>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Inverno

Indra
Juuichidaime Hokage
Indra
Vilarejo Atual
Ícone : filler: PROJETO JINKEN, por INDRA. Tumblr10

https://www.narutorpgakatsuki.net/t73475-fp-sarutobi-kaden https://www.narutorpgakatsuki.net/t73468-gestao-sarutobi-kaden

filler: PROJETO JINKEN, por INDRA. - 1/6/2019, 23:50



KOBAYASHI INDRA, the misundestood.

Chakra: (1100/1100)HP: (975/975)VEL: (00/04)ST: (00/05)ARC: (550/550)
OnePost ▵ Estilo de Plotting: Filler ▵ Local: Casa dos Kobayashi


O projeto Jinken era a coisa mais ambiciosa que Indra poderia fazer naquele momento. As lembranças que tinha da batalha contra os invasores em Konoha eram muitas, mas ele tinha um maior foco nas tecnologias que viu naquele dia. Queria saber como fazer uma arma daquelas, pelo menos uma versão parecida com o que tinha visto no começo. Indra passou horas desenhando uma arma que fosse menor do que aquela escopeta de energia, mas que funcionasse de maneira igual.

Precisava de uma coisa que fosse pequena, que fosse capaz de carregar em uma só mão, mas que pudesse ser igualmente letal. Iria fazer de tudo para alcançar o seu objetivo, mesmo que ficasse a noite toda trabalhando. E foi o que ele fez. Quando chegou de manha, sua mãe estava no quarto, vendo o seu filho dormindo ali na mesa de escrivaninha, demonstrando bastante preocupação com o garoto.

- Indra-kun, acorde… Você passou a noite toda trabalhando novamente? – perguntou Haru, passando a mão nos cabelos negros do filho, coisa que ela mais adorava nele, principalmente por causa dos traços brancos em seu cabelo, uma coisa bem rara de se ver por aí.

- Preciso terminar esse projeto o mais rápido possível, mãe. Logo serei convocado para uma missão, mas nenhuma invenção que eu crio dá certo. A única coisa que eu consegui criar foi isso aqui. – apontou para o Reator ARC colocado em seu peito. Carregava-o para todos os cantos para conseguir se acostumar com ele, ainda que fosse um objeto bem leve e fácil de carregar. - Eu preciso provar para o povo de Konoha que ser um ninja e ser um inventor pode trazer resultados para a vila. Eu não tenho nenhum clã ou Kekkei Genkai. Tudo o que tenho é a minha mente e a minha capacidade inventiva, mãe. Sem isso, o que eu sou?[/color] – perguntou chateado, colocando as mãos no queixo e olhando para o desenho que tinha feito antes de dormir. Era o primeiro design da sua pistola laser. Só não sabia se conseguiria montá-lo.

- Você se preocupa demais com o futuro, meu filho. Ele ainda não chegou, e existem tantas coisas que você pode fazer até lá. Você pode ser um inventor muito renomado aqui nesta vila, mas precisa se preocupar com um dia de cada vez. Faz semanas que você não se alimenta direito, nem dorme como deveria. Qual foi a última vez que você dormiu na sua cama, hein? – quis saber a mãe do rapaz. - Veja de onde nós dois saímos, e veja onde nós dois estamos agora. Conquistamos muitas coisas nesses últimos dois anos. Você já não é mais aquele menino que todos criticavam, agora é um rapaz respeitado, um herói de Konoha. – ela exagerava um pouco no final, típico de uma mãe coruja que enxergava muito mais no filho do que os outros, mais até do que ele próprio. - Venha, Indra, vamos tomar o nosso café da manhã. Hoje é final de semana, e poderei ouvir mais sobre o seu próximo projeto. – o chamou, e o rapaz se levantou rapidamente.

Indra e Haru passaram a primeira parte da manhã tomando o café na cozinha, depois o garoto a ajudou a limpar as coisas ali mesmo, ganhando tempo o suficiente para ficar relaxado ali na cozinha, ar o seu copo de chá. Aquele tempinho foi o que Indra precisava para manter a sua cabeça arejada, afinal as últimas horas tinham sido turbulentas, contando que ele passou quase toda a madrugada pensando em soluções para os problemas que ele encontrava na arma, como fazer a energia dentro da pistola ser convertida para uma bala a laser, e garantir que ela tivesse os efeitos desejados. Também precisou calcular a velocidade da bala, e como faria para que ela atingisse tal objetivo.

- Por que está construindo uma arma tão letal quanto essa, Indra? – a mãe estava com o desenho do projeto na mão, tentando analisá-lo, mas no final das contas não entendeu absolutamente nada do que estava em sua mão. - Ela vai ser tão autodestrutiva assim?

- Por enquanto, eu não posso dizer muita coisa, mas eu espero que ela possa fazer estragos o bastante para fazer com que os criminosos temam entrar no meu caminho. – sussurrou, pensando em tudo o que passou quando era mais novo. - Nós passamos a vida inteira sendo humilhados por causa do meu pai, por ele ter se tornado um Nukenin… Isso me fez perceber que outras pessoas sofrem por causa de criminosos como ele. Pessoas inocentes, pessoas que não merecem sofrer. – ele não falava aquelas coisas com um ódio nas palavras, mas com uma pontada de tristeza, um misto de rancor e amargura. - Quantas outras pessoas terão que morrer para que se entenda que não pode se ter tolerância com esses bandidos? – sussurrou, passando a mão pelo cabelo escuro.

- Eu sei que você pensa que pode acabar com as injustiças e com a violência no mundo, Indra… Mas não funciona assim. As coisas não vão deixar de existir só porque você acha que é errado. Seria bom se tudo o que eu acho errado não existisse. Você ainda teria um pai presente, e nós seríamos uma família feliz e unida. – ela forçou um sorriso nos lábios. - Mas as coisas não funcionam dessa forma. Tudo o que somos, tudo o que fazemos gera consequência na vida das pessoas ao seu redor, e vice-versa. O que o seu pai fez refletiu muito na sua vida, tanto no passado quanto no presente. Mas por favor, não deixe que isso influencie no seu futuro. Deve abandonar a ideia de fazer tudo na vida imaginando como ele iria pensar ou fazer. – chegou perto do garoto e fez um afago em suas costas.

Ela lhe deu um beijo no rosto e saiu da cozinha, pois tinha que ir ao quarto tomar o primeiro banho do dia. O garoto ficou ali, pensativo, passando a mão pelo cabelo. Ao perceber que ela tinha deixado o projeto na mesa, ele ficou olhando para o mesmo, analisando-o por alguns segundos.

- Eu sei que você pensa isso, mãe, e talvez você possa ter razão, mas eu te digo uma coisa… Os criminosos e mercenários do mundo shinobi terão o que merecem. – sussurrou, colocando um sorriso no rosto ao pensar em todos os inimigos que poderia matar com a sua arma. Já tinha um nome ideal para ela: Jinken.




Informações:

Considerações Iniciais:
Jutsus Usados:
Aparência/Vestimenta:

Aparência de Indra
Armamento:

◉ [07] Kunais
◉ [06] Shurikens
◉ [12] Kibaku Fuda (12x0.25: 3 slots)
◉ [04] Kemuridama
◉ [01] Hitai-Ate
◉ [01] Flair Jacket
◉ [01] Mecanismo de Kunai Oculta
◉ [01] Tantõ


_______________________

filler: PROJETO JINKEN, por INDRA. Tumblr_pl035uEflG1uocgm5o2_500

-
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: filler: PROJETO JINKEN, por INDRA. - 2/6/2019, 13:41

@
-


Edição de Aniversario por Shion e Senko.