>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Ange
Administradora
Ange
Vilarejo Atual
Ícone : [Filler] O Segundo Retorno HKIv36V

[Filler] O Segundo Retorno - 22/6/2019, 20:28


Angell Hyuuga
[ HP: 900/900 | CH: 920/925 | ST: 00/05 ]
[ Byakugou no In: 500/500 ]


Durante os dias que se seguiram, a azulada andou tentando conciliar a leitura dos três livros que Anatole tinha lhe entregado na biblioteca da igreja com os seus afazeres em Konohagakure, dentre eles, mais algumas missões – curiosamente todas com ninjas da Ryuketsu – e trabalhos no hospital. Dizemos, se aqueles livros não pertenciam à aldeia, então não deveriam ser vistos pelos moradores dela, certo?, ainda mais se estivessem nas mãos de uma descendente de um clã tão renomado como o Hyuuga; algo que com certeza traria problemas inimagináveis para os demais membros. Porém, ela não tinha como negar que queria entender o que estava acontecendo. Escondida no porão de sua casa, ela lia, enquanto, quando revelada pelas luzes do sol ou das luminárias lá fora, ela vivia normalmente.

E, aos poucos, parecia ir se convencendo de que esteve errada por todo aquele tempo. Dizemos, o atual kage da Folha – e ele ainda era o terceiro – era Hatake Shinji, sendo, convenientemente, líder do grupo Sanbantai também; como poderia então ter existido uma sétima kage?, que se dirá um oitavo kage? Fora que... não havia na Folha nenhum shinobi chamado Kai nem nenhuma kunoichi chamada Hipátia. Também não havia um Hitsugaya, não havia Sayuri, Morpheusa, Hiiku, Samael, Arthuria, nem existia qualquer bom relacionamento entre a Folha e a Nuvem. E, mais importante que tudo isso ainda, Angell nunca tinha estado no País das Ondas – até porque o bracelete misterioso que encontrou nos destroços do ex-dinossauro gigante nunca esteve em seu pulso. Então... talvez ela só andasse dando atenção demais a seus sonhos.

Claro!, porque a vida real era completamente diferente! Inclusive... na vida real, todo e qualquer contato entre ninjas de outras vilas era assunto exclusivo das patentes mais altas ou das expedições não-oficiais que ela andava acompanhando, por exemplo, com Ryoma. Em sua vida real e normal, Angell já estava intimamente ligada à Ryuketsu e a seus ninjas – especialmente a Inuzuka Zod, com seus fieis companheiros Umbra e Alba, a Sam, a Nara Zenna e a Hatake Gilthunder, que tinha se desvinculado da Absoluts há pouco tempo. As últimas missões que realizou junto deles tinham sido para encontrar e capturar um pequeno grupo de seis criminosos de rank baixo, foragidos da prisão da Folha, que badernaram a periferia da vila e se esconderam na floresta que a circunda. Depois, junto apenas de Sam, Angell precisou auxiliar na reconstrução de uma fração do Distrito Uchiha, e se deparou por acidente, por causa do uso de seu Byakugan, com um ANBU que... selava secretamente as chamas negras que ainda consumiam as casas do local – e não que isso fosse assunto dela, mas não tinha como ela não desconfiar do motivo daquele segredo.

Enfim, o que mais queremos dizer aqui é que a azulada andava se relacionando muito bem com os ninjas de sua vida de verdade, então não precisava se preocupar com seus sonhos malucos. Mas, falando em “sonhos malucos”... ela também conheceu um ninja maluco enquanto trabalhava para o hospital da Folha. Ele chegou afobado ao hospital, gritando (por favor!) que precisava de ajuda, que seu irmão estava morrendo, mas não podia ser levado até o hospital porque não tinha como se locomover. E ela, que estava disponível (e no saguão principal na hora), ofereceu-se para socorrê-lo. Ele a conduziu do centro da vila, passando pela floresta que a circunda, até uma espécie de caverna... bem, bastante diferente das convencionais. Parecia que o que havia dentro da mesma tinha sido construído há tempos e usado para conduzir experimentos em pessoas. Era escuro e cheio de cobras pequenas e fininhas, nas quais Angell e até mesmo o shinobi quase pisavam conforme caminhavam até uma sala com uma mesa metálica ao centro, sobre a qual havia algo que parecia ser um corpo coberto por um tecido fino. E o ninja apontava para a mesa e dizia que era seu irmãozinho quem estava ali. Mas Angell, que já estava desconfiada com o aspecto daquela caverna – ou deveríamos chamar o lugar de laboratório? –, lançou seu olhar direto para onde o shinobi apontou, ainda antes de começar a se aproximar lentamente. Dizemos, por que alguém que precisa de ajuda já estaria coberto daquela forma?, se só mortos são cobertos assim, seja para receberem autópsia, seja para ganharem seu enterro? A azulada ativou seu Byakugan para ganhar uma visão panorâmica de todo o lugar... e se deparou, além do real cadáver que era o corpo na maca, com um outro shinobi ali, aparentemente réplica do primeiro.

– ...seu irmão já está morto faz tempo, não? – ela murmurou ao mais próximo. – Fora que nem se parecem, vocês dois... O que você está tramando? Quem é você?

– Me escute, jovem... – a “réplica” começou a falar. – fui eu quem matou essa pessoa que está em sua frente. Eu não vou te machucar, apenas quero que você me escute sem me julgar com esses olhos. Preciso da sua ajuda para conservar o cadáver. Sabe, você não me parece do tipo que vai sair correndo assustada, então não vejo motivos para mentir para você como o homem que te chamou para vir até aqui fez. Eu quero descobrir os segredos da anatomia humana, quero explorar áreas que ninguém teve coragem de fazer. O conhecimento é algo eterno, e apenas nos arriscando podemos atingir patamares nunca imaginados. – E ele pausou por um instante, aproximando-se mais, aparentemente para criar confiança. – Você é médica, deve saber que se não fosse a coragem dos seus antepassados, a medicina não seria como é hoje. Mas ainda existe muito mais a ser descoberto e aprendido...

– O que me garante que você vai utilizar o que aprender com esse corpo para o bem? – ela rebateu apenas.

– Impossível eu te garantir isso, minha cara. Só posso te dizer que as motivações erradas não dão resultados. Minha vocação é a ainda mais quente que a Vontade do Fogo.

– Não tenho como acreditar nas palavras de alguém como você.

– Só vejo um jeito de resolver isso: com uma luta. Não tenho intenções de matá-la ou algo do tipo, afinal, preciso da sua ajuda. Quando eu ganhar, você me ajudará com as minhas pesquisas. E, caso você ganhe, prometo nunca mais te incomodar, e ainda te deixarei livre para decidir se quer contar para alguém o que aconteceu aqui ou manter o sigilo.

...e o shinobi maluco realmente atacou a azulada, sem nem esperar por uma resposta dela. Fez por onde não deixá-la fugir do laboratório, tampando a única saída – que era também a entrada – e partiu para cima. Então, mesmo contra sua vontade, ela teve de comprar a briga, defendendo-se em primeira instância e atacando-o em segunda, com cuidado para não feri-lo de verdade.

[...]

Agora Angell estava de volta à igreja. Precisava de um banho quente em seu corpo frio, de roupas secas no lugar daquelas molhadas, de uma cama para lhe ajudar a descansar daquele dia tão confuso, que enfim terminava. E sim, ela tinha conseguido escapar das garras do shinobi maluco, mas não sem vê-lo quase destruindo seu próprio laboratório enquanto tentava contê-la ali, não sem vê-lo quase se matando junto da destruição e o socorrendo nos últimos instantes, não sem ver a si mesma lhe dando uma chance e lhe ajudando com o que ele tinha pedido anteriormente. ...mas agora ela se perguntava se tinha feito o correto. Tinha resistido tanto, até mesmo discursando contra aquela ideia suspeita, para ceder depois? Só porque achava que todo mundo merece uma segunda chance, e o shinobi não tinha tido sequer uma primeira chance? Ou só porque tinha se deixado comover pelas outras personalidades que descobriu que ele tinha?

Ela não queria pensar naquelas coisas agora, definitivamente não queria. Limitou-se a deitar assim que saiu do banho, e dormiu na espera do começo do próximo dia. ...para novamente acordar em seu quarto de Konohagakure.


“But it’s the only thing that I have.”


Informações:

Considerações:
Filler (em 1.301 palavras) para aquisição de 100 de status (dobrados pelo mês do up).
Segundo filler da semana (o item Filler Extra foi ativado aqui).
Habilidades usadas:

Byakugan
Descrição:
O Byakugan (白眼; Literalmente significa "branco do olho") é o dōjutsu kekkei genkai do clã Hyuga. É um dos Três Grandes Dōjutsu (大三 瞳 术, Daisan Dōjutsu), juntamente com o Sharingan e o Rinnegan. Aqueles que herdam o sangue deste clã quase inexpressivo, tem olhos brancos. Quando o Byakugan é ativado, as pupilas do usuário se tornam mais distintas, e as veias se elevam perto dos olhos. Parece também que ao contrário dos outros dois grandes dōjutsu, todos os membros do clã possuem e podem usar a kekkei genkai desde o nascimento, em oposição à necessidade de despertar ou mais, não herdá-lo em tudo.
As Habilidades do Byakugan deixa-o muito cobiçado por outras aldeias, como evidenciado por Kumogakure que tentou roubá-lo, um evento que levou até o que é conhecido como a "Questão dos Hyūga". Ao de Kirigakure foi capaz de obter um único Byakugan de um Hyūga que ele derrotou, e utiliza grandes forças para protegê-lo. Ao mesmo tempo, Danzō Shimura tentou igualmente recuperar ou destruí-lo. Ao contrário de um Sharingan transplantado, um Byakugan transplantado pode ser ativado e desativado a vontade.
Bolsa (18/20 espaços):
Kunai: 9 (9 espaços)
Kemuridama: 5 (5 espaços)
Hikaridama: 2 (2 espaços)
Kibaku fuuda: 0 (0 espaços)
Extra(s): “Polvo Frito” (2 espaços)
Equipamentos e itens:

_______________________

[Filler] O Segundo Retorno Scre1755
[Filler] O Segundo Retorno D5NZRF4Olá, eu sou a Angell.
Vim te trazer alguns conselhos que facilitarão o seu jogo aqui no Naruto RPG Akatsuki:

Admineiros Leia o nosso Sistema de Conduta e mantenha a paz tanto no seu ON quanto no seu OFF.
Admineiros Conheça o Akatsuki Shop!
Admineiros Fique atento às Notícias do nosso fórum!
Admineiros Em caso de dúvidas, visite a área de Dúvidas ou o tópico de Dúvidas Rápidas.
Admineiros Acesse a área de Sugestões para expor as suas ideias e incrementar o jogo de todo mundo!
Admineiros Entre no nosso servidor do Discord e socialize!
-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: [Filler] O Segundo Retorno - 22/6/2019, 21:18

@
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.