>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Filler - Conhecendo Stella! - Qui 25 Jul 2019 - 14:26


Filler - Conhecendo Stella! Latest?cb=20180111023808
Filler — Conhecendo Stella! 1016 palavras.

Era uma noite como qualquer outra em Iwa, e apesar do inverno meu sangue fervia por ação. Fazia alguns dias que o conselho da vila não mandava se quer uma missão. Era de se esperar, afinal, um ninja recém formado deveria buscar seu próprio espaço e não ficar esperando a oportunidade cair em mãos. Um cigarro era fumado atrás do outro enquanto a mente vagava em uma viagem interplanetária pelos astros da existência e suas complicação. Meu corpo esticado naquele sofá no meio da sala clamava por ação, qualquer uma. Meus olhos vidrados nas estrelas mais longínquas possíveis tiravam conclusões precipitadas sobre tudo, enquanto analisava friamente o nada. Tinha o costume de sentar-me ali naquele local, acompanhado de tabaco e uma xícara de café do mais amargo possível e uma caderneta. O tabaco me acalmava nas noites mais imponentes, o café, uma bebida não muito comum naquele país, me trazia de volta para a realidade com o amargor de seus goles; Já a caderneta vinha como um auxílio, nela eram anotadas todas as redes lógicas que se estabeleciam no interior do meu maquinário cerebral, cada uma delas ao ser concluída era passada para o papel, e uma vez rabiscada naquela folha, a ideia jamais se perderia em seu mundo utópico. Porém, embalada pelo frio e pelo silêncio, a anotação não se fazia materializada. Até mesmo uma atribuição para os devaneios não se fazia possível. Todo o tumulto no exterior de minha habitação disturbava o meu sono. Apesar de uma tentativa de abrir imediatamente os olhos, toda a claridade vinda da janela ofuscava a minha visão, obrigando-me a fechá-los imediatamente, pois precisava de tempo para me habituar à claridade. Após alguns momentos na cama, os meus olhos começaram a se acostumar com a claridade, pelo que me levantei da cama e iniciei toda uma rotina de higiene diária. Durante esse tempo era possível observar a bagunça total que era a minha casa. Meu dever era honrar a minha família, mas essa honra vinha do serviço leal, não do quão arrumada estava minha casa, então deixei a arrumação para depois, e finalizei minha rotina.

Já com toda a higiene feita, tomei um pequeno café da manhã, me vesti, e penteei um pouco o meu cabelo que se mesmo assim continuou ligeiramente bagunçado. Para finalizar toda a minha preparação, prendi a bolsa de equipamentos na minha coxa direita.


Rumando na direção do portão principal continuei, pulando de telhado em telhado. Ao chegar no portão deparei-me com um ninja de elite da vila. Aproximei-me de forma sutil sem expressar qualquer reação. A exatos cinco metros de distância o ninja deu mais algumas instruções. - Você precisa recolher cinco ervas, sendo que são três tipos delas. Essa lista contem os nomes e aonde você vai encontrar cada uma delas. Acredito ser uma missão fácil mesmo pra um simples Genin. - A forma arrogante  e o ar de superioridade com que o elite da vila falava deixava-me puto da vida. Continuei em silêncio, pegando o pedaço de papel com os nomes das ervas e virando as costas pro homem arrogante e prepotente. Conforme ia andando na principal estrada de terra que liga a vila fitei a folha e o pequeno mapa desenhado nela. - Então todas as ervas estão no que parece ser um mercado? Realmente facilitará o trabalho. - Pensei esboçando um sorriso por conta da aparente facilidade proveniente da missão.

No centro de uma vila dentro do país do chá, encontrava-me no que parecia ser uma feira repleta de barracas vendendo frutas, verduras, ervas e afins. Uma das barracas aparentava estar mais lotada que as demais, e nela era possível notar diversas ervas em demonstração. Esgueirei-me até uma parte do balcão, aonde fitei as três ervas que precisaria levar de volta a Iwa. - Licença jovem, posso te ajudar? - A voz doce e sutil partia de uma das atendentes, uma mulher de cabelo curto e ruivo, possuinte de um lindo sorriso e par de olhos verdes. - Desculpe incomodar princesa, mas eu preciso das seguintes ervas desta lista. - Dizia enquanto mostrava a lista pra mulher que ficava vermelha ao ser chamada de princesa. - Aliás, trata-se de uma encomenda feita por Iwagakure no Sato, e acredito eu que essa mercadoria já tenha sido paga, certo? - Terminava esboçando um sorriso, meu forte para conquistar mulheres. - R-realmente, já foi conversado com os líderes daqui que um ninja de Iwa viria buscar tais mercadorias. Alias, elas já estão separadas pra você. - Ela pausava pra respirar, retribuindo o sorriso. - Se você puder me acompanhar, vou te mostrar aonde estão. - Consenti com a cabeça seguindo-a pela lateral da barraca. - Sabe, eu não imaginei que o País do Chá teria um comércio tão grande igual a esse. - Dizia tentando puxar assunto com a moça. - Então, uma das especializações do País é vender ervas, por isso que várias vilas vem ao nosso comercio barganhar. - A mulher respondia com sua voz suave. - Chegamos. - Ela dizia abrindo a porta do que parecia ser uma cabana. Dentro existia várias mercadorias de ervas aparentemente recém separadas. - Essas daqui são as que você veio buscar. - A ruiva apontava pra uma mochila separada das demais. - Te agradeço por tudo, princesa. Aliás, qual seu nome? - Vociferava enquanto encostava meu joelho esquerdo no chão e abaixava um pouco o corpo passando a única alça da mochila pelo pescoço, deixando-a de forma inclinada. - St-t-tella. Me chamo Stella. E o seu, qual seu nome? - Ela ficava ainda mais vermelha, porém, isso a deixava muito mais bonita. - King, Aburame King. Prazer Stella, quem sabe não nos encontremos de novo. - Sorria enquanto erguia a mão fazendo um sinal de joinha como agradecimento. Busquei de forma imediata a saída da vila na direção de volta a Iwagakure no Sato.

Chegando na vila, já nos arredores do gabinete entreguei as ervas ao homem que havia me recepcionado ali, e como forma de agradecimento ele me deu um aperto de mão que fora retribuído de imediato. Após a conclusão da missão voltei a meu apartamento para enfim dormir depois de uma longa, porém proveitosa viagem.


Ch; 200 l Hp; 200 l St; 0/2
-
'Schrödinger
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : Filler - Conhecendo Stella! 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: Filler - Conhecendo Stella! - Qui 25 Jul 2019 - 15:58

@

_______________________

Filler - Conhecendo Stella! ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.