomendar um livro com este tema para uma criança introvertida mais se assemelhe a um golpe baixo e de fácil acerto. Continuei lendo a respeito de utilizar a formalidade e a educação comum como um mecanismo de defesa para evitar situações desfavoráveis, e resolvi interromper a leitura temporariamente quando aprendi sobre o curioso exercício de contar quantas palavras saíam da boca da pessoa que intercalava uma comunicação comigo; a estranheza me satisfez, e comecei a praticar por contra própria, com minhas próprias palavras, o quão rápido seria meu raciocínio matemático perante as anedotas que minha boca era capaz de expelir. Portanto, ao longo de concluir meus cereais, lavar a louça, subir para meu quarto, arrumar minha cama, trocar de roupa e escovar os dentes, contei certa de oitocentas palavras ao longo de todas as sentenças decoradas em minha mente que se encontravam acessíveis através de minha memória. Quando minha mente finalmente se desvencilhou temporariamente da tétrica tarefa que a engajava, se deparou com o clássico e recorrente dilema que insiste em persegui-la: Para onde eu estou indo? Algumas coisas ao longo dos últimos meses como um ninja se tornaram rotineiras: Nunca saía sem meus equipamentos básicos shinobi, me dirigia para a academia ninja uma vez a cada três semanas para que meus tutores pudessem manter registro de minha performance, toda segunda-feira ia para a biblioteca adquirir algum conhecimento específico sobre o mundo militar e assim por diante. Quando resolvi sair para treinar, entretanto, me vi, na saída de casa, com um problema: minha intenção era treinar marionetes, mas eu possuía-as em demasiada quantia para que pudesse carregá-las por todos os lados. Uma delas era maior do que a maioria das casas que compunham minha rua. Portanto, com um pé para dentro de meu quintal e o outro para a calçada que adornava a rua, rapidamente fiz o retorno de cento e oitenta graus para a porta de onde vim, lembrando-me de um jeito de contornar o problema. Entrando em minha pequena oficina ao lado da casa que recorrentemente utilizava para trabalhar em minhas marionetes, busquei de um específico compartimento alguns rolos de pergaminhos; alguns eram pequenos, outros médios, e um era maior do que todos os outros. Abri-os, posicionei com cautela minhas marionetes em cima dos conteúdos em branco e, realizando uma técnica simplória de selamento, transfigurei minhas peças de arte para os pergaminhos de fácil acesso. Conforme a fumaça alva erguida pelo jutsu se dissipava, pendurei dois dos pergaminhos em minha cintura enquanto retomava meu trajeto. Durante a última missão de nível C que realizei, me deparei, em determinado ponto dos arredores do vilarejo, uma solitária, densa e convidativa floresta; lembro-me de, ao pisar em seu terreno macio, sentir emoções lancinantes atravessando meu peito. Antes poderia me sentir cético em relação à revisitar o local, mas, agora, com os sentimentos amadurecidos neste respeito, percebi que não encontraria nenhum outro local tão apropriado para treinar e estar em contato com minhas estimadas obras de arte.

Conforme andejava ao longo dos telhados da vila, em direção ao meu campo de treinamento recém decidido, não pude deixar de notar certa atípica comoção por parte daqueles que normalmente populam as ruas de Kumogakure independente do momento do dia. Normalmente não dava muito atenção a situações corriqueiras, mas, desta vez, o posicionamento do alarde chamou-me a atenção. – O castelo.. do Daimyō? – Ruminei entre murmúrios mediante minhas próprias reflexões. Carregava minhas marionetes comigo, portanto, sentir o peso dos pergaminhos que as portavam em minha cintura era reconfortante para o pior dos casos. Após uns quatro ou cinco pinchos em direção do reluzente e voluptuoso estabelecimento, pude analisar a situação por inteira: não era exatamente amigável com os guardas do castelo, mas já havia visto-os antes ao menos; e as silhuetas que rodeavam as entradas do local definitivamente não pertenciam a eles. Seus movimentos agressivos e ansiosos realmente denunciavam que não eram dali. Estranho, para dizer o mínimo. Talvez eu tivesse presumido algo antecipadamente e de maneira errônea, então insistiria em me manter ali, oculto pelas sombras da noite e pela altura do pequeno prédio cujo qual meus pés me levaram.

HP [550/550] | CH [540/550] | ST [0/4]

Utilizado(s):
Fūnyū no Jutsu (utilizado em todas as marionetes, acopladas nos dois pergaminhos que carrego)
Rank: D
Requerimentos: —
Descrição: Usando essa técnica, uma grande variedade de objetos e até objetos vivos podem ser armazenados em pergaminhos e podem ser liberados quando a rolagem é aberta ou atende a uma condição específica. É possível selar o ninjutsu em um pergaminho, como demonstrado por Kisame Hoshigaki, que colocou tubarões em sua técnica de prisão de água que ele selou em um pergaminho, que ativaria e aprisionaria qualquer um que tentasse ler o pergaminho ao abri-lo. Para salvar o chakra, em vez de selar um elemento da natureza em um pergaminho que foi criado através do chakra, pode-se apenas usar elementos da natureza pré-existentes, como a água de um oceano, e selá-lo dentro do pergaminho. Embora um pergaminho seja o uso mais comum de selar algo, como demonstrado por Ajisai no anime, essa técnica pode ser usada para selar as coisas em uma pequena folha de papel também.

Considerações:
Adendos:

Encontro-me a dez metros de distância Zori, numa distância diagonal ao sudeste; estou, também, a quinze metros de altura. O telhado do edifício em que me encontro se camufla durante a noite por se avizinhar dum prédio maior, que bloqueia a maior parte das fontes de luz do perímetro. A respeito de aparências e vestes, clique aqui. Carrego, em minha cintura, dois pergaminhos que contêm todas as minhas marionetes neles seladas.
-
Zeitgeist
Shodai Otokage
Zeitgeist
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] GM22dSN

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68386-fp-lawliet-hawk-scarlet#509119

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 27/7/2019, 18:06

O cenário fúnebre sob os céus trovejantes de Kumogakure mais uma vez eram paisagem pros olhos de Chrollo, acomodado sobre o telhado de sua casa observando os finos blocos de neve caírem. A noite parecia um prenuncio de um mal súbito. Com os acontecimentos recentes, o Uchiha estava em constante alerta sobre a presença da guerra e todo dia lhe parecia o ultimo. Quando seu cigarro finalmente acabou, ele se levantou, observando ao redor. A principio, nada lhe chamava a atenção, o que o fez se mover sobre as casas sem muita pressa, apenas observando a movimentação noturna do vilarejo.

Em antítese, uma movimentação um tanto quanto incomum acontecia no centro da vila, próxima ao castelo do senhor feudal. Nada podia ser absorvido daquela observação, além de possibilidades. Chrollo se aproximou sutilmente sobre as casas, parando a cerca de cinquenta metros do local. Seus olhos mudaram de coloração e num bater de mãos leve, uma barreira de rastreamento se criou a seu redor. O senhor feudal era uma pessoa politicamente importante para o País da Nuvem e com certeza possuía muitos inimigos; entretanto, ataca-lo era um ato de guerra vigente. Isso trazia a Chrollo a ideia de presenciar mais uma vez a presença de seguidores de Shaka, mas era uma simples hipótese.

O membro do clã Uchiha manteve-se abaixado sobre uma das casas, tentando manter a discrição. Seus olhos percorriam o castelo em busca de informações enquanto tentava mapear o local através da barreira de rastreamento. Não podia agir sem ter uma ideia absoluta sobre o que ocorria ali. Ele trouxe as mãos um pergaminho que fora aberto rapidamente e, molhando o pincel de tinta, desenhou cerca de sete ratos. -- Chojou Giga -- Murmurou, executando um selo de única mão. Os ratos então desmembraram-se do pergaminho, descendo os prédios na tentativa de infiltrar-se no castelo do senhor feudal. Se possível, trariam informações sobre o que acontecia ali dentro.

1025 HP
1175 CH

ST: 01/05

Considerações:
- Roupas usadas: camisa de gola alta branca, calça de moletom preta e chinelos. Manto igual ao usado pelo sasuke quando entrou na Akatsuki, com um símbolo do clã Uchiha nas costas; ou seja, sem as nuvens da akatsuki. Bandana pendurada na cintura.
- Token embainhada na cintura.
- Ratos criados através de manipulação rank B.
- Estou do lado oposto ao dos meus companheiros de vila, por isso não os vi.
- O resto está explicito no post.

Vicio 00/03

OUTROS:

Kekkei Genkai:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_lnupqzBer11qjqz6co1_500
Sharingan [Nível 3 - Ativado]
Descrição: O Sharingan (写輪眼; Lit. "Olho Copiador Giratório") é um dōjutsu kekkei genkai, que aparece em alguns membros do clã Uchiha. Apesar de seus poderes serem vistos pela primeira vez em Kaguya Ōtsutsuki, com o Rinne Sharingan, sua verdadeira forma se manifestou pela primeira vez em Indra Ōtsutsuki, o ancestral mais antigo do clã Uchiha, e mais tarde veio a ser considerado como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳術, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Byakugan e o Rinnegan.

Jutsus:

[quote]Chōjū Giga [Suporte]
Descrição: O Desenho de Imitação da Super Besta (超獣偽画,Chōjū Giga) é a técnica assinatura de Sai, que lhe permite trazer desenhos de tinta à "vida" e agir conforme as vontades do usuário. O ninja usa tinta infundida em chakra para rapidamente desenhar objetos ou animais em seu pergaminho. No momento em que o pincel é removido, as imagens saltam do papel, crescendo em tamanho natural e agindo de acordo com a vontade do usuário. Por serem feitas de tinta, um único golpe é geralmente suficiente para as dissipar. Para comunicados discretos enquanto disfarçado, Sai é capaz de transformar as palavras que ele escreve em pequenos animais, permitindo-lhes viajar despercebidos para o alvo pretendido, após o qual o animal de tinta exige um deslocamento para reverter na informação escrita. Poucas técnicas rivalizam com ela em termos de versatilidade.
Regras: Todas as técnicas terão um limite de força e velocidade de acordo com o seu nível e o mesmo vale para o consumo de sua conjuração que terá um valor determinado de tinta, além do chakra. Para além disto, usando a técnica sem nenhuma técnica, o personagem poderá realizar até duas manipulações - construindo o que desejar - com consumo e força de até Rank B.

Kekkai: Tengai Hōjin [Ativa]
Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.

Bolsa de armas 27/45:
3 - 12 Kibaku Fuuda
2 - 10m Fio de Aço
10 - 10 Kunais marcadas
5 - 5 Shurikens;
2 - 140ml de tinta
5 - 5 Makimono
5 - 1 Token

_______________________

-
Ch3rry
Genin
Ch3rry
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] NsWGVLz

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 27/7/2019, 22:02

Temperatura: Ambiente. (A ser determinada pelo narrador)
HP:337/675
CH: 337/675
ST: 00/05

Primeiro post, pq eu n vou jogar o tempo de escrita de 1k de palavras no lixo:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] K0gFApV

Aquela noite já estava condenada logo de início.





Fria, escura, nublada noite de inverno. Aquilo era tudo o que era preciso para assombrar qualquer pesadelo que Reina, nos seus oito anos, pudesse ter. Se fosse necessário, os demônios ainda podiam adicionar uma visão macabra de sua mãe e seu olhar congelante, a jugando com mil palavras não ditas, e a garota não demoraria para acordar tremendo de medo e buscando o calor de seus bonecos. Exceto que naquele dia, o pesadelo começava ao acordar.

Não era mistério que seu pai ficaria fora por mais alguns dias para finalizar sua missão de Rank S - sendo um ninja ainda ativo, ele estava sujeito a ficar longe de casa quando o dever o chamasse - e Reina obviamente entendia as implicações de que, nesse período, o local que chamava de casa ficaria assombrado pelo fantasma que chamava de mãe. Mas ela já estava acostumada com a velha brincadeira de ignorar, onde as duas simplesmente fingiam que estavam sozinhas para o bem da saúde mental dos dois lados.

Quando o seu sono fora interrompido por dedos frios e olhos feitos de gelo que eram idênticos aos seus, Reina não pode evitar de pensar que estava de volta aos pesadelos de final sombrio, onde sua morte se dava de maneira misteriosa e irreal.

- Seu pai mandou uma mensagem por um jutsu de comunicação. - A mulher disse monotônica enquanto Reina lutava para restaurar o padrão normal de seus batimentos cardíacos, ainda tentando discernir o que era real e o que era sonho. - Ele precisa mandar uma mensagem para o empregador dele, parece urgente.

Um pergaminho que parecia ter sido escrito a mão com a letra curvada e distintiva de sua mãe havia sido colocado na beirada de sua cama. Ela provavelmente havia transcrito qualquer que tenha sido a mensagem que precisava ser entregue. Lutando para acordar de vez, Reina sentou-se, sentindo o ar frio fora de suas cobertas perfurar-lhe como uma lança.

- Entregue, agora.

Ela não teria mais informações sobre o assunto, tinha certeza disso. Seira lançou um último olhar atônito em direção à filha antes de desaparecer para fora do quarto, os passos lentos e cansados. Reina perguntou-se o que era tão importante para não poder esperar até o dia seguinte, mas a resposta certamente estava no que quer que seu pai havia descoberto na missão de alto rank que estava envolvido. A própria escolha de ter Reina entregando o documento não parecia algo que sua mãe faria, implicando que seu pai estava pensando na maneira mais rápida de levar a mensagem ao destinatário.

Tão quão seus sentidos voltaram, Reina vestiu-se de maneira desleixada com sua roupa costumeira e correu noite adentro, seguindo o endereço escrito no pergaminho. O destino, que lhe parecia familiar à inicio, logo passou a fazer sentido quando a garota se aproximou do grande castelo do Daimyo. A genin surpreendeu-se que o empregador de seu pai fosse alguém tão grande, mas o fato parecia menos abismal a cada vez que ela se lembrava das implicações de uma missão Rank S.

Os guardas não hesitaram em deixa-la passar uma vez que deu o nome de seu pai, e ela lembrou de pensar que pareciam um tanto quanto desleixados. O castelo estava lívido, com serventes correndo de um lado para o outro para atender seu senhor e alguns nobres de rank menor que estavam hospedados. Aquilo parecia ser rotina no castelo, pois ninguém parecia fora de lugar, ao menos além dela.

Após alguns minutos tentando chamar, com dificuldade, a atenção dos homens e mulheres ocupados e transmitir o que provavelmente seria uma mensagem urgente, Reina finalmente conseguiu ser levada ao braço direito do Daimyo, o que aparentemente era o mais perto do senhor que ela poderia chegar. Acompanhada por uma criada, ela foi guiada por entre os corredores espaçosos, dedicando algum tempo para observar as decorações extravagantes e curvas tortuosas, quase como um labirinto.

Para a surpresa da garota, não demorou para que os corredores fossem cercados por gritos e desespero. Reina e sua acompanhante se perguntaram o que estava acontecendo no andar de baixo, mas não faziam ideia do nível que as coisas estavam tomando até que o andar que se encontravam fosse cercado por homens armados que tomavam a força todos os serventes que antes corriam apressados buscando fazer seus deveres. Em desvantagem numérica e cercada, Reina não pensou duas vezes em render-se, aproveitando-se do fato que sua aparência não oferecia ameaça maior que qualquer outra criança de oito anos andando acompanhada no enorme edifício.

Seguindo obedientemente seus agressores sem dizer uma palavra e fazendo o possível para não chamar a atenção para si, Reina tomou cuidado para decorar cada corredor e curva que faziam e cada ninja inimigo que encontravam. As informações estavam todas dispersas em gritos e sussurros, mas as palavras 'rebelião' e 'clã Kira' se repetiram diversas vezes durante sua trajetória.

Sentindo o peso do pergaminho em suas mãos, Reina não podia evitar em pensar no que podia estar escrito lá e no que poderia ter acontecido se ela tivesse chegado apenas algumas horas mais cedo.

A garota finalmente foi alocada numa sala completamente fechada, sem janelas, junto com mais um grupo de crianças, mulheres e alguns poucos homens que ela deduziu não serem treinados em nenhum tipo de luta. Reféns, todos eles, e ela também se encaixaria nisso, provavelmente. Todos eles eram reféns de risco baixo, aqueles que ninguém esperava que fossem causar problemas.

A primeira coisa que fez ao chegar foi esconder o pergaminho que tinha em mãos no fundo da sala escura, atrás de um dos poucos moveis que habitava o local. O que quer que estivesse escrito nele poderia ser transmitido depois. Então, ela conferiu os arredores outra vez.

Mulheres se desesperavam, homens se sentiam impotentes e crianças choravam. Era muito perigoso que ela escapasse dali no momento, principalmente sem saber a quantidade de inimigos que teria que lidar. Considerando que eles foram capazes de tomar todo castelo, eles deveriam ter, pelo menos, um exército inteiro.

Decidida à esperar o momento correto, Reina se misturou com os outros reféns, aguardando o início do movimento de contra-ataque da vila da nuvem.





Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:
- Inteligencia lv5  para ajudar na dedução do ocorrido e mapeamento do castelo.
Considerações:
* Reina se encontra em algum lugar do castelo, junto com um grupo de outros reféns.



Reina sentia como se aquela noite já estivesse condenada, mesmo que aquilo não tivesse nexo algum. Quer dizer, não é como se ela tivesse tido algum pesadelo ou coisa do gênero para lhe causar tamanho desconforto sem sentido. Não, ela sequer estava em casa para dormir. Ainda sim, não podia evitar de sentir um dejavu incomodo, como se não houvesse propósito em ela estar andando sem rumo pelas ruas de Kumo durante a noite, depois do seu horário de cama.

Talvez porque aquilo não fizesse sentido mesmo.

Mas aquela era uma noite estranha e ela de alguma forma ela sentia que devia estar andando pelas ruas de Kumo, sem objetivo algum, como toda e qualquer pessoa normal faria num dia fatídico. Coisas assim ocorrem com todo ninja antes de um grande acontecimento, exatamente da mesma forma, e todos sabiam disso.
Empurrando para o fundo de sua mente a sensação de que devia estar em outro lugar, fazendo algo muito mais importante e congruente, Reina continuou a caminhar, sentindo seu corpo fraco e pesado.

Estranho, ela não devia estar se sentindo tão machucada. Era quase como se um deus invisível estivesse lhe socando infinitamente, até que toda sua força fosse drenada naquela estranha caminhada.

Uma noite bizarra, de fato.

O que importava é que ela estava, de alguma forma, ferida em algum lugar que não foi bem especificado por falta de informações.

A atenção de Reina foi drenada para uma comoção que ocorria em alguma das grandes construções da vila. Ela reconheceu o castelo do Daimyo, mas havia algo errado. O castelo parecia cercado de ninjas que certamente não pertenciam as forças da vila, gerando tumulto por parte dos cidadãos apavorados, que não sabiam o que fazer.

‘Que bela coincidência!’ Reina pensou, abraçando seu boneco. E nesse momento, teve certeza que o velho ditado dos protagonistas era real: As coisas sempre aconteciam da maneira mais clichê o possível quando você segue o papel como um cordeiro em um rebanho.

Achando que aquela coincidência só podia ser obra do destino, Reina olhou em volta e, outra vez coincidentemente, encontrou outros ninjas de Kumo também analisando a situação com curiosidade. Sentido que devia copia-los como uma boa garota, Reina pulou para um local alto e passou a observar o castelo de longe, esperando estar fazendo direito seu papel como ninja.

Era muito engraçado como todos eles pensaram exatamente a mesma coisa e se encontravam em posições similares em relação ao castelo. Provavelmente era por causa do treinamento da academia.

Aguardando qualquer movimento suspeito, Reina permaneceu escondida em uma das plataformas altas de Kumo, que lhe providenciavam uma boa visão de tudo que ocorria no exterior do forte.





Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:
-
Considerações:
* Reina se encontra a torno de 20m de Zori e Arima, porém em uma plataforma mais alta (Levando em consideração a geografia de Kumo)



-

Última edição por Ch3rry em 29/7/2019, 20:24, editado 1 vez(es) (Razão : Narrador.)
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 28/7/2019, 00:34


Wicca Izanami
闇の刃

Izanami agora era uma ninja completa. Poderes, armas, reconhecimento, enfim. Tudo o que deixava a jovem confiante o suficiente para conseguir realizar qualquer feito por seu Vilarejo. Seus últimos dias foram de treinamento intensos, onde ela acabou aprendendo uma gama enorme de Jutsus, dos mais fortes, e isso foi tão longe, que a garota desenvolveu até seus próprios Jutsus. Contente com seu resultado, ficava feliz, e decidia andar pelo Vilarejo da Nuvem. Como era uma membra da elite do Vilarejo, ela se sentia no direito de rondar o Vilarejo e relatar qualquer problema, qualquer diferença, sujeira, ou podridão que pudesse ameaçar o local que morava. Até que percebia uma certa algazarra, e ninjas das patentes mais altas bravos, com roupas de superiores e etc. A movimentação chamou a atenção da Jounnin, que seguia até o local. Todo aquele alvoroço era ignorado por Izanami, quando ouvia uma voz masculina a chamando. Era o líder do Quartel General. Kumo estava passando por dificuldade, e Arthuria estaria longe demais.

Porém Izanami não se abalou. Cerrou seus punhos, viu e ouviu o acontecido, e imediatamente subiu em si um ódio descomunal. Tudo que envolvia o mal irritava profundamente a Wicca, que de imediato tomava as medidas para seguir com uma ação. Via que já alguns voluntários estariam prontos para isso, e sem pestanejar ou hesitar, a kunoichi partia de imediato. Reforçava a vistoria de seus equipamentos, e partia rumo ao castelo. Um clã de renegados tomava o castelo do Senhor Feudal, e isso ocasionaria em uma grande bagunça se não fosse bem estruturada.

Como era uma de suas primeiras vezes a sair do Vilarejo, a Jounnin seguia até o local, e ficava o suficiente afastada do castelo para observar tudo com calma. Enquanto isso, observava que tinha outros membros lá fora. Uma barreira de chakra invisivel era ativa, e isso ajudaria Izanami a detectar qualquer movimentação que julgasse ser estranha. Caso sentisse alguma, iria tentar verificar, se era um companheiro. Assim, seguiu até os arredores do castelo, cerca de 100m do local.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Nada.
- Post: Nada.
Itens:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (25)
[10] Kibas (01)
Usados:
Kekkai: Tengai Hōjin
Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.

HP: 1925 • 1925 | CH: 2072 • 2110 | ST: 01 • 07 | CN: 000 • 400
-
oito
Jōnin
oito
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70624-amargo-senju-caramelo#534274 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62870p180-mods-f-amargo-caramelo#446539

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 28/7/2019, 03:12



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

O mundo é certamente benigno e a cada êxito obtido em suas missões Amargo acreditava cada vez mais que as únicas obstruções reais eram suas próprias habilidades. O membro do clã Senju retornava de mais uma missão cumprida quando passou a encarar a bandeira do vilarejo de Kumogakure no Sato instalada em frente a um estabelecimento. Ela era composta pelo contorno do vilarejo em um fundo branco. Para ele era como se aquele emblema representasse seu futuro, sua angústia e sua determinação. Ela balançava mais do que o comum e como um Kumonin no coração aquilo era interpretado como um mau presságio, o que não era suficiente.

Uma caminhada até a frente daquele estabelecimento foi feita no intuito de tomar um ar, recuperar o fôlego e as energias a fim de esquecer a sensação que aquela bandeira o trouxe. Foi ali, no entanto, que pôde confirmar a vizinhança em grande aglomeração fora de suas residências, todos eles pareciam encarar o mesmo local e muitos choravam em sinal de preocupação com o cenário apresentado. Amargo também pode reconhecer o destino daqueles olhares, não restavam dúvidas. – É o Castelo do Daimyo, ele está sendo feito refém. – Dizia um membro da força Tokubetsu dentro do vilarejo. – Amargo-sama, acho melhor você ir investigar. – Completava. – Sim, eu farei isso. – Respondia, tateando a vestimenta em seu corpo e conferindo todos os armamentos básicos necessários para o andamento de uma missão, ainda que não soubesse ao certo do que se tratava.

A corrida até as redondezas do castelo foi feita aos passos largos, sempre prestando atenção ao seu redor, onde buscava assegurar que o vilarejo por si só não estava sofrendo ataques. – Eu o conheço... – Sussurrava Amargo, fitando uma figura conhecida de um tempo atrás. Era ninguém menos que Yami, o Iryō-nin responsável por transplantar nele a incrível Kekkei Genkai Shikotsumyaku. – Olá, Yami-san, não esperava encontrá-lo em uma situação como essa, mas fico contente por ter alguém competente ao meu lado. Já sabemos o que está acontecendo aqui dentro? – Perguntaria com uma completa mesura em sinal de respeito para alguém que havia chegado antes do que ele e poderia ter respostas. – Sendo o médico aqui é você quem irá assegurar que todos se mantenham vivos e se depender de mim você terá minha total colaboração nessa caminhada. – Falaria carregado de um semblante sério, procurando checar os arredores para conferir se não teria perigo de estarem sendo observados.

Com um senso de direção, uma natureza cautelosa e habilidades de autodefesa, Amargo sabia que não poderia deixar escapar a chance de encher os invasores de arrependimento.

Considerações:


Recuperação Instantânea: Aqui
Aparência: Exemplo

Jutsus usados:
Item:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 2275/2275 STM: 00/06
feito por @MilkWho

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 2Sz2OJw
-
'Aoi'
Genin
'Aoi'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68987-hyuga-aoi

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 28/7/2019, 13:45



ZOROJURO ITO?P04
ø Saia com o saco de dinheiro e iria logo ao banco, mais uma missão completa! Mas... as nuvens fechavam e sua coloração repentinamente mudava para um tom negro, os ventos mudavam de curso e intensidade. Isso não era o normal de kumo.

Onde eu estava, no centro da vila, começou um alvoroço e eu, claro um ingenuo sem saber de nada, fui atrás de informações com civis. Tudo que eu obtive era que o castelo do Senhor estava sob ataque, porém não saberia por quem. Eu sou apenas um Gennin, fraco que acabou de sair da academia. - Mas é meu dever como Shinobi! - Falava em alto tom. - Mas você é fraco! - Minha cabeça pensava de outra forma. Era uma guerra interna entre razão e emoção. As pessoas gritando e correndo se  afastando o máximo possível do local, me fez abandonar dos dois lados, um semblante confiante nasceria ali, cerrava os punhos e correria até o mais próximo do local.

Lá, estavam alguns Shinobis de talvez alto escalão, ficaria perto deles para então obter mais sobre o que se passaria dentro do castelo, quando que de repente, uma barreira de fina camada e quase imperceptível era criada com alguém no centro... Certamente meu poder não estava ali, mas era meu dever protege-los, com a força que tenho, se não, não me chamaria de
Gennin


*Cerca de 100m do castelo
*Proximo as players Yagami


 
Health Points 200Chakra Points 200Speed 6 m/s
[
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 28/7/2019, 23:58


Evento — A Rebelião.
(02/40)
Os céus só se tornavam mais obscuros a medida que o tempo passava. Um forte cheiro de metal parecia preencher o ar gradativamente, na medida em que Kumo reunia, instintivamente, suas defesas. As forças internas da Aldeia buscariam se posicionar em locais diferentes, denotando suas diferenças, individualidades, e suas maneiras de pensar em cada situação que lhe ocorria por ali. Talvez fosse o principio da desunião que acometia aquela Aldeia. Mais relâmpagos se fizeram presentes, iluminando mais e mais e aclareando os males mais ocultos daquela noite. E, por base disso, uma grande tempestade de neve começou ali, como uma chuva.

Os flancos de neve começaram a cair em pequena quantidade, mas logo, se tornou como a irradiação solar, atingindo a tudo e causando uma perda de temperatura considerável, além de claro, as grandes visibilidades também acabariam por serem comprometidas.  Somente os homens do clã Kira conseguiam manter a mobilidade, pois no alto do castelo, alguns membros observavam com as lunetas nos quatro cantos do castelo, observando para todos os lados como uma entidade de mil olhos. E tanto lá fora, quanto lá dentro, a guarda e a segurança por dentro e fora aumentou, se tornando mais rígida e solida.

— Kou. Kou! — Gritou o homem, chegando para entre de uns 5 homens ali. — Diga, Mik. Diga logo! Já estão aqui! — O homem tocaria os ombros do outro. — Pode executar o plano One for All. — O homem pareceu dar um sorriso. — Sério? Ok! Ui! Ai! E Oi! Se preparem para o jutsu! Agora! — Gritaria, enquanto isso se viraria para frente, os quatro homens se afastaram enquanto os outros pares faziam isso dos nomeados. Todos eles, executariam apenas alguns selos antes que seu peito pudesse estufar, amassar o chakra e convocar grandes ondas. Nos quatro cantos do castelo, uma grande quantidade fora derramada.

As ondas violentas e selvagens saíram derradando a tudo numa área de 30 metros, derrubando, invadindo e levando tudo que visara estar no caminho, tornando a experiência esmagadora e possivelmente a morte para alguns. O local do Castelo ficava um pouco no alto, era coberto por grandes escadas até a porta grande, o que permitia que as aguas não invadissem o local de tomada temporária do Clã Kira. Apesar da temperatura baixa, as águas ainda não buscariam se congelar, esse processo se iniciaria em um processo muito lento, e muito depois. Mas, para o plano um, havia sido criado algo.

Um grande mar em todos os cantos visaria tomar conta da vila, como se ali fosse mais nada que um grande oceano ao céu aberto, onde somente havia céu e mar. Alguns raios cairiam sobre as águas eletricificando lentamente algumas áreas, e essa conversão em íons ativos, durariam apenas alguns segundos, nada que fosse muito  perigoso. Os transeuntes por ali perto só teriam que inicialmente lidar com enormes ondas devastadoras que chegariam engolfando tudo. — Perfeito! — Diria Kou. — Plano Two for All! — Gritaria, após a parada e a estabilidade das águas, os homens correriam rapidamente, fazendo novos selos e evocando mais água de seus lábios, só inundando ainda mais a Aldeia, e a ilhando assim por dizer.

Só tornaria a aumentar o mar, expandindo as ondas, por mais o dobro de metros da anterior, pelo menos 60 metros, e, após isso, buscariam recuar. Agora, Kou já ditaria novas ordens. — Plano Three for All! — Gritaria Kou, e quatro esferas dragões seriam lançadas aos céus, rentes ao telhado, desaparecendo por ali, sendo elas engolfadas pelas nuvens negras e sumindo por ali, desaparecendo, como se nunca tivessem estado ali. Mas estranhamente, as luzes elétricas dos relâmpagos começavam a se tornar mais fortes e firmes. — Por ora é só! Vamos aguardar! Vocês podem continuar observando das lunetas para nos manter informados! Esses babacas vão perecer na nossa mão! — Diria Kou, soltando uma risadinha.

Lá dentro, Kozuma só observava o clima lá fora, enquanto fumava um pequeno cachimbo, tombando a mão destra contra a coxa, sereno e contemplativo. — Esses homens que vierem a nós, quem que seja, irão perecer... Eu ainda vou retribuir o que o Senhor não fez, nosso acordo, nosso supremo acordo, agora, era hora do karma! Era hora da vingança! — Diria o homem, soltando uma pequena risada enquanto gozava da posse do trono presente naquele aposente no último andar do grande castelo.

Usados:
Velocidade dos corredores: 06. Recuo também. Selos: 04.

Suiton: Dai Bakusui Shōha
Rank: S
Requerimentos: Mestre Elemental
Descrição: Essa técnica é uma versão maior do Suiton: Bakusui Shōha. Com ele, o usuário lança uma enorme quantidade de água, cobrindo uma área inteira com ondas esmagadoras. O oceano de água produzido pode ser usado para outras técnicas e até mesmo reunido em uma gigantesca prisão de água, permitindo que Kisame use seu Suirō Sameodori no Jutsu.

Katon: Gōryūka no Jutsu
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: O usuário comprime uma grande quantidade de chakra acumulado dentro de seu corpo e o transforma em uma bola de fogo em forma de cabeça de dragão. O usuário então habilmente manipula aquele grande fogo e ataca seu oponente. Mesmo fora do alcance do ataque, seu poder e confiabilidade estão estressados. As chamas têm uma alta temperatura, o que pode criar um movimento ascendente de correntes de ar que, por sua vez, podem originar nuvens de trovão. Um mestre desta técnica pode disparar várias chamas em sucessão e qualquer um pego na técnica poderia ser reduzido a cinzas.

Considerações:

1. Esse início é um Evento para adentrarem, após isso, implicará no seguinte se caso não houver:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0 Máximo de membros atingido, vocês terão 24 hrs para postar e, caso passe o limite, morte automática.

2.1 Existem cerca de 20 pessoas do Clã Kira, tomando conta do Castelo do Senhor Damiyo tomado, ao redor do edifício, e uma grande quantidade dentro do castelo com reféns dentro, de acordo com a trama o número pode variar, fica com o desenrolar. E, vocês devem tentar exterminar o Clã dentro, e fora e liberar os Reféns. Desde já, boa sorte. Seu movimento foi dividido em três planos, o primeiro com uma grande inundação das ondas por 30 metros, o segundo por novamente o mesmo jutsu por 30 m, somando o dobro do mar, e, consequentemente, executado por novas quatro pessoas correndo em velocidade 06 e executando o mesmo jutsu, e pessoas na base, que lançariam quatro dragões de fogo de cada um do quinteto dividido entre os quatro cantos do castelo, para cima, aquilo irá acarretar em algo novo. Pessoas com lunetas observam em cada andar do castelo em diferente posições.

2.2 Um último aviso. Como episódio demora, poderão treinar o que vocês podem treinar se não estiverem dentro do bagulho realmente, a cada 5 posts. Boa sorte novamente.

2.3 @Ch3rry, você quebrou a trama do jogo, o objetivo, o que não era pra ter feito você fez. Aplico a pena de você diminuir 50% de seu HP e seu CH. E quero que você por gentileza, faça que nem seus colegas. Começa direitinho, e desde o início, eu dou a chance pra você recomeçar. E por favor, pelo amor de Deus, que isso não se repita. Faz direito. Isto aqui é um evento pelo amor de Deus. Na próxima eu não vou relevar se encontrar um erro.


L
LETRA ANULADA

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
Tenzou
Jōnin
Tenzou
Vilarejo Atual
Ícone : Ultrapasse seus limites. Bem aqui. Agora mesmo.

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70550-fs-wuqing-the-real-asura https://www.narutorpgakatsuki.net/t69259-gestao-de-ficha-tenzou

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 29/7/2019, 18:16

se possível, não plagie o template. deveras agradecido.A escuridão absoluta, ascenderá novamente.

A ordem natural permitia que o caos reinasse após um longo período de paz e a eventualidade em ocorrência poderia ser reflexo dessa autarcia morfológica ou apenas um desígnio momentâneo do acaso. Não era possível saber e aquele não era o momento para refletir sobre isso. O shinobi - que se camuflava através do negrume das grandes estruturas e que outrora era irrompida brevemente pelos raios que insistiam em atravessar o céu - compreendia as suas obrigações em momentos de agonia como aquele, não apenas como um ninja de elite mas também como um daqueles que compunham o seu vilarejo.

A técnica sensorial permitiu contemplar brevemente a situação onde um apunhado de presenças, agora, circulava pelos cômodos do 'Castelo Feudal' enquanto outras mantinham-se absolutamente quietas - estas, possivelmente, eram reféns. Sem tempo a perder, as sobras do órgão especial foram digeridas, e, instantaneamente, o corpo enegreceu e avolumou-se. Tratava-se da união da habilidade de sua linhagem sanguínea conquistada com o estilo de luta desenvolvido a pouco tempo.

A grande experiência em batalhas, cultivada e aperfeiçoada durante anos, evidenciava que em ocasiões de invasão, como aquela, o ideal seria dominar uma grande área e destruir provisões o mais rápido possível; e um feito desses apenas seria possível se o inimigo utilizasse técnicas com grande escala e área de alcance. Desse modo, com a finalidade de evitar a maior quantidade de baixas, Yami avançou ao mesmo tempo que as mãos teceram os selos necessários para evocar uma cópia idêntica de si mesmo para que fosse possível antecipar o ataque iminente. Os pés, envoltos em chakra, tornaram a investida mais eficiente a medida que o caminho deixou de ser apenas o solo e passou a abranger paredes e telhados do ambiente.

Os oponentes que se aglomeravam sobre o topo da construção - identificados através da barreira sensorial - tornaram-se os alvos principais. Com a mão esquerda a frente do corpo, um salto, de ambos 'Yami', na direção do constructo, precedeu os seis contrateis que irromperam das lombares para não apenas empalar órgão vitais mas também envolver os invasores, que seriam feitos de refeição assim que tudo acabasse. Os tentáculos do clone iriam avançar na direção de todos aqueles que, por um acaso do destino, conseguissem escapar das garras da morte. Ao findar, Toshinori retornaria ao solo enquanto sua cópia residiria sob o telhado para continuar a adquirir novas informações.

Yami; HP [2000|2000] CK [1575|2950]; [46m/s]; [01|24]; RC [3100];
Clone; CK[1280|1280]
Adendos:
Considerações:
 
— ???p nesse site
— Ativei uma técnica passiva, um estilo de luta e uma transformação
— Kekkai: Tengai Hōjin expandido por 100m
— +5vel e for, 11 em velocidade e 9 em força.
— Velocidade e força usadas em capacidade máxima.
— Tanto o estilo de luta quanto a transformação, são instantâneas.
— Fazendo uso da Especialidade em Batalhas, antecipei a primeira ação inimiga que seria lançar um Jutsu sobre a aldeia e avancei, de imediato, e através da barreira sensorial, identifiquei a quantidade de inimigos no teto e a investida milimétrica em 'órgãos vitais' deve-se a Qualidade Treinável: Conhecimentos Anatômicos.

Ação
— Numericamente falando, o diálogo inicial e o início da preparação e lançamento dos jutsus, levaria em torno de 2s, afinal são necessários 8 selos e para conjurar uma Rank-S, e como identificado, os inimigos possuem 4 pontos em Selos de Mão, os tornando capazes de executar Jutsus de Rank-S em 1 segundo. Além disso, após a ordem de execução, os oponentes se afastaram e é através dessa brecha de tempo que a minha ação irá ocorrer. 50m me separavam de vocês, e eu consigo encurtar essa distância em 1,08 segundos, devido aos 46m/s. Como data a regra de velocidade, só é possível que os inimigos, sejam eles com binóculos ou os que estão sobre a casa, acompanhem com os olhos movimentações com até 1 ponto de diferença, e eu detenho 5 pontos de diferença, em velocidade. As Kagunes também movem-se em velocidade 11 e força 9.
— A mão esquerda a frente do corpo, será pro caso de absorver alguma técnica lançada contra mim que possa evitar a conclusão da investida, sendo essa considerada uma armadilha.
— Atualmente, detenho 4 metros de altura devido aos 210cm idôneos e os 200cm adicionais, por conta da Kakuja Completa. Aparência
— Os selos para conjurar o clone, foram realizados ao mesmo tempo que o início da investida, em um segundo, ambos os Yami estarão nas devidas posições para realizar a investida.
Gastos
50CK Jutsu Rank-B, 120CK expansão da barreira, 100CK Kakuja, com redução de 30% oriunda do GCC, 189 + 200CK Estilo de Luta = 389CK.
295CK recuperados devido aos 10 pontos em Recuperação.

No turno passado eu descontei errado a quantidade de chakra, seriam 270 com redução de 30% = 196CK
e 295CK recuperados devido aos 10 pontos em Recuperação.

Bolsa de Armas:

Kunais: 10 (10)
Shurikens: 8 8)
Senbons: 10 (05)
Hyorogans: 10 (2.5)
Zoketsugan: 10 (2.5)
Makimonos Grandes : 01 (05)
Ampolas : 05 (05)
Hikaridamas: 10  (10)
Kemuridamas: 10 (10)
Kibaku Fuudas: 10 (05)
Samehada: 01 (25)
Gunbai: 01 (15)
Yata no Kagami: 01 (??)
Total: 103/120.


Legenda;
Item: Quantidade (Espaços)

Samehada
Rank: S
Descrição: Samehada (鮫 肌, literalmente significando: Shark Skin) é uma grande espada sensível, de tamanho comparável ao Kubikiribōchō. É descrito como o mais terrível de todas as lâminas dos Sete Espadachins e até ganhou o título de "grande palavra" (大刀, daitō), aumentando ainda mais a sua reputação temível.

Gunbai
Rank: A
Descrição: Um gunbai (軍 配, Gunbai, literalmente significando: arranjo do exército), ou Gunbai Uchiwa (軍 配 団 扇, Gunbai Uchiwa, literalmente significando: fã do arranjo do exército), é um fã não dobrável, esculpido em uma árvore espiritual única, da qual apenas os instrumentos rituais são feitos. Este Gunbai foi transmitido entre os clãs de Uchiha por gerações. Este gunbai teve a capacidade de converter o chakra entrante em uma transformação da natureza do vento, refletindo o ataque de um oponente de volta para eles. Madara dominou tanto como um escudo como como uma maça em conjunto com seu kama, e também permitiu que ele executasse várias outras técnicas. Obito também empunhou o gunbai predominantemente como um flail usando a corrente anexada para guiar o ventilador que ele também pode usar como escudo por causa de sua durabilidade, pois foi capaz de bloquear o Super Mini-Tailed Beast Ball de Naruto sem receber nenhum dano notável.

Yata no Kagami
Rank: S
Descrição: O Mirror Yata era um escudo etéreo dominado pelo braço esquerdo do Susanoo de Itachi. É dito ser dotado de todas as transformações da natureza e capaz de mudar suas características para qualquer transformação da natureza para anular completamente qualquer ataque, seja espiritual ou físico.
Observações: Defende qualquer tipo de ataque lançado em qualquer direção e a qualquer velocidade
Utilizado:

Nan no Kaizō
Rank: A
Descrição: Originalmente desenvolvida para atividades de espionagem, esta técnica pode ser feita após uma cirurgia e modificação do corpo real. O usuário se desloca suas articulações, em seguida, controla o seu corpo amolecido com chakra, permitindo-lhes se esticar e torcer qualquer parte de seu corpo em qualquer ângulo, alongando e até mesmo enrolando em torno de seu inimigo. Isto também pode ser utilizado para fazer o corpo do utilizador mais maleável e como de uma cobra. A versão de Orochimaru lhe permite esticar qualquer das partes de seu corpo bem além de seu comprimento normal e lhe permite mover-se na forma de uma cobra.

Kekkai: Tengai Hōjin

Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.

Kage Bunshin no Jutsu
Rank: B
Descrição: Semelhante à técnica de base Clone, esta técnica cria cópias do utilizador. No entanto, esses clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é distribuído igualmente entre todos os clones, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas normalmente irá dispersar depois de atingido por uma força forte o suficiente. Os clones também podem dispersar por conta própria ou ser dissipadas pelo usuário da técnica. Clones de sombra não podem ser diferenciado do original com Sharingan, Byakugan, Rinnegan ou Rinne Sharingan. Clones de sombra também parecem ser capazes de pensar por si mesmos e sentir a dor do original em alguma medida, como evidenciado por clones de Naruto sentindo dor quando manto da Nove Caudas despertou enquanto ele e Kakashi estavam lutando Deidara.

Kuroi Kaminari: Akuma no Katachi (黒い雷: 悪魔の形, lit. Black Lightning: Demon Form)
Requerimentos: Kuroi Kaminari, Kakuja Completa, Afinidade em Raiton, Grande Controle de Chakra e Conhecimentos Anatômicos.

Uma vez tendo alcançado a transformação final da linhagem sanguínea dos Ghouls, uma alta concentração de células RC no organismo e demonstrando um domínio exemplar no controle de chakra, o usuário, portador da marca que concede a capacidade de emitir relâmpagos negros, é capaz de complementar - com a energia elemental - não apenas a transcrição e expressão de novas células mutantes mas também potencializar as transmissões sinápticas. Assim, o corpo é capaz de remodelar o tecido muscular em uma velocidade assustadora, apresentando um acréscimo considerável na tonalidade muscular enquanto a destreza física é impulsionada para o limite absoluto, permitindo a utilização da agilidade em uma forma que ultrapassa os limites convencionais.

Com o devido refinamento do uso desse estilo, o usuário ascende a escala evolutiva e conquista a capacidade de despender uma quantidade maior de energia em troca de um aumento ainda mais significativo na expressão gênica, e, consequentemente, constituindo tecidos musculares cada vez mais vigorosos e impetuosos.

Durante a utilização desse estilo, o corpo apresenta uma tonalidade escura devido a utilização da energia elemental e ao bel prazer do usuário é possível manifestar as características dos Ghouls. Dura conforme a estamina permitir, além de ser necessário despender 200CK para ativar e 40CK por turno para se manter ativo.

Regras: O usuário recebe uma bonificação de 2 pontos em força e velocidade.

Meiton: Kyūketsukō no Kuroana (冥遁・黒穴 lit. Dark Release: Inhaling Maw of Dark Hole)
Rank: S
Alcance: 10 metros
Descrição: Considerado um Kyūin Jutsu respeitável que necessita de algumas particularidades para ser usado, como habilidades inatas para o ninjutsu, um exímio controle de chakra, ser um usuário da Liberação da Escuridão e deter previamente a técnica Meiton: Kyūketsukō. O usuário estende a mão que possui a tatuagem de absorção e suga uma técnica de rank equivalente, através do retângulo superior, mesmo a uma distância considerável. Além disso, através do contato físico direto com o inimigo, é possível extrair forçadamente sua energia(chakra).  

Kakuja
Rank: -
Descrição: A Kakuja (赫者) é a evolução completa da kekkei genkai. A transformação origina um novo kakuhō (sendo assim o indivíduo chega a ter até três kakuhōs simultâneos) cuja projeção é capaz de proteger inteiramente o corpo do usuário, além de aplicar efeitos variados de acordo com a criatividade do usuário. Tratando-se da evolução total, a kakuja amplifica drasticamente as capacidades físicas de um usuário sem os efeitos psicológicos da forma incompleta. Quanto mais o usuário se alimenta, maior e mais forte pode se tornar sua kakuja, sendo capaz de alcançar níveis colossais.

Rinkaku
Rank: -
Descrição: A Rinkaku (鱗赫) é projetada pela região lombar, possuindo a aparência de tentáculos escamados cuja quantidade, alcance e dimensão é variável às capacidades do usuário. A especialidade desse tipo são ataques de média e longa-distância, além de uma alta regeneração — superior a inata da kekkei genkai —, pois as células fluem mais facilmente nesse tipo, conseguindo assim recuperar até ferimentos fatais quando os usuários alcançam a evolução de kakuja. Porém, ela é um tipo mais frágil pelos mesmos motivos de sua regeneração ser mais incrementada, sendo assim, elas não são tão fortes quanto o organismo de seus usuários, sendo mais fáceis de receberem danos.

Bikaku

Rank: -
Descrição: A Bikaku (尾赫) é projetada pela região lombar, possuindo a aparência semelhante a uma cauda cujo formato e divisões são especuladas pela criatividade e habilidade do usuário. É o formato mais balanceado, servindo para ataques de média-distância, bem como curta e longa-distância. Os usuários desse tipo que alcançam o estado de kakuja apresentam maior durabilidade usando seus poderes.

Kakugan
Rank: -
Descrição: O Kakugan (赫眼) é o dōjutsu exclusivo dos membros Washū. É caracterizado pela mudança da cor da íris de um indivíduo para o vermelho vivo e sua esclera torna-se negra. O usuário consegue controlar quando ativa ou desativa essa capacidade, exceto em momentos de extrema fome ou quando sua kagune está ativa. Esses olhos, porém, não apresentam nenhuma habilidade especial, apresentando-se somente como uma característica dos indivíduos. Geralmente, os membros possuem ambos os olhos com tal carcterística, quando se apresenta em somente um dos olhos são chamados de Sekigan no Gūru (隻眼の喰種).

-
Kurt
Genin
Kurt
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] FKaCpRU

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67454-fp-kurt-zori-hatake#499323

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 29/7/2019, 20:09


Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_n3g6tarmNt1tvwrhco1_500

- E lá vem eles - A principio não via ninguém, não até perceber uma movimentação que dedurava a formação de um pequeno esquadrão nas mediações, a contra ofensiva de Kumogakure pouco a pouco tomava forma, manifestando-se na presença de três homens, posicionados mais próximos ao castelo. - Exatamente como imaginei que seria, ainda que tivesse projetado a presença de mais alguns deles. Quantos mais estariam a espreita? -  Meus olhos percorriam o redor, procurava atentamente identificar visualmente outras presenças senão a minha e a daqueles indivíduos, e fracassava. Seriam só nós? Tinha certeza que não. - Não sejam tímidos garotos - Todos os olhos estavam voltados para lá, o castelo que havia de ser tomado de volta; e se mesmo eu - Um quase mendigo - estava ali, muitos outros também estariam motivados pela presença do Daimyou. Uma figurona como essa não só tinha muitos inimigos, mas também toda sorte de personalidades dispostas a babar seus ovos,  era quase certo que sua fortuna havia de lhe prover uma salvação. Mas ainda não era a hora de agir, e apenas me mantinha inerte, deixaria todo o dever de casa para os nerds, e assim que eles forçassem sua entrada para dentro do castelo, eu também o faria na surdina, como o bom malandro que era.

- Neve? - O prelúdio dos acontecimentos que viriam a se suceder começavam a manifestar-se no céu, uma repentina tempestade se fazia presente, trazendo consigo uma áspera mudança na temperatura ambiente que permeava todo o local. - Geez, sol de verão? As previsões do tempo haviam errado como sempre  - O clima se tornava ainda mais dramático quando uma movimentação atípica vinha do inferninho pessoal do Daimyou, pela primeira vez nos últimos minutos algo parecia acontecer dentro do castelo; uma ação que afetaria não só as mediações, como também uma boa parte de Kumogakure.

- Olha lá os safados - Eles davam a cara, e agiam. Seu movimento era audacioso; por meio da água procuravam inundar o castelo e suas mediações. - Geez, ta bom, ta bom, eu estou alguns dias sem tomar banho, mas não é pra tanto -   Não podia fazer nada aquela distância senão me proteger distanciando-me daquela tragédia, antes que ela de fato virasse uma, e ficar feliz por não ter investido em nenhum imóvel supervalorizado nas arrendodezas; procurava com os olhos um ponto ainda mais alto, pelo menos o suficiente para livrar-me da torrente de água que tomava forma a minha frente. - Um gole antes de agir - Tomava coragem e fazia meu movimento, macaqueando pelas casas. Meus pés resvalavam na neve a medida que me movia, - Sim, tinha de nevar justamente agora - Dificultando minha chegada; mas não a impedindo. Era um bom macaco, e se tem algo que um macaco sabe fazer é macaquear, e isso é algo que ninguém jamais poderia me impedir de fazer.

Traçava uma rota pelas casas ligadas aos alicerces montanhosos dos quais a aldeia havia sido construída, alicerces quais nem mesmo a água poderia derrubar, usando construções e rochas menores como escada para meu objetivo, para só então me encontrar-me em um novo ponto com uma visão ainda mais alta com relação ao castelo, e por fim a tempo de estemunhar a ascensão dos dragões de fogo ao céu, show pirotécnico patrocinado pelos nosso queridos invasores - Pfff, fogos? Esses caras estão tirando onda? -  E quanto aos outros homens? Teria eu perdido a ação das figurinhas carimbadas? Ou isso ou havia perdido suas mortes por afogamento. - Um ninja de elite sabe nadar, certo? - Acho que sim.


- Kumo é famosa por sua geografia montanhosa, alta suficiente para tocar as nuvens.
- Nas mediações em questão, não considerei a existência de nenhum local alto suficiente para 'tocar nuvens', mas alguns altos suficientes para livrar-se da inundação.
- Inundar em tamanhas proporções leva algum tempo, ainda que feito por mais de uma pessoa, então posso imaginar que em algum momento [se efetiva] as ações de Tenzou interromperam a ação partindo do castelo.
- Seja como for, minha nova posição é um local com 85m de altura, o que normalmente equivale a um prédio de 20 andares ou menos; o tipo de construção que provavelmente cerca uma área nobre o suficiente para abrigar um castelo de Daimyou. Minhas movimentações e dada altura do edifico, são suficientes para me livrarem de ambas primeira e segunda utilização do suiton.
- Continuo com atenção focada no castelo.
- Dada minha distância inicial do castelo de pelo menos 70m, mover-me com com 4 pontos de velocidade é mais do que o bastante.

+ Kunai: 05 un. (05)
+ Shuriken: 05 un. (05)
+ Kibaku Fuda: 05 un. (02)
+ Hikaridama: 03 un. (03)
+ Kemuridama: 02 un. (02)

HP: (250 • 250) CH: (250 • 250) ST: (0 • 4) ]VEL: (18m/s • 22m/s)


Arma:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Latest?cb=20151128021051&path-prefix=pt-br
Hakke Chakura Tou
Rank: -
Descrição: O Hakke Chakura To foi um tantou que originalmente pertencia a Hatake Sakumo, que passou para seu filho, Kakashi. Foi um tantou reto com uma lâmina pequena, e guarda circular à mão. Ele exalava um traço branco de chakra, quando foi balançado, ganhando Sakumo assim o título de 'Konoha no Shiroi Kiba'. Esta lâmina foi destruída durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, durante a luta de Kakashi com Kakkou.


-
Arthur
Chūnin
avatar
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] EeYBdl7

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69537-ficha-de-personagem-enmei#521378 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69558-gestao-de-ficha-enmei#521613

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 29/7/2019, 22:43



Com o pé direito elevado sobre um dos parapeitos do sombrio edifício que me erguia aos céus, observei, com meu antebraço apoiado na perna elevada, o desenrolar dos acontecimentos; de início, contemplei a coordenada movimentação daqueles que povoavam o castelo do lorde feudal. – Artístico. – Relatei a respeito daquilo que meus olhos captaram. A distração neste caso, contudo, quase foi o motivo da minha morte: a formação enquadrada pelos seqüestradores não foi meramente um espetáculo. Ao invés disto, visava maximizar o potencial da técnica de água imensa que eles estavam prestes a conjurar. Assim que os vi realizando os selos, mantive-me em meus calcanhares. Assim que o volume d’água começou a ser expelido pela boca dos ninjas, me vi forçado a utilizar a primeira estratégia de fuga que me veio a mente neste curto espaço de tempo; assim que me coloquei para correr na direção oposta d’água, expeli meu chakra poucos metros à minha frente, ainda no mesmo edifício, que tomou a forma de um clone meu. Kage Bunshin no Jutsu. Assim que pulei para fora do edifício, senti que meus movimentos se tornavam mais fluidos, instintivos e, acima de tudo, rápidos, também auxiliando na tarefa de pisar em lugares em que a neve não fosse atrapalhar minha movimentação. – Funcionou. – Murmurei para mim mesmo, num gesto de auto-afirmação orgulhosa perante o feito rapidamente corroborado. Ao longo do percurso que fui conduzido por meu clone antes deste ser dissipado pela água torrencial, efetuei manobras que me levassem a pontos gradativamente mais altos, estas que culminaram em meus pés – e as linhas de chakra – me levando para uma espécie de prédio, comercial, sem dúvidas, dado seu vasto tamanho e seus múltiplos andares. Nele, além de ter uma ótima vista do agora distante campo de batalha, pude, através do cheiro de peixe podre, notar a presença de outro “ninja” que fitava o grande evento que tomava o local do castelo do senhor feudal. – Aproveitando o circo? – Pedi perdão para mim mesmo, mas foi divertido me deixar levar por sua aparência engraçada por alguns segundos.

Vários feixes de fogo eram disparados nas imediações. Ao pensar bem, recordei de ver alguns ninjas próximos da entrada do castelo; provavelmente não estariam muito bem diante daquilo. Eu com certeza não iria estar. Por sorte, as rajadas de água me espantaram para uma distância grande o suficiente para que o elemento adverso sequer ameaçasse se aproximar de nós.

[...]

Rebuscando entre os utensílios em minha cintura, tirei dela um pergaminho. Abrindo-o, dei origem a uma coluna de fumaça que rapidamente se moldou, tomando a forma de uma de minhas melhores marionetes. A vinte e um dobrava e flexionava suas articulações enquanto eu acostumava meus dedos e minha coordenação motora com suas mecânicas específicas de uso. Posicionei-a na minha frente, fitando o campo de batalha com outros olhos. – Eles têm uns ninjas fortes defendendo aquela merda. – Provavelmente falar assim surtiria mais efeito no bêbado nojento. – Quer me ajudar a matar todos eles? – Concluí, voltando meus olhos para o maltrapilho trajando o meu melhor sorriso sarcástico.

HP [550/550] | CH [490/550] | ST [0/4]

Utilizado(s):
Kage Bunshin no Jutsu
Rank: B
Requerimentos: —
Descrição: Este jutsu permite ao usuário criar uma ou mais cópias de si mesmo. O chakra do usuário é dividido entre si e seus clones: criar um clone dará metade do chakra do usuário, criar dois clones dará a cada um um terço do chakra do usuário e assim por diante. Dependendo de quanto chakra o usuário possui e quantos clones ele faz, esse rápido esgotamento de suas reservas pode ser perigoso. Por causa disso, geralmente apenas aqueles de pelo menos nível jōnin podem usar com segurança a técnica padrão Kage Bunshin. Tajū Kage Bunshin no Jutsu - que cria centenas de clones para as dezenas da versão padrão - é insegura a ponto de ser proibida. Naruto Uzumaki é uma exceção a essa regra; porque ele tem acesso ao chakra do Nove-Caudas, ele pode criar centenas de clones sem se preocupar. Ao contrário do Bunshin no Jutsu, os clones das sombras são fisicamente reais. Eles possuem as mesmas roupas, danos e transformações que o usuário no momento de sua criação. A maioria das ferramentas e armas são copiadas quando os clones de sombra são criados, mas a tecnologia complicada não será duplicada. Por serem visualmente idênticos e possuírem o mesmo chakra que o usuário, os clones das sombras são indistinguíveis de seu original, nem mesmo por dōjutsu; Madara Uchiha pode identificar clones das sombras usando seu Rinnegan.

Considerações:
Defesa:

De acordo com as regras de manipulação, ser um utilizador de marionetes com a qualidade "Grande Controle de Chakra" me dá o bônus de ser capaz de controlar outras pessoas através do manejo de meus fios de chakra. Com isto em mente, originei um Kage Bunshin e, dando-o permissão para o fazer, este me manipulou com suas cordas, tendo uma melhor visão dos arredores e me dando seis pontos de velocidade durante o movimento. O clone não duraria para sempre com a água se aproximando, é claro, mas ganhou tempo suficiente para que eu efetuasse uma escalada em recuo, parando, assim, ao lado de Zori. Vale notar que, de acordo com minha primeira postagem, eu me encontrava numa diagonal em relação ao castelo, e não ocupava diretamente um dos pontos cardeais. Esta vantagem estratégica me comprou tempo suficiente para fazer o recuo com seis pontos de velocidade, evitando por completo as ondas d'água e os jatos de fogo posteriormente lançados. A respeito do edifício, de sua altura e de nossa distância em relação ao castelo após nossa esquiva, consultar a postagem do ninja que me acompanha. Como o clone originado foi destruído na mesma postagem, é desnecessário efetuar a matemática a respeito de seus pontos de chakra. Uma técnica é preparada.

Kugutsu:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] VwdXCZv

XXI (Nijūichi, にじゅういち )
Rank: S.
Tipo: Normal.
Descrição: "Nijūichi", literalmente vinte e um, foi a primeira marionete orquestrada por Sasaki após seu desligamento com o orfanato onde foi criado. Na prática do tarô, uma arte perdida e quase extinta no mundo ninja, o número antecessor do vinte e um chama-se "carta de julgamento", determinada por um período de reflexão e auto avaliação. A marionete ter recebido o número posterior à carta do julgamento indica o encerramento de um período de introspecção, entrando para o significado da carta de número vinte e um: Mundo. Representa, portanto, uma nova linha de raciocínio na psique do titereiro. Visualmente, a marionete adorna uma bizarra fisionomia: Em seu material de madeira refinada que imita pele, possui inúmeras "cicatrizes remendadas", tanto em suas pernas quanto em seus braços, peitoral e rosto. Parte delas, entretanto, encontram-se ocultas pelas suas vestes negras, que revolvem em torno de um grande manto com capuz, cuidadosamente costurado para não obstruir seus bizarros e expansivos movimentos. Feita com o intuito de brandir grandes velocidades, possui uma estatura de 160 centímetros, reafirmando sua leveza para manejo e movimentação. Ainda a respeito da aparência da marionete, ao mesmo passo em que possui feições humanas, sua dualidade é representada, não podendo discernir ao certo se é uma retratação feminina ou masculina. É, sobretudo, de grande importância simbólica para seu criador, sendo a pioneira de uma grande coleção de obras de arte voltadas para os sentimentos daquele que as desenvolveu. Como todas as suas marionetes, XXI carrega o símbolo desenvolvido por seu artista em vermelho, na sua nuca, coberta por seus cabelos.
Mecanismo 1: Inúmeras (60) adagas, semelhantes à kunais, alojadas dentro de seu corpo, podendo ser expelidas para fora por sua boca, ombros, coxas e pés em grande velocidade (ilustração, força 05), além de possuírem um fio que aceita a entrada de substâncias em forma líquida na totalidade das lâminas;
Mecanismo 2: Um simples sistema de retransmissão de chakra se encontra acoplado no torso da marionete, permitindo que, quando as adagas sejam expelidas, estas se vejam imediatamente acopladas com o chakra do utilizador da marionete por um custo de 05 pontos de chakra por projétil;
Mecanismo 3: A marionete possui uma estrutura leve, sendo utilizado um diferente tipo de madeira em sua constituição, tornando-o leve o suficiente para ganhar um ponto de velocidade em viagens retilíneas ao custo de receber dano físico dobrado enquanto utiliza o bônus em questão;
Mecanismo 4: Seus braços e pernas possuem pequenos ganchos internos e ocultos acessíveis unicamente a partir de fios de chakra, permitindo que seu utilizador os destaque e os reinsira na marionete com naturalidade.
Mecanismo 5: Como boa parte das marionetes designadas por Arima, possui tubos de infiltração em determinadas áreas de seu corpo que imitam poros, para que o ar circule pelo interior da marionete impedindo que suas articulações sejam obstruídas.
Nota¹: As adagas podem ser repostas através da compra de kunais em lojas;
Nota²: Máximo de dez projéteis a serem expelidos por turno, sendo que, após lançamento/uso das adagas, estas devem ser recuperadas pelo usuário ou substituídas por novas através da compra;
Nota³: Mecanismo 2 sujeito à regra do Chakra Flow.
-
Zeitgeist
Shodai Otokage
Zeitgeist
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] GM22dSN

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68386-fp-lawliet-hawk-scarlet#509119

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 30/7/2019, 12:25

O episódio não demorou a se desenrolar em mais caos, sob os olhos apurados do Uchiha. Tudo acontecia mais rápido do que havia imaginado em mente, mas o presságio fora evidente diante da movimentação que se instalava. Seus olhos, que percorriam o castelo, perceberam um distúrbio na movimentação, tal como uma espécie de formação sendo formada. Sob o vislumbre dos inimigos se aproximando, percebeu a conjuração do chakra ocorrer durante o observar de seus selos de mão. Aproveitou-se de sua posição atual para usar o agachamento como impulso, num salto para trás. Ondas massivas podiam ser vistas se aproximando, o que fez Chrollo ainda no ar deliberava pinceladas no pergaminho em suas mãos, conjurando um grande pássaro que moveu-se para baixo de si; mantendo-o em voo. A primeira onda então estendeu-se após uma segunda onda, atingindo o prédio que a pouco Chrollo estava. Entretanto, o bater de asas do pássaro havia sido rápido suficiente para tira-lo de alcance, levando-o a uma altura considerável de no mínimo cem metros.

No ar, percebia a movimentação de indivíduos evadindo do grande tsunami, em busca de abrigo nas grandes montanhas do vilarejo. Provavelmente shinobis de kumo, dada suas posições diante o ocorrido. Sobrevoando o castelo era possível ter uma visão mais ampla da catástrofe, entretanto o distanciava do objetivo principal. O Uchiha rapidamente guardou o pergaminho e o pincel, em movimentos de grande destreza; com a mão direita sua espada era sacada de sua cintura enquanto a mão direita executava um selo de mão. O movimento de sacar a espada abria seu manto, enquanto o selo conjurava milhares de corvos que saiam de seu manto, ficando ao redor do mesmo, como uma espécie de nuvem negra. A intenção era cobri-lo, enquanto tocava cerca de cinco corvos distintos, marcando-os.

Após isso, a tormenta de corvos se dispersou, indo em direção ao castelo. Vindo do alto, ela era uma grande nuvem negra em busca de sangue. Os corvos então buscavam cobrir a posição atual do seu conjurador, enquanto adentravam as imediações do castelo buscando informações. Centenas de corvos, se não fossem impedidos, adentrariam o próprio castelo, entre eles os cinco corvos marcados buscariam adentrar diferentes andares. Os corvos serviriam de informantes para seu conjurador e não fariam nada, além de observar o que ocorria nas imediações e no próprio castelo. A volta dos mesmos ocorreria assim que ordenada.

Durante a tempestade negra sobre uma parte do castelo, Taka voou em direção a dois shinobis que estavam sobre o cume de uma montanha, aproximando-se cerca de cinco metros dos mesmos. Durante a aproximação, Chrollo fitou-os com um olhar um tanto quanto penetrante, apesar de não se atentar a sua aparência, tentava discernir o tipo de habilidade que eles possuíam. Manteve-se ao lado deles, planando em voo. -- Vocês estão bem? -- Perguntou, por educação. Em seguida fez a pergunta que realmente importava. -- Algum de vocês sabe o que realmente está acontecendo? -- Perguntou, olhando em direção ao castelo. Queria entender até que ponto aqueles jovens haviam chegado, talvez fossem algum tipo de sensor ou algo do tipo.

1025 HP
1050 CH

ST: 02/05

Considerações:
- Roupas usadas: camisa de gola alta branca, calça de moletom preta e chinelos. Manto igual ao usado pelo sasuke quando entrou na Akatsuki, com um símbolo do clã Uchiha nas costas; ou seja, sem as nuvens da akatsuki. Bandana pendurada na cintura.
- Token sacada.
- Acho que minha defesa está bem explicita; mas vou deixar alguns pontos ainda mais claros. Estava observando o castelo desde o post anterior; o pergaminho e o pincel já estavam em minhas mãos. Movimentos feitos em velocidade 5. Então creio que esteja tudo Ok até ai.
- Quanto ao que fiz no post, foi o seguinte, depois que subi no passarão, ele sobrevoou o castelo indo para o outro lado; foi quando vi o Kurt e o Clairo. Nesse momento saquei a espada com a direita e com a esquerda conjurei os corvos em formato de tormenta (tipo a imagem da kuchyose, lembrando que tenho Hábil em Selos). Durante a tormenta, eu marquei vários corvos com o hiraishin (5), o que levaria uns 10 segundos levando em conta que só tinha uma mão. Os corvos serviam pra me camuflar também. Em seguida, os corvos seguiram rumo ao castelo, tentando camuflar meu movimento e criando uma distração. Eles ficaram tanto nas imediações, como tentarão adentrar o castelo; apenas alguns tentarão adentrar o castelo. Não citarei números exatos pois não sei até quantos posso invocar, mas considere que são muitos, muitos mesmo. Os cinco marcados terão papel importantíssimo, mas estarão camuflados entre os irmãos, porém se separaram um dos outros. Cada um irá para um andar diferente; o que subentende-se que os corvos irão se dividir para invadir todos andares. Lembrando que mesmo se forem apenas cinquenta corvos, o que acho que seria mais, não sei, acredito que seja possível fazer um pequeno alvoroço; além de dar pra dividir ai facilmente nas funções que foram descritas.
- De resto, foi puro RP, me aproximei dos cara pra tentar entender melhor a situação.

Vicio 01/03

OUTROS:

Kekkei Genkai:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_lnupqzBer11qjqz6co1_500
Sharingan [Nível 3 - Ativado]
Descrição: O Sharingan (写輪眼; Lit. "Olho Copiador Giratório") é um dōjutsu kekkei genkai, que aparece em alguns membros do clã Uchiha. Apesar de seus poderes serem vistos pela primeira vez em Kaguya Ōtsutsuki, com o Rinne Sharingan, sua verdadeira forma se manifestou pela primeira vez em Indra Ōtsutsuki, o ancestral mais antigo do clã Uchiha, e mais tarde veio a ser considerado como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳術, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Byakugan e o Rinnegan.

Jutsus:

Chōjū Giga: Taka [Suporte]
Rank: B
Descrição: Após desenhar um falcão em seu pergaminho, Sai é capaz de dar vida a ele, criando um grande "falcão" que serve como transporte aéreo.

Kekkai: Tengai Hōjin [Ativa]
Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.

Kuchyose:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Bi9bU5C
Karasus [Ativa/Suporte]
Rank: B
Descrição: Os corvos (烏, Karasu) são a invocação característica de Itachi e Shisui Uchiha. Em algum momento, Itachi fez um contrato com corvos que lhe permite convocá-los como ele deseja. Usou-os principalmente combinado com seu genjutsu e também ninjutsu ao lutar - frequentemente desmaterializando-se em um rebanho de corvos ou os convocando de debaixo de seu manto para cegar seu alvo. Ele também usou uma variação da Técnica de Clone chamada Técnica Clone de Corvo, onde usou seus corvos como um meio para criar uma cópia de si mesmo que, quando atingido, dispersou-se de volta em corvos.

Habilidade Única:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 03ce6329755c86a849f3dd1f5d1f6223
Hiraishin no Jutsu [Marcação]
Rank: S
Descrição: A Técnica do Deus Voador do Trovão é uma técnica criada pelo Segundo Hokage, Tobirama Senju, que permite ao usuário se transportar para um determinado local marcado instantaneamente.

Para ativar esta técnica, o usuário coloca um selo especial ou "técnica fórmula" (術式, jutsu-shiki) para marcar o destino pretendido. Depois disso, eles podem entrar um vazio dimensional à vontade que instantaneamente transporta-os para o local do selo. A marca pode ser aplicada a qualquer área através do contato físico breve, incluindo um adversário ou alguma outra característica circundante. Como esta técnica é capaz de afetar qualquer coisa que está em contato com o usuário ou de alguma forma ligado ao seu chakra, eles também podem usar esta técnica para teletransportar outros objetos ou pessoas, como quando Minato usou para teleportar Kurama de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. Como Minato também notou, a fórmula de marcação nunca desaparece a partir de um alvo marcado.

Bolsa de armas 27/45:
3 - 12 Kibaku Fuuda
2 - 10m Fio de Aço
10 - 10 Kunais marcadas
5 - 5 Shurikens;
2 - 110ml de tinta
5 - 5 Makimono
5 - 1 Token

_______________________

-
Ch3rry
Genin
Ch3rry
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] NsWGVLz

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 30/7/2019, 13:59

Temperatura: Ambiente. (A ser determinada pelo narrador)
HP:337/675
CH: 337/675
ST: 00/05



Reina sentia como se aquela noite já estivesse condenada, mesmo que aquilo não tivesse nexo algum. Quer dizer, não é como se ela tivesse tido algum pesadelo ou coisa do gênero para lhe causar tamanho desconforto sem sentido. Não, ela sequer estava em casa para dormir. Ainda sim, não podia evitar de sentir um dejavu incomodo, como se não houvesse propósito em ela estar andando sem rumo pelas ruas de Kumo durante a noite, depois do seu horário de cama.

Talvez porque aquilo não fizesse sentido mesmo.

Mas aquela era uma noite estranha e ela de alguma forma ela sentia que devia estar andando pelas ruas de Kumo, sem objetivo algum, como toda e qualquer pessoa normal faria num dia fatídico. Coisas assim ocorrem com todo ninja antes de um grande acontecimento, exatamente da mesma forma, e todos sabiam disso.
Empurrando para o fundo de sua mente a sensação de que devia estar em outro lugar, fazendo algo muito mais importante e congruente, Reina continuou a caminhar, sentindo seu corpo fraco e pesado.

Estranho, ela não devia estar se sentindo tão machucada. Era quase como se um deus invisível estivesse lhe socando infinitamente, até que toda sua força fosse drenada naquela estranha caminhada.

Uma noite bizarra, de fato.

O que importava é que ela estava, de alguma forma, ferida em algum lugar que não foi bem especificado por falta de informações.

A atenção de Reina foi drenada para uma comoção que ocorria em alguma das grandes construções da vila. Ela reconheceu o castelo do Daimyo, mas havia algo errado. O castelo parecia cercado de ninjas que certamente não pertenciam as forças da vila, gerando tumulto por parte dos cidadãos apavorados, que não sabiam o que fazer.

‘Que bela coincidência!’ Reina pensou, abraçando seu boneco. E nesse momento, teve certeza que o velho ditado dos protagonistas era real: As coisas sempre aconteciam da maneira mais clichê o possível quando você segue o papel como um cordeiro em um rebanho.

Achando que aquela coincidência só podia ser obra do destino, Reina olhou em volta e, outra vez coincidentemente, encontrou outros ninjas de Kumo também analisando a situação com curiosidade. Sentido que devia copia-los como uma boa garota, Reina pulou para um local alto e passou a observar o castelo de longe, esperando estar fazendo direito seu papel como ninja.

Era muito engraçado como todos eles pensaram exatamente a mesma coisa e se encontravam em posições similares em relação ao castelo. Provavelmente era por causa do treinamento da academia.

Aguardando qualquer movimento suspeito, Reina permaneceu escondida em uma das plataformas altas de Kumo, que lhe providenciavam uma boa visão de tudo que ocorria no exterior do forte. Dito e feito, não demorou para que diversos ninjas começassem uma estranha estratégia de inundar, com golpes super poderosos, a area ao redor do castelo. Fazendo o possível para se dirigir a plataformas mais altas, a garota observou o correr da água com uma interrogação. Aquilo certamente não se via todo dia, o jeito era esperar e ver como a geografia atuaria com a vazão das águas.





Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:
-
Considerações:
* Reina se encontra a torno de 20m acima de Zori e Arima porém em uma plataforma mais alta (Levando em consideração o modo que construções são feitas em kumo)

-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 30/7/2019, 23:46


Wicca Izanami
闇の刃

Toda a vida, Izanami esperou pelo momento em que estava. Defender Kumogakure no Sato, seu local de criação, e eliminar as ameaças do mal, que novamente atormentavam o povo que vivia em paz. Seus propósitos eram infinitos, e talvez, como sempre, totalmente tolos e egoístas. Isso era muito diferente dos princípios da Jonnin, que jurou defender o mundo, e não descansar enquanto não visse o mesmo em paz. A situação em que ali estava era muito embaraçosa, e requeria o extremo cuidado e atenção de Izanami. Deveria analisar tudo em que estava vivenciando ali. Inimigos, o dinheiro de Kumo, o Senhor Feudal, o Vilarejo e seu povo. Mesmo que tudo aquilo não fosse diretamente responsabilidades da Wicca, ela sentia esse peso nas suas costas, e faria tudo para cumprir como feito. Em sua localização atual, um menino chegava próximo da Izanami. Como seu companheiro de Vila, ela o protegeria de tudo que acontecesse ali, e tinha essa preocupação dobrada ao ver seu tamanho. Assim que ele se achegava, ela rapidamente o cumprimentava. — Olá, garoto. Me chamo Izanami. Eu irei proteger você, e conto com sua ajuda e colaboração. — Enquanto pronunciava tais palavras, tocaria no ombro do garoto, deixando nele uma marcação do Hiraishin, podendo se aproximar dele sempre que fosse preciso. Pouco tempo passava, desde a chegada dos ninjas de Kumogakure, e o inimigo estava pronto, parecia que já estavam aguardando a chegada de Kumo. — Esses malditos... — Dizia rangendo os dentes, e cerrando seus punhos, enquanto seus cabelos loiros caíam ao encanto do vento, junto do brilho que reluzia em sua armadura.

A temperatura do local começava cair, junto de uma chuva, diferente da comum, era feita de neve. Flocos de neve caíam, e abaixavam a temperatura. Aquilo era o início de uma guerra, e Izanami estava mais do que preparada. — Rapaz, fique próximo de mim, e tome cuidado. Imagino que não seja fraco, contudo, minha idade e cargo vai ajudar a gente. Tome cuidado. — Logo, ao terminar a frase, percebia algo a mais. Uma inundação vinda do castelo, começava a cair, formando grandes ondas, e sabia que o frio que fazia, não era suficiente para congelar imediatamente a água. Os ataques começavam, e era hora de agir, começando por ativar seu Dojutsu, já fazendo uma leve sensação de paz cair sobre seus companheiros, esperando que isso os ajudasse em batalha.

Com seus olhos brilhando, emanando paz e alívio, a jovem começava a espalhar seu chakra através do seu corpo, em uma aura em tons alaranjados, brilhando como se fossem chamas. O Heiwa Form estava ativo, e a aura Wiccana aumentaria seus atributos físicos, força e velocidade, além de dar a ela a motivação necessária para prosseguir. Tocava sua mão esquerda na mão do garotinho, e com a destra, lançava uma kunai marcada previamente com a marca do Deus Raijin, para o cume mais próximo ali, visando evitar a água que logo inundaria tudo. Então, se teletransportava para lá, levando o menino junto dela, deixando-o do seu lado. Vendo as chamas indo para o céu, tinha ideia do que aconteceria. — Garoto, aquelas chamas, vai trazer algo grandioso. Eu possuo essa técnica, e isso vai trazer um ser feito de pura magia elétrica. Eu posso defender a gente, e atacar de longe. Então quero que esteja do meu lado quando o bicho vir. — Começava então a se preparar, para ativar a técnica de maior defesa do seu arsenal de jutsus. Apenas erguia sua mão direita, sem a necessidade de selos, uma flor em tom de rosa começava a surgir a sua frente, formando uma espécie de domo. — Fique aqui, e ficará seguro. — Agora, apenas aguardava a técnica ser lançada, atenta a qualquer movimentação no local.


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Bom, Zoro chegou e ficou próximo de mim, então me dei a responsabilidade de protegê-lo, pelo seu tamanho. Marquei ele com Hiraishin e logo em seguia teleportei ele e eu pro topo de uma montanha ali perto, lançando a Kunai com auxílio do Heiwa Form, que me dá +2 de Força e Velocidade, o que me permitiu lançar a kunai 25m acima, onde a gente ficaria. Logo em seguida comecei a usar a defesa do Shiten Ōu Nanatsu no Enkan, primeiramente como Rank A, para depois usá-la como Rank S, pra defender se caso algo realmente viesse nos atacar.
- Gastos: -34 Marcação Hiraishin + Teleporte do Zoro, -30 do Heiwa, -100 do Heiwa Form, -5 25m do Hiraishin, -50 Shiten Ōu Nanatsu no Enkan (Gasto reduzido pela Perícia).
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] AB62306DFC4DB7463456050223ED7B10479600A3
Heiwa
Rank --.
Descrição: Heiwa (paz, 平和) é a evolução completa e sem falha do Misutikku. Quando despertado esse doujutsu o usuário permanece com seu livre árbitro para agir, sendo restringido a si próprio somente a adoração aos deuses renegados. Diferentemente do Kaosu, o Heiwa é capaz de conduzir a paz por onde passa e anda, sua aura é tomada por positividade sendo capaz de auto animar ou propagar conforto a todos aqueles que estão a sua volta. Os condutores desse doujutsu carregam a evolução suprema da magia do clã Wicca, sendo considerados magos ou feiticeiras de nível supremo podendo facilmente destruir seus inimigos com a força da natureza. A influência sobre a aura humana torna-se superior, assim como a capacidade de compreende-la. Um membro do Heiwa, caso corrompido por um membro do Kaosu, irá chorar lagrimas de sangue por três noites enquanto parcialmente perderá sua visão, sendo que, na quarta noite, se tornará cego. Poderá, no entanto, recuperar sua visão, lavando seus olhos com o sangue de um membro que seja possuidor do Kaosu. As lendas profetizam que os usuários dessa evolução serão capazes de evitar o apocalipse no mundo.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] EC2A9781BC7B787B48C342B1FC38DABFABF69CDC
Heiwa Form
Descrição: Quando utilizada com o doujutsu Heiwa o usuário recebe a benção dos deuses, se ligando de maneira especial a natureza, canalizando através do seu corpo uma aura que relembra o fogo, como uma representação do fogo da justiça. Seu corpo é coberto por marcas vermelhas, e no meio de sua testa uma perola amarela surge, representando a joia dos deuses, canalizadora da verdadeira magia. Além do mais uma série de relíquias surgem em seu corpo, todas auxiliando a manter a forma dita como perfeita, sua aura em forma de fogo é canalizada de forma perfeita, podendo não apenas revitalizar as pessoas que toca como assumir formas poderosas e distintas. Quando ativo, o usuário ganha mais dois pontos em velocidade e força.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Giphy
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Requerimentos: Especialidade em Espaço-Tempo, Tokubetsu Jōnin & Quest: Relâmpagos Dourados.
Descrição:  A Técnica do Deus Voador do Trovão é uma técnica criada pelo Segundo Hokage, Tobirama Senju, que permite ao usuário se transportar para um determinado local marcado instantaneamente.

Para ativar esta técnica, o usuário coloca um selo especial ou "técnica fórmula" (術式, jutsu-shiki) para marcar o destino pretendido. Depois disso, eles podem entrar um vazio dimensional à vontade que instantaneamente transporta-os para o local do selo. A marca pode ser aplicada a qualquer área através do contato físico breve, incluindo um adversário ou alguma outra característica circundante. Como esta técnica é capaz de afetar qualquer coisa que está em contato com o usuário ou de alguma forma ligado ao seu chakra, eles também podem usar esta técnica para teletransportar outros objetos ou pessoas, como quando Minato usou para teleportar Kurama de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. Como Minato também notou, a fórmula de marcação nunca desaparece a partir de um alvo marcado.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_inline_noz3mbubgC1rh9lcd_500
Shiten Ōu Nanatsu no Enkan
Rank: A/S
Requerimentos: Mestre em Raiton, Grande Controle de Chakra, Habilidade em Ninjutsu e Magic Form.
Descrição:  Considerada a melhor das técnicas de defesa criada por Izanami, Rho Aias é uma variação e aprimoramento único da técnica rose quartz ball, funcionando de maneira parecida, mas diferente, dessa vez Izanami infundiu sua capacidade de domínio em raiton a técnica, de maneira como já funcionava o chakra é expelido de uma forma rosa através da palma da mão do usuário — sem nenhum requerimento de selo — quando expelido um tipo de flor rosa se forma na frente do usuário, sem nenhum molde adicional a técnica apenas muda seu formato e permanece a uma defesa de equivalência nível A.

A técnica, no entanto, pode subir ainda mais um nível de habilidade, adicionando o chakra restante para formulação de uma técnica de nível S, Izanami consegue criar um tipo de camada nova na frente da flor, graça a essa nova camada a habilidade ganha ainda mais força e capacidade defensiva, se tornando uma defesa de equivalência a nível S.

A parte final do Rho Aias, e sendo considerada o xeque-mate em defesa de Izanami, é a capacidade de adicionar mais dois moldes de escudo a frente do escudo — visto que para ativar essa parte final, as outras já devem estar ativa — os dois moldes adicional podem ser criados de duas maneiras distintas, sendo a primeira forma através de uma preparação de um turno e o dobro de chakra utilizado em uma rank S, juntamente do Doujutsu de Izanami e sua Magic Form para se formar de maneira instantânea uma defesa de equivalência a nível mortal, podendo defender a tudo.

Ressaltando que apesar dos gastos fragmentados, os gastos serão sempre os equivalentes ao nível da técnica, sendo assim na primeira forma é gasto é cem de chakra, já na segunda mais cem de chakra para assim formar duzentos, na última forma é gasto um adicional de mais trezentos de chakra caso utilize-se de preparação. A primeira forma utiliza de uma barreira e pode defender até rank A, a segunda forma utiliza de duas barreiras e pode defender até rank S, e a terceira forma utiliza de quatro barreiras e pode defender até nível mortal.

HP: 1925 • 1925 | CH: 1832 • 2110 | ST: 02 • 07 | CN: 000 • 400
-
oito
Jōnin
oito
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70624-amargo-senju-caramelo#534274 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62870p180-mods-f-amargo-caramelo#446539

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 31/7/2019, 15:40



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

O cenário apresentado trazia consigo o clarear do céu encoberto pelas nuvens de Kumogakure no Sato, esse fenômeno meteorológico fantástico pode ser chamado de iluminismo. Do iluminismo, a lição aprendida em sala de aula nos ensina que devemos nos sensibilizar com o problema do outro e era exatamente com o que Amargo estava trabalhando naquele momento. Ao seu lado sete honráveis combatentes se prontificavam para atender a necessidade de proteger o castelo e outros milhares de pessoas estavam em seus aposentos totalmente dependentes de um resultado positivo. Aquela construção estava longe de ser apenas uma simples moradia, mas sim um centro de atenção cultural, representava a grandeza do vilarejo como um todo e só de imaginar sua destruição não conseguia organizar as fortes emoções e as visões impactantes em uma sequência adequada.

Uma de suas principais características era a sua especialidade vitalidade sobre-humana e por maior que fosse e ainda insignificante indício de neve sob os seus ombros não seria suficiente para chamar sua atenção. Seria ignorado por completo e continuaria a pisar firmemente sobre o solo abaixo dos seus pés. – Sapere aude. – Como um mestre elemental Amargo se envolveria com eletricidade na forma de uma simples armadura, aumentando assim sua velocidade e em complemento ao seu movimento flexionaria seus membros inferiores e iria utilizar um segundo jutsu, aprendido ainda na academia shinobi e não menos importante, o Shunshin no Jutsu para investir com um salto contra o topo daquele castelo e assim buscar uma abertura, aproveitando-se do mesmo intervalo de tempo que o Iryounin - Toshinori Yami - havia feito sua jogada. Amargo era um combatente em essência e seria ele o responsável por aumentar, de dentro para fora, a chance dos demais avançarem.

Alcançando o seu destino final Amargo iria sacar sua Hiramekarei e doar uma quantidade de chakra no valor de 300, para assim moldar sua forma em uma grande extensão com o objetivo de varrer os invasores mais acessíveis. Independente do resultado de sua ação, Amargo procuraria um campo acessível para que pudesse se ocultar dentro do castelo, local esse que considerava ser o mais seguro pela presença dos próprios antagonistas ali dentro onde imaginava que eles não fossem provocar um ataque contra a integridade física dos seus membros.  

Considerações:


Recuperação Instantânea: Aqui
Aparência: Exemplo

Atributos ao máximo, Vel: 7 e For: 5.
Molde de forma equivalente a esse.
Descontos: 13 de CH para uma distância suficiente de até 100 metros de distância; 300 Hiramekarei e 38 pelo Raigeki.
Resumo: Acho que o post em si está bem justificado, estou seguindo Yami em sua abordagem na tentativa de abrir cada vez mais espaço para ele. Procuro acessar dentro do castelo em alguma estrutura que pudesse me beneficiar para me ocultar em meio aos atacantes.

Jutsus usados:

Shunshin no Jutsu
Rank: D
Descrição: O Shumshin no Jutsu é uma técnica de movimento de alta velocidade, permitindo que um ninja possa se mover de curta para longas distâncias a uma velocidade quase indetectável. Para um observador, ele aparece como se o usuário tiver teletransportado. Uma bomba de fumaça é ocasionalmente usada para disfarçar os movimentos do usuário. É realizado o uso do chakra temporariamente para revitalizar o corpo para se mover em velocidades extremas. A quantidade de chakra necessária depende da distância total e elevação entre o utilizador e o destino pretendido. Tem havido alguma confusão em algumas traduções entre este e o Jikuukan Ninjutsu, mas estes são de fato diferentes técnicas, esta técnica não é teletransporte e sim apenas um movimento extremamente rápido.

Raigeki no Yoroi
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Usando Liberação de Relâmpago, o usuário se envolve com eletricidade na forma de armadura. O campo elétrico intenso aumenta a velocidade do usuário e os protege, eletrocutando qualquer pessoa que tenha contato com ele. A armadura parece muito forte, pois é capaz de resistir ao Suiken de Rock Lee.
Item:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1924/2275 STM: 01/06
feito por @MilkWho

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 2Sz2OJw
-
'Aoi'
Genin
'Aoi'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68987-hyuga-aoi

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 31/7/2019, 21:46



ZOROJURO ITO?P05
ø Em meio a escuridão do local, uma armadura de outro reluzia nas trevas, nela vestida, uma garota de olhos azuis e pelos tão dourados quanto sua armadura. — ME chamo Zorojuro. — A respondia fitando em seus olhos, mergulhando no azul profundo que ela carregava. Com ela, trazia além da armadura, um par de espadas com laminas estranhas e uma lança tão grande quanto ela, ela é realmente uma guerreira de alta escalão. A neve caia no local, o frio pairava sobre nossos corpos - que ali, fora os residentes do castelo, eram 8 - era comum naquela época do ano, mas no pior das hipóteses, se não tivermos um bom agouro... uma nevasca poderia cair sobre nossa cabeça. Mas não foi bem isso que caiu sobre sobre nós, uma grande massa de água fora cuspida a nossa frente. Outros ninjas corriam para as colinas e para edificações mais altas para escapar. Minhas pernas tremiam e o resto do corpo paralisado... no palco onde heróis e vilões lutavam, eu era um figurante, um Gennin que há pouco tempo era formado.

Mas, por um estranho motivo, a mente se esvaiu e o corpo amoleceu, sentia um formigamento em meu ombro onde a moça de cabelos de ouro me tocou momentos atrás e num piscar de olhos, fomos teletransportado para o alto de um cume, nas imediações do castelo. A menina agora ardia em chamas, queimava um chakra carmesim sobre sua pele, mas não as queimava. — Como viemos parar aqui tão rápid— Não tinha tempos para pergunta. A menina logo ergueu seu braço e conjurou uma flor à nossa frente. Atendia ao pedido dela, ficando bem atrás da mesma. O medo queria me consumir, mas por algum motivo isso não era possível, queria tremer as pernas, mas elas continuavam firmes. O que está acontecendo?

Magia eletrica? Bicho?... Antes inundaram o vale tornando um grande lago entre montanhas, pirotecnias eram soltadas aos céus e logo estas seriam engolidas pelas nuvens negra. — No momento queria deduzir a estratégia usada pelos homens de dentro do castelo, mas o que eles faziam não fazia senti — RAITOOOOON! — Gritei o mais forte e alto possivel, para que os outros companheiros da nuvem pudessem me escutar. — Espero que saiamos vivo desta. — Dizia para a cavaleira, assustado.


*Perdõe-me a demora, havia feito um post às 19 horas, porem o mesmo não foi postado (ou se foi, alguém apagou)
*Marca Hiraishin no ombro
*Atrás de Izanami (@Yagami)
* 04 em INT, acho que posso deduzir o que estava por vim, porém não sabia o certo.
* Ações em tentativas

 
Health Points 200Chakra Points 200Speed 6 m/s
[
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 1/8/2019, 01:59


Evento — A Rebelião.
(03/40)
Era evidente que os ninjas de Kumo já buscariam então tentar uma investida contra a torre que agora estava tomada pelo Clã Kira. Ademais, ninguém poderia saber o que se esperar deles, visto, era um Clã que até agora só havia fomentado o básico dos ninjas: Habilidades elementais. Isso era oque todo mundo tinha, como um ninja de elite em classes mais altas. E até agora, os pseudo defensores de suas vilas só haviam visto uma parcela de suas habilidades, em um nível mais baixo do que se poderia ter de um ninja residente do Clã clandestino de Kumo no Sato.

Um dos ninjas mais velhos daquela vila buscaria então fazer uma investida antecipada. Saltando sem temor nem dó contra seus oponentes, mas, utilizando de suas habilidades canibais, buscaria atacar somente o telhado do pequeno castelo, quebrando sua construção e deixando cair alguns pedaços sobre o chão, assim como o clone de Toshinori, que havia abatido o telhado junto com o seu dono e precursor, ajudando na destruição do magnifico telhado vermelho do Senhor Damiyo. Aquilo seria cômico se não fosse trágico, uma vez que os homens Kiras estavam abaixo de um telhado e, portanto, fariam suas movimentações sem interrupções enquanto o homem verdadeiro cairia em direção ao solo.

O próximo ataque seria do garoto de fios castanhos, saltando sobre o ar para visar um ataque de entrada, porém, a sorte foi que as águas já estavam sendo jorradas pelos quatro cantos da construção quadrangular maciça, enchendo a todos os cantos, e em algum tempo, iria inundar e encher tudo, mas a onda manteria seu ataque potente até perder a força naturalmente e após o movimento do mais velho, havia saltado no ar. Atacando a construção trataria de então, criar um buraco para adentrar. Porém, lá dentro, havia mais membros daquele Clã, alertas com as pessoas que estavam presas.

Ao notar a pequena explosão, um dos homens se prontificaram para fazer o selo do cavalo e portanto, os homens que estavam na janela, saltariam de lá com suas lunetas, em direção ao chão interno, somente para evitar serem atingidos pelo enorme feixe de fogo horizontal queria lançado em direção as janelas, visando atingir o garoto, e portanto, o clone que estaria no telhado, e passar por cima dele, levando todo mundo ali. Não só, a capacidade maciça do fogo seria fortificada por um segundo membro do Clã que junto com seu companheiro buscaria realizar o mesmo jutsu de modo a perpetuar outro.

Enquanto isso, as ondas rolavam a solta, já neste momento, quebrando tudo e se esvaindo, como uma corredeira infreável. Um garoto que tentara escapar do ataque de modo bastante a similar aos símios que viviam nas árvores. Porém buscaria ser atingido em cheio pelas águas, devido a sua baixa velocidade em relação as grandes ondas, sendo levado por elas, poderia ele então, tentar um modo de como se esquivar de toda aquele ataque feral e imparável. Realmente, as ondas eram muito fortificadas pelas as outras ondas e isso só tornaria seu potencial mais severo do que anteriormente, já que, o movimento da segunda onda seria em seguida e com isso o retorno dos usuários anteriores.

A essa altura do campeonato, os dragões já estavam nos céus. Em breve tudo seria mais bombardeados por trovões. Uma garota de fios brancos buscaria se aproximar da linha de combate e portanto, se prontificar para saltar, porém, para a sua sorte, ela então não encontrou uma estrutura tão alta para não impedir de saltar, mas alta ainda o suficiente para impedir as ondas de levarem tudo, mas passarem através da paltaforma, assim como o outro macaqueador, justo o que buscaria saltar perante as casas, mas atrapalhado pela neve, mas, a distância o salvara, o mantendo bastante afastado do local após se aproximar para longe e mais alto do que o próprio prédio. Uma atitude talvez, sabia.  

O outro garoto resolvera invocar um clone para lhe auxiliar, buscaria então seguir em frente. Com estranhas habilidades e pelo fato de que não estava em uma posição deveras privilegiada, buscaria se evadir. Conseguindo tal ação com sucesso, e portanto se esquivando de literalmente receber uma jorrada azulenta em todo o corpo ou se afogar, ou uma série de outras coisas ao ser engolido pelas ondas, aquele sim, poderia ser um dos Gennins mais espertos que estavam ali, portanto, estava a salvo.

Concomitante a isso, a garota loura dos olhos azuis então com seu jeito heróico e protetor, buscaria se distanciar para longe, elevando sua posição junto a um segundo garoto das marionetes, onde buscaria então fazer um preparatório visando proteção para o garoto e para si mesma, podia se dizer que havia obtido êxito pela sua capacidade ninja, e ainda salvara um garoto, seria então uma atitude digna de uma heroína. Mas, lá embaixo, para aqueles que não haviam subido o suficiente, estava o caos das águas de Santina, das águas de Poseidon, o deus das tempestades e mares estava possesso.

Mas para os ares, havia outro viajante dos céus. Um segundo rapaz que havia evocado um pássaro para sobrevoar sua vila. Assim, como um rapaz também dotado de habilidades, buscaria então evocar amigos corvos para encobri-lo, fazer alguma artimanha e mandar vários deles para dentro do castelo. Com guardas alertas lá dentro, não tardariam em lançar ataques contra os pássaros. Alguns lançavam pequenas esferas de fogo que abatiam com precisão os animais, outros, lançavam jatos de água de seus lábios, partindo vários deles em pedaços, alguns criavam golens que socavam os animais, aparecendo em vários lugares ou simplesmente saltando e atacando. Outros lançavam um chakra cortante de natureza do vento, cortando as invocações e partindo as em pedaços, tudo isso acontecendo em andares diferentes.

Mas, os homens fora do castelo, em frente as estruturas e embaixo do primeiro telhado formando um grupo de cinco em cada lado do castelo, estariam então, alertas, contando com os homens de lunetas que se deslocavam para todos os cantos possíveis, e ao mesmo tempo se esquivavam dos animais que iriam sendo abatidos. Eles gritavam informações para os outros, olhando todos os cantos possíveis sempre que pudessem, variando antre as janelas que ainda existiam. Todos estavam alertas, sem exceções. Ademais, os dragões de fogo anteriormente lançados voltariam a fazer efeitos no céu obscuro, começando agora uma grande chuva violenta junto a neve, devido a formação de um cumulus nimbus, povoada por raios azuis ferais que cairiam entre a chuva e a grande nevasca irradiante por toda a vila. Alguns pássaros marcados voltariam para o meio da nevasca, salvos de seus atacantes, trazendo informações, porém um caiu e apenas um seguiu em direção ao seu dono do pássaro de tinta, trazendo informações sobre o castelo.

Considerações:

1. Evento começando, significa que terão 24 horas, cada um de vocês para postarem aqui, ou acarretará em morte instantânea.

Para insuficiência de membros ou nenhum adentramento para o episódio ou a falha do cumprimento da missão, acarretará em, respectivamente:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 O objetivo de vocês é salvar os reféns e derrotar os membros do Clã, tanto o que estão dentro quanto o que estão fora.

2.2 Para quem não está necessariamente no Evento, poderão a cada cinco post, treinar as habilidades que são treinaveis ou adquiridas por narrações e que possuam requisitos para elas, já que é constatada a demora de um episódio.

2.3 Qualquer dúvida, entrar em contato com este perfil através de MPs do Fórum, e ou, WhatsApp, estarei disponível para quaisquer dúvida para responder de vocês, não se acanhem.

Sobre a parte dois:
]
1. Vamos lá, a primeira coisa que vocês devem saber, para não haver mais dúvidas nenhumas, vou desenhar para vocês. O castelo é parecido com aquelas casas feudais antigas, que possuem aqueles telhados orientais pontudos, coisa de asiático modelista. E, existem quatro telhados para englobar o quadrado. A estrutura do castelo é quadrática, ou seja, de quatro lados, e em cada lado, possuem telhados pontudos japoneses. E, acima desses telhados está o compartimento com janelas onde estão os reféns e os lunetas, e os membros lutadores, os que não são lunetas. O primeiro piso está erguido, por uma escada de quatro lados, de trinta metros, são grandes escadões que fazem a construção ser mais alta, e portanto não ser afetada pelas águas. Esse castelo quadrático, é revestido de CINCO ANDARES. E em cada andar, até o quarto, está com SETE reféns e DEZ membros do Clã Kira, não contando os lunetas. Com exceção do QUINTO andar, que está o membro mais poderoso, o chefe, Kozuma e seu membro braço direito, Touka, que é o ruivinho, eles estão lá de boas. Ok, como já mencionei antes, são DEZ MEMBROS dentro, mas e fora? FORA, os membros estão dividos em cinco para cada lado do quadrado, ou seja, VINTE MEMBROS, do lado de fora, e eles estão EMBAIXO dos telhados do PRIMEIRO ANDAR. TODOS estão alertas, dentro e fora. ESPERO QUE TENHA FICADO BEM CLARO PRA VOCÊ, MAIS CLARO QUE O CLAIRO OK??? VAMOS PROSSEGUIR.

1. Tenzou, ótimo, tive uma dificuldade para ler seu POST, mas ficou uma maravilha depois que eu entendi. Porém, por um erro de interpretação, você e o seu clone atacaram a construção ao considerar que estavam os membros no telhado, eles não estavam lá, eles estavam embaixo, logo, você atacou encima, e somente quebrou o telhado, mas não impediu a movimentação e a execução do plano ordenado. Logo, você saltou em direção ao chão, e as águas estão sendo jorradas para você, então, dê um jeito de se defender ou seja levado pelas águas feito o Zabuza.

2. Dois! Como o movimento do Tenzou apenas foi executado mas não no lugar certo, Oito interpretou isso como um sinal para atacar, o que aconteceu? Ele saltou, antes mesmo das ondas atingirem ele, considerando também sua velocidade, e abriu um buraco junto ao clone, dessa vez na janela e encima do telhado, e está lá com o clone do Tenzou. Porém, o pessoal lá dentro também estão alertas, e logo lançaram um jutsu de um selo, o grande jutsu de chamas horizontais, o Goka Mekkyakyu, na direção do Amargo, e do Clone do Tenzou, fora que este jutsu está fortificado pelo segundo jutsu de fogo que é o mesmo, seria o jutsu duas vezes, tenho sérias dúvidas de que poderia dobrar o Rank, mas de qualquer forma, considerem que o jutsu está amplificado pela grande quantidade de chamas. Este jutsu fora lançado em direção ao clone e o Oito/Hachidaime.

3. Aqui o terceiro ponto, Kurt. Bom cara, seguinte, consagrando aqui o erro, você está a alvo pela distância. A constar, visto que o jutsu tem um alcance de 60 metros, então, está salvo dentro de dez metros, sucesso.

4. Quatro, Clairo! Clairo mais claro que a claro do Ovo. Bem vamos lá, parabéns, tive que ler a regra de Kugutsu e entender como funciona, e é bastante interessante, foi isso que te salvou teus míseros pontos em velocidade, você está a salvo, conseguiu escapar das ondas, e está onda está, sua ação foi um sucesso. A grande justificativa para isso, fora que você conseguiu chegar num nível de velocidade acima do jutsu e portanto se deslocar graças aos pontos em Nin que você tem. Parabéns. O seu único erro foi não descontar o ponto de ST pelo uso de atributo acima do máximo e por uso de jutsu acima de B. Favor consertar, nada grave.

5. Quinto, Zeit! Bom Zeit, o seguinte, você conseguiu escapar, óbvio pelo fato de estar com o pergaminho em mãos deste o primeiro tópico o que ajudou no perpetuar de sua ação mais rápida em invocar o pássaro, sendo relativo. Sua ação seguinte, ou seguintes foram sucessos. E, bom, muitos dos seus corvos morreram sendo atacados por jutsus variados dos membros do Clã, mas, o que você reuniu fora só informações de quantidade de pessoas lá dentro, e fora. E que elas têm diferentes usos elementais, e até agora não fora revelado habilidades sanguíneas. Lembrando que, somente alguns ninjas sabem da quantidade de pessoas lá dentro, como os usuários do Kekkai Tengai Hojin, ou de outra habilidade sensitiva, ou de alguma capacidade de verbos membro lá dentro. Porém, a questão é bem óbvia.

6. Apesar de não ter colocado atributo, tudo bem, você colocou o seu corpo para saltar para a estrutura, que seria, digamos, alta o suficiente para que pudesse escapar do ataque. Portanto, parabéns, só não esquece de, colocar atributos em todas as ações. Mas leia regra de Databook, Batalha e Dano Gerais.

7. Yagami, sucesso nas suas ações, eu olhei bastante suas coisas e revirei tudo quanto é regra, por causa do seu histórico de cometer infrações. Mas não encontrei nada, portanto sua ação foi um sucesso salvando também jovem Zoro. Parabéns, está no local que queria e a salvo.

8. Hachidaime, sobre suas ações estão lá no começo do tópico. Agreguei para que pudesse ficar mais fácil de entender, junto com o jovem Tenzou.

9. Nove! Zorojuro! Bom, você não sofreu nenhum ataque, Yagami basicamente te salvou, você está a salvo com ele. Parabéns.

Basicamente isto. Qualquer coisa que deixei passar, favor usar os meios de comunicações.

Usados:


Katon: Gōka Mekkyaku
Rank: B
Requerimentos: Perícia Elemental: Katon.
Descrição: O auge das técnicas de Liberação de Fogo Uchiha, o chakra amassado dentro do corpo é convertido em fogo, e então expelido da boca e moldado em um literal mar de chamas, que cobre também uma ampla gama. Isso torna a técnica extremamente difícil de ser evitada ou contida, exigindo os esforços combinados de vários usuários de Liberação de Água para extinguir as chamas.

Katon: Hōsenka no Jutsu
Rank: C
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Essa técnica cria uma saraivada de pequenas bolas de fogo, que são enviadas voando de maneira imprevisível para atacar o inimigo. As chamas são controladas individualmente com chakra, então evitá-las é muito difícil. Shuriken também pode ser escondido dentro das chamas, criando um inesperado ataque surpresa secundário.

Suiton: Dai Bakusui Shōha
Rank: S
Requerimentos: Mestre Elemental
Descrição: Essa técnica é uma versão maior do Suiton: Bakusui Shōha. Com ele, o usuário lança uma enorme quantidade de água, cobrindo uma área inteira com ondas esmagadoras. O oceano de água produzido pode ser usado para outras técnicas e até mesmo reunido em uma gigantesca prisão de água, permitindo que Kisame use seu Suirō Sameodori no Jutsu.

Suiton: Suidanha
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Depois de amassar o chakra no estômago e convertê-lo em água, o usuário expele-o como um fluxo de alta pressão que é poderoso o suficiente para cortar com facilidade as raízes da Árvore Divina.

Doton: Gōremu no Jutsu
Rank: A
Requerimentos: Afinidade Elemental.
Descrição: Essa técnica permite que o usuário crie uma criatura humanoide grande composta de rocha que pode ser expelida da boca do usuário ou formada por uma fonte de terra pré-existente. Dependendo do usuário, o golem pode ser formado instantaneamente. O tamanho do golem difere dependendo do uso, mas sempre possui uma ampla quantidade de força bruta, sendo capaz de morder e rasgar um clone de Zetsu Branco. É muito durável, sendo capaz de resistir a uma explosão à queima-roupa. Isso torna o golem ideal para servir como suporte adicional ou simplesmente como um escudo móvel.

Jūha Shō
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Uma poderosa técnica de chakra da natureza do vento que pode cortar qualquer material. Sora ativa invocando chakra em sua mão direita e, em seguida, passa uma onda de chakra que parece controlada pela vontade e pensamentos de Sora. Ele também é capaz de usar a técnica em um movimento rápido e sucessivo.

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_p2mus4AmIF1r1j2boo1_500
-
Tenzou
Jōnin
Tenzou
Vilarejo Atual
Ícone : Ultrapasse seus limites. Bem aqui. Agora mesmo.

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70550-fs-wuqing-the-real-asura https://www.narutorpgakatsuki.net/t69259-gestao-de-ficha-tenzou

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 1/8/2019, 22:22

se possível, não plagie o template. deveras agradecido.A escuridão absoluta, ascenderá novamente.

Uma enorme quantidade de água avançou na direção do shinobi ao mesmo tempo que sua canhota ergueu-se com a direção de absorver toda aquela energia.

—— Uma técnica vem nessa direção, cuidado. —— proferiu, o clone, para o homem que compartilhava o telhado destruído, e, em seguida, ambos, clone e conjurador, avançaram em direções opostas com a finalidade de subjugar completamente os seus algozes com o auxílio de sua técnica sensorial e destreza absoluta. Assim, os contráteis moveram-se na direção dos inimigos que estavam fora do castelo e dentro da área sensível. Uma quantidade de chakra também fora reservada para o caso de surgir a necessidade de um reposicionamento estratégico.

Yami; HP [1900|2000] CK [1830|2950]; [46m/s]; [02|24]; RC [3100];
Clone; CK[1280|1280]

Adendos:
Considerações:
 
— ???p nesse site
— Kekkai: Tengai Hōjin expandido por 100m
— +5vel e for, 11 em velocidade e 9 em força.
— Velocidade e força usadas em capacidade máxima.
— Absorvi - com a técnica Meiton: Kyūketsukō no Kuroana - a 'onda' que veio na minha direção, em seguida, avancei contra os OPONENTES.

Ação
— No turno anterior eu preparei uma armadilha, que foi efetivada nesse turno. Caso um jutsu fosse lançado na minha direção, o mesmo seria absorvido.
— Durante dois turnos eu usei a técnica de sensoriamento para encontrar os oponentes e mesmo assim tu não descreveu onde eles se encontravam com exatidão, assim presumi que eles estivessem dentro do meu alcance e o meu golpe foi negado, mas tudo bem.
— Os meus tentáculos (10 tentáculos) alcançam 65m de distância, assim, usei a barreira (100m) para encontrar os inimigos e atacá-los. Ou seja, todos que estiverem dentro do alcance, serão focados. Lembrando, são 10 do clone e 10 do original.
— Usei novamente a especialidade para antecipar a ação inimiga e avisar o aliado para esquivar-se.
— Atualmente, detenho 4 metros de altura devido aos 210cm idôneos e os 200cm adicionais, por conta da Kakuja Completa. Aparência
— O chakra citado na última linha, deve-se a uma técnica coringa preparada nesse turno.
Gastos
40CK
295CK recuperados devido aos 10 pontos em Recuperação.

Bolsa de Armas:

Kunais: 10 (10)
Shurikens: 8 8)
Senbons: 10 (05)
Hyorogans: 10 (2.5)
Zoketsugan: 10 (2.5)
Makimonos Grandes : 01 (05)
Ampolas : 05 (05)
Hikaridamas: 10  (10)
Kemuridamas: 10 (10)
Kibaku Fuudas: 10 (05)
Samehada: 01 (25)
Gunbai: 01 (15)
Yata no Kagami: 01 (??)
Total: 103/120.


Legenda;
Item: Quantidade (Espaços)

Samehada
Rank: S
Descrição: Samehada (鮫 肌, literalmente significando: Shark Skin) é uma grande espada sensível, de tamanho comparável ao Kubikiribōchō. É descrito como o mais terrível de todas as lâminas dos Sete Espadachins e até ganhou o título de "grande palavra" (大刀, daitō), aumentando ainda mais a sua reputação temível.

Gunbai
Rank: A
Descrição: Um gunbai (軍 配, Gunbai, literalmente significando: arranjo do exército), ou Gunbai Uchiwa (軍 配 団 扇, Gunbai Uchiwa, literalmente significando: fã do arranjo do exército), é um fã não dobrável, esculpido em uma árvore espiritual única, da qual apenas os instrumentos rituais são feitos. Este Gunbai foi transmitido entre os clãs de Uchiha por gerações. Este gunbai teve a capacidade de converter o chakra entrante em uma transformação da natureza do vento, refletindo o ataque de um oponente de volta para eles. Madara dominou tanto como um escudo como como uma maça em conjunto com seu kama, e também permitiu que ele executasse várias outras técnicas. Obito também empunhou o gunbai predominantemente como um flail usando a corrente anexada para guiar o ventilador que ele também pode usar como escudo por causa de sua durabilidade, pois foi capaz de bloquear o Super Mini-Tailed Beast Ball de Naruto sem receber nenhum dano notável.

Yata no Kagami
Rank: S
Descrição: O Mirror Yata era um escudo etéreo dominado pelo braço esquerdo do Susanoo de Itachi. É dito ser dotado de todas as transformações da natureza e capaz de mudar suas características para qualquer transformação da natureza para anular completamente qualquer ataque, seja espiritual ou físico.
Observações: Defende qualquer tipo de ataque lançado em qualquer direção e a qualquer velocidade
Utilizado:

Nan no Kaizō
Rank: A
Descrição: Originalmente desenvolvida para atividades de espionagem, esta técnica pode ser feita após uma cirurgia e modificação do corpo real. O usuário se desloca suas articulações, em seguida, controla o seu corpo amolecido com chakra, permitindo-lhes se esticar e torcer qualquer parte de seu corpo em qualquer ângulo, alongando e até mesmo enrolando em torno de seu inimigo. Isto também pode ser utilizado para fazer o corpo do utilizador mais maleável e como de uma cobra. A versão de Orochimaru lhe permite esticar qualquer das partes de seu corpo bem além de seu comprimento normal e lhe permite mover-se na forma de uma cobra.

Kekkai: Tengai Hōjin

Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.

Kage Bunshin no Jutsu
Rank: B
Descrição: Semelhante à técnica de base Clone, esta técnica cria cópias do utilizador. No entanto, esses clones são corporais em vez de ilusões. O chakra do usuário é distribuído igualmente entre todos os clones, dando a cada clone uma fração igual do poder global do usuário. Os clones são capazes de executar técnicas por conta própria e podem até sangrar, mas normalmente irá dispersar depois de atingido por uma força forte o suficiente. Os clones também podem dispersar por conta própria ou ser dissipadas pelo usuário da técnica. Clones de sombra não podem ser diferenciado do original com Sharingan, Byakugan, Rinnegan ou Rinne Sharingan. Clones de sombra também parecem ser capazes de pensar por si mesmos e sentir a dor do original em alguma medida, como evidenciado por clones de Naruto sentindo dor quando manto da Nove Caudas despertou enquanto ele e Kakashi estavam lutando Deidara.

Kuroi Kaminari: Akuma no Katachi (黒い雷: 悪魔の形, lit. Black Lightning: Demon Form)
Requerimentos: Kuroi Kaminari, Kakuja Completa, Afinidade em Raiton, Grande Controle de Chakra e Conhecimentos Anatômicos.

Uma vez tendo alcançado a transformação final da linhagem sanguínea dos Ghouls, uma alta concentração de células RC no organismo e demonstrando um domínio exemplar no controle de chakra, o usuário, portador da marca que concede a capacidade de emitir relâmpagos negros, é capaz de complementar - com a energia elemental - não apenas a transcrição e expressão de novas células mutantes mas também potencializar as transmissões sinápticas. Assim, o corpo é capaz de remodelar o tecido muscular em uma velocidade assustadora, apresentando um acréscimo considerável na tonalidade muscular enquanto a destreza física é impulsionada para o limite absoluto, permitindo a utilização da agilidade em uma forma que ultrapassa os limites convencionais.

Com o devido refinamento do uso desse estilo, o usuário ascende a escala evolutiva e conquista a capacidade de despender uma quantidade maior de energia em troca de um aumento ainda mais significativo na expressão gênica, e, consequentemente, constituindo tecidos musculares cada vez mais vigorosos e impetuosos.

Durante a utilização desse estilo, o corpo apresenta uma tonalidade escura devido a utilização da energia elemental e ao bel prazer do usuário é possível manifestar as características dos Ghouls. Dura conforme a estamina permitir, além de ser necessário despender 200CK para ativar e 40CK por turno para se manter ativo.

Regras: O usuário recebe uma bonificação de 2 pontos em força e velocidade.

Meiton: Kyūketsukō no Kuroana (冥遁・黒穴 lit. Dark Release: Inhaling Maw of Dark Hole)
Rank: S
Alcance: 10 metros
Descrição: Considerado um Kyūin Jutsu respeitável que necessita de algumas particularidades para ser usado, como habilidades inatas para o ninjutsu, um exímio controle de chakra, ser um usuário da Liberação da Escuridão e deter previamente a técnica Meiton: Kyūketsukō. O usuário estende a mão que possui a tatuagem de absorção e suga uma técnica de rank equivalente, através do retângulo superior, mesmo a uma distância considerável. Além disso, através do contato físico direto com o inimigo, é possível extrair forçadamente sua energia(chakra).  

Kakuja
Rank: -
Descrição: A Kakuja (赫者) é a evolução completa da kekkei genkai. A transformação origina um novo kakuhō (sendo assim o indivíduo chega a ter até três kakuhōs simultâneos) cuja projeção é capaz de proteger inteiramente o corpo do usuário, além de aplicar efeitos variados de acordo com a criatividade do usuário. Tratando-se da evolução total, a kakuja amplifica drasticamente as capacidades físicas de um usuário sem os efeitos psicológicos da forma incompleta. Quanto mais o usuário se alimenta, maior e mais forte pode se tornar sua kakuja, sendo capaz de alcançar níveis colossais.

Rinkaku
Rank: -
Descrição: A Rinkaku (鱗赫) é projetada pela região lombar, possuindo a aparência de tentáculos escamados cuja quantidade, alcance e dimensão é variável às capacidades do usuário. A especialidade desse tipo são ataques de média e longa-distância, além de uma alta regeneração — superior a inata da kekkei genkai —, pois as células fluem mais facilmente nesse tipo, conseguindo assim recuperar até ferimentos fatais quando os usuários alcançam a evolução de kakuja. Porém, ela é um tipo mais frágil pelos mesmos motivos de sua regeneração ser mais incrementada, sendo assim, elas não são tão fortes quanto o organismo de seus usuários, sendo mais fáceis de receberem danos.

Bikaku

Rank: -
Descrição: A Bikaku (尾赫) é projetada pela região lombar, possuindo a aparência semelhante a uma cauda cujo formato e divisões são especuladas pela criatividade e habilidade do usuário. É o formato mais balanceado, servindo para ataques de média-distância, bem como curta e longa-distância. Os usuários desse tipo que alcançam o estado de kakuja apresentam maior durabilidade usando seus poderes.

Kakugan
Rank: -
Descrição: O Kakugan (赫眼) é o dōjutsu exclusivo dos membros Washū. É caracterizado pela mudança da cor da íris de um indivíduo para o vermelho vivo e sua esclera torna-se negra. O usuário consegue controlar quando ativa ou desativa essa capacidade, exceto em momentos de extrema fome ou quando sua kagune está ativa. Esses olhos, porém, não apresentam nenhuma habilidade especial, apresentando-se somente como uma característica dos indivíduos. Geralmente, os membros possuem ambos os olhos com tal carcterística, quando se apresenta em somente um dos olhos são chamados de Sekigan no Gūru (隻眼の喰種).

-
Kurt
Genin
Kurt
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] FKaCpRU

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67454-fp-kurt-zori-hatake#499323

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 2/8/2019, 19:52


Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_n3g6tarmNt1tvwrhco1_500


A tragédia se alastrava por kumogakure, devastando construções de menor estatura até que por fim a maré estabilizava, criando o que deveria ser a primeira piscina pública da história da aldeia e levantando mais questões; afinal, o acalmar das torrentes teria sido ou não fruto da interferência do esquadrão que havia avistado mais cedo? E se foi, qual fim se deu a aqueles homens? Dificil dizer, por mais que tentasse a neve havia de ser uma irritante obstrução a visão. - Maldita previsão do tempo -

Assim como o local em que me encontrava, outras construções altas de alicerces montanhosos eram pontos de destaque em meio ao grande mar a céu aberto, pontos quais poderiam ser dados como seguros na medida do possível, se é que algum lugar era seguro naquele momento. Dado o panorama atual, não era de minha surpresa que outros ninjas nas mediações usassem eles como usei, e é clairo que fede a bacalhau, o prédio em que estamos nesse momento é da maior empresa do ramo pesqueiro do mundo shinobi  - não, na verdade não era não -.

Era cada macaco no seu galho, e sempre foi, mas em momentos de desespero era um habito comum a reunião do bando de chimpanzés ao redor da mesma árvore - E adivinha o que eles faziam? Sim, eles se juntavam e começavam a arremessar merda para todos os lados - Não me leve a mal, em momento algum pensei em fazer exatamente da mesma forma ou detalhar tanto tal prática nojenta; mas agora que você sabe, trate de imagina-la bem.

Um gole antes de responder - É cara, isso vai ser uma merda. - A comparação com símios era justa, pois ao que tudo indicava, nós seres humanos - mamíferos de polegares opositores - também partilhávamos do mesmo habito de nossos primos longínquos, um senso primal que demandava agrupamento uma vez em frente a uma ameaça inerente; senso este que naquele momento reunia aqueles homens a mim; Enquanto o primeiro encontro acontecia ao acaso o segundo soava mais como uma intervenção divina. Já sem esperanças de localizar o esquadrão principal, era quase mágico o renovar de esperanças ao fitar o homem acima do pombo gigante, aquele figurão que por certeza iria nos prover alguma solução - Estamos bem ao que parece, mas precisamos entrar lá, tem algum plano? -  


- Mesma posição do post anterior, respondendo dialogos e iniciando o que pode ser um traçar de planos.
- Lembrando que a neve é uma obstrução visual tanto para nós, quanto para os homens no castelo.

+ Kunai: 05 un. (05)
+ Shuriken: 05 un. (05)
+ Kibaku Fuda: 05 un. (02)
+ Hikaridama: 03 un. (03)
+ Kemuridama: 02 un. (02)

HP: (250 • 250) CH: (250 • 250) ST: (0 • 4) ]VEL: (0 • 22m/s)


Arma:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Latest?cb=20151128021051&path-prefix=pt-br
Hakke Chakura Tou
Rank: -
Descrição: O Hakke Chakura To foi um tantou que originalmente pertencia a Hatake Sakumo, que passou para seu filho, Kakashi. Foi um tantou reto com uma lâmina pequena, e guarda circular à mão. Ele exalava um traço branco de chakra, quando foi balançado, ganhando Sakumo assim o título de 'Konoha no Shiroi Kiba'. Esta lâmina foi destruída durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, durante a luta de Kakashi com Kakkou.
-
Arthur
Chūnin
avatar
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] EeYBdl7

https://www.narutorpgakatsuki.net/t69537-ficha-de-personagem-enmei#521378 https://www.narutorpgakatsuki.net/t69558-gestao-de-ficha-enmei#521613

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 2/8/2019, 21:19



Ainda me encontrava atônito perante o inesperado êxito de minhas manobras evasivas assim que as grandes enxurradas d’água implodiram desde o castelo sequestrado. Agora, de uma distância confortável e segura do ponto de impacto, observava conforme as ondas que tanto estarrecem meu estado psicológico se abrandavam aos poucos. Olhando daqui, para ser sincero, elas não eram tão assustadoras assim; é claro, estavam a muitos metros abaixo de mim, e o centro de toda a confusão também estava no horizonte. Observei, por cima do ombro de vinte e um, a bizarramente artística paisagem que se formou mediante o caos instaurado: água, fogo e neve disputavam seu espaço diante da floresta de pedra e concreto que compunha o bioma da parte mais importante da vila oculta pelas nuvens. Se somente minha arte fosse a de pintar quadros, eu gravaria esta cena nos confins de minha mente e acessaria essa memória de frente para uma tela para gravá-la ali; minha arte, entretanto, era a de criar marionetes – a arte sempiterna. Portanto, enrijeci minha mão esquerda, esta que movia minha marionete, trajando um válido curso de ações para que pudesse auxiliar os ninjas mais fortes que aparentavam já ter penetrado as defesas do castelo feudal. Antes que eu pudesse iniciar meus movimentos previamente traçados desde os últimos segundos, contudo, fui interrompido em minha linha de raciocínio por outra figura que compunha o bonito quadro: desde as nuvens, vi-o se aproximando com seu imenso pássaro. Possuía cabelos negros, tez alva, e, mais importante que detalhes físicos, carregava em seu semblante uma confiança maior que a minha. Talvez não maior que a do bêbado, mas isto deve ser porque ele está pensando em bizarrices como atirar trovões na casa de seu arqui-inimigo ou qualquer devaneio desvairado de cunho parecido. – Sim, estamos bem. – Olhei novamente para o macaqueador fedorento, questionando minha resposta por uns instantes. – Bem, eu tenho algumas teorias. – Continuei respondendo suas indagações de maneira educada, presumindo que aquele cara teria mais recursos que o restante de nós para mudar as marés da situação em que estávamos. – Eu estava perto do castelo feudal quando ouvi uma comoção. – Entreolhei o ninja que voava em sua criatura majestosa e o castelo em questão, como que buscando coletar minhas memórias. – Quando fui investigar, não tive muito tempo. Alguns ninjas que não fazem parte da guarda real invadiram o castelo. Quando percebi isso, eles entraram em formação de batalha e começaram a disparar as ondas de água que você pode ver em qualquer lado que olhar. – Enxuguei meus olhos com a mão livre; pensando bem, a neve junto da chuva reduzia drasticamente minha visão, e criava um desconforto saber que eu poderia ser um alvo fácil onde estava. Com isso em mente, não deveria passar mais tempo ali. Não tive tempo suficiente para terminar os aspectos finais de minha estratégia, mas tinha algo em mente.

- Vocês viram aquelas labaredas? – Coordenei-os brevemente, apontando com o meu queixo para o ponto em que o fogo desapareceu momentos atrás nos céus. – Elas esquentaram as nuvens, e começou a chover. – Busquei ser breve e sucinto ao longo da explicação, tendo plena consciência de que (1) estávamos no meio de uma batalha importante e (2) um dos meus ouvintes se encontrava na dimensão da melancia. – Eu acho que essa chuva vai nos prejudicar. Talvez seja uma técnica sensorial ou algo similar. – Não era nada concreto, mas meu dever era proteger todos os habitantes da vila; e minhas observações raramente estão incorretas. Retornei meus olhos para o ninja sobre a águia gigante, buscando manter uma expressão compenetrada e madura para não desacreditar um ninja mais experiente. – Acho que seria melhor você se esconder dessa chuva. Caso não queira, contudo, provavelmente faria melhor em ajudar aquele cara que entrou no castelo. – Contei para ele, mesmo não tendo me lembrado daquele monstro quando pensei nos últimos minutos. – Um ninja. Dos nossos. Conseguiu repelir uma onda imensa d’água e penetrou nas defesas. Com certeza fará melhor ajudar a ele do que a nós. Eu vou trabalhar com o bêbado e você com o monstrengo, certo? – Retornei meus olhos para o malabarista ébrio. – Vamos. – Era perspicaz manter as falas curtas para ele, afinal de contas. Em minha mente, havia tracejado uma rota possível que poderíamos utilizar para nos reaproximar do castelo; ainda mais importante que isso, o percurso que desenvolvi envolvia passarmos através de altos edifícios, utilizando seus telhados e estruturas altos como um escudo para as gotas de chuva que poderiam oferecer perigo, para as gotas de neve que cobriam a visibilidade e para o vento lancinante que poderia desestabilizar nossa estabilidade física. Ele era bom em rodopiar por lugares difíceis, então provavelmente seria capaz de acompanhar o íngreme caminho avante.

Pensando bem, tudo estava uma bagunça até agora. A estrutura mais importante politicamente de todo o vilarejo havia sido comprometida, nosso bioma montanhoso se viu incapaz de conter as ondas d’água, eu havia utilizado fios de chakra em meu próprio corpo para fugir do caos e formava uma dupla com um bêbado que brincava de macaco. A melhor estratégia em situações tão desconexas era se reorganizar; deveria me desvencilhar da pressa e manejar a calma para compreender a plenitude de tudo que se dava no perímetro. Que recursos eu tenho? A vinte e um, mais algumas marionetes na cintura e um orate psicopata. Qual a distância perante a zona de confronto? Uns vinte metros. O que pendia a balança ao meu favor nesta batalha? Um troglodita implacável que estava dentro do castelo e o elemento surpresa, já que estava quase certo de que não havia sido visto. Ordenei que parássemos agora, a uns quinze metros de distância do castelo, no escuro quinto andar duma lojinha familiar qualquer. Entre caixas de madeira e sombras, espiei pela janela para ver o que se dava. A situação era frustrante. Senti-me como um personagem de jogos de tabuleiro que não possui inteligência suficiente para sair de determinada situação com êxito. Mas eu conseguiria, com o tempo. Só precisava disso. Mais tempo.

HP [550/550] | CH [490/550] | ST [2/4]

Kugutsu:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] VwdXCZv

XXI (Nijūichi, にじゅういち )
Rank: S.
Tipo: Normal.
Descrição: "Nijūichi", literalmente vinte e um, foi a primeira marionete orquestrada por Sasaki após seu desligamento com o orfanato onde foi criado. Na prática do tarô, uma arte perdida e quase extinta no mundo ninja, o número antecessor do vinte e um chama-se "carta de julgamento", determinada por um período de reflexão e auto avaliação. A marionete ter recebido o número posterior à carta do julgamento indica o encerramento de um período de introspecção, entrando para o significado da carta de número vinte e um: Mundo. Representa, portanto, uma nova linha de raciocínio na psique do titereiro. Visualmente, a marionete adorna uma bizarra fisionomia: Em seu material de madeira refinada que imita pele, possui inúmeras "cicatrizes remendadas", tanto em suas pernas quanto em seus braços, peitoral e rosto. Parte delas, entretanto, encontram-se ocultas pelas suas vestes negras, que revolvem em torno de um grande manto com capuz, cuidadosamente costurado para não obstruir seus bizarros e expansivos movimentos. Feita com o intuito de brandir grandes velocidades, possui uma estatura de 160 centímetros, reafirmando sua leveza para manejo e movimentação. Ainda a respeito da aparência da marionete, ao mesmo passo em que possui feições humanas, sua dualidade é representada, não podendo discernir ao certo se é uma retratação feminina ou masculina. É, sobretudo, de grande importância simbólica para seu criador, sendo a pioneira de uma grande coleção de obras de arte voltadas para os sentimentos daquele que as desenvolveu. Como todas as suas marionetes, XXI carrega o símbolo desenvolvido por seu artista em vermelho, na sua nuca, coberta por seus cabelos.
Mecanismo 1: Inúmeras (60) adagas, semelhantes à kunais, alojadas dentro de seu corpo, podendo ser expelidas para fora por sua boca, ombros, coxas e pés em grande velocidade (ilustração, força 05), além de possuírem um fio que aceita a entrada de substâncias em forma líquida na totalidade das lâminas;
Mecanismo 2: Um simples sistema de retransmissão de chakra se encontra acoplado no torso da marionete, permitindo que, quando as adagas sejam expelidas, estas se vejam imediatamente acopladas com o chakra do utilizador da marionete por um custo de 05 pontos de chakra por projétil;
Mecanismo 3: A marionete possui uma estrutura leve, sendo utilizado um diferente tipo de madeira em sua constituição, tornando-o leve o suficiente para ganhar um ponto de velocidade em viagens retilíneas ao custo de receber dano físico dobrado enquanto utiliza o bônus em questão;
Mecanismo 4: Seus braços e pernas possuem pequenos ganchos internos e ocultos acessíveis unicamente a partir de fios de chakra, permitindo que seu utilizador os destaque e os reinsira na marionete com naturalidade.
Mecanismo 5: Como boa parte das marionetes designadas por Arima, possui tubos de infiltração em determinadas áreas de seu corpo que imitam poros, para que o ar circule pelo interior da marionete impedindo que suas articulações sejam obstruídas.
Nota¹: As adagas podem ser repostas através da compra de kunais em lojas;
Nota²: Máximo de dez projéteis a serem expelidos por turno, sendo que, após lançamento/uso das adagas, estas devem ser recuperadas pelo usuário ou substituídas por novas através da compra;
Nota³: Mecanismo 2 sujeito à regra do Chakra Flow.
-
Zeitgeist
Shodai Otokage
Zeitgeist
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] GM22dSN

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68386-fp-lawliet-hawk-scarlet#509119

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 3/8/2019, 14:48

Os rapazes ali pareciam bem, ao que tudo indicava, mas nada sabiam além de hipóteses sobre a situação, algo que Chrollo também tinha em mente. Apesar de serem mais jovens, um deles tracejou uma linha de raciocínio um tanto quanto interessante sobre o que ocorria ali e uma possível estratégia. O Uchiha não tinha a intenção de trabalhar em grupo, até então, mas de certo modo, seu trabalho individual deveria ser feito em prol de um todo, então era um trabalho em equipe.

Ele ouviu o garoto sem interrompe-lo e simplesmente assentiu com a cabeça, positivamente. — Só estou esperando algumas informações, mas pelo que posso sentir, não serão tantas assim... — Disse, Chrollo, enquanto sentia suas invocações se esvaírem com o tempo; pareciam ser massacradas no castelo. Pelo que teorizava, tudo que conseguiria era fazer um alvoroço na base inimiga, mas nada que trouxesse grandes avanços na batalha; talvez isso desse tempo.

Após a conversa, o pássaro zarpou rumo a um sobrevoo no castelo, a chuva e a neve eram um agravante ao voo, mas nada que tirasse o foco de Nero. Com o capuz sobre a cabeça e a espada empunhada em sua direita, viu apenas um de seus pássaros voltar até ele, com miseras informações do quinto andar. Dois homens apenas; jutsus elementais; nada demais. O que podia fazer era agir cautelosamente diante a situação. Se quisesse, poderia invadir o castelo facilmente, mas, ao que tudo indicava, haviam reféns no local.

Seus olhos percorreram os presentes nos arredores do castelo, tanto os aliados, quanto os inimigos, vislumbrando o cenário que se desenvolvia. Não podia manter-se confortável sobre as costas de uma águia em grandes alturas; era hora de se lançar ao campo de batalha. Taka deu um rasante próximo aos inimigos, onde Chrollo saltou em um movimento ágil, habilmente conduzindo um corte com a espada nas sua mão direita, na altura do pescoço de um dos antagonistas. O movimento tracejado era seguido por uma descarga elétrica generalizada, buscando todo campo ao redor do usuário, desse modo ele tentou limpar a possível aglomeração ao seu redor.

1025 HP
1000 CH

ST: 03/05

Considerações:
- Roupas usadas: camisa de gola alta branca, calça de moletom preta e chinelos. Manto igual ao usado pelo sasuke quando entrou na Akatsuki, com um símbolo do clã Uchiha nas costas; ou seja, sem as nuvens da akatsuki. Bandana pendurada na cintura.
- Token sacada.
- Peguei as informações sobre o quinto andar, o corvo está voando nos céus, assim como Taka, que depois que ela me deixou voltou a voar. Ambos voam em vel máxima, sobrevoando o castelo.
- Meu ataque foi simples, levei em consideração que aconteceu logo depois da arruaça dos corvos, logo os homens nos arredores ainda estariam meio que agrupados, então saltei do Taka durante o rasante e tentei cortar a garganta de um deles, em seguida, usei Chidori Nagashi para atingir todos ao meu redor. Lembre-se que to usando Kekkai como detecção e Sharingan.
- Movimentos feitos em vel 5, max de atributos.

Vicio 02/03

OUTROS:

Kekkei Genkai:
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_lnupqzBer11qjqz6co1_500
Sharingan [Nível 3 - Ativado]
Descrição: O Sharingan (写輪眼; Lit. "Olho Copiador Giratório") é um dōjutsu kekkei genkai, que aparece em alguns membros do clã Uchiha. Apesar de seus poderes serem vistos pela primeira vez em Kaguya Ōtsutsuki, com o Rinne Sharingan, sua verdadeira forma se manifestou pela primeira vez em Indra Ōtsutsuki, o ancestral mais antigo do clã Uchiha, e mais tarde veio a ser considerado como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳術, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Byakugan e o Rinnegan.

Jutsus:

Chōjū Giga: Taka [Ativa]
Rank: B
Descrição: Após desenhar um falcão em seu pergaminho, Sai é capaz de dar vida a ele, criando um grande "falcão" que serve como transporte aéreo.

Kekkai: Tengai Hōjin [Ativa]
Rank: B
Descrição: Esta técnica cria uma barreira de detecção esférica com o utilizador no centro. Ao comando do usuário, a barreira de detecção pode expandir-se, agarrando tudo na sala. O usuário é capaz de detectar qualquer coisa que se movimenta dentro do espaço da barreira com seu próprio "sentido". O usuário também pode mover-se, a barreira vai segui-lo enquanto se move.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tenor
Chidori Nagashi [Ofensiva]
Rank: A
Requerimentos: Chakra Flow.
Descrição: Ao liberar o Chidori em todas as direções, uma descarga elétrica flui do corpo inteiro do usuário, permitindo que ele afete múltiplos inimigos. Ao usar este ataque em um grande número de inimigos de uma só vez, ele pode efetivamente dobrar como uma defesa instantânea. O corpo da pessoa tocada pelo Chidori interpretará erroneamente a natureza do raio como "sinais elétricos dos nervos", fazendo seus músculos se contraírem. Isso faz com que o corpo involuntariamente fique rígido, enquanto ao mesmo tempo recebe dano. Este ataque também pode ser canalizado através do solo para aumentar o alcance do ataque

Kuchyose:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Bi9bU5C
Karasus [Ativa]
Rank: B
Descrição: Os corvos (烏, Karasu) são a invocação característica de Itachi e Shisui Uchiha. Em algum momento, Itachi fez um contrato com corvos que lhe permite convocá-los como ele deseja. Usou-os principalmente combinado com seu genjutsu e também ninjutsu ao lutar - frequentemente desmaterializando-se em um rebanho de corvos ou os convocando de debaixo de seu manto para cegar seu alvo. Ele também usou uma variação da Técnica de Clone chamada Técnica Clone de Corvo, onde usou seus corvos como um meio para criar uma cópia de si mesmo que, quando atingido, dispersou-se de volta em corvos.

Habilidade Única:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 03ce6329755c86a849f3dd1f5d1f6223
Hiraishin no Jutsu [Marcação]
Rank: S
Descrição: A Técnica do Deus Voador do Trovão é uma técnica criada pelo Segundo Hokage, Tobirama Senju, que permite ao usuário se transportar para um determinado local marcado instantaneamente.

Para ativar esta técnica, o usuário coloca um selo especial ou "técnica fórmula" (術式, jutsu-shiki) para marcar o destino pretendido. Depois disso, eles podem entrar um vazio dimensional à vontade que instantaneamente transporta-os para o local do selo. A marca pode ser aplicada a qualquer área através do contato físico breve, incluindo um adversário ou alguma outra característica circundante. Como esta técnica é capaz de afetar qualquer coisa que está em contato com o usuário ou de alguma forma ligado ao seu chakra, eles também podem usar esta técnica para teletransportar outros objetos ou pessoas, como quando Minato usou para teleportar Kurama de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. Como Minato também notou, a fórmula de marcação nunca desaparece a partir de um alvo marcado.

Bolsa de armas 27/45:
3 - 12 Kibaku Fuuda
2 - 10m Fio de Aço
10 - 10 Kunais marcadas
5 - 5 Shurikens;
2 - 110ml de tinta
5 - 5 Makimono
5 - 1 Token

_______________________

-
Ch3rry
Genin
Ch3rry
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] NsWGVLz

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 3/8/2019, 18:05

Temperatura: -20º *(Checar considerações)
HP:337/675
CH: 257/675
ST: 01/05


Posição Ilustrativa:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] TklOc3v

O caos tomou conta do céu quando o clima se tornou uma bizarra mistura de chuva e neve. Reina espantou-se com visão quase apocalíptica uma vez que – ao menos normalmente – quando ela estava por perto nada além de neve conseguia precipitar. Não demorando a ligar os pontos que o inicio da chuva se dava pelo golpe de fogo reluzente que cobriu os céus anteriormente, ela de imediato se abrigou dentro da estrutura mais próxima para evitar se molhar. Ela sabia muito bem as consequências de gelo e agua juntos no campo de batalha.

Pela janela de seu novo esconderijo, que se encontrava aparentemente deserto dada as circunstancias, ela avistou dois ninjas se afastando de si, alguns metros abaixo. Após trocarem palavras com um terceiro, que voava num grande pássaro, os dois correram por entre as bizarras estruturas de Kumo, sempre evitando a chuva. O último, então, avançou em direção aos inimigos.

Daquela altitude, ela ainda podia ver mais ninjas, que certamente eram mais experientes, iniciarem uma invasão ao castelo alagado. Receosa de se aproximar do fogo cruzado, Reina franziu as sobrancelhas com fervor, buscando formar estratégias que lhe permitiriam ajudar mesmo sem um embate direto.
Com um selo de mão simples, ela buscou impedir o rastreamento de sua posição, gerando uma densa névoa que se juntava ao caos do clima. A nevoa, feita basicamente de chackra amassado, fluía como parte de seu corpo e sangue, permitindo que ela a controlasse com maestria e destreza para o melhor uso seu e de seus aliados. Todos num raio de 30m conseguiriam se ocultar ao mesmo tempo que o inimigo perderia qualquer tipo de contato visual e sensorial da massa diáfana.
Sentindo a respiração tornar-se cada vez mais visível, Reina abraçou Kiri com força, murmurando com um olhar enevoado para o companheiro movido a fios de chackra.

- Logo toda essa água vai congelar... E então vai ficar ainda mais fácil...

O boneco concordou com a cabeça, extasiado.

Reina então conjurou mais selos com os olhos focados na abundancia de gelo e água de fora do prédio. Lentamente, atrás do vidro embaçado, um enorme monstro passou a se cristalizar. Foram necessários vários minutos de criação meticulosa, principalmente utilizando somente o gelo que caia e aquele já aglomerado no chão, mas finalmente a imagem de um tigre foi esculpido de maneira magistral, os olhos de vidro brilhando no meio da tempestade como se estivesse vivo. Reina engoliu em seco, se lembrando da última vez que utilizara aquela técnica e a capacidade ofensiva da mesma.

Foram necessários mais alguns segundos de hesitação antes que ela mandasse o tigre num salto por entre as plataformas, congelando qualquer tipo de liquido que viesse em sua direção na nevasca e o consumindo para a estrutura de seu corpo. A nevoa o cobria como se fossem irmãos, dificultando que qualquer ninja desavisado percebesse a aproximação da besta.

Movendo-se a incríveis 21m/s, o tigre se juntaria aos ninjas que haviam iniciado a invasão, mantendo-se sempre a uma distância de pelo menos 3m deles. O corpo extremamente gelado do animal era o suficiente para congelar o que quer entrasse em contato com ele, e esse parecia exatamente o objetivo de Reina enquanto ela comandava, à distância, sua mascote desferir diversas mordias e cortes gélidos em qualquer ninja inimigo. A altitude lhe dava uma vista clara dos acontecimentos no lado exterior do castelo, facilitando sua manipulação.



Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:

- Selos Lv 3
- 80 CK- 30 de Kirigakure / 50 de Haryuu Moko (Dividido pela metade pelo Perito Elemental: Hyoton
- 1ST

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 310?cb=20150425145036&path-prefix=pt-br
Kirigakure no Jutsu
Rank: D
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Kirigakure no Jutsu é uma especialidade dos shinobi de Kirigakure, onde se faz brotar uma névoa usando uma fonte de água pré-existente ou expulsando-a de sua boca. Eles podem entrar e sair da vista à vontade dentro do reino branco-perolado. A espessura da névoa é controlada pela quantidade de chakra amassada nela. Ele não pode enganar o Byakugan, mas, devido à névoa ser criada com o chakra do usuário, qualquer usuário de Sharingan e Rinnegan verá a névoa colorida pelo chakra do seu oponente - o que efetivamente esconderá o usuário do dōjutsu.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 310?cb=20150814125957&path-prefix=pt-br
Hyōton: Haryū Mōko
Rank: A
Requerimentos: Clã Yuki.
Descrição: O usuário manipula o gelo pré-existente e o transforma em um tigre gigante. Este jutsu é frio o suficiente para congelar qualquer técnica de Liberação de Água com a qual tenha contato.
Considerações:
*Reina se encontra a 20 metros de longitude do castelo, várias plataformas acima.

1- Recomendo você, como narrador, estudar umas partes do DB (e algumas outras) também, obrigada. Agradeço se puder ser mais cordial e neutro nas suas considerações também.

2- A imagem do campo de batalha é meramente ilustrativa e não interfere em nada no que foi narrado. O propósito dela é ajudar a enxergar o que está acontecendo no mapa e as ações dos personagens. Qualquer incongruência da ilustração com a visão do narrador, favor avisar para futuros ajustes. Todos estamos dando nosso melhor para entender o que está acontecendo, e você parece fã de desenhos.
*A imagem está fora de escala;

3- Clã Yuki: Existem muitos pontos que quero destacar nas características do clã daqui em diante. O link para as regras que vou mencionar se encontra aqui: https://www.narutorpgakatsuki.net/t54175-cla-yuki
Pontos sobre o Clã Yuki:
3.1- Temperatura. Estou a dois turnos pedindo para o narrador estabelecer a temperatura atual, mas como isso não aconteceu, considerei que ela estava inicialmente entre 0 e -10 graus, como iniciamos com queda de neve. Somando isso a dois turnos de presença de um membro do clã, a temperatura teria caído 20º de acordo com trecho – “Os membros do clã Yuki podem causar leves alterações na temperatura local, sendo necessário para isso primeiramente possuir Pericia Elemental em Hyouton, podendo a cada turno reduzir – 10º graus passivamente (...)“

3.2 – Levando o tópico superior em consideração, partimos para a segunda regra: o congelamento da agua. De acordo com o tópico, o congelamento se dá da seguinte forma:
“Quanto menor a temperatura, maiores os efeitos em campo. Dessa forma, quando a temperatura alcançar o valor neutro de 0º a água local já começará a congelar — levando apenas um turno para se congelar por completo e impossibilitando a criação de técnicas do elemento água através de fontes naturais — e quando atingir seu ápice de -20º, (...) a água congelará no mesmo turno, quase instantaneamente. ” (Trecho completo no link)
De acordo com a regra, qualquer tipo de agua congelará quase instantaneamente agora, incluindo chuva e fontes naturais (vamos considerar essa ‘inundação’ quase como um rio).
Mesmo com o aquecimento no céu, assim que a agua precipitar e deixar as nuvens, ela eventualmente se tornará neve em contato com o ar gelado, tornando inviável que haja chuva mais.
... Na real, já não devia ter sido possível com a temperatura negativa, mas agora é menos ainda.

3.3- Sobre congelamento e o jutsu lançado. É importante ressaltar os efeitos de um jutsu com habilidades de congelar dentro do clã Yuki. A regra dita o seguinte-
“Todas as técnicas usando o elemento não possuem fraqueza natural contra a natureza do fogo (Katon), e podem causar queimaduras de 2º graus em técnicas iguais ou inferior a rank B, ou de 3º grau em técnicas iguais ou superiores a rank A.”
“Os possuidores do Hyōton podem congelar seus alvos através de técnicas e manipulações, e uma vez que tenha feito isso, o alvo precisará sempre de uma quantidade de pontos em força superior a pontuação de Ninjutsu do usuário do elemento para quebrar o gelo.”
“Técnicas que congelem parcialmente um corpo humano o tornarão mais pesado, de maneira que até o Rank B, poderão remover no máximo 1 ponto de velocidade, aumentando para 2 pontos em níveis superiores.”
Creio que não seja possível que haja um congelamento completo com essa técnica, a menos que um inimigo seja burro o bastante para ficar em contato com ela por muito tempo, mas é importante ressaltar os efeitos de queimadura e debuffs de congelamento parcial.
Na página de danos gerais (https://www.narutorpgakatsuki.net/t61239-01-danos-gerais#428325) temos as informações:
Queimaduras: 05 a 50 (1° Grau), 40 a 80 (2° Grau) & 60 a 300 (3° Grau) p/ post;
Derretimento/Congelamento parcial:  5% do HP p/post;

Estou dando todas de bandeja para que o senhor não se engane ou esqueça de checar algo.
Resumindo tudo, temos, para esse jutsu-
Dano base+ Em caso de congelamento - Queimadura de 3º grau + Debuff 2 ptos em Vel + 5% do HP por post.

4- O terceiro ponto consta como uma dúvida: Como foi utilizado um golpe de suiton em grande escala, é comum de se pensar que além de avançar para frente, engolindo o que estiver pelo caminho, ele também se feche ao redor do castelo, de modo a, eventualmente, inundar os andares mais baixos do mesmo e os ninjas que ainda estão no solo.
Isso é o que eu quero dizer (Imagem meramente ilustrativa, a quantidade de inimigos e pessoas foi simplificada)
Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] SvBlwuO
Fico no aguardo para explicações de como essa questão se deu.

-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 3/8/2019, 21:51


Wicca Izanami
闇の刃

O feito heroico da Jonnin da nuvem trazia a ela grande satisfação, já que conseguira proteger o garotinho, que demonstrava ter uma habilidade um tanto quanto diferente. Marionetes, uma técnica que com certeza não pertencia a Kumogakure no Sato. Contudo, o Kirin ainda não tinha sido lançado. Izanami achava estranho, e levando em conta sua inteligência, somada da experiência shinobi, sabia que algo ali estava completamente errado. — Zoro-kun, tem algo errado. Aquele grupo que está na nossa frente, que recuou, vamos até lá. Eu tentarei proteger todos vocês, e dar cobertura pra todos que entraram no castelo. Vamos. — Cancelando a técnica, a Jonnin rapidamente repetia o mesmo movimento que fez ao subir na posição atual, lançando uma kunai com auxílio de seu Heiwa Form, ganhando força, segurando a mão do Gennin, e se teleportando para o grupo. Quando pousasse, tentaria ao máximo conter a emoção dos rapazes, caso necessário, mostrando que estaria ali para ajudar todos eles. — Olá. Me chamo Izanami. — Com um movimento rápido, tocava no ombro de cada um deles, marcando-os com a marca de Raijin. — Isso é para eu conseguir chegar até vocês sempre que for necessário. Esse fogo aos céus, está planejando algo que vai acontecer em breve, embora tenha demorado. Eu possuo essa técnica, no qual precisa que as nuvens estejam carregadas, para lançar um grande ataque de eletricidade, em proporções enormes. Eu posso proteger, então, quero que fiquem aqui, e se caso não acontecer o ataque, mantenham minha retaguarda para que eu possa cancelar meu ataque, se, necessário. Entendido? — Então, a Wicca aguardava os jovens se reunirem de forma que ficassem dentro do raio da proteção do Shiten que faria agora. Quando o ataque viesse, ele teria uma resistência bem maior


Considerações:
- Aparência: A aparência atual é exatamente essa: link, com Kibas na bainha, e a Goddosureiyā nas costas.
- Adendos: Vendo que o Kirin não foi lançado, usei dos meus pontos em Inteligência (pra pensar o óbvio já que possuo o Kirin), para saber que tinha algo errado pela demora, e avistie o grupo (Kurt e Clairo), a nossa direita. Teleportei eu e Zoro pra lá, e como Coringa, deixarei o Shiten para caso a técnica realmente venha, visto que posso usar ele sem necessitar de selos devido a Maestria em Raiton. Basicamente, é isso.
- Gastos: -40 Marcação Hiraishin + Teleporte do Zoro, -30 do Heiwa, -50 do Heiwa Form, -6 30m do Hiraishin.
- Buffs: Grande Controle de Chakra - (-25% de Gasto em Técnicas)
Perícia Elemental - Raiton (-50% de Gasto em Técnicas Raiton)
Mestre Elemental - Raiton (Dobro de Dano em Técnicas Raiton)
Itens:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_mdjyc7oPKa1rxu6qqo1_r2_500
Kiba
Rank: S
Descrição: Kiba (牙, literalmente significando: Fangs) é uma das espadas famosas dos Sete Espadachins da Névoa. Cada um deles foi imbuído de relâmpagos, exibindo poder de corte aprimorado de forma semelhante às vibrações de alta freqüência do fluxo de chakra baseado no relâmpago. É essa capacidade que resultou nesses "trovões" (雷 刀, raitō) sendo reivindicados como as espadas mais afiadas existentes.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 08846F48FC1B8F65D68A4F24E921A78FEF6D9115
Goddosureiyā (God Slayer, ゴッドスレイヤー)
Espécie: Lendário.
Rank: S.
Descrição: Goddosureiyā, ou Caçadora de Deuses, é uma lança lendária, que foi usada por um grande ninja nos tempos da guerra, onde ouve-se boatos até hoje, de que com essas lanças, ele venceu muitas bestas de caudas, e por isso, recebeu o nome de Caçadora de Deuses. Ela é totalmente decorada com um vermelho escarlate, menos a ponta da lança, que é de prata puro. Tem uns detalhes dourados em seu cabo, onde a mesma por inteira possui um metro e meio de comprimento, e a ponta dela, quarenta centímetros de largura.
Habilidades: A primeira habilidade da mesma, consiste em conjurar uma segunda, que flutua ao lado do portador, brilhando em um chakra de Raiton num tom escarlate, possuindo o mesmo tamanho da mesma. Essa segunda lança tem potência e velocidade de Ninjutsu Rank S, podendo ser destruída se entrar em combate com uma técnica de Vento do mesmo Rank. Gasta-se o equivalente a uma técnica de Rank S, e pode-se manter em campo por quatro turnos gastando 50 de CH por turno ativo.

A segunda habilidade da lança trata-se de acumular energia elemental em todo o corpo da lança, tomada pela Natureza de Afinidade do usuário. Lançando ela ao alto, ela chama uma grande tempestade de trovoada que cai sobre a mesma, fazendo com que dez cópias idênticas da lança (assim como a primeira habilidade), surja ao redor da mesma, onde todas podem ser controladas de forma remota pelo portador, com um gasto de 200 de CH para ativar a habilidade, e 15 de CH por manipulação, onde cada lança tem o dano e velocidade de um Ninjutsu Rank A.
Bolsa Ninja:
[10] Hikaridama (10)
[05] Shuriken (05)
[25] Kunai Hiraishin (24) -01
[10] Kibas (01)
Usados:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] AB62306DFC4DB7463456050223ED7B10479600A3
Heiwa
Rank --.
Descrição: Heiwa (paz, 平和) é a evolução completa e sem falha do Misutikku. Quando despertado esse doujutsu o usuário permanece com seu livre árbitro para agir, sendo restringido a si próprio somente a adoração aos deuses renegados. Diferentemente do Kaosu, o Heiwa é capaz de conduzir a paz por onde passa e anda, sua aura é tomada por positividade sendo capaz de auto animar ou propagar conforto a todos aqueles que estão a sua volta. Os condutores desse doujutsu carregam a evolução suprema da magia do clã Wicca, sendo considerados magos ou feiticeiras de nível supremo podendo facilmente destruir seus inimigos com a força da natureza. A influência sobre a aura humana torna-se superior, assim como a capacidade de compreende-la. Um membro do Heiwa, caso corrompido por um membro do Kaosu, irá chorar lagrimas de sangue por três noites enquanto parcialmente perderá sua visão, sendo que, na quarta noite, se tornará cego. Poderá, no entanto, recuperar sua visão, lavando seus olhos com o sangue de um membro que seja possuidor do Kaosu. As lendas profetizam que os usuários dessa evolução serão capazes de evitar o apocalipse no mundo.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] EC2A9781BC7B787B48C342B1FC38DABFABF69CDC
Heiwa Form
Descrição: Quando utilizada com o doujutsu Heiwa o usuário recebe a benção dos deuses, se ligando de maneira especial a natureza, canalizando através do seu corpo uma aura que relembra o fogo, como uma representação do fogo da justiça. Seu corpo é coberto por marcas vermelhas, e no meio de sua testa uma perola amarela surge, representando a joia dos deuses, canalizadora da verdadeira magia. Além do mais uma série de relíquias surgem em seu corpo, todas auxiliando a manter a forma dita como perfeita, sua aura em forma de fogo é canalizada de forma perfeita, podendo não apenas revitalizar as pessoas que toca como assumir formas poderosas e distintas. Quando ativo, o usuário ganha mais dois pontos em velocidade e força.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Giphy
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Requerimentos: Especialidade em Espaço-Tempo, Tokubetsu Jōnin & Quest: Relâmpagos Dourados.
Descrição:  A Técnica do Deus Voador do Trovão é uma técnica criada pelo Segundo Hokage, Tobirama Senju, que permite ao usuário se transportar para um determinado local marcado instantaneamente.

Para ativar esta técnica, o usuário coloca um selo especial ou "técnica fórmula" (術式, jutsu-shiki) para marcar o destino pretendido. Depois disso, eles podem entrar um vazio dimensional à vontade que instantaneamente transporta-os para o local do selo. A marca pode ser aplicada a qualquer área através do contato físico breve, incluindo um adversário ou alguma outra característica circundante. Como esta técnica é capaz de afetar qualquer coisa que está em contato com o usuário ou de alguma forma ligado ao seu chakra, eles também podem usar esta técnica para teletransportar outros objetos ou pessoas, como quando Minato usou para teleportar Kurama de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. Como Minato também notou, a fórmula de marcação nunca desaparece a partir de um alvo marcado.
Coringa:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_inline_noz3mbubgC1rh9lcd_500
Shiten Ōu Nanatsu no Enkan
Rank: A/S
Requerimentos: Mestre em Raiton, Grande Controle de Chakra, Habilidade em Ninjutsu e Magic Form.
Descrição:  Considerada a melhor das técnicas de defesa criada por Izanami, Rho Aias é uma variação e aprimoramento único da técnica rose quartz ball, funcionando de maneira parecida, mas diferente, dessa vez Izanami infundiu sua capacidade de domínio em raiton a técnica, de maneira como já funcionava o chakra é expelido de uma forma rosa através da palma da mão do usuário — sem nenhum requerimento de selo — quando expelido um tipo de flor rosa se forma na frente do usuário, sem nenhum molde adicional a técnica apenas muda seu formato e permanece a uma defesa de equivalência nível A.

A técnica, no entanto, pode subir ainda mais um nível de habilidade, adicionando o chakra restante para formulação de uma técnica de nível S, Izanami consegue criar um tipo de camada nova na frente da flor, graça a essa nova camada a habilidade ganha ainda mais força e capacidade defensiva, se tornando uma defesa de equivalência a nível S.

A parte final do Rho Aias, e sendo considerada o xeque-mate em defesa de Izanami, é a capacidade de adicionar mais dois moldes de escudo a frente do escudo — visto que para ativar essa parte final, as outras já devem estar ativa — os dois moldes adicional podem ser criados de duas maneiras distintas, sendo a primeira forma através de uma preparação de um turno e o dobro de chakra utilizado em uma rank S, juntamente do Doujutsu de Izanami e sua Magic Form para se formar de maneira instantânea uma defesa de equivalência a nível mortal, podendo defender a tudo.

Ressaltando que apesar dos gastos fragmentados, os gastos serão sempre os equivalentes ao nível da técnica, sendo assim na primeira forma é gasto é cem de chakra, já na segunda mais cem de chakra para assim formar duzentos, na última forma é gasto um adicional de mais trezentos de chakra caso utilize-se de preparação. A primeira forma utiliza de uma barreira e pode defender até rank A, a segunda forma utiliza de duas barreiras e pode defender até rank S, e a terceira forma utiliza de quatro barreiras e pode defender até nível mortal.

HP: 1925 • 1925 | CH: 1706 • 2110 | ST: 03 • 07 | CN: 000 • 400
-
oito
Jōnin
oito
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70624-amargo-senju-caramelo#534274 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62870p180-mods-f-amargo-caramelo#446539

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 4/8/2019, 18:14



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

Sem tempo para comemorar o acesso ao castelo Amargo esboçava um quase indetectável sorriso tímido. "Já é meio caminho andado."    

Em complemento a sua entrada nos limites do castelo o Caramelo iria promover a liberação única e contínua da natureza do relâmpago através da marca proveniente do seu estilo de luta, o Kuroi Kaminari, que poderia ser visualizada ao redor do seu corpo, somado com o seu semblante sério, passos firmes e postura determinante Amargo buscaria afugentar os invasores. "Esse homem não é apenas habilidoso com as mãos, mas parece também ter uma bola de cristal em seu cérebro, é incrível a capacidade que ele tem em prever as ações." Pensava silenciosamente em respeito ao Iryōnin. A confiança que tinha no médico não era à toa, em outra oportunidade havia entregado o seu corpo para a realização de um procedimento delicado e o sucesso não só o beneficiou com a aquisição de novos poderes, mas também fez com que aquele homem ganhasse o seu respeito. Logo, dar ouvidos ao homem era justificável.

Utilizando do seu estilo de luta único de Kumogakure no Sato, Amargo agora tinha a propriedade do seu elemento reforçada e como um mestre elemental naquele campo a necessidade de selos era automaticamente eliminada. – Raiton: Jūrokuchū Shibari! – Assimilando prontamente o aviso do clone de Toshinori, Amargo levantaria ao redor daqueles que ameaçavam a integridade física sua e do clone ao seu lado, dezesseis pilares gigantes que teriam como objetivo - adotando aquela máxima do feitiço virar contra o feiticeiro - prendê-los em meio aos seus próprios lançamentos.

Se lograsse êxito em sua tentativa Amargo continuaria buscando conquistar cada vez mais espaço nos limites dentro do castelo com a sua Hiramekarei empunhada para cortar todos aqueles que esboçassem um ataque contra ele. Preferencialmente o objeto de procura de Amargo seria uma janela - comumente existente em uma residência - que pudesse entregar possíveis reféns e aqueles que os intimidavam de alguma maneira. Cômodos como sala de estar e cozinha, ambientes conhecidos por receberem a maior quantidade de pessoas em uma só vez durante uma visita, por exemplo, eram aqueles que Amargo acreditava fortemente que poderia estar sendo usado como pontos chaves para os atacantes.

Considerações:

EdL: Kuroi Kaminari
Requerimentos: 4 Ninjutsu, 4 Inteligência, Ser de Kumogakure & Afinidade com Raiton (ou Perícia).
Descrição: Kuroi Kaminari (黒い雷, list Relâmpago Negro) é uma forma única de liberação do relâmpago utilizado pelo Terceiro Raikage, o qual passou a técnica apenas para Darui. Se resume numa liberação única e contínua da natureza do relâmpago ao redor do usuário, esta se materializando em coloração negra e de maior intensidade. Usada geralmente como canalizadora de técnicas, amplificando os respectivos poderes. Além, a área coberta pela liberação se vê afetada por eletricidade, essa que eletrocuta e causa paralisia em corpos.
Regras: Segue as normas de manipulação normais, mas todos os usos de Raiton usando este estilo ativo aumenta o poder em um rank, exceto os rank-S que dobram os seus danos. Obrigatoriamente o personagem receberá uma tatuagem para canalizar o poder.

Recuperação Instantânea: Aqui
Aparência: Exemplo

Atributos ao máximo, Vel: 5 e For: 5.
Descontos: 50 de CH pelo Jutsu Rank-A.
Resumo: Post bem bosta, não vi que estava no relógio. XD
Acredito que o post está bem resumido e justificado. Eu busco ganhar espaço dentro do Castelo, procurando por ambientes como Salas de Estar e Cozinhas, onde podem estar concentrado os reféns. A minha preocupação será caminhar sempre próximo das paredes e locais furtivos e se alguém ameaçar ele a Hiramekarei seria utilizada para cortá-lo. O personagem do Tenzou mais uma vez entregou o lançamento do jutsu inimigo para mim e por isso devo me adiantar aos seus movimentos.

Jutsus usados:

Raiton: Jūrokuchū Shibari
Rank: A > S
Requerimentos: Raiton: Shichū Shibari.
Descrição: Uma versão mais poderosa do Raiton: Shichū Shibari, o usuário cria dezesseis pilares gigantes, que formam uma gigantesca estrutura semelhante a um forno para prender o alvo. Ele é usado após Doton: Nentsuchi Otoshi para cobri-los na lama e depois seguido por Katon: Suyaki no Jutsu, criando chamas dentro do forno para assar e endurecer a lama, imobilizando-as.
Item:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1874/2275 STM: 02/06
feito por @MilkWho

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 2Sz2OJw
-
'Aoi'
Genin
'Aoi'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 100x100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68987-hyuga-aoi

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 4/8/2019, 22:35



ZOROJURO ITO?P05
ø  O meu grito ecoava por entre o vale e sumia ao longo da distância do mesmo. Mesmo protegido de uma deusa de cabelos de ouro, queimando como chamas, que a mesma conjurava uma grande flor eletrica à nossa frente, sentia um pouco de pavor do que poderia vim, do tal "bicho elétrico". Mas misteriosamente ele não veio... talvez uma tecnica diferente do que a moça havia mencionado... talvez não, talvez esteja esperando por algo acontecer. Assentiu sua cabeça após chamar-me pelo nome. Emanando confiança e antes mesmo que ele teleporta-se, faria os fios de chakra envoltarem ao cabo da kunai que antes ela tinha jogado para chegar até aqui, talvez lhe fosse útil mais tarde.

Perto de outro grupo, a mulher Relâmpago Amarelo, ficaria mais atrás da Wicca e ficaria quieto segurando a tal kunai na mão e como pedido, ficaria posicionado para qualquer coisa que viesse, algo inesperado.

Jutsus::

Chakura no Ito
Rank: -
Requerimentos: —
Descrição: Chakura no Ito é uma técnica que normalmente é usada por manipuladores de marionetes que lhes permite controlar suas marionetes em batalha. Uma vez que estes fios são feitos de chakra muito concentrados, eles podem ser vistos por pessoas além do utilizador. Curiosamente, assim como puxar objetos em direção a ele com os fios, o usuário também pode "empurrar" objetos para longe dele, e até mesmo parar objetos em movimento como serras. O chakra também pode ser transferido através dos fios, para ativar algumas habilidades nas marionetes. Os fios de chakra também podem ser anexados a outros objetos, permitindo ao usuário controlar, ou pelo menos atrapalhar outras coisas. Em um exemplo, Kankurō usou os fios de chakra para fazer Naruto Uzumaki tropeçar quando eles se conheceram. Em outro, Chiyo usa os fios de chakra para controlar uma pessoa como se fosse uma marionete. Um usuário habilidoso pode suprimir o chakra ao ponto de que os fios se tornem invisíveis, como Chiyo fez com o Sōshūjin para esconder um fio para conectá-lo à cauda de ferro de Hiruko. Kankurō mostrou a habilidade de anexar seus fios de chakra para aqueles de outro usuário. Esta técnica é limitada a um fio principal por dedo para os seres humanos normais, mas o núcleo modificado de Sasori foi capaz de emitir fios suficientes para controlar mais de cem marionetes.

Kugutsu no Jutsu
Rank: C
Requerimentos: —
Descrição: É um ninjutsu único estilo de luta, este estilo utiliza fios de chakra para controlar marionetes com eficiência. Qualquer número de linhas de chakra podem ser usados para controlar um boneco, mas os usuários com uma maior perícia podem usar menos cordas por cada marionete. Chiyo e Sasori demonstraram a capacidade de controlar bonecos perfeitamente usando apenas um segmento. Enquanto a maioria dos manipuladores, normalmente, seriam capazes de controlar dez bonecos (um em cada dedo). Sasori auto modificou-lhe, permitindo assim controlar até cem marionetes ao mesmo tempo. Esta técnica tem alguns pontos fracos: de acordo com algumas observações de Aburame Shino durante sua luta contra Kankuro, é um estilo de longo alcance, o que significa que os títeres são fracos contra os combatentes próximos a eles. Como a maioria deles usam as mãos para manipular os bonecos, se suas mãos estiverem incapacitadas, então, a técnica pode ser neutralizada. Isto foi demonstrado por Shino durante sua luta contra Kankuro, onde ele usou seus insetos para se infiltrarem nas articulações de Karasu, rendendo o boneco. E então, novamente por Sasori, que usou o Satetsu do Terceiro Kazekage para travar os escudos mecânicos do chakra de Chiyo. Além disso, enquanto estiver controlando o boneco, o usuário é enfraquecido se o adversário ultrapassar o boneco. Por esta razão, os controladores evitam uma mão para uma outra batalha. Outro ponto fraco é que o movimento de um fantoche depende da vontade do usuário, e, como tal, haverá um intervalo de tempo entre os comandos do usuário e da resposta do boneco. Sasori conseguiu criar método inovador que pode contornar essas deficiências, tais como o Hiruko, que é usado como um disfarce, servindo como uma armadura e se defender de ataques, e convertendo-se em um boneco, ele pode lutar a curta distância, sem se preocupar em deixar-se aberto para um contra-ataque.
*Marca Hiraishin no ombro
*Atrás de Izanami (@Yagami)
* Ações em tentativas

 
Health Points 200Chakra Points 200Speed 6 m/s
-
Redhood'
Tokubetsu Jonin
Redhood'
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Tumblr_ot2ifclOid1rjqt15o2_400

https://www.narutorpgakatsuki.net/t68971-f-alphonsen-schatten#515080

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 12/8/2019, 22:59


Evento — A Rebelião.
(04/40)
O caos dentro de Kumo estava se alastrando, e consequentemente estava invadindo tudo como se fosse um furacão marítimo. As ondas iam escoando naturalmente pelas rochas, pelas montanhas e pelas construções, num ritmo lento, mas aos poucos as coisas iam baixando. Mas em contra partida, tudo parecia estar perdido mesmo assim, visto que, os céus estavam tão negros quanto há alguns minutos. As águas não chegavam ao castelo porque simplesmente a construção era alta, erguida pelas escadas grandes para deixar ela acima das águas, por mais que inundassem. E, a primeira investida era do Jonnin mais velho daquela vila e experiente.

Ele continuava a absorver água enquanto isso, o outro Jonnin mais novo, Amargo, buscaria uma investida. Um vulto dourado seguiu por ali, assim como outros em seguida. E os homens estavam começando sua investida e os primeiros sinais de que estavam, em uma verdadeira batalha, soltando então todas as coisas que estavam ocultas, onde começavam a se revelar como um pano que caísse, que revelava a sua verdadeira natureza, claro, que uma hora, tudo iria acontecer, os homens estavam começando a perder a paciência contra tudo aquilo. A vila já estava começando a estressar a todos de um modo excêntrico.

A "Golden Hour" havia começado. Um vulto grande passou por dentro do local já semi destruído no pequeno andar primário, onde ao tentar adentrar o lugar, um vulto passou em sua direção, era nada mais do que um homem armado com um chakra incomum, onde, parecia ser feito de um ouro puro sobre a pele. Enquanto se aproximava, gritava para o Jonnin de fios morenos. — Million Shield. Million Breaker! Morra com essa! — Alguém do clã gritaria, enquanto partia em direção á Amargo, movendo o punho contra o mesmo, trazendo consigo um punho muito maior e brilhante, tão poderoso e fatal.

O golpe do garoto, carregado de eletricidade negra, atingiu o homem, causando uma dispersão de Chakra elétrico por todo o canto. E, enquanto isso um enorme punho se aproximava para levar o jovem, e quem sabe, o clone em seguida se este se estendesse por fora da casa em trinta metros. Enquanto isso, Toshinori ainda absorvia água para si, quando um brilho dourado partiu mais alguma vez para sua direção em meio a água, abrindo uma grande quantidade de água ao redor para os lados. Enquanto se aproximava, o homem bradaria mais palavras para o homem. — Maximum Ingram! — Gritaria.

Erguendo uma das pernas para o alto, um enorme pé dourado se projetaria para cima, onde com o movimento para um chute descrentes, o enorme pé abaixaria em direção ao homem, no intuito de esmagá-lo com força total, e aquilo seria tão massivo como se fosse um pé colosso. Mas, outras ações externas já aconteceriam por entre esses momentos outros movimentos para além dos telhados aconteciam, onde pessoas douradas, mais como riscos subiam para o topo da construção. Uma grande explosão de raios aconteceriam, iluminado a tudo como um clarão, um clarão tão vasto que aquelas mais próximos poderiam ficar cegos momentaneamente.

Uma série de dragões azulados passariam a aparecer no céu, soltando grandes rugidos, e os trovões se tornariam mais do que apenas trovões, soltando grandes rugidos como demônios dos céus. Então, como um emaranhado de animais brilhantes e semi divinos, buscariam seguir seus condultores, que saltariam no ar em direção a grandes construções para os outros que se aproximavam, onde colo uma onda dos céus, os dragões começariam a cair como uma chuva gigante em seguida como meteoros grotescos que buscariam varrer a área por uma grande quantidade de 20 m se não pudessem sair dali seriam eletrocutados em cheio.

Um tigre avançava porém um raio dourado passou e com um único golpe, seria destruído o tigre, com um único soco. Em seguida, partiria para cima como uma fina linha amarelada. O vulto então, protegido, buscaria então se aproximar do outro aprumado ao pássaro. A descarga pareceu bater contra o homem dourado mas não parecia surtir efeito, uma vez que ela seria dispersa em seguida. Juntando as mãos e a jogando para trás, logo lançaria um enorme feixe de energia, tão maior quanto ele mesmo na direção do Uchiha, visando apagá-lo do mapa e destruir seu pássaro. Outros vultos dourados correriam para as construções mais próximas, como se buscassem averiguar ao redor além dos lunetas.
Considerações:

1. Evento começando, significa que terão 24 horas, cada um de vocês para postarem aqui, ou acarretará em morte instantânea.

Para insuficiência de membros ou nenhum adentramento para o episódio ou a falha do cumprimento da missão, acarretará em, respectivamente:

1.1 Rebaixamento para patente de Gennin, incapacidade de up, e incapacidade de virarem Nukkenins.

1.2 Se a vila falhar, será fechada.

2.0  O número máximo de pessoas é oito (8). O número mínimo é quatro (4).

2.1 O objetivo de vocês é salvar os reféns e derrotar os membros do Clã, tanto o que estão dentro quanto o que estão fora.

2.2 Para quem não está necessariamente no Evento, poderão a cada cinco post, treinar as habilidades que são treinaveis ou adquiridas por narrações e que possuam requisitos para elas, já que é constatada a demora de um episódio.

2.3 Qualquer dúvida, entrar em contato com este perfil através de MPs do Fórum, e ou, WhatsApp, estarei disponível para quaisquer dúvida para responder de vocês, não se acanhem.

Sobre a parte dois:

1. Vamos lá, a primeira coisa que vocês devem saber, para não haver mais dúvidas nenhumas, vou desenhar para vocês. O castelo é parecido com aquelas casas feudais antigas, que possuem aqueles telhados orientais pontudos, coisa de asiático modelista. E, existem quatro telhados para englobar o quadrado. A estrutura do castelo é quadrática, ou seja, de quatro lados, e em cada lado, possuem telhados pontudos japoneses. E, acima desses telhados está o compartimento com janelas onde estão os reféns e os lunetas, e os membros lutadores, os que não são lunetas. O primeiro piso está erguido, por uma escada de quatro lados, de trinta metros, são grandes escadões que fazem a construção ser mais alta, e portanto não ser afetada pelas águas. Esse castelo quadrático, é revestido de CINCO ANDARES. E em cada andar, até o quarto, está com SETE reféns e DEZ membros do Clã Kira, não contando os lunetas. Com exceção do QUINTO andar, que está o membro mais poderoso, o chefe, Kozuma e seu membro braço direito, Touka, que é o ruivinho, eles estão lá de boas. Ok, como já mencionei antes, são DEZ MEMBROS dentro, mas e fora? FORA, os membros estão dividos em cinco para cada lado do quadrado, ou seja, VINTE MEMBROS, do lado de fora, e eles estão EMBAIXO dos telhados do PRIMEIRO ANDAR. TODOS estão alertas, dentro e fora. ESPERO QUE TENHA FICADO BEM CLARO PRA VOCÊ, MAIS CLARO QUE O CLAIRO OK??? VAMOS PROSSEGUIR.

2. Básico, as águas não atingem as áreas do castelo porque como disse antes, a questão do castelo estar situado no centro de quatro escada enormes, e qualquer coisa, sobre dúvidas, é só mandar no TÓPICO que atrapalha pra cacilda, e, mais uma coisa, é obrigação de vocês postarem tudo que vocês achem necessário, pois uma falta dessa e vocês estão fodidos. Então bom, Oito, foi atacado com um jutsu de ataque uma mão gigante.em sua direção que se estenderá ao longo do movimento para abater o clone do Tenzou. O outro ponto é que o segundo homem buscou aproveitar a brecha do Tenzou absorvendo água, para atacar ele diretamente também. Terceiro, o Kirin fora executado, mas dessa vez por cinco usuários de Raiton, o que serão 5 Kirins para vocês verem aí como poderão se defender, eles seguirão para as localidades próximas de onde estão, e irão varrer tudo ali, se não saírem daí, já era. Terceiro, após o golpes, outros sairiam correndo em máxima velocidade para ir longe para onde estão, irão procurar quem estão nas extremidades, e qualquer coisa , posto no próximo topico e depende de vocês. Quarto, o Tigre da garota foi destruido com um único golpe com uam força devastadora, e em seguida, se Chorollo ainda estar no céu, será atacado por um vulto dourado em um enorme golpe de feixe dourado de chakra puro que poderia desintegrar uma pessoa. O Clã Kira é um clã alternativo entre Taijutsu e Ninjutsu . Nintaijutsu. Os escondidos deverão se defender do Kirin, os Kirins no caso, boa sorte. Ademais, a água estão começando a baixar, escoando pelas montanhas e pelas rochas em uma secagem lenta, qualquer coisa ,vocês mandem mp ou usem os meio comunicativos, wpp e discord, é isso. E ah, a constar, quatro pessoas foram em direção a cidade onde estão os escondidos, um contra Tenzou, um contra Oito e Clone, um contra Zeitgeist, e cinco no topo do edifício.

Basicamente isto. Qualquer coisa que deixei passar, favor usar os meios de comunicações.

Usados:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 9k=
LeMillion.
Rank: -
Requerimentos: Ser do Clã Kira.
Descrição: Similar ao Hachimon Tonkou e o Sichi no Tenkohoko, as habilidades do Clã Kira são inovadoras, eles bombeiam o sangue a partir do coração, e com um aumento de fluxo interno de chakra, eles recebem um incremento em suas habilidades físicas, adquirindo um caráter dourado, como se fosse banhado a ouro, e portanto, possuem, habilidades incrementadas ao máximo do corpo devidamente apto a suportar. Esta é a Kekkei Genkai do Clã, o que faz deles exímios em Taijutsu e Ninjutsu, sendo bastante versáteis, alternativos.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Images?q=tbn:ANd9GcR9ImWKuaO4LgOxDISrrJ1Lr0DVHLqrS7-wGQkFr5BwOSCZHgsR
Golden Kamehameha.
Rank: S.
Requerimentos: Ser do Clã Kira. Hab. Ninjutsu.
Descrição: Um jutsu exclusivo do Clã Kira, onde concentram uma grande quantidade do chakra dourado diferenciado oferecido pelo LeMillion. Nisso, uma esfera é criada e disparada rente ao corpo numa posição específica, para frente, devastando tudo a frente como um golpe concentrado se dispersando e luminosos, alcance de 30 m.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Z
Maximum Ingram.
Rank: S.
Requerimentos: Ser do Clã Kira.
Descrição: A segunda parte do Arsenal dos Kira, é justamente a capacidade de conjurar um pé gigante brilhante e dourado, tão colosso que parece deixar seu usuário minúsculo, onde, usa para dar uma enorme pisada, e esmagar seus inimigos em seguida com uma grande quantidade de chakra massivo colossal.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] All+i+could+think+of+is+blut+vene+from+bleach+_6591205398320721265f0aed632fecd2
Blut: Vene Million Shield.
Rank: S.
Requerimentos: Ser do Clã Kira.
Descrição: Um modo defensivo dos Kira, onde o chakra bombardeado que passa pelas veias do usuário, torna a deixar as suas veias com marcas douradas em cor mostarda, que endurece o corpo do usuário total ou parcialmente, de modo a deixar ela defesa sem precisar restringir os movimentos. Isso ocasiona em uma defesa locomotiva, e consequentemente, permite maior versalidade nos ataques e investidas.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] Z
God Hand W.
Rank: S.
Requerimentos: Ser do Clã Kira.
Descrição: Outro jutsu no Arsenal ofensivo dos usuários do Clã, eles criam uma moldura de chakra apartir de seu movimento, formando um punho, podendo criar até dois. Estes dois punhos solidificados, podem ter uma força destrutiva marcante, sendo capaz de facilmente quebrar rochas e esmagar pessoas, além de poder exercer uma enorme pressão devido ao seu peso.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 2Q==
Kirin 5x.
Rank: S
Requerimentos: Mestre Elemental.
Descrição: Kirin é uma técnica extremamente poderosa de Liberação de Raios criada por Sasuke Uchiha. Sasuke atrai raios naturais diretamente das nuvens de trovão para suplementar o poder de seu ataque e o controla com o chakra. Ao contrário da maioria das técnicas, que são baseadas no chakra do usuário, este usa o raio natural, que - como observado por Zetsu - atinge o solo em 1/1000 de segundo. No entanto, o tempo de preparação necessário também diminui a eficiência da técnica. Se não houver nuvens de trovão ativas, o usuário deve criá-las usando técnicas de fogo poderosas para produzir as condições de tempestade necessárias. Com técnicas como Amaterasu, condições de tempestade ainda mais fortes podem ser feitas por eles. Uma vez que uma fonte de raio tenha sido adquirida, moldar e guiar o raio para o alvo requer muito pouco chakra. Esta técnica foi poderosa o suficiente para obliterar completamente uma pequena montanha e o Susano'o de Itachi Uchiha. O uso dessa técnica dispersa as nuvens de trovão e, como tal, só pode ser usado uma vez em uma briga. Por outro lado, no entanto, devido às propriedades inextinguíveis de técnicas como o Amaterasu, ele pode ser usado para criar continuamente novas nuvens de trovão para usar a Kirin mais uma vez; no entanto, o processo parece exigir um pouco de tempo.

Velocidade: 5 + 6 + 1.
Força: 05+03 para todos os usuários com o LeMillion.
-
Ch3rry
Genin
Ch3rry
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] NsWGVLz

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67638-fp-reina-kozue

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 17/8/2019, 22:17

Temperatura: -20º
HP:337/675
CH: 257/675
ST: 00/05


Posição Ilustrativa:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] XTImehc
*A imagem está fora de escala.
*Quaisquer discrepâncias com a visão do narrador, favor avisar para futuras correções.

Reina rolou os olhos pela paisagem outra vez, sendo invadida por um sentimento estranho de calma. A névoa criava uma seda diáfana que, misturada a neve que caia sem dó, formava um lençol imaculado de puro branco. A sensação reverberava na parte de trás de sua nuca, ocultando a tremedeira nas mãos e o coração disparado que tentavam lembrar que ela estava no meio de algo extremamente perigoso. Engolindo em seco apos encarar o castelo de sua altura privilegiada por mais alguns segundos, Reina controlou seu Tigre à distância, sem ter como saber do futuro que o aguardava.

Da janela de seu esconderijo, Reina também acompanhava os movimentos de seus companheiros de vila, alguns metros de distância de si. Todos estavam no alcance de sua névoa e isso garantia que ela pudesse ajuda-los a se ocultarem de investidas inimigas. No lugar que ela vira os dois ninjas se dirigindo anteriormente haviam outros dois que ela tinha certeza que não estavam lá antes. Ela não sabia como, mas de algum modo eles haviam se teleportado para junto dos companheiros. Tendo sua atenção drenada para o bizarro acontecimento ela acompanhou os movimentos dos recém chegados, percebendo que havia um ninja de alto escalão entre eles.

Não demorou para que a loira conjurasse um grande jutsu de defesa voltado para os céus, levando a pequena genin a tiltar a cabeça. Aquela certamente não era uma técnica qualquer que se usaria sem motivo, e ainda mais voltado para cima, afinal seus inimigos estavam abaixo deles. Reina acompanhou a visão da mulher e encarou as nuvens carregadas, lembrando-se outra vez do golpe de fogo que havia sido disparado para os céus há algum tempo atrás. Poderia haver algo nas nuvens que ela desconhecia?

Sentindo a paz gerada pela brancura da neve se esvaindo, Reina outra vez se dirigiu para fora de seu recém-obtido esconderijo, planejando juntar-se com o grupo de ninjas que havia se formado não muito longe dali. Recuando mais alguns metros enquanto pulava pelas plataformas mas mantendo sua altitude para conseguir comandar seu Tigre, a genin comprimiu sua atenção no castelo enquanto movimentava-se em direção dos outros ninjas de sua aldeia. A névoa era como parte de seu corpo, completamente obediente, e garantia que os inimigo não conseguissem acompanhar sua movimentação estando tão longe dela, tal como a do Tigre que se movimentava furtivamente.



Bolsa de Armas (20):
8 Kibaku Fuda
16 Senbon
5 Kemuridama
20M Fio de Aço
1 Kunai
Utilizado:

- Int 5 para ajudar a ligar os pontos que um golpe poderoso se aproximava, conforme o narrado.
- 0 Vel (2m/s)
- Recuperados 1 ST
Considerações:
*Reina se encontrava a 20 metros de longitude do castelo, torno de 30m acima deste. Ela se afastou 5m do castelo, resultando 25m de distância e manteve sua altitude. Ela está se aproximando a 2m por segundo dos jogadores Yagami/Clairo/Kurt/Zoro, levando torno de 10 segundos para cruzar 20m e alcança-los. Ela manterá sua distância e altitude do castelo durante todo trajeto.

*Reina ainda não tem conhecimento dos membros do clã que saíram do castelo e estão caçando os ninjas de Kumo, porém eles terão de lidar com a névoa quando se aproximarem.

* Deixei a eliminação de meu tigre em aberto por questionar a maneira que ela se deu. Deixo a mercê do novo narrador definir como tratar essa questão.

* Estou repostando minhas considerações anteriores sobre o clã Yuki como elas não foram aplicadas no ultimo turno. https://www.narutorpgakatsuki.net/t54175-cla-yuki
Pontos sobre o Clã Yuki:
3.1- Temperatura. Estou a 2 turnos pedindo para o narrador estabelecer a temperatura atual, mas como isso não aconteceu, considerei que ela estava inicialmente entre 0 e -10 graus, como iniciamos com queda de neve. Somando isso a dois turnos de presença de um membro do clã, a temperatura teria caído 20º de acordo com trecho – “Os membros do clã Yuki podem causar leves alterações na temperatura local, sendo necessário para isso primeiramente possuir Pericia Elemental em Hyouton, podendo a cada turno reduzir – 10º graus passivamente (...)“

3.2 – Levando o tópico superior em consideração, partimos para a segunda regra: o congelamento da agua. De acordo com o tópico, o congelamento se dá da seguinte forma:
“Quanto menor a temperatura, maiores os efeitos em campo. Dessa forma, quando a temperatura alcançar o valor neutro de 0º a água local já começará a congelar — levando apenas um turno para se congelar por completo e impossibilitando a criação de técnicas do elemento água através de fontes naturais — e quando atingir seu ápice de -20º, (...) a água congelará no mesmo turno, quase instantaneamente. ” (Trecho completo no link)
De acordo com a regra, qualquer tipo de agua congelará quase instantaneamente agora, incluindo chuva e fontes naturais (vamos considerar essa ‘inundação’ quase como um rio).
Mesmo com o aquecimento no céu, assim que a agua precipitar e deixar as nuvens, ela eventualmente se tornará neve em contato com o ar gelado, tornando inviável que haja chuva mais.
... Na real, já não devia ter sido possível com a temperatura negativa, mas agora é menos ainda.

3.3- Sobre congelamento e o jutsu lançado. É importante ressaltar os efeitos de um jutsu com habilidades de congelar dentro do clã Yuki. A regra dita o seguinte-
“Todas as técnicas usando o elemento não possuem fraqueza natural contra a natureza do fogo (Katon), e podem causar queimaduras de 2º graus em técnicas iguais ou inferior a rank B, ou de 3º grau em técnicas iguais ou superiores a rank A.”
“Os possuidores do Hyōton podem congelar seus alvos através de técnicas e manipulações, e uma vez que tenha feito isso, o alvo precisará sempre de uma quantidade de pontos em força superior a pontuação de Ninjutsu do usuário do elemento para quebrar o gelo.”
“Técnicas que congelem parcialmente um corpo humano o tornarão mais pesado, de maneira que até o Rank B, poderão remover no máximo 1 ponto de velocidade, aumentando para 2 pontos em níveis superiores.”
Creio que não seja possível que haja um congelamento completo com essa técnica, a menos que um inimigo seja burro o bastante para ficar em contato com ela por muito tempo, mas é importante ressaltar os efeitos de queimadura e debuffs de congelamento parcial.
Na página de danos gerais (https://www.narutorpgakatsuki.net/t61239-01-danos-gerais#428325) temos as informações:
Queimaduras: 05 a 50 (1° Grau), 40 a 80 (2° Grau) & 60 a 300 (3° Grau) p/ post;
Derretimento/Congelamento parcial:  5% do HP p/post;

Estou dando todas de bandeja para que o senhor não se engane ou esqueça de checar algo.
Resumindo tudo, temos, para esse jutsu-
Dano base+ Em caso de congelamento - Queimadura de 3º grau + Debuff 2 ptos em Vel + 5% do HP por post.


_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] FbX8UeC
-
oito
Jōnin
oito
Vilarejo Atual
Ícone : Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 6528ca49024070fd01c16e2591c1e646

https://www.narutorpgakatsuki.net/t70624-amargo-senju-caramelo#534274 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62870p180-mods-f-amargo-caramelo#446539

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] - em 19/8/2019, 18:52



Nome: Amargo "Senju" Caramelo | Cargo: Jōnin

Mesmo com o cenário de terror apresentado e os obstáculos encontrados Amargo ficava maravilhado com a demonstração de poder apresentado pelos inimigos, um em especial. – UAAAAAAAAAAAU! Incrível! Esse cara consegue criar uma mão gigante e eu em falta de um braço esquerdo... – Animava-se logo de cara com o seu lado brincalhão diante da ofensiva iniciada por um dos invasores enquanto buscava paralelamente se evadir do ataque, recuando para trás utilizando de toda sua velocidade. – Esse mundo é mesmo injusto. – Frustrava-se, colocando em dúvida o seu movimento. Uma de suas principais características era a confiança que tinha em si e em suas habilidades e com isso esboçava um sorriso determinado em seu semblante enquanto guardava sua Hiramekarei em sua bainha. – Até que enfim uma luta em que eu gostaria de entrar. – Retornava ao seu estado inicial.

Com o braço esticado à frente do rosto, Amargo corrigiria a postura dos membros inferiores afastando os pés com a intenção de ganhar maior estabilidade e os joelhos ligeiramente flexionados. O pé direito e dominante serviria como apoio na retaguarda para assim ganhar mais força de impulso para o caso de precisar ser utilizado em um chute. Os músculos abdominais seriam levemente contraídos enquanto respirava e sua vitalidade sobre-humana deveria trabalhar para ajudá-lo em qualquer contratempo. Como um mestre na arte do Taijutsu e privilegiado desde o seu nascimento com um Grande Controle de Chakra, Amargo buscava tornar os seus movimentos silenciosos como as penas de uma coruja. – Estou pronto, caiam dentro.

Pela segunda vez em um curto intervalo de tempo o intenso campo elétrico proveniente do seu jutsu, Raigeki no Yoroi, envolveria o aspirante a herói na forma de uma armadura fazendo com que um aumento em sua velocidade pudesse ser notabilizado ao mesmo tempo em que agregaria em muito para sua defensiva, eletrocutando qualquer um que entrasse em seu caminho. Em seguida uma quantia de 5 de chakra seria doado para a utilização do sempre pontual Shunshin no Jutsu com o objetivo de contornar aquele braço enorme vindo em sua direção. Sua lateral esquerda seria tomada como referência pois era o lado em que a falta do seu braço esquerdo não implicaria complicações e assim poderia manter toda a estrutura do seu braço existente para aparar com o ombro, se necessário, uma investida indesejada pelo braço gigante.

Todas as suas ações anteriores visavam aumentar as chances de alcançar o responsável por aquele ataque para que fosse possível usar um jutsu de sua criação denominado Abre Alas, ideal para contra-ataques a curtas distâncias. Se merecesse a oportunidade, dentro da guarda do seu atacante Amargo empurraria seu cotovelo na altura do peito adversário buscando assim acabar com o entusiasmo do invasor.

Amargo esperava que ao fim de suas tomadas de decisões pudesse respirar aliviado em um local afastado e com pouca visibilidade por parte dos invasores, como um corredor sem saída ou meios de obstruções parecidos. Seus olhos, como feito desde que acessara o interior da construção, percorreriam o cenário em busca de reféns, Amargo acreditava que fosse possível que algum funcionário da residência estivesse sendo obrigado a apresentar a residência por completo para alguma figura de liderança. Para sua defesa pessoal, o seu próprio corpo revestido pela armadura Raigeki seria utilizado, seguindo os princípios do Taijutsu para contra-atacar e combater eventuais ofensivas.

Considerações:

EdL: Muon no Ken
Requerimentos: 5 Taijutsu, & Grande/Bom Controle de Chakra.
Descrição: O Punho Silencioso (無音の拳, Muon no Ken) é capaz de tornar seus movimentos completamente silenciosos envolvendo-se com chakra. Neji Hyūga compara seu uso com as penas de uma coruja, como o manto de chakra faz com que os movimentos sejam praticamente imprevisíveis.
Regras: Necessário um ponto acima da velocidade do usuário para esquivar de qualquer golpe com esse estilo.

Aparência: Exemplo

Atributos ao máximo, Vel: 7 e For: 5.
Descontos: Shunshin no Jutsu (5) + Raigeki no Yoroi (25) + Abre Alas (100) = 130 de CH
Resumo: Eu não gosto muito de ficar explorando meus dotes artísticos para não deixar a Ch3rry Bassari no chinelo com as obras de arte dela ironia, mas aqui está uma imagem ilustrativa de como eu vejo a minha ação: Aqui.

Bem, primeiramente eu procurei recuar para trás ao ver o ataque e já guardei a minha Hiramekarei, a ideia é lutar no mano a mano. Em seguida eu usei o Raigeki e seguindo a descrição dele você ganha um aumento na velocidade, se quiser desconsiderar isso também pode assumir 6 em Vel ao invés de 7, sem crise. O trecho: "Como um mestre na arte do Taijutsu e privilegiado desde o seu nascimento com um Grande Controle de Chakra, Amargo buscava tornar os seus movimentos silenciosos como as penas de uma coruja." indica a ativação do estilo de luta Muon no Ken, eu ainda não tenho uma justificativa plausível pra ter usado isso, talvez foi só por encheção de linguiça mesmo. Então eu busco usar o Shunshin (aqui eu estou assumindo a quantidade de 5 de CH para uma distância de 20 metros, penso que seja o suficiente.) pra alcançar o responsável pela manipulação e tentar encerrar com o Abre Alas. Minha narração é sempre no pretérito do futuro, indicando que tudo é tentativa e não ter que ficar falando isso toda hora. Se eu for feliz eu vou procurar me esconder em meio a alguma construção pertinente e assim buscar descanso para o próximo post. Eu como player sei onde estão os reféns, seguindo esse trecho em consideração: "E, acima desses telhados está o compartimento com janelas onde estão os reféns e os lunetas, e os membros lutadores, os que não são lunetas." Eu gostaria de saber se o meu personagem tem esse conhecimento ou terei que buscar maneiras de encontrá-los.

Jutsus usados:

Shunshin no Jutsu [Passivo]
Rank: D
Descrição: O Shumshin no Jutsu é uma técnica de movimento de alta velocidade, permitindo que um ninja possa se mover de curta para longas distâncias a uma velocidade quase indetectável. Para um observador, ele aparece como se o usuário tiver teletransportado. Uma bomba de fumaça é ocasionalmente usada para disfarçar os movimentos do usuário. É realizado o uso do chakra temporariamente para revitalizar o corpo para se mover em velocidades extremas. A quantidade de chakra necessária depende da distância total e elevação entre o utilizador e o destino pretendido. Tem havido alguma confusão em algumas traduções entre este e o Jikuukan Ninjutsu, mas estes são de fato diferentes técnicas, esta técnica não é teletransporte e sim apenas um movimento extremamente rápido.

Raigeki no Yoroi [Defensivo/Ofensivo]
Rank: B
Requerimentos: Nenhum.
Descrição: Usando Liberação de Relâmpago, o usuário se envolve com eletricidade na forma de armadura. O campo elétrico intenso aumenta a velocidade do usuário e os protege, eletrocutando qualquer pessoa que tenha contato com ele. A armadura parece muito forte, pois é capaz de resistir ao Suiken de Rock Lee.

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] APCLXls
Abre Alas [Ofensivo/Coringa]
Tipo: Nintaijutsu
Requerimentos: Habilidade em Taijutsu, Grande Controle de Chakra e Força Avantajada.
Rank: A
Descrição: Essa é uma técnica destinada a ser usada como um contra-ataque em vez de um ataque normal. Quando em uma situação de combate direto, Amargo flui a quantia necessária - custo equivalento ao rank - para o seu cotovelo antes de desviar de um ataque, entrando assim na guarda do seu inimigo. Uma vez dentro, o usuário empurra seu cotovelo no peito do adversário ou em outra parte do corpo que esteja acessível. A força do impulso é suficiente para tirar o fôlego do adversário, independentemente de onde acertar. Ao entrar em contato, o usuário flui seu chakra para o corpo e o comprime em torno do osso mais próximo para obliterá-lo.
Item:

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 310?cb=20141219130134&path-prefix=pt-br

Hiramekarei (AG) [10]
• Ela é bem pesada, portanto para carregá-la por um longo tempo sem se cansar é necessário possuir três pontos em stamina ou a perícia Grande Durabilidade. Para aqueles que não tem nada disso, devem descansar – lê-se cansaço equivalente a regra de Stamina – após carregando-a por dois posts.
• A arma tem a capacidade de armazenar chakra, sendo assim o usuário pode colocar nessa uma quantia de até 500 pontos de chakra, que serão utilizadas para as manipulações de forma desta.
• O tamanho dos moldes, como já dito na própria descrição, é diretamente influenciado pela quantia de chakra usada, sendo assim: 100 de chakra - molde equivalente a esse entende-se como pequeno. 200 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como médio. 300 de chakra - molde equivalente a esse, entende-se como grande.
• O golpes infundidos com chakra dessa arma só podem ser defendidos por uma das outras armas da névoa ou então por uma técnica de defesa rank A.

Bolsa de armas escreveu:※ 14x Kunais [14]
※ 30x Senbon [15]
※ 8x Shurikens [8]
※ 1x Fūma Shuriken [4]
※ 4x Hikaridama [4]
※ 5x Kemuridama [5]
※ 50 Makibichi [10]
※ 50 metros de Arame/Fios de Aço [10]
※ 1x Zōketsugan [0,25]
※ 1x Hyōrōgan [0,25]



HP: 2675/2675 CH: 1744/2275 STM: 03/06
feito por @MilkWho

_______________________

Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] 2Sz2OJw
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Evento / Episódio — A Rebelião. [Kumo] -

-

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte


  
 
Ir para Primeira Mensagem

Layout desenvolvido por Akeido, Dorian e Naru
Naruto RPG Akatsuki (2010 - 2020)
Hospedado por Criar um fórum grátis - FORUMEIROS.com
.