>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 70DG
Hanatarō olha para a vila do topo do prédio do Departamento de Pesquisa. Há dois anos era uma salinha no fim do laboratório geral da vila, agora tinha seu próprio prédio tão alto quanto o próprio escritório do Kazekage. Hanatarō sorri vendo as pessoas andando felizes na nova vila construída graças aos avanços científicos realizados com a inteligência de Takura, sua mentora. Antes, ele só via uma vila pobre, com construções de areia frágeis, com um horizonte desértico, dependendo de outras vilas, inclusive de Konoha, para conseguir sobreviver, mas agora... Sunagakure estava grandiosa novamente e tinha comprado sua independência. As construções ainda tinham porções de areia, mas eram forjadas em metais nobres, em ouro, em prata, criando grandes casas e prédios. As lojas estavam cheias de especiarias únicas, pois o trabalho de encontrar certos ingredientes se tornou muito mais prático desde que a vegetação voltou a florescer nos arredores da vila; onde antes era só deserto agora possuía vielas de relva, florestas, rios e uma fauna cheia de roedores, mamíferos e carnívoros.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno
Últimos assuntos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

[Ato] - Sekiro - em 1/7/2019, 14:42


Narrador: @'Schrödinger

I have to find the path alone.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP

Rank B — Sombras podem morrer duas vezes.
Descrição: Você recebeu a missão no dia anterior com a descrição a seguir: "Precisamos adquirir informações sobre o submundo ninja, e precisamos de uma cara nova. Acredite, não é muita coisa e possivelmente, ninguém terá de morrer. No entanto prepara-se para qualquer eventualidade, nunca se sabe o que realmente se passa entre as pessoas que vivem "abaixo de nós".  Vá ter com o supervisor das missões de sua vila, para receber todas informações sobre a missão, a qual foi indicada."

Considerações:
Post 1/27

_______________________

[Ato] - Sekiro ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 2/7/2019, 11:10

O espectro falso reverberou em seus passos contingentes, carregando consigo minha sina. Galgava rumo ao predestinado: seja como for, um documento entregue no dia anterior que esclarecia um ponto de encontro dizia para ir ao local de recebimento de missões para, bem, receber uma missão. Enquanto trilhava o objetivo pelas vielas do vilarejo, em minha mente pairava o inconsciente onírico martelando a retaguarda da cabeça com ponderações, como já se tornara corriqueiro. A faceta indistinguível fazia-se presente tão unida ao meu ser que já não podia dizer quem era quem. Os cabelos lunares de Shigure em nada pareciam com o moreno que sempre enxergava de manhã nas poças de água ou nas vidraças das lojas, porém, em um sentimento deturpado que mais remetia à múltiplas personalidades, a diferença era imperceptível para mim: cada dia que se passava o corpo reiterava sua natureza escassa e seu intento de ser uma mera casca para o que habitava-o; a aparência que o rondava podia um dia ser completamente diferente, e pouco importava para quem domava as cordas. O nome, igualmente descartável, também poderia ser muitos. Mas quem era o artesão por trás da marionete, fosse Shigure, Velvet, ou a nova nomenclatura que eu pudesse criar, eu era incapaz de delimitar.

E minha insatisfação interior, profunda no âmago do fantoche de óculos, era aparente.

Não obstante, chegara sem qualquer dificuldade ou incômodo ao ponto de encontro. À passos largos, recolhi-me para a sala que estava descrita no papel que outrora fora entregue. Por mais que a técnica de transformação alterasse o exterior em uma maneira superficial, os equipamentos que carregava na cintura eram cem por cento reais, como também o rosto inexpressivo que trajava ao andar.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Hinako Akuta (Henge)
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @'Schrödinger
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Ato] - Sekiro - em 2/7/2019, 15:56


Narrador: @'Schrödinger

I have to find the path alone.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP

Um homem de cabelos loiros entrava na sala, fechando a mesma, trajando uma vestimenta de ANBU, uma token em suas costas, e uma máscara de gato, com um papel em suas mãos, sentou-se na cadeira ferro que se encontrava em um dos lados da mesa de mesma constituição e logo começou a falar: — Velvet? Sou o supervisor das missões de infiltração, fique feliz por ser eu a recebe-la. Bem, acredito que pela descrição missão, parece que você conseguirá se juntar perfeitamente. Nós estamos colocando você infiltrada em uma... organização. Você tem o direito de rejeitar a missão agora, porquê precisará de uma mudança de visualmente... drástica. Caso tenha perguntas pode fazer ou pode-se retirar. Infelizmente não podemos fornecer mais informações sobre tal missão, sem uma resposta de aceitação. — Assim, após dizer tudo que se encontrava em sua mente, a que ele terminou na base do que observou pela informações recebidas e logo ficou observando a chunin, por uma resposta apropriadas.

Considerações:
@Sekiro
- Aparência da Sala - Sala de Interrogatórios
Post 2/27

_______________________

[Ato] - Sekiro ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 2/7/2019, 20:24

O semblante reiterou a ansiedade perfurante em meu âmago, com suas pálpebras semicerradas e testa franzida. A sala cinzenta de paredes claustrofóbicas e mobilia de aço ostentava em seu interior um ar hostil deveras incômodo a mim, e vez ou outra, em uma cautela demasiadamente exacerbada, o transe que aquele ócio me proporcionava vislumbrava em minha imaginação uma prisão. Era, afinal de contas, uma sala de interrogatório. E indagava-me calmamente se seria eu a interrogada ali; alguns confundiriam com paranoia esse caos de desconfiança, mas para mim não era nada demais senão uma precaução meticulosa. O governante e seus compatriotas não me desciam à garganta. Ainda que para o contexto geral das coisas meus conflitos fossem nada mais que uma mera pedra em meio ao caminho do Hokage e as outras organizações, era incapaz de crer com completa fidelidade que fossem isentos da culpa do que me transparecia agora. Quiçá, naquele âmbito desgastante, eu já estivesse perdida.

Os devaneios novamente se perderam, dessa vez pelo ruidoso rangido da porta de aço. Do lado de fora emergiu um loiro com vestes furtivas e máscara de felino: o mais preocupante, porém, era a espada que repousava nas costas protegidas pelo colete que convergia no pano de fundo do salão. Fitei-o sem preocupação, e vi os papéis que carregava, assentindo comigo mesma do que se tratava. Se sentou, e começou a falar; felizmente, este fora breve, ainda que um pouco paradoxal. Qual razão estaria eu ali senão preparada para o que pudesse transgredir logo mais?

Mas algo do que dissera pegou-me desprevenida.

Na ironia daquela vida dupla lá estava eu, mais uma vez disposta em trocar a identidade que há pouco havia se tornado minha, ou assim pensava. "Sem casa, sem família, sem nome, huh?"

—— Certo. Aceito. —— e vociferei a resposta sem pestanejar. Os olhos afiados penetravam fundo com determinação o loiro mascarado.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Hinako Akuta (Henge)
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @'Schrödinger
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Ato] - Sekiro - em 4/7/2019, 14:10


Narrador: @'Schrödinger

I have to find the path alone.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP

O homem de cabelos loiros entrava na sala, trajando uma vestimenta de ANBU, uma token em suas costas, e uma máscara de gato, com um papel em suas mãos, se movimentou bem rápido, batendo em um ponto vital, na sua lateral esquerda, fazendo a shinobi desmaiar e consequentemente desativar o Henge no Jutsu. Ao abrir os olhos, todos que se encontravam na sala, esperavam que ela ficasse calma, mesmo com a nova roupa, de paciente, ela não entrasse em pânico, afinal o ANBU também se encontrava lá, no canto da sala, com seus braços cruzado, olhando para todo sala. Então a cirurgiã-chefe, começava a falar com com a shinobi sobre a mesa de cirurgia  — Velvet-san, possui alguma aparência em mente? E precisamos que você desta vez use uma aparência desconhecida, e eu irei me encarregar de que ela se torne verdadeira. — Assim, após dizer isso, todos começaram a organizar as coisas, e o ANBU, desapareceu como se tivesse sido engolido pela terra.

Considerações:
@Sekiro
- Aparência da Sala - Sala de Cirurgia.
Post 3/27

_______________________

[Ato] - Sekiro ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 4/7/2019, 16:38

O breu que permeou meu fitar esvaiu-se tão logo quanto sua chegada. Tudo que senti antes de partir ao mundo onírico foi o baque contra a área sensível do pescoço, proferido pela figura com máscara de felino. Se aquela fosse minha última visão, o teto desconhecido pintado de cinza, sem dúvidas partiria para o pós-vida com arrependimentos.

Felizmente não foi o caso. A luz falha pairava ante minha pele e logo ofuscou com seu luzir os olhos semicerrados que estavam estampados no semblante anestesiado pelo golpe de outrora. Era uma sala branca, rodeada com faces isentas de nomes, fitando-me intensamente por baixo das proteções alvas que jaziam sob seus rostos. Era a sala de cirurgia, conclui. E reiterando o que antes pensara: o loiro da máscara de gato estava lá também, como se me observasse desde o nocaute. As roupas, anômalas às que antes trajava, denunciavam algo que eu preferia deixar aos ventos, todavia, o rosto contorcido em uma mistura de asco e vergonha deixavam óbvio do que se tratava.

Com a estranha calmaria que me assolava, quiçá provinda da certidão do que se sucederia, os minutos passaram em um silêncio constrangedor. Até que, com um tom torpe, uma mulher se pronunciou. Indistinguível das outras, sua voz de veludo trouxe ao meu ser o mesmo sentimento que já carregava comigo. Não tardei em responder sua pergunta, inclusive.

—— Sim, tenho. Não se preocupe, creio eu que já sou uma desconhecida para todos aqui, não é difícil continuar sendo.

Por dentro daquelas feições serenas, tão mansas, repousava uma ansiedade estranha. Quase passou despercebido o espectro que agora envolvia-me: o de Shigure, quem eu realmente deveria ser. Não obstante, apenas assenti comigo mesma o que já aceitara há tanto. Em união com o que viria, dei adeus ao casco que assumi por tão pouco tempo, mas que já fazia parte de mim. Restava apenas descrever o que viria a ser meu novo eu.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Kama/FGO
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @'Schrödinger
Aparência da Oda Nobunaga, Fate/KOHA ACE.
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Ato] - Sekiro - em 4/7/2019, 19:15


Narrador: @'Schrödinger

I have to find the path alone.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP

Tudo na sala já estava pronto, e a colaboração da shinobi, foi algo deveras essencial, o que deixou todo mundo bem mais aliviado. Então a cirurgiã-chefe, começava a falar com com a shinobi sobre a mesa de cirurgia, com um tom bem leve e bem hipnótico  — Obrigada pela compreensão. Agora, Velvet-san, agora descanse. — Assim, após dizer isso, a shinobi foi anestesiada, podia ver enquanto fechava lentamente os olhos, tudo a começar a medida que cirurgiã-chefe começou a trabalhar, a melhor naquele ramo e que não tinha ninguém que reclamava da perfeição em usar as artes ninjas medicinais, com a habilidade, do dom que a ela foi dado. Poucas horas se passaram, e ela acordava em um quarto, que parecia pertencer a uma pessoa nobre, com faixas a volta de sua face, e com roupas sobre a cadeira, que se encontrava a frente de um espelho. Assim que ela acordou ela ouviu uma voz, de um jovem com cabelos loiros bem vestido de roupas formais, que se encontrava em uma cadeira lendo um livro sobre amor — Seu nome por hoje é Meliandra del Carlone, sim, filha de Don Calorne. Espero que seja boa a manipular. Me chame de S. — Don Calorne era um homem bem respeitado no submundo, por sua falta de crueldade, mas pela sua ótima forma de manipular as pessoas, para adquirir o que ele quisesse. Essa era a oportunidade dela poder ser inserida de novo ao submundo. O ANBU, S, estava lá para servir como guarda costas/contacto com a vila, para as situações vindouras.

Considerações:
@Sekiro
- Aparência da Sala - Sala de Cirurgia - Quarto de um Nobre.
- Basicamente, vai ser inserida como filha de um alto estratega da máfia. E supostamente você vai substituir ele, sobre a tutela de S.
Post 4/27

_______________________

[Ato] - Sekiro ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 5/7/2019, 22:36

No escuro, eu vi chamas.

Iluminavam, com seu resplendor carmesim e agourento, tudo que se via. Os pés firmavam-se na cinza quente que escondia sob si o chão desolado;  fitei-o, e somente vi crateras, fumaça e detritos envoltos no chamuscado que infestava o mundo. Não havia nada senão aquele descampado, e o ambiente onírico gozava deste por horas, ao ponto de estar crédula que fosse real com o cheiro de enxofre e pólvora permeando as narinas. O espectro da desolação caminhava junto a mim, presa na ilha de flamas e isenta de forma, circundada pelo breu que assolava minha visão. Vislumbrei por último, pairando com sua figura penosa e avassaladora, o ceifador. Esvoaçavam sinuosos os fios negros como a noite, não, negros como a escuridão entre nós, e formavam a cabeleira que repousava pelos farrapos que trajava. Estranhei, todavia, os detalhes tão humanizados que não reiteravam em nada a mitologia por trás deste. O shinigami perambulava sem rumo pela desordem, como se tão habituado que estivesse, não mais soubesse para onde ir se não aonde as cordas que o regiam ditassem. De guerra à guerra, tragédia à tragédia ou desastre à desastre: fadado em sempre trazê-los, seu galgar precedia o que os humanos tanto temiam, e que por consequência faziam também temê-lo. O arauto do fim estaria sempre sozinho, até a dissolução dos tempos.

E no relés instante que me vi imersa em meios às estradas e pardieiros daquele sonho, senti pena dele.

Recobrei a consciência de supetão, e me vi ainda privada de luz, como se a ilusão ainda estivesse à tona. Mas as bandagens que cobriam meu rosto eram incômodas ao ponto de tornar difícil respirar, e logo de cara soube o que ocorria, ou melhor, lembrara-me do que ocorria. A cirurgia, ao que parece, havia sido um sucesso, ou meu rosto estava tão deformado que precisava esconder-me com faixas para não morrer de susto. Independente de um ou outro, arranquei a obstrução e tornei a ver  o mundo afora: desta vez diferente do quarto cinzento ou exageradamente branco; este, com sua mobília luxuriosa e ambiente perfumado, remetia ao quarto que outrora era o berço de minhas manhãs, perdido para sempre no que antes fora. A cabeça foi de um lado para o outro, analisando o salão desconhecido, antes que pudesse concluir qualquer coisa, porém, a figura ereta que já se tornara tão reconhecível falou.

—— Belo jeito de acordar alguém. —— vociferei descontente, assimilando logo em seguida suas palavras.

O homem que não mais ocultava seu rosto ainda possuía a mesma voz, fácil de reconhecer, e com ela dissera algo súbito, porém verdadeiro. Olhei para baixo: os lençóis de algodão cobriam uma figura desconhecida cujo corpo ostentava vestes que nunca antes vi. Pior — ou melhor? —, além de confortáveis e elegantes, eram tão quentes que me faziam esquecer as noites frias que passei pelas vielas da vila da Folha. Quase chorei, as lembranças daquele conforto esvaecendo o semblante rígido que construía tão veemente; mas a felicidade se esvaeceu igualmente. Confusa e ainda baqueada pelos eventos, as palavras de "S" soavam extraterrestres para mim.

—— C-Carlone...? Quem...quem é esse? —— gaguejava, e meu rosto denunciava o quão alien tudo parecia.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @'Schrödinger
-
'Schrödinger
Líder de Yugakure | Kinkaku Butai | ANBU
'Schrödinger
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro 8e54bf24474c86b68496ba784ed7878a

https://www.narutorpgakatsuki.net/t63640-fp-schrodinger-1-5#456006 https://www.narutorpgakatsuki.net/t62242-g-ficha-schrodinger

Re: [Ato] - Sekiro - em 6/7/2019, 17:02


Narrador: @'Schrödinger

I have to find the path alone.

JOGADORES PARTICIPANTES DO RP

S não demonstrava ser a pessoa mais paciente do mundo e principalmente, não era a mais emotiva. Seu comportamento embora ausente de emoções, demonstrava que não tinha muita paciência para coisas que não motivassem a continuação de sua missão. Assim palavras eram proferidas, se dirigindo a Velvet: — Tire as faixas, não temos tempos para ficar aos círculos. Sua cirurgia foi um sucesso, estava esperando o quê? Erros? Não temos tempo para essas brincadeiras. Vista as roupas que se encontram na cadeira, se habitue com minha presença. —  S, não parecia muito confortável, com a situação, mas suas ordens eram bem claras e ele estava lá de certa forma, para "servir" a chunin e assim ele prosseguiu com uma explicação melhor: — Meliandra del Carlone, filha de Don Calorne. Seu suposto pai, se encontra em coma, e hoje, alguém virá oferecer-lhe algo. E principalmente informações essenciais, da qual precisamos. Não se acostume com essa vida, no entanto, nos próximos dias, terá de se habituar levemente com os prazeres, destes riquinhos de dinheiro sujo. — S, demonstrava um ódio incomum ao submundo e provavelmente essa seria uma das poucas vezes que ele iriam demonstrar suas emoções, principalmente, quando ele rapidamente se acalmou. Don Calorne era um homem bem respeitado no submundo, e definitivamente S, demonstrava um certo receio, que a shinobi escolhida não pudesse atender aos padrões necessários, para dominar a família de estrategas de Calorne. Mas era exatamente por isso que ele se encontrava ali, para manter as palavras e as ações da shinobi sobre controlo.

Considerações:
@Sekiro
- Aparência da Sala - Quarto de um Nobre.
- Qualquer erro, ou dúvida, sabe como me contactar.
- A missão é sobre espionagem, eu sei o que farei, só precisa seguir a onda.
Post 5/27

_______________________

[Ato] - Sekiro ?imw=512&imh=288&ima=fit&impolicy=Letterbox&imcolor=%23000000&letterbox=true
O sistema me usa e eu uso o sistema.
King Of The Dead - B.B
One Who Has Triumphed Over Adversity
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 8/7/2019, 11:54

A realidade reiterou-se quase no mesmo instante que o ex-mascarado proferiu suas palavras. Os olhos estremeceram, e o semblante outrora perdido encontrou-se novamente na rigidez corriqueira. Porém, prestei atenção em seu discurso mesmo assim. O vi, estranhamente afetado, apressando-me com os deveres. Estranhamente de fato, já que sua pressuposta atenção aos detalhes e veemência — ou, o que julguei ser suas maiores qualidades — se perderam com minha pergunta.

—— Hm, você parece afetado com algo. Nem percebeu que eu já me livrei das faixas.

E um silêncio constrangedor perdurou, até que o loiro remeteu à exposição de antes e deu continuidade. Meu olhar,  não obstante ao resto das informações, repousou sob as roupas ante a mesa de cabeceira que estava do lado da cama. Eu deveria então ser uma filha de mafioso? Um salto um tanto anômalo para a vida de ninja, se é que eu sequer me qualificasse como uma nos dias atuais. Todavia, uma coisa era óbvia: participar do submundo traria-me benefícios contínuos em minha jornada, então, nada a reclamar, pensei no inconsciente. "S" recobrou a serenidade habitual, com um aparente descontentamento que até mesmo alguém como eu era capaz de perceber. Pus-me ereta ao lado das cobertas, o suéter levemente desajeitado na figura miúda; o que notei foram as madeixas escuras que pendiam ante o pescoço e até o busto, sem saber exatamente como eram as novas feições. Ignorei tais devaneios, no entanto, e foquei-me na tarefa a frente.

—— Explique-me: o que exatamente são essas informações que buscamos? E qual o melhor jeito de conseguirmos obtê-las? —— indaguei-lhe, despindo-me sem me importar com seu vislumbre apático. A peça de roupa caiu na palma da mão, e preparei-me para vesti-la enquanto o loiro expusesse mais da missão.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @'Schrödinger
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 10/7/2019, 12:09


Narrador: @Zekken

I have to find the path alone.

@Sekiro

— Afetei-me com algo que você não poderia compreender. — S respondeu, observando a face da criança que se despia sem nenhum pudor. O corpo reto como uma tábua era cômico, mas o homem não deixou transparecer; deu de ombros, levando a destra até o cabelo e o desembaraçando com os dedos finos e compridos. — Meliandra, Meliandra... — disse S, fitando-a intensamente. — As informações... bem, não sei lhe informar, mas decerto alguém virá convocá-la para um encontro e irá partilhar informações conosco acerca disto; porém, não se deixe enganar pela boa aparência e postura que o cujo dito irá demonstrar. — S pigarreou, sentando numa pequena poltrona. — Quando terminar, bem, partiremos. — concluiu, levantando a face até o teto, observando-o por fim.

Considerações:
- Aparência da Sala - Quarto de um Nobre.
- Qualquer erro, ou dúvida, sabe como me contactar.
- A missão é sobre espionagem, eu sei o que farei, só precisa seguir a onda.
Post 6/27
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 10/7/2019, 13:28

—— Ora, pobrezinho. —— ironizei, falsamente comovida.

Continuei a vestir-me enquanto falava. Nem me dei ao trabalho de repor as roupas de baixo, estavam limpas, e não é como se a nova muda de vestes possuísse-as. A regata vinho ajeitou-se facilmente no físico esguio, seguida da camisola e por fim, do colete escuro. Enquanto abotoava-o, dei atenção às palavras do mascarado que continuou sua exposição: curioso era a escassez de informações que tinha, contrastava em demasia com seu âmago de seriedade inabalável que outrora aplacava minha confusão com aquele sermão, pior, era como se sua própria pessoa fosse outra. Teria ele já entrado em seu personagem?

—— Hah, não se preocupe, possuo um descaso pessoal com qualquer tipo de gente; bonito ou feio, rico ou pobre, no fundo todos são falhos em algum jeito. Pegue a mim por exemplo — e já adiantando —, sou péssima em interações, seja qual for. Não me importo com os outros ao ponto de prestar atenção no que dizem salvo algo muito importante, sequer entendo direito o que pensam. —— revelei, pouco entusiasmada com tudo aquilo.

Seus afagos foram recusados com um tapa, o que me estranhou ainda mais no homem. Com a calça de linho e as botas de couro, corri para o espelho mais próximo para ver o resultado. Isenta de vaidade, vislumbrei a figura que nunca antes vi na vida, e agora tinha que aceitar como "eu"; os cabelos escuros ainda pendiam aos ombros, e descobri pela primeira vez a cor dos olhos, vermelhos, como sempre  foram, mas agora de um resplendor que remetia ao próprio sangue, mais intenso e sanguinário. Os dotes ostentavam uma miudeza de dar pena, ainda que a altura mal sofresse alterações; não que eu fosse uma pessoa alta para começo de conversa, mas ser mais alta ou mais baixa seria só mais um incômodo a se acostumar. As vestes, que mais se assemelhavam aos uniformes militares de uma época distinta, eram confortáveis e fáceis de se mover, leves como uma pluma. Salvo aquele fitar profundo, não havia mais nada que reiterasse a identidade antiga. Esta, como névoa, esvaíra-se.

E ainda assim fui capaz de sorrir ligeiramente.

Recordei-me do sonho e senti seu agouro soltar-me no mesmo instante. O passado era o passado, e nada poderia mudar o que ocorrera, se não seguir em frente. Deste discurso tão dito por muitos não havia nada que eu pudesse tirar que já não fosse óbvio, e ademais, possuía ainda um objetivo em mente, que não poderia nunca se extinguir antes de completar-se. Todavia, o horizonte, em sua plenitude esperançosa, resguardava um novo limite.

Luvas brancas tatearam o elmo com adornos peculiares, um sol nascente, e o ajeitaram na cabeça. Não me era necessário, mas o levei mesmo assim. Por fim postei-me diante do raposo, que vislumbrava a magnífica infinitude de um teto, e chamei-lhe decidida.

—— Estou pronta.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids:
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 11/7/2019, 10:01

]

Narrador: @Zekken

I have to find the path alone.

@Sekiro

O tempo que passou sentado na poltrona vislumbrando o teto do quarto fizera com que dezenas de pensamentos outrora trancados à sete chaves em seu subconsciente despertassem de súbito, fazendo-o o crer por um instante que era um tanto louco. Suspirou, arfou, e por fim, foi retirado à força pela fala da mulher quando esta declarou-se pronta para o ato. — Então vamos. — disse S, levantando e caminhando para fora da casa.

— O ponto de encontro será no centro. — falou enquanto caminhava escadaria abaixo, observando a nova face da mulher. — Eu realmente fiz um ótimo trabalho, não concorda, Meliandra? — Indagou S, partindo.

Considerações:
- Aparência da Sala - Quarto de um Nobre.
- Qualquer erro, ou dúvida, sabe como me contactar.
- A missão é sobre espionagem, eu sei o que farei, só precisa seguir a onda.
Post 7/27
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 11/7/2019, 10:31

As feições fúnebres tornavam "S" um tanto melancólico, ainda que fosse de pouca importância para a ocasião em questão; seus olhos profundamente obscuros, que faziam paralelos com seu semblante mascarado, remetiam um vazio que eu não era capaz de compreender, e nem tinha o intento de fazer. Os passos ecoavam na escadaria como uma marcha de soldados proferida por duas pessoas, e eu, mal acostumada com os efeitos da cirurgia recém concluída, sentia-me mal. As pernas bambas gradativamente perdiam sua anestesia, de modo que no fim das contas pouco importava, mas era um detalhe um tanto importante a se ressaltar. No caminho, palavras igualmente confusas como as de outrora deixaram os lábios do homem.

—— Pensei que havia sido aquela mulher a cirurgiã, vi você sumir segundos antes de apagar. —— indaguei-lhe descontraída, ainda que um pouco confusa.

E assim continuamos caminho abaixo. No trajeto, percebi o quão luxuosa era a casa, com quadros e peças de arte que denunciavam o status de meu alterego como uma rica esnobe, ou algo próximo disso. E com tais ideias surgiram mais, em como teria sido plantada naquele lugar, como seria o tal Don, e outras mil coisas. O ANBU, como de praxe, permanecia silencioso salvo pelas pequenas instruções que costumava empregar. Não questionei, porém, e simplesmente segui caminho junto a este.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @Zekken
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 11/7/2019, 10:43


Narrador: @Zekken

I have to find the path alone.

@Sekiro

— Quero dizer, ela. — "S" franziu o cenho, levando a mão ao rosto assim que abriu a porta da casa para a rua. — Estou um pouco confuso, minhas memórias... não sei dizer. — pigarreou, retomando a oratória. — Preciso de um descanso, já faz tempo desde a última vez que tivera um. — concluiu, retomando a caminhada rumo ao centro do vilarejo. O anbu estava em busca de um homem de cabelos longos e anéis nos dedos, que portava um terno e se mostrava de fato, um mafioso. "S" continuou a caminhada em silêncio, uma vez que não tinha nada para falar.

Passou-se minutos desde que S e a garota saíram da casa onde a mesma repousava, e agora estavam diante de um prédio enorme que mais parecia abandonado. O local onde eles estavam era isolado, e um tanto quanto sombrio. — Chegamos. — falou S, caminhando até a porta, batendo na mesma. Uma voz rouca e grave perguntou quem era, e S respondeu. O homem corpulento e sem cabelo abriu a mesma, deixando-os entrar.

Considerações:
- Aparência da Sala - Quarto de um Nobre.
- Qualquer erro, ou dúvida, sabe como me contactar.
- A missão é sobre espionagem, eu sei o que farei, só precisa seguir a onda.
Post 8/27
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 12/7/2019, 09:13

—— Hah! Partilho do mesmo sentimento. Estou um traste —— gargalhei em resposta, algo que não sabia mais se era capaz de fazer.

Não dissera, mas também partilhava daquela sensação imemorial que tanto o assolava. Vi, de relance, seus maneirismos anômalos e tão contraditórios com a persona de outrora e julguei então ser parte desses possíveis lapsos: de certidão, pois já havia experimentado algo de teor semelhante no passado, quiçá melhor lacrado e esquecido. Mas "S" reiterava sua natureza silenciosa e objetiva, como o ANBU que era, e não se deixava amparar com simplórias obstruções como aquela; a missão em mão era deveras mais importante para este que sua própria saúde, ou era o que conclui em minha ignorância imensurável.

Saltamos no tempo e logo mais postava-se diante de nós um novo local: uma construção penosa, que mais parecia habitada por fantasmas do que pessoas. A escuridão que nos rodeava, mesmo na manhã, parecia de uma ironia engraçada com o prelúdio de nossa tarefa. Lá estávamos, na floresta do submundo que nos agraciava com o breu infinito, isento do astro solar e de suas ondas calorosas, prontos para afundar em seu abismo. Os portões rangentes logo foram abertos e o espectro obscuro de um homem corpulento nos deu as boas-vindas, deixando-nos passar. Tateei o solo com a bota recém nova para tirar a poeira da caminhada, e emergi no interior do prédio abandonado, pronta para o que pudesse vir.

Hp: 625 Ck: 1025

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @Zekken
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 12/7/2019, 22:27


Narrador: @Zekken

I have to find the path alone.

@Sekiro

— É ela?— Uma voz doce e melódica indagou da escuridão. S meneou com a cabeça, afirmando. O Anbu deu um passo para a frente, e archotes se iluminaram em cada pilastra de sustentação do prédio sombrio, iluminando a persona encapuzada que repousava numa cadeira de balanço. Era possível notar vestes não tradicionais, uma vez que esta portava um terno, como todos os outros naquela sala. — Meliandra? — indagou o ser sombrio, levando a destra até um copo de vidro com um líquido arroxeado dentro. S sumiu nas sombras, deixando a criança sozinha; ele sabia do ritual, e sabia que caso houvesse interferência, a pena para tal seria a morte.

— Vão. — falou a mulher enquanto tomava mais um gole do vinho suave. Quatro homens cercaram a Kunoichi da folha, e agiram; brutamontes com barras de ferro e tacos de baseball se juntaram para a provação. Se ela de fato fosse a filha de quem dizia ser, acabaria com aquilo tudo num piscar de olhos.

Considerações:
Nada.
Post 8/27
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 16/7/2019, 11:06

Era ele o Don? As vestes formais o camuflavam em meio ao escuro do prédio abandonado, mas tive uma boa visão de seu físico mesmo distante e imerso naquele abismo. Logo as chamas se acenderam e iluminaram com um pouco de visibilidade o salão; de uma imensidão sem igual, mas escassa de qualquer coisa que não fosse os homens que se postavam ali. Fite-lhes, e vi as armas que brandiam, e tão logo quanto pus-me a ponderar sobre o intento para estas. No entanto, sua indagação tirou-me dos devaneios, e percebi no mesmo instante um pequeno problema: ser reconhecida como "Meliandra" ainda não havia se findado por completo em meu cerne, de modo que por ligeiros segundos ignorei as palavras do ser.

Um silêncio penoso invadiu os arredores. Nos encaramos, e somente isso, até que irrompeu de seus lábios o comando que forçou sobre mim o espectro dos quatro homens que outrora permaneciam eretos e sem resposta ali. Por um instante imaginei ter errado em algum ponto, mas julgando pelo desaparecimento de "S", parecia ser algo corriqueiro, do contrário, ele teria dito algo, não?

—— Heh, inevitável. —— assenti em um murmúrio, já estava ciente do que se sucederia.

O ruído dos tacos batendo nas palmas de suas mãos alertou o intuito do homem, e quase me veio na mente a ideia de perguntar o quão descartável seus peões eram. Resguardei-me, todavia, e simplesmente fiz o que achava necessário; fora, afinal de contas, ameaçada sem qualquer motivo. Concluindo aquela justificativa mesquinha, o grito de raiva de um dos capangas eclodiu em meu ouvido e forçou-me ao salto, ascendendo ao ar poucos segundos depois, e permanecendo lá. Sem intervalos ou complicações, o singelo feixe se expandiu em um piscar de olhos e atingiu o chão, envolvendo também os assaltantes do mafioso.

De certo estariam imobilizados, quiçá até mesmo mortos, contudo, não me importei tanto quanto deveria. Vislumbrei o espectro obscuro do Don, sem qualquer feição que denunciasse minhas intenções ou sentimentos.

—— Isso é tudo? —— disse, ao fim.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @Zekken superar Falta de Habilidade Social dado o plot.
Usados:
Jinton: Kamishini no Yari
Rank: A
Requerimentos: -
Descrição: O Kamishini no Yari é a lança capaz de perfurar até mesmo a pele dos deuses. É formada a partir das mãos do usuário, na forma de um prisma que se expande frente ao corpo deste ao ser disparado, alcançando até cinquenta metros de distância antes de se dispersar por completo. As dimensões do feixe são feitas ao bel-prazer do conjurador, se assemelhando em seu mínimo à lâmina de uma katana e atingindo no máximo quinze metros de altura e trinta de largura. A velocidade exorbitante de sua criação é quase instantânea e com base no ranqueamento do jutsu, carregando em si as propriedades degenerativas de seu elemento; assim, o contato mesmo que leviano com a energia é capaz de causar queimaduras de terceiro grau no local afetado e até mesmo bifurcar estruturas e corpos dado o caráter altamente destrutivo da técnica, independente de seu material: chakra, matéria orgânica, objetos sólidos, tudo pode ser afetado graças à capacidade de desmembramento molecular, ainda que seus danos não sejam mortais por si só e sigam a regra de defesa.
-
[NPC] Otsutski Kanon
[NPC] Otsutski Kanon
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro Tumblr_pucneewA7t1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67523-npc-novo-horizonte-otsutsuki-kanon

Re: [Ato] - Sekiro - em 16/7/2019, 11:54

Break the skies
O homem não é nada além do que faz de si mesmo.
Tão escuro, e o cheiro? Argh! Nem mesmo sabia o que poderia estar fazendo ali. 'AH!' Recordou-se como se tudo não passasse de uma pegadinha de sua mente. O encontro passado não havia sido tão produtivo quanto esperava e deixou o humor da mulher péssimo, e agora estava ali, em um lugar que mais parecia um porão esquecido por todos os deuses. Seus olhos rubros acompanhou sem problemas a movimentação da kunoichi e a aniquilação do pequeno grupo de expurgo. —— Hahahahaha. —— Sua gargalhada cortaria o silêncio e a escuridão até chegar aos ouvidos da garota. —— Você quer que isso seja tudo? —— Fez um movimento de mãos como se mostrasse tudo ao seu redor com clareza. A expressão de decepção e escárnio por estarem ali. Suas vestes brancas, contrariando a normalidade, continuavam impecáveis.

Kanon parecia estar parada, mas se aproximava cada vez mais do centro e da garota. —— Estou aqui para levá-la embora. Ou prefere ficar aqui com ratos? —— Sua pergunta fora direcionada para a garota, ignorando qualquer outra presença que pudesse ter por ali. Abanou a mão em frente ao rosto como se quisesse espantar algum inseto. —— Humanos são interessantes. —— Cessou os passos a 20 metros da garota e a pouca iluminação não deixaria a chunin captar todos os detalhes da figura feminina.

Kanon, HP: 4000/4000 CH: 5000/5000 STA: 00/08

Considerações:

— O narrador a partir desse momento não será necessário, seguiremos o roleplay e ao terminar, isso se terminarmos... Você retornará normalmente para seu enredo.

— Kanon apareceu de repente, cabe a você decidir ouvir as palavras dela ou encará-la como mais uma capanga.


-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 16/7/2019, 13:15

De súbito, o tempo parou. O inóspito que nos encontrávamos parecia estremecer segundos após o baile de outrora; a fumaça quente encobria os corpos desmaiados, o cheiro fétido de carne chamuscada permeando o nariz e deixando sob minha visão aquela cena um tanto quanto grotesca. Exagerado, mas necessário. Não obstante, aquela sensação de inquietude perdurou, e seu arauto revelou-se ainda nos confins da escuridão. Anunciou sua entrada com gargalhadas e passos penosos, como se cada findada que seu galgar proferia o distanciasse daquele plano terreno e adentrasse o reino onírico incapaz de ser alcançado. Engoli em seco, sem me abster da serenidade que tanto treinara para conseguir.

A brisa fria sibilou e forçou o tiritar de meu corpo, como se até mesmo a natureza estivesse domada. Em um piscar de olhos o espectro alvo sumiu e reapareceu, contrastando com o breu que a rodeava, me deixando à deriva do que ocorrera nos poucos milésimos que me atentei aos singelos pensamentos de minha mente. Por fim, o silêncio avassalador — de todos que ali estavam — se extinguiu com o eco da indagação. O fantasma era incerto, proclamava enigmas, e tudo que pude me atentar de fato foi sua figura feminina definida na pouca luz. E, mais absurdo ainda, anunciou com todo seu pudor a intenção de "levar-me embora dali"; quase tossi.

A flama fraca dos candelabros crepitava em seus últimos momentos, prestes a ceder. Diante da mulher, poucas palavras eram necessárias vide o pouco que podia entender.

—— Quem é você? ——  indaguei por fim, incrédula do que se postava em meu vislumbre.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: n sei qm marcar men
-
[NPC] Otsutski Kanon
[NPC] Otsutski Kanon
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro Tumblr_pucneewA7t1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67523-npc-novo-horizonte-otsutsuki-kanon

Re: [Ato] - Sekiro - em 16/7/2019, 15:29

Break the skies
O homem não é nada além do que faz de si mesmo.
Os passos de retorno de Kanon foram interrompidos pela pergunta da garota, obrigando-a a se virar e encarar outra vez a menina de madeixas longas. —— Você quer fazer perguntas estúpidas nesse lugar? Sério? —— O encontro anterior a havia deixado sem muita paciência e ter que ir em um lugar como aquele fez ele afundar ainda mais. Tinha um serviço a cumprir e conhece os meandros do mundo ninja, porém deve existir alguma proibição de uma mulher como ela poder frequentar lugares tão sujos e desolados. A escuridão parecia abraçá-la, suspirou desanimada. —— Eu sou Kanon. Vamos? —— O nome da garota não interessa. Ainda.

Como se as trevas não interferissem em seus olhos, a mulher alcançaria a superfície muito rapidamente, os raios solares golpeariam seu rosto e um sorriso encantador brotou nos lábios carnudos de Kanon. —— Agora sim estamos em um lugar decente. —— Falou para si em um tom audível. A pele alva não era afetada pelos fortes feixes de luz, não existia uma só gota de suor ou cansaço no corpo voluptuoso daquela mulher. —— O que estava fazendo naquele lugar fétido? O que procura com tanta vontade? —— Não sabia como definir se não vontade encarar o fato de ter que seguir para um calabouço cercados por inimigos.

Kanon, HP: 4000/4000 CH: 5000/5000 STA: 00/08

Considerações:



-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 16/7/2019, 18:07

Antes mesmo de uma resposta poder escapar de minha boca, os raios de sol irromperam no escuro e pairaram sob o rosto delgado. Antes, um prédio abandonado, agora um campo aberto que sequer sabia onde era. Foi com essa mudança repentina de cenário que os holofotes focaram-se na figura misteriosa de agora, deixando todo aquele enredo conturbado de mafiosos para trás. Seu semblante transfigurou-se no mesmo instante, daquela atitude cretina para uma um tanto mais "agradável": quiçá o ambiente realmente fizesse diferença para ela, já que sua metamorfose se deu concomitante com nossa escapada.

Minhas feições se afiaram sérias, e a mulher mais uma vez desferiu perguntas sem sentido.

—— Ora, aquilo? Não passou de uma inconveniência necessária, um trabalho mundano. —— assenti, continuando o pequeno relato enquanto a brisa batia nos cabelos enegrecidos pela magia da cirurgiã.

—— Não que eu me importe de verdade, mas faço isso por mero benefício próprio; deve ser irrelevante pra você, acredito, mas ninguém aparece perguntando sobre a vida de uma pessoa tão subitamente assim, ainda mais brandindo um convite tão acolhedor como o que você fez. Fica claro que você não é uma mera capanga de uma mafioso também, até mesmo alguém como eu consegue perceber isso . Então, repito, quem é você? —— os olhos fuzilaram seu cerne como se fossem capaz de penetrar a carne, esperando a resposta com ansiedade.

Em meio a tudo aquilo, imaginei o que teria acontecido com os que permaneciam no casebre de antes: certamente a vinda da mulher foi de grande choque até mesmo para o inabalável ANBU, então já teria provavelmente tomado medidas para reconhecer a situação. Não obstante aos dilemas de "S", tinha que primeiro sair viva dali, se é que a mulher esbelta tinha algum intento sombrio contra mim.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: n sei qm marcar men
-
[NPC] Otsutski Kanon
[NPC] Otsutski Kanon
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro Tumblr_pucneewA7t1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67523-npc-novo-horizonte-otsutsuki-kanon

Re: [Ato] - Sekiro - em 17/7/2019, 10:27

Break the skies
O homem não é nada além do que faz de si mesmo.
Os olhos vermelhos se viraram dentro das cavidades, essa garota passara uma personalidade e temperamento totalmente diferente, e talvez a resposta fosse ser satisfatória para Kanon. —— Ó, uma mulher autoritária. —— O comportamento da chunin é muito semelhante ao seu, então a Otsutsuki passou a sentir certo apreço por ela. —— Eu sou uma emissária do deus Shaka. —— Não se importou se a garota conhecia ou não seu superior.

Com um movimento de mão expandiu seu chakra e imagens de uma ampla campina linda e reluzente invadiram sua mente e rapidamente se transformou em uma savana e consecutivamente em diversos biomas. —— Muito tempo atrás surgiu um deus, e tudo que ele sempre almejou foi criar um mundo de paz, onde as pessoas mais aplicadas, as que almejam e fazem por onde podem alcançar o poder supremo. Caberia somente a você criar o caminho que quer seguir, um passo após o outro. —— Continuou seu discurso sobre um mundo no qual apenas o seu esforço, egoísmo e ações serão responsáveis pelo o que irá se tornar. —— Não, eu não sou uma capanga. —— Confirmou.

Kanon, HP: 4000/4000 CH: 5000/5000 STA: 00/08

Considerações:



-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 18/7/2019, 17:57

Que carma era aquele? Não haviam os deuses me abandonado desde o nascimento, com o estigma do dom que eles mesmos haviam me entregue para servir como perseguidor em minha vida? E mesmo assim, com meu ímpeto virulento corroendo minha vontade e tragando vingança absoluta contra os mandantes de minha injustiça , cá estavam eles novamente, com seu apóstolo herético e seu suposto ideal de paz.

O que eu estava dizendo?

Não era religiosa ou algo do tipo: ainda que clamasse do fundo de meu cerne cânticos em homenagem aos deuses do mundo, não me fazia amparar com falsas esperanças de retribuição divina, para mim, cujo tempo já se estagnara desde a mocidade, quando aquele passado solene queimou junto com as casas e os corpos de conhecidos, não havia mais nada além de mim mesma. Quiçá fosse isso que a mulher buscasse com aquele discurso convenientemente dito. Um mundo regido pelos mais fortes, os que, em prol de seus ideais egoístas, pudessem fazer de tudo. Era isso que eu queria, meu desejo mais pessoal?

Aonde aquela vingança nem precisasse ter seu alvorecer.

Fitei, de relance, a ilusão que a mulher criara com um mero estalo de dedos. Naquele espelho virtuoso passou o vislumbre fraco do descampado outrora purgado por minhas próprias mãos; quase ri sobre a ironia da coisa, nem mesmo sabia o que era meu propósito naquela pequena discussão. A mulher, em seu mais puro âmago, permaneceu ereta perdida em sua missão sagrada, ou julguei que pensasse assim. Sendo sincera, era incapaz de compreender plenamente seu intento, ainda assim, resguardei a espada de Marte que tilintava na ponta dos dedos, e simplesmente lhe dirigi uma pergunta.

—— Oh, e o que exatamente você busca comigo? Claro, julgando sua prosa como algo de fato verídico. Seu deus, se ele realmente existe, não deve querer em seu mundo ideal alguém cujo propósito é simplesmente causar a dissolução de tudo. —— indaguei sem preocupações.

Toda a conversa de deuses e mundos justos parecia descer demasiadamente fácil para mim, porém, quem era eu para julgar as crenças das outras pessoas senão mais uma pessoa naquele plano efêmero, cujo carma se extingue tão quanto nasce. A emissária sequer deixara aquela aura avassaladora escapar de sua figura, se é que fosse de fato real e não uma mera alucinação.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: n sei qm marcar men
-
[NPC] Otsutski Kanon
[NPC] Otsutski Kanon
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro Tumblr_pucneewA7t1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67523-npc-novo-horizonte-otsutsuki-kanon

Re: [Ato] - Sekiro - em 19/7/2019, 12:00

Break the skies
O homem não é nada além do que faz de si mesmo.
Palavras bonitas e vagas não serão o bastante para convencer tal pessoa a se aliar a eles, Kanon via a si mesma quando encarava a chunin. Servir um deus e executar todas as suas ordens? Por que ela mesmo fazia isso? Simplesmente para se tornar mais forte e poder viver do modo que quiser, onde ela mesmo seria a deusa suprema. Nenhum rei reina para sempre, e ela seria a primeira na linha de sucessão, só precisava ser a mais forte e eliminar todos os outros. —— Existem muitos seres poderosos, e aqueles que possuem potencial para ser igual ou mais forte que os atuais. Querer destruir tudo o que Shaka pretende construir não passará de falácia se você não tiver o poder para isso. —— Kannon gargalhou deliciosamente com a ironia presente em suas próximas palavras. —— Os fins justificam os meios, não? Para ser capaz de atingir sua ambição precisará de poder, e qual o meio mais fácil que ter um deus ao seu lado? Se no futuro acreditar que ele não é mais útil, tente eliminá-lo. É esse o mundo que queremos. —— Shaka conhece tudo e todos, a natureza humana não poderia ser escondida frente ao ser divino, então por que enganar a prospecto?

A humanidade está se sucumbindo ao orgulho e poder, que não cabe a eles. Estou aqui lhe oferecer uma aliança. Shaka, o deus mais poderoso, porém ele tem um inimigo que quer interromper seus planos, e arruinar tudo que ele vem preparando a séculos. —— Ao contrário de quando alguém cita algum inimigo, Kanon sorriu sedutoramente, recordando-se de lembranças no campo de batalha e vida sendo ceifadas. —— Shaka quer os melhores para serem seus arautos e aniquilar todos os peões que o inimigo está arregimentando. O mundo será banhando em sangue e novos governantes e lendas serão criadas. Só existirá dois lados nessa guerra, e em qual lado tu vai querer estar?  —— Uma brisa gélida atingiu os corpos das mulheres, mas o Otsutsuki não sentiu nada, seus olhos estão fixos na antagonista.

Kanon, HP: 4000/4000 CH: 5000/5000 STA: 00/08

Considerações:



-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 21/7/2019, 22:36

Ri. Não pude evitá-lo, ri descontroladamente.

—— Interessante! Você vem aqui, faz esse belo discurso bajulando o seu deus e logo depois me dá passe livre pra acabar com ele se eu achar necessário? Que crença, sim, que confiança! —— ainda gozando de sua heresia, vociferei em um eco exorbitante por entre a floresta.

De fato, se dizia algo tão pecaminoso perante qualquer um daquela forma era perceptível a gigantesca confiança que tinha naqueles ideais ou até mesmo nesse líder. Isso, sem dúvidas, eu podia admirar. E com toda aquela conversa sobre poder, ambição e um mundo novo, minha mente devaneava mais e mais com suas palavras em uma espiral que sequer merece menção direta. Não passava de reafirmações que estagnavam a minha decisão final. No final das contas, seus objetivos se relacionavam em vários pontos com os meus, mesmo que eu ignorasse toda a baboseira divina e só focasse nos aspectos mais realistas; nem mesmo o pacto de exterminar todos os inimigos de Shaka parecia me abalar, afinal, era eu aquela que decidira abandonar tudo em prol da vingança: e se algo simplório como isso fosse o único empecilho para obter a força que eu precisava, pouco importava. Aquela era, sem sombra de dúvidas, a escolha que me distanciaria por completo de minha humanidade.

Eu teria de realmente me tornar um demônio.

—— Certo, certo, você atiçou minha curiosidade. Eu realmente tenho um objetivo: algo que rege minha vida em todos os aspectos, que eu busco incansavelmente concluir. E só tenho isso, nada mais. Duvido muito que me qualifique até mesmo como um ser humano normal, afinal, sequer tenho um passado ou presente de verdade. Se mesmo assim for suficiente para esse seu deus, estou de acordo em ao menos ouvir mais detalhes da sua proposta. —— assenti. Ao contrário do que se pode pensar, a decisão soava mal contada e simplesmente esvoaçava-se na maior aptidão social que eu tinha. Em suma, teria soado melhor em minha mente. Ainda assim, era inevitável, e eu simplesmente permaneci à espera do que a mulher tivesse a dizer. Isto é, se dizer algo fosse sua intenção, de modo que a cautela se mostrava necessária.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: n sei qm marcar men
-
[NPC] Otsutski Kanon
[NPC] Otsutski Kanon
Vilarejo Atual
Ícone : [Ato] - Sekiro Tumblr_pucneewA7t1w7ua6go1_100

https://www.narutorpgakatsuki.net/t67523-npc-novo-horizonte-otsutsuki-kanon

Re: [Ato] - Sekiro - em 22/7/2019, 14:42

Break the skies
O homem não é nada além do que faz de si mesmo.
Kanon sorriu divertidamente. Matar Shaka se achar necessário? Estar dando permissão para aniquilar um deus? Sim, a confiança da Otsutsuki estava entre as linhas, não acredita que a chunin um dia teria a capacidade para sequer arranhar Shaka, fazia quanto tempo que ela mesmo estava querendo lhe roubar a posição de divindade e era um arauto? Motivação e esperança, é assim que se mantém um lacaio preso na coleira, dando-lhe a esperança que um dia deixará o chão e voará livre e soberano nos céus. —— Minha única crença é na força, se Shaka não puder mais se manter no topo, por que deveríamos permitir ficar lá sem poder. Por amor? Amizade ou qualquer outro sentimento? Hehehe, nesse mundo tudo se resume a força, enquanto a tiver será venerado, e se um dia não mais ser alguém imponente, alguém tomará o seu lugar. —— Era exatamente isso que Shaka estava querendo com seus arautos, eliminar o único ser que pode ameaçar sua posição, seu próprio pai.

As palavras seguintes da garota prenderam totalmente a atenção de Kannon, que se aproximou e colocou a mão sobre seu ombro esquerdo. —— Sua decisão hoje te fará atingir feitos muito além do que possa imaginar. Coloque seu chakra na marca no centro desse pergaminho. —— A mulher desenrolou um pergaminho com a mão livre, esperando que a garota deixasse fluir seu chakra para dentro do papel. ——  Na hora certa, esse pergaminho irá avisar você sobre o que temos preparado. Sem dúvida, você fez a melhor escolha.  —— Com a mão posta no ombro, Kanon injetou sua própria energia dentro do corpo da chunin e transferiu uma parcela de chakra para o pergaminho. —— Cresça forte e floresça minha linda muda, em breve mudaremos tudo. —— Com uma gargalhada sedutora a imagem de Kanon ficou borrada até desaparecer por completo como se fosse apenas uma névoa, deixando a garota sozinha apenas com o pergaminho.

Kanon, HP: 4000/4000 CH: 5000/5000 STA: 00/08

Considerações:

— Bem vinda a Aliança Shaka, sua roleplay pode seguir normalmente a partir de agora.


-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 24/7/2019, 19:38

Em um instante, um contrato.

Os Manuscritos do Mar Morto traziam consigo o pacto final, e com eles a mensagem dos arautos.

"Deus em seu paraíso; tudo certo com o mundo"

O estigma da dissolução se estampou sob o seio, próximo ao coração, e para sempre marcou a tola com seu destino, a sina de Shaka:

um novo poder, um novo alvorecer.

E, como o fato imutável da existência, um novo crepúsculo.

O crepúsculo dos Deuses.

[...]

Não havia a fazer se não retornar ao submundo que outrora residia. O que seria daqueles que lá repousavam, o que viam, o que sentiam, ela não sabia. Mas logo saberia.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: @Zekken já que não é post do RP per se não fiz 200 palavras.
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 24/7/2019, 21:21


Narrador: @Zekken

I have to find the path alone.

@Sekiro

De súbito, o retorno. Os homens sumiram num piscar de olhos, e o Anbu sorriu por debaixo da máscara; ela interpretara seu papel como lhe fora instruído. Meliandra era de fato a filha perdida do líder de toda a máfia Konohense. De súbito, a mulher levantou do trono e caminhou até a pequena garota e pôs a destra em seu ombro, e quando o fez, as luzes se acenderam. — Seja bem vinda, Meliandra. — ela falou, e todos se curvaram perante à mulher.

"S", porém, caminhou até a jovem, fazendo a guarda desta. Dali, partiriam para outro lugar, isolado, onde ela, Meliandra, de fato conheceria o homem que chamavam de líder.

Considerações:
Nada.
Post 8/27
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro - em 3/8/2019, 12:03

De volta ao prédio, os olhos escaneavam com afinco o cenário em busca de saber o que havia perpassado em minha ausência.  Nada. Como se o tempo houvesse congelado, todos cumpriam os papéis que outrora faziam solenemente; o chefe da máfia, os capachos descartáveis, o guardião silencioso, tudo estava de acordo e imaculado desde o momento que deixara o porão com a mulher rude. Sorri, por fim, e simplesmente segui com o teatro como se o pacto que havia se firmado no silêncio celeste não existisse.

Os alicerces mambembes postavam-se absolutos, ainda que estivesse crédula de que logo fossem ruir. O Don ergueu-se em um movimento anômalo e se aproximou, feliz, como se recuperasse algo perdido há muito. E outra, era mulher, o que foi mais uma surpresa, isso se não fosse só mais um bode expiatório do famigerado. As congratulações passaram pelo ouvido e saíram pelo outro, a inexistência de um verdadeiro laço me tornava incapaz de realmente aceitar qualquer coisa que pudessem me dizer. Não era Meliandra, não era ninguém, e isso não mudaria da noite pro dia. Meu papel era meramente observar e servir, ainda que fosse completamente contra meus princípios.

Ainda assim, era de fato necessário me prender naquelas amarras?

Rodeada, partimos. Eu, sem saber para onde exatamente, e "S" em seu zênite silencioso, como meu guarda pessoal.

Hp: 625 Ck: 975

Spoiler:
Aparência: Oda Nobunaga — Fate/Grand Order
Cansaço: Estamina - 0/7
Atributos físicos utilizados: -.
Armas: 20/40
+ 5 Kunai (5)
+ 5 Shuriken (5)
+ 8 Kibaku Fuuda (2)
+ 1 Kemuridama (1)
+ 1 Hikaridama (2)
+ 8 Senbon (4)
+ 5m de Fios de Aço (1)
Consids: cu.
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [Ato] - Sekiro -

-


Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Layout com edições de Halloween feito por @Akeido Themes e Senko.